G1 > Amapá

    Estudante do AP, de 7 anos, é alfabetizada e lê mais de 25 livros em menos de um ano

    Estudante do AP, de 7 anos, é alfabetizada e lê mais de 25 livros em menos de um ano


    Filha de poeta, menina foi a que mais leu na escola onde estuda em 2018. Estudante do AP, de 7 anos, é alfabetizada e lê mais de 25 livros em menos de um ano A estudante Fernanda Maria Cavalcante Cardozo, carinhosamente chamada pela família de...


    Filha de poeta, menina foi a que mais leu na escola onde estuda em 2018. Estudante do AP, de 7 anos, é alfabetizada e lê mais de 25 livros em menos de um ano A estudante Fernanda Maria Cavalcante Cardozo, carinhosamente chamada pela família de Fernandinha, foi a aluna que mais leu na escola onde estuda em Macapá em 2018. Seria um título comum se ela não tivesse 7 anos, não tivesse aprendido a ler este ano e também se não tivesse “devorado” pelo menos 25 livros nesse período. Ao longo de 2018, Fernandinha cursou o 1º ano do ensino fundamental em uma escola particular da capital amapaense. Na biblioteca infantil da instituição, ela emprestou 25 livros. Em casa, o quarto decorado com o tema de princesa também tem como decoração vários livros infantis. “Bambi” é a história predileta dela. Ao G1, ela leu o início do livro que ganhou da família (assista ao vídeo acima). “Aprendi a ler esse ano, na escola. Geralmente lá na escola nem todo mundo pega livro para ler. Agora eu quero voltar a ler meus livros antigos”, falou a pequena leitora. Fernandinha, de 7 anos, leu mais de 25 livros em menos de um ano Fabiana Figueiredo/G1 Fernandinha teve o primeiro contato com a literatura ainda dentro de casa, numa rotina diária, toda noite. Os pais leem histórias para ela, depois rezam e cantam até ela dormir. Neta do poeta amapaense Alcy Araújo Cavalcante, Fernandinha já tinha como destino certo ter apreço pela literatura. Ainda com um pouco de dificuldades, ela vai lendo sílaba a sílaba, palavra a palavra, e conhecendo novas histórias, como detalha a mãe de Fernandinha, a psicóloga Adriane Maria Cavalcante, de 43 anos. Contando os livros que ela tem em casa, o acervo tem bem mais que 25 obras. “Ela gosta muito de ler as histórias de princesas e também de aventuras. A gente acompanha ela, lendo junto, ela lendo, engatando em umas palavras, e a gente junto orientando. E ela gostou quando entendeu que tem muitas histórias por aí e que tem muita coisa para conhecer, então ela foi pegando cada vez mais livros”, explicou a mãe. Estudante prefere ler os livros de histórias de princesas e de aventuras Fabiana Figueiredo/G1 O pai, o professor de educação física e vigilante Elielson Cardozo, de 42 anos, conta que sempre fica encantado ao ver Fernandinha ter tanto interesse pelos livros. “Quando ela me mostrou que estava lendo, fiquei orgulho. Ela é só orgulho para mim”, comentou ele. Fernandinha recebeu diplomas por ser a leitora mais assídua da biblioteca da escola em 2018 Fabiana Figueiredo/G1 São nas pequenas conquistas, que emocionam a família, que a menina segue recebendo incentivo para continuar tendo como aliada a educação. “Ela tem muita imaginação, muita criatividade. Eu quero que ela continue assim. […] Quero que ela realmente siga lendo para não passar essa ‘fome’ de educação. Quem lê, aprende muito mais, cria muito mais, vê o mundo de uma forma melhor. Quero que ela consiga ver o mundo melhor e transforme esse mundo através da educação”, concluiu a mãe. Fernanda Maria tem incentivo diário dos pais Fabiana Figueiredo/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 17 de dezembro

    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 17 de dezembro


    São disponibilizadas vagas para confeiteiro, salgadeiro, costureira, eletrotécnico e outros. Sine oferta cinco vagas para costureira em Macapá Repordução/TV Grande Rio O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos...


    São disponibilizadas vagas para confeiteiro, salgadeiro, costureira, eletrotécnico e outros. Sine oferta cinco vagas para costureira em Macapá Repordução/TV Grande Rio O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Auxiliar de manutenção predial – 1 vaga Confeiteiro – 1 vaga Costureira – 5 vagas Eletrotécnico - 1 vaga Forneiro – 1 vaga Salgadeiro – 1 vaga Supervisor de logística - 1 vaga Técnico em edificações – 1 vaga Vendedor pracista – 1 vaga Atendente – 1 vaga para pessoa com deficiência física
    Regularização fundiária no Amapá começa em janeiro de 2019, diz governo

    Regularização fundiária no Amapá começa em janeiro de 2019, diz governo


    Exército vai assumir tarefa. Cerca de 2,5 mil lotes urbanos ou rurais serão georreferenciados. Regularização fundiária vai abranger 2,5 mil lotes urbanos ou rurais no Amapá Abinoan Santiago/G1 Como parte do processo de transferência das terras...


    Exército vai assumir tarefa. Cerca de 2,5 mil lotes urbanos ou rurais serão georreferenciados. Regularização fundiária vai abranger 2,5 mil lotes urbanos ou rurais no Amapá Abinoan Santiago/G1 Como parte do processo de transferência das terras da União para o Estado, em 2016, o Exército Brasileiro vai assumir a regularização fundiária no Amapá. O processo deve iniciar em janeiro de 2019, informou o governo. Os militares vão mapear as terras e definir os limites de 2,5 mil lotes urbanos ou rurais e fazer o georreferenciamento de até 10 glebas estaduais ou federais, perfazendo um total de até 1,5 mil quilômetros de perímetro, que ainda serão definidas. Os trabalhos serão executados pelo 4º Centro de Geoinformação, informou o exército ao governador do Estado, Waldez Góes, que tratou detalhes do convênio em viagem à Brasília na última semana. “Ficou acertado para janeiro a assinatura desse convênio que, certamente, será um importante marco regulatório para o desenvolvimento social e econômico do nosso Estado, evitando conflitos agrários com a sobreposição de terras”, confirmou o governador. Ainda de acordo com o governo, o levantamento terá apoio fundamental do Sistema Geodésico Brasileiro. No Amapá são 840 estações geodésicas com resultados de coordenadas de alta precisão na superfície da terra. Os pontos foram entregues ao executivo pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no dia 4 de dezembro. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Mais de 100 batuqueiros tocam no último cortejo do ano do ‘Banzeiro do Brilho-de-Fogo’

    Mais de 100 batuqueiros tocam no último cortejo do ano do ‘Banzeiro do Brilho-de-Fogo’


    Realizado há 5 anos, ‘Cortejo de Dezembro’ será neste domingo (16), a partir das 15h. Cortejo do Banzeiro do Brilho-de-Fogo, em Macapá, tem cerca de 100 batuqueiros Prefeitura de Macapá/Divulgação O Banzeiro do Brilho-de-Fogo vai sair pelo...


    Realizado há 5 anos, ‘Cortejo de Dezembro’ será neste domingo (16), a partir das 15h. Cortejo do Banzeiro do Brilho-de-Fogo, em Macapá, tem cerca de 100 batuqueiros Prefeitura de Macapá/Divulgação O Banzeiro do Brilho-de-Fogo vai sair pelo quinto ano consecutivo no período natalino pelas ruas de Macapá. Cerca de 100 batuqueiros, acompanhados de dançarinos adultos e crianças, vão sair no 5º “Cortejo de Dezembro” neste domingo (16), a partir das 15h, no Centro. “Levar adiante uma iniciativa que tem a participação de adolescente e crianças é a certeza de um futuro para nossas tradições. Vamos fazer um lindo cortejo, e esperamos que mais uma vez a população compareça”, afirmou Adelson Preto, coordenador geral do projeto. O desfile feito pelo grupo, que tem como símbolo o beija-flor brilho-de-fogo, ave rara e nativa do Amapá, chama a atenção da população, turistas e estudiosos, ao ser embalado por músicas da Amazônia e também canções populares, entoados pelos instrumentos do batuque e marabaixo, ritmos característicos do Amapá. Banzeiro do Brilho-de-Fogo faz três apresentações fixas por ano, em Macapá Márcia do Carmo/Divulgação O cortejo faz parte do projeto Banzeiro do Brilho-de-Fogo, que iniciou em 2013, tendo à frente músicos e produtores culturais. A ideia é valorizar a cultura amapaense, com um lado social, promovendo oficinas gratuitas de construção de adereços e instrumentos, e musicalização com mestres populares de comunidades tradicionais; cujas atividades são voltadas para pessoas de todas as idades. A culminância do projeto são os cortejos, que fecham o ciclo de ensaios e acontecem nos meses de fevereiro, no aniversário de Macapá; em julho, com o “Cortejo de Verão”; e em dezembro, que é o enceramento das atividades do ano. A programação deste domingo inicia às 15h, com concentração na orla da cidade, e o cortejo está marcado para sair às 16h em direção à Praça Floriano Peixoto, entre os bairros Central e Trem, onde haverá show com diversos artistas locais. Projeto funciona desde 2013 no Amapá Fabiana Figueiredo/G1 Serviço Cortejo de Dezembro do Banzeiro Brilho-de-Fogo Dia: 16 de dezembro (domingo) Local de concentração: Av. Coaracy Nunes (na lateral do Parque do Forte), a partir das 15h Saída do cortejo: às 16h Término: Praça Floriano Peixoto, com show musical Cortejo do 'Banzeiro Brilho de Fogo' também tem apresentações de dançarinos Rita Torrinha/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Instituto Federal do AP estuda instalação do curso de medicina veterinária no estado

    Instituto Federal do AP estuda instalação do curso de medicina veterinária no estado


    Previsão é que inscrições sejam feitas pelo Sisu e que aulas iniciem em 2020, em Porto Grande. Curso de medicina veterinária deve ser ofertado pelo Ifap a partir de 2020 Fábio Tito/G1 Medicina veterinária pode ser o novo curso de graduação a...


    Previsão é que inscrições sejam feitas pelo Sisu e que aulas iniciem em 2020, em Porto Grande. Curso de medicina veterinária deve ser ofertado pelo Ifap a partir de 2020 Fábio Tito/G1 Medicina veterinária pode ser o novo curso de graduação a ser ofertado no estado. A formação está em fase de estudo para que seja instalada na unidade de Porto Grande do Instituto Federal do Amapá (Ifap). A instituição prevê ofertar 40 vagas em 2019 e aulas devem iniciar em 2020. Este deve ser o segundo curso superior ofertado no município, que fica a 102 quilômetros de Macapá. Na unidade funciona o curso de engenharia agronômica, cujas aulas iniciaram este ano; os cursos técnicos em agropecuária, agroecologia, e agronegócio; e outros de formação continuada, que abrem vagas ao longo do ano. O Ifap em Porto Grande oferta cursos que atendem às necessidades de formação de profissionais na área de produção agrícola do estado, e principalmente na região que é considerada o polo agrícola do Amapá. O curso de medicina veterinária não é ofertado em nenhuma outra instituição de ensino do estado. O estudo de viabilidade já foi organizado e comprovado pelo Ifap. Os próximos passos são a criação do projeto político-pedagógico e também o processo de validação do curso junto ao Ministério da Educação (MEC). Paralelamente, o instituto atua ainda na estruturação do curso. Existe uma fazenda experimental na unidade de Porto Grande, que deve ser utilizada pela nova formação. Em novembro, o pecuarista Iraçu Colares, que também é presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Amapá (Faeap), doou da própria fazenda dele dois bubalinos para serem usados durante os estudos dos novos alunos do Ifap. O preenchimento das vagas deverá ocorrer através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), já para os candidatos que realizarem o Exame Nacional de Avaliação do Ensino Médio (Enem) de 2019. Ifap recebeu doação de dois bubalinos para serem usados por futuros alunos de medicina veterinária Faeap/Divulgação Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Polícia prende suspeito de assalto encontrado baleado na Zona Sul de Macapá


    Crime aconteceu na tarde deste sábado (15), no bairro Muca. Equipes da Polícia Militar (PM) prenderam um jovem, de 22 anos, como autor de um assalto momentos antes de ser detido, ainda na tarde deste sábado (15), na Zona Sul de Macapá. O suspeito do...

