G1 > Amazonas

    Carreta com carga de açúcar tomba em estrada na Zona Oeste de Manaus

    Carreta com carga de açúcar tomba em estrada na Zona Oeste de Manaus


    Ninguém ficou ferido em acidente, mas Corpo de Bombeiros precisou ser acionado por conta de combustível derramado na pista. Caminhão virou na pista Divulgação/Corpo de Bombeiros Um caminhão que levava uma carga de açúcar tombou na Estrada da...


    Ninguém ficou ferido em acidente, mas Corpo de Bombeiros precisou ser acionado por conta de combustível derramado na pista. Caminhão virou na pista Divulgação/Corpo de Bombeiros Um caminhão que levava uma carga de açúcar tombou na Estrada da Vivenda Verde, localizada no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus, na noite desta sexta-feira (20). Segundo o Corpo de Bombeiros, o fato ocorreu por volta das 21h. Não há informação sobre a quantidade de açúcar que era levada no veículo. Houve vazamento de combustível na pista, o que fez a Polícia Militar e o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) acionarem os bombeiros para apoio na ocorrência. Ninguém ficou ferido no acidente. Carreta tombou na estrada da Vivenda Verde Divulgação/Corpo de Bombeiros
    Espetáculo 'bjÖrkCA' leva público a viagem por repertório da cantora islandesa, em Manaus

    Espetáculo 'bjÖrkCA' leva público a viagem por repertório da cantora islandesa, em Manaus


    Músicas da cantora islandesa foram apresentadas de forma experimental. Espetáculo "bjÖrkCA" foi apresentado no Teatro Amazonas nesta sexta-feira (20) Rickardo Marques/G1 AM Rostos pintados, figurinos diferentes e arranjos musicais feitos apenas com...


    Músicas da cantora islandesa foram apresentadas de forma experimental. Espetáculo "bjÖrkCA" foi apresentado no Teatro Amazonas nesta sexta-feira (20) Rickardo Marques/G1 AM Rostos pintados, figurinos diferentes e arranjos musicais feitos apenas com o toque do arco no tampo do violino. Detalhes que seriam facilmente encontrados em um show da cantora Björk, e que fizeram parte de um espetáculo que celebrou a obra da artista islandesa na noite desta sexta-feira (20) no Teatro Amazonas, no Centro de Manaus. No palco, o repertório do show "bjÖrkCA" foi apresentado de forma experimental pelo maestro Marcelo de Jesus. O concerto faz parte da quarta edição da série de espetáculos "Encontro das Águas". As músicas do show ficaram por conta da Orquestra de Câmara do Amazonas, que iniciou o espetáculo com canções conhecidas da artista, como "Human Behavior" e "Venus as a boy", na voz da solista Manuela Freua. Um detalhe que chamou atenção do público foi a caracterização de vestuário e maquiagem usada desde os membros da orquestra, até o maestro. Tudo inspirado no estilo de Björk. O espetáculo durou cerca de uma hora e vinte minutos, com mais de 15 canções presentes em todos os álbuns solo da artista islandesa. Membros do espetáculo usaram pinturas faciais e figurinos inspirados na cantora islandesa Rickardo Marques/G1 AM O engenheiro mecânico Juliano Sá, de 47 anos, aproveitou o show na companhia de toda a família. Para ele, que é natural de Santa Catarina, o Teatro Amazonas é o palco ideal para demonstrar a dimensão artística da cantora Björk. "O ambiente é propício. O Teatro Amazonas é único no Brasil, então acho que o ambiente ajuda esse belo espetáculo. E é muito bom ter a oportunidade de ver isso ao vivo, já que conheço o trabalho da Björk", disse. Juliano Sá (à esquerda) diz que Teatro Amazonas é ideal para apresentação do repertório de Björk Rickardo Marques/G1 AM Helena Nogueira, de 50 anos, afirma que a cantora islandesa é um exemplo de que a arte pode ser aplicada em diversas vertentes. "A obra dela vai da música para o videoclipe, do vinil à composição da roupa usada por ela nas cenas. É um trabalho que monstra a arte em todas as frentes e aqueles que conhecem o trabalho dela sabem que isso é característica própria dela", comentou. Solista Manuela Freua interpretou as canções da cantora islandesa Rickardo Marques/G1 AM Pintura facial também foi usada pelo maestro Marcelo de Jesus Rickardo Marques/G1 AM Figurino diferenciado foi usado por membros do espetáculo "bjÖrkCA" Rickardo Marques/G1 AM
    Corpo esquartejado é achado dentro de mala em rua da Zona Oeste de Manaus

    Corpo esquartejado é achado dentro de mala em rua da Zona Oeste de Manaus


    Bilhetes com nomes e ameaças também foi achado no local. Mala foi encontrada no bairro Compensa 1 Rickardo Marques/G1 AM O corpo de Janderson Rosário de Souza, de 23 anos, foi encontrado esquartejado dentro de uma mala na noite desta sexta-feira...


    Bilhetes com nomes e ameaças também foi achado no local. Mala foi encontrada no bairro Compensa 1 Rickardo Marques/G1 AM O corpo de Janderson Rosário de Souza, de 23 anos, foi encontrado esquartejado dentro de uma mala na noite desta sexta-feira (20) no bairro Compensa 1, Zona Oeste de Manaus. Bilhetes contendo nomes de outras pessoas e ameaças também foi encontrado. De acordo com a 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), um carro modelo Vectra de cor preta passou pelo local, por volta das 19h30, e deixou o objeto. Moradores chamaram a polícia, que constatou a presença do corpo de Souza esquartejado dentro da mala. Além de corpo, policiais também encontraram bilhetes com ameaças Rickardo Marques/G1 AM Ainda segundo a Cicom, dois bilhetes foram encontrados junto à mala e continham ameaças direcionadas a outras pessoas ainda não identificadas. O irmão de Souza esteve no local e informou que a vítima comercializava entorpecentes no bairro Compensa 3, na Zona Oeste, mas trabalhava em um estaleiro. Ele teria saído do local após receber uma ligação na manhã desta sexta e não retornou. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e a Polícia Civil investiga o caso.
    Operação 'Pedra Negra' prende trio e elucida assassinato em Humaitá, no AM

    Operação 'Pedra Negra' prende trio e elucida assassinato em Humaitá, no AM


    Ação foi deflagrada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20). Adolescente de 15 anos confessou homicídio. Porções de drogas e dinheiro em espécie foram apreendidos durante operação Divulgação/Polícia Civil A operação "Pedra Negra",...


    Ação foi deflagrada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (20). Adolescente de 15 anos confessou homicídio. Porções de drogas e dinheiro em espécie foram apreendidos durante operação Divulgação/Polícia Civil A operação "Pedra Negra", deflagrada pela Polícia Civil na cidade de Humaitá, a 590 km de Manaus, resultou na prisão de três pessoas nesta sexta-feira (20). Durante a ação, um adolescente de 15 anos confessou a autoria de um assassinato ocorrido no dia 11 deste mês no município. O objetivo da operação foi dar cumprimento a 11 mandados de busca e apreensão, além de quatro mandados de prisão. Os trabalhos foram realizados pela Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Humaitá e acompanhados pelo diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Mateus Moreira. Conforme o titular da DIP de Humaitá, delegado Francisco Rocha, um foragido da Justiça de 41 anos foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva por violência doméstica. Um jovem, de 19 anos, que seria o coautor de uma tentativa homicídio ocorrida no dia 2 de março deste ano em Humaitá, foi preso em cumprimento a mandado de prisão. Ele também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. "Com ele foram encontradas três porções de cocaína e material para embalo de substâncias entorpecentes”, contou Rocha. Ao longo dos trabalhos, outro homem, de 26 anos, foi preso em flagrante por tráfico de drogas. As equipes apreenderam com ele aproximadamente meio quilo de maconha, 30 trouxinhas de cocaína, um notebook, dois aparelhos celulares e R$ 710 em espécie. A operação atuou ainda no combate a um crime ambiental. O suspeito de 37 anos foi denunciado por manter animais silvestres em cativeiro. Ele assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado para responder em liberdade. Francisco Rocha ressaltou que durante a operação foi elucidado o homicídio de Jucilei França Damásio, que aconteceu no dia 11 deste mês, em Humaitá. A vítima tinha 24 anos. Um adolescente de 15 anos, investigado por envolvimento no delito, confessou a autoria do crime. O adolescente ficará à disposição do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM). Os outros homens presos serão encaminhados à Unidade Prisional de Humaitá, onde irão permanecer à disposição da Justiça.
    VÍDEOS: JAM2 de sexta-feira, 20 de julho de 2018

    VÍDEOS: JAM2 de sexta-feira, 20 de julho de 2018


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do...


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
    AM aumenta contratações em junho, mas fecha semestre com  329 postos de trabalho a menos, aponta Caged

    AM aumenta contratações em junho, mas fecha semestre com 329 postos de trabalho a menos, aponta Caged


    Número de demissões superou o de contratações de janeiro a junho. Dados do Caged foram divulgados nesta sexta-feira (20). Carteira de trabalho Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Os primeiros seis meses foram de perda de vagas com carteira...


