G1 > Acre

    Homem é agredido a golpes de garrafa em rua do interior do Acre

    Homem é agredido a golpes de garrafa em rua do interior do Acre


    Tentativa de homicídio foi registrada na manhã deste domingo (22), em Sena Madureira. Vítima foi levada para o hospital pelo Corpo de Bombeiro do Acre. Vítima foi encontrada caída em uma rua do bairro Centro, em Sena Madureira, e atendida pelos...


    Tentativa de homicídio foi registrada na manhã deste domingo (22), em Sena Madureira. Vítima foi levada para o hospital pelo Corpo de Bombeiro do Acre. Vítima foi encontrada caída em uma rua do bairro Centro, em Sena Madureira, e atendida pelos bombeiros Reprodução Uma tentativa de homicídio foi registrada na manhã deste domingo (22) no bairro Centro, em Sena Madureira, interior do Acre. Segundo a Polícia Militar do Acre (PM-AC), a briga ocorreu na Rua Padre Egídio. A vítima foi levada para o hospital por uma equipe do Copro de Bombeiros do Acre. Ainda segundo a PM-AC, o suspeito do crime foi encontrado dentro de um bar da cidade. Uma pessoa foi até o quartel e informou o local que o suspeito estava. Ele foi preso em flagrante. Para a polícia, o suspeito falou que foi agredido diversas vezes pela vítima. O rapaz tinha ferimentos em um dos olhos. A polícia contou também que a vítima chegou bastante alterada no hospital. A suspeita, segundo a PM-AC, que o homem estivesse sob efeito de bebida alcoólica ou entorpecentes. Uma equipe da PM-AC teve que ser acionada pelos médicos para ajudar a controlar o rapaz, que não deixava os profissionais fazerem os curativos nele.

    Corpo de Bombeiros do AC faz buscas por rapaz que desapareceu após cair em rio do AM durante pescaria


    Vítima participava de uma pescaria no Rio Purus, em Boca do Acre, na madrugada deste sábado (21). Atevanio Ferreira dos Santos caiu de uma canoa. Uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre procura por um rapaz, de 19 anos, que desapareceu após cair no...

    Vítima participava de uma pescaria no Rio Purus, em Boca do Acre, na madrugada deste sábado (21). Atevanio Ferreira dos Santos caiu de uma canoa. Uma equipe do Corpo de Bombeiros do Acre procura por um rapaz, de 19 anos, que desapareceu após cair no Rio Purus, em uma região conhecida por Estirão do Alcântara, zona rural da cidade de Boca do Acre, no Amazonas. Segundo os Bombeiros, Atevanio Ferreira dos Santos participava de uma pescaria quando caiu da canoa. O acidente ocorreu na madrugada deste sábado (21). Os bombeiros do município de Sena Madureira, interior do Acre, iniciaram as buscas após o acidente, mas até a manhã deste domingo (22), o rapaz ainda não havia sido encontrado. "Isso foi à noite, por volta de quase meia-noite. Ontem, o Corpo de Bombeiro fez as buscas durante o dia todo, e não foi possível encontrar. As buscas foram suspensas à noite, hoje pela manhã foram retornadas”, explicou o major Cláudio Falcão Ainda segundo o major, outras pessoas estavam na embarcação. Uma delas contou que a vítima pediu socorro antes de cair. “Suspeita-se que ele tenha sido puxado do barco por alguma coisa. Quando acenderam a lanterna e focaram não conseguiram mais ver. Normalmente quando uma pessoa cai de um barco não afunda logo, ainda é possível visualizar”, acrescentou. Ainda segundo o major, a região onde ocorreu o acidente é conhecida também como Poço da Cobra. A profundidade do local, segundo Falcão, pode chegar até 23 metros. "São informações de quem estava lá. As pessoas estão fazendo buscas. Segundo a lenda, quando a cobra engole um ser humano, ela volta à tona para fazer a digestão”, complementou.
    Você viu? Homem é morto e decapitado, idosa aprende a ler aos 71 anos, vereadores quase se agridem e mais

    Você viu? Homem é morto e decapitado, idosa aprende a ler aos 71 anos, vereadores quase se agridem e mais


    Leia abaixo uma seleção de reportagens publicadas no G1 Cruzeiro do Sul e Região. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril em Cruzeiro do Sul e Região Arte/G1 Em Cruzeiro...


