G1 > Acre

    Dupla invade loja e ameaça funcionários com escopeta durante assalto em Cruzeiro do Sul

    Dupla invade loja e ameaça funcionários com escopeta durante assalto em Cruzeiro do Sul


    Crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (17). Ação foi flagrada por câmeras de segurança. Dupla invade loja e ameaça funcionários com escopeta durante assalto em Cruzeiro do Sul Reprodução Uma loja de eletrodomésticos foi invadida na...


    Crime aconteceu na tarde desta sexta-feira (17). Ação foi flagrada por câmeras de segurança. Dupla invade loja e ameaça funcionários com escopeta durante assalto em Cruzeiro do Sul Reprodução Uma loja de eletrodomésticos foi invadida na tarde desta sexta-feira (17), no Centro de Cruzeiro do Sul, por uma dupla armada, que rendeu e ameaçou os funcionários enquanto roubavam telefones celulares. Ao todo, cinco aparelhos foram levados – três dos funcionários e dois da loja. Um dos criminosos estava com uma escopeta. A ação foi flagrada por câmeras de segurança e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil da cidade. Os dois criminosos só foram embora quando o alarme tocou, por isso, não chegaram a levar nenhum dinheiro do caixa. No momento do assalto, quatro vendedores estavam na loja. A polícia chegou a fazer buscas no local, mas não encontrou nenhuma pista dos suspeitos.
    Mais três foragidos de presídio do interior do Acre são presos em comunidade da zona rural

    Mais três foragidos de presídio do interior do Acre são presos em comunidade da zona rural


    Presos estavam escondidos a quatro horas de viagem da zona urbana. Fuga em massa ocorreu no último dia 15, em Feijó. Mais três foragidos de presídio do interior do Acre são presos em comunidade da zona rural Divulgação/PM-AC Mais três presos...


    Presos estavam escondidos a quatro horas de viagem da zona urbana. Fuga em massa ocorreu no último dia 15, em Feijó. Mais três foragidos de presídio do interior do Acre são presos em comunidade da zona rural Divulgação/PM-AC Mais três presos que fugiram do presídio de Feijó no último dia 12 foram recapturados ainda nesta sexta-feira (17). Policiais militares e agentes penitenciários encontraram André Moura da Silva, Elieuson Melo de Souza e Cleyton da Silva escondidos em uma comunidade da zona rural do município, no interior do Acre. No dia da fuga, 15 presos conseguiram fazer um buraco em uma das celas da unidade e pularam o muro. Todos dividiam a mesma cela. O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) disse que abriu um inquérito administrativo para apurar as circunstâncias em que ocorreu a fuga. Com isso, quatro seguem foragidos. A coordenação de segurança da unidade informou que a comunidade fica na Boca do Igarapé Saúde, baixo do Rio Envira. Após quatro horas de viagem de barco, os policiais conseguiram capturar o trio. Os presos que continuam foragidos são: José Francisco Lima da Silva; Júnior Pereira da Silva; Jonas de Oliveira Ferreira; Castro Sousa e Sousa.
    Eletricista morre após invadir contramão e bater contra caminhonete em rodovia do Acre

    Eletricista morre após invadir contramão e bater contra caminhonete em rodovia do Acre


    Eldon Carneiro era servidor da Eletrobras Distribuição Acre. Acidente ocorreu no km 144 da BR-346, estrada do aeroporto de Rio Branco. Eletricista morreu em acidente na madrugada deste sábado (18) Arquivo pessoal O eletricista Eldon Monteiro...


    Eldon Carneiro era servidor da Eletrobras Distribuição Acre. Acidente ocorreu no km 144 da BR-346, estrada do aeroporto de Rio Branco. Eletricista morreu em acidente na madrugada deste sábado (18) Arquivo pessoal O eletricista Eldon Monteiro Carneiro, de 39 anos, morreu na madrugada deste sábado (18) em um acidente de trânsito no km 144 da BR-364, estrada do aeroporto de Rio Branco. Carneiro era funcionário da Eletrobras Distribuição Acre. Um colega de trabalho informou ao G1 que ele invadiu a contramão e bateu contra uma caminhonete. A vítima morreu no local do acidente. O corpo foi liberado para os familiares na manhã deste sábado. A Eletrobras informou que uma assistente social acompanha os familiares e amigos para prestar assistência. O órgão lamentou a morte do servidor e ressaltou a competência e dedicação dele no trabalho. “Estava com uma moto de alta cilindrada e entrou na contramão. Trabalhávamos juntos, hoje a gente ia fazer um serviço na BR. Trabalhamos ontem [sexta,17] e hoje de novo. Uma fatalidade”, falou um colega que pediu para não ser identificado. A Eletrobras falou que o velório do servidor deve ocorrer na igreja Assembleia de Deus do Conjunto Universitário III. O eletricista deixa esposa e três filhos.
    Fã de esportes, pai registra filhos com nomes de ex-pilotos de Fórmula 1, jogador polonês e ex-velocista Bolt no Acre

    Fã de esportes, pai registra filhos com nomes de ex-pilotos de Fórmula 1, jogador polonês e ex-velocista Bolt no Acre


    Reutman, Ferroni, Boniek e Bolt são os homenageados pelo pai fã de esportes. Francisco da Cruz diz que objetivo era fugir do comum e que filhos aprovam nomes diferentes. Pai guarda na carteira papel com nome e data de nascimento dos filhos Quésia...


    Reutman, Ferroni, Boniek e Bolt são os homenageados pelo pai fã de esportes. Francisco da Cruz diz que objetivo era fugir do comum e que filhos aprovam nomes diferentes. Pai guarda na carteira papel com nome e data de nascimento dos filhos Quésia Melo/G1 Fã de esportes, o servidor público Francisco Teixeira da Cruz decidiu registrar os filhos homenageando ex-pilotos de fórmula 1, um ex-jogador polonês e o ex-velocista Usain Bolt. A ideia, segundo o acreano, era realmente fugir dos nomes comuns. “Eu sempre vi o nome de jogadores e de pilotos de Fórmula 1 e achava o nome tão bom, bonito e diferente. Com o Bolt, nome do meu filho mais novo, foi a mesma coisa”, diz. O filho mais velho se chama Gleison Silva da Cruz, de 41 anos, e é o único que não possui nome de atleta ou artista famoso. O filho do meio, Demugem Silva da Cruz, de 38 anos, recebeu o nome que o pai viu assistindo a um filme, mas afirma que não lembra mais qual era o nome do longa, pois é muito antigo. A tradição de nomes de esportistas começou com Reutman Silva da Cruz, de 39 anos. O homenageado é o ex-piloto argentino Carlos Reutemann, mas o acreano acabou mudando a grafia do sobrenome do piloto na hora de fazer o registro. “Acompanhava as corridas dele, o nome era forte e nunca tinha visto igual. Decidi que o próximo filho teria esse nome e assim fiz”, conta. Ainda seguindo a paixão pelas corridas, o servidor público decidiu dar ao quarto filho o nome de Ferroni Siva da Cruz, de 36 anos. Segundo ele, a homenagem é ao também piloto argentino Perroni, de quem era grande fã. Porém, decidiu mudar um pouco a escrita. O penúltimo filho recebeu o nome do jogador de futebol polonês Zbigniew Boniek. Na versão acreana, o nome passou a ser Boniek Silva da Cruz, de 33 anos. Já o caçula se chama Enzo Bolt. “Meus familiares disseram que eu tava viajando, pensaram que eu estava doido, mas gostei. Meus filhos acham bom mudar, não serem comuns como os nomes João, José, Pedro, Francisco ou Antônio, eles acham bonito eu ter escolhido uma coisa diferente”, afirma. Para registrar o caçula, que é de uma mãe diferente dos outros quatro filhos, Cruz enfrentou problemas. O cartório se negou a registrar a criança com o nome do bicampeão olímpico e mundial, o ex-velocista jamaicano Usain Bolt. Pequeno Enzo Bolt ganhou certidão de nascimento após quatro meses Arquivo da família Os pais recorreram à Justiça, que autorizou o casal a registrar o filho com o sobrenome do atleta. O pequeno Enzo Bolt nasceu no sexto mês de gestação e ficou quatro meses na Maternidade Bárbara Heliodora. Antes disso, Cruz afirma que nunca havia enfrentado problemas para registrar os filhos. Porém, conta que nem sempre as mães concordaram com a decisão, mas cederam à insistência dele. “As mães no começo reclamaram. É como disse, pensaram que eu estava doido, mas insisti. Eu acompanho o esporte, sou fã e sempre tô na pelada também brincando”, finaliza.
    Sábado (18) no Acre vai ser com sol forte e tempo nublado, prevê Sipam

    Sábado (18) no Acre vai ser com sol forte e tempo nublado, prevê Sipam


    Há possibilidade de que ocorram pancadas isoladas de chuva com trovoadas a partir da tarde em todas as regiões acreanas. Sábado (18) no Acre vai ser com sol forte e tempo nublado, prevê Sipam Gledisson Albano/Rede Amazônica Acre O sábado (18)...


    Há possibilidade de que ocorram pancadas isoladas de chuva com trovoadas a partir da tarde em todas as regiões acreanas. Sábado (18) no Acre vai ser com sol forte e tempo nublado, prevê Sipam Gledisson Albano/Rede Amazônica Acre O sábado (18) vai ser de muito sol e calor em todo o Acre. O tempo varia de claro a parcialmente nublado, com sol sempre predominando na maior parte do dia. O forte calor e a alta umidade vão favorecer a formação de algumas nuvens de chuva no decorrer do dia e, por conta disso, há possibilidade de que ocorram pancadas isoladas de chuva com trovoadas a partir da tarde em todas as regiões acreanas. Confira as temperaturas em todas as regiões: Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 19°C e a máxima de 33°C. Baixo Acre Mínima de 20°C e máxima de 33°C são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 21°C e 33°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 21º C e 33°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 21°C e a máxima de 32°C.

    No AC, plano de saúde deve pagar R$ 6 mil em danos morais por falta de atendimento médico a paciente com gravidez de risco


    Viviane dos Santos buscou atendimento e hospital disse que não possuía mais convênio no plano de saúde. Caso ocorreu em 2015. Ameron deve se pronunciar posteriormente. A Justiça do Acre condenou a operadora de plano de saúde Ameron de Rondônia...

    Viviane dos Santos buscou atendimento e hospital disse que não possuía mais convênio no plano de saúde. Caso ocorreu em 2015. Ameron deve se pronunciar posteriormente. A Justiça do Acre condenou a operadora de plano de saúde Ameron de Rondônia (RO) a pagar R$ 6 mil por danos morais a acreana Viviane dos Santos Nascimento que buscou atendimento após identificar que tinha uma gravidez de risco. No entanto, ela teve de pagar a consulta e também mais de R$ 1 mil por três dias de internação após o hospital informar que não tinha mais convênio com a empresa. A reportagem entrou em contato com a Ameron-RO e foi informado de que a empresa iria se pronunciar posteriormente. Ao G1, o advogado de Viviane, Roberto Alves de Sá, relatou que a mulher precisou pegar dinheiro emprestado para custear até mesmo a consulta com a médica do plano de saúde que a acompanhou durante toda a gestação. O caso ocorreu no final de 2015 e a criança já tem quase dois anos. “A própria médica disse que não poderia atender pelo plano. Esse era o tipo de situação delicada que as pessoas pagam o plano de saúde justamente para ter esse apoio. A gravidez colocava a mãe e a criança em risco”, relata o advogado. Tanto a paciente como a empresa do plano de saúde ingressaram com recurso na justiça. A Ameron-RO pedia a improcedência do processo e Viviane requereu o aumento da indenização. A juíza-relatora Zenice Cardoso acolheu parcialmente o recurso da mãe aumentando o valor para R$ 6 mil e alegando que ela passou por uma “situação emergencial e delicada”. Para a magistrada, mesmo a empresa alegando que a paciente e o filho não corriam riscos a gestante buscou atendimento por complicações e poderia ter o bebê prematuramente o que ameaçava a saúde de ambos. “Ela já teve a criança e tem mais de ano que esse processo corre na justiça, acredito que ela vai ficar satisfeita com esse resultado”, finaliza.
    Sobe para 4 o número de casos de sarampo confirmados no Acre, aponta boletim da Saúde

    Sobe para 4 o número de casos de sarampo confirmados no Acre, aponta boletim da Saúde


    Mais dois casos foram registrados em uma menina de 1 ano, e um bebê de 8 meses, em Rio Branco. Acre não registrava casos da doença há 18 anos. Sobe para 4 o número de casos de sarampo confirmados no Acre, aponta boletim da Saúde Altemar...