    Número de demissões superou o de contratações de janeiro a junho. Dados do Caged foram divulgados nesta sexta-feira (20). Carteira de trabalho Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Os primeiros seis meses foram de perda de vagas com carteira assinada no mercado de trabalho amazonense. Foram 329 postos de trabalho a menos de janeiro a junho de 2018. As informações fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta esta sexta-feira (20). De acordo com levantamento feito pelo Ministério do Trabalho, as contratações foram de 65.170 e as demissões de 65.499 neste primeiro semestre. Com o decréscimo de 329 postos, o primeiro semestre fechou com variação de -0,08. Apesar da perda de vagas no acumulado do primeiro semestre de 2018, junho foi um mês de aquecimento na economia, em que as contratações foram superiores às demissões no Amazonas. Em junho deste ano, o Amazonas registou um saldo positivo nas contratações. Foram 9.564 admissões e 8.959 demissões. Com saldo de 605 vagas, o Estado fechou o mês com a variação de 0,16%. Os reflexos positivos também puderam ser vistos em Manaus. No mês de junho foram contabilizadas 9.004 admissões, contra 8.525 demissões. Foram mais 479 vagas, com variação de 0,13. Além da capital, os municípios de Itacoatiara, Parintins e Tabatinga também se destacaram com as contratações. Em Itacoatiara são 140 novas contratações, em Parintins 98 e em Tabatinga 25. Por setores Os números do governo revelam que, em junho, foram 9.688 contratações e 9.059 demissões nos oito setores da economia no estado do Amazonas. O saldo positivo de junho foi de 629 novos empregos. Todos os setores apresentaram crescimento, entretanto, o maio número de empregos criados ocorreu no setor de serviços. Contratações Serviços: 3.857 admissões, com 131 novas vagas Comércio: 2.624 admissões, com 11 novas vagas Indústria de transformação: 2198 admissões, com 252 novas vagas Construção civil: 809 admissões, com 184 novas vagas Agropecuária: 101 admissões, com 16 novas vagas Serviços industriais de utilidade pública: 66 admissões, com 18 novas vagas Extrativa mineral: 24 admissões, com saldo de 10 novas vagas Administração pública: 8 admissões, com 7 novas vagas No acumulado do primeiro semestre, os setores apresentam queda de 362 empregos. Foram 66.078 contratações contra 66.440 demissões registradas no Amazonas durante o período. A variação foi de -0,09%. O setor de Construção Civil registrou queda de 836 contratações, seguida do comércio com menos 741 vagas. Em terceira posição no ranking de perda ficou o setor de Indústria de Transformação, que registrou a queda de 371 vagas de emprego nesses seis meses. Dados regionais Segundo o Ministério do Trabalho, houve o registro de contratações em quatro das cinco regiões do país em junho. No Centro-Oeste foram criadas 8.366 vagas, seguido do Sudeste com mais 3.612. O nordeste vem em terceira posição com 3.581. Já o norte registorou 930 contratações. Apenas na região Sul o saldo foi negativo, com o fechamento de -17.150 postos. Dados Nacionais O emprego formal se manteve estável em junho no Brasil. Foram registradas no mês 1.167.531 admissões e 1.168.192 desligamentos, que resultaram em um saldo de -661 vagas. No acumulado do ano, o saldo ficou positivo em +392.461 empregos, um crescimento de 1,04% em relação ao primeiro semestre de 2017. Se considerados os saldos dos últimos 12 meses (julho de 2017 a junho de 2018), o resultado também é positivo. Foram criados +280.093 postos formais, 0,74% a mais do que no período anterior. Com isso, o estoque de empregos no país ficou em 38,21 milhões.
    Varreduras vacinais contra sarampo seguem na próxima semana nas Zonas Leste e Norte de Manaus

    Varreduras vacinais contra sarampo seguem na próxima semana nas Zonas Leste e Norte de Manaus


    Semsa terá, ainda, UBSs funcionando em horário ampliado e com salas de vacinação. Vacinas são retomadas após ameaças de traficantes na Zona Leste de Manaus Ive Rylo/G1 As “varreduras” de vacinação contra o sarampo continuarão nos fins de...


    Semsa terá, ainda, UBSs funcionando em horário ampliado e com salas de vacinação. Vacinas são retomadas após ameaças de traficantes na Zona Leste de Manaus Ive Rylo/G1 As “varreduras” de vacinação contra o sarampo continuarão nos fins de semana, com horários diferenciados. Neste sábado (21) e domingo (22), as equipes percorrerão ruas nos conjuntos Manoa e Renato Souza Pinto, na Cidade Nova, zona Norte, e Jorge Teixeira, zona Leste, entre às 8h e 13h. Além das equipes nas ruas, a Semsa terá, das 8h às 12h, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de horário ampliado, que funcionam na rotina, e que disponibilizam salas de vacinação. O objetivo das varreduras é analisar a situação vacinal dos moradores dos três bairros considerados prioritários por registrarem a maior incidência de notificações e/ou confirmações de casos de sarampo na cidade: Jorge Teixeira, e Cidade Nova e Novo Aleixo zona Norte. A meta é que, até o fim do mês de agosto, as equipes tenham feito a avaliação da situação vacinal de 204.139 pessoas, em 110.198 imóveis, e a atualização da Tríplice Viral. Na quarta-feira (18), um grupo de vacinadores foi ameaçado por traficantes no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste da cidade. Após o ocorrido, equipes da Polícia Militar reforçaram a segurança dos agentes de saúde. A cidade, que está em situação de emergência por conta das ocorrências de sarampo, já registra 444 casos confirmados da doença desde março deste ano, além da morte de um bebê de sete meses. Mais de 2 mil outros são investigados. Os números altos motivaram o início da vacinação de casa em casa. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda Veja sintomas do sarampo e saiba como se proteger Entenda O público-alvo são crianças a partir dos seis meses a adultos até 49 anos. Dados do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação (Dicar) da Semsa estimam que a população nessa faixa etária seja de 724.028 pessoas e que, aproximadamente, 40% ainda não tenha sido imunizada contra o sarampo. Além das “varreduras”, a Semsa está realizando ações de intensificação da vacina nas áreas urbana e rural, de forma sistemática e seguindo os critérios prioritários de áreas mais afetadas, com maior número de casos. Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1 Números do sarampo em Manaus O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde da segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. No início de julho, a Prefeitura de Manaus decretou situação de emergência e anunciou a intensificação da vacinação na capital. Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora, 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, desde segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais também oferecem a vacina para os alunos e comunidade.
    Cena autoral do reggae e rap manauara se reúnem neste fim de semana no Centro de Manaus

    Cena autoral do reggae e rap manauara se reúnem neste fim de semana no Centro de Manaus


    Ritmos da 'Vibe Positiva' e 'Qua$imorto' vão tomar conta do Mao Hostel neste sábado (21), a partir das 19h. Qua$imorto se apresenta no Mao Hostel durante evento Divulgação Na intenção de unir duas vibrações diferentes no mesmo ambiente, as...


    Ritmos da 'Vibe Positiva' e 'Qua$imorto' vão tomar conta do Mao Hostel neste sábado (21), a partir das 19h. Qua$imorto se apresenta no Mao Hostel durante evento Divulgação Na intenção de unir duas vibrações diferentes no mesmo ambiente, as bandas Qua$imorto e Vibe Positiva se apresentam neste sábado (21) no Mao Hostel, localizado na Rua Barroso, Centro de Manaus. Com junção do rap e do reggae de cada grupo, a festa é intitulada QUA$IVIBE. A união de segmentos como reggae e rap é ainda uma oportunidade de reforçar o entretenimento no Centro Histórico da cidade. Os estilos conversam com o cenário urbano por meio das letras e sonoridade do grupo Qua$imorto e também dialogam com os sons da natureza, já que a Vibe Positiva é um dos principais nomes da nova geração do reggae na capital da Amazônia. Para Victor Xamã, integrante da Qua$imorto, o encontro tem o propósito de agregar o cenário da música regional e também é uma oportunidade de apresentar ao público a junção de dois estilos musicais que contemplam causas sociais, discussões sobre minorias e a realidade nas periferias. Grupo Vibe Positiva levará reggae manauara para festa Divulgação "O cenário da música autoral no Amazonas está em constante ascensão. Hoje Johnny Jack Mesclado, Casa de Caba e Alaídenegão já conseguem lotar o Largo São Sebastião e isso, além de ser algo muito bonito de se ver, significa também que estamos no caminho certo para somar ainda mais a esse momento", afirma o rapper. Enquanto isso, João Feijão, membro da Vibe Positiva, afirma que a união do rap e do reggae no cenário underground sempre foi importante e que, apesar do grupo ter algumas canções românticas, o estilo predominante é o reggae-rock com letras críticas. "Juntar essa galera do reggae e do rap, que estão no mesmo nicho que nós, no mesmo lugar, é algo que nos deixa extremamente felizes, porque nossa interação com a Qua$imorto sempre deu certo, nos damos bem não só como amigos, mas trabalhos futuros também virão por aí. E o público que geralmente vai nos shows já sabe que é uma mistura que anima e é divertida", finaliza o músico. Serviço QUA$IVIBE Dia: 21 de julho (Sábado) Horário: a partir das 19h Local: MAO HOSTEL (Rua Barroso, nº365 - Centro) Atrações: Qua$imorto e Vibe Positiva Ingressos: R$ 15
    Jovem é preso suspeito de falsificar certificados escolares da rede estadual do AM

    Jovem é preso suspeito de falsificar certificados escolares da rede estadual do AM


    Suspeito de 20 anos foi preso em flagrante por venda de certificados falsos de conclusão dos ensinos fundamental e médio da Seduc. Lista de possíveis beneficiários foi apreendida. Certificados com nomes de diversas escolas e lista com nomes de...


    Suspeito de 20 anos foi preso em flagrante por venda de certificados falsos de conclusão dos ensinos fundamental e médio da Seduc. Lista de possíveis beneficiários foi apreendida. Certificados com nomes de diversas escolas e lista com nomes de possíveis beneficiários foram apreendidos Divulgação/SSP-AM Um jovem de 20 anos foi preso na tarde desta sexta-feira (20), na Zona Norte de Manaus, suspeito vender falsos certificados escolares da rede estadual de ensino. Na casa dele, a polícia encontrou diversos documentos públicos falsificados e uma lista com o nome de possíveis beneficiários pelo esquema. A prisão em flagrante ocorreu durante a tarde, após uma denúncia enviada à Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop) da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). A informação era que uma entrega de falsos certificados seria feita em um supermercado localizado na Cidade Nova. Os policiais montaram campana no local e avistaram uma mulher de 49 anos com os documentos. Ao chegar na casa onde funcionava o escritório de falsificação, no bairro Francisca Mendes, a equipe encontrou mais certificados falsificados da Seduc com o nome de diversas escolas. Uma lista com nomes de pessoas que possivelmente compraram os documentos falsos também foi apreendida, além de computadores e impressoras. No local, o jovem de 20 anos admitiu ser o responsável pelo crime. Ele foi preso e levado para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foi indiciado por falsificação de documentos públicos. A pena prevista é de reclusão de dois a seis anos, além de multa. O jovem já teria sido preso antes, aos 18 anos, com um cartão de crédito clonado após tentar pagar uma corrida de táxi. Uma adolescente de 15 anos, que seria namorada do jovem, era responsável pela captação de interessados. Ela e a mulher pega ao fazer a suposta entrega de documentos no supermercado foram encaminhadas ao DIP para prestar esclarecimentos sobre o caso. Seduc vai apurar envolvidos A Seduc enviou uma equipe técnica para a delegacia e confirmou que os documentos apreendidos são falsificados. Os computadores, impressoras, a lista com nomes de possíveis beneficiários, além de mensagens contidas em um telefone celular serão encaminhadas para perícia técnica. Uma cópia da lista apreendida foi entregue a Seduc. Os nomes contidos nela serão investigados para verificar se houve a utilização de documentos falsificados. Caso haja a comprovação, os beneficiários do esquema poderão ser indiciado e responder criminalmente. A Seduc disse por nota que "mantém constante vigilância acerca desse crime de comercialização de certificados, principalmente pelas redes sociais", além de um "registro rigoroso dos certificados emitidos e controla todo o processo".
    Estudante suspeito de tentar estuprar mulher em canoa no Rio Negro é preso dentro de sala de aula no AM

    Estudante suspeito de tentar estuprar mulher em canoa no Rio Negro é preso dentro de sala de aula no AM


    Jovem abordou embarcação e ameaçou vítima com espingarda. Ele foi preso nesta quinta-feira (19), no Careiro da Várzea. Erikyson Florencio da Rocha de 18 anos nega que tenha ameaçado família e tentado estuprar mulher no município do Careiro da...