    Leia abaixo uma seleção de reportagens publicadas no G1 Cruzeiro do Sul e Região. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril em Cruzeiro do Sul e Região Arte/G1 Em Cruzeiro do Sul, os crimes bárbaros marcaram essa semana. O primeiro de um jovem que desapareceu e foi morto brutalmente a pauladas e facadas e o segundo mais bárbaro ainda de um homem que foi morto dentro de casa e teve a cabeça arrancada e levada para perto de uma escola infantil. Perdeu alguma coisa? O G1 faz um resumo da semana. Confira: Natanael foi morto a facadas e a pauladas em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal Domingo (15/4) Família faz buscas por jovem desaparecido e acha bicicleta abandonada no interior do Acre Rio Juruá sobe quase 2 metros nas últimas 24 horas e atinge 10,46 m em Cruzeiro do sul Adelcimar Carvalho/G1 Segunda-feira (16/4) Sesc abre inscrições para instrutor de educação física e auxiliar de cozinha em Cruzeiro do Sul Jovem que estava desaparecido foi morto a pauladas e facadas: ‘achavam que ele era de facção’, diz delegado Rio Juruá sobe quase 2 metros nas últimas 24 horas e atinge 10,46 m em Cruzeiro do Sul Casas foram desmontadas e famílias retiradas Adelcimar Carvalho/ G1 Terça-feira (17/4) Famílias são retiradas de casas após deslizamento de terra às margens do Rio Juruá Presídio de Cruzeiro do Sul tem 438 presos a mais do que a capacidade e passa por ampliação Imagens de jovem morto foram enviadas à facção que ordenou execução, diz menor suspeito do crime Homem é preso com 10 quilos de maconha escondidos na mochila em hospedaria no interior do Acre Marivaldo Figueiredo (à esquerda) e Ronaldo Brito (à direita) discutiram e quase se agrediram fisicamete durante sessão em Cruzeiro do Sul Divulgação/ Câmara de Vereadores Cruzeiro do Sul Quarta-feira (18/4) Duas agências bancárias de Porto Walter são investigadas por má prestação de serviço No AC, vereadores discutem durante sessão e seguranças são acionados para evitar agressão física Paciente com câncer na bexiga tem pedido de tratamento arquivado pela Saúde e MP-AC investiga o caso Homem foi morto e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal Quinta-feira (19/4) Homem é morto, decapitado e a cabeça é encontrada em cima de padrão de luz no interior do Acre Dono de cão que atacou menino de 6 anos no AC é indiciado por lesão corporal grave e doa animal Aposentada diz que pretende fazer curso de direito: 'tenho fé' Adelcimar Carvalho/G1 Sexta-feira (20/4) Campanha contra influenza deve imunizar mais de 20 mil pessoas em Cruzeiro do Sul Aposentada aprende a ler aos 71 anos e sonha em fazer curso de direito: ‘ainda serei advogada’ ‘Lamento não ter feito nada para defendê-lo’, diz irmão de homem decapitado no interior do Acre Ministério Público investiga prefeito de Marechal Thaumaturgo por improbidade administrativa Arquivo pessoal Sábado (21/4) Homem é preso com submetralhadora em cidade do interior do Acre Ministério Público investiga prefeito de Marechal Thaumaturgo por improbidade administrativa
    Você viu? Veto do Estatuto da Família, ambulância explode, OCA reduz horário de atendimento e mais

    Você viu? Veto do Estatuto da Família, ambulância explode, OCA reduz horário de atendimento e mais


     Leia abaixo uma seleção de reportagens publicadas no G1. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Arte/G1AC Essa semana foi marcada pelo veto do polêmico projeto de...


