JBr.

    Casamento do goleiro


    Com apenas nove jogos pelo São Paulo, que o tirara do Atlético-PR, o goleiro Raul topou ir para o Cruzeiro, como contrapeso, na transação que levara o goleiro Fábio, do clube mineiro para o paulistano. Sorte a dele. Tornou-se o goleiro mais famoso...

    Com apenas nove jogos pelo São Paulo, que o tirara do Atlético-PR, o goleiro Raul topou ir para o Cruzeiro, como contrapeso, na transação que levara o goleiro Fábio, do clube mineiro para o paulistano. Sorte a dele. Tornou-se o goleiro mais famoso do país e participou de um dos maiores times já formados no futebol brasileiro. De sua parte, Fábio foi desaparecendo.

    Três fatos contribuíam para o sucesso de Raul: era um sujeito bonitão, bom goleiro e, ainda, contou com o acaso colocando uma camisa amarela em seu caminho. Tudo porque a jaqueta 1 que deveria usar não coube nele, e o seu colega Neco tinha uma blusa de frio que parecia ter sido comprada para ele.

    Aconteceu! Raul assombrou a conservadora torcida mineira, lançando moda, involuntariamente. Ganhou fã clube das gatinhas mineiras que passaram a vestirem-se de amarelo para torcerem pelo Cruzeiro.

    Pentacampeão mineiro –1965 a 1969 – e da Taça Brasil –1966 –, desbancando o Santos, de Pelé, e jogando ao lado de Tostão, Dirceu Lopes, Natal e Wilson Piazza, os principais do times, Raul vi0oveu a glória que um goleiro jamais imaginaria atuando pelos gamados brasucas. Se o Cruzeiro levava mais de 100 mil torcedores a um jogo, no Mineirão, uma boa parte era da sua torcida feminina.

    Um dia, porém, Raul desagradou ao seu fã clube. Anunciu o seu casamento, com Maria Carmem, uma estudante de enfermagen e de artes plásticas. Foi o bastante para o caso de amor ser transformado em ameaças e acusações. Muitas garotas disessrm-se gravidas do goleiro e não aceitavam o seu casamento com outra. Prometeram tumultuar o casamento do antigo ídolo.

    Era 15 de dezembro de 1969, quando Raul compareceu à belo-horizontina Basílica de Lourdes para casar-se. Para isso, foi preciso pedir proteção à PM, que enviou 42 homens e quatro radiopatrulhas que lhe deram segurança – e, principalmente, à sua assustada sogra Nair. Mesmo assim, o grande aparato policial não conseguiu impedir que, desde às 14 horas, as fãs começassem a invadir o templo católico.

    Foi o acontecimento social do ano, em BH. Duas TVs transmitiram, ao vivo, choros, gritos histéricos de fãs, empurrões, tudo o que rolava. Em 30 anos de vida da basílica, jamais acontecera algo igual, segund os padres das paróquia.

    Às 18h15, Raul Guilherme Plasmann, cidadão paranaense, de Antonina (27.09.1944) caminhou para o altrar, levado pelos seus pais. Vendo-o passar, estavam vários dos seus colegas de times, entr eles os astros Tostão, Dirceu Lopes, Piazza, Evaldo e Fontana, que, também, foram aclamados pelos torcedores.

    Pouco depois, surgiu Maria Carmen, levada pela mãe e tendo por padrinho o ex-presidente da república Juscelino Kubitscheck. Àquele instante, a maioria dos presentes estava em cima dos bancos. Os fotógrafos só faltaram sbir no altar para clicar o padre Isidoro de Nadai – cruzeirense fanático, bem como os outros seis padres da paróquia – celebrando o casasmento.

    Passado casório e chegada a convocação da Seleção Brasileira que iria treinar para a Copa do Mundo-1970, Raul não fora convocado. Achava que lhe atraplhara a fama de muito mulherengo, conquistador. Garantia que o casmento o levara para longe “dos tempos do homem da camisa amarela”, quando revistas e jornais o chamava de galã e, por ser cabeludo, de “beatle dos gramados”.

    Raul disputou 806 jogos como profissional do futebol, dos quais 557 pelo Cruzeiro, o que o torna o quinto atleta com mais atuações pela “Raposa” – só Fábio (goleiro) 741; Zé Carlos (apoiador) 628; Dirceu Lopes (meia-atacante) 601 e Wilson Piazza (volante) 559 estão à sua frente. Ele suplanta Wanderley (lateral) 536; Pedro Paulo (lateral) 395; Tostão (meia-atacante) 378 e Natal (ponteiro) 254, entre os campeões que deram fama nmacional ao clubes.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Ibram apreende 131 aves de criadouros ilegais em São Sebastião


    O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) apreendeu, nessa quarta-feira (8), 131 aves de criadouros ilegais em São Sebastião. A operação contou com o apoio do Ibama, da Polícia Militar Ambiental do DF e da Delegacia de Meio Ambiente (Dema). Os...

    O Instituto Brasília Ambiental (Ibram) apreendeu, nessa quarta-feira (8), 131 aves de criadouros ilegais em São Sebastião. A operação contou com o apoio do Ibama, da Polícia Militar Ambiental do DF e da Delegacia de Meio Ambiente (Dema). Os órgãos aplicaram cerca de R$ 175 mil em multas aos infratores.

    A gerente de fiscalização de Fauna do Ibram, Karina Torres, disse que ações como esta são muito importantes ao meio ambiente. “Vamos retornar esses animais ao seu habitat, lugar de onde eles nunca deveriam ter saído. Apreendemos alguns papagaios e é muito importante citar que estamos no período de reprodução deles, então nessa época aumenta muito a sua venda. Ter um papagaio em casa, além de fomentar o tráfico de animais é um crime ambiental”, pontuou Karina.

    As aves resgatadas foram encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), do IBAMA. Denúncias podem ser feitas, inclusive de forma anônima, por meio da Ouvidoria do Governo de Brasília pelo número 162 ou pelo site http://www.ouv.df.gov.br.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Polícia Civil bate em grupo criminoso comandado por ‘Pelé’

    Polícia Civil bate em grupo criminoso comandado por ‘Pelé’


    Jéssica Antunes [email protected] No Distrito Federal, Pelé não é o famoso jogador de futebol, mas o chefe do tráfico da região do Setor Sul do Gama. Na manhã desta quinta-feira (9), equipes da 20ª Delegacia de Polícia...

    Jéssica Antunes
    [email protected]

    No Distrito Federal, Pelé não é o famoso jogador de futebol, mas o chefe do tráfico da região do Setor Sul do Gama. Na manhã desta quinta-feira (9), equipes da 20ª Delegacia de Polícia deflagraram uma operação para coibir a atuação do grupo criminoso comandado pelo homem. Armas e drogas foram apreendidas.

    A ação foi por volta das 6h na quadra 10 e contou com apoio da Divisão de Operações Especiais da Polícia Civil. Foram encontradas uma pistola de uso restrito, calibre 9mm, com carregador alongado e seletor de rajada que transforma a arma em uma submetralhadora, uma pistola calibre .40, e dois carregadores para os armamentos. Também foram localizadas mais de 150 munições.

    Um cão farejador localizou meio quilo de crack, três balanças de precisão e diversas porções de maconha prontas para serem comercializadas. Oito celulares roubados foram recuperados. O grupo tinha circuito interno de monitoramento que visava identificar e prevenir ações policiais.

    1 de 6 PCDF/Divulgação PCDF/Divulgação PCDF/Divulgação PCDF/Divulgação PCDF/Divulgação PCDF/Divulgação

    *Aguarde mais informações

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Trânsito matou 469 pessoas em 2015 no Distrito Federal, aponta estudo

    Trânsito matou 469 pessoas em 2015 no Distrito Federal, aponta estudo


    Em 2015, 469 pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito no Distrito Federal. Destas, a maior parte era de pedestres (34%), seguidos por motoristas de carros (28%) e condutores de motos (28%). Caminhões e ônibus completam a estatística,...