    Crime aconteceu na tarde deste sábado (15), no bairro Muca. Equipes da Polícia Militar (PM) prenderam um jovem, de 22 anos, como autor de um assalto momentos antes de ser detido, ainda na tarde deste sábado (15), na Zona Sul de Macapá. O suspeito do crime foi encontrado pelas equipes já baleado. Ele tem outras passagens pelo mesmo crime. De acordo com a PM, por volta das 17h, o suspeito abordou a vítima (que não foi identificada pela polícia) e, usando uma arma de fogo, roubou o aparelho celular dela. As equipes se deslocaram para o local onde o jovem estaria escondido, e teriam o encontrado já caído no chão, baleado. Não foi informado quem foi o autor do disparo. O suspeito foi detido no início da Rua Hildemar Maia, no bairro Muca. Ao lado dele, caído no chão, estava a arma que teria sido usada no crime e o celular da vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado, enviou uma ambulância para o local e prestou socorro ao suspeito, que foi levado para o Hospital de Emergências (HE) da capital, onde recebeu atendimento. Não há informações sobre o atual estado de saúde dele. A polícia detalhou que ele já havia sido preso outras vezes por roubo qualificado e, ainda, porte ilegal de arma de fogo, cujos crimes ele foi detido novamente neste sábado. A arma que estava próximo a ele foi apresentada pela equipe policial no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) do bairro Pacoval, na Zona Norte. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Atualização da carteira de vacinação deve ser prioridade para quem vai viajar; veja como proceder

    Atualização da carteira de vacinação deve ser prioridade para quem vai viajar; veja como proceder


    Centro de Imunização de Macapá faz recomendações para viagens nacionais e internacionais, segundo regras do Ministério da Saúde. Caderneta de vacinação deve ser atualizada em viagens nacionais e internacionais José Marcelo/G1 Famílias ou...


    Centro de Imunização de Macapá faz recomendações para viagens nacionais e internacionais, segundo regras do Ministério da Saúde. Caderneta de vacinação deve ser atualizada em viagens nacionais e internacionais José Marcelo/G1 Famílias ou pessoas com viagens marcadas para o fim de ano devem redobrar a atenção com a atualização da caderneta de vacinação. O reforço é da Central de Imunização de Macapá, que orienta sobre os procedimentos necessários para embarcar com tranquilidade e conforme as normas do Ministério da Saúde. Viagens Nacionais Em viagens dentro do território nacional é importante a pessoa estar em dia com as vacinas de febre amarela, hepatite a e b, tétano e tríplice viral (caxumba, sarampo e rubéola), como explica Jorsette Cantuária, coordenadora de Imunização de Macapá. "Nas viagens internas e para o interior do país os órgãos recomendam que a pessoa faça atualização da caderneta com as vacinas obrigatórias, que são a triplice viral, tétano, febre amarela e hepatite a e b", pontuou a coordenadora. Viagens Internacionais Para viagens ao exterior o processo é mais rigoroso. É obrigatório que o passageiro esteja com a cardeneta atualizada, principalmente em relação à vacina contra a febre amarela. Antes do embarque o cartão é trocado por um de uso internacional, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Jorsette Cantuária destaca que, caso a imunização não esteja em dia, o passageiro pode ser proibido de embarcar, por isso a importância de a pessoa ficar atenta para a legislação do país que irá visitar. "Em alguns países da África, Europa e Ásia se os estrangeiros não estiverem com a carteira da Anvisa, comprovando que estão corretamente imunizados, eles são barradas no aeroporto ou podem ser barrado ainda no Brasil, antes de embarcarem. Por isso é importante a pessoa pesquisar quais vacinas são obrigatórias no país que vai conhecer", explicou. Macapá deve receber reforço de doses de vacina contra febre amarela Reprodução/Rede Amazônica Vacinação contra a febre amarela No Brasil, a vacina da febre amarela é de dose única, que pode ser tomada na infância ou adolescência. Caso não lembre ou não tenha comprovação de que realizou a imunização, a pessoa deve procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) . "Se a pessoa não lembrar, ou não tiver tudo comprovado na cardeneta, ela deve procurar uma Unidade Básica de Saúde, aonde será feita verificação para tá fazendo uma dose de reforço e para entregar a carteira já atualizada para essa pessoa", disse a coordenadora de imunização de Macapá. Esdra Oliveira junto à filha Alice, de 9 meses, durante vacinação em UBS de Macapá Victor Vidigal/G1 Quem se vacinou pela primeira vez contra a febre amarela foi a Alice, de 9 meses. A mãe dela, Esdra Oliveira, de 30 anos, trouxe a filha para se imunizar contra a doença. Mesmo sem viagem prevista para o fim de ano, a mãe reconhece a importância da prevenção. "Tenho muito medo que ela pegue algum tipo de doença, principalmente nessa fase, onde qualquer vírus pode causar problemas graves. Até por isso não vou viajar nesse fim de ano, para não termos problemas", contou. Todas as vacinas recomendadas para as viagens nacionais e obrigatórias em voôs internacionais podem ser encontradas nas UBS's de Macapá, segundo a Central de Imunização do Município. UBS do Perpétuo Socorro, na Zona Leste de Macapá, fornece vacinas para a população Reprodução/Rede Amazônica no Amapá Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Violência contra a mulher é abordada em espetáculo solidário em Macapá

    Violência contra a mulher é abordada em espetáculo solidário em Macapá


    Apresentação de dança 'Remonta' acontece no domingo (16) no Teatro das Bacabeiras. Ingresso é 1 quilo de alimento. Grupo ensaia para apresentação de espetáculo 'Remonta' Rede Amazônica/Reprodução Violência contra mulher, transfobia,...


    Apresentação de dança 'Remonta' acontece no domingo (16) no Teatro das Bacabeiras. Ingresso é 1 quilo de alimento. Grupo ensaia para apresentação de espetáculo 'Remonta' Rede Amazônica/Reprodução Violência contra mulher, transfobia, machismo. Esses temas serão tratados no espetáculo de dança "Remonta" do grupo amapaense "Âmago". A apresentação inédita acontece no domingo (16), às 19h, no Teatro das Bacabeiras, em Macapá. O ingresso é 1 quilo de alimento. O grupo formado por oito bailarinos amapaenses aborda nos espetáculos temas delicados, que necessitam de discussão na sociedade. A bailarina Letícia Paixão ressalta o papel social que o grupo carrega nas apresentações que realiza. "O grupo Âmago busca levar ao público os problemas do cotidiano. Utilizar a arte para levar uma mensagem de socorro, de apoio e de entendimento às pessoas que sofrem de preconceito na nossa sociedade", justifica. Bailarina Letícia Paixão durante o ensaio para apresentação Rede Amazônica/Reprodução Compõem ainda o espetáculo "Remonta", as coreografias do grupo que foram premiadas no Festival Internacional de Danças da Amazônia (FIDA), que aconteceu neste ano em Belém, no Pará. O coletivo também tem no currículo shows feitos na cidade de Kourou, na Guiana Francesa. O ingresso para assistir a apresentação será 1 quilo de alimento não perecível, que será doado às instituições de assistência social da capital. Serviço: Espetáculo 'Remonta' Data: 16 de dezembro (domingo) Hora: 19h Local: Teatro das Bacabeiras (Rua Cândido Mendes, 1087, Central, Macapá) Ingresso: 1 kg de alimento não perecível Apresentação acontece no domingo (16) Teatro das Bacabeiras Floriano Lima Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Estudantes da rede pública do AP expõem projetos em feira de empreendedorismo

    Estudantes da rede pública do AP expõem projetos em feira de empreendedorismo


    Evento em Macapá busca estimular o espírito empreendedor nos alunos da escola Azevedo Costa. 1ª Feira do empreendedorismo da Escola Azevedo Costa ocorre neste sábado (15) Ugor Feio/G1 Com atividades culturais, rodada de negócios e venda de...


    Evento em Macapá busca estimular o espírito empreendedor nos alunos da escola Azevedo Costa. 1ª Feira do empreendedorismo da Escola Azevedo Costa ocorre neste sábado (15) Ugor Feio/G1 Com atividades culturais, rodada de negócios e venda de produtos da agricultura familiar, alunos da Escola Estadual Azevedo Costa, realizam neste sábado (15) e no domingo (16), a 1ª edição da Feira do Empreendedorismo, que ocorre na sede no Sebrae, na Zona Central de Macapá. A ação faz parte do "Programa Despertar", desenvolvido na escola, e acontece de 8h às 22h. Entre as iniciativas dos estudantes, está a de Alex Costa, de 19 anos juntamente com outros dois colegas de turma, optaram pela venda de plantas ornamentais como modelo de negócio. "Durante as reuniões no colégio, tinha muita gente que não sabia o que iria fazer no evento. Eu e minha família já trabalhamos com isso, foi daí que surgiu a ideia", disse. Alex Costa, de 19 anos, em frente a seu estande de plantas Ugor Feio/G1 O grupo investiu R$ 150 em terra, adubo e vasos. Eles esperam, com as vendas da feira, ter retorno financeiro suficiente para dar continuidade no empreendimento. Já as alunas Daniele Alves, de 19 anos, e Rafaela Sales, de 20, se reuniram com outros cinco colegas de turma para vender brigadeiro no evento. "É meu primeiro contato direto com vendas, é bom começar a ganhar dinheiro com isso", acredita Rafaela. Daniele Alves e Rafaela Sales na barraca de brigadeiros caseiros Ugor Feio/G1 Além das vendas e exposições, o evento está orientando quem já tem ou quer abrir o próprio negócio. De acordo com o diretor da escola, Josinei Moreira, muitos dos alunos estão tendo contato direto com o comércio pela primeira vez. A ideia é avaliar como eles se comportam diante da clientela, para avaliar pontos fortes e onde precisam melhorar. "O propósito do evento é despertar, como o nome do programa já diz, o espírito empreendedor dentro de cada aluno e que a escola proporcione além de oportunidades para esses jovens, um horizonte mais amplo de opções". Josinei Moreira, diretor da Escola Azevedo Costa Ugor Feio/G1 A feira em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) tem expectativa de receber entre 10 e 12 mil pessoas nos dois dias. Estande de produtos da agricultura familiar na feira de empreendedorismo Ugor Feio/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Prédio de hospital de prevenção ao câncer é inaugurado no AP; serviços iniciam em 2019

    Prédio de hospital de prevenção ao câncer é inaugurado no AP; serviços iniciam em 2019


    Estimativa é que 500 exames sejam feitos por dia na unidade, segundo coordenação. Hospital de Amor é inaugurado em Macapá Victor Vidigal/G1 O prédio do Instituto de Prevenção Hospital de Amor foi inaugurado neste sábado (15). A unidade irá...


    Estimativa é que 500 exames sejam feitos por dia na unidade, segundo coordenação. Hospital de Amor é inaugurado em Macapá Victor Vidigal/G1 O prédio do Instituto de Prevenção Hospital de Amor foi inaugurado neste sábado (15). A unidade irá ofertar exames, palestras e trabalho preventivo contra o câncer, mas os atendimentos só devem iniciar a partir do primeiro semestre de 2019. O governo irá custear a manutenção e funcionamento do instituto. Localizado na rodovia Norte-Sul, no bairro Infraero 2, Zona Norte de Macapá, a instituição tem a estimativa de realizar 500 exames por dia, segundo a coordenação. Uma unidade móvel também fará atendimentos em localidades distantes. O cirurgião oncologista e membro da coordenação da unidade, Roberto Marcel, ressaltou que a função do local será oferecer ações de prevenção contra o câncer e não tratamento. "A função dessa unidade é exatamente a prevenção. E com essa prevenção, com a busca ativa dos casos, com a unidade móvel indo nos diversos municípios e disponibilizando os exames para as pacientes, irá melhorar nossa cobertura dos casos de cânceres que são rastreáveis, como o de mama e colo uterino", explicou. Em um primeiro momento, os exames ofertados pela unidade serão apenas para detecção de câncer de mama e colo do útero, considerados os de maior incidência no estado, de acordo com Roberto Marcel. Público prestigia inauguração do Hospital de Amor, em Macapá Victor Vidigal/G1 A previsão é que posteriormente sejam ofertados exames de prevenção do câncer de próstata, pele e boca, informou a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). Ainda de acordo com Marcel, o objetivo é qua a unidade de prevenção sirva de modelo para futura implantação de um hospital que forneça o tratamento do câncer no Amapá. "Já existem essas tratativas para que a gente possa implementar uma unidade maior que venha abranger toda a complexidade do tratamento oncologico. Para que a gente consiga, depois dessa demanda que vai ser gerada com os exames de prevenção, tratar os pacientes diagnósticados aqui no estado", declarou o médico. A construção do hospital é resultado de uma parceria público-privada, firmada entre Estado e a rede particular de hospitais. O convênio irá custear a manutenção e funcionamento da unidade. O evento contou com a presença do governador Waldez Góes, prefeito Clécio Luis, senadores e deputados federais do Amapá. Evento contou com a presença do governador, prefeito, senadores e deputados Victor Vidigal/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Suflê de bacalhau é boa pedida para a ceia de Natal; aprenda como fazer

    Suflê de bacalhau é boa pedida para a ceia de Natal; aprenda como fazer


    Receita fica ainda mais cremosa com requeijão. A chef de cozinha Glória Miranda ensina o passo a passo. Suflê de bacalhau é a dica da semana para a ceia de Natal Rede Amazônica/Reprodução Não precisa gastar muito para fazer bonito e apresentar...