    Mais dois casos foram registrados em uma menina de 1 ano, e um bebê de 8 meses, em Rio Branco. Acre não registrava casos da doença há 18 anos. Sobe para 4 o número de casos de sarampo confirmados no Acre, aponta boletim da Saúde Altemar Alcantara/Semcom O número de casos confirmados de sarampo subiu para quatro no Acre. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) por meio de um boletim informativo. Ao todo, são três casos registrados em Rio Branco e um no município de Capixaba, no interior do Acre. A Saúde destacou que 26 casos suspeitos foram notificados e que os quatro casos foram confirmados pelo Laboratório Central (Lacen), mas devem se encaminhados para a Fiocruz - que é o laboratório de referência no país – conforme determinam os protocolos do Ministério da Saúde. No último dia 10 de agosto a Saúde já havia divulgado que dois casos haviam sido confirmados. Um deles em um menino de 9 meses, de Rio Branco. O outro em uma adolescente de 13 anos, na zona rural do município de Capixaba. Veja aqui os locais de vacina contra a poliomielite e o sarampo na capital acreana. Novos casos confirmados O terceiro caso foi diagnosticado em uma menina de 1 ano. Conforme a Sesacre, a criança vive em Rio Branco e estava com o esquema vacinal incompleto, havia tomado apenas uma dose da vacina. Os sintomas começaram no dia 10 de agosto com febre no dia seguinte, tosse e coriza. A criança foi notificada na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do 2º Distrito onde foi feita a coleta de sangue e urina. Todas as medidas, segundo a Saúde, foram tomadas para bloquear a circulação do vírus. Já o quarto caso foi registrado em um bebê de 8 meses, também de Rio Branco, que não chegou nem mesmo a ser vacinado, pois não entrou na cobertura vacinal básica que é indicada para crianças de um ano a menores de 5 anos. O bebê passou a apresentar sintomas no dia 12 de agosto e teve febre no dia 13 deste mês também com a presença de tosse. A criança foi notificada na Upa da Cidade do Povo, que fica no 2º Distrito de Rio Branco. Também foi feita a coleta de sangue e urina dela e adotadas as medidas necessárias. Nos dois casos, segundo a Saúde, os infectados não teriam histórico de deslocamento para locais com surtos e nem registro de contato com suspeitos ou casos confirmados de sarampo. Sarampo no Acre Até este ano, os últimos casos confirmados de sarampo no Acre ocorreram no ano de 2000. Ao todo, houve o registro de três casos no município de Acrelândia, um em Mâncio Lima, um em Plácido de Castro e seis em Rio Branco, totalizando 11 casos. Até esta sexta-feira (17), foram notificados 26 casos suspeitos de sarampo no Acre, sendo 23 de pessoas que moram em Rio Branco e três no município de Capixaba. Do total de notificações, 15 são de pessoas do sexo feminino. O boletim da Saúde aponta ainda que atendeu quatro notificações de suspeita da doença durante atendimentos prestados em outras localidades sendo um em Rondônia, dois no Amazonas e um na Bolívia que fica na fronteira com o Acre.
    Após 'pente-fino', INSS cancela mais de 17 mil benefícios no Acre

    Após 'pente-fino', INSS cancela mais de 17 mil benefícios no Acre


    Pente-fino focou em beneficiários que há mais de dois anos não passavam por revisão no INSS. Na região Norte, foram cancelados mais de 25 mil benefícios. Mais de 17 mil segurados têm benefícios do INSS cancelados no Acre Adelcimar...


    Pente-fino focou em beneficiários que há mais de dois anos não passavam por revisão no INSS. Na região Norte, foram cancelados mais de 25 mil benefícios. Mais de 17 mil segurados têm benefícios do INSS cancelados no Acre Adelcimar Carvalho/G1 No Acre, mais de 17 mil segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) tiveram os benefícios de auxílio-doença ou aposentaria por invalidez cancelados, segundo levantamento da instituição. O estado é o terceiro da região Norte com maior número de cancelamentos de benefícios. Os motivos vão desde o não comparecimento na perícia médica e aval positivo para retorno ao trabalho. O pente-fino focou em beneficiários que há mais de dois anos não passavam por revisão no INSS. Desde o segundo semestre de 2016, o INSS convocou mais de 39 mil beneficiários da região Norte que recebem auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez para realizarem uma nova perícia médica. O exame é para atestar se o segurado continua sem condições de retornar ao trabalho. Após essa revisão, mais de 25 mil benefícios foram encerrados. Rondônia foi o estado que teve o maior percentual de benefícios cancelados após a perícia médica, com 80% dos cancelamentos. Em seguida, aparece o Amapá, com 70% e depois o Acre com 68%. Os estados do Pará, Tocantins, Roraima e Amazonas tiveram 63%, 60%, 47% e 39% de benefícios cancelados respectivamente. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social a revisão desses benefícios já gerou uma economia de R$ 475 milhões só nos estados do Norte. A expectativa é de que até final do ano, mais 73 mil benefícios sejam revisados e passem por esse pente-fino.
    Recurso pede que motorista que matou jovens atropelados em rodovia no AC seja indiciado por homicídio doloso

    Recurso pede que motorista que matou jovens atropelados em rodovia no AC seja indiciado por homicídio doloso


    MP-AC denunciou o motorista Diego Felipe no crime de homicídio culposo e não doloso como a família quer. Acidente, em maio na BR-364, vitimou os amigos Israel Ériston e Gilson Teixeira. Israel Filgueira (esq.) e Gilson Teixeira morreram em um...


    MP-AC denunciou o motorista Diego Felipe no crime de homicídio culposo e não doloso como a família quer. Acidente, em maio na BR-364, vitimou os amigos Israel Ériston e Gilson Teixeira. Israel Filgueira (esq.) e Gilson Teixeira morreram em um acidente de trânsito no mês de maio Arquivo da família As famílias dos jovens Israel Ériston Filgueira de Araújo e Gilson Teixeira Rodrigues, mortos em um acidente de trânsito no mês de maio, na BR-364, entraram com recurso pedindo que o Ministério Público do Acre (MP-AC) modifique a denúncia e Diego Moraes, que dirigia a caminhonete, seja indiciado por homicídio doloso. O MP-AC denunciou o rapaz por homicídio culposo. A caminhonete conduzida por Moraes estava na contramão e acabou atingindo a moto dos jovens frontalmente. Ele chegou a fugir a pé do local, mas foi achado e levado para a Delegacia de Flagrantes, onde foi indiciado por homicídio culposo. Ao G1, o promotor do caso, Marcos Galina, informou que não vai comentar a denúncia. O rapaz se negou a fazer o teste de bafômetro e foi solto na audiência de custódia no dia seguinte. No início do mês de junho, a Justiça autorizou Moraes a deixar o estado acreano e se mudar para Joinville, em Santa Catarina. “O próprio promotor tinha dito que cabia o dolo eventual, mas ontem [quarta,25] a história foi diferente. O laudo não tem nenhuma foto, a testemunha foi a família que foi buscar e o levou para o Ministério Público ouvir, que foi um borracheiro. Os policiais que foram ouvidos confirmaram que ele [motorista] falou que tinha ingerido bebida alcoólica, estava em uma festa e que estava doidão. O promotor sabia de tudo isso e não quer comprar essa briga", contou a tia de Gilson Rodrigues, Helena Rodrigues. Procurada pelo G1, a advogada do motorista, Vanessa Chalub, disse que a defesa não vai se pronunciar sobre o caso. Além dessa briga, Helena diz que os familiares pretendem entrar em outra discussão. Segundo ela, Moraes estava com um carro da empresa para qual trabalha no momento do acidente. As famílias querem que a empresa também seja responsabilizada. "Os meninos tinham um futuro pela frente, então, vamos entrar na esfera cível também. Essa é um pouco mais longa porque é uma briga para quatro anos, mas que a empresa deve ser responsabilizada. É uma empresa do Sul que tem vínculo com o Ministério do Meio Ambiente, mas é particular", reclamou. Familiares de jovens mortos em acidente protestaram em frente do MP e pedem prisão de motorista no AC Aline Nascimento/G1 Mortos de forma brutal Ainda inconformado com a morte do filho Israel Ériston, Raimundo Alves de Oliveira, de 58 anos, falou que há provas suficientes para indiciar Moraes criminalmente. “O crime foi tão brutal que dilacerou a perna de um deles. Ele não foi capaz de dar um telefonema para o socorro. Meu filho ficou vivo e morreu no hospital, mas demorou cerca de uma hora para receber assistência. Ele os deixou dentro do mato e vazou. Então, o fato dele estar na contramão, vir em alta velocidade que arrancou um poste de energia, sumir do local, não dar nenhuma assistência não é sem intenção. Houve sim o dolo", criticou. O parente também criticou o MP-AC e prometeu um novo protesto para os próximos dias. A família fez um ato em frente a sede do órgão no final do mês de maio para cobrar justiça e rapidez no processo. "O cara vem do Sul pra cá trabalhar em um projeto florestal, é engenheiro florestal, de repente não tem ninguém e aparece toda essa proteção no meio. É como se a vida não valesse mais nada. Hoje foi meu filho e o filho do meu amigo. O cara não vai sofrer dano nenhum, amanhã ou depois vai voltar dirigir. Isso não é papel do Ministério Público dizer que é culposo. Ele é como se fosse advogado da sociedade", lamentou.
    Saúde monta pontos de vacinação contra pólio e sarampo em aeroporto e rodoviária no interior do Acre

    Saúde monta pontos de vacinação contra pólio e sarampo em aeroporto e rodoviária no interior do Acre


    Menos de 2 mil crianças foram vacinadas em Cruzeiro do Sul durante um mês. Neste sábado (18), todas as unidades de saúde vão estar vacinando. Saúde monta pontos de vacinação contra pólio e sarampo em aeroporto e rodoviária no interior do...


    Menos de 2 mil crianças foram vacinadas em Cruzeiro do Sul durante um mês. Neste sábado (18), todas as unidades de saúde vão estar vacinando. Saúde monta pontos de vacinação contra pólio e sarampo em aeroporto e rodoviária no interior do Acre Divulgação/SMS Para tentar aumentar a cobertura vacinal em Cruzeiro do Sul, todas as unidades básicas de saúde vão funcionar neste sábado (18). A meta é vacina 6 mil crianças, mas apenas 27% do público-alvo foi imunizado no primeiro mês da campanha. A vacinação começou na cidade no dia 18 de julho e deve ser encerrada no dia 30 de agosto, seguindo o calendário nacional. Ao todo, 1,6 mil crianças foram vacinadas e a expectativa da Saúde é chegar ao final da campanha com 95% do público-alvo imunizado. “Para isso, estamos disponibilizando doses em todas unidades de saúde e montamos mais três pontos estratégicos para a vacinação neste sábado [18]. Teremos vacina disponíveis na cabeceira da ponte, na rodoviária e no aeroporto”, disse o secretário de Saúde em exercício, Roberto Holanda. Ao longo de todo o período de campanha, a vacina contra as duas doenças estará disponível em todos os postos de saúde das zonas urbana e rural de Cruzeiro do Sul. Além dos pontos fixos, doze equipes visitam as comunidades rural e ribeirinha para atender as crianças das localidades mais distantes da cidade.
    Com 42% do público-alvo imunizado, saúde faz ‘Dia D de Vacinação’ contra sarampo e pólio em Brasileia

    Com 42% do público-alvo imunizado, saúde faz ‘Dia D de Vacinação’ contra sarampo e pólio em Brasileia


    Município precisa imunizar 1.749 crianças que fazem parte do público-alvo. Pais podem levar os filhos às unidades de saúde no sábado (18) de 8h às 17h. Com 42% do público-alvo imunizado, saúde faz ‘Dia D de Vacinação’ contra sarampo e...