    Em 2015, 469 pessoas morreram em decorrência de acidentes de trânsito no Distrito Federal. Destas, a maior parte era de pedestres (34%), seguidos por motoristas de carros (28%) e condutores de motos (28%). Caminhões e ônibus completam a estatística, com 2%. Os números mostram, no entanto, que o cenário vem melhorando: de 2014 para 2015, a número absoluto de fatalidades caiu 15%. Atualmente, o índice de mortos por 100 mil habitantes está em 16,1, abaixo da média nacional.

    Apontado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como um dos países com trânsito mais violento do mundo, o Brasil registrou uma baixa histórica no indicador de mortalidade devido a acidentes. O índice de óbitos por 100 mil habitantes recuou a 19,2 em 2015, o melhor resultado desde 2004. Em 2012, o indicador chegou a atingir 23,6. Os dados constam na quarta edição do relatório “Retrato da Segurança Viária”, desenvolvido pela Ambev e pela consultoria FALCONI com o objetivo de auxiliar a elaboração de políticas efetivas de combate aos acidentes de trânsito.

    A causa da segurança viária é uma das principais bandeiras defendidas pela Ambev. Além de promover campanhas de conscientização e em prol do consumo inteligente de seus produtos, em especial no combate à associação de álcool e direção, a cervejaria tomou a iniciativa de liderar a criação de uma coalizão com agentes privados, públicos e do terceiro setor para melhorar a gestão da segurança viária no Brasil. Essa parceria já resultou em importantes implicações no estado de São Paulo, com o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, e começa a ingressar em outros estados, a exemplo do Brasília Vida Segura, desenvolvido no Distrito Federal.

    Breno Esaki/Jornal de Brasília

    “Nós buscamos ser parte da solução do problema. A segurança viária é uma causa que defendemos há anos com campanhas de conscientização e combate à associação entre álcool e direção. O desenvolvimento do Retrato é um passo importante nesse trabalho, oferecendo as informações necessárias para o planejamento de políticas públicas efetivas para a melhora desse cenário”, explica Mariana Pimenta, gerente de relações corporativas da Ambev.

    O número absoluto de fatalidades também melhorou: de 2010, ano em que o Brasil aderiu à Década de Segurança no Trânsito da ONU, a 2015, as mortes ocasionadas por acidentes nas ruas e estradas do país apresentaram redução de 16%. No mesmo período, as cinco regiões brasileiras apresentaram diminuição no número de mortes, sendo que, em termos absolutos, as áreas mais populosas representaram a parte mais significativa dessa queda.

    “Os dados refletem a importância da segurança no trânsito e devem nortear a conscientização de órgãos públicos e dos motoristas sobre dirigir com segurança. A FALCONI entende que este levantamento é o primeiro passo para construirmos um trânsito mais seguro e, consequentemente, uma sociedade melhor”, afirmou Luis Roma, Consultor Líder de Projetos da FALCONI.

    Apesar de os dados demonstrarem evolução do quadro nacional, o Brasil ainda vive uma situação alarmante: em 2015, 39.333 pessoas perderam a vida e outras 203.853 ficaram feridas no trânsito. O relatório informa que os acidentes já são a segunda causa de morte não natural no país.

    Há que se considerar o impacto econômico que o problema traz: em 2015, gastou-se no Brasil cerca de R$ 19 bilhões de reais com óbitos e feridos no trânsito. Com esse dinheiro seria possível comprar mais de 145 mil ambulâncias, por exemplo, cujo custo médio é estimado em R$ 130 mil, ou ainda construir mais de 60 mil Unidades Básicas de Saúde (UBS), às quais o Governo Federal estima um custo médio de R$300 mil cada.

    O levantamento apresenta um panorama completo sobre a situação viária nacional, com as informações mais atualizadas disponíveis, obtidas por meio do cruzamento de dados da Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP), da Confederação do Transporte (CNT), do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

    Perfil de maior risco

    Mais uma vez, os motociclistas mostraram-se os mais vulneráveis à insegurança viária nacional, representando 39% das vítimas fatais, o que significam 12.126 das 39.333 mortes. Chama a atenção o fato de esse número ter quase dobrado em uma década, sendo que em 2004 o índice estava em 23%. Em seguida aparecem os usuários de automóveis (31%), pedestres (23%), bicicletas (4%) e caminhões e ônibus (3%). Os principais fatores de risco que influenciam diretamente na quantidade e na gravidade de acidentes de trânsito incluem excesso de velocidade; associação de bebida alcoólica e direção; uso de celular ao volante, não uso de capacete; não uso de cinto de segurança e não uso de equipamento de retenção de crianças.

    Óbitos por região

    A região Sudeste apresentou o maior número de fatalidades, com 13.141 em 2015. Apesar disso, é a que conta com o menor índice de óbitos por 100 mil habitantes, com 15,3, e reduziu o número absoluto de mortes em 17,8% desde 2010. A Nordeste vem em seguida, com 12.397 mortes totais e 21,9 óbitos por 100 mil habitantes, a Sul em terceiro lugar (6.071 e 20,8), a Centro-Oeste em quarto (4.107 e 26,6) e, por último, a Norte (3.627 e 20,8).

    Entre 2010 e 2015, no entanto, Nordeste e Norte seguiram na contramão das demais e registraram, respectivamente, crescimentos de 2,5% e 3,8% nos números absolutos de mortes no trânsito. No mesmo período, Sul reduziu os casos em 17,5% e Centro-Oeste em 8,5%. Na comparação com 2014, apenas quatro estados apresentaram aumento no número de vítimas: Roraima (+3%), Rio Grande do Norte (+2%), Paraíba (+5%) e Sergipe (+2%).

    Dentre as 10 capitais com maior número de óbitos no trânsito, São Paulo é a primeira com um total de 1082, mas a cidade conta com o menor índice por 100 mil habitantes (9,0). Ela é seguida por Fortaleza (620 e 23,9), Rio de Janeiro (610 e 9,4), Recife (527 e 32,6), Brasília (469 e 16,1), Teresina (436 e 51,6), Goiânia (432 e 30,2), Belo Horizonte (428 e 17,1), Salvador (316 e 10,8) e Manaus (311 e 15,1).

    Divulgação

    A capital fluminense merece destaque por ter reduzido seu volume absoluto de fatalidades em 41% de 2014 para 2015. Salvador, Goiânia e São Paulo também apresentaram resultados significativos, com 19%, 19% e 18%, respectivamente.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Shoppings de Brasília apostam em promoções natalinas para atrair consumidores


    Jéssica Antunes [email protected] O comércio está confiante com o fim do ano. Segundo a pesquisa do Instituto Fecomércio, 72,5% dos comerciantes apostam que em dezembro deste ano as vendas serão maiores do que em 2016, enquanto 17,9%...

    Jéssica Antunes
    [email protected]

    O comércio está confiante com o fim do ano. Segundo a pesquisa do Instituto Fecomércio, 72,5% dos comerciantes apostam que em dezembro deste ano as vendas serão maiores do que em 2016, enquanto 17,9% esperam vendas iguais e apenas 9,7% acreditam em vendas menores. A estimativa é que o crescimento das vendas seja de 19,81% em relação ao ano anterior de 11,7%. Para angariar clientes, os shoppings da capital apostam em promoções, brindes e sorteios para alavancar as vendas. Serão ofertados pelo menos nove carros, um apartamento, um cruzeiro para o Caribe.

    O Pátio Brasil sorteará um apartamento em Águas Claras. Desde o fim de outubro e até cinco de janeiro, clientes ganham um cupom a cada R$ 250,00 em compras para concorrer ao prêmio. Compras no final de semana ou com cartão de crédito BRBCard tem chance dupla, com dois cupons! O Balcão de Trocas fica no 2º piso do shopping e funcionará de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 12h às 20h. O sorteio será no dia 6 de janeiro, às 16h, na Praça Central.

    No Iguatemi, a cada R$450 em compras vale um panetone Bauducco e um cupom para concorrer a três Jeeps Compass, que serão sorteados em dias distintos. De segunda a quinta-feira, o valor rende dois cupons. Em Águas Claras, o DF Plaza também dará um Jeep Compass Sport automático no primeiro natal do shopping. A cada R$ 300 em notas fiscais, o cliente ganha um cupom para concorrer ao veículo, sorteado em 7 de janeiro. De segunda a quarta-feira, os cupons duplicam.