    Receita fica ainda mais cremosa com requeijão. A chef de cozinha Glória Miranda ensina o passo a passo. Suflê de bacalhau é a dica da semana para a ceia de Natal Rede Amazônica/Reprodução Não precisa gastar muito para fazer bonito e apresentar um prato saboroso na ceia de Natal. Este suflê de bacalhau, ensinado pela chef de cozinha Glória Miranda, leva poucos ingredientes e é muito fácil e rápido de fazer. A base da receita é purê de batata e o bacalhau, que ganha ainda mais cremosidade com o requeijão. Anote a receita completa. Prato leva poucos ingredientes e é bem fácil de fazer Rede Amazônica/Reprodução Ingredientes 500 gramas de bacalhau dessalgado e limpo (pré-refogado com alho, cebola e coentro) 2 cebolas cortadas em cubos pequenos Um pedaço de pimentão vermelho Um pedaço de pimentão amarelo Uma porção de coentro Uma porção de purê feito com 4 batatas Uma porção de requeijão 50 gramas de azeitonas para decorar Quem ensina a receita é a chef de cozinha Glória Miranda Rede Amazônica/Reprodução Preparo 1º passo – Refogar, por cerca de 5 minutos, o bacalhau com fio de azeite, os pimentões amarelo e vermelho e coentro; 2º passo – Purê: o modo de fazer é o tradicional. Basta amassas e misturar a manteiga e leite; 3º passo – Montagem do prato Em um refratário, coloque a primeira camada de purê, depois o bacalhau. Em seguida, cobrir com uma boa camada de requeijão e finaliza com o purê de batata. Leve ao forno por 15 minutos para gratinar. Depois é só decorar com mais bacalhau e azeitonas por cima e servir. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Pés de maconha e espingarda são encontrados em propriedade rural no interior do AP

    Pés de maconha e espingarda são encontrados em propriedade rural no interior do AP


    Polícia Civil prendeu suspeitos de tráfico, mas não revelou identidades. Maconha, dinheiro e arma estavam na propriedade em Laranjal do Jari Polícia Civil/Divulgação Vários pés de maconha, além de uma espingarda e dinheiro foram encontrados...


    Polícia Civil prendeu suspeitos de tráfico, mas não revelou identidades. Maconha, dinheiro e arma estavam na propriedade em Laranjal do Jari Polícia Civil/Divulgação Vários pés de maconha, além de uma espingarda e dinheiro foram encontrados pela Polícia Civil numa propriedade rural de Laranjal do Jari, a 265 quilômetros de Macapá. A residência era investigada pela delegacia da cidade e o número de presos, nem a identidades deles foi revelada. A ação de apreensão aconteceu na sexta-feira (14) numa ação conjunta entre as delegacias de Infância e Juventude e da Mulher. Ao chegar no local, os agentes encontraram os pés de maconha num vaso, além de um recipiente com várias sementes. Uma grande quantia em dinheiro foi encontrada, junto com a espingarda e várias munições. A Polícia Civil acredita que a residência funcionava como ponto de tráfico de drogas. Os presos foram levados para a delegacia da cidade e tiveram a prisão preventiva decretada. Serão encaminhados para o Cadeião do Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), em Macapá. A apreensão em Laranjal do Jari foi a segunda de pés de maconha feita na sexta-feira no estado. Em Macapá, no bairro Jesus de Nazaré, policiais militares encontraram um pé da planta numa residência. O jovem detido estava também com porções de cocaína. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Jovem é detido em Macapá com pé de maconha e porções de cocaína

    Jovem é detido em Macapá com pé de maconha e porções de cocaína


    Suspeito negou tráfico e disse que entorpecentes eram para consumo próprio. Planta de maconha apreendida com jovem Polícia Civil/Divulgação Um jovem de 23 anos foi apreendido pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) na noite de...


    Suspeito negou tráfico e disse que entorpecentes eram para consumo próprio. Planta de maconha apreendida com jovem Polícia Civil/Divulgação Um jovem de 23 anos foi apreendido pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) na noite de sexta-feira (14) por cultivar uma pé de maconha e portar porções de cocaína. A planta estava na residência do suspeito no bairro Jesus de Nazaré, na Zona Central de Macapá. A equipe do Bope chegou ao suspeito após denúncia anônima de que ele estaria com uma arma de fogo em via pública. Após abordagem, foi verificado que o jovem portava também duas porções de cocaína. Na casa dele foi encontrado o pé de maconha e a quantia de R$ 611. De acordo com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), o caso ocorreu por volta de 21h, na rua Manoel Eudóxio Pereira. O suspeito foi levado à delegacia onde prestou depoimento e relatou que as drogas eram para consumo próprio. Ele foi liberado e vai responder pelo crime. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Dois postos de combustíveis são assaltados num intervalo de 30 minutos em Macapá


    PM suspeita que criminosos tenham sido os mesmos nos dois casos. Dois postos de combustíveis foram assaltados na Zona Sul de Macapá num intervalo de cerca de 30 minutos na noite desta sexta-feira (14). Os casos aconteceram, segundo a polícia, entre...

    PM suspeita que criminosos tenham sido os mesmos nos dois casos. Dois postos de combustíveis foram assaltados na Zona Sul de Macapá num intervalo de cerca de 30 minutos na noite desta sexta-feira (14). Os casos aconteceram, segundo a polícia, entre 22h e 23h em estabelecimentos na Rodovia JK, no bairro Universidade, e na Avenida Timbiras, no bairro Muca. De acordo com a Polícia Militar (PM), os criminosos armados abordaram um frentista do primeiro posto, na Rodovia JK, roubaram cerca de R$ 400. Eles fugiram numa moto vermelha. Enquanto os militares realizavam o boletim de ocorrência do caso, receberam informações do segundo assalto, no posto da Avenida Timbiras, que fica a cerca de 5 quilômetros de distância do primeiro local. As vítimas informaram que os criminosos também estavam numa moto, levaram R$ 300, e tinham as mesmas descrições do roubo anterior. A PM acredita que possam ser os mesmos assaltantes, mas ninguém foi identificado ou preso até a última atualização desta reportagem. O frentista do segundo posto chegou a anotar a placa da moto, mas segundo o registro no Departamento Estadual de Trânsito do Amapá (Detran), a identificação no sistema é de uma moto do mesmo modelo, mas da cor preta. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Orla de Macapá recebe festival de bandas marciais e fanfarras de escolas públicas do AP

    Orla de Macapá recebe festival de bandas marciais e fanfarras de escolas públicas do AP


    Disputa acontece neste sábado (15), a partir das 17h, em frente a Casa do Artesão. Festival de Bandas e Fanfarras 2018 acontece neste sábado (15), em Macapá Abinoan Santiago/G1 Cerca de 500 músicos que compõem 12 bandas marciais e fanfarras...


    Disputa acontece neste sábado (15), a partir das 17h, em frente a Casa do Artesão. Festival de Bandas e Fanfarras 2018 acontece neste sábado (15), em Macapá Abinoan Santiago/G1 Cerca de 500 músicos que compõem 12 bandas marciais e fanfarras organizadas em escolas públicas do Amapá vão competir entre si num festival que acontece neste sábado (15), a partir das 17h, em frente a Casa do Artesão, na orla de Macapá. A programação é gratuita. Os grupos vão disputar troféus na competição. Participam do Festival de Bandas e Fanfarras 2018 os grupos das seguintes escolas: E.E. Gonçalves Dias (Macapá); E.E. Prof. Nilton Balieiro Machado (Macapá); E.E. Tiradentes (Macapá); Colégio Amapaense (Macapá); E.E. Profª. Josefa Jucicleide Amoras Colares (Macapá); E.E. Profª. Esther da Silva Virgolino (Macapá); E.E. Reisalina Ferreira Tomaz (Tartarugalzinho); E.E. Profª. Maria José de Nazaré Ferreira Lima (Tartarugalzinho); E.E. Joaquim Nabuco (Oiapoque); E.E. Profª. Maria de Nazaré Rodrigues da Silva (Laranjal do Jari); E.E. Maria do Céu Gonçalves Dias (Amapá); Instituto Federal do Amapá (Ifap). O público vai poder votar na melhor apresentação pela internet, através de um link no site da Secretaria de Estado da Educação (Seed). O púbico vai precisar considerar a música, coreografia e evolução no desfile. Os cinco primeiros lugares ganharão troféus de participação. A programação é organizada pela Seed, em parceria com a Secretaria Extraordinária de Políticas para a Juventude (Sejuv), União dos Estudantes dos Cursos Secundários do Amapá (Uecsa) e Federação de Bandas, Fanfarras e Regentes do Amapá (Febfrap). Serviço Festival de Bandas e Fanfarras 2018 Dia: 15 de dezembro (sábado) Hora: a partir das 17h Local: em frente a Casa do Artesão Endereço: Rua Azarias da Costa Neto, sem número, Centro - entre as avenidas Padre Júlio e Mendonça Júnior Ao todo, 12 escolas terão bandas disputando trofeus no festival em Macapá Cassio Albuquerque/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Mulher que matou marido com facada em Macapá deu banho nele após o golpe, diz polícia

    Mulher que matou marido com facada em Macapá deu banho nele após o golpe, diz polícia


    Ana Katia dos Santos falou, em depoimento, que achava que o corte era superficial. Ela ganhou liberdade provisória na sexta-feira (14). Crime ocorreu no conjunto Mucajá, em Macapá Fabiana Figueiredo/G1 A técnica em enfermagem Ana Katia dos Santos...