    Município precisa imunizar 1.749 crianças que fazem parte do público-alvo. Pais podem levar os filhos às unidades de saúde no sábado (18) de 8h às 17h. Com 42% do público-alvo imunizado, saúde faz ‘Dia D de Vacinação’ contra sarampo e pólio em Brasileia Semuc/Divulgação Com menos de 50% do público-alvo imunizado, a Prefeitura de Brasileia, no interior do Acre, faz o “Dia D" de vacinação contra o sarampo e a poliomelite neste sábado (16). Ao todo, 735 crianças do município já foram vacinadas. O número corresponde a 42% da meta de 1.749 que devem ser imunizadas na cidade. Durante todo o dia, os pais deverão levar os filhos de um ano até menores de cinco às unidades de saúde do município de 8h às 17h. O secretário municipal de Saúde, Francisco Borges, explicou que não há uma estimativa de quantas crianças devem ser vacinadas. Segundo ele, na zona rural a cobertura é de 60%, porém há resistência à vacina na zona urbana. “Infelizmente trabalhamos com essa resistência. Pedimos aos pais que levem os filhos, pois a vacina é muito importante. O ‘Dia D’ é realizado no sábado (18) justamente para que as pessoas possam ir às unidades de saúde. A nossa equipe está atuando na zona rural há um mês, agora nossos esforços vão se concentrar na área urbana”, afirma. Na ocasião todas as unidades de saúde estarão abertas e vão oferecer todas as vacinas do calendário básico para as crianças, jovens, adultos e idoso além de ofertar o exame preventivo. “Não temos uma muita para o ‘Dia D’, mas estamos trabalhando muito para vacinar todas as crianças para que não haja casos da doença em Brasileia”, destaca.

    Homem é condenado a 7 meses de prisão por tentar enforcar ex-companheira no interior do Acre


    Decisão foi publicada no TJ-AC nesta quinta (16). Caso ocorreu em março de 2017 em Plácido de Castro e defesa vai recorrer. A Justiça do Acre condenou um homem a sete meses de prisão em regime aberto por violência doméstica. O acusado invadiu a...

    Decisão foi publicada no TJ-AC nesta quinta (16). Caso ocorreu em março de 2017 em Plácido de Castro e defesa vai recorrer. A Justiça do Acre condenou um homem a sete meses de prisão em regime aberto por violência doméstica. O acusado invadiu a casa da ex-companheira, em Plácido de Castro, interior do Acre, e tentou enforcá-la. O texto da condenação foi publicado no Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) nesta quinta-feira (16). Ainda segundo a Justiça, o crime ocorreu após o fim do relacionamento de quatro meses do casal. As agressões ocorreram em março de 2017. Ao G1, a advogada do acusado, Larissa Leal informou que vai recorrer da decisão. Segundo ela, não houve agressão, mas apenas uma discussão entre o casal. "Pedi a que ele fosse absolvido e vou sim recorrer, com certeza. Ele não assume a autoria. Houve uma discussão, mas não tentou enforcar ela, nenhuma agressão à ela", destacou. Na denúncia do Ministério Público do Acre (MP-AC), a Justiça diz que o acusado avançou para cima da vítima após invadir a casa dela. Para a juíza do caso, Isabelle Sacramento, o homem tinha consciência dos atos, quando agrediu a vítima. As agressões deixaram escoriações na mulher, o que foi comprovado no exame de corpo de delito.

    Homem é preso suspeito de levar menina de 13 anos com deficiência para matagal e estuprá-la no interior do AC


    Delegado diz que suspeito negou estupro e disse que apenas beijou a menina já que ela ‘vivia correndo atrás dele’. Caso ocorreu no bairro Triângulo em Sena Madureira. Um homem de 27 anos foi preso suspeito de estuprar uma menina de 13 anos com...

    Delegado diz que suspeito negou estupro e disse que apenas beijou a menina já que ela ‘vivia correndo atrás dele’. Caso ocorreu no bairro Triângulo em Sena Madureira. Um homem de 27 anos foi preso suspeito de estuprar uma menina de 13 anos com deficiência física e mental no bairro Triângulo, na cidade de Sena Madureira, no interior do Acre. Segundo o delegado responsável pelo caso, Samuel Mendes, o homem negou o estupro e disse que apenas beijou a menina. O estupro teria ocorrido no início da semana e o homem foi preso na quarta-feira (15) em cumprimento a mandado de prisão. O delegado afirmou que um exame comprovou que a menina não é mais virgem e ela contou que o rapaz a levou para um matal, a jogou em um açude e cometeu o estupro. “A mãe, a menina e um conselheiro tutelar estiveram na delegacia para denunciar o caso. O conselheiro contou que foi informado ainda no dia do crime e chegou a ir no local, ouviu barulhos, mas com receio, resolveu chamar a polícia. Ao chegarem no local, já não tinham mais ninguém”, contou o delegado. Mendes disse que o conselheiro procurou a família da menina e contou que tinha recebido a informação de que ela havia sido estuprada. Foi quando a menina confirmou a história e eles procuraram a delegacia. “A vítima narrou que o rapaz havia procurado ela e que no caminho para um balneário, a arrastou para um matagal e lá arrancou a roupa dela e a estuprou. Uma testemunha chegou a ver os dois juntos no dia da ocorrência. Daí, representei pela prisão dele, que foi deferida pelo poder judiciário e cumprimos a prisão”, disse Mendes. Na delegacia, o rapaz confirmou que havia encontrado com a menina, mas negou o estupro. “Falou que só chegou a dar uns beijos nela, porque ela vivia correndo atrás dele, mas que em momento algum ele a forçou a fazer nada. Por mais que tenha havido isso, pelo fato de ela ser menor de 14 anos, entra no estupro de vulnerável”, concluiu.
    Polícia cumpre mais de 50 mandados e prende 26 pessoas durante operação em Cruzeiro do Sul

    Polícia cumpre mais de 50 mandados e prende 26 pessoas durante operação em Cruzeiro do Sul


    Ações fazem parte da segunda fase da ‘Operação Ilha Grande’. Mandados foram cumpridos em quatro bairros da cidade. Polícia cumpre mais de 50 mandados e prende 26 pessoas durante operação em Cruzeiro do Sul Divulgação/Polícia Civil Dando...


    Ações fazem parte da segunda fase da ‘Operação Ilha Grande’. Mandados foram cumpridos em quatro bairros da cidade. Polícia cumpre mais de 50 mandados e prende 26 pessoas durante operação em Cruzeiro do Sul Divulgação/Polícia Civil Dando continuidade a operação Ilha Grande, a Polícia Civil cumpre 52 mandados na segunda fase da ação em Cruzeiro do Sul. São 52 mandados, sendo 17 de busca e apreensão e 35 de prisão. O objetivo é prender membros das organizações criminosas que atuam na cidade. A primeira fase da operação foi em julho deste ano e prendeu 105 pessoas, além de 300 gramas de cocaína e duas armas de fogo. Ao todo, 50 policiais participam desta segunda fase, que se estende até sábado (18). “Já estamos com 26 prisões. Algumas a gente cumpriu no presídio, que impedem que eles saiam e se reorganizem para voltar a cometer crimes. Vamos continuar até o final da tarde para cumprir todos os mandados judiciais e, se tiver algum desdobramento, a gente continua amanhã [sábado,18]”, informou o delegado Lindomar Ventura. Além dos três delegados que atuam em Cruzeiro do Sul, a operação conta ainda com o apoio do delegado Roberth Alencar, da coordenação de Recursos Humanos de Rio Branco, e com agentes de Polícia Civil dos municípios de Tarauacá, Feijó, Sena Madureira e da capital do estado. “Nós deflagramos essa segunda fase para demonstrar que a Polícia Civil não vai prender muitos criminosos apenas por questão de estatísticas. Só para se ter uma ideia, a população carcerária de Cruzeiro do Sul aumentou 20% com a primeira fase da operação Ilha Grande. O objetivo é controlar os índices de violência em Cruzeiro do Sul”, enfatizou. Os mandados judicias foram executados nos bairros Lagoa, Telégrafo, Alumínio e Miritizal. Durante a prisão de um dos suspeitos, na Lagoa, houve troca de tiros, sem nenhum ferido. Dos 26 conduzidos à delegacia todos são homens e maiores e maiores de idade. Seis deles foram presos em flagrante por porte de arma e tráfico de drogas. As investigações para as prisões dos suspeitos duraram mais de sete meses. De acordo com a Secretaria de Polícia Civil, outras ações estão sendo programadas para os próximos meses. A operação foi denominada “Ilha Grande” em referência a extensão geográfica do Vale do Juruá. Seis homens foram presos em flagrante com arma Divulgação/Polícia Civil
    Cinco detentos passam mal após greve de fome e movimento é suspenso em três presídios no Acre

    Cinco detentos passam mal após greve de fome e movimento é suspenso em três presídios no Acre


    Direção da unidade prisional de Sena Madureira confirmou que greve de fome acabou nesta sexta-feira (17) e detentos já tomaram café. Greve de fome foi iniciada na segunda-feira (13). Presos da unidade de Sena Madureira suspenderam greve de fome...


    Direção da unidade prisional de Sena Madureira confirmou que greve de fome acabou nesta sexta-feira (17) e detentos já tomaram café. Greve de fome foi iniciada na segunda-feira (13). Presos da unidade de Sena Madureira suspenderam greve de fome nesta sexta-feira (17), segundo direção do presídio Defensoria Pública/Divulgação A direção do presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, confirmou que os detentos acabaram com a greve de fome nesta sexta-feira (17) e já tomaram café da manhã. Na quinta (16), cinco dos presos passaram mal e receberam atendimento médico. O Iapen-AC afirmou que a greve de fome também acabou no presídio de Tarauacá e no feminino de Rio Branco. Outras três unidades continuam com o protesto. A greve de fome dos detentos de seis presídios do Acre iniciou na segunda-feira (13). O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) informou que o movimento busca regalias e que o sistema penitenciário avalia as reivindicações, mas deve ceder apenas nos casos em que o pedido esteja previso em lei. Conforme a direção do presídio de Sena Madureira, os detentos que passaram mal foram atendidos pelos enfermeiros que trabalham na unidade e tiveram que tomar soro. Pela manhã, quando os agentes entregaram o café, eles decidiram suspender a greve. A unidade prisional de Sena Madureira atualmente tem 552 presos, segundo a direção, sendo que a capacidade é de 144 detentos. Reivindicações Os presos pedem visitas íntimas a cada 15 dias e a volta da visita das ‘amigas' que ocorriam todos os finais de semana e agora são liberadas apenas uma vez por mês. As detentas também exigem receber a visita dos maridos. Além disso, os chefes de facções que cumprem pena no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) no Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro, em Rio Branco, pedem acesso à televisão, rádio e ventilador. Outra exigência é um tempo maior das visitas familiares e que ocorram a cada 15 dias. O diretor destaca que o direito à visita é garantido por lei à criança e não ao reeducando.
    Suspeito de matar estudante com tiro na cabeça na frente da mãe é preso em Rio Branco

    Suspeito de matar estudante com tiro na cabeça na frente da mãe é preso em Rio Branco


    Mateus Pinheiro é suspeito da morte de Dayane Kédila em setembro de 2017 em Capixaba. Ação prendeu ainda um suspeito de praticar assaltos na estrada do aeroporto de Rio Branco. Mateus Pinheiro (de bermuda vermelha) foi preso em Rio Branco por...