    Jovem abordou embarcação e ameaçou vítima com espingarda. Ele foi preso nesta quinta-feira (19), no Careiro da Várzea. Erikyson Florencio da Rocha de 18 anos nega que tenha ameaçado família e tentado estuprar mulher no município do Careiro da Várzea, no interior do AM Ive Rylo/ G1 AM Um jovem de 18 anos foi preso suspeito de tentar estuprar uma mulher de 27 dentro de uma canoa no meio do rio Negro. O caso ocorreu nas proximidades do município do Careiro da Várzea, a 25 km de Manaus. Erikyson Florencio da Rocha foi detido dentro da sala de aula, na tarde desta quinta-feira (19). O suspeito nega as acusações. O crime ocorreu no dia 12 de maio deste ano. De acordo com a polícia, de canoa, a mulher voltavam de uma festa, com o marido e o sogro. Já nas proximidades de casa, que fica na comunidade Curari, o suspeito - que estava em outra embarcação - teria se aproximado da canoa em que estava a família e feito ameaças. Antes que a mulher fosse forçada a entrar na canoa do suspeito, a família conseguiu fugir. Eles entraram em uma área de mata. Segundo a polícia, o suspeito ainda tentou seguir a família, mas não conseguiu. "As ameaças eram feitas dentro de bares, em aglomerações de pessoas. Toda a comunidade sabia dessa tentativa de estupro. Ele falava em alto e bom tom que tinha envolvimento com droga e dizia ‘não mexam comigo se não vou matar toda a família’", disse o delegado da 35ª Delegacia Interativa de Polícia (Dip), David Jordão. Espingarda supostamente utilizada no crime, segundo investigações da polícia Ive Rylo/ G1 AM David informou que o jovem já era investigado por suspeita de vender drogas na sala de aula."Ele ia para a escola e tentava passar drogas dentro da escola e vamos tentar prosseguir as investigações quanto a isso. Ele estudava normalmente, mas o ato de ir a escola era só para promover o mal. Isso é o que os comunitários nos passam", afirmou. Ele foi preso preventivamente – com mandado de prisão judicial - na tarde desta quinta-feira, dentro de uma escola estadual. Com ele, foi encontrado um cigarro de maconha. Em seguida, na residência do jovem, foi achada a espingarda com duas munições, possivelmente utilizada no dia do crime. Erykyson informou que não lembra de ter tentado estuprar a mulher. " Eu lembro que parei a voadeira do lado da (canoa) deles. Eu tava vindo da festa e tinha bebido, mas não fiz nada disso", disse. Ele disse ainda que conhece a família da comunidade e que trabalha como agricultor e estuda. Erykson negou também vender drogas. "Ela ficou falando que eu estou ameaçando eles, mas não estou. Ela foi falar isso e o parente dela foi me agredir lá onde eu estudo", denunciou. Jovem é suspeito de tentativa de estupro e de vender drogas dentro de eescola estadual em Careiro da Várzea, aponta a polícia Ive Rylo/ G1 AM O suspeito foi indiciado por tentativa de estupro, ameaça e porte ilegal de arma. Também foi instaurado inquérito para investigar envolvimento com tráfico de drogas. “Ele não teve nenhum respeito, nem marido e nem ao sogro. E com a arma fechou com a lancha da família e até puxou cabelo da vítima dizendo que queria ter relações com ele naquela hora. Para nós ele fala que estava entorpecido e que não se lembra, mas não temos dúvidas”, assegurou o delegado. O jovem ficará preso na dela do 35º Dip, no Careiro da Várzea.
    Em operação, Ibama detecta envolvimento de índios na extração e venda de madeira ilegal na Ponta do Abunã

    Em operação, Ibama detecta envolvimento de índios na extração e venda de madeira ilegal na Ponta do Abunã


    'Sem medo de errar, eu diria que 80% dos índios da aldeia daquela região estão envolvidos', diz Ibama. Operação ocorreu por 30 horas ininterruptas. Máquinas e madeiras foram apreendidas no local. Índios estão envolvidos em extração e venda...


    'Sem medo de errar, eu diria que 80% dos índios da aldeia daquela região estão envolvidos', diz Ibama. Operação ocorreu por 30 horas ininterruptas. Máquinas e madeiras foram apreendidas no local. Índios estão envolvidos em extração e venda ilegal de madeira, diz Ibama O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), junto com o Exército, fez a segunda fase de uma operação que ocorre em três cidades do Norte, inclusive na terra indígena Caxarari. Foram apreendidos maquinários e 60 m³ de madeira extraída ilegalmente. Após as apreensões, Carlos Gadelha, superintendente do Ibama no Acre, disse que foi constatado que indígenas participam diretamente da extração e venda de madeira ilegal. Além da madeira, foram apreendidos 7 caminhões e 45 tratores. As ações ocorreram na região de divisa entre os estados do Acre, Amazonas e Rondônia e se concentraram na ponta do Abunã, em Rondônia, divisa dos estados do Acre e do Amazonas. “Um detalhe que nos chamou a atenção e deixa um rastro de preocupação muito grande é que há uma forte participação dos índios na extração e comercialização da madeira. Sem medo de errar, eu diria que 80% dos índios da aldeia daquela região estão envolvidos na extração e venda ilegal da madeira”, enfatizou. Gadelha destacou ainda que serão necessárias outras operações na região para conter o crime ambiental nas terras indígenas. “Porque são terras da união destinadas à comunidade indígena que está sendo vendidas suas madeiras”, finalizou. Operação O Ibama e o Exército, em maio deste ano, iniciaram essa operação contra o desmatamento ilegal na Ponta do Abunã. Na ocasião, o Exército colocou explosivos em uma pista clandestina construída em uma área da união que foi grilada. Além disso, novos flagrantes de desmatamentos ilegais foram registrados dentro da terra indígena Caxarari. Na região, proliferam o desmatamento e a extração ilegal de madeira. Nos últimos dois anos, segundo o Ibama, foram desmatados 50 mil hectares de floresta. O equivalente a 50 mil campos de futebol ou uma área maior que a cidade de Porto Alegre. Em operação, Ibama detecta envolvimento de índios na extração e venda de madeira ilegal na Ponta do Abunã Reprodução/Rede Amazônica Acre
    Carro capota após colisão em avenida na Zona Norte de Manaus

    Carro capota após colisão em avenida na Zona Norte de Manaus


    Motorista foi encaminhado ao Pronto Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus. Veículo capotou após chocar-se com caminhonete em Manaus Divulgação/PM Um veículo capotou após colisão com uma caminhonete no bairro Monte das Oliveiras, Zona...


    Motorista foi encaminhado ao Pronto Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus. Veículo capotou após chocar-se com caminhonete em Manaus Divulgação/PM Um veículo capotou após colisão com uma caminhonete no bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus. Uma pessoa ficou ferida e foi encaminhada para o Pronto Socorro Platão Araújo, na Zona Leste de Manaus. O acidente ocorreu por volta das 12h, desta terça-feira (20). O acidente ocorreu próximo a um shopping,na avenida Arquiteto José Henrique, sentido bairro centro. De acordo com informações repassadas por testemunhas, o Ford teria atingido a traseira do Siena que rodou na via e acabou capotando. Condutor foi encaminhado ao pronto socorro Platão Araújo em Manaus Divulgação/PM O condutor do Siena ficou lesionado e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU), ao Pronto Socorro Platão Araújo, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. Ainda não ha informações sobre o estado de saúde dele. Agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito de Manaus (Manaustrans) atenderam a ocorrência e auxiliaram na fluidez do tráfego. Siena rodou na avenida após colisão e capotou Divulgação/Manaustrans
    Operação 'Captura' termina com 97 presos e cinco adolescentes apreendidos em Manaus

    Operação 'Captura' termina com 97 presos e cinco adolescentes apreendidos em Manaus


    Durante cinco dias Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão. Último grupo de presos foi apresentado na Delegacia Geral Adneison Severiano/G1 AM A Operação "Captura", deflagrada pela Polícia Civil nesta semana, resultou na...


    Durante cinco dias Polícia Civil cumpriu mandados de prisão e busca e apreensão. Último grupo de presos foi apresentado na Delegacia Geral Adneison Severiano/G1 AM A Operação "Captura", deflagrada pela Polícia Civil nesta semana, resultou na prisão de 97 pessoas e na apreensão de cinco adolescentes, em Manaus. O balanço final da operação foi apresentado nesta sexta-feira (20). Foram cumpridos mandados de prisão criminal e cível na capital. As diligências da operação foram iniciadas na segunda-feira (16) e concluídas nessa sexta. Os resultados da operação são: 97 pessoas presas; 5 adolescentes apreendidos; 72 mandados de prisão cível por falta de pagamento de pensão alimentícia; 25 mandados de prisão preventiva por homicídios, tentativas de homicídios, roubos, furtos tráfico de drogas, estupro, estupro de vulnerável e conversão de pena restritiva de direito em privativa de liberdade; 5 mandados de busca e apreensão. O foco da operação foi cumprir os mandados, retirando das ruas da capital pessoas que são acusadas de cometer crimes e com potencialidade de voltar a efetuar outros delitos. Pessoas inadimplentes com pagamento de pensão alimentícia também foram foco da operação. “Estamos cumprindo nossa missão e dando uma resposta para sociedade no sentido de que algumas pessoas inadimplentes com suas obrigações junto à Justiça, no que diz respeito à pensão alimentícia, terão que pagar. Uns cumpriram com as obrigações e foram postos em liberdade, outros foram recolhidos”, disse o diretor do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Geraldo Eloi. Dos 97 presos cinco são mulheres. Uma delas foi detida por falta de pagamento de pensão alimentícia, mas foi liberada após efetuar pagamento da dívida. Os 91 homens presos serão levados para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM) e as mulheres para o CDPF. Quatro mulheres estão entre os presos por crimes Adneison Severiano/G1 AM

    Assaltantes roubam carro da Manaus Ambiental e rendem funcionário


    Crime ocorreu no Conjunto Viver Melhor 2, na Zona Norte. Assaltantes armados roubaram um carro da concessionária de fornecimento de Água Manaus Ambiental e assaltaram o funcionário da empresa. O caso ocorreu por volta das 23h30 da quarta-feira (18) e...