    Ana Katia dos Santos falou, em depoimento, que achava que o corte era superficial. Ela ganhou liberdade provisória na sexta-feira (14). Crime ocorreu no conjunto Mucajá, em Macapá Fabiana Figueiredo/G1 A técnica em enfermagem Ana Katia dos Santos Melo, de 43 anos, suspeita confessa de ter desferido uma facada no próprio marido, Valmir Silva Reis, de 45 anos, que morreu no dia 8 de dezembro, relatou à polícia que deu banho na vítima após desferir o golpe, por achar que o corte tinha sido superficial. “Apenas um risco”, disse, em depoimento. O fato ocorreu por volta das 20h20, no Conjunto Habitacional Mucajá, na Zona Sul de Macapá. Ana Katia foi ouvida em audiência de custódia no dia seguinte e presa preventivamente no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Antes de ser levada à prisão, ela disse que esfaqueou o marido para se defender e que era agredida pela vítima há 28 anos. Na tarde de sexta-feira (14), a Justiça concedeu liberdade provisória a ela. A suspeita deixou a penitenciária por volta das 15h do mesmo dia, segundo o advogado de defesa, Hugo Silva. Hugo Silva, advogado de defesa da técnica em enfermagem Ana Katia dos Santos Melo Fabiana Figueiredo/G1 O delegado José Manoel Pacheco, que atendeu a ocorrência, informou que as investigações foram encerradas e que o inquérito foi concluído. O delegado avaliou o caso como complexo, visto que, em depoimento, a mulher detalhou que a relação era conturbada há anos. “Ela disse que não tinha intenção de matá-lo e, após desferir a facada, deu banho nele achando que era apenas um ‘risco’. Ela disse também que ele chegou a pedir perdão antes de morrer. Mas essa é a versão dela. O indiciamento foi por homicídio qualificado. Essa história dela é bem complexa porque eles viviam em conflito e os filhos presenciaram esses momentos muitas vezes”, contou o delegado. Ainda segundo Pacheco, do momento do golpe até a chegada dos socorristas foi um intervalo de tempo de cerca de duas horas. A técnica em enfermagem também afirmou, em depoimento, que o relacionamento piorou em 2017, quando a violência ficou mais frequente. Segundo ela, Valmir chegava drogado, arrombava a porta do quarto, a violentava sexualmente e a machucava com socos e pontapés. Delegado José Manoel Pacheco atendeu a ocorrência e iniciou investigações Reprodução/Rede Amazônica Na noite do crime, por volta das 20h30, o casal chegou de uma festa de confraternização da vítima, onde ambos haviam consumido bebida alcoólica. “(...) tudo parecia estar bem, porém, sem qualquer explicação, ainda na escada do prédio em que moravam, a vítima começou a dar socos nela. Ao entrar na casa, as agressões continuaram e ele a enforcou”, diz trecho do depoimento. A defesa afirmou que, respondendo o crime em liberdade, vai trabalhar com tese de que o crime ocorreu em decorrência de Ana Katia estar se defendendo das agressões. “Com a revogação da prisão, ela vai responder o crime em liberdade. A defesa trabalha com a tese de legítima defesa, em virtude da injusta agressão da vítima, que puxou a faca para furar ela. Além disso, ela compareceu na delegacia espontaneamente, ficou no local do crime até a polícia chegar”, declarou o advogado Hugo Silva. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Operação pune envasadoras e revendedoras de água que atuam no AP com irregularidades

    Operação pune envasadoras e revendedoras de água que atuam no AP com irregularidades


    Garrafões armazenados de forma irregular, transporte inapropriado e higienização precária foram constatados por fiscalização. 'Operação H2O' encontrou irregularidades em envasadoras de água no Amapá Divulgação/Procon-AP Três empresas...


    Garrafões armazenados de forma irregular, transporte inapropriado e higienização precária foram constatados por fiscalização. 'Operação H2O' encontrou irregularidades em envasadoras de água no Amapá Divulgação/Procon-AP Três empresas envasadoras de água e sete distribuidoras foram autuadas pelo Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (Procon-AP) por apresentarem irregularidades na última semana. No total, foram fiscalizados 16 estabelecimentos em atividade comercial no estado. A operação, realizada pelo Procon-AP e pela Delegacia do Consumidor (Decon) de Macapá, órgão ligado à Polícia Civil, já havia passado pela etapa de conscientização e, desta vez, os agentes foram às empresas identificar se, mesmo com as orientações, elas continuavam a ferir os direitos dos consumidores. "A etapa pedagógica já estava superada. Para nossa surpresa, foi nas envasadoras que detectamos os maiores problemas que já nos remontam a uma tipificação penal, crime estabelecido no artigo 278, contra a saúde pública em razão daquela empresa que estiver expondo a venda ou mantendo em depósito um vasilhame em condições impróprias", declarou a delegada Janeci Monteiro, titular da Decon. Motivado por diversas reclamações de consumidores, o Procon-AP percorreu, desde janeiro, empresas de revenda e distribuição de água mineral com a operação H2O de três cidades do estado. O objetivo inicial era recomendar a aceitação de garrafões retornáveis com o prazo de validade vencida, mas, durante operação, diversas outras irregularidades foram constatadas. Delegada Janeci Monteiro, da Decon, e Eliton Franco, diretor-presidente do Procon em coletiva de imprensa Ugor Feio/G1 Dentre as empresas fiscalizadas, detalham os órgão, houve aquelas que realizavam o reaproveitamento de rótulos e embalagens, armazenamento inadequado de garrafões e processos de pré-lavagem sendo feitos de forma manual com equipamentos improvisados. A equipe descreveu também que foram encontradas esponjas domésticas amarradas em canos de PVC, material organizado de maneira improvisada para ser usado na limpeza das embalagens. Foi detectado também o transporte de garrafões de maneira irregular: os produtos rolavam pelo chão e eram levados em veículos de caçamba aberta, com armazenamento próximo a produtos de limpeza. Em um dos casos, até mesmo um escovão com resíduos de fezes de animais foi encontrado próximo aos garrafões. Ainda de acordo com a delegada Janeci, a exposição do vasilhame em local com fezes de animais, conforme foi encontrado, já é suficiente para instaurar um inquérito policial. “Exames periciais serão realizados nesses garrafões apreendidos e a Polícia Civil irá atuar na forma criminal. Daqui pra frente, a conduta vai ser essa, a integração em defesa do consumidor", disse. Material de limpeza improvisado encontrado em fiscalização da operação H2O Divulgação/Procon-AP "Em agosto de 2018 conseguimos fiscalizar educativamente 94 estabelecimentos comerciais em Macapá, Santana e Laranjal do Jari. Agora, nesta última fase, não há mais diálogo. Nós detectamos problemas graves de higienização e armazenamento que comprometem a qualidade do produto", disse Eliton Franco, diretor-presidente do Procon/AP. A orientação passada aos fiscais, de acordo com o Procon, era de que o foco da fiscalização fosse nas maiores distribuidoras, porque tem maior capacidade de investimento. Foi feita a apreensão de 31 carotes de 20 litros na ação. “Não adianta só orientar e educar. É necessário e importante dizer que essa fiscalização não termina aqui, o Procon entende que, se um envasador cria critérios e se organiza, isso acaba refletindo no mercado", completou Franco. Fiscais do Procon na operação H2O em Macapá Divulgação/Procon-AP Fiscais do Procon na operação H2O em Macapá Divulgação Procon Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    'Noel Rock' reúne sete bandas em especial natalino em Macapá

    'Noel Rock' reúne sete bandas em especial natalino em Macapá


    Evento acontece no sábado (15). Ingressos custam R$ 10 ou um brinquedo de mesmo valor. Banda Stereovitrola será uma das atrações da Noel Rock em Macapá, no sábado (15) Stereovitrola/Arquivo As festas são sempre marcadas por grandes...


    Evento acontece no sábado (15). Ingressos custam R$ 10 ou um brinquedo de mesmo valor. Banda Stereovitrola será uma das atrações da Noel Rock em Macapá, no sábado (15) Stereovitrola/Arquivo As festas são sempre marcadas por grandes confraternizações, seja em família ou entre amigos. No caso do Noel Rock, a proposta é a promoção de uma festa para os fãs de diversos gêneros do estilo musical. O evento será sábado (15), a partir das 20h, num bar localizado na Zona Sul de Macapá, e contará com sete bandas, entre covers e autorais. De acordo com a organização, os artistas foram convidados de modo a agradar os mais variados tipos de público que frequentam eventos de rock na cidade, como alternativo, indie, metal e o hardcore. Com mais de 14 anos de estrada, a Stereovitrola (rock alternativo) é a banda mais antiga a participar, mas o evento também dá espaço para grupos mais novos, como a Indigo (indie rock) e os Indiegentes (indie rock). As bandas Reativo (hardcore), Garuda (groove metal), Firesnake (hard rock) e Macacos Pelados (rock alternativo) completam a festa. Como se trata de uma festa natalina, o ingresso, que custa R$ 10, pode ser pago com um brinquedo de igual valor, que será doado a uma instituição de caridade. Serviço Noel Rock Data: 15 de dezembro (sábado) Hora: 20h Local: The Black Rock Bar (Avenida Timbiras, Nº 85 - Beirol) Ingressos: R$ 10 ou um brinquedo no mesmo valor Informações: (96) 98100-2188 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Ação social com atividades de saúde, beleza e lazer celebra os 44 anos do Senac no AP

    Ação social com atividades de saúde, beleza e lazer celebra os 44 anos do Senac no AP


    Serviços foram feitos por alunos da instituição, sob supervisão de professores nesta sexta (14). Massagem relaxante foi uma das ações ofertadas nesta sexta-feira (14) Carlos Alberto Jr/G1 Para comemorar 44 anos de atuação no Amapá, o Serviço...


    Serviços foram feitos por alunos da instituição, sob supervisão de professores nesta sexta (14). Massagem relaxante foi uma das ações ofertadas nesta sexta-feira (14) Carlos Alberto Jr/G1 Para comemorar 44 anos de atuação no Amapá, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) ofertou uma série de atividades gratuitas para a população na tarde desta sexta-feira (14). As ações foram voltadas para as áreas de saúde, lazer, gastronomia e bem-estar. O prédio da instituição, localizado no bairro Trem, na Zona Sul de Macapá, foi destinado para a oferta das atividades. Houve aulas de dança, massagem, corte de cabelo, degustação de alimentos, vacinação, oficina de informática, entre outros serviços. Corte de cabelo foi um dos serviços procurados pelo público Carlos Alberto Jr/G1 Yanna Reàtegui, de 18 anos, trabalha como auxiliar administrativo, e aproveitou a ação para mudar o visual. Para ela, iniciativas como essa ajudam os estudantes do Senac a dialogar com a população. "Acho importante convidar quem vive nas redondezas para esse tipo de atividade porque ajuda tanto a população mais necessitada porque é gratuito, quanto o aluno, dando mais experiência à ele", observou Yanna. Robenize Jucá, diretora de educação profissional do Senac no Amapá Carlos Alberto Jr/G1 Para a diretora de educação profissional do Senac, Robenize Jucá, a comemoração simbólica desta sexta-feira quer reforçar a importância da instituição para a qualificação do amapaense, assim como demonstrar na prática o que eles aprenderam. "Todas as ações, fora a aplicação de vacinas, são todas feitas por alunos sob a supervisão dos professores. Assim, o público, usufruindo desses serviços, provam a qualidade dessa qualificação", ressaltou. Há 72 anos com atividade pelo país, o Senac é uma instituição educacional privada sem fins lucrativos que atua em mais de 40 municípios, com mais de 60 unidades, além de dois hotéis-escola e da Editora Senac São Paulo. Todos os serviços são ofertados com foco na educação para o trabalho. População pode fazer design de sobrancelha durante a ação nesta sexta-feira Carlos Alberto Jr/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Temporal com ventania derruba árvores em Macapá e causa prejuízos

    Temporal com ventania derruba árvores em Macapá e causa prejuízos


    Fenômeno ocorreu na tarde desta sexta-feira (14). Defesa Civil disse que ainda apura o número de casas atingidas. Árvore caiu na pista na Rua Binga Uchôa, no Centro de Macapá, atrás da casa do governador John Pacheco/G1 Uma ventania derrubou...


    Fenômeno ocorreu na tarde desta sexta-feira (14). Defesa Civil disse que ainda apura o número de casas atingidas. Árvore caiu na pista na Rua Binga Uchôa, no Centro de Macapá, atrás da casa do governador John Pacheco/G1 Uma ventania derrubou árvores e interrompeu o fornecimento de energia elétrica em vários pontos de Macapá na tarde desta sexta-feira (14). A Defesa Civil da capital informou que apura o número de registros após o fenômeno e está trabalhando na retirada das árvores. A Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) também informou que faz um levantamento dos bairros afetados com a interrupção do fornecimento de energia para poder realizar a manutenção da rede elétrica que ficou comprometida. Não houve registro de feridos em estado grave. Entre os registros de árvores derrubadas, a maioria está localizada na Zona Central da cidade. Em um desses casos, na Rua São José, uma mulher ficou presa embaixo da árvore no momento do sinistro. Ela foi resgatada do local, aparentemente sem grandes ferimentos. De acordo com os registros da Guarda Civil, houve registro de quedas de árvores no Mercado Central, na Avenida Coriolano Jucá, na Rua Binga Uchôa e na Rua Hamilton Silva. Uma apuração da Rede Amazônica também identificou árvores caídas na Avenida Feliciano Coelho e na Rua São José. Mulher foi resgatada em baixo de uma árvore que caiu no Centro de Macapá Reprodução Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: JAP1 de sexta-feira, 14 de dezembro

    VÍDEOS: JAP1 de sexta-feira, 14 de dezembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    Mulher é encontrada morta dentro da própria casa em Macapá

    Mulher é encontrada morta dentro da própria casa em Macapá


    Caso foi no bairro Buritizal. Vizinhos acionaram a polícia na tarde desta sexta-feira (14). Não foi informada a causa da morte. Maria Joana do Nascimento Santos, de 52 anos, foi encontrada morta na casa laranjada Rede Amazônica/Reprodução Uma...