    Mateus Pinheiro é suspeito da morte de Dayane Kédila em setembro de 2017 em Capixaba. Ação prendeu ainda um suspeito de praticar assaltos na estrada do aeroporto de Rio Branco. Mateus Pinheiro (de bermuda vermelha) foi preso em Rio Branco por tráfico de drogas Reprodução Seis pessoas foram presas em uma ação da Polícia Civil do Acre em Rio Branco. Entre elas está o suspeito de matar a estudante de administração Dayane Kédila da Silva, em Capixaba, interior do Acre. A vítima teve a casa invadida e morta com dois tiros, sendo um deles na cabeça, em setembro de 2017. Na época, a mãe da vítima presenciou tudo. Os presos foram apresentados na manhã desta sexta-feira (17) na Divisão de Investigação Criminal (DIC). Mateus Pinheiro seria o homem encapuzado que invadiu a casa e atirou na estudante e na mãe dela. Vaquiria Roque, de 49 anos, ficou vários dias internada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). "Fomos dar cumprimento ao mandado de prisão contra o Mateus na manhã desta quinta (16). No local onde foi realizada a prisão, havia mais três pessoas e foi constatado o tráfico de drogas no local e que são integrantes de organização criminosa", explicou o delegado Sérgio Lopes, coordenador da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (Decore). Dayane Kédila da Silva, de 29 anos, morreu no dia 7 de setembro do ano passado em Capixaba Arquivo da família O delegado responsável pelas investigações, Marcos Cabral, confirmou que Pinheiro é o principal suspeito de matar a estudante. Ele disse que já foi informada da prisão e deve ouvir o rapaz em depoimento para saber a motivação do crime. Pinheiro foi preso com Ericks da Silva, Jhonatas da Costa e Wagner Feitosa por tráfico de drogas, associação ao tráfico e organização criminosa, no bairro Cadeia Velha. Além do homicídio de Capixaba, Pinheiro é investigado por outras duas mortes ocorridas em Rio Branco. Presos foram apresentados na DIC nesta sexta (17) pelo delegado Sérgio Lopes Aline Nascimento/G1 Assaltos na estrada do aeroporto Em outra ação da Decore, a polícia prendeu Jefferson Gomes, que, segundo as investigações, faz parte de uma quadrilha que pratica assaltos na estrada do aeroporto. No mês de julho, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) prendeu um jovem de 19 anos e apreendeu um adolescente de 16 anos pelos crimes. Nesta sexta (17), a Polícia Civil falou que apenas o adolescente e Gomes foram reconhecidos pelas vítimas. Uma reportagem da Rede Amazônica Acre conversou com as vítimas dos assaltos em uma reportagem. “Já é o segundo indivíduo que prendemos referente aos roubos ali do Custódio Freire. Acreditamos que além desse procedimento que gerou a prisão dele, tenha participação em outros roubos na cidade”, explicou o delegado Sérgio Lopes, coordenador da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (Decore). Uma sexta pessoa foi presa por roubos praticados na região do Segundo Distrito. Segundo a polícia, Luíz Alberto fazia programas na Chico Mendes e roubava os pertences dos clientes. "O Alberto tinha um mandado de prisão em desfavor dele porque faz programa e tinha relatos de vítimas, não podemos afirmar se era antes ou depois do programa, mas que foram roubadas mediante violência", destacou.
    Criança de 4 anos é resgatada após ficar quase 10 horas desaparecida dentro da mata no interior do Acre

    Criança de 4 anos é resgatada após ficar quase 10 horas desaparecida dentro da mata no interior do Acre


    Bombeiros e moradores do local fizeram as buscas pela criança que sumiu por volta de 9h desta quinta-feira (16), na zona rural de Brasileia. Criança estava desidratada e assustada, segundo bombeiros. Criança de 4 anos é resgatada após ficar quase...


    Bombeiros e moradores do local fizeram as buscas pela criança que sumiu por volta de 9h desta quinta-feira (16), na zona rural de Brasileia. Criança estava desidratada e assustada, segundo bombeiros. Criança de 4 anos é resgatada após ficar quase 10 horas desaparecida em área de mata no interior do Acre Divulgação/Corpo de Bombeiros Após quase 10 horas de buscas em uma área de mata na zona rural da cidade de Brasileia, no interior do Acre, uma criança de 4 anos foi encontrada por moradores e bombeiros. Assustado e desidratado, o menino já estava a quase quatro quilômetros da casa da família. O G1 tentou entrar em contato com a família do menino, mas o Corpo de Bombeiros informou que os tios não têm telefone por morarem em área rural. O telefone mais próximo da família fica a cerca de quatro quilômetros. Foi por volta de 9h de quinta-feira (16) que os tios perceberam que o menino não estava em casa. Eles, que estão cuidando da criança, acionaram o 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros. Foram enviados quatro socorristas e as buscas foram iniciadas com ajuda de moradores. O Major Cláudio Falcão, dos bombeiros, informou que a suspeita é de que a criança tenha seguido cães que correram para dentro da mata e depois não conseguiu voltar para casa. Os socorristas chegaram a pensar que o menino pudesse ter caído em um açude e se afogado. “Fizeram as buscas o dia todo, inclusive, até dentro de um açude. Mas, ele foi encontrado em uma área seca e em segurança, apesar de estar assustado e desidratado. Ele estava com alguns arranhões pelo corpo, por ter caminhado dentro da mata. Os bombeiros verificaram que não tinha necessidade de atendimento médico, apenas a hidratação mesmo”, disse o major. Bombeiros chegaram a fazer buscas em um açude próximo à casa da família Divulgação/Corpo de Bombeiros Como o local fica em um ramal a 10 quilômetros da BR-317, sentido Assis Brasil, não existem muitos moradores. Por isso, ficou mais difícil da criança ser localizada. O major comemorou que a criança foi achada antes no anoitecer, já que as buscas ficam ainda mais complicadas à noite e ela correria risco de morte. “Não tem muitas casas nesse local. Ele estava sentado no mato e já tinha andado bastante tentando encontrar a casa da família. Interessante que os cães que ele saiu seguindo estavam junto dele quando foi encontrado. Ainda bem que foi achado no final da tarde, porque à noite seria mais complicado ”, concluiu Falcão.
    Ministério Público dá 48 horas para remoção de propagandas eleitorais irregulares em Rio Branco

    Ministério Público dá 48 horas para remoção de propagandas eleitorais irregulares em Rio Branco


    Órgão citou três propagandas irregulares que devem ser retiradas de circulação. O descumprimento da recomendação pode implicar na adoção de medidas judiciais. Promotora eleitoral Alessandra Marques recomendou remoção de propagandas...


    Órgão citou três propagandas irregulares que devem ser retiradas de circulação. O descumprimento da recomendação pode implicar na adoção de medidas judiciais. Promotora eleitoral Alessandra Marques recomendou remoção de propagandas eleitorais irregulares em Rio Branco Divulgação/MP-AC O Ministério Público recomendou a remoção de materiais de propaganda eleitoral irregulares feitas tanto antes como durante o prazo legal na cidade de Rio Branco em um prazo de 48 horas. O órgão cita três propagandas irregulares que devem ser retiradas de circulação. Entre as propagandas consideradas irregulares pela promotora eleitoral Alessandra Garcia Marques, estão dos candidato Éber Machado (PDT) e Márcio Bittar (MDB). O MP-AC notificou ainda o diretório do Partido dos Trabalhadores (PT-AC) para que seja feita a remoção de todo material de propaganda do candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva, que estão em circulação na capital acrena. Ao G1, o candidato Éber Machado informou que assim que recebeu a notificação, na última terça-feira (14), já retirou a placa que ficava em frente ao seu escritório. Segundo ele, não se tratava de propaganda eleitoral, e sim de uma prestação de contas do trabalho como parlamentar. “Retiramos no dia seguinte, mas na realidade não era propaganda. O que estávamos fazendo era uma prestação de contas do nosso mandato, onde constava nossos projetos, moções como deputado estadual e agora sou candidato a deputado federal”, afirmou Machado. O diretório do MDB-AC informou que recebeu a notificação na quarta-feira (15) para retirada de um outdoor do candidato Márcio Bittar e já cumpriu com a orientação no mesmo dia. A reportagem entrou em contato com o diretório do Partido dos Trabalhadores, mas não obteve resposta até a publicação desta reportagem. Conforme o órgão, o não cumprimento das recomendações no prazo estipulado pode implicar na adoção de medidas judiciais cabíveis por parte do Ministério Público Eleitoral.
    Moradores de Epitaciolândia recebem Projeto Cidadão e mais de 230 casais devem oficializar união no encerramento

    Moradores de Epitaciolândia recebem Projeto Cidadão e mais de 230 casais devem oficializar união no encerramento


    Atendimentos vão ser feitos nesta sexta (16) na Escola Municipal Presidente Castelo Branco. Moradores do município vão poder emitir documentos, fazer consultas jurídicas e serviços de saúde. Projeto Cidadão oferece serviços gratuitos e vai...


    Atendimentos vão ser feitos nesta sexta (16) na Escola Municipal Presidente Castelo Branco. Moradores do município vão poder emitir documentos, fazer consultas jurídicas e serviços de saúde. Projeto Cidadão oferece serviços gratuitos e vai celebrar casamento coletivo no município de Epitaciolândia Divulgação/TJ-AC Moradores do município de Epitaciolândia, no interior do Acre, vão receber serviços gratuitos de cidadania nesta sexta-feira (16) pelo Projeto Cidadão. Os atendimentos são oferecidos pelo Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) na Escola Municipal Presidente Castelo Branco. Além disso, 235 casais se inscreveram para oficialziar a união em um casamento coletivo que encerra as atividades às 17h. Os interessados podem buscar os serviços de expedição de RG e CPF, consulta jurídica, serviços de saúde com vacinação, testes rápidos, saúde bucal e palestras sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST). Os moradores também podem aproveitar a oportunidade para fazer a atualização, cadastro e consulta do benefício do Programa Bolsa Família. Na ocasião, o projeto também vai fazer a expedição do cartão do Idoso, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS),emissão de Identidade Jovem e cortes de cabelo.
    Sipam prevê sexta-feira (17) com sol forte e sem possibilidade de chuvas na capital acreana

    Sipam prevê sexta-feira (17) com sol forte e sem possibilidade de chuvas na capital acreana


    No oeste do estado, a previsão ainda é de tempo instável, com pouco sol, muitas nuvens carregadas e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. Sipam prevê sexta-feira (17) com sol e sem possibilidades de chuvas na capital acreana Anny...


    No oeste do estado, a previsão ainda é de tempo instável, com pouco sol, muitas nuvens carregadas e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. Sipam prevê sexta-feira (17) com sol e sem possibilidades de chuvas na capital acreana Anny Barbosa/G1 A friagem enfraquece e a temperatura volta a subir no Acre nesta sexta-feira (17). No oeste do estado, a previsão ainda é de tempo instável, com pouco sol, muitas nuvens carregadas e possibilidade de chuva a qualquer hora do dia. Já na capital e nas demais regiões do Acre o sol predomina. Poucas nuvens se formam ao longo do dia e não há previsão de chuva. Confira as temperaturas em todas as regiões: Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 19°C e a máxima de 27°C. Baixo Acre Mínima de 20°C e máxima de 28°C são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 22°C e 27°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 21º C e 28°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 22°C e a máxima de 26°C.
    Mutirão da Justiça deve analisar mais de 2,5 mil processos de presos provisórios no Acre

    Mutirão da Justiça deve analisar mais de 2,5 mil processos de presos provisórios no Acre


    Ao todo, Acre tem mais de 7 mil pessoas privadas de liberdade, sendo 2.568 presos provisórios. Mutirão foi iniciado essa semana e deve analisar de 20 a 30 processos por dia. TJ-AC faz mutirão para analisar processos de presos provisórios O...