    Desde segunda-feira (7), cada R$ 200 em compras no Brasília Shopping também valem um cupom que dá direito a concorrer a um Jeep Compass. As trocas de notas fiscais realizadas aos sábados, domingos e feriados garantem cupons em dobro ao participante. O sorteio será realizado em 29 de dezembro, às 18h. Além disso, R$ 350 em compras valem um kit da Granado com hidratante e sabonete. Os brindes são limitados ao estoque de 10 mil unidades.

    O Terraço Shopping vai presentear um cliente com um carro zero quilômetro. Cada R$ 250 em compras vale um cupom para participar do sorteio do automóvel, um Lifan X60 Talent 2017/2018. A promoção é válida de 13 de novembro a 28 de dezembro de 2017, quando o sorteio será realizado às 18h, na Praça Central.

    O Taguatinga Shopping sorteará um Hyundai automatico, modelo Pulse 2017/2018, e brindes instantâneos com a arte de Athos Bulcão. Entre os dias 20 de novembro de 2017 a 4 de janeiro de 2018, cada R$ 150 em compras vale um cupom para concorrer ao automóvel. Somas de notas acima de R$ 400 ainda rende um brinde, que pode ser escolhido entre um conjunto de quatro copos com a arte da Igrejinha ou um kit com quatro unidades de jogo americano com a ilustração do painel do Aeroporto de Brasília.

    Cada R$ 350,00 em compras no Boulevard Shopping rende um cupom para concorrer ao sorteio de um Mini Cooper 0km. Além disso, o cliente ganha uma garrafa de espumante Garibaldi Vero Brut. A promoção é válida para notas fiscais de 4 de novembro a 28 de dezembro, Clientes BRB Card têm cupons e brindes em dobro. O sorteio acontecerá em 29 de dezembro às 11h. A expectativa é de movimento 6% maior que o ano passado.

    No JK Shopping, cada R$ 100 em compras poderá ser trocado por um cupom para concorrer a um Fiat Toro 0Km. O sortudo também levará um cartão de débito no valor de R$ 20 mil. A promoção vai de 16 de novembro a 6 de janeiro, quando o sorteio será realizado. A expectativa do shopping é de crescimento de 10% em relação ao ano passado.

    O fim de ano no Alameda Shopping pode levar ao Caribe. A cada R$250,00 em compras o cliente concorre a um cupom para um sorteio de um cruzeiro. São válidas compras entre 13 de novembro e seis de janeiro. Ali, está previsto um aumento de 4,5% no fluxo em relação ao Natal passado. O Conjunto Nacional vai aproveitar o aniversário de 46 anos no dia 21 de novembro para lançar oficialmente os sorteios de Natal.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Ponto de grevistas da CEB e do Metrô serão cortados, diz GDF

    Ponto de grevistas da CEB e do Metrô serão cortados, diz GDF


    Jéssica Antunes [email protected] A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) e a Companhia Energética de Brasília (CEB) foram orientados pelo Governo de Brasília a cortarem o ponto dos servidores grevistas. As duas...

    Jéssica Antunes
    [email protected]

    A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) e a Companhia Energética de Brasília (CEB) foram orientados pelo Governo de Brasília a cortarem o ponto dos servidores grevistas. As duas categorias interromperam as atividades por reivindicações de recomposição salarial, contratações e melhoria nas condições de trabalho.

    “O governo informa que vai cumprir a Lei Geral de Greve aplicada ao serviço público, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal, com regras que preveem corte de ponto e de vantagens nos dias de faltas dos servidores que participarem de greves e paralisações. Tudo para que os serviços prestados à população não sejam prejudicados”, informou, em nota, o Governo de Brasília.

    O Metrô passa pelo primeiro dia de paralisações nesta quinta-feira (9). A categoria cobra recomposição salarial inflacionária e nomeação de mais de 600 aprovados em concurso, prometidas pelo Executivo após a última paralisação da categoria em 2015. Para garantir o funcionamento, a companhia convocou pilotos e gerentes com cargos comissionados para manter 18 dos 24 trens funcionando. A ação garantiu 75% da frota em circulação e minimizou os impactos aos passageiros do transporte.

    1 de 3 Jéssica Antunes/Jornal de Brasília Jéssica Antunes/Jornal de Brasília Jéssica Antunes/Jornal de Brasília

    De acordo com o GDF, não há há dotação orçamentária para a concessão de reajustes e a nomeação de servidores. Está prevista uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho na sexta-feira (10).

    Sem luz

    Nesta quinta, o movimento grevista dos funcionários da CEB completa quatro dias. Eles pleiteiam reajuste de R$ 1,2 mil, recomposição salarial inflacionária, aumento de 36% no auxílio-alimentação, além do pagamento de auxílio-transporte, abono e tíquete natalino.

    A ação prejudica o atendimento da empresa após tempestade que deixou todo o Distrito Federal com ocorrências de queda de energia. Mais de 2,5 mil pedidos de serviço estavam pendentes mais de 24 horas após a incidência de chuvas e ventos fortes.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    GDF ganha batalha judicial para reduzir piso de aposentados precoces


    Francisco Dutra [email protected] O governo do Distrito Federal ganhou uma batalha judicial para poder reduzir o piso mínimo da aposentadoria proporcional dos servidores aposentados precocemente com pelo menos cinco anos no cargo e dez anos...

    Francisco Dutra
    [email protected]

    O governo do Distrito Federal ganhou uma batalha judicial para poder reduzir o piso mínimo da aposentadoria proporcional dos servidores aposentados precocemente com pelo menos cinco anos no cargo e dez anos de serviços públicos.

    O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do DF e Territórios acatou uma ação direta de inconstitucionalidade apresentada pelo Palácio do Buriti, cujo contesta a elevação do piso mínimo de 1/3 da remunaração original para 40% acrescidos de 2% deste grupo de 12 contribuições.

    O benefício foi recalculado em 2009, em um artigo do Lei Complementar Distrital 818/2009, de autoria do então deputado distrital Leonardo Prudente. A corte julgou inegável a inconstitucionalidade formal do texto, sentenciando vício de iniciativa.

    Na avaliação do Conselho Especial, a lei complentar ainda distorceu um projeto de lei original com um foco distinto. O texto base pretendia, por exemplo, reconhecer direitos para companheiros homoafetivos e o filho não emancipado.

    Inicialmente, a decisão tem força retroativa à edição da lei. Contudo o governo ainda não definiu como irá se posicionar com o veredito, sem determinar quantos aposentados poderão ser afetados direta ou indiretamente. O Instituto de Previdência dos Servidores do DF (Iprev) alega aguardar a publicação do acórdão para definir quais passos serão tomados.

    No regime federal do INSS, o piso proporcional é de 70% do vencimento do servidor. Hoje, no total, existem 47.333 servidores aposentados, com benefícios totais e parciais. Mensalmente geram um desembolso de R$ 253 milhões no erário.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Acusado de matar em plantação de morangos é condenado em Brazlândia


    A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Brazlândia conseguiu, nesta quarta-feira (8), a condenação de Reginaldo Lúcio Silva, conhecido como Baixinho, pelo homicídio de Giovane Ferreira de Castro. A pena foi fixada em 13 anos e 6 meses de...

    A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Brazlândia conseguiu, nesta quarta-feira (8), a condenação de Reginaldo Lúcio Silva, conhecido como Baixinho, pelo homicídio de Giovane Ferreira de Castro.

    A pena foi fixada em 13 anos e 6 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado. O réu deu uma facada nas costas da vítima enquanto ela trabalhava em plantação de morangos.

    Entenda o caso

    Em abril de 2016, Giovane e Reginaldo trabalhavam na cultura de morangos na fazenda do irmão da vítima. Giovane pediu que o acusado tivesse mais cuidado com uma bicicleta que era utilizada pelos trabalhadores. No dia seguinte, insatisfeito com o pedido, Reginaldo esfaqueou a vítima pelas costas.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Suíça inicia caminhada na repescagem de olho na Copa de 2018


    A repescagem das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, começam nesta quinta-feira com a realização de duas partidas, ambas às 17h45 (de Brasília). A Suíça visita a Irlanda do Norte no Estádio Windson Park, em Belfast,...