    Caso foi no bairro Buritizal. Vizinhos acionaram a polícia na tarde desta sexta-feira (14). Não foi informada a causa da morte. Maria Joana do Nascimento Santos, de 52 anos, foi encontrada morta na casa laranjada Rede Amazônica/Reprodução Uma mulher foi encontrada morta dentro da própria casa nesta sexta-feira (14), no conjunto Laurindo Banha, no bairro Buritizal, Zona Sul de Macapá. A polícia foi acionada por volta das 13h pelos vizinhos, após sentirem forte odor exalando do local. A vítima foi identificada como Maria Joana do Nascimento Santos, de 52 anos. Segundo a vizinhança, a vítima morava sozinha na casa desde o dia 11 de novembro. Uma comerciante, que não quis ser identificada, contou que ela era uma pessoa tranquila e que foi vista pela última vez na quarta-feira (12) pela manhã. A polícia técnica foi acionada para fazer a remoção do corpo. A causa da morte não foi informada. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Feira reúne mostra científica e apresentações culturais em escola no AP

    Feira reúne mostra científica e apresentações culturais em escola no AP


    '1ª Feira de Ciências, Cultura e Cotidiano Escolar' da escola Antônio Cordeiro Pontes será no sábado (15), com mais de 30 stands e atrações locais. Evento marca o fim do ano letivo na escola Antônio Cordeiro Pontes Escola Antônio Cordeiro...


    '1ª Feira de Ciências, Cultura e Cotidiano Escolar' da escola Antônio Cordeiro Pontes será no sábado (15), com mais de 30 stands e atrações locais. Evento marca o fim do ano letivo na escola Antônio Cordeiro Pontes Escola Antônio Cordeiro Pontes/Divulgação Misturar estudos científicos e apresentações artísticas é a proposta da 1ª Feira de Ciências, Cultura e Cotidiano Escolar, que finaliza 3º semestre do ano letivo na escola Antônio Cordeiro Pontes, localizada no Centro de Macapá. Além das apresentação e exposições de trabalhos dos estudantes, a feira contará com o shows do cantor Zé Miguel e da banda Casanova. Ao todo serão mais de 30 trabalhos em exposição, que exploram temas como expressões linguísticas locais, personalidades históricas do Amapá, artesanato com o reaproveitamento de sucata, depressão e muitos outros. O evento vai funcionar em dois momentos. Das 8h às 11h30 será aberto ao público em geral para visitações dos 32 stands que estarão divididos em 16 salas. Em seguida, na quadra poliesportiva, acontecerão as apresentações culturais. Grupos de alunos farão apresentações de dança e dramaturgia. A programação será encerrada com os shows do cantor Zé Miguel e da banda Casanova. A coordenadora pedagógica da escola, Patrícia Vale da Cunha, conta que, por se tratar de uma escola de ensino fundamental e médio, as atividades foram divididas por série. "Temos alunos do ensino fundamental e médio, então decidimos usar essa ampla diferença de idades entre eles para diversificar bastante com cada atividade da feira. Os temas mais densos destinamos aos que estão prestes a se formar e as mais voltadas para a cultura aos menores. As apresentações artísticas estão divididas entre os alunos de toda a escola. A intenção é incluir toda a escola numa atividade rica em conhecimento científico e cultural", ressaltou. Cantor Zé Miguel será uma das atrações da '1ª Feira de Ciências, Cultura e Cotidiano Escolar' da escola Antônio Cordeiro Pontes Zé Miguel/Arquivo Pessoal Serviço 1º Feira de Ciências, Cultura e Cotidiano Escolar da Escola Antônio Cordeiro Pontes Data: 15 de dezembro (sábado) Hora: a partir das 8h Local: interior e quadra da Escolar da Escola Antônio Cordeiro Pontes (Avenida FAB, Centro) Entrada franca Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Justiça do AP nega liberdade a acusado de matar atropelada namorada de lutador do UFC

    Justiça do AP nega liberdade a acusado de matar atropelada namorada de lutador do UFC


    Tieli Alves Medeiros morreu no dia 27 de outubro, após ser arrastada na moto em que estava com o namorado, Raulian Paiva Frazão. Raulian Paiva sofreu escoriações e Tieli Alves morreu após atropelamento Reprodução/Facebook O Tribunal de...


    Tieli Alves Medeiros morreu no dia 27 de outubro, após ser arrastada na moto em que estava com o namorado, Raulian Paiva Frazão. Raulian Paiva sofreu escoriações e Tieli Alves morreu após atropelamento Reprodução/Facebook O Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap) negou pedido de habeas corpus e manteve a prisão preventiva de Johny de Souza Amoras, acusado de atropelar e matar Tieli Alves Medeiros, de 25 anos, namorada do lutador do UFC Raulian Paiva, de 21 anos. O caso ocorreu no dia 21 de outubro deste ano, em Santana. Tieli ficou internada na UTI, mas morreu no dia 27. Amoras e outro suspeito de atropelarem o lutador do UFC e namorada tiveram a prisão preventiva decretada no dia 22 de outubro, quando foram encaminhados ao Instituto de Administração Penitenciária (Iapen). O advogado do réu argumentou que o seu cliente sofre constrangimento ilegal e alegou a falta de fundamentos que justifiquem a manutenção da prisão preventiva. Porém, o relator do processo, desembargador Agostino Silvério, ressaltou a existência de precedente para manter a prisão. Tribunal de Justiça do Amapá manteve prisão preventiva de Johny de Souza Amoras Tjap/Divulgação “Dada presença de requisitos indispensáveis para a manutenção da prisão preventiva, que são a necessidade de garantia da ordem pública e a conveniência da instrução criminal (...)”, disse o relator. A decisão foi acatada pelos demais desembargadores, na última sessão do ano do tribunal, ocorrida na tarde de quinta-feira (13). O Ministério Público do Amapá denunciou Jhony Amoras por tentativa de homicídio de Raulian Frazão e homicídio da jovem Tieli, crimes praticados por motivo torpe, fútil e à traição, emboscada e dissimulação de recurso que tornou impossível a defesa da vítima. Ele ainda vai responder por omissão de socorro, por ter deixado o local de acidente, além de embriaguez ao volante. Lutador do UFC e namorada foram atropelados e arrastados após confusão em um estabelecimento comercial em Santana Relembre o caso O casal foi atropelado depois de o lutador ter se envolvido em uma discussão em um estabelecimento comercial na Rua Adálvaro Cavalcante, no município de Santana, distante cerca de 17 quilômetros de Macapá. A confusão ocorreu por volta das 4h do dia 21 de outubro. Câmeras registraram Raulian e a namorada sendo arrastados por um carro por pelo menos 20 metros. Um dos suspeitos teria assediado a namorada do lutador. O casal deixou o local em uma moto, e no semáforo da Avenida Princesa Izabel com a Rua Ubaldo Fugueira, ao parar no sinal vermelho, a moto em que Raulian e Tieli estavam foi violentamente batida por trás e arrastada. Com o impacto, Raulian foi arremessado. Já Tieli ficou presa e foi arrastada pelo carro. Após se desprender do veículo e cair no chão, a moto continuou a ser arrastada. Depois do fato, os dois homens pararam o veículo e tentaram fugir, mas foram cercados por populares, que queimaram o veículo. Tieli bateu gravemente a cabeça no asfalto. Ela ficou internada na UTI do Hospital de Emergências de Santana, que confirmou a morte no dia 27 de outubro. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Jovem é morto com quatro tiros disparados de carro preto em Macapá


    Crime ocorreu na noite de quinta-feira (13), em área periférica do bairro Universidade. Ele tinha passagens por roubo e furto. Por volta das 23h de quinta-feira (13), Werlem dos Santos Barbosa, de 23 anos, foi baleado com quatro tiros enquanto...

    Crime ocorreu na noite de quinta-feira (13), em área periférica do bairro Universidade. Ele tinha passagens por roubo e furto. Por volta das 23h de quinta-feira (13), Werlem dos Santos Barbosa, de 23 anos, foi baleado com quatro tiros enquanto conversava com um amigo na avenida Manoel de Souza, área periférica do bairro Universidade, Zona Sul de Macapá. De acordo com a polícia, os disparos partiram de dentro de um carro preto. Segundo relatório do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), dois tiros atingiram a boca, e os outros dois o peito e o abdômen do jovem. Os disparos foram feitos com uma pistola calibre 380, disse a polícia. Segundo o 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM), Barbosa era conhecido na região e já tinha passagens pelos crimes de furto e roubo. Ainda segundo a polícia, a mulher da vítima relatou que o marido já vinha sendo ameaçado pela facção da qual fazia parte. A Polícia Técnico-Científica (Politec) foi acionada para fazer remoção do corpo e perícia no local do crime. Até última atualização desta matéria nenhum suspeito foi capturado. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Família é amarrada enquanto bandidos assaltam casa e levam R$ 5 mil em joias, em Macapá


    Assalto ocorreu na madrugada desta sexta-feira (14) no bairro Açaí, na Zona Norte. Ninguém foi preso. Uma família viveu momentos de pânico na madrugada desta sexta-feira (14) dentro da própria casa, localizada na rua do Araçá, bairro do Açaí,...

    Assalto ocorreu na madrugada desta sexta-feira (14) no bairro Açaí, na Zona Norte. Ninguém foi preso. Uma família viveu momentos de pânico na madrugada desta sexta-feira (14) dentro da própria casa, localizada na rua do Araçá, bairro do Açaí, na Zona Norte de Macapá. Três homens armados com revólver invadiram a residência, renderam as vítimas e levaram R$ 5 mil em joias, roupas e um celular durante o assalto. A ação dos criminosos aconteceu por volta das 4h. Após a fuga dos trio de assatantes, as vítimas conseguiram se soltar e acionar a polícia. De acordo com o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), a Polícia Militar (PM) fez buscas na região para encontrar os criminosos, mas até a última atualização desta reportagem ninguém havia sido identificado ou preso. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Três municípios do AP apresentam situação de 'alerta' para surto de doenças do Aedes

    Três municípios do AP apresentam situação de 'alerta' para surto de doenças do Aedes


    Ferreira Gomes, Mazagão e Serra do Navio tiveram os piores desempenhos no Liraa. Ações do Liraa monitoraram áreas de risco Reprodução/Rede Amazônica Três municípios do Amapá - Ferreira Gomes, Mazagão e Serra do Navio - estão em situação...


    Ferreira Gomes, Mazagão e Serra do Navio tiveram os piores desempenhos no Liraa. Ações do Liraa monitoraram áreas de risco Reprodução/Rede Amazônica Três municípios do Amapá - Ferreira Gomes, Mazagão e Serra do Navio - estão em situação de "alerta" para surtos de dengue, zika e chikungunya, de acordo com o Ministério da Saúde. A identificação das cidades com maior perigo para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti integra o Levantamento Rápido de Índices de Infestação (Liraa). Nenhuma cidade do estado figurou na pior avaliação do Ministério da Saúde, com "risco" de infestação. A capital Macapá ficou no menor patamar da escala com nível "satisfatório". O Liraa é feito através do monitoramento de bairros com maiores índices de presença do Aedes. Macapá integra um grupo de nove capitais com índices satisfatórios, além de Curitiba (PR), Teresina (PI), João Pessoa (PB), Florianópolis (SC), São Paulo (SP), Maceió (AL), Fortaleza (CE) e Aracaju (SE). As informações são baseadas em dados coletados no 2º semestre. Aedes aegypti é o transmissor da dengue, vírus zika e chikungunya Divulgação Ao todo, 5.358 municípios de todo o país (96,2%) realizaram algum tipo de monitoramento do mosquito, sendo 5.013 por levantamento de infestação e 345 por armadilha. A metodologia armadilha é utilizada quando a infestação do mosquito é muito baixa ou inexistente. Para as cidades amapaenses em alerta para dengue, além das outras, o Ministério recomenda a elaboração de estratégias que evitem a reprodução do mosquito, principalmente no combate a locais com água parada. A divulgação do Liraa permite que as prefeituras possam mapear as áreas mais críticas e aplicar soluções. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Polícia recebeu quase 100 mil chamadas através do 190 no Amapá; quase 18% foram trotes

    Polícia recebeu quase 100 mil chamadas através do 190 no Amapá; quase 18% foram trotes


    Número de chamadas, assim como de trotes, tiveram redução em 2018, diz Ciodes. Sala de atendimento de chamadas de emergências no Ciodes, em Macapá Graziela Miranda/Arquivo G1 Até o fim da primeira quinzena de dezembro, o Centro Integrado de...