    Ao todo, Acre tem mais de 7 mil pessoas privadas de liberdade, sendo 2.568 presos provisórios. Mutirão foi iniciado essa semana e deve analisar de 20 a 30 processos por dia. TJ-AC faz mutirão para analisar processos de presos provisórios O Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC) iniciou essa semana um mutirão criminal para análise de processos de presos provisórios. Segundo o TJ-AC, o Acre tem 7.038 pessoas privadas de liberdade, sendo que 2.568 são presos provisórios. Segundo o juiz auxiliar da Corregedoria Geral, Cloves Ferreira, durante o mutirão de 20 a 30 processos vão ser analisados por dia. “Nem todos os processos a sentença é proferida mais cedo, embora a grande maioria esteja sendo proferida na hora, mas vamos fazer um levantamento e ao final da semana divulgar o resultado de condenados e absolvidos, quantas pessoas devem permanecer na penitenciária e quantas foram colocadas em liberdade”, disse Ferreira. Acre tem 2.568 presos provisórios, segundo TJ-AC Reprodução/Google Street View A medida visa reduzir os processos com pessoas presas provisoriamente nas unidades criminais da capital e, consequentemente, desafogar o sistema penitenciário caso haja absolvições. O mutirão atende uma orientação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo o juiz auxiliar, o objetivo da atividade, que conta com quatro juízes para acelerar o processo, não é soltar presos, mas cumprir a lei. “O nosso objetivo não é a soltura indiscriminada, é a definição dessas situações. Mas, a consequência disso depende muito também da diminuição da quantidade de crimes que estão sendo praticados em todo país e do aumento do número de vagas em presídios, que é uma atribuição do governo federal”, concluiu o juiz.
    Sine oferta 16 vagas de emprego para Rio Branco nesta sexta-feira (17); veja a lista

    Sine oferta 16 vagas de emprego para Rio Branco nesta sexta-feira (17); veja a lista


    Há vagas para manicure em Rio Branco nesta sexta-feria (17) Arquivo pessoal O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 16 vagas para diversas áreas nesta sexta-feira (17) na capital acreana. Os candidatos interessados devem...


    Há vagas para manicure em Rio Branco nesta sexta-feria (17) Arquivo pessoal O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 16 vagas para diversas áreas nesta sexta-feira (17) na capital acreana. Os candidatos interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n°1.670, em Rio Branco. O candidato à vaga deve atualizar o seu cadastro no Sine. Aqueles que não tiverem cadastro na instituição, devem levar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço. As vagas são rotativas, ou seja, são disponibilizadas para o dia, podendo não estar mais disponíveis para o dia seguinte. O Sine se responsabiliza por encaminhar cinco pessoas, no perfil solicitado pelo empregador, para que ele possa escolher qual vai preencher a vaga. O cidadão pode verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182. São 16 vagas para esta sexta-feira (17) em Rio Branco Divulgação/Sine-AC
    Acre contratou quase 400 aprendizes no primeiro semestre do ano, aponta Ministério do Trabalho

    Acre contratou quase 400 aprendizes no primeiro semestre do ano, aponta Ministério do Trabalho


    Em todo o Brasil, mais de 227 mil aprendizes foram contratados. Dados foram divulgados nesta quarta-feira (15). Acre contratou mais de 390 aprendizes nos primeiros semestre do ano, aponta Ministério do Trabalho Reprodução/TV Integração O Acre...


    Em todo o Brasil, mais de 227 mil aprendizes foram contratados. Dados foram divulgados nesta quarta-feira (15). Acre contratou mais de 390 aprendizes nos primeiros semestre do ano, aponta Ministério do Trabalho Reprodução/TV Integração O Acre contratou 395 aprendizes para o mercado de trabalho durante os primeiros seis meses de 2018. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15) pelo Ministério do Trabalho. Apesar de quase 400 aprendizes atuarem nas empresas acreanas, os dados apontam que o Acre contratou apenas 23,13% do seu potencial – que é a cota mínima de 5% das empresas que devem cumprir a cota de aprendizagem – 1.708 jovens. Em todo o Brasil, mais de 227 mil jovens foram contratados pela Lei de Aprendizagem Profissional no primeiro semestre desse ano. Conforme o Ministério do Trabalho, os estados que mais contrataram foram São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. No período analisado, mais de 118 mil aprendizes do sexo masculino foram contratados no país representando 52% do total. Ainda segundo o levantamento, mais de 109 mil mulheres foram contratadas como aprendizes no primeiro semestre do ano e representam mais de 47% das contratações em todo o Brasil. Lei de Aprendizagem Profissional A legislação determina que todas as empresas de médio e grande portes mantenham em seus quadros de funcionários adolescentes e jovens entre 14 e 24 anos na modalidade de aprendiz. Para os aprendizes com deficiência não há limite máximo de idade. As cotas variam de 5% a 15% por estabelecimento, excluídas as funções que não entram para o cálculo da cota de aprendizagem. O Brasil já contabiliza 3.460.904 aprendizes contratados desde 2005, quando a lei foi regulamentada pelo Decreto 5598. O Contrato de Aprendizagem é um acordo de trabalho especial ajustado por escrito com anotação na carteira de trabalho e prazo determinado de até dois anos. O aprendiz tem direitos trabalhistas e previdenciários e a remuneração dele é baseada no salário-mínimo, mas proporcional ao número de horas cumpridas. A jornada de trabalho permitida é de no máximo seis horas diárias para aqueles que ainda não concluíram o ensino fundamental e oito horas diárias para os que já o concluíram.
    Familiares de detentos em greve de fome protestam na entrada do Tribunal de Justiça e em presídio de Cruzeiro do Sul

    Familiares de detentos em greve de fome protestam na entrada do Tribunal de Justiça e em presídio de Cruzeiro do Sul


    Presos estão em greve de fome desde o dia 13 de agosto e reivindicam revisão de penas vencidas e aumento no horário de visitas íntimas. Ao menos 40 mulheres participaram de ato nesta quinta (16). Mulheres protestaram na frente do Tribunal de...


    Presos estão em greve de fome desde o dia 13 de agosto e reivindicam revisão de penas vencidas e aumento no horário de visitas íntimas. Ao menos 40 mulheres participaram de ato nesta quinta (16). Mulheres protestaram na frente do Tribunal de Justiça e também do Presídio Manoel Neri nesta quinta (16) Divulgação/Polícia Militar de Cruzeiro do Sul Familiares de detentos que estão em greve de fome no Presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul, fizeram um protesto nesta quinta-feira (16). Um grupo de ao menos 40 mulheres fechou a entrada do Tribunal de Justiça do município e, após conversar com um juiz, seguiram para a frente do presídio e fecharam as duas entradas do local e a rodovia BR-307. Com cartazes, o grupo pedia informações sobre o andamento das reivindicações feitas pelos presos que estão em greve de fome desde o último dia 13 de agosto em Cruzeiro do Sul e outras cinco unidades do Acre. O tenente da Polícia Militar (PM-AC) Silva Lima acompanhou a ocorrência disse que após a conversa com o juiz as mulheres exigiram falar com a direção do presídio. O fechamento no local ocorreu por volta de 11h e durou cerca de 40 minutos. Alunos que seguiam para a aula decidiram descer do ônibus para passar pela barreira e ir a pé para escola. “Achávamos que após a conversa com o juiz estava tudo resolvido. Quando chegamos na unidade havia um tumulto muio grande de veículos lá. Em outra conversa da PM-AC com as líderes, elas decidiram desbloquear a via. Foram recebidas pela direção da unidade e deixaram o local”, relatou. Familiares pediam informações sobre a situação dos presos que estão em greve de fome desde o dia 13 de agosto Divulgação/Polícia Militar de Cruzeiro do Sul Conversa com a direção Ao G1, a diretora do presídio Manoel Neri, Deyse Januário, informou que os familiares se reuniram próximo à guarita da unidade. O grupo formou uma comissão e pediu para conversar com a direção para saber o andamento das reivindicações e se havia a possibilidade de a situação ser resolvida. Os detentos do município permanecem em greve de fome. “Elas queriam que fossem atendidas as reivindicações dos parentes delas que estão presos, queriam saber se alguma das situações havia sido resolvida. Nada foi cedido, até porque são reivindicações que não dizem respeito diretamente à nossa unidade. Conversamos tranquilamente, explicamos e elas se retiraram”, destacou Deyse. Grupo foi recebido pela direção do presídio e após a conversa deixou o local Airton Rodrigues/Arquivo Pessoal Reivindicações Os presos de quatro pavilhões do Presídio Manoel Neri da Silva, em Cruzeiro do Sul, estão em greve de fome desde o dia 13 de agosto. Os detentos da segunda maior cidade do Acre decidiram aderir ao protesto que teve início em unidades prisionais da capital do estado. Conforme a direção do presídio, nos quatro pavilhões estão 403 presos, integrantes de três organizações criminosas que atuam em Cruzeiro do Sul. Entre as reivindicações apresentadas estão: o aumento do horário da visita íntima e a revisão dos processos dos que estão com penas vencidas. As reivindicações foram encaminhamos ao Poder Judiciário. No interior, os detentos também aderiram ao protesto no Presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira e Moacir Prado, em Tarauacá. Protesto em Rio Branco Em Rio Branco, na quarta (15), as mulheres de presos fecharam as principais vias da capital pressionando para que as exigências dos presos fossem atendidas. Em nota, o Iapen informou que iria dialogar com as manifestantes, mas não vai cederia às pressões. O Iapen-AC informou que o movimento busca regalias e que o sistema penitenciário avalia as reivindicações, mas deve ceder apenas nos casos em que o pedido esteja previso em lei. Familiares fecharam ruas da capital durante protesto na quarta (15) Aline Vieira/Rede Amazônica Acre
    Alunos protestam e pedem justiça a jovens que morreram após sair de feira agropecuária em Rio Branco

    Alunos protestam e pedem justiça a jovens que morreram após sair de feira agropecuária em Rio Branco


    Caminhada foi feita a pedido dos alunos da Escola João Mariano nesta quinta (16), no bairro Taquari. Amanda, Isabele e Vitor sumiram após saírem da Expoacre no dia 5 de agosto. Dois deles foram achados mortos. Alunos fizeram protesto pedindo paz...


    Caminhada foi feita a pedido dos alunos da Escola João Mariano nesta quinta (16), no bairro Taquari. Amanda, Isabele e Vitor sumiram após saírem da Expoacre no dia 5 de agosto. Dois deles foram achados mortos. Alunos fizeram protesto pedindo paz após morte de colegas que desapareceram ao sair para feira agropecuária Arquivo Pessoal Ao menos 300 alunos da Escola João Mariano fizeram um protesto na tarde desta quinta-feira (16) pedindo paz e justiça pela morte dos adolescentes que desapareceram no último dia 5 de agosto após sair para a última noite da Expoacre, em Rio Branco. Os manifestantes também pediam paz no bairro Taquari, no 2º Distrito da capital, onde moravam os jovens. A concentração da passeata foi feita na frente escola e depois os estudantes seguiram pelas ruas do bairro até o local onde foi achado, no dia 9 de agosto, o corpo de Isabele Silva Lima, de 13 anos. No local, cantaram e fizeram orações. Ao G1, a diretora da instituição, Sônia Amélia, explicou que Isabele e Amanda Gomes, de 13 e 14 anos, estudavam na escola desde o ensino fundamental. Já Vitor Vieira de Lima, de 18 anos, era um ex-aluno. O corpo de Vitor foi achado dois dias após o desaparecimento dentro de um poço no bairro Taquari, onde os três adolesentes moravam. Lima tinha várias perfurações pelo corpo e estava com as mãos amarradas. “É muito chocante uma violência dessa contra pessoas tão novas. Essa passeata aconteceu principalmente a pedindo dos alunos, pois as meninas eram nossas alunas. Os pais da Amanda também participaram. Queremos paz, queremos justiça”, destacou a diretora. Com cartazes, alunos pediram paz e justiça pela morte de estudantes que moravam no bairro Taquari Arquivo Pessoal Os alunos levaram cartazes para as ruas e pediram que o crime não fique impune, outros pediram o fim das tragédias nas vidas dos jovens no Acre. “São nossas alunas desde pequenininhas. Elas moravam perto da escola, conhecemos a família, elas fazem parte da história da escola. Quando falaram que um corpo foi achado foi difícil conter os alunos, todos conheciam a Isabele e ficaram muito tristes. Só queremos paz, chega de tragédias”, pediu. Diretora afirma que passeata foi feita a pedido de estudantes que conheciam Amanda e Isabele. Além disso, Vitor era um ex-aluno da escola Arquivo Pessoal Investigações O coordenador da Delegacia de Homícido e Proteção à Pessoa (DHPP), delegado Rêmulo Diniz, contou que as investigações do caso estão sob sigilo. Diniz apenas detalhou que tem uma equipe destacada exclusivamente para o caso e já foram feitas buscas em três pontos. "Foram pontos indicados via denúncia 181 e buscamos que a população colabore. Não logramos êxito em encontrar nem o corpo e nem a pessoa, mas esperamos que ela esteja viva e estamos em campo", acrescentou. O delegado disse também que continua ouvindo testemunhas e familiares para buscar informações do paradeiro. Diniz não quis falar qual a principal linha de investigação da polícia. "Temos recebido algumas informações desencontradas, mas não podemos descartar nenhuma possibilidade. Trabalhamos com a possibilidade dela estar viva até os últimos instantes. Esperamos ter um desfecho feliz sobre isso", concluiu. Amanda Gomes (esq.), Isabele Lima e Vitor de Lima sumiram no domingo (5) quando saíram para a Expoacre. Vitor e Isabele foram achados mortos dias após o sumiço Arquivo da família
    Após quase 5 meses, família diz ainda não ter notícias do paradeiro de servente geral desaparecido