     Leia abaixo uma seleção de reportagens publicadas no G1. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Lista contém os principais destaques de 15 a 21 de abril. Arte/G1AC Essa semana foi marcada pelo veto do polêmico projeto de lei que exclui casais homoafetivos do conceito de família. Após muita discussão e recomendações dos órgãos judiciais, a procuradoria do município se posicionou contra a lei e a prefeita Socorro Neri vetou integralmente o projeto. A mudança no horário da OCA também deu o que falar. Foram filas e muita correria nos primeiros dias de horário de atendimento reduzido na central. Perdeu alguma coisa? O G1 faz o resumo da semana no estado. Confira: Com ajuda de alunos, professor de veterinária cria modelos 3D de ossos e membros de animais dar aulas em Rio Branco Reprodução/Rede Amazônica Acre Domingo (15/4) Motociclista morre após bater em poste de energia elétrica em ladeira de Rio Branco Professor de medicina veterinária cria modelos 3D de ossos e membros de animais para dar aulas no Acre Jovem é morto a tiros enquanto andava de bicicleta no interior do AC; um suspeito foi preso Jovem é morto a tiros após ter casa invadida no interior do AC e polícia acredita em vingança No primeiro dia com horário reduzido, moradores fazem fila para atendimentos na OCA em Rio Branco Lidson Almeida/Arquivo pessoal Segunda-feira (16/4) Mais de 38 mil contribuintes declararam imposto de renda no Acre; prazo é até 30 de abril Acre é um dos três estados do Norte que não conseguiram captar recursos da Lei Rouanet em 2017, aponta MinC No 1º dia com horário reduzido, moradores fazem fila para atendimentos na OCA em Rio Branco Em um ano no Acre, mais de 3 mil pessoas foram incluídas no Bolsa Família; aumento é de 4% Ambulância pegou fogo em frente a posto de combustível em Rio Branco Geisy Negreiros/G1 Terça-feira (17/4) Quase 90 mil turistas usaram o Acre como rota para o Peru e Bolívia em 2017, aponta Setul Laudo aponta que adolescente de 13 anos não morreu de meningite bacteriana e causa da morte ainda é investigada Ambulância com motorista e enfermeira pega fogo e explode ao lado de posto de combustíveis no AC; não houve feridos ‘Família é para gerar’, diz membro da Associação dos Evangélicos no AC ao defender exclusão de casais homoafetivos de PL Os jovens acreanos João Paulo Maia e Daiane Pereira decidiram fazer intercâmbio para aperfeiçoar o inglês e ter novas experiências Reprodução/Facebook/Arquivo Pessoal Quarta-feira (18/4) 'Segurança, medo de urso e teste de emprego sem entender perguntas': acreanos relatam experiências no exterior Aumento nos casos de meningite no Acre foi de 79% em um ano, aponta Saúde No Acre, 6.643 presos devem ter documento digital com dados pessoais e até apelidos Dono de posto de gasolina onde ambulância explodiu ainda calcula prejuízos; laudo deve sair em dez dias Horário de atendimento da OCA foi reduzido e usuários chegam cedo do local em busca de atendimento Lidson Almeida/Rede Amazônica Acre Quinta-feira (19) Após exigência do Acreprevidência e TCE, governo sanciona lei com salários da Aleac que chegam até R$ 20 mil Número de presas grávidas no Acre saltou de um para dez em um mês, aponta Conselho Nacional de Justiça Após redução no horário de atendimento, filas e correria marcam início de expediente na OCA Após derrubada de veto, PL que propõe aplicação de provas de concursos em cidades isoladas do AC é sancionada Lei foi vetada pela prefeita Socorro Neri nesta quinta-feira (19) Asscom prefeitura de Rio Branco Sexta-feira (20/4) TRE-AC vai abrir durante os finais de semana e quer atender 300 eleitores irregulares por dia em Rio Branco Na web, empresária chama acreanos de preguiçosos e revolta internautas que sugerem boicote a restaurante Caixa vai liberar FGTS para mais de 3 mil famílias que foram atingidas por enxurrada em Rio Branco Prefeita veta estatuto que exclui casais homoafetivos do conceito de família em Rio Branco Rio Branco aparece entre as 10 cidades com piores índices no ranking de saneamento básico do Instituto Trata Brasil Tácita Muniz/G1 Sábado (21/4) Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão pendentes; 60% são de procurados pela Justiça, diz CNJ Acre fechou mais de 990 vagas formais de emprego nos três primeiros meses de 2018, aponta Caged Iapen fiscaliza 155 presos do semiaberto que moram na região do Segundo Distrito de Rio Branco Rio Branco fica entre as dez cidades do país com pior saneamento básico, aponta estudo
    Domingo (22) deve ser de tempo nublado em todo o Acre, prevê Sipam

    Domingo (22) deve ser de tempo nublado em todo o Acre, prevê Sipam


    Confira as temperaturas em todas as regiões. Chuvas com trovoadas são esperadas a qualquer hora do dia. Tempo deve ficar nublado em todas as regiões, prevê Sipam Reprodução/TV Acre No domingo (22), o calor e o tempo abafado predominam em todo o...


    Confira as temperaturas em todas as regiões. Chuvas com trovoadas são esperadas a qualquer hora do dia. Tempo deve ficar nublado em todas as regiões, prevê Sipam Reprodução/TV Acre No domingo (22), o calor e o tempo abafado predominam em todo o Acre, segundo o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). A previsão é de céu parcialmente nublado a nublado. Na região do Vale do Juruá o tempo segue nublado e há previsão de pancadas de chuva com trovoadas a qualquer hora do dia. Confira a temperatura em todas as regiões: Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 22°C e a máxima de 31°C. Baixo Acre Mínima de 23°C e máxima de 32°C são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 22°C e 29°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 23°C e 31°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 22°C e a máxima de 30°C.
    Gleici volta a bairro onde morava na periferia e é recebida com festa em Rio Branco

    Gleici volta a bairro onde morava na periferia e é recebida com festa em Rio Branco


    Campeã do 'BBB18' foi até a casa onde vivia com a família e depois seguiu para uma festa na Praça Plácido de Castro. Gleici foi recebida por uma multidão no bairro que morava com a família Aline Nascimento/G1 Debaixo de um sol forte, a campeã...