    A repescagem das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, começam nesta quinta-feira com a realização de duas partidas, ambas às 17h45 (de Brasília). A Suíça visita a Irlanda do Norte no Estádio Windson Park, em Belfast, capital irlandesa. Os suíços ficaram na segunda colocação da chave vencida por Portugal, mas lideraram até a rodada final.

    A tarefa dos suíços não vai ser fácil, pois os norte-irlandeses fizeram uma campanha surpreendente na fase de grupos, ficando atrás apenas da Alemanha em sua chave. O time desbancou alguns favoritos que terão que assistir ao torneio pela televisão, como a República Tcheca e a Noruega.

    “A Irlanda do Norte não vai a uma Copa do Mundo desde oitenta e seis e isso para ela é muito importante. Portanto, temos a real dimensão do que vamos enfrentar e precisamos viver um grande momento em campo se quisermos a classificação. Temos que jogar como se fosse a decisão que de fato é”, analisou Vladimir Petkovic, treinador da Suíça.

    No outro jogo da rodada, a Croácia recebe a Grécia no Estádio Maksimir, em Zagreb. Os croatas, que chegaram a ficar com a quarta posição na Copa do Mundo de 1998, ficaram em segundo lugar no grupo que acabou com a classificação surpreendente da Islândia. Já os gregos, campeões da Eurocopa de 2004, terminaram na segunda posição na chave vencida com folga pela Bélgica.

    “Acredito em um confronto muito equilibrado e por isso mesmo precisamos fazer um jogo perfeito em casa, sem permitir que a Grécia consiga levar perigo. É importante a conquista de um resultado que nos coloque em situação tranquila para a partida de volta, pois sabemos que os gregos são ainda mais fortes atuando na condição de anfitriões”, disse Zlatko Dalic, treinador da Croácia.

    Os confrontos de volta desses dois duelos acontecem no domingo. Nesta sexta-feira jogam Suécia e Itália e a rodada de ida será fechada no sábado, com o choque entre Dinamarca e Irlanda. Os choques, disputados no mata-mata, levam em consideração os gols anotados como visitante. Até aqui se classificaram para a Copa do Mundo pela Europa, além da anfitriã Rússia, Espanha, França, Alemanha, Inglaterra, Portugal, Bélgica, Islândia, Poloônia e Sérvia.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Tite pede foco em amistosos e lembra de Hernanes: “Estamos atentos”


    Encerrando a preparação para o amistoso contra o Japão, o técnico Tite e o meia William concederam entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira. O treinador confirmou o atleta do Chelsea como capitão para o teste desta sexta, pediu atenção e...

    Encerrando a preparação para o amistoso contra o Japão, o técnico Tite e o meia William concederam entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira. O treinador confirmou o atleta do Chelsea como capitão para o teste desta sexta, pediu atenção e seriedade neste ciclo de amistosos da Seleção Brasileira e fez questão de lembrar do meia Hernanes, que vem se destacando e se tornou o grande símbolo da recuperação do São Paulo no Campeonato Brasileiro.

    William será o 14° capitão desde que Tite assumiu o comando da Seleção e, apesar da timidez, garantiu que um capitão possui muitas outras funções além de falar e motivar o time. “Nosso treinador estimula que se formem muitos líderes, com diferentes funções e estou muito honrado de ter sido o escolhido da vez pela comissão técnica. Sou um pouco tímido, não falo muito, mas temos vários tipos de liderança e todos tem que contribuir”, declarou o meia.

    Apesar dos ciclos de amistoso, Tite pediu para que os atletas tratem todos os jogos como se fossem de uma Copa do Mundo, com muita atenção contra o time do Japão. Além disso, desempenho é o objeto de análise do comandante brasileiro. “Neste momento teremos uma nova etapa de preparação e a forma como os atletas atuam, o desempenho, é fundamental. Quero excelência de todos para que possamos atingir um nível forte”, disse Tite.

    Um dos principais temas abordados pelo treinador foi o tempo para testes dos jogadores. Tite lamentou o pouco tempo de avaliação, mas enfatizou que está de olho em todos os jogadores. “São poucos jogos e tudo se torna muito desafiador. Quero ver todos de uma forma justa e manter uma relação de transparência”, comentou.

    Quando se trata de possíveis convocados, o nome da vez é o de Hernanes. O meia do São Paulo é o grande destaque da recuperação tricolor e o comandante da Seleção fez questão de lembrar do meia. “Nós estamos de olho no grande momento que o Hernanes está. Ficamos atentos a todos os atletas nesse curso que antecede a convocação e principalmente se eles continuam em um bom momento a longo prazo. O Hernanes é ambidestro, tem muita qualidade no passe, boa finalização, se adaptou a uma função de articulador pela esquerda com o Dorival (Júnior), além de retomar o bom momento”, ressaltou Tite.

    Os amistosos contra Japão e Inglaterra foram tratados com muito respeito pelo treinador, que afirmou estar motivado a jogar contra equipes de locais diferentes, visando acrescentar na parte tática da sua equipe. “São características de jogo diferentes da América do Sul. Teremos pela frente equipes com mais mobilidade, transição rápida e com triangulações. É hora de se ajustar e buscar uma excelência de desempenho”, apontou o treinador.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Com funcionários da CEB em greve, DF ainda tem 2,5 mil chamados por falta de energia


    As regiões que tiveram o fornecimento de energia prejudicado após a tempestade que atingiu o DF na madrugada de quarta-feira (8) ainda sofrem com a falta de eletricidade. Segundo o Companhia Energética de Brasília (CEB), por volta das 8h30 desta...

    As regiões que tiveram o fornecimento de energia prejudicado após a tempestade que atingiu o DF na madrugada de quarta-feira (8) ainda sofrem com a falta de eletricidade. Segundo o Companhia Energética de Brasília (CEB), por volta das 8h30 desta quinta (9), havia 2.588 serviços a serem realizados em todo o território brasiliense. O Setor Habitacional Taquari, por exemplo, está há 36 horas sem o serviço.

    A CEB já admitiu que a greve de seus funcionários está prejudicando o andamento dos trabalhos. Segundo informou, diretoria da empresa continua com canais de diálogo junto à categoria para encerrar o movimento. Os mais de 2,5 mil serviços pendentes estão distribuídos da seguinte forma:

    Região Leste (Sobradinho, Planaltina e Paranoá) = 365
    Região Oeste (Taguatinga, Ceilândia e Brazlândia) = 468
    Região Sul (Gama, Santa Maria, Samambaia e Recanto das Emas e Riacho Fundo = 514
    Região Centro (Brasília, Lagos, Núcleo Bandeirante, Guará, Candangolândia e outras regiões administrativas não inclusas nas regiões anteriores = 1241

    Em nota, a CEB informou que vai divulgar uma nova atualização sobre a falta de energia amanhã, às 11h45. O comunicado, no entanto, pode ser antecipado casa haja mudança na atual situação.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Primeiro dia de greve dos metroviários teve pouco transtorno aos passageiros

    Primeiro dia de greve dos metroviários teve pouco transtorno aos passageiros


    Jessica Antunes [email protected] A primeira manhã de greve dos funcionários da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) não causou grandes transtornos aos passageiros do transporte. Apesar da promessa de 100% de...

    Jessica Antunes
    [email protected]

    A primeira manhã de greve dos funcionários da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) não causou grandes transtornos aos passageiros do transporte. Apesar da promessa de 100% de paralisação, 17 dos 24 trens circularam e todas as estações foram abertas, sendo duas exclusivas para desembarque. A empresa estima redução de 30% no número de transeuntes, mas, com tempo de espera dobrado, os vagões tiveram lotação padrão. Mais dificuldade teve quem tirou o carro da garagem.

    Por reajuste salarial, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (SindMetrô-DF) decidiu por greve geral para 100% da categoria. Na quarta-feira (8), a Justiça do Trabalho determinou funcionamento com 90% de sua capacidade nos horários de pico (6h às 10h e de 16h30 às 20h30). Nos demais horários, 60% da frota e dos empregados em atividade. Em razão das provas do Enem, no domingo (12), o Metrô deve funcionar com 100% de sua frota e empregados das 8h30 às 19h.