    Após quase 5 meses, família diz ainda não ter notícias do paradeiro de servente geral desaparecido


    Ismael Delmiro sumiu em março deste ano após retornar de um almoço na Vila do V. Polícia diz que que também não tem informações do paradeiro do servente. Servente Ismael Delmiro está desaparecido desde o mês de março Arquivo da família A...


    Ismael Delmiro sumiu em março deste ano após retornar de um almoço na Vila do V. Polícia diz que que também não tem informações do paradeiro do servente. Servente Ismael Delmiro está desaparecido desde o mês de março Arquivo da família A família do servente geral Ismael Paiva Delmiro, de 34 anos, ainda não tem nenhuma informação do paradeiro dele. O homem desapareceu no mês de março após retornar da Vila do V, interior do Acre, onde tinha almoçado com a família para Rio Branco. Delmiro chegou a ligar para a mulher dele, Maria Vanda, para falar que tinha sido assaltado no Centro da capital acreana, mas que iria logo para casa. Ele não tinha telefone e utilizou o aparelho de uma pessoa na rua. "Teve boatos, mas vamos checar e não dá em nada. Eu e a família dele não paramos, toda semana estamos na delegacia em busca de respostas. A polícia diz que está trabalhando, mas até agora não deu resposta para a família”, contou Maria. O delegado responsável pelo caso, Leonardo Santa Barbara, contou que ouviu diversas testemunhas. Ele confirmou ainda que Delmiro era usuário de drogas. "Os familiares confirmaram que o envolvimento dele era esse. Temos duas informações: a primeira era que estava no Centro, depois em Porto Acre, não tem uma informação certa. A polícia está investigando, mas até agora não tem nada, ele não tinha celular", detalhou. A mulher de Delmiro contou também que foi até o Instituto Médico Legal (IML) saber se a ossada humana encontrada por uma moradora no início do mês é do marido. Ela foi informada que precisa de uma documentação da delegacia que investiga o caso para os familiares fazerem exames de DNA. “O delegado não deu o papel até agora. Precisa desse papel para fazer exames. Não sei como é esse trabalho deles é muito lento. Já faz tanto tempo. A esperança é a última que morre, mas, às vezes não tenho esperança de encontrar ele vivo porque ele nunca ficou sem se comunicar”, lamentou. Maria diz que cobra a quebra do sigilo do telefone usado por Delmiro no último contato com ela. Porém, foi informada que a polícia espera autorização da Justiça. "Acho que já era para o juiz já ter lido o caso dele. Falou que o sigilo ia sim ser quebrado, mas precisava que a Justiça autorizasse Semana passada fui lá [na Justiça] e me disseram que o processo dele ainda está na delegacia. É muito difícil porque corro para um lado e outro”, diz.
    Paciente alega ter sido expulso de hospital no interior do Acre e registra queixa contra dois médicos

    Paciente alega ter sido expulso de hospital no interior do Acre e registra queixa contra dois médicos


    Profissionais negam as acusações. Boletim de ocorrência foi registrado nesta quinta (16) na delegacia de Cruzeiro do Sul. Homem diz que foi expulso ao procurar atendimento no Hospital do Juruá Vanísia Nery/G1 O contador José Francisco França...


    Profissionais negam as acusações. Boletim de ocorrência foi registrado nesta quinta (16) na delegacia de Cruzeiro do Sul. Homem diz que foi expulso ao procurar atendimento no Hospital do Juruá Vanísia Nery/G1 O contador José Francisco França registrou um boletim de ocorrência na delegacia de polícia de Cruzeiro do Sul, nesta quinta-feira (16), contra os médicos Edgar Valente e Ronierisson Sarah, que prestam serviços no Pronto-Socorro do Hospital do Juruá, interior do Acre. Rocha alega que foi tratado de forma agressiva e teria sido expulso do consultório da unidade de saúde ao procurar atendimento na noite de segunda-feira (12). Ele estava com pressão e foi até o hospital acompanhado da mulher, Juliana Lima. Na unidade de saúde, após mais de uma hora de espera, o paciente foi atendido pelo médico Edgar Valente, que teria tratado o casal de forma indelicada. “Meu esposo não podia falar porque ele tava com dificuldades devido a pressão alta e com muita dor no peito, aí, fui falar por ele e o médico mandou eu me calar, abriu a porta da sala para que eu me retirasse. Queria que eu deixasse ele só, sendo que ele não teria condições de responder nenhuma pergunta do médico”, conta Juliana. Após a discussão, o médico encaminhou o paciente para fazer um eletrocardiograma. Com o resultado na mão, o casal teve que aguardar ainda por mais de 2 horas para que o médico retornasse para avaliar o exame. “No caso, o eletro deu alterado. Depois disso ele foi dormir e não retornou mais. Daí, quando procuramos a enfermeira e dissemos que íamos para casa, ela falou que o estado dele era delicado e foi chamar outro médico, que foi o doutor Ronierisson e que foi mais grosso ainda”, alega a mulher. O segundo médico teria ficado alterado e expulsado o paciente da unidade de saúde. “Ele tomou as dores do colega e pediu para o meu esposo se retirar, só porque meu esposo perguntou porque a pressão não queria baixar. Ele falou com ironia: ‘eu acho que você sofreu bem um infarto’. Aí a gente disse que ia procurar nossos direitos e ele falou: ‘pode procurar, fique à vontade’. E disse: ‘é pra sair agora, abriu a porta e expulsou a gente da sala. Literalmente fomos expulsos do hospital”, revolta-se. O paciente procurou atendimento em um consultório particular na terça-feira (13), dia seguinte ao ocorrido. Segundo à família, França continua tendo quadros de pressão alta. Por conta disso, somente nesta quinta-feira (16), o casal compareceu à delegacia para registrar queixa contra os médicos. Os dois médicos informaram em nota que as alegações do casal não são verdadeiras, mas se negam a falar do assunto. Alegam ainda que “a direção do hospital foi comunicada e notificada após terceiros divulgarem as imagens de difamação proferidas pelos reclamantes, colhendo em auditoria interna a versão dos médicos e demais pessoas que estiveram presentes”, diz a nota. Paciente alega ter sido expulso de hospital no interior do Acre e registra queixa contra dois médicos Reprodução/Rede Amazônica Acre
    Patrimônio de candidatos ao Governo do Acre ultrapassa R$ 3,8 milhões

    Patrimônio de candidatos ao Governo do Acre ultrapassa R$ 3,8 milhões


    Gladson Cameli (PP) é o mais rico em bens declarados. Coronel Ulisses (PSL) foi o único que não prestou contas à Justiça Eleitoral até esta quinta-feira (16). Informações estão dispostas no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)...


    Gladson Cameli (PP) é o mais rico em bens declarados. Coronel Ulisses (PSL) foi o único que não prestou contas à Justiça Eleitoral até esta quinta-feira (16). Informações estão dispostas no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Reprodução/TSE A soma do patrimônio dos candidatos ao Governo do Acre ultrapassa os R$ 3,8 milhões de reais, de acordo com os dados registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após os pedidos de registros de candidatura. Conforme as informações, o candidato Gladson Cameli (PP) é o mais rico com bens declarados à Justiça Eleitoral, com um montante superior a R$ 2,9 milhões. A maioria dos bens do candidato é de créditos e poupança, aplicações financeiras e veículos. David Hall (Avante) é o candidato com menor patrimônio, com bens declarados em R$ 19 mil. O candidato Coronel Ulysses (PSL) foi o único que não prestou contas à Justiça Eleitoral até esta quinta-feira (16). O segundo candidato com maior soma de bens é Marcus Alexandre (PT), num valor que ultrapassa R$ 600 mil, entre terrenos, casas e outros bens móveis. Em sequência está a candidata Janaina Furtado (Rede), com mais de R$ 275 mil entre veículo e casas. Em relação aos candidatos a vice-governador, a soma entre eles chega a ultrapassar o valor de R$ 1,8 milhão. Emylson Farias (PDT), companheiro de Marcus Alexandre (PT) tem maior patrimônio na ordem de R$732,5 mil. Já Julio Cesar (Rede), vice de Janaina Furtado, declarou bens de R$615 mil e Major Rocha (PSDB), companheiro de Gladson Cameli, possui patrimônio de R$ 540 mil. Os candidatos a vice Ressini Jarude (PSL) e Thiago Gonçalves (Avante) não declararam bens à Justiça Eleitoral até esta quinta-feira (16).
    Cães farejadores são usados em operação de fiscalização na fronteira do Acre

    Cães farejadores são usados em operação de fiscalização na fronteira do Acre


    Cerca de 50 veículos foram abordados no primeiro dia da ação, nesta quarta (15). Fiscalização deve continuar nos próximos dias na fronteira. Fiscalizações devem continuar nos próximos dias na fronteira do estado Divulgação/Polícia Federal...


    Cerca de 50 veículos foram abordados no primeiro dia da ação, nesta quarta (15). Fiscalização deve continuar nos próximos dias na fronteira. Fiscalizações devem continuar nos próximos dias na fronteira do estado Divulgação/Polícia Federal no Acre A Polícia Federal no Acre (PF-AC) e homens da Força Nacional de Segurança fizeram uma ação de fiscalização, nesta quarta-feira (15), na faixa de fronteira próxima a cidade de Epitaciolândia, interior do Acre. São usados cães farejadores durante as ações. A PF-AC informou, nesta quinta (16), que foram fiscalizados 50 veículos apenas na quarta, mas nenhum material ilícito foi encontrado. A ação deve continuar nos próximos dias na fronteira. A polícia acrescentou que a operação compõe a lista de uma série de ações para combater o tráfico de drogas e outros crimes. A polícia destacou que os cães usados nessa ação chegaram recentemente ao estado.
    Mais de 9 mil animais já foram vacinados contra a raiva em Cruzeiro do Sul

    Mais de 9 mil animais já foram vacinados contra a raiva em Cruzeiro do Sul


    Meta é imunizar cerca de 12,5 mil, entre cães e gatos, até o final da campanha de vacinação que ocorre até do dia 22 de agosto Mais de 9 mil animais já forma vacinados em Cruzeiro do Sul Mazinho Rogério/G1 Em 9 dias da campanha de vacinação...