    Crime ocorreu no Conjunto Viver Melhor 2, na Zona Norte. Assaltantes armados roubaram um carro da concessionária de fornecimento de Água Manaus Ambiental e assaltaram o funcionário da empresa. O caso ocorreu por volta das 23h30 da quarta-feira (18) e foi confirmado pela empresa nesta sexta (20). O assalto e o roubo do carro da Manaus Ambiental ocorreu quando o funcionário, um eletricista, chegava no reservatório de água do Conjunto Viver Melhor 2, na Zona Norte, onde os moradores estavam sem água naquele momento. Armados, os assaltantes tomaram o carro e roubaram os pertences do funcionário. A Manaus Ambiental informou, por meio de nota, que, ao tomar conhecimento do fato, acionou as Polícias Militar e Civil e "todas as medidas cabíveis foram adotadas". A empresa disse que deu todo o suporte ao colaborador e, após os procedimentos legais, o veículo foi recuperado. Os demais encaminhamentos estão sendo dados pelos órgãos de segurança pública.
    Soldado ferido em explosão de balsa do Exército no AM tem mais de 80% do corpo queimado, diz família

    Soldado ferido em explosão de balsa do Exército no AM tem mais de 80% do corpo queimado, diz família


    Incêndio aconteceu na manhã desta quinta-feira (19). Familiares relatam que estado de saúde do soldado é grave. Incêndio ocorreu em balsa no interior do Amazonas Lindon Jonhson/Rede Amazônica Um soldado do Exército, de 18 anos, que ficou...


    Incêndio aconteceu na manhã desta quinta-feira (19). Familiares relatam que estado de saúde do soldado é grave. Incêndio ocorreu em balsa no interior do Amazonas Lindon Jonhson/Rede Amazônica Um soldado do Exército, de 18 anos, que ficou ferido em um incêndio em uma balsa que explodiu durante abastecimento de combustível na manhã desta quinta-feira (19), teve mais de 80% do corpo queimado, segundo informações da família. O caso ocorreu no município de São Gabriel da Cachoeira, situado a 851 Km de Manaus. Outro soldado também ficou ferido durante o incêndio. Ambos devem ser transportados para a capital nesta sexta-feira (20). De acordo com familiares, o soldado de 18 anos sofreu queimaduras de terceiro e quarto grau. O jovem deve passar por uma cirurgia. "O Comando Militar da Amazônia informa que está estável a situação de saúde dos dois militares feridos durante o incêndio na balsa do 2° Batalhão Logístico de Selva, ocorrido na última quinta-feira, 19, no município de São Gabriel da Cachoeira. Os militares foram evacuados, com apoio de uma aeronave, na manhã desta sexta-feira, 20, para o Hospital Militar de Área de Manaus", informou o Exército por meio de nota. Entenda o caso Dois soldados do Exército ficaram feridos durante o abastecimento de combustível em uma balsa, na manhã desta quinta-feira (19). A embarcação estava em um porto em São Gabriel da Cachoeira, e chegou a explodir. O fogo se alastrou e atingiu outras embarcações civis que estavam próximas. Segundo o Comando Militar da Amazônia (CMA), a balsa pertence ao 2° Batalhão Logístico de Selva, e estava ancorada no Porto Queiroz Galvão. A área próxima ao local do incêndio foi isolada e a Polícia do Exército (PE) foi acionada. O CMA afirma que "todos os procedimentos de segurança foram adotados para mitigar os danos causados pelo acidente". A 2ª Brigada de Infantaria de Selva instaurou procedimento administrativo para apurar danos materiais, responsabilidades e causas do acidente.
    Largo de São Sebastião será palco do Malaba Jam Festival, em Manaus

    Largo de São Sebastião será palco do Malaba Jam Festival, em Manaus


    Sexta edição terá homenagem ao músico Maurizio Torres, o Maumao, e ao artista Bob Medina, falecidos neste ano. Banda Alaídenegão é uma das atrações confirmadas para o evento Divulgação/Bruno Kelly A sexta edição do Malaba Jam Festival...


    Sexta edição terá homenagem ao músico Maurizio Torres, o Maumao, e ao artista Bob Medina, falecidos neste ano. Banda Alaídenegão é uma das atrações confirmadas para o evento Divulgação/Bruno Kelly A sexta edição do Malaba Jam Festival será no Largo de São Sebastião, no Centro de Manaus, no dia 4 de agosto, às 16h. O evento contará com uma programação de bandas veteranas, que tocam desde o primeiro evento, e novas atrações. Além do tributo ao Rafael Derzi, o Malaba, músico falecido há cinco anos e que dá nome ao festival, o evento fará homenagem especial aos artistas Maurizio Torres, o Maumao, e a Bob Medina, que também partiram de forma prematura neste ano. A programação inicia com o setlist dos DJs Kimo (Amazontribe) e PH (Jacundá Crew), que se revezam nas pick-ups. Em seguida, a banda O Tronxo, que toca pela primeira vez no festival, leva seu som instrumental o qual reúne referências do post-rock, rock, progressivo, space rock, jazz, música afro, música indígena, carimbó e frevo para o palco do Malaba Jam, com a participação de Marcos Cileno e Marcelo Nakamura. “Entre as músicas do setlist, faremos um frevo psicodélico com o Marquinhos da Cabocrioulo no baixo e o Nakamura entrará com uma mensagem em homenagem ao Malaba, pois eram amigos, com um background musical surpresa”, informou o guitarrista Rafael Borges. A Gramophone, que tocou em 2017 no lançamento do MJF, neste ano, entra na programação oficial com músicas próprias e releituras que passeiam pelo rock, samba, folk, forró, jazz, blues, carimbó, Bossa Nova, MPB, com destaque para o tom popular nas interpretações e toque regional experimental. O convidado para a jam é o cantor Milton Cabocrioulo. As bandas veteranas do festival entram para manter a energia do público em alta. Alaídenegão promete levar seu repertório festivo e dançante.  Frederico Ramos, crooner e garimpeiro da The Stone Ramos, é o convidado especial. Com influências de Teixeira de Manaus, Chico Science e Nação Zumbi e Jorge Bem, Os Tucumanus sobem ao palco na sequência, com seu som regional experimental e repertório 100% autoral, cheio de brasilidade, balanço e rock’n’roll. O reggae da Johnny Jack Mesclado, uma das mais esperadas do evento, encerra o festival mantendo a frequência para lá de positiva. Com 19 anos de estrada, 4 CDs e 2 EPs lançados e muita vibe compartilhada, a experiente Johnny faz seu som autoral que retrata a vida, a luta e o cotidiano das ruas, com letras que também falam de amor. E nos intervalos das bandas, os DJs Tubarão e Portuga comandam o festival em cima de 4 toca-discos tocando ao mesmo tempo.
    Assaltantes invadem agência e arrombam caixas eletrônicos no Centro de Manaus

    Assaltantes invadem agência e arrombam caixas eletrônicos no Centro de Manaus


    Quatro caixas eletrônicos do autoatendimento foram violados com maçarico. Tapumes foram colocados em caixas eletrônicos arrombados em agência bancária no Centro de Manaus Adneison Severiano/G1 AM Uma agência bancária foi invadida por...


    Quatro caixas eletrônicos do autoatendimento foram violados com maçarico. Tapumes foram colocados em caixas eletrônicos arrombados em agência bancária no Centro de Manaus Adneison Severiano/G1 AM Uma agência bancária foi invadida por assaltantes na madrugada desta sexta-feira (20), na rua Guilherme Moreira, Centro de Manaus. Os criminosos arrombaram caixas eletrônicos. O grupo estaria fortemente armado. O valor furtado não foi divulgado. Segundo a Polícia Militar (PM), cerca de cinco assaltantes participaram do crime, que ocorreu por volta das 4h. Quatro caixas eletrônicos do autoatendimento foram violados com maçarico. A PM informou que somente foi acionada após infratores terem deixado a agência. Equipes da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram até local, mas nenhum suspeito foi localizado. Investigadores da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) estiveram na agência para coletar informações e imagens de câmeras de vigilância para iniciar as investigações. Até 10h30, a agência bancária estava fechada, mas funcionários informaram para clientes que o funcionamento deve ser normalizado no fim da manhã. Tapumes foram instalados nos caixas eletrônicos arrombados. A gerência da agência não quis se pronunciar sobre o caso.
    Quadro mais grave da malária leva três cidades a decretar situação de emergência

    Quadro mais grave da malária leva três cidades a decretar situação de emergência


    Medida atinge Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira. Mosquito Anopheles stephensi é vetor da malária (Foto: Jim Gathany/CDC/Reuters) A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu, nesta sexta-feira (20),...


    Medida atinge Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira. Mosquito Anopheles stephensi é vetor da malária (Foto: Jim Gathany/CDC/Reuters) A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil reconheceu, nesta sexta-feira (20), situação de emergência de três municípios amazonenses em razão do aumento brusco, significativo e transitório dos casos de malária. O quadro mais grave da doença com a incidência de infecções geradas por parasita motivou situação de emergência. De acordo com portaria publicada no Diário Oficial da União, as cidades em situação de emergência são: Barcelos - 2.339 casos da doença este ano Santa Isabel do Rio Negro - 1.664 casos da doença este ano São Gabriel da Cachoeira - 8.478 casos da doença este ano Os três municípios ficam localizados no Norte do Amazonas e na faixa de fronteira do Brasil com Venezuela e Colômbia. A maioria da população da região é indígena. Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), a situação do Alto Rio Negro se agravou pela reintrodução do Plasmodium Falciparum, que é um parasita transmitido pelo mesmo vetor da malária, o mosquito Anopheles. O parasita causa quadros mais graves de malária e risco de mortes de pessoas infectadas com a doença. “Não é só o aumento significativo do número de casos, mas também está relacionado ao aumento e reintrodução do Plasmodium Falciparum, que é espécie de Plasmodium que determina quadros graves e determina óbitos. Inclusive, óbitos são determinados na grande maioria por essa espécie de Plasmodium. A preocupação é essa e a dificuldade da própria área”, explicou o diretor presidente da FVS, Bernardino Albuquerque. Na prática, o reconhecimento da situação de emergência permitirá mais celeridade na compra de insumos para as ações de combate e diagnóstico da malária. "Dar maior agilidade na questão de aquisição de insumos e isso tem melhorado a agilidade no que diz respeito ao controle da malária. Outra coisa que vai ser providenciado ainda é questão da aquisição de mosquiteiros impregnados inseticida", esclareceu Albuquerque. Em 2018, uma pessoa com quadro grave de malária com infecção pelo parasita foi transferida do interior do estado para Manaus e sobreviveu por ter recebido o tratamento rapidamente. As ações de combate ao mosquito vetor e diagnóstico da malária já estão sendo executadas, de acordo com a FVS-AM. Porém, o trabalho será intensificado. “No foco do tratamento e diagnóstico precoce, ou seja, tratar pessoas o mais precocemente possível e fazer o diagnóstico laboratorial. No sentido de iniciar o tratamento e evitar exatamente a evolução para casos graves. Isso está sendo feito em toda Calha do Rio Negro. Não só ampliação da rede de diagnóstico pela microscopia, mas utilizando testes rápidos. A questão do combate ao vetor com borrifação intradomiciliar, mas também a borrifação espacial e manejo ambiental, além da parte de educação e saúde da população”, afirmou Bernardino Albuquerque. Incidência O Amazonas liderou a incidência dos casos de malária entre os estados brasileiros e concentrou maior número de casos da doença em 2017, segundo o Ministério da Saúde. Dos 193.876 casos de malária registrados no Brasil, 41,8% dos diagnósticos são de pessoas infectadas nos municípios amazonenses. Em 2016, foram registrados no país 129.248 casos de malária. Manaus e outros nove municípios do Amazonas concentram a maioria dos casos de malária registrados no estado em 2018. Três cidades da Região Metropolitana da capital estão na lista de maior incidência da doença. Nos dois primeiros meses do ano foram registrados 11.707 casos de malária no estado. O que é malária? A malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários, transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles. Apresenta cura se for tratada em tempo oportuno e adequadamente. No entanto, um tratamento tardio ou deficiente pode levar à morte. Infectados com malária têm como sintomas febre alta, calafrios, tremores, sudorese (suor) e dor de cabeça, que podem ocorrer de forma cíclica. Muitas pessoas, antes de apresentarem esses sintomas mais característicos, têm náuseas, vômitos, cansaço e falta de apetite. Ciclo de transmissão da malária TV Bahia/Reprodução
    Estudante é baleado ao sair de escola na Zona Leste de Manaus