    Número de chamadas, assim como de trotes, tiveram redução em 2018, diz Ciodes. Sala de atendimento de chamadas de emergências no Ciodes, em Macapá Graziela Miranda/Arquivo G1 Até o fim da primeira quinzena de dezembro, o Centro Integrado de Operações em Defesa Social (Ciodes) de Macapá, que concentra as chamadas aos números 190 (Polícia Militar) e 193 (Corpo de Bombeiros), recebeu quase 100 mil ligações para atendimentos de segurança pública. Até esta sexta-feira (13), foram 98.177 solicitações. O dado deve ser menor que todo o registro feito no ano passado, quando foram registradas 121.600 ligações. Em 2018, do total de chamadas, 73,95% foram destinadas a atendimentos para a PM, 15,19% destinados ao Corpo de Bombeiros e 5,44% divididos entre Polícia Civil e Técnico-Científica (Politec). "Esses dados servem para nortear a atuação da Segurança Pública, a gente entende que a questão da criminalidade não é um problema da polícia. Estamos lá para resolver depois que acontece. Existe uma série de problemas sociais, de estrutura, que podem nos ajudar a melhorar", argumentou o delegado Paulo Cesar Martins, coordenador do Ciodes. O órgão também alerta para a prática de trotes, que mobiliza equipes de segurança para ocorrências inexistentes que impede, em alguns casos, o socorro de urgência. O Ciodes apontou uma redução de quase metade das ocorrências desde 2016, principalmente com campanhas de conscientização. "Diminuimos nos últimos dois anos de 30% para 18% de trotes. Estamos nas escolas conscientizando crianças e adolescentes de que o trote pode parecer uma brincadeira, mas quando é para órgão público pode tirar vidas, além da questão do gasto. A gente pede que as crianças se conscientizem e orientem os pais, porque adultos também fazem isso", argumenta Martins. Ciodes recebe atendimentos para Bombeiros e PM Jorge Abreu/Arquivo G1 Projeto Alozinho O Alozinho foi criado em 2011, em homenagem a bombeiro militar Patrícia Gonçalves Façanha, morta em um acidente no caminhão da corporação enquanto se deslocava para atender a uma falsa chamada de incêndio, em 6 de janeiro de 2006. Desde então, ações são realizadas. A morte da oficial resultou na criação da lei que implementou o projeto Alozinho, no qual o Ciodes atua com campanhas educativas em cidades, comunidades e escolas, visando orientar as pessoas sobre chamadas falsas, feitas, geralmente, por crianças, adolescentes e jovens. A maioria das chamadas, segundo o Ciodes, são registradas de telefones públicos, para evitar a identificação. Acionamento Com base nas ocorrências feitas através dos números 190 e 193, as mortes violentas intencionais, que incluem homicídios, latrocínios e lesões corporais, já apresentam aumento neste ano em relação ao ano passado. Até o momento são 393 casos, contra 369 do ano passado. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Seis governadores devem começar mandato com situação fiscal confortável, aponta estudo

    Seis governadores devem começar mandato com situação fiscal confortável, aponta estudo


    Das 27 UFs, estão com folga nas contas públicas Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba. Apenas seis estados começam 2019 com boa situação fiscal Dos 27 governadores que tomam posse ou permanecem no cargo a partir de...


    Das 27 UFs, estão com folga nas contas públicas Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba. Apenas seis estados começam 2019 com boa situação fiscal Dos 27 governadores que tomam posse ou permanecem no cargo a partir de janeiro do ano que vem, seis vão começar o mandato com uma situação fiscal considerada muito boa ou boa. O tamanho do desafio dos governadores foi mensurado por um estudo realizado pela Tendências Consultorias Integrada. De acordo com o levantamento, apenas os governadores de Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba receberão as contas públicas em boas condições. Servidores de Minas Gerais protestam contra salários atrasados Reprodução/TV Globo A crise fiscal dos governos estaduais tem um impacto perverso e direto na vida do cidadão. São os estados que fornecem boa parte dos serviços básicos para a sociedade como educação, saúde e segurança pública. Hoje, sem folga no orçamento, boa parte das políticas públicas está sendo comprometida e, em alguns estados, o salário de servidores está atrasado. Pagamento de 13º salário a servidores ainda está indefinido ou atrasado em 5 estados "A situação dos estados é muito complicada", diz o analista de contas públicas da Tendências, Fabio Klein, e coordenador do estudo. O levantamento teve a participação do economista Marcio Milan, também da Tendências. Para avaliar a situação fiscal dos estados, os analistas deram notas de 0 a 10 com base em dados do Tesouro Nacional para seis indicadores das contas públicas: endividamento; poupança corrente, liquidez, resultado primário, despesa com pessoal e encargos sociais e investimentos. Cada item recebeu um peso diferente e, em seguida, foi feita uma média para cada unidade da federação. Pelo levantamento, os estados com boa capacidade fiscal precisam ter nota média igual ou acima de 6. Com muito boa capacidade, a nota tem de ultrapassar 8 - o único a superar foi Amapá. "Mas a minha experiência mostra que os dados do Amapá variam muito. É preciso olhar com um certo cuidado", afirma Klein. No outro extremo, estão Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Esses são os Estados mais frágeis. "O Rio vai mal em quase todos os indicadores. O mesmo ocorre com Minas Gerais", diz Klein. Estados com a corda no pescoço Infografia G1 Pessoal e investimento são travas Embora cada estado tenha características peculiares, o levantamento mostrou que as piores avaliações das administrações estaduais geralmente estão no gasto com pessoal e nos investimentos. A dificuldade com pessoal é explicada por sucessivos aumentos concedidos para servidores ao longo dos últimos anos e gastos elevados com trabalhadores inativos – em 12 meses, o gasto dos estados com inativos cresceu 8%. Já os investimentos são afetados e reduzidos diante da pouca margem de manobra dos governantes no controle do orçamento. Dessa forma, segundo especialistas, a solução das contas públicas estaduais passa inevitavelmente por mudanças envolvendo os servidores, com uma ampla reforma da previdência local e mudanças no plano e na estrutura de carreira. "Há medidas (de ajuste) que podem ser adotadas no plano local como aumento da contribuição previdenciária ou eventualmente com a criação de previdência complementares para os estados que não têm”, afirma a economista Ana Carla Abrão, ex-secretária de Fazenda de Goiás. "No campo dos servidores ativos, é preciso rever todas as leis de carreiras que foram incorporando, acumulando um conjunto de benefícios com progressões e promoções automáticas." No dia 5 de dezembro, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto que flexibiliza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para permitir o estouro do limite de gastos com pessoal. A medida, no entanto, vale apenas para municípios – ou seja, não abrange os governos estaduais. Exemplo do Espírito Santo Considerado um exemplo positivo na condução das contas públicos, o governo do Espírito Santo não escapou dessa regra. O estado reduziu os gastos com servidores, mas teve de segurar boa parte dos investimentos para conseguir equilibrar as contas. "Em 2015, logo ao assumir, o novo governo assinou um decreto que determinava 20% na redução de custeio, suspensão dos concursos e diminuição de cargos comissionados", diz o secretário de Fazenda do Espírito Santo, Bruno Funchal. 14 estados superam limite da LRF para gastos com pessoal em 2017, diz Tesouro Nacional Com as mudanças, a administração do Espírito Santo inverteu uma tendência de crescimento das despesas de 10% ao ano para uma queda de 10% ao ano. "O investimento baixo é uma consequência da política de aumento de pessoal que vinha sendo tocada", diz Funchal. No ano passado, o estado investiu apenas R$ 200 milhões com recursos próprios. Neste ano, com a melhora das contas públicas, deve chegar a R$ 800 milhões. "Todo o ajuste fiscal foi feito com base na despesa, sem aumento de impostos", afirma o secretário. No último relatório do Tesouro Nacional, o Espírito Santo foi o único estado que recebeu nota A para a capacidade de pagamento. Roraima sob intervenção Apesar de o estado ter situação fiscal considerada média na comparação com outros estados, o governo Roraima alega crise financeira, deve salários de servidores, pagamentos a terceirizadas e fornecedores, duodécimo dos poderes, e tem contas bloqueadas por decisões judiciais. Os pagamentos de servidores de todas as secretarias, com exceção da Saúde e Educação, estão atrasados desde outubro e a Secretaria da Fazenda estima uma dívida de R$ 188 milhões só com folhas de pagamento. Não há previsão para o pagamento da 2ª parcela do 13º e os salários de novembro e dezembro podem ficar para 2019. Foi nesse cenário que, no dia 7 de dezembro, o presidente Michel Temer anunciou intervenção federal em Roraima até 31 de dezembro. O estado enfrenta uma crise migratória com a chegada de cidadãos venezuelanos e também uma crise no sistema penitenciário. Entenda a intervenção federal em Roraima
    PRF-AP inicia ações de prevenção a acidentes de trânsito nas festas de fim de ano

    PRF-AP inicia ações de prevenção a acidentes de trânsito nas festas de fim de ano


    'Operação Rodovida' vai iniciar nas comemorações de fim de ano e segue até o Carnaval de 2019. Operação vai intensificar fiscalização nas rodovias federais do Amapá Jéssica Alves/Arquivo G1 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia...


    'Operação Rodovida' vai iniciar nas comemorações de fim de ano e segue até o Carnaval de 2019. Operação vai intensificar fiscalização nas rodovias federais do Amapá Jéssica Alves/Arquivo G1 A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia sexta-feira (14) a operação para a prevenção de acidentes de trânsito nas rodovias federais do Amapá. As ações serão ontensificadas durante os feriados de fim de ano e férias escolares. A "Operação Rodovida" segue até depois do Carnaval, em março de 2019, e vai contar com a integração de outros órgãos e intensificar a fiscalização nos trechos considerados críticos. Policiais de outras regiões do estado, onde o fluxo de veículos é reduzido, bem como dos que atuam em funções administrativas, vão atuar nesses trechos durante as datas com maior movimentação nas estradas. Dividida em duas etapas, a primeira inicia na sexta-feira e segue até 31 de janeiro. A segunda será de 22 de fevereiro a 9 de março. De acordo com o órgão, durante o período da operação serão intensificadas as ações de fiscalização para coibir ultrapassagens irregulares, excesso de velocidade, consumo de álcool, atropelamento de pedestres e trânsito irregular de motocicletas. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 14 de dezembro

    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 14 de dezembro


    São disponibilizadas vagas para eletrotécnico, confeiteiro, salgadeiro, costureira e outros. Sine Amapá oferta uma vaga pra salgadeiro Vitória Régia/Veg Show O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para...


    São disponibilizadas vagas para eletrotécnico, confeiteiro, salgadeiro, costureira e outros. Sine Amapá oferta uma vaga pra salgadeiro Vitória Régia/Veg Show O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, em frente à praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Auxiliar de manutenção predial – 1 vaga Eletrotécnico – 1 vaga Confeiteiro – 1 vaga Costureira – 5 vagas Supervisor de logística – 1 vaga Salgadeiro – 1 vaga Técnico em edificações – 1 vaga Forneiro – 1 vaga Vendedor pracista – 1 vaga Atendente – 1 vaga para pessoa com deficiência física
    Incêndio destrói parte de casa em alvenaria na Zona Norte de Macapá

    Incêndio destrói parte de casa em alvenaria na Zona Norte de Macapá


    Local estava sem moradores no momento do sinistro, que aconteceu na tarde desta quinta-feira (13). Incêndio aconteceu no Parque dos Buritis, na Zona Norte da capital Reprodução Um incêndio, registrado na tarde desta quinta-feira (13), destruiu...