    Meta é imunizar cerca de 12,5 mil, entre cães e gatos, até o final da campanha de vacinação que ocorre até do dia 22 de agosto Mais de 9 mil animais já forma vacinados em Cruzeiro do Sul Mazinho Rogério/G1 Em 9 dias da campanha de vacinação antirrábica, o Centro de Zoonoses de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, já imunizou 9,6 mil animais e a meta é vacinar 12,5 mil cães e gatos até o dia 22 de agosto. Na primeira semana da campanha, as equipes de vacinadores visitaram as comunidades rurais e, desde segunda-feira (13), os agentes do centro atuam na zona urbana do município. A campanha teve início no dia 7 de agosto e, na primeira etapa, atingiu mais de 70% de cobertura vacinal nas comunidades rurais. De acordo com a coordenadora do Centro de Zoonoses, Elmaria Ferreira, o trabalho começou pela área rural por conta do período de estiagem que possibilita o acesso dos vacinadores. “Demos atenção nesse primeiro momento para os ramais, tendo em vista que pode começar o período de chuvas o que tornaria difícil o acesso das equipes. Mas, ainda não atingimos todas as comunidades, por isso, devemos retornar em algumas e visitar aquelas em que o trabalho ainda não foi realizado”, informou Elmaria. De acordo com o médico veterinário Eduardo Dias, que trabalha no Centro de Zoonoses, muitas pessoas ainda resistem em permitir que seu animal de estimação seja vacinado. “É comum as pessoas não deixarem os vacinadores realizar o trabalho, com medo que os animais adoeçam. Na zona rural existe uma lenda de que os animais podem perder o faro e aí vai impedir a caça. Isso é só lenda, não é verdade. Por favor, permitam a vista dos nossos vacinadores para facilitar o nosso trabalho”, esclareceu Dias. Na zona urbana, durante 4 dias, mais de 30% das casas já foram visitadas pelos vacinadores. O Centro de Zoonoses capacitou 11 equipes que trabalham com o objetivo de vacinar 80% de uma população de mais de 12 mil cães e 2.478 gatos. Vacinação ocorre em Cruzeiro do Sul Mazinho Rogério/G1
    Mulher de jovem desaparecido em Rio Branco há seis dias diz que ele estava sendo ameaçado

    Mulher de jovem desaparecido em Rio Branco há seis dias diz que ele estava sendo ameaçado


    Larissa afirma que ficou sabendo por uma amiga nesta quinta-feira (16) que o marido estava recebendo ameaças. Ele sumiu na sexta (10), no KM 7 da Estrada da Transacreana. Manoel Everton Ferreira está desaparecido desde sexta-feira (10) em Rio...


    Larissa afirma que ficou sabendo por uma amiga nesta quinta-feira (16) que o marido estava recebendo ameaças. Ele sumiu na sexta (10), no KM 7 da Estrada da Transacreana. Manoel Everton Ferreira está desaparecido desde sexta-feira (10) em Rio Branco Arquivo pessoal A dona de casa Larissa de Oliveira, de 18 anos, continua sem notícias do marido, que está desaparecido há seis dias, e nesta quinta-feira (16) recebeu a informação de ele estava sendo ameaçado antes de sumir. Ferreira foi visto pela última vez na última sexta (10), quando saiu da casa da irmã no KM 7 da Estrada Transacreana, zona rural de Rio Branco. Inicialmente, Larissa contou que recebeu informação de que o marido teria sido morto a tiros quando bandidos roubaram a motocicleta que ele estava. E agora, a família ficou sabendo que ele estava sendo perseguido por pessoas que queriam matá-lo. “Ficamos sabendo que tinham uns caras atrás dele para matar. Mas, eu não estava sabendo disso, vim saber hoje por uma amiga minha. Não sei por qual motivo estavam atrás dele. Fora isso, não temos mais nenhuma notícia dele”, disse a mulher. A família já procurou por Ferreira em unidades de saúde e até no Instituto Médico Legal (IML) da capital. Ele saiu de casa usando uma camisa vermelha e uma bermuda e não levou o celular. Um boletim de ocorrência foi registrado pelo desaparecimento do rapaz.
    Preso que fugiu de hospital ao pedir para ir ao banheiro é capturado após dois meses

    Preso que fugiu de hospital ao pedir para ir ao banheiro é capturado após dois meses


    Luan Santos de Oliveira foi capturado no bairro Cidade Nova pela Polícia Civil. Ele fugiu do Huerb em junho deste ano. Luan Santos era procurado por roubo, receptação e porte de arma Divulgação/Polícia Civil do Acre Após quase dois meses...


    Luan Santos de Oliveira foi capturado no bairro Cidade Nova pela Polícia Civil. Ele fugiu do Huerb em junho deste ano. Luan Santos era procurado por roubo, receptação e porte de arma Divulgação/Polícia Civil do Acre Após quase dois meses foragido, Luan Santos de Oliveira, de 21 anos, foi capturado nesta quarta-feira (15), no bairro Cidade Nova, em Rio Branco. Oliveira fugiu do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) após pedir para ir ao banheiro. Na época, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) informou que Oliveira cumpria pena alternativa e foi recolhido por descumprir alguns procedimentos. Porém, a Polícia Civil informou, durante apresentação do rapaz nesta quinta (16), que ele foi preso no mês de junho por assalto , tentou fugir da polícia, caiu de moto e quebrou o braço direito. "Quando menor de idade participou de um latrocínio e outros delitos. Após a maioridade responde por receptação, porte de arma e roubo. Foi preso no dia 18 de junho em razão de um flagrante de roubo, na fuga caiu e foi levado para o Pronto-Socorro. Após três dias conseguiu fugir do local", disse o delegado Sérgio Lopes.
    Após acidente que matou marido, atendente de farmácia está na UTI e precisa de doação de sangue

    Após acidente que matou marido, atendente de farmácia está na UTI e precisa de doação de sangue


    Fátima Nascimento estava de moto com o marido Wandre Afonso quando ocorreu o acidente. Amigos e familiares pedem doação de qualquer tipo sanguíneo. Fátima Nascimento está internada na UTI do Huerb e precisa de bolsas de sangue Arquivo da...


    Fátima Nascimento estava de moto com o marido Wandre Afonso quando ocorreu o acidente. Amigos e familiares pedem doação de qualquer tipo sanguíneo. Fátima Nascimento está internada na UTI do Huerb e precisa de bolsas de sangue Arquivo da família Amigos e familiares da atendente de farmácia Fátima Nascimento iniciaram uma campanha para arrecadar bolsas de sangue para ela. Fátima e o marido Wandre do Nascimento Afonso sofreram um acidente de trânsito na rodovia Via Verde, próximo a Terceira Ponte, em Rio Branco. Afonso morreu no local do acidente. Fátima está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Homem morreu após acidente em rodovia de Rio Branco envolvendo carro e moto Divulgação/Corpo de Bombeiros O acidente envolveu um carro e uma motocicleta na noite desta quarta-feira (15). Os passageiros que estavam no carro ficaram presos às ferragens e o Corpo de Bombeiros foi acionado para retirar as vítimas. A Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF-AC) informou, nesta quinta (16), que o boletim da ocorrência ainda não está concluído. Ao G1, uma amiga da atendente, que pediu para não ser identificada, falou que Afonso tinha buscado a mulher no Complexo Prisional Francisco d’Oliveira Conde (FOC), onde ela trabalha. O acidente ocorreu quando o casal voltava para casa, no bairro Santa Inês. "Ela fraturou o pé, a bacia e o fêmur. Está internada na UTI precisando de qualquer tipo de sangue. É só falar o nome dela", complementou.
    ‘Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe’ e ‘Unicórnio’ são novos filmes exibidos no Cine Teatro Recreio no AC

    ‘Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe’ e ‘Unicórnio’ são novos filmes exibidos no Cine Teatro Recreio no AC


    Sessões começam 18h e 19h30 a partir desta quinta-feira (16). Ingressos variam de R$ 7 e R$ 14. Filme Unicórnio é um dos destaques do Cine Teatro Recreio Divulgação A programação do Cine Teatro Recreio em Rio Branco muda a partir desta...


    Sessões começam 18h e 19h30 a partir desta quinta-feira (16). Ingressos variam de R$ 7 e R$ 14. Filme Unicórnio é um dos destaques do Cine Teatro Recreio Divulgação A programação do Cine Teatro Recreio em Rio Branco muda a partir desta quinta-feira (16). Estão em cartaz os filmes “Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe”, às 18h, e “Unicórnio”, das 19h30. Os ingressos são vendidos por R$ 7 e R$ 14. O primeiro filme fala da trajetória de vida de Hélio Jaguaribe, um dos maiores cientistas políticos no Brasil, responsável por formular as teorias de um capitalismo autônomo para o país, o nacional-desenvolvimentismo. Um dos nomes que propôs uma integração da América Latina, ele faz parte do grupo que passou a repensar o Brasil desde a década de 1950. Em “Unicórnio”, Maria é uma menina, que está sentada num banco ao lado de seu pai. A conversa que eles tem ali, conduz a narrativa do filme: acompanhamos a história na rústica casa de campo, onde ela mora com a mãe, e aguardam a volta deste mesmo pai. A relação entre Maria e a sua mãe muda com a chegada de um outro homem. Confira a programação completa: Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe Onde: Cine Teatro Recreio; Horário: 18h; Quando: a partir de quinta-feira (16) Ingressos: R$ 7 e R$ 14. Unicórnio Onde: Cine Teatro Recreio Horário: 19h30; Quando: a partir de quinta-feira (16); Ingressos: R$ 7 e R$ 14. ‘Tudo é Irrelevante, Hélio Jaguaribe’ é o segundo filme em cartaz no Cine Teatro Recreio Divulgação
    Pais querem arrecadar R$ 10 mil com vaquinha online para custear tratamento de filho diagnosticado com câncer no Acre

    Pais querem arrecadar R$ 10 mil com vaquinha online para custear tratamento de filho diagnosticado com câncer no Acre


    Marcos Henrique, de 2 anos, tem leucemia linfoide aguda e faz tratamento desde abril. Pai vende churrasquinho para pagar medicamentos e exames e por isso família decidiu pedir doações. Pais decidiram fazer campanha online e tentar arrecadar R$ 10...


    Marcos Henrique, de 2 anos, tem leucemia linfoide aguda e faz tratamento desde abril. Pai vende churrasquinho para pagar medicamentos e exames e por isso família decidiu pedir doações. Pais decidiram fazer campanha online e tentar arrecadar R$ 10 mil para pagar tratamento de filho com câncer Reprodução/Vakinha Os pais do pequeno Marcos Henrique, de 2 anos, querem arrecadar R$ 10 mil para custear o tratamento do filho que foi diagnosticado com leucemia linfoide aguda em abril desse ano. O valor vai ser usado para pagar exames e comprar medicamentos que não estejam disponíveis no Sistema Único de Saúde (SUS). A vaquinha foi iniciada na segunda-feira (13) e até terça (14) já havia recebido R$ 550 em doações. A mãe do menino, Quelen Catrine da Costa Magalhçães, de 27 anos, conta que precisou sair do emprego para cuidar de Marcos e a única renda do casal é a venda de churrasquinhos e sanduíches feita pelo marido, Dacildo Menezes da Silva Júnior, de 27 anos. “Sempre têm ressonâncias, consultas, exames e remédios que as vezes faltam no SUS e precisamos comprar. Estou sem trabalhar e meu esposo está se virando em mil. Não temos casa, moramos com a mãe do meu marido. Ele [Júnior] também paga aluguel onde vende os lanches e, ultimamente, devido a tantas coisas, ele não está conseguindo quitar o aluguel”, relata. Pais pedem ajuda com vaquinha online para pagar exames e remédios que não são oferecidos pelo SUS para filho com câncer Arquivo da família Sintomas A família levou a criança ao hospital após Henrique apresentar manchas roxas no corpo e desmaios. Além disso, Quelen conta que o filho era ativo e gostava muito de brincar, mas foi ficando apático e não conseguia mais comer direito. “Ele está fazendo tratamento, mas uma vez faltou um medicamento e agora ele vai recomeçar tudo na Unacon. Um amigo indicou a vaquinha online e isso tem nos ajudado muito”, afirma. Quelen fala ainda que ela e o marido não perdem as esperanças de ver o filho curado e com saúde. Se a meta da campanha for ultrapassada, os pais pretendem doar o valor para ajudar outras crianças vítimas do câncer. “Ele é a nossa vida, eu vivo para ele agora. Tenho fé em Deus que meu filho vai vencer essa luta. Espero que as pessoas nos ajudem, não vamos perder as esperanças nunca”, finaliza a mãe. Marcos Henrique foi diagnosticado com câncer em abril deste ano. Mãe largou o emprego para cuidar do filho e pai sustenta família com venda de churrasquinho e sanduíches Arquivo da família
    Imac aplicou mais de meio milhão de reais em multas devido a queimadas no Acre

    Imac aplicou mais de meio milhão de reais em multas devido a queimadas no Acre


    Dados são de janeiro a 14 de agosto desse ano. Ao todo, foram aplicados 119 autos de infração e termos de embargo de áreas. Ao todo, foram aplicados 119 autos de infração e termos de embargo de áreas de janeiro a 14 de agosto desse...