    Por volta das 8h desta quinta-feira (9), todas as estações já estavam abertas ao público. Duas, a Guariroba e a Asa Sul, ficaram restritas ao desembarque. Nos terminais, os painéis das plataformas mostraram que o intervalo entre trens era de 10 minutos, mais que o dobro do normal. A reportagem registrou atrasos em cima dessa previsão, com espera de até meia hora.

    Uma servidora pública procurou a ouvidoria do Metrô para confirmar funcionamento. Por mensagem, a informação era que se mantivesse 80% da frota, conforme decisão judicial. De acordo com ela, que pediu para não ser identificada, a situação na estação Centro Metropolitano não é diferente dos outros dias.

    Jessica Antunes/Jornal de Brasília

    Já na sexta estação de Ceilândia, a entrada nos vagões é dificultada diante da lotação. “Normal”, garantem passageiros. Alguns foram pegos de surpresa com a notícia de greve, apesar de estranharem a demora do transporte.

    Engarrafamentos e acidentes

    Para garantir a circulação, a Secretaria de Mobilidade colocou em prática um plano emergencial com frota extra de ônibus para as cidades onde há circulação dos trens. São 69 coletivos a mais: 9 em Águas Claras, 29 em Ceilândia, 2 no Guará, 4 em Taguatinga e 23 em Samambaia. Do total, 51 são articulados e 16 básicos.

    Muitos brasilienses decidiram tirar os carros das garagens nesta quinta-feira (9). A combinação de aumento de fluxo com a chuva que atingiu toda a capital resultou em vários pontos de congestionamento e acidentes. Nas principais vias e rodovias do DF, o trânsito permanece lento após o horário de pico.

    O acidente mais grave foi registrado na Estrutural, onde um homem morreu após colisão entre duas motos. Marcos Moura da Silva, de 40 anos, faleceu no local. Ali, o trânsito ficou muito impactado, com apenas uma faixa de rolamento liberada. Também foram registrados acidentes na Asa Sul e na DF-480.

    1 de 5 Breno Esaki/Jornal de Brasília Breno Esaki/Jornal de Brasília Breno Esaki/Jornal de Brasília CBMDF/Divulgação CBMDF/Divulgação

    Apesar da greve e do aumento de fluxo de veículos, as faixas exclusivas da EPTG, da EPNB, do Setor Policial Sul e das W3 Norte e Sul não foram liberadas para outros veículos. A faixa reversa da descida do Colorado não foi aberta em virtude da chuva.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    PF ataca corrupção na Casa Militar de Pernambuco


    A Polícia Federal, com apoio da Controladoria-Geral da União e da Procuradoria da República de Pernambuco, deflagrou nesta quinta-feira, 9, a Operação Torrentes. A ação combate um esquema de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e...

    A Polícia Federal, com apoio da Controladoria-Geral da União e da Procuradoria da República de Pernambuco, deflagrou nesta quinta-feira, 9, a Operação Torrentes. A ação combate um esquema de desvio de recursos públicos, fraudes em licitações e corrupção de servidores públicos vinculados à Secretaria da Casa Militar do Estado de Pernambuco.

    Segundo a PF, a investigação teve início no ano de 2016, a partir de um relatório elaborado pela Controladoria-Geral da União com relação aos gastos efetuados pela Casa Militar na cifra de R$ 450 milhões que lhe foram repassados pela União na denominada “Operação Reconstrução” para assistência às vítimas das enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul pernambucana em junho de 2010.

    Naquela ocasião verificou-se que a depender do objeto licitado, funcionários da Secretaria da Casa Militar direcionavam os contratos a diversos grupos empresariais em troca de contrapartidas financeiras. Também foram verificados indícios de superfaturamentos e a falta de execução de contratos.

    Foram detectados, também, fortes indícios de superfaturamento em alguns contratos recentemente firmados pela Secretaria da Casa Militar com recursos públicos federais desta feita na “Operação Prontidão”, que tem por objetivo a reestruturação dos municípios da mata sul pernambucana atingidos, uma vez mais, pelas chuvas torrenciais ocorridas em maio do corrente ano de 2017.

    Em nota, a PF informou que 260 policiais federais de 10 Estados da federação (PE, PB, MT, RO, AL, MA, RN, RR, AP, SE) e 25 servidores da Controladoria-Geral da União (CGU) distribuídos entre 44 equipes estão dando cumprimento a 71 mandados judiciais, sendo 36 de busca e apreensão, 15 de prisão temporária e 20 de condução coercitiva em Pernambuco e no Pará. Também foi determinado o sequestro e a indisponibilidade dos bens dos principais investigados. O nome Torrentes faz alusão as enchentes que devastaram diversos municípios da mata-sul.

    Todos os presos serão trazidos para a sede da polícia federal onde serão interrogados e, dependendo do seu grau de participação e envolvimento, responderão pelos crimes de peculato, fraude em licitação, corrupção ativa e passiva e associação criminosa, cujas penas ultrapassam os 25 anos de reclusão.

    Os prejuízos aos cofres públicos ainda estão sendo contabilizados porque a Casa Militar, à despeito de várias solicitações feitas pela Controladoria-Geral da União, não havia encaminhado os comprovantes de despesas que são essenciais para efetuar o respectivo levantamento.

    A Casa Militar é o órgão da administração direta, subordinado diretamente ao governador do Estado. É uma instituição destinada, fundamentalmente, para a proteção dos altos interesses do Estado, do governo e de seu povo. Suas funções, abrangem a segurança da máxima autoridade do Estado, a sede do governo e a ajudância-de-ordem do presidente ou governador. A Casa Militar é uma das secretarias integradas ao Palácio do Campo das Princesas. O Secretário-Chefe da Casa Militar possui as mesmas prerrogativas, direitos e vantagens atribuídas aos Secretários de Estados.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Homem é assassinado com tiro na cabeça em Samambaia


    Um homem de 32 anos foi morto com um tiro na cabeça, por volta das 4h desta quarta-feira (9), em Samambaia. O crime ocorreu em uma rua da quadra 413, conjunto 12, próximo a uma padaria. Segundo o Corpo de Bombeiros, quando o socorro chegou, Osvaldino...

    Um homem de 32 anos foi morto com um tiro na cabeça, por volta das 4h desta quarta-feira (9), em Samambaia. O crime ocorreu em uma rua da quadra 413, conjunto 12, próximo a uma padaria.

    Segundo o Corpo de Bombeiros, quando o socorro chegou, Osvaldino Tavares da Paixão já estava sem vida. O local ficou aos cuidados da Polícia Militar. A Polícia Civil foi acionada para perícia e remoção do corpo.

    Não há informações sobre responsáveis pelo crime nem a motivação.

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Meirelles: nova proposta para reforma será negociada entre relator e Congresso


    O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira, 9, que a nova proposta para a reforma da Previdência ainda não está fechada e ainda será negociada entre o relator, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), e o Congresso Nacional....

    O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta quinta-feira, 9, que a nova proposta para a reforma da Previdência ainda não está fechada e ainda será negociada entre o relator, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), e o Congresso Nacional. Ele ressaltou, porém, que a versão final precisa garantir o equilíbrio das contas públicas e defendeu a manutenção de pontos como a fixação de uma idade mínima, a regra de transição e o combate a desigualdades entre os setores público e privado nas aposentadorias. Essas questões, segundo ele, são pontos que “não têm como evitar”.

    “Não definimos ainda qual é essa proposta porque essa é uma discussão entre o relator e o Congresso. Não há uma proposta do governo”, disse Meirelles, após participar de café da manhã na residência do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com presença de lideranças e do presidente Michel Temer. “O benefício fiscal tem que ser algo que proporcione equilíbrio fiscal”, afirmou o ministro.

    “Mesmo que caia o benefício para as contas públicas com a reforma previdenciária não pode cair muito”, disse. Ele acrescentou que é possível que o resultado da nova proposta de reforma fique em mais de 50% da economia original prevista em cerca de R$ 800 bilhões. A versão aprovada na comissão especial prevê uma economia de cerca de R$ 600 bilhões.