    Local estava sem moradores no momento do sinistro, que aconteceu na tarde desta quinta-feira (13). Incêndio aconteceu no Parque dos Buritis, na Zona Norte da capital Reprodução Um incêndio, registrado na tarde desta quinta-feira (13), destruiu parte de uma casa em alvenaria localizada no bairro Parque dos Buritis, na Zona Norte de Macapá. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o imóvel não estava ocupado durante o sinistro e não houve feridos. Conforme a corporação, a equipe foi acionada pelos moradores, que auxiliaram os militares no controle do incêndio. O trabalho precisou ser rápido para que o fogo não se alastrasse por residências vizinhas. Parte da cozinha, onde as chamas iniciaram, foi comprometida e cerca de 80% do forro de madeira e do telhado da residência foi destruído. Alguns eletrodomésticos da cozinha foram danificados. Uma moradora da casa informou aos bombeiros que o incêndio deve ter sido iniciado por conta de uma vela que ficou acessa enquanto não havia ninguém na casa, mas só o laudo da perícia, que não foi acionada, poderia apontar as causas exatas. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 13 a 19 de dezembro

    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 13 a 19 de dezembro


    'Aquaman' e 'Detetives do Prédio Azul 2' são as estreias desta semana. Veja sessões e preços. Jason Momoa em cena de 'Aquaman' Divulgação Assistir a filmes pode ser uma boa opção de lazer para reunir a família e os amigos. Pensando nisso, o...


    'Aquaman' e 'Detetives do Prédio Azul 2' são as estreias desta semana. Veja sessões e preços. Jason Momoa em cena de 'Aquaman' Divulgação Assistir a filmes pode ser uma boa opção de lazer para reunir a família e os amigos. Pensando nisso, o G1 fez uma agenda com as programações dos três cinemas de Macapá para esta semana. Confira quais são os filmes, os horários das sessões e os preços dos ingressos: Cine Teatro Imperator, no Villa Nova Shopping Programação ainda não foi atualizada. Ingressos: De segunda-feira a quarta-feira: R$ 10 (meia para todos; exceto feriados) e R$ 15 (premium) De quinta-feira a domingo: R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia) e R$ 20 (premium (A meia-entrada é válida para crianças de até 12 anos e idosos a partir dos 60 anos. Também é válida para estudantes, professores estaduais, municipais e federais, policiais Militar, Civil e Federal, agente penitenciário, guarda municipal, bombeiro militar e empresas conveniadas, que devem apresentar a devida identificação). Elenco do filme 'Detetives do Prédio Azul 2 - O Mistério Italiano' Reprodução Moviecom Cinemas, no Macapá Shopping Aquaman (estreia) Sessões: 21h20 (3D legendado); 17h20, 18h30 (3D dublado); 14h30, 16h10, 19h10, 20h10 (2D dublado) Gênero: Ação, Aventura Classificação: 12 anos Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano (estreia) Sessões: 15h, 17h, 19h (2D nacional) Gênero: Aventura, Família Classificação: Livre Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald Sessão: 18h50 (2D dublado) Gênero: Fantasia, Aventura Classificação: 12 anos Cadáver Sessão: 22h (2D dublado) Gênero: Terror Classificação: 14 anos De Repente Uma Família Sessão: 16h (2D dublado) Gênero: Comédia dramática Classificação: 12 anos Encantado Sessão: 14h10 (2D dublado) Gênero: Animação, Família, Comédia Classificação: Livre Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro Sessão: 14h20 (2D dublado) Gênero: Suspense, Ação Classificação: 16 anos O Chamado do Mal (estreia) Sessão: 21h (2D dublado) Gênero: Suspense, Terror Classificação: 14 anos O Grinch Sessão: 14h (2D dublado) Gênero: Animação, Família Classificação: Livre Robin Hood – A Origem Sessões: 16h30, 21h30 (2D dublado) Gênero: Aventura, Ação Classificação: 14 anos Ingressos: Para sessões em 2D Segundas, terças e quartas: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) Moviecom+ 2D Segundas e terças: R$ 14 Quartas-feiras: R$ 7 Quinta a domingo e feriados: R$ 16 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão) Para sessões em 3D Segunda a quarta: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriado (matinê*): R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia) Quinta a domingo e feriado (noite): R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) (*matinê são sessões iniciadas até às 17h59) Moviecom+ 3D Segundas e terças: R$ 20 Quartas-feiras: R$ 10 Quinta a domingo e feriados: R$ 24 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão) Bruna Linzmeyer em 'O Grande Circo Místico' Reprodução Cinépolis, no Amapá Garden Shopping Aquaman (estreia) Sessões: 16h, 19h, 22h (3D Legendado - Sala VIP); 15h, 17h, 18h, 20h, 21h Gênero: Ação, Aventura Classificação: 12 anos Detetives do Prédio Azul 2 – O Mistério Italiano (estreia) Sessões: 15h20, 16h15, 17h30, 18h20, 19h30, 20h30 (2D nacional) Gênero: Aventura, Família Classificação: Livre A Vida em Si Sessões: 20h15, 22h50 (2D legendado - Sala VIP) Gênero: Documentário Classificação: 14 anos Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald Sessão: 21h35 (2D dublado) Gênero: Aventura, Família, Fantasia Classificação: 12 anos Cadáver Sessão: 22h30 (2D dublado) Gênero: Terror Classificação: 14 anos De Repente Uma Família Sessão: 19h (2D dublado) Gênero: Comédia dramática Classificação: 12 anos Encantado Sessão: 15h35 (2D dublado) Gênero: Animação, Família, Comédia Classificação: Livre Exterminadores do Além Contra a Loira do Banheiro Sessão: 16h35 (2D dublado) Gênero: Suspense, Ação Classificação: 16 anos O Chamado do Mal Sessão: 21h40 (2D dublado) Gênero: Terror, Thriller Classificação: 14 anos O Grande Circo Místico Sessões: 15h15, 17h45 (2D nacional - Sala VIP) Gênero: Drama Classificação: 16 anos Robin Hood: A Origem Sessões: 17h40 (2D dublado); 20h20 (2D legendado) Gênero: Ação, Aventura Classificação: 14 anos Ingressos: Para sessões em 2D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira - matinê**), R$ 10 (meia - matinê); R$ 22 (inteira - noite), $ 11 (meia-noite) (**matinê são sessões iniciadas até as 16h55, e noite, a partir de 17h) Para sessões em 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) Quinta à domingo e feriados: R$ 27 (inteira) e R$ 13,50 (meia) Para sessões em Sala VIP 2D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 33 (inteira - matinê), R$ 16,50 (meia - matinê); R$ 36 (inteira - noite), R$ 18 (meia-noite) Para sessões em Sala VIP 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 28 (inteira) e R$ 14 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) Assista ao treiler final de 'Aquaman' Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: JAP2 de quinta-feira, 13 de dezembro

    VÍDEOS: JAP2 de quinta-feira, 13 de dezembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    Aniversário da 'Maracatu da Favela' promete agitar brincantes com samba e pagode em Macapá

    Aniversário da 'Maracatu da Favela' promete agitar brincantes com samba e pagode em Macapá


    Comemoração do aniversário da Maracatu da Favela acontece no sábado (15) às 17h, na quadra da agremiação. Maracatu da Favela comemora aniversário com festival de atrações na sede da agremiação Carla Silva/Secult-AP Um festival com muito...


    Comemoração do aniversário da Maracatu da Favela acontece no sábado (15) às 17h, na quadra da agremiação. Maracatu da Favela comemora aniversário com festival de atrações na sede da agremiação Carla Silva/Secult-AP Um festival com muito samba e pagode vai marcar a festa de comemoração dos 66 anos do Escola de Samba Maracatu da Favela no sábado (15). Com, pelo menos, oito atrações musicais confirmadas, o evento está marcado para começar às 17h, na quadra da escola, localizada no bairro Santa Rita, na Zona Central de Macapá. Além dos músicos convidados, a bateria da escola verde e rosa, o casal de mestre sala e porta bandeira, interprete oficial e coreografo da comissão de frente vão marcar presença na festa. Os sambistas e pagodeiros Cafu, Thiaguinho Salazar, Vitinho Oliveira, Kinzinho, Charlinho, Catatau e Zeca Mazagão, além do DJ Luiz Carlos vão celebrar o aniversário de uma das mais tradicionais escolas de samba do estado. As atrações se apresentam em dois bares tradicionais do bairro, para festejar também a vida boêmia no bairro Santa Rita. Os ingressos individuais custam R$ 10 e as mesas R$ 50. Carregando a Favela no nome, como era conhecido o bairro Santa Rita, a Maracatu venceu nove títulos do carnaval amapaense, sendo os últimos cinco em 1999, 2003, 2007, 2012 e 2013. Maracatu da Favela foi a última do primeio dia no sambódromo Gabriel Penha/Arquivo G1 Serviço Aniversário de 66 anos da escola Maracu da Favela Data: 15 de dezembro (sábado) Horário: 17h Local: quadra da agremiação (Avenida Padre Júlio Maria Lombaerd, no Bairro Santa Rita) Ingressos individuais: R$ 10 Mesas: R$ 50 (quatro pessoas) Reservas de mesas: (96) 99196-3121 Informações: (96) 99181-0422 / (96) 99121-5580 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Cursinhos gratuitos para concursos da Afap e PRF são ofertados a pessoas carentes em Macapá

    Cursinhos gratuitos para concursos da Afap e PRF são ofertados a pessoas carentes em Macapá


    Inscrições estão abertas e o valor é um quilo de alimento não perecível. Aulas para concurso da Afap acontecem de noite, de 19hÀs 22h, Biblioteca Pública Elcy Lacerda Carlos Alberto Jr/G1 A comunidade carente de Macapá pode se preparar...


    Inscrições estão abertas e o valor é um quilo de alimento não perecível. Aulas para concurso da Afap acontecem de noite, de 19hÀs 22h, Biblioteca Pública Elcy Lacerda Carlos Alberto Jr/G1 A comunidade carente de Macapá pode se preparar para os concursos públicos da Agência de Fomento do Amapá (Afap) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) através de cursinhos gratuitos ofertados pelo grupo "Concurseiros Unidos". As inscrições ficam abertas até quinta-feira (20) e é cobrado apenas um quilo de alimento não perecível, que deve ser etregue no dia da primeira aula que o aluno comparecer. As aulas para o concurso da Afap iniciaram na segunda-feira (10), na Biblioteca Pública Elcy Lacerda, no bairro Central de Macapá. Os encontros acontecem das 19h às 22h, de segunda-feira a sexta-feira. Ainda restam 50 vagas, segundo a coordenação. As aulas para o concurso da PRF têm previsão de início para a segunda-feira (17), ainda sem local definido. Serão ofertadas 150 vagas para o cursinho. Segundo o advogado e professor de direito administrativo, Carlos Evangelista, a ideia de fazer o cusinho surgiu há três anos, com objetivo de ajudar pessoas sem condições de pagar para se preparar melhor para a batalha dos concursos públicos. "Ele surgiu a partir da ideia de ajudar pessoas que não tinham condições de pagar o cursinho particular. Na época, eu era acadêmico de direito e via a necessiadde de ter um cursinho gratuito para concusos e para o Enem", explicou Evangelista. Durante os encontros os alunos estudam todos os temas que estão nos editais. O grupo de professores é composto por advogados, juízes, delegados, analistas judiciários e professores universitários. Mais informações sobre a inscrição, vagas e local das aulas, o interessado pode entrar em contato com a coordenação do projeto pelo número (96) 991879320. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Mostra no AP expõe trabalhos de alunos e discute as artes na Economia Criativa

    Mostra no AP expõe trabalhos de alunos e discute as artes na Economia Criativa


    Exposição ocorre até esta quinta-feira (13) no Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari. Mostra de Artes no Cândido Portinari, alunos fazem desenho livre Ugor Feio Com mais de 100 obras criadas por alunos, a Mostra de...