    Dados são de janeiro a 14 de agosto desse ano. Ao todo, foram aplicados 119 autos de infração e termos de embargo de áreas. Ao todo, foram aplicados 119 autos de infração e termos de embargo de áreas de janeiro a 14 de agosto desse ano Divulgação/Corpo de Bombeiros do Acre Devido ao período de estiagem, o número de queimadas aumentou em todo o Acre. O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac), aplicou R$ 590 mil em multas após identificar irregularidades. O levantamento das multas levou em consideração os dados de janeiro a 14 de agosto desse ano. Conforme o diretor-presidente do instituto, Paulo Viana, foram aplicados cerca de 119 autos de infração e termos de embargo de áreas. Com o embargo, os donos dessas áreas ficam impedidos, entre outros problemas, de realizar financiamentos. Viana ressalta que a fiscalização deve ficar cada vez mais forte nos próximos dias. “Até o final de agosto as ações de fiscalização nas áreas de maior criatividade, de Sena Madureira à Tarauacá, serão intensificadas. Além disso, iremos intensificar as ações de educação ambiental para uso alternativo do fogo. Temos também a reunião semanal da sala de situação sediada no corpo de bombeiros”, disse Viana.
    Com chuva, público da procissão do Novenário em Cruzeiro do Sul cai 74% em relação ao ano passado

    Com chuva, público da procissão do Novenário em Cruzeiro do Sul cai 74% em relação ao ano passado


    Foram 10 mil pessoas percorrendo as ruas da cidade. Padre diz que chuva não atrapalhou o momento de fé. Foram 10 mil pessoas acompanhando a imagem de Nossa Senhora da Glória em Cruzeiro do Sul Ismael Medeiros/G1 A procissão de encerramento do...


    Foram 10 mil pessoas percorrendo as ruas da cidade. Padre diz que chuva não atrapalhou o momento de fé. Foram 10 mil pessoas acompanhando a imagem de Nossa Senhora da Glória em Cruzeiro do Sul Ismael Medeiros/G1 A procissão de encerramento do Novenário de Nossa Senhora da Glória, em Cruzeiro do Sul, teve que enfrentar a chuva na noite desta quarta-feira (15). O evento, que reuniu no ano passado em torno de 38 mil pessoas, este ano contou com público 74% menor. De acordo com a Polícia Militar, cerca de 10 mil fiéis participaram da romaria. A previsão para início da procissão era às 18h, logo após a missa celebrada na igreja matriz da cidade. No entanto, devido à forte chuva, parte da tarde e início da noite desta quarta-feira (15), a caminhada só teve início às 20h. A maioria dos romeiros utilizou guarda-chuva para se proteger e acompanhar a imagem de Nossa Senhora da Glória, que percorreu dois quilômetros pelas ruas da segunda maior cidade do Acre. Muitos católicos foram à procissão, considerada pela igreja como a segunda maior festa religiosa da região Norte, para pagar promessas por acreditar que tiveram seus pedidos atendidos por interseção da santa. A produtora rural Zeneide Fociz saiu do ramal 3, do Projeto de Assentamento Santa Luzia, distante 70 quilômetros da cidade, segundo ela, para agradecer pela cura recebida. “Estava com três anos com uma dor na perna que não parava de doer. Até que um dia me deu vontade de pedir uma ajuda à Nossa Senhora, que se ela me botasse boa, enquanto eu tivesse vida ia participar da procissão. Por isso estou aqui”, disse a devota que caminhou descalça e vestida de branco. A aposentada Josefa Ponce, de 80 anos, é voluntária da igreja na organização do novenário há meio século. Para ela, mesmo com a chuva e um público abaixo do esperado, foi um momento de muita emoção. “É muita fé, muito prazer, uma emoção enorme em poder trabalhar há tanto tempo na igreja e ainda ter forças para participar de um momento como esse”, afirmou. Durante o novenário, que teve início no dia 5 deste mês, a cidade de Cruzeiro do Sul recebeu um grande número de turistas. O aposentado Euzaniro Melo mora em Rio Branco e participou dos últimos cinco dias do evento. “Sigo o costume da minha mãe que esteve aqui, em uma cadeira de rodas, até o último ano da vida dela. Eu decidi vir, principalmente para homenageá-la”, destacou Melo, que caminhou com uma câmera na mão tirando fotos e produzindo vídeos para enviar para a família na capital. Para o bispo da Diocese de Cruzeiro do Sul, Dom Mosé Pontello, mesmo com o público reduzido e com a chuva que moderou somente nos momentos finais da procissão, a festa religiosa não perdeu o brilho. “O pessoal não teve medo, foi em frente. Mesmo os padres, os bispos, todo mundo tomou chuva e, por isso, estou feliz com a festa. Foi muito bom. Uma grande demonstração de fé” - comemorou o religioso. A procissão marcou o último dia das comemorações do centenário do Novenário de Nossa Senhora da Glória. Logo após as celebrações, o público se reuniu em frente a igreja para assistir ao show do padre Delair Cuerva, que durou até as 22 h. Procissão encerrou centários de Nossa Senhora da Glória Mazinho Rogério/G1
    Em greve de fome, presos exigem revisão de penas vencidas e aumento no horário de visitas íntimas em Cruzeiro do Sul

    Em greve de fome, presos exigem revisão de penas vencidas e aumento no horário de visitas íntimas em Cruzeiro do Sul


    Movimento iniciou em seis unidades do estado nesta segunda-feira (13). Reivindicações foram escritas à mão. Em greve de fome, mais de 400 presos exigem revisão de processos com penas vencidas em Cruzeiro do Sul Mazinho Rogério/G1 Os presos de...


    Movimento iniciou em seis unidades do estado nesta segunda-feira (13). Reivindicações foram escritas à mão. Em greve de fome, mais de 400 presos exigem revisão de processos com penas vencidas em Cruzeiro do Sul Mazinho Rogério/G1 Os presos de quatro pavilhões do Presídio Manoel Neri da Silva, em Cruzeiro do Sul, estão em greve de fome desde segunda-feira (13). Os detentos da segunda maior cidade do Acre decidiram aderir ao protesto que teve início em unidades prisionais da capital do estado. Em papel escrito, representantes dos presidiários apresentaram suas reivindicações aos diretores da unidade. De acordo com a direção do presídio, nos quatro pavilhões estão 403 presos, integrantes de três organizações criminosas que atuam em Cruzeiro do Sul. Todos se negam em fazer as três refeições que são servidas por dia – café da manhã almoço e janta. A diretora da penitenciária, Deisy Januário, disse que um grupo de representantes dos presos foi ouvido pela equipe de segurança, ainda na segunda-feira (13) e apresentou um documento com as reivindicações que foi encaminhado à Vara de Execuções Penais. “Entre as reivindicações apresentadas estão: o aumento do horário da visita íntima e a revisão dos processos dos que estão com penas vencidas. Nós encaminhamos ao Poder Judiciário”, disse. Ainda de acordo com a diretora, os detentos de Cruzeiro do Sul já afirmaram que continuam em greve de fome em apoio ao protesto dos presos de Rio Branco. “Eles aqui informam que estão mais apoiando as reivindicações de Rio Branco, porque na unidade aqui a situação está bem tranquila”, destacou. Mesmo com a greve, as refeições são colocadas à disposição dos detentos todos os dias. Somente após a direção ser informada, pelos próprios detentos, que eles não se servirão, os alimentos estçai sendo levados para instituições de caridade. Atualmente o presídio Manoel Neri da Silva está com 748 presidiários. No interior, os detentos também aderiram ao protesto no Presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira e Moacir Prado, em Tarauacá. Em Rio Branco, na quarta, as mulheres de presos fecharam as principais vias da capital pressionando para que as exigências dos presos fossem atendidas. Em nota, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen) informou que vai dialogar com as manifestantes, mas não vai ceder às pressões. “Não se curvará às pressões exercidas em consequência das medidas postas em prática e que visam a segurança das unidades prisionais”, destacou. Marmitas estão sendo levadas para entidades carentes do estado, diz direção Mazinho Rogério/G1
    Sine oferta 17 vagas de emprego para Rio Branco nesta quinta-feira (16); veja a lista

    Sine oferta 17 vagas de emprego para Rio Branco nesta quinta-feira (16); veja a lista


    Há vagas para nutricionista e manicure. Candidatos interessados devem comparecer no Sine, que fica no Bosque, em Rio Branco. Há vagas para operador de telemarketing em Rio Branco Reprodução EPTV O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine)...


    Há vagas para nutricionista e manicure. Candidatos interessados devem comparecer no Sine, que fica no Bosque, em Rio Branco. Há vagas para operador de telemarketing em Rio Branco Reprodução EPTV O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 28 vagas para diversas áreas nesta quinta-feira (16) na capital acreana. Os candidatos interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n°1.670, em Rio Branco. O candidato à vaga deve atualizar o seu cadastro no Sine. Aqueles que não tiverem cadastro na instituição, devem levar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço. As vagas são rotativas, ou seja, são disponibilizadas para o dia, podendo não estar mais disponíveis para o dia seguinte. O Sine se responsabiliza por encaminhar cinco pessoas, no perfil solicitado pelo empregador, para que ele possa escolher qual vai preencher a vaga. O cidadão pode verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182. Sine Acre oferta 17 vagas de emprego nesta quinta-feira (16) Sine Acre/Divulgação
    Frente fria de fraca intensidade continua no Acre nesta quinta-feira (16), prevê Sipam

    Frente fria de fraca intensidade continua no Acre nesta quinta-feira (16), prevê Sipam


    Previsão é de um dia nublado e chuvoso no oeste do estado. Frente fria de fraca intensidade permanece no Acre nesta quinta-feira (16) Jhonatas Fabricio/Arquivo pessoal A friagem ainda atua no Acre nesta quinta-feira (16). A previsão é de um dia...


    Previsão é de um dia nublado e chuvoso no oeste do estado. Frente fria de fraca intensidade permanece no Acre nesta quinta-feira (16) Jhonatas Fabricio/Arquivo pessoal A friagem ainda atua no Acre nesta quinta-feira (16). A previsão é de um dia nublado e chuvoso no oeste do estado. Nas demais áreas e na capital, o dia ainda começa nublado, mas aos poucos o tempo abre e não há previsão de chuva. Apesar da friagem ser de fraca intensidade, o sistema vai garantir um dia agradável em todo o estado, atenuando o forte calor dos últimos dias. Há possibilidade de que ocorram grandes volumes de chuva em todo o oeste do Acre. Confira as temperaturas em todas as regiões: Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 19°C e a máxima de 27°C. Baixo Acre Mínima de 20°C e máxima de 28°C são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 22°C e 27°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 21º C e 28°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 22°C e a máxima de 26°C.