    Além do equilíbrio fiscal, o ministro disse que é preciso combater privilégios porque hoje só os mais ricos se aposentam pelo tempo de contribuição de 35 anos para homens e 30 anos para mulheres.

    Meirelles afirmou ainda que a proposta vai manter a proposta de idades mínimas de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. Na quarta, o relator havia deixado em aberto a possibilidade de esses patamares serem alterados.

    O ministro disse também que está em discussão a questão da “dupla aposentadoria”, sem dar detalhes sobre qual seria a alteração na questão do acúmulo se benefícios.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    PIB caiu 3,5% e somou R$ 5,996 trilhões em 2015, mostra revisão do IBGE


    O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2015 teve retração um pouco menos pior do que a estimada anteriormente: a queda foi revisada de 3,8% para 3,5%, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e...

    O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2015 teve retração um pouco menos pior do que a estimada anteriormente: a queda foi revisada de 3,8% para 3,5%, segundo dados divulgados nesta quinta-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com base nas Contas Nacionais Anuais, cálculo definitivo para a atividade econômica. A estimativa anterior tinha como base as Contas Nacionais Trimestrais. Em 2015, o PIB somou R$ 5,996 trilhões. O PIB per capita foi de R$ 29.324,00, uma queda real de 4,3% em relação a 2014.

    Pela ótica da demanda, a maior diferença ocorreu no consumo das famílias, que passou de uma queda 3,9% para um recuo de 3,2%. O consumo do governo passou de queda de 1,1% para recuo de 1,4%, acentuando a variação negativa.

    As exportações passaram de um avanço de 6,3% para uma alta de 6,8%, enquanto as importações foram de uma queda de 14,1% para um recuo de 14,2%. O tombo da formação bruta de capital fixo (FBCF) foi mantido em 13,9%.

    Pela ótica da oferta, o destaque foi o PIB da indústria, que melhorou em relação à estimativa das Contas Nacionais Trimestrais. A queda passou de 6,3% para 5,8%. O PIB da agropecuária passou de uma alta de 3,6% para um avanço de 3,3%. Já o PIB de serviços foi mantido em uma queda de 2,7%.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Operação Smart prende grupo que furtava veículos e os revendia na Bahia

    Operação Smart prende grupo que furtava veículos e os revendia na Bahia


    A Operação Smart, desencadeada pela Polícia Civil do Distrito Federal, desarticulou um grupo criminoso interestadual armado especializado na receptação de veículos roubados ou furtados, na adulteração dos sinais identificadores e produção de...

    A Operação Smart, desencadeada pela Polícia Civil do Distrito Federal, desarticulou um grupo criminoso interestadual armado especializado na receptação de veículos roubados ou furtados, na adulteração dos sinais identificadores e produção de documentos veiculares falsos. A associação revendia os automóveis no DF, Entorno e até no interior da Bahia. A ação policial foi deflagrada nesta terça (7) e quarta-feira (8).

    Segundo a polícia. foram cumpridos 8 mandados de prisão e busca e apreensão em Santa Maria, Ceilândia, Luziânia, Valparaíso, Bom Jesus da Lapa (BA) e João Dourado (Ba). Apenas uma pessoa está foragida. Foram 7 homens e 1 mulher presa e apenas ela não tinham passagem.

    O grupo utilizava adolescentes para promoverem assaltos com as armas de fogo. Depois, clonavam os veículos e sua documentação para a revenda.

    A polícia conseguiu recuperar 16 veículos até agora. Entres os carros apreendidos está um Jeep que era utilizado pelo advogado do grupo. Os indiciados irão responder por associação criminosa armada, furto qualificado, corrupção de menores, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, falsificação de documento público e receptação.

    1 de 3 Lucas Mobille/Jornal de Brasília Lucas Mobille/Jornal de Brasília Lucas Mobille/Jornal de Brasília

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    MP faz operação contra fraudes em prefeituras da região de Paulínia (SP)


    O Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Militar (PM) realizam uma operação contra fraudes em contratos de limpeza pública em Paulínia e Sumaré, cidades do interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 9. Estão sendo cumpridos 15...

    O Ministério Público Estadual (MPE) e a Polícia Militar (PM) realizam uma operação contra fraudes em contratos de limpeza pública em Paulínia e Sumaré, cidades do interior de São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 9. Estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão, 11 de condução coercitiva e 44 de busca e apreensão.

    As prefeituras das duas cidades são alvos de mandatos de busca. O prefeito da Paulínia, Dixon de Carvalho (PP), secretários municipais e vereadores estão sendo conduzidos para prestar depoimento na sede do Ministério Público Estadual em Campinas.

    Há buscas também na Câmara de Paulínia, onde ao menos dois empresários já foram presos. O MP informou que divulgará dados da operação assim que a mesma for concluída.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Anfir: emplacamentos de implementos rodoviários caem 8,69% de janeiro a outubro


    O volume de emplacamentos de implementos rodoviários realizados entre janeiro e outubro deste ano totalizou 47.685 unidades, contra 52.224 unidades em igual período de 2016, o que representa uma queda de 8,69% – a menor apurada no ano -, informou...

    O volume de emplacamentos de implementos rodoviários realizados entre janeiro e outubro deste ano totalizou 47.685 unidades, contra 52.224 unidades em igual período de 2016, o que representa uma queda de 8,69% – a menor apurada no ano -, informou nesta quinta-feira, 9, a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir).

    No segmento de reboques e semirreboques (pesado), foram entregues 19.974 unidades de janeiro a outubro, contra 20.090 produtos em igual período de 2016, retração de 0,58%. O setor praticamente zerou suas perdas. Isso representa um momento importante no processo de recuperação da indústria”, afirmou em nota o presidente da Anfir, Alcides Braga.

    No ano, ainda segundo Braga, a queda “é puxada pelo resultado do segmento Leve, porque o comércio urbano ainda não reagiu”. O setor de Carroceria sobre Chassi registrou retração de 13,76%, distribuindo ao mercado interno 27.711 produtos, ante 32.134 unidades de janeiro a outubro de 2016.

    Exportação

    Assim como no mercado interno, a exportação de emplacamentos também caiu. De janeiro a setembro de 2017 (últimos dados disponíveis), foram vendidas 2.914 unidades para o exterior, 8,03% a menos que os 2.680 vendidos nos nove primeiros meses de 2016.

    Fenatran

    As vendas de produtos negociadas durante a Fenatran ainda não foram contabilizadas nas estatísticas, segundo a Anfir. “Os números apurados pela entidade consideram emplacamentos, que é a última fase para a conclusão dos negócios” explica Mario Rinaldi, diretor Executivo da entidade.

    Na edição 2017 da Fenatran, 23 empresas associadas à entidade estiveram presentes. De acordo com a apuração da Anfir junto aos participantes, foram negociadas em torno de 150 unidades do segmento Carroceria sobre chassis e 2 mil produtos no segmento Reboque e Semirreboque.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Temer sanciona mudanças na Maria da Penha, mas veta trechos


    O presidente Michel Temer sancionou nesta quinta-feira, 9, texto que altera a Lei Maria da Penha com veto à autorização dada a delegado de polícia para aplicar medidas protetivas de urgência a mulheres vítimas de violência doméstica. Essa...

    O presidente Michel Temer sancionou nesta quinta-feira, 9, texto que altera a Lei Maria da Penha com veto à autorização dada a delegado de polícia para aplicar medidas protetivas de urgência a mulheres vítimas de violência doméstica. Essa possibilidade estava prevista no texto do projeto de lei que passou no Congresso, mas foi retirada da lei publicada no Diário Oficial da União (DOU).

    Pelo projeto, a aplicação das medidas pelo delegado seria realizada em caráter provisório, até deliberação judicial. Nesse caso, o delegado precisava informar um juiz em até 24 horas, que ouviria o Ministério Público e decidiria pela manutenção ou revisão das medidas.

    O governo alegou que “os dispositivos, como redigidos, impedem o veto parcial do trecho que incide em inconstitucionalidade material, por violação aos artigos 2º e 144, parágrafo 4º, da Constituição.”

    O texto sancionado assegura, dentre outras medidas, “o direito da mulher em situação de violência doméstica e familiar de ter atendimento policial e pericial especializado, ininterrupto e prestado, preferencialmente, por servidores do sexo feminino”.