    Exposição ocorre até esta quinta-feira (13) no Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari. Mostra de Artes no Cândido Portinari, alunos fazem desenho livre Ugor Feio Com mais de 100 obras criadas por alunos, a Mostra de Artes do Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari fica aberta até esta quinta-feira (13) ao público. Além de exposições de telas, esculturas e fotografias, a programação conta com declamação de poesias, palestra, atrações musicais e outras atividades. A entrada é gratuita. Ao longo do evento, iniciado na quarta-feira (12), destaque para a mesa-redonda que teve como tema “Artes Visuais no contexto da Economia Criativa”. De acordo com os organizadores é uma forma de fazer com que os alunos de artes exerguem o setor no contexto comercial e possam criar estratégias para apresentar seus trabalhos. "Este ano a nossa escola foi certificada pelo Conselho de Educação como instituto de educação profissional em artes visuais. Estamos trazendo essa discussão para mostrar aos nossos alunos que agora não somos apenas uma escola de artes, mas uma escola que forma profissionais para o mercado de trabalho", declarou a professora de empreendedorismo Helen Ataíde. Darielson Ferreira, aluno do curso técnico em processos fotográficos Ugor Feio O Centro de Educação Profissional em Artes Visuais Cândido Portinari fica na Avenida Cônego Domingo Maltês, nº 1976, bairro Buritizal, Zona Sul de Macapá. A Mostra também homenageia o pintor amapaense Ivam Amanajás, considerado um dos maiores representantes do surrealismo da Amazônia. Darielson Ferreira, de 19 anos, é aluno bolsista do curso técnico de processos fotográficos e pretende seguir carreira na profissão. Para ele, poder apresentar sua arte, através de fotografias, é um sonho realizado. "Sou aluno desde fevereiro. Nunca tinha feito aulas do tipo antes e entrei através de um programa do governo, aí eu tive a oportunidade e fui selecionado. Participar da mostra está sendo um grande aprendizado pra mim e um sonho, de ver as pessoas prestigiarem um trabalho feito por mim", falou o jovem. As obras em exposição são resultado das modalidades de ensino dos cursos ofertados pelo escola de artes: técnico em artes visuais, técnico em processos fotográficos, serigrafia, ilustrador, artesão de pintura em tecidos e pintor em obras imobiliárias, teatro, comunicação visual, artesanato e design de móveis. Professora Helen Ataíde Ugor Feio Alunos do curso de processos fotográficos Ugor Feio Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Jovem encontrado morto em conjunto habitacional em obras no AP é identificado

    Jovem encontrado morto em conjunto habitacional em obras no AP é identificado


    Josué Ferreira Lima tinha 20 anos e já era suspeito de crimes como roubo e furto. Corpo foi achado na terça-feira (11), no bairro Congós. Corpo de homem é achado amarrado dentro de conjunto habitacional abandonado no bairro Congós, em...


    Josué Ferreira Lima tinha 20 anos e já era suspeito de crimes como roubo e furto. Corpo foi achado na terça-feira (11), no bairro Congós. Corpo de homem é achado amarrado dentro de conjunto habitacional abandonado no bairro Congós, em Macapá Reprodução/Rede Amazônica O cadáver encontrado com marcas de violência em um conjunto habitacional abandonado em obras foi identificado pela Polícia Técnico-Científica (Politec). De acordo com a Polícia Civil do Amapá, o corpo é de Josué Ferreira Lima, de 20 anos, que era suspeito de ter praticado crimes como roubo e furto em Macapá e também em Pedra Branca do Amapari, a 183 quilômetros da capital. Encontrado na manhã de terça-feira (11), o jovem estava com os pés e mãos amarrados, e tinha marcas de enforcamento e pancada na cabeça. Lima estava em um dos prédios do Conjunto Habitacional PAC Congós, localizado na Zona Sul de Macapá. Segundo o delegado César Ávila, da Delegacia Especializada de Crimes contra a Pessoa (Decipe), a Homicídios, Lima estava em Macapá há poucos meses. Além de furtos e roubos, ele também teria envolvimento com o tráfico de drogas. “Ele era envolvido em pequenos crimes como tráfico e roubo, mas quem matou ainda é mistério. Ele tinha 20 anos, um jovem que estava morando há pouco tempo em Macapá e já estaria envolvido em pequenos crimes na capital. Em Pedra Branca ele já teria sido preso por tráfico. Aqui na capital já estava se envolvendo com crime, e provavelmente tenha sido o que levou ele à morte”, descreveu Ávila. Ávila acredita que o crime possa ter ocorrido na noite de segunda-feira (10) ou ainda nesta terça-feira. O corpo do jovem foi levado para Pedra Branca do Amapari, onde ele morava, e foi enterrado pela família. A polícia ainda segue com as investigações na tentativa de identificar pistas que levem ao autor do crime. Corpo foi levado para a Polícia Técnico-Científica (Politec) de Macapá e depois levado para Pedra Branca do Amapari Jorge Abreu/G1 Entenda o caso O cadáver foi encontrado por volta das 9h de terça-feira, por um vizinho do local. Ainda não há informações precisas sobre quem cometeu o crime e nem a motivação. A Polícia Técnico-Científica (Politec) fez a remoção do corpo. Em nota, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) afirmou que o prédio onde aconteceu o crime pertence à segunda etapa da obra do Conjunto Habitacional PAC Congós, que não está paralisada. Ela foi retomada em julho. A primeira etapa, explica a Seinf, é destinada à construção de 160 unidades habitacionais, que “está em andamento”. Por lá, a área tem tapume. Já a segunda etapa, com a criação de 120 unidades, “foi depredada e a previsão é que o serviço de reconstrução inicie em março de 2019”. Nessa segunda área, o “tapume foi depredado por vândalos”. A obra do PAC Congós foi iniciada em 2011, com R$ 14 milhões destinados pelo Governo Federal, mas foi paralisada em 2014, após a reprovação do projeto urbanístico. Metade do recurso chegou a ser utilizado, o que resultou no avanço das 120 unidades referentes à primeira etapa. A Seinf contratou uma empresa este ano, que fez um novo levantamento e atualizou o projeto da obra. O projeto teve que ser modificado para atender exigências em urbanização, licenças ambientais, sistema de esgoto e água, entre outras. Com o atraso, o Estado chegou a ser notificado e recebeu prazo para concluir a construção, sob pena de ter que devolver valores ao Ministério das Cidades. A última previsão dada pela Seinf era de que as estruturas da primeira etapa seriam entregues em 4 meses, ou seja, em novembro. Conforme planejamento, a outra parte dos recursos federais será aplicada com mais R$ 10 milhões, disponibilizados pelo governo do estado. Com uma nova empresa licitada, a expectativa é entregar o conjunto todo no prazo de até um ano. Parte do conjunto será entregue para a população que vive no entorno, em riscos sociais, cadastradas num programa da Caixa Econômica. A ideia é retirar os moradores das regiões invadidas, em meio ao mato e áreas alagadas. O conjunto habitacional do bairro Congós foi um dos maiores no Amapá promovido pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que foi substituído pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Justiça determina bloqueio de R$ 300 mil de deputada federal por desvio na Fieap

    Justiça determina bloqueio de R$ 300 mil de deputada federal por desvio na Fieap


    Jozi Araújo e mais oito pessoas são investigadas por esquema de fraudes por meio de criação de sindicatos fantasmas. Jozi Araújo e mais oito pessoas são investigados por esquema que teria criado sindicatos fantasmas no Amapá Fernanda...


    Jozi Araújo e mais oito pessoas são investigadas por esquema de fraudes por meio de criação de sindicatos fantasmas. Jozi Araújo e mais oito pessoas são investigados por esquema que teria criado sindicatos fantasmas no Amapá Fernanda Calgaro/G1 determinou bloqueio no valor de R$ 336.878,43 mil da deputada federal Jozi Araújo (Podemos) e mais oito pessoas por envolvimento em esquema de criação de sindicatos fantasmas no A Justiça Federal determinou bloqueio no valor de R$ 336.878,43 mil da deputada federal Jozi Araújo (Podemos) e mais oito pessoas por envolvimento em esquema de criação de sindicatos fantasmas no Amapá. O Ministério Público Federal (MPF) denuncia o grupo por organização criminosa, falsidade ideológica e peculato. O G1 tenta contato com a defesa da deputada. Ainda conforme o MPF, o valor bloqueado deverá ser utilizado para ressarcimento ao erário, em caso de condenação. De acordo com as investigações, Jozi Araújo e mais seis dos acusados, incluindo o pai e um irmão da deputada, constituíram sindicatos no ramo industrial sem preencher os requisitos necessários para a criação. Para o ministério, muitas das empresas vinculadas aos sindicatos sequer existiam. “Outras eram empresas sem qualquer ligação com a atividade industrial. A intenção da fraude era obter o controle político da Federação das Indústrias do Estado do Amapá (Fieap) e eleger Jozi Araújo para o cargo de presidente da instituição”, afirma, em nota, o MPF. O órgão ainda aponta a participação de dois servidores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) na criação dos sindicatos fantasmas, que facilitavam o processo de formalização das entidades, mesmo a regularização já tendo sido indeferida. Ainda segundo o MPF, as investigações concluíram que, “além de todo o poder econômico gerado pela criação de sindicatos fantasmas, a atuação do grupo gerou enriquecimento ilícito e casou prejuízo de mais de R$ 300 mil aos cofres públicos. O montante, decorrente de contribuições sindicais, foi arrecado pela entidade de 2013 a 2017”. Na esfera criminal, os denunciados respondem por organização criminosa, falsidade ideológica e peculato. Se condenados as penas variam de um a doze anos de reclusão e a condenação pelos crimes pode ter penas acumuladas. Multa também pode ser aplicada. Os oito denunciados já respondem a uma ação por improbidade administrativa, pelos mesmos atos, ajuizada pelo MPF em abril deste ano. Além do ressarcimento ao erário, os acusados também podem ser condenados à perda dos direitos políticos, da função pública, ser proibidos de contratar com o poder público, além da aplicação de multa. As investigações na Fieap iniciaram em 2013, quando uma série de denúncias foram encaminhadas ao Ministério Público Federal. Na época foi instalada o regime de intervenção no Sistema S. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Espetáculo 'Uma Noite Santa de Natal' anima idosos do abrigo São José em Macapá

    Espetáculo 'Uma Noite Santa de Natal' anima idosos do abrigo São José em Macapá


    Grupo amapaense Pirlimpimpim apresentou musical inspirado no velho e novo testamento. “Uma Noite Santa de Natal” anima idosos do abrigo São José em Macapá Ugor Feio/G1 Idosos do abrigo São José, na Zona Central de Macapá, assistiram nesta...


    Grupo amapaense Pirlimpimpim apresentou musical inspirado no velho e novo testamento. “Uma Noite Santa de Natal” anima idosos do abrigo São José em Macapá Ugor Feio/G1 Idosos do abrigo São José, na Zona Central de Macapá, assistiram nesta quinta-feira (13) ao espetáculo musical “Uma Noite Santa de Natal”. A narrativa conta, de forma animada, a chegada do menino Jesus com referências ao antigo e novo testamento bíblico. A apresentação integra a programa "Natal Solidário" do Governo do Estado do Amapá e foi realizada na manhã desta quinta-feira pelo grupo de teatro amapaense Pirlimpimpim. Sete artistas d vida aos personagens, entre cantores, atores e músicos. Foi um auto de Natal com muita interação com a plateia. Atores do auto de Natal interagiram com os idosos Ugor Feio/G1 O espetáculo começou com o encontro de alguns jovens camponeses que aguardam a chegada do menino Jesus e aborda temas como a desobediência a Deus por Adão e Eva. "As portas do abrigo estão abertas para qualquer pessoa que queira trazer amor, alegria e carinho para nossos idosos", falou Marlene Ferreira, diretora da casa de repouso. "Até o dia 24 de dezembro haverá atividades diariamente para os idosos do abrigo, sempre abertas a voluntários ", completou. Ivito Rodrigues, 80, morador do abrigo São José Ugor Feio/G1 Quem vive no abrigo, diz que considerou o momento de alegria muito válido. "É uma verdadeira festa e traz muita alegria pra gente, ai de nós se não tivéssemos eventos como este aqui. Deixa nosso coração feliz, é uma coisa linda", declarou Ivito Rodrigues, de 80 anos, morador do abrigo. Sete artistas dão vida aos personagens, entre cantores, atores e músicos Ugor Feio Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!