    Estudante é baleado ao sair de escola na Zona Leste de Manaus


    Homem de 23 anos foi atingido por três tiros. Escola Municipal Nossa Senhora das Graças Patrick Marques/G1 AM Um homem de 23 anos foi baleado em frente a escola onde estuda, no bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, na noite de...


    Homem de 23 anos foi atingido por três tiros. Escola Municipal Nossa Senhora das Graças Patrick Marques/G1 AM Um homem de 23 anos foi baleado em frente a escola onde estuda, no bairro Colônia Antônio Aleixo, Zona Leste de Manaus, na noite de quinta-feira (19). Ele saía da Escola Municipal Nossa Senhora das Graças, quando homens desceram de um carro e atiraram contra ele. Segundo a polícia, a vítima tem envolvimento com o tráfico de drogas. De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o homem saía da escola por volta das 20h, quando foi baleado. “Quando ele saía, três homens armados desceram de um carro preto que estava aqui na frente e atiraram contra ele. As pessoas puxaram ele para dentro da escola e os três fugiram”, disse uma estudante que preferiu não se identificar. Ainda conforme os Ciops, o estudante foi atingido por três tiros, que o acertaram no ombro, tórax e abdômen. Ele foi socorrido por pessoas que estavam no local e encaminhado para uma unidade de saúde no bairro. Por meio de nota, a Semed negou que houve invasão à Escola Municipal Nossa Senhora das Graças, e que o aluno baleado foi atingido dentro da unidade de ensino. A secretaria informou ainda que as aulas da turma do estudante, que está na Educação e Jovens e Adultos (EJA), tinham encerrado. “Quando ele estava, aproximadamente a 100 metros da unidade, foi alvejado e voltou correndo para o prédio. O estudante foi socorrido e levado ao Hospital Chapot Prevost, também localizado no bairro”, disse a Secretaria.
    Após briga em choperia, homem é baleado e morre na frente de unidade de saúde em Manaus

    Após briga em choperia, homem é baleado e morre na frente de unidade de saúde em Manaus


    Homem foi surpreendido por dupla na entrada do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado. SPA do Coroado, em Manaus Patrick Marques/G1 AM Um homem ainda não identificado foi morto a tiros em frente ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do...


    Homem foi surpreendido por dupla na entrada do Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado. SPA do Coroado, em Manaus Patrick Marques/G1 AM Um homem ainda não identificado foi morto a tiros em frente ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado, na Zona Leste de Manaus, na manhã de sexta-feira (20). Ele teria se desentendido com pessoas em uma choperia e foi espancado. No momento em que chegou na unidade de saúde, dois homens o balearam. De acordo com comerciantes da área, que preferiram não se identificar, o homem chegou a SPA por volta de 4h30. Ele estava com marcas de agressões pelo corpo. Em seguida, dois homens em um carro vermelho chegaram. “O homem que havia sido agredido estava na carroceria de uma pick-up. Antes que o tirassem, para entrar no SPA, os dois homens chegaram. Eles desceram e um atirou umas três vezes contra o que estava na carroceria”, disse um comerciante que preferiu não se identificar. O homem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).
    Inscrições são abertas para o 11º Salão Curupira de Artes Plásticas, no AM

    Inscrições são abertas para o 11º Salão Curupira de Artes Plásticas, no AM


    Haverá premiação em dinheiro para as melhores obras expostas. Evento deve reunir artistas plásticos de diferentes tendências e estilos Divulgação/Amap As inscrições para o 11º Salão Curupira de Artes Plásticas foram abertas e podem ser...


    Haverá premiação em dinheiro para as melhores obras expostas. Evento deve reunir artistas plásticos de diferentes tendências e estilos Divulgação/Amap As inscrições para o 11º Salão Curupira de Artes Plásticas foram abertas e podem ser realizadas até o dia 11 de agosto. O evento é realizado pela Associação Amazonense de Artista Plástico (Amap), em Manaus. São cinco categorias que concorrem a prêmios em dinheiro para as melhores obras. A mostra deve ser realizada no Palacete Provincial, em agosto. De acordo com a associação, as inscrições devem ser realizadas diretamente na sede da Amap, localizada na Rua José Clemente, nº 500, Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Durante as inscrições também devem ser entregue obras dos candidatos. A taxa de inscrição é de R$ 20. Os artistas podem concorrer com até duas obras nas categorias: desenho, pintura, escultura fotografia e grafite. “Este ano vai ser a maior participação dos artistas do interior. O motivo de ser no Palacete Provincial, na Praça da Polícia, nós temos a certeza que vai ter uma participação popular muito boa”, disse Luís Antônio Ferreira, presidente da Amap. O evento reunirá artistas plásticos de diferentes tendências, estilos e técnicas com o objetivo de estimular a produção e a difusão das artes plásticas democratizando o acesso da população à cultura e ao conhecimento artístico como forma de ampliação da sensibilidade humana. Para cada modalidade será conferido um prêmio em dinheiro. Os valores não foram divulgados. Todos os artistas selecionados receberão certificado de participação. A sessão solene de premiação será realizada no dia 30 de agosto, às 19h, no Palacete Provincial.

    Após denúncia, PMs encontram mulher morta a tiros na Zona Norte de Manaus


    De acordo com Ciops, vítima foi atingida por quatro tiros. Uma mulher não identificada foi morta a tiros no bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus, na madrugada de sexta-feira (20). Um dos tiros que atingiram a vítima era de munição calibre 12mm....

    De acordo com Ciops, vítima foi atingida por quatro tiros. Uma mulher não identificada foi morta a tiros no bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus, na madrugada de sexta-feira (20). Um dos tiros que atingiram a vítima era de munição calibre 12mm. Não há informações sobre quem teria cometido o crime. De acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), a Polícia Militar foi informada que uma mulher tinha sido morta, por volta de 1h40, na rua Waldemar Jardim Maués. Os policiais foram ao local e encontraram a vítima. Ainda conforme o Ciops, ela foi atingida por quatro tiros. Um no braço direito, um na lateral da barriga pelo lado esquerdo e dois nas costas, abaixo da nuca. O corpo da mulher foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso, para descobrir quem teria matado a vítima e a motivação do crime.
    Para 71% dos consumidores de Manaus localização de comércio é mais importante que preços de produtos, diz Ifpeam

    Para 71% dos consumidores de Manaus localização de comércio é mais importante que preços de produtos, diz Ifpeam


    56,8% dos consumidores usam dinheiro ou débito automático como principal forma de pagamento. Comércio na Rua Marechal Deodoro, no Centro de Manaus Patrick Marques/G1 AM A Pesquisa de Intenção de Compra e Confiança do Consumidor Manauara...


    56,8% dos consumidores usam dinheiro ou débito automático como principal forma de pagamento. Comércio na Rua Marechal Deodoro, no Centro de Manaus Patrick Marques/G1 AM A Pesquisa de Intenção de Compra e Confiança do Consumidor Manauara realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas Empresariais do Amazonas (Ifpeam), em junho, aponta que 71% dos consumidores escolhem os locais de compra levando em consideração a localização dos estabelecimentos comerciais. Apenas 19% escolhe os locais de compras levando em conta os preços. Os dados foram divulgados na quinta-feira (19). A pesquisa, que ouviu 400 consumidores em Manaus, aponta ainda que a maioria dos entrevistados prefere fazer compras no comércio local (68,5%), seguido do centro da cidade (16,5%) e dos shoppings, com percentual de 15,0%. Quando questionados sobre quais os fatores que influenciam na escolha do local onde costumam fazer compras, além da localização e preços, os aspectos variedade de lojas (9,0%), segurança (7,3%), variedade de produtos (5,3%), promoções e climatização (1,5%) também foram apontados. Os consumidores continuam com suas intenções de compra para os bens de consumo de natureza pessoal. Com destaque para a compra de vestuário (25,9%), calçados (19,7%), móveis e decoração (19,0%), utilidades domésticas (9,5%), veículos (8,8%), materiais de construção (6,8%), celulares (4,8%), informática (2,0%) e tecidos 1,4%. Os dados indicam ainda que, para 93,2% dos consumidores entrevistados, os preços dos produtos para o próximo mês estarão mais altos quando comparados em relação ao mês atual. Pagamento A maioria dos consumidores utilizaram a modalidade dinheiro ou débito automático como principal forma de pagamento (56,8%), no entanto, os consumidores que costumam realizar seus pagamentos por meio de cartão de credito representaram 42,0% do total.
    Empresário é executado após ter carro abordado por grupo de homens encapuzados, em Manaus

    Empresário é executado após ter carro abordado por grupo de homens encapuzados, em Manaus


    Vítima estava sendo seguida por criminosos em um veículo modelo Prisma, no Parque das Laranjeiras. Ele tentou fugir dos disparos por contramão de avenida, mas foi atingido. Suspeitos seguiram empresário da Rua Conde de Sergimirim, no Parque das...