    Juizados para mulheres

    Depois do veto, a Presidência da República resolveu enviar ao Congresso um novo projeto com mudanças na Lei. A mensagem de encaminhamento da proposta também está publicada no Diário Oficial desta quinta-feira. Entre as disposições, o projeto de lei “dispõe sobre a criação dos Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher”.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Coeuré questiona se BCE terá poder de fogo para outra crise


    Um dirigente do Banco Central Europeu (BCE) disse hoje que há limites para o programa de relaxamento quantitativo (QE, pela sigla em inglês) na zona do euro e levantou dúvidas sobre se a instituição dispõe de ferramentas para lidar com outra...

    Um dirigente do Banco Central Europeu (BCE) disse hoje que há limites para o programa de relaxamento quantitativo (QE, pela sigla em inglês) na zona do euro e levantou dúvidas sobre se a instituição dispõe de ferramentas para lidar com outra crise.

    Benoît Coeuré, integrante do conselho executivo do BCE, afirmou durante conferência em Lyon, na França, que a Europa está numa fase forte do ciclo econômico, mas poderá estar despreparada quando uma “inevitável” desaceleração vier. Segundo Coeuré, os governos da região têm dívidas elevadas e o BCE poderá não ser capaz de repetir o QE – que envolve vastas compras mensais de ativos – no futuro.

    “Não sabemos como será a próxima crise e não podemos ter certeza se quando a próxima crise atingir a Europa, o BCE conseguirá usar os instrumentos…que lhe permitirão responder da mesma forma que fizemos na crise da zona do euro”, disse Coeuré.

    Coeuré também comentou que há “limites técnicos” para o QE do BCE, porque há menor disponibilidade de ativos na Europa do que nos EUA.

    “Não acho que relaxamento quantitativo possa ser um instrumento permanente de política monetária do BCE, simplesmente porque os mercados financeiros não são tão líquidos assim”, disse ele.

    De qualquer forma, Coeuré ressaltou que o BCE vai manter a política expansionista por mais algum tempo, depois que concluir suas compras de ativos. Em sua última reunião, o BCE enfatizou que irá manter o tamanho de seu balanço patrimonial por meio do reinvestimento de bônus quando os papéis vencerem.

    “Mesmo depois que interrompermos as compras de ativos, haverá uma política de reinvestimento e o tamanho do balanço patrimonial não irá diminuir por muito tempo”, disse Coeuré. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    BC da França prevê que economia do país cresça 0,5% no 4º trimestre


    A economia francesa deve crescer 0,5% no quarto trimestre, de acordo com uma pesquisa do Banco da França. Com isso, ela deve continuar a mostrar mais força neste ano, em comparação com o anterior. O sentimento nos setores manufatureiro e de serviços...

    A economia francesa deve crescer 0,5% no quarto trimestre, de acordo com uma pesquisa do Banco da França. Com isso, ela deve continuar a mostrar mais força neste ano, em comparação com o anterior.

    O sentimento nos setores manufatureiro e de serviços atingiu em outubro o patamar mais forte desde 2011, segundo a pesquisa, divulgada nesta quinta-feira. As encomendas no setor de manufaturas estavam no nível mais alto desde 2008 e o sentimento na construção ficou estável na comparação com setembro, mostrou o BC francês. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    UE prevê que crescimento da Alemanha fique em 2,2% em 2017 e em 2,1% em 2018


    O crescimento econômico da Alemanha deve seguir em patamar robusto, por causa da forte demanda doméstica, do robusto comércio global e da firma recuperação da zona do euro, afirmou a Comissão Europeia em suas projeções mais recentes. A União...

    O crescimento econômico da Alemanha deve seguir em patamar robusto, por causa da forte demanda doméstica, do robusto comércio global e da firma recuperação da zona do euro, afirmou a Comissão Europeia em suas projeções mais recentes. A União Europeia prevê crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) alemão de 2,2% em 2017 e de 2,1% em 2018.

    O bloco ainda projeta que o superávit orçamentário alemão cresça a 0,9% do PIB neste ano, de 0,8% em 2016, enquanto a dívida do PIB deve recuar em 2019 para abaixo do limite de 60% do PIB previsto pelo Tratado de Maastricht.

    Com a forte demanda doméstica impulsionando as importações, o superávit em conta corrente alemão deve diminuir para 7,8% do PIB em 2017, após ficar em 8,5% no ano passado, e chegar a 7,5% do PIB em 2018 e a 7,2% em 2019. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Acidente entre van e caminhão caçamba deixa sete mortos e um ferido em Alagoas


    Um acidente envolvendo uma van e um caminhão caçamba deixou 7 mortos na rodovia BR-104, no município de União dos Palmares, na Zona da Mata de Alagoas. A colisão frontal entre os veículos ocorreu nesta quarta-feira, 8, por volta das 11h30 no km 41,...

    Um acidente envolvendo uma van e um caminhão caçamba deixou 7 mortos na rodovia BR-104, no município de União dos Palmares, na Zona da Mata de Alagoas. A colisão frontal entre os veículos ocorreu nesta quarta-feira, 8, por volta das 11h30 no km 41, próximo à entrada da Usina Lajinha. A van tinha saído de Maceió com destino a Ibateguara.

    De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), seis pessoas, entre elas, quatro homens e duas mulheres, morreram no local do acidente, e duas em estado grave foram encaminhadas ao Hospital Geral do Estado Professor Osvaldo Brandão Vilela (HGE), em Maceió. Um dos feridos era o motorista do caminhão, que morreu na noite desta quarta. Segundo informações do HGE, um menor de 16 anos, ocupante da van, continua internado em estado grave.

    Vestígios encontrados na cena do acidente revelam que o caminhão caçamba invadiu a pista contrária e colidiu de frente com a van, informou a PRF. Dentro do caminhão estava apenas o motorista e na van havia sete ocupantes.

    A Polícia Rodoviária Federal não soube informar se o condutor do caminhão tentava fazer uma ultrapassagem ou se perdeu o controle do veículo devido à pista estar molhada quando o acidente aconteceu. A prefeitura do município de Ibateguara decretou luto oficial de três dias pelas vítimas do acidente que, eram naturais do município.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Venda de papelão ondulado sobe 8,46% em outubro ante out/16, diz prévia da ABPO


    Em outubro, as vendas de papelão ondulado utilizados em embalagens – caixas, acessórios e chapas – cresceram 8,46% na comparação com o mesmo mês de 2016 e 4,27% sobre setembro, para 312,739 mil toneladas. Os dados prévios foram divulgados nesta...

    Em outubro, as vendas de papelão ondulado utilizados em embalagens – caixas, acessórios e chapas – cresceram 8,46% na comparação com o mesmo mês de 2016 e 4,27% sobre setembro, para 312,739 mil toneladas. Os dados prévios foram divulgados nesta quinta-feira, 9, pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO).

    No acumulado de janeiro a outubro, as vendas de papelão ondulado somaram 2,917 milhões de toneladas, alta de 4,71% acima do volume expedido nesse mesmo período de 2016.

    Em nota, a associação destaca o vigor da recuperação do setor. “A taxa de crescimento da expedição de papelão ondulado em outubro foi a segunda maior do ano. A anterior, de 8,91%, foi registrada em agosto. Já são, portanto, duas taxas superiores a 8%, observadas desde janeiro. Taxas desta magnitude não se verificavam desde o primeiro semestre de 2013. Parte deste crescimento pode ser explicada pelos baixos volumes expedidos nos meses finais de 2016, o chamado efeito base, que favorece a comparação. Mas a trajetória da expedição ao longo deste ano, especialmente no período maio/julho, quando o crescimento ajustado sazonalmente alcançou 19,79% em valores anualizados, apenas ratifica o vigor da recuperação do segmento”, diz o texto.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Bolsonaro divulga carta aos brasileiros e nega autoritarismo


    O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) divulgou nesta quarta-feira, 8, o Comunicado aos Cidadãos do Brasil, no qual admite a discussão de temas econômicos com um grupo de professores e intelectuais. Segundo o capitão da reserva...