    Vítima estava sendo seguida por criminosos em um veículo modelo Prisma, no Parque das Laranjeiras. Ele tentou fugir dos disparos por contramão de avenida, mas foi atingido. Suspeitos seguiram empresário da Rua Conde de Sergimirim, no Parque das Laranjeiras, atá a Avenida das Torres, na Zona Centro-Sul de Manaus Ive Rylo/G1 AM Um empresário de 34 anos, proprietário de uma empresa de segurança patrimonial em Manaus, foi executado após ter o carro abordado por um grupo de homens encapuzados, na noite desta quinta-feira (19), no bairro Flores, na Zona Centro-Sul. Diversos tiros foram efetuados contra o veículo da vítima, que morreu a caminho do hospital. O crime ocorreu por volta das 22h, no conjunto Parque das Laranjeiras. Segundo a polícia, minutos antes do tiroteio, a vítima estava no carro - um Jeep, de cor branca - na companhia do filho, uma criança de 6 anos. Empresário conseguiu deixar filho em casa antes de ter carro atingido por tiros Ive Rylo/G1 AM Ao perceber que estava sendo seguido, o empresário ligou para familiares e seguiu em alta velocidade até a casa da ex-mulher para deixar o menino em segurança. Conforme relatos repassados à polícia, a criança entrou em casa correndo e a vítima voltou a acelerar logo em seguida. "Ele começou a ser atingido na Rua Conde de Sergimirim e atravessou a Avenida das Torres, subindo no meio-fio. Segundo informações, ele já estava sendo seguido por indivíduos em um carro Prisma de cor escura", disse a sargento da 6ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). O empresário foi atingido no ombro e no coração. Ele ainda foi encaminhado ao Pronto-Socorro 28 de Agosto, no bairro Adrianópolis, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no caminho para a unidade. Aproximadamente 21 disparos atingiram o veículo do empresário Ive Rylo/G1 AM O veículo do empresário estava completamente crivado de tiros. Pelo menos 21 projéteis atingiram a lataria e os vidros do Jeep. A polícia informou que foram encontradas cápsulas de pistola 380 e 40. Os suspeitos fugiram e ainda não foram identificados. Policiais da Delegacia Especializada em Homicidios e Sequestros (DEHS) estiveram no local junto com a perícia para iniciar as investigações em torno do caso. Veículo atingiu a contra-mão e subiu no meio-fio da Avenida das Torres Ive Rylo/G1 AM Pistola 380 e 40 foram utilizadas no crime, de acordo com a polícia Ive Rylo/G1 AM Policiais da DEHS e da 6ª Cicom atenderam a ocorrência Ive Rylo/G1 AM
    Vacinadores recebem apoio policial após traficantes impedirem ação contra sarampo em bairro de Manaus

    Vacinadores recebem apoio policial após traficantes impedirem ação contra sarampo em bairro de Manaus


    Áreas onde equipes de saúde devem atuar vão ser monitoradas pela Polícia Militar, segundo secretário de segurança. Capital tem 444 casos confirmados da doença. Policiamento reforçado garante vacinação contra o sarampo em Manaus Equipes da...


    Áreas onde equipes de saúde devem atuar vão ser monitoradas pela Polícia Militar, segundo secretário de segurança. Capital tem 444 casos confirmados da doença. Policiamento reforçado garante vacinação contra o sarampo em Manaus Equipes da Polícia Militar reforçaram, nesta quinta-feira (19), a segurança de agentes de saúde que fazem vacinação contra o sarampo em Manaus. No dia anterior, vacinadores tinham sido ameaçados por traficantes no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste da cidade. As áreas onde ocorrem as ações contra a doença vão continuar recebendo patrulhamento, segundo o secretário de segurança. A prefeitura e o Estado firmaram parceria para que a imunização chegue nas áreas com maiores índices de criminalidade da cidade. A cidade, que está em situação de emergência por conta das ocorrências de sarampo, já registra 444 casos confirmados da doença desde março deste ano, além da morte de um bebê de sete meses. Mais de 2 mil outros são investigados. Os números altos motivaram o início da vacinação de casa em casa. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda Veja sintomas do sarampo e saiba como se proteger Equipes de saúde aplicam vacina contra sarampo de casa em casa com apoio da polícia Reprodução/Rede Amazônica Como será o patrulhamento De acordo com o titular da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seap), tenente-coronel Klinger Paiva, as equipes de saúde vão ter o contato dos supervisores de área da PM, além do apoio de mais viaturas, que devem patrulhar na mesma área onde as equipes atuam. "Nós fizemos o 'link' do contato do pessoal que vai ficar supervisionando as equipes da prefeitura que estão nas ruas com os supervisores de área, além das viaturas que vão estar na área dando apoio. São mais de 50 equipes (de saúde) e não dá para disponibilizar uma viatura para cada uma, mas teremos viaturas por área", contou. Equipes da Polícia Militar devem fazer patrulhamento durante varredura de vacinação Reprodução/Rede Amazônica Equipes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) e do Policiamento Especializado também vão ser mobilizadas para atuação em apoio à campanha de imunização. Segundo o secretário, os bairros Jorge Teixeira e São José, ambos na Zona Leste – a segunda região da capital com maior número de registros da doença, perdendo para a Zona Norte – vão ser os primeiros a receber o reforço no policiamento. "O Jorge Teixeira é um bairro que a gente tem um cuidado especial por conta do tamanho, da geografia e do número de ocorrências. Já temos operações rotineiras para a localidade. Temos também o São José." "Onde tiver algum lugar de difícil acesso, que possa ter uma represália, estaremos reforçando [o policiamento] até o final da campanha de vacinação", disse. Retorno após ameaças de traficantes Equipes da PM, o prefeito de Manaus Arthur Neto e parte do secretariado municipal voltaram para as ruas Goiabeiras e Carapanauba, que foram bloqueadas pelos traficantes, na noite desta quinta-feira (19). O motoboy Aldemar da Cruz Veloso, de 24 anos, aproveitou a oferta na porta de casa para tomar a vacina. "Aproveitei vacinar porque é importante para a saúde da gente. Com os agentes conseguindo vir em casa facilita para a gente que passa o dia trabalhando", afirmou. Ele lamentou o fato dos agentes de saúde terem sido impedidos de entrarem para aplicar a vacina. "Acho isso uma loucura eles [criminosos] impedirem da gente tomar vacina, é a saúde da gente." "Tem que deixar entrar na comunidade para a gente se vacinar. Quando o Estado quer fazer o papel dele, ainda impedem", disse Aldemar. Vacinas foram retomadas também durante a noite após ameaças de traficantes Ive Rylo/G1 Se por um lado os agentes têm sentido dificuldades para entrar em ruas da Zona Leste por conta da atuação do crime organizado, por outro, a recepção dos moradores tem facilitado a continuidade do serviço. "Tem sido ótima essa experiência de vacinar. As pessoas estão colaborando bastante, estão abrindo suas casas para nós, nos tratam muito bem", disse o técnico de enfermagem, André Felizardo. De casa em casa, a dupla de agentes André Felizardo e Marivone Perpetua percorreram as etapas 1 e 2 do bairro Jorge Teixeira, entre 13h e 20h. "Eles chamam a gente, já esperam a gente com o cartão de vacinação na mão, na porta de casa. Nos agradecem, querem nos presentear. A população está ajudando muito", disse técnico de enfermagem. 'Varredura' contra sarampo São aproximadamente 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, indo de casa em casa. A meta da prefeitura é visitar cerca de 110 imóveis e verificar a situação vacinal de mais de 204 mil pessoas, nos bairros Jorge Teixeira, na Zona Leste; Novo Aleixo e Cidade Nova, na Zona Norte e na Comunidade do Pau Rosa, localizada na Zona Rural de Manaus. O prefeito reforçou o acordo para apoio de segurança firmado com o governo. "Acertei tudo com o governador Amazonino Mendes. O estado não pertence ao tráfico e sim aos amazonenses. Todos precisam ser vacinados, inclusive se soubermos de algum traficante que esteja precisando de vacina, não tenho nada contra vaciná-lo, porque isso significa dar atendimento universal", completou Arthur. Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1 Números do sarampo em Manaus O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde da segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. No início de julho, a Prefeitura de Manaus decretou situação de emergência e anunciou a intensificação da vacinação na capital. Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora, 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, desde segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais também oferecem a vacina para os alunos e comunidade.
    Dupla é executada a tiros por homens em moto e polícia suspeita de acerto de contas, em Manaus

    Dupla é executada a tiros por homens em moto e polícia suspeita de acerto de contas, em Manaus


    Caso ocorreu no fim da tarde desta quinta-feira (19), no bairro Petrópolis, Zona Sul da capital. Crime ocorreu em via pública, no fim da tarde; corpo foi removido já durante a noite Eliton Lima/Rede Amazônica Dois homens foram assassinados no fim...


    Caso ocorreu no fim da tarde desta quinta-feira (19), no bairro Petrópolis, Zona Sul da capital. Crime ocorreu em via pública, no fim da tarde; corpo foi removido já durante a noite Eliton Lima/Rede Amazônica Dois homens foram assassinados no fim da tarde desta quinta-feira (19), no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus. A suspeita da Polícia Civil é que o crime tenha sido motivado por um acerto de contas. O crime ocorreu na Rua Danilo Correa, por volta de 17h30. Segundo a polícia, dois homens armados em uma motocicleta perseguiram e executaram um homem de 35 anos, com cinco tiros. Testemunhas disseram que a outra vítima, um jovem de 19 anos, também estava no local e morreu após ser baleado por um tiro. Ao todo, seis cápsulas de pistola 380 foram encontradas pela perícia. Para o delegado plantonista do 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Fabiano Nascimento, o assassinato tem característica de acerto de contas. "Provavelmente foi uma execução, pelas forma como foi, sem chance das vítimas correrem, já chegaram em cima atirando. Uma das vítimas ainda tentou escapar, mas acabou sendo atingida por um tiro", disse. O caso vai ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). *(Colaborou Meike Farias, do Grupo Rede Amazônica)
    Bombeiros encontram parte de couro cabeludo em cachoeira onde mulher desapareceu no AM

    Bombeiros encontram parte de couro cabeludo em cachoeira onde mulher desapareceu no AM


    Buscas pela carioca que caiu da Cachoeira do Santuário ao tirar 'selfie' chegaram ao 11º dia nesta quinta-feira (19). Ela caiu de altura de 12 metros. Buscas em superfície foram realizadas na cachoeira Divulgação/Corpo de Bombeiros Equipes do...


    Buscas pela carioca que caiu da Cachoeira do Santuário ao tirar 'selfie' chegaram ao 11º dia nesta quinta-feira (19). Ela caiu de altura de 12 metros. Buscas em superfície foram realizadas na cachoeira Divulgação/Corpo de Bombeiros Equipes do Corpo de Bombeiros que atuam nas buscas pela contadora carioca de 30 anos, que desapareceu após cair da Cachoeira do Santuário, em Presidente Figueiredo, a 127 km de Manaus, encontram parte do que pode ser um couro cabeludo humano, nesta quinta-feira (19). A informação foi divulgada pela corporação nesta noite, após o 11º dia de buscas pela mulher no local. A contadora caiu de uma altura de 12 metros no dia 8 deste mês, quando fazia uma "selfie" em uma área onde não é permitido o acesso de visitantes. Durante o dia, a equipe de mergulho realizou buscas submersas na carverna e relatou dificuldades para acessar o local. Apesar disso, os mergulhadores informaram ter sentido um forte odor vindo de uma das fendas da cachoeira. Já depois, durante as buscas em superfície, os bombeiros encontraram o que acreditam ser parte de um couro cabeludo humano, com cabelos escuros. As buscas devem seguir nesta sexta-feira (20) e devem ficar concentradas na fenda onde a equipe sentiu o forte odor. Cachoeira do Santuário em Presidente Figueiredo, no AM Divulgação/ Guarda Municipal de Presidente Figueiredo Local do desaparecimento Cachoeira do Santuário, onde a contadora desapareceu, fica no em uma Reserva Particular de Patrimônio Natural (RPPN) e possui 100 hectares. Por conta das belezas naturais, o local é muito procurado por turistas. As quedas d'água fizeram o município de Presidente Figueiredo, ficar conhecido como “A terra das Cachoeiras”. No local há 49 cachoeiras catalogadas, sete corredeiras, nove cavernas e grutas.
    Fiscalização flagra furto de energia em 9 imóveis e homem acaba preso, na Zona Oeste de Manaus

    Fiscalização flagra furto de energia em 9 imóveis e homem acaba preso, na Zona Oeste de Manaus


    Irregularidades foram identificadas em uma única rua do bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste. Igreja, restaurante e pizzaria estão entre locais notificados. Imóveis onde furtos de energia foram identificados estavam no nome da mesma...


    Irregularidades foram identificadas em uma única rua do bairro Lírio do Vale, na Zona Oeste. Igreja, restaurante e pizzaria estão entre locais notificados. Imóveis onde furtos de energia foram identificados estavam no nome da mesma pessoa Divulgação/Polícia Civil Uma fiscalização realizada pela Polícia Civil e Eletrobras, nesta quinta-feira (19), identificou furto de energias em nove imóveis, todos situados na rua Canopus, bairro Lírio do Vale, Zona Oeste de Manaus. O gerente de um supermercado de 32 anos, que também tinha consumo ilegal de energia, foi preso. A ação contou com equipes da Delegacia Especializada em Combate ao Furto de Energia, Água, Gás e Serviços de Telecomunicações (DECFS), Eletrobras Amazonas Energia e peritos do Instituto de Criminalística (IC). Segundo o delegado Thomaz Vasconcelos, as equipes constataram furto de energia nove propriedades naquela localidade, sendo um supermercado, um restaurante e pizzaria, uma igreja, três lojas e três casas. O titular da DECFS relatou que a unidade consumidora que abastece os nove imóveis, registrados no nome de uma única pessoa, havia sido cortada no dia 28 de maio deste ano por conta de uma dívida em aberto junto à concessionária de energia no valor de R$ 459.472,90. "Desta forma, não poderia estar com o fornecimento de energia regular, uma vez que o débito junto à Eletrobras não havia sido quitado", exeplicou. Conforme Vasconcelos, as diligências em torno do caso foram iniciadas após um representante da Eletrobras notificar a equipe da DECFS sobre a suspeita de um imóvel situado na rua. A partir dessa informação foi protocolada a requisição de perícia para inspeção no local. Energia havia sido cortada por conta de dívida com Eletrobras, mas foi religada clandestinamente Divulgação/Polícia Civil "Nos deslocamos inicialmente até o supermercado, onde fomos recebidos por um homem que se apresentou como gerente do estabelecimento, alugado por ele. Durante fiscalização pela parte dos fundos do imóvel, na travessa Girassol, verificamos a existência de duas ligações clandestinas, fornecendo energia elétrica ao supermercado", informou Vasconcelos. Ao longo da ação, as equipes identificaram que, além do supermercado, os outros oito imóveis estavam sendo beneficiados pela prática ilícita, sendo abastecidos por quatro ligações clandestinas ligadas de forma direta à rede de abastecimento da Eletrobras. Por ser inquilino, o gerente do supermercado foi responsabilizado apenas pelas duas ligações clandestinas encontradas no local. O gerente do supermercado foi autuado em flagrante por furto de energia. A autoridade policial arbitrou fiança no valor de R$ 5 mil. O pagamento foi efetuado e o homem foi liberado para responder pelo crime em liberdade. Já os demais imóveis, a responsabilização dos desvios serão atribuídas ao proprietário. Ele foi notificado para comparecer à DECFS para prestar esclarecimentos em torno das irregularidades identificadas.

    Motorista que invadiu contramão e atingiu moto com 3 pessoas em Manaus disse que teve 'mal súbito' ao volante


    Ocupantes de motocicleta foram arremessados com a colisão, que ocorreu na quarta-feira (18), no bairro Novo Aleixo. Câmera de segurança flagrou acidente. Câmera flagra acidente entre moto e carro após veículo invadir contramão, em Manaus O...

    Ocupantes de motocicleta foram arremessados com a colisão, que ocorreu na quarta-feira (18), no bairro Novo Aleixo. Câmera de segurança flagrou acidente. Câmera flagra acidente entre moto e carro após veículo invadir contramão, em Manaus O motorista de 46 anos que invadiu a contramão e atingiu três pessoas em uma motocicleta na quarta-feira (18), na Zona Norte de Manaus, disse à polícia que teve um mal súbido ao volante e perdeu o controle do veículo. Os ocupantes da moto foram arremessados e ficaram feridos. O caso ocorreu por volta de 11h, na rua Corcovado - antiga rua 219 -, no bairro Novo Aleixo. O acidente foi todo filmado por uma câmera de segurança de um imóvel nas proximidades (veja vídeo). Após o acidente, o homem prestou depoimento no 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde justificou o ocorrido. Ele foi submetido ao teste do bafômetro e, segundo a Polícia Civil, o exame deu negativo para embriaguez. As vítimas foram socorridas e encaminhadas para o Hospital e Pronto-Socorro Doutor Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, onde recebem atendimento médico. Um Inquérito Policial será instaurado na unidade policial para apurar o fato e, quando liberadas do hospital, as vítimas devem ser chamadas à delegacia para serem ouvidas.
    TJ-AM encaminha lote com mais de 400 armas para incineração

    TJ-AM encaminha lote com mais de 400 armas para incineração


    Material enviado para destruição incluiu espingardas, pistolas, revólveres, metralhadoras e armas de brinquedo. Armas encaminhadas para Exército destruir Chico Batata O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) encaminhou na quarta-feira (18) um...


    Material enviado para destruição incluiu espingardas, pistolas, revólveres, metralhadoras e armas de brinquedo. Armas encaminhadas para Exército destruir Chico Batata O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) encaminhou na quarta-feira (18) um lote com 446 armas para serem destruídas pelo Exército Brasileiro. As armas passam por um processo de destruição em uma prensa e, em seguida, são incineradas num processo que utiliza produto químico, transformando o material prensado em blocos de ferro. O material enviado para destruição incluiu espingardas, pistolas, revólveres, metralhadoras e simulacros (armas de brinquedo). As armas faziam parte de processos que tramitam nas Varas Criminais da Comarca de Manaus e também de fóruns do interior. Este foi o terceiro lote de armas destruídas somente em 2018. Nos últimos sete anos, o Tribunal de Justiça do Amazonas já encaminhou ao Exército mais de dez mil armas de fogo para destruição.
    Vacinação é retomada em casas da Zona Leste um dia após traficantes impedirem varredura contra sarampo

    Vacinação é retomada em casas da Zona Leste um dia após traficantes impedirem varredura contra sarampo


    Agentes de saúde atuam em casas do bairro Jorge Teixeira; Manaus passa por epidemia da doença. Vacinação contra sarampo na Zona Leste de Manaus Patrick Marques/G1 AM As ações de vacinação contra sarampo foram retomadas na tarde desta...


    Agentes de saúde atuam em casas do bairro Jorge Teixeira; Manaus passa por epidemia da doença. Vacinação contra sarampo na Zona Leste de Manaus Patrick Marques/G1 AM As ações de vacinação contra sarampo foram retomadas na tarde desta quinta-feira (19), no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus. Na noite de quarta (18), traficantes impediram agentes de saúde de fazer trabalho de imunização contra sarampo. O policiamento na área foi reforçado para dar apoio ao trabalho de vacinação após o ocorrido. A capital do Amazonas, que está em situação de emergência, já registra mais de 400 casos de sarampo confirmados, desde março deste ano, além da morte de uma criança de sete meses. Em razão disso, agentes atuam de casa em casa para aplicar doses de vacina. As atividades começaram por volta de 14h30, no bairro Jorge Teixeira e devem seguir até 20h, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). As vacinações foram feitas em uma área diferente da que a atividade foi interrompida, na quarta-feira (18). Agentes de saúde andaram por ruas do bairro, de casa em casa, para vacinarem pessoas contra sarampo Patrick Marques/G1 AM Na ocasião, agentes de saúde andaram por ruas do bairro, de casa em casa. Eles checaram os cartões de vacina de cada morador. Quem ainda não estava imunizado, foi vacinado contra o sarampo. Uma das pessoas vacinadas foi a dona de casa Eligeiza Costa, de 37 anos. Ela mora com dois filhos e o marido. Segundo a dona de casa, ela era a única que ainda não havia se vacinado contra o sarampo e aproveitou a visita dos agentes de saúde. "Tem muitas pessoas que não procuram postos de saúde. Eu era uma, que ainda não tinha ido me vacinar. É muito bom os agentes irem aos bairros, escolas para vacinarem as pessoas", disse Eligeiza. A dona de casa Eligeiza Costa, de 37 anos, foi vacinada contra o sarampo por agentes de saúde. Patrick Marques/G1 AM A auxiliar de cozinha Kedna de Souza dos Santos, de 29 anos, também se vacinou contra o sarampo. Ela mora com uma filha e marido. Os agentes chegaram até a casa deles por volta de 15h30, checaram os cartões de vacina e viram que ela era a única que ainda precisava se vacinar. "Eu estava esperando uma oportunidade para ir em alguma unidade de saúde para tomar. Hoje os agentes vieram, e foi melhor. Agora estamos todos imunizados contra o sarampo, aqui em casa", afirmou Kedna. A auxiliar de cozinha Kedna de Souza dos Santos foi vacinada contra o sarampo em ação de vacinação na Zona Leste de Manaus Patrick Marques/G1 AM Sarampo O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde da segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. No início de julho, a Prefeitura de Manaus decretou situação de emergência e anunciou a intensificação da vacinação na capital. Casas, estabelecimentos comerciais e escolas passaram a receber visitas de agentes de saúde. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda CASOS de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. Após ser decretada situação de emergência devido à epidemia de sarampo em Manaus, a cobertura de vacinação foi ampliada na capital. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, a desde segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para os alunos e comunidade. Campanha nas ruas Após o decreto de emergência, no início de julho, a Prefeitura de Manaus anunciou a intensificação da vacinação na capital. Casas, estabelecimentos comerciais e escolas passaram a receber visitas de agentes de saúde. De acordo com a Prefeitura, 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, atuam nas ruas para operacionalizar uma varredura vacinal. O trabalho é realizado diariamente durante seis semanas, das 15h às 20h. A ação emergencial iniciou na segunda-feira (16). Vacinação contra sarampo na Zona Leste de Manaus Patrick Marques/G1 AM Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. Após ser decretada situação de emergência devido à epidemia de sarampo em Manaus, a cobertura de vacinação foi ampliada na capital. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, a partir desta segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para os alunos e comunidade. Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1

    Aprovados no Prêmio Manaus de Audiovisual 2018 têm até esta sexta (20) para entregar documentação


    Aviso de convocação foi publicado no Diário Oficial do Município. Os proponentes aprovados no Edital Nº 003/2018 - Concurso Prêmio Manaus de Audiovisual 2018 têm até esta sexta-feira (20) às 17h, para entregar a documentação exigida no...