    O deputado federal e presidenciável Jair Bolsonaro (PSC-RJ) divulgou nesta quarta-feira, 8, o Comunicado aos Cidadãos do Brasil, no qual admite a discussão de temas econômicos com um grupo de professores e intelectuais. Segundo o capitão da reserva do Exército, “nenhum dos membros dessa equipe defende ideias heterodoxas ou apreço por regimes totalitários”.

    A mensagem foi revelada pelo site “O Antagonista” e confirma a colaboração do pesquisador do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Adolfo Sachsida, noticiada pela Coluna do Estadão. “Nos últimos dias o Dr. Adolfo Sachsida foi apresentado pela imprensa como o ‘conselheiro’ do deputado Jair Bolsonaro. Conforme nota já divulgada, houve sim conversas com o talentoso economista.” Apesar da carta, os nomes dos outros nomes do time do Bolsonaro não foram divulgados.

    Segundo a assessoria do deputado, a carta foi escrita com a ajuda de uma equipe de colaboradores e pelos filhos do deputado (Eduardo, Flávio e Carlos). “Nesse sentido, podemos antecipar que já contamos com um sólido grupo, composto por professores de algumas das melhores universidades do Brasil e da Europa. Indivíduos que são referência na academia, com vários papers publicados em revistas ranqueadas, com larga experiência profissional e sem máculas em seus respectivos históricos.”

    A decisão de tornar pública a existência de uma “equipe de intelectuais e professores” ocorre após a repercussão da “não resposta” de Bolsonaro sobre o que é o tripé econômico à jornalista Mariana Godoy, da RedeTV!

    Bastidores

    Em suas redes sociais, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSC-RJ) afirmou que “tem se encarregado pessoalmente com pessoas da área econômica para aproximá-las de Jair Bolsonaro”. Eduardo escreveu que está articulando a equipe do pai “nos bastidores, de maneira discreta, sem esperneio ou holofotes”.

    “Só dessa maneira conseguiremos fazer um trabalho sério e construtivo. No momento certo todos saberão quem são essas pessoas, acadêmicos e de vivência no mercado também, que aliás não param de chegar para somar”, disse Eduardo.

    Nos bastidores, fala-se que as entrevistadas de Sachsida não agradaram a Bolsonaro e seus filhos. O pesquisador teria sido levado ao grupo do deputado pelas mãos de outro colaborador, o professor de Economia e secretário nacional do PEN, Bernardo Santoro. Procurados, Santoro não respondeu e Sachsida não atendeu à reportagem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    China pode resolver problema da Coreia do Norte “fácil e rapidamente”, diz Trump


    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a pedir que a China use seu papel como principal aliado da Coreia do Norte para pressionar o regime de Pyongyang a abandonar seus programas nuclear e de mísseis. “A China pode resolver esse...

    O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a pedir que a China use seu papel como principal aliado da Coreia do Norte para pressionar o regime de Pyongyang a abandonar seus programas nuclear e de mísseis. “A China pode resolver esse problema fácil e rapidamente” afirmou Trump, em declarações à imprensa ao lado do presidente chinês, Xi Jinping.

    Trump elogiou Xi, durante a aparição ao lado do líder chinês. “Vocês sabem uma coisa sobre seu presidente: se ele trabalhar duro, isso vai acontecer. Não tenho dúvida disso”, afirmou. Xi sorriu diante de algumas das declarações do visitante, entre elas a de que a China não pode ser considerada culpada pelo desequilíbrio na balança comercial entre os países.

    Xi, porém, foi mais formal em suas declarações, ao dizer por exemplo que é inevitável haver alguma fricção na relação bilateral. Segundo ele, as duas nações devem fortalecer a comunicação e a cooperação em questões da região da Ásia e do Pacífico. “Eu disse ao presidente Trump que o Oceano Pacífico é grande o suficiente tanto para a China quanto para os EUA.”

    Nenhum dos líderes respondeu a perguntas da imprensa nem deu qualquer evidência de progresso nas negociações com a Coreia do Norte ou sobre comércio.

    O governo de Pequim espera persuadir Trump a diminuir a pressão nas questões comerciais e sobre a Coreia do Norte e a admitir os interesses territoriais chineses e seu desejo de ter um maior papel na arena global, segundo diplomatas e analistas. Fonte: Dow Jones Newswires.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    R$ 1 mi em empréstimos a 0,5% ao mês


    Após estrear no mercado de fintechs com o lançamento do Social Bank – espécie de banco digital, que permite que pessoas físicas façam vários tipos de operações entre si, inclusive empréstimos -, o empresário Carlos Wizard Martins decidiu...

    Após estrear no mercado de fintechs com o lançamento do Social Bank – espécie de banco digital, que permite que pessoas físicas façam vários tipos de operações entre si, inclusive empréstimos -, o empresário Carlos Wizard Martins decidiu colocar R$ 1 milhão à disposição no aplicativo para a realização de empréstimos a juros de 0,5% ao mês.

    Dono, entre outros negócios, da rede de alimentos saudáveis Mundo Verde e da escola de inglês Wiseup, Wizard afirma que quer simplificar o sistema financeiro brasileiro. “O Brasil tem um dos juros mais altos do planeta. Estou disposto a ajudar e a devolver para a sociedade parte do que conquistei”, diz.

    À medida em que Wizard receber o pagamento dos empréstimos já realizados, os recursos voltam a ficar disponíveis para novos clientes.

    Lançado há duas semanas e já com 20 mil contas abertas, o Social Bank permite o pagamento de contas, realização de saques, transferências, além de empréstimos entre as pessoas, com juros de 1% a 2% ao mês.

    Apesar do nome, o Social Bank não é um banco, mas uma conta de pagamento digital. Wizard tem 50% do negócio e a outra metade pertence a Rodrigo Borges, de quem ele já é sócio na HubPrepaid, que atua no mercado de meios de pagamentos.

    Para Guilherme Horn, diretor de inovação da consultoria Accenture, plataformas dessa natureza têm um desafio pela frente. “A maior dificuldade, ao longo do tempo, é conseguir se tornar rentável com serviços de baixo valor agregado”, explica. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Doria vai a Manaus mas não encontra prefeito do PSDB


    O prefeito João Doria (PSDB) desembarca na manhã desta quinta-feira, 9, em Manaus onde mais uma vez cumprirá uma agenda típica de candidato, mas não será recebido pelo principal quadro tucano no Amazonas, o prefeito da capital, Arthur Virgilio....

    O prefeito João Doria (PSDB) desembarca na manhã desta quinta-feira, 9, em Manaus onde mais uma vez cumprirá uma agenda típica de candidato, mas não será recebido pelo principal quadro tucano no Amazonas, o prefeito da capital, Arthur Virgilio. Segundo auxiliares de Doria, eles não se reunirão porque Virgílio está no exterior.

    Há, porém, um motivo adicional para não terem afinado as agendas: o prefeito de Manaus é crítico de Doria e chegou a cobrar dele publicamente que viajasse apenas no horário fora do expediente. Virgilio também se apresentou como pré-candidato do PSDB à Presidência da República para se contrapor às pretensões do colega paulistano.

    A viagem desta quarta será uma das últimas de Doria pelo Brasil neste ano. O prefeito decidiu reduzir o ritmo de deslocamentos e sinalizou ao governador Geraldo Alckmin que deve apoiar sua pré-candidatura presidencial na campanha em 2018. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília

    Temer e Meirelles participam de café da manhã com Maia para discutir Previdência


    O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participam na manhã desta quinta-feira, 9, de café da manhã com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e líderes de partidos da base aliada. O encontro...

    O presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, participam na manhã desta quinta-feira, 9, de café da manhã com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e líderes de partidos da base aliada. O encontro acontece na residência oficial do presidente da Casa, no Lago Sul, área nobre de Brasília.

    Oficialmente, a reunião é para discutir um novo texto da reforma da Previdência possível de ser aprovado na Câmara. Como vem mostrando o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, o governo decidiu partir para o tudo ou nada para aprovar a proposta e, por isso, já admite votar um texto mais enxuto, apenas com elevação da idade mínima para aposentadoria e fim de privilégios para servidores públicos.

    Fonte: Estadao Conteudo

    Saiba mais em Jornal de Brasília