    Aviso de convocação foi publicado no Diário Oficial do Município. Os proponentes aprovados no Edital Nº 003/2018 - Concurso Prêmio Manaus de Audiovisual 2018 têm até esta sexta-feira (20) às 17h, para entregar a documentação exigida no edital. O Aviso de Convocação foi publicado na edição 4.396, do Diário Oficial do Município (DOM) do dia 10 de julho, e também pode ser consultado no portal Viva Manaus. Os três aprovados no Módulo 2 devem entregar os documentos exigidos no item 6.6. Já os projetos contemplados pelo Módulo 1 obedecerão às normas do fundo para contratação de investimentos nos termos do Regulamento Geral do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav), bem como as regras relativas aos direitos sobre conteúdos produzidos ou distribuídos, ao retorno financeiro ao FSA e à prestação de contas conforme o Anexo IV – Parâmetros para contratação do FSA – Projetos de Produção.

    Ufam abre concurso com mais de 40 vagas para níveis médio e superior


    Provas serão realizadas no dia 16 de setembro. A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) abriu dois editais para concursos para Técnico-administrativos em Educação de nível médio e de nível superior. O exame disponibiliza 17 vagas para os cargos...

    Provas serão realizadas no dia 16 de setembro. A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) abriu dois editais para concursos para Técnico-administrativos em Educação de nível médio e de nível superior. O exame disponibiliza 17 vagas para os cargos de nível médio e 25 vagas para nível superior. Para participar do concurso, os interessados devem se inscrever no período de 6 de agosto até 17h do dia 21 de agosto no site da Comissão Permanente de Concursos. Entre os cargos disponíveis para nível médio, estão Técnico em Agropecuária, Técnico em Eletromecânica e Técnico em Enfermagem. Entre os cargos para nível superior estão os de Arquivista, Fisioterapeuta, Programador Visual, Contador, entre outros. O salário para os cargos de nível médio é de R$ 2.446,96 e para nível superior, R$ 4.180,66 O valor da taxa de inscrição nos concursos é de R$ 75,00 para candidatos aos cargos de nível médio e de R$ 95,00 para os cargos de nível superior. As provas serão realizadas no dia 16 de setembro, conforme os editais, no horário de 08h15 às 12h15 (horário oficial de Manaus), em Coari, Humaitá, Itacoatiara, Parintins e na capital amazonense. A maioria dos cargos realizará provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório. Apenas o cargo de Tradutor e Intérprete de Linguagem de Sinais (Libras) contará também com prova prática.

    MPF recomenda suspensão de leilão da Amazonas Energia


    Para órgão, pregão só deve ocorrer após conclusão de desverticalização da empresa, entre outros procedimentos. O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas expediu recomendação ao ministro de Minas e Energia e ao superintendente da área de...

    Para órgão, pregão só deve ocorrer após conclusão de desverticalização da empresa, entre outros procedimentos. O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas expediu recomendação ao ministro de Minas e Energia e ao superintendente da área de Desestatização e Estruturação de Projetos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para que o leilão da Amazonas Energia seja suspenso. O pregão estava marcado para ocorrer no dia 26 de julho. Para o MPF, o leilão só deve ocorrer após a conclusão das discussões no Congresso Nacional sobre o projeto de Lei 10.332/2018; a conclusão do procedimento de desverticalização da empresa; e a deliberação, pelo Tribunal de Contas da União (TCU), sobre novo estudo fundamentado a respeito do impacto das deliberações e de eventual alteração dos contornos jurídicos, econômicos e financeiros da desestatização da Amazonas Energia. Ainda segundo a recomendação, a realização do leilão da Amazonas Energia no momento atual "ocorreria de maneira precipitada", em virtude de fatores como: insegurança nos campos jurídico, econômico e financeiro; alegada ausência de autorização legislativa prévia para a realização do ato; decisões judiciais que determinaram em caráter liminar a suspensão do leilão e ausência de conclusão do processo de desverticalização da concessionária. O Ministério das Minas e Energia e o BNDES têm até 23 de julho para responder sobre o acatamento da recomendação. O G1 aguarda resposta do Ministério sobre a recomendação. Já o BNDES disse que ainda "não tem posicionamento sobre o assunto".

    No AM, mais de 26,9 mil trabalhadores têm novo prazo para sacar abono


    Pagamento do ano-base 2016 será reiniciado no próximo dia 26 de julho; valor disponível para trabalhadores no estado chega a mais de R$ 19,5 milhões Mais de 26,9 trabalhadores que não sacaram o Abono Salarial ano-base 2016 no Amazonas terão nova...

    Pagamento do ano-base 2016 será reiniciado no próximo dia 26 de julho; valor disponível para trabalhadores no estado chega a mais de R$ 19,5 milhões Mais de 26,9 trabalhadores que não sacaram o Abono Salarial ano-base 2016 no Amazonas terão nova oportunidade. A reabertura do prazo foi autorizada na quarta-feira (11), em resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat). O prazo, que terminou em 29 de junho, será reaberto em 26 de julho, e os trabalhadores terão até 30 de dezembro para retirar o dinheiro. O pagamento do benefício referente a 2017 também começará a ser pago no dia 26 de julho. O valor do Abono Salarial 2016 disponível para os trabalhadores amazonenses chega a R$ 19.592.862,68. É o segundo maior valor na região Norte, onde o benefício poderá ser retirado por mais de 135 mil trabalhadores, totalizando R$ 101.437.589,59. No total, em todo o Brasil, são quase dois milhões de trabalhadores que não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,97% do total de pessoas com direito ao recurso. O valor ainda disponível chega a R$ 1,44 bilhão. Este é o terceiro ano consecutivo em que ocorre prorrogação – no ano passado, essa mesma medida foi tomada. A reabertura do prazo atende um pedido dos representantes dos trabalhadores no Codefat. O valor que cada trabalhador tem para sacar depende de quanto tempo ele trabalhou formalmente em 2016. Quem trabalhou o ano todo recebe o valor cheio, que equivale a um salário mínimo (RS 954). Quem trabalhou por apenas 30 dias recebe o valor mínimo, que é R$ 80. Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Os trabalhadores da iniciativa privada devem procurar a Caixa. A consulta pode ser feita pessoalmente, pela internet ou no telefone 0800-726 02 07. Para os servidores públicos, a referência é o Banco do Brasil, que também fornece informações pessoalmente, pela internet e pelo telefone 0800-729 00 01.
    Seis são presos em operação em área onde traficantes impediram agentes de saúde de aplicar vacina contra sarampo em Manaus

    Seis são presos em operação em área onde traficantes impediram agentes de saúde de aplicar vacina contra sarampo em Manaus


    Presos são suspeitos de crimes, entre eles posse ilegal de arma de fogo. Polícia faz operação no bairro Jorge Teixeira Patrick Marques/G1 AM Seis pessoas foram presas nesta quinta-feira (19) durante operação de segurança no bairro Jorge...


    Presos são suspeitos de crimes, entre eles posse ilegal de arma de fogo. Polícia faz operação no bairro Jorge Teixeira Patrick Marques/G1 AM Seis pessoas foram presas nesta quinta-feira (19) durante operação de segurança no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus, mesma área onde traficantes impediram agentes de saúde de fazer trabalho de imunização contra sarampo na noite de quarta-feira (18). Os presos são suspeitos de crimes, entre eles posse ilegal de arma de fogo. A capital do Amazonas, que está em situação de emergência, já registra mais de 400 casos de sarampo confirmados, desde março deste ano, além da morte de uma criança de sete meses. Em razão disso, agentes atuam de casa em casa para aplicar doses de vacina. Segundo a Prefeitura de Manaus, traficantes fecharam duas ruas do bairro e não deixaram os agentes de imunização seguirem com a varredura vacinal nas residências em uma das áreas com maior número de casos da doença. O trabalho terminou por volta das 19h dessa quarta-feira, uma hora antes do previsto. A operação de reforço na segurança iniciou pela manhã com barreiras nas ruas. Motoristas foram abordados e veículos vistoriados. Durante a ação, seis pessoas foram detidas. Uma delas estava com uma arma e, ao menos, duas pessoas estavam com carro roubado. A Secretária de Segurança informou que eles não têm relação com a situação envolvendo os agentes de saúde. Todos foram levados para a delegacia. Sarampo O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde da segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. No início de julho, a Prefeitura de Manaus decretou situação de emergência e anunciou a intensificação da vacinação na capital. Casas, estabelecimentos comerciais e escolas passaram a receber visitas de agentes de saúde. De acordo com a Prefeitura, 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, atuam nas ruas para operacionalizar uma varredura vacinal. O trabalho é realizado diariamente durante seis semanas, das 15h às 20h. A ação emergencial iniciou na segunda-feira (16). VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda CASOS de sarampo aumentam no país; veja sintomas e como se proteger Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. Após ser decretada situação de emergência devido à epidemia de sarampo em Manaus, a cobertura de vacinação foi ampliada na capital. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, a desde segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para os alunos e comunidade. Campanha nas ruas Após o decreto de emergência, no início de julho, a Prefeitura de Manaus anunciou a intensificação da vacinação na capital. Casas, estabelecimentos comerciais e escolas passaram a receber visitas de agentes de saúde. De acordo com a Prefeitura, 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, atuam nas ruas para operacionalizar uma varredura vacinal. O trabalho é realizado diariamente durante seis semanas, das 15h às 20h. A ação emergencial iniciou na segunda-feira (16). Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. Após ser decretada situação de emergência devido à epidemia de sarampo em Manaus, a cobertura de vacinação foi ampliada na capital. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, a partir desta segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para os alunos e comunidade. Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1