    Campeã do 'BBB18' foi até a casa onde vivia com a família e depois seguiu para uma festa na Praça Plácido de Castro. Gleici foi recebida por uma multidão no bairro que morava com a família Aline Nascimento/G1 Debaixo de um sol forte, a campeã do Big Brother Brasil 18, Gleici Damasceno, voltou ao bairro onde morava na periferia de Rio Branco e foi recebida por uma multidão, neste domingo (22). Antes de seguir para a festa montada na praça Plácido de Castro, na Baixada da Sobral, ela foi até a casa em que vivia com a família. “Não sabia a dimensão disso aqui. Parece que estou sonhando. Não sei explicar o que é porque nunca vivi isso. Estou nervosa, até tremendo”, contou Gleici. Gleici Damasceno recebe o carinho do público em festa na Baixada do Sol Emocionada, ela disse que respeita muito o carinho do público. “Estamos lidando com sentimentos e as pessoas estão gritando que me amam. Isso é muito gratificante, tenho que ter muito cuidado com o sentimento e carinho das pessoas”, disse. Após quase 90 dias confinada, Gleici venceu o reality com 57,28% dos votos. Ela chegou ao Acre na noite deste sábado (21) com o namorado Wagner Santiago, com quem iniciou o relacionamento dentro da casa do BBB. Vencedora do 'BBB18' agradeceu o carinho do público Aline Nascimento/G1 A acreana disputava o prêmio com o sírio Kaysar e a família Lima (Ana Clara e Ayrton). Por causa do fuso horário (atrasado em duas horas em relação a Brasília), a programação da emissora chegou a ser alterada, para que o programa fosse exibido ao vivo no estado. Gleici vem de uma família humilde que vive na periferia da capital. Ela tem dois irmãos, 15 tias e 50 primos, e é a única deles a ter concluído o ensino médio e a fazer curso superior. Ela também é militante dos direitos humanos e da juventude negra. A costureira Miriam Miranda, de 41 anos, é vizinha da Gleici e estava ansiosa para vê-la. Ela conta que costumava a consertar roupas da sister. Gleici participou de ato na Praça Plácido de Castro, em Rio Branco Aline Nascimento/G1 “Ajeitava roupas para ela, a mãe dela, a irmã. Acho que ela mereceu. Ela é daquele jeito mesmo. Estou feliz por ela”, acrescentou. Wagner Santiago era só alegria também ao lado da acreana. Ele falou do carinho recebido no estado. “Experiência incrível, recepção super calorosa. Não imaginava que era tudo isso, mas a Gleici merece”, comentou. Gleici e Wagner participam de festa para vencedora do 'BBB18', em Rio Branco
    Campeã do 'BBB 18', Gleici chega a Rio Branco e é recebida por fãs 

    Campeã do 'BBB 18', Gleici chega a Rio Branco e é recebida por fãs 


    Sister desembarcou no Aeroporto Plácido de Castro na noite deste sábado (21) junto do namorado Wagner.  Vencedora do ‘BBB 18’, Gleici desembarca em Rio Branco A ex-BBB Gleici Damasceno, ganhadora do prêmio de R$ 1,5 milhão da edição 2018 do...


    Sister desembarcou no Aeroporto Plácido de Castro na noite deste sábado (21) junto do namorado Wagner.  Vencedora do ‘BBB 18’, Gleici desembarca em Rio Branco A ex-BBB Gleici Damasceno, ganhadora do prêmio de R$ 1,5 milhão da edição 2018 do programa, retornou ao Acre na noite deste sábado (21) e foi cercada por fãs ao desembarcar junto do namorado, o também ex-BBB Wagner, no Aeroporto Plácido de Castro, em Rio Branco. O voo da sister, que desceu da aeronave enrolada na bandeira do estado, aterrissou por volta de 22h30 (0h30 de domingo, no horário de Brasília). No Instagram, Gleici publicou fotos com uma mala e escreveu “partiu Acre”. Em outra imagem, em que aparece com amigos, ela agradeceu o carinho de todos e disse “estou chegando Acre”. Gleici se emociona ao ser abraçada na chegada ao aeroporto de Rio Branco Cassius Afonso/Rede Amazônica Acre A acreana disputava o prêmio com o sírio Kaysar e a família Lima (Ana Clara e Ayrton). Por causa do fuso horário (atrasado em duas horas em relação a Brasília), a programação da emissora chegou a ser alterada, para que o programa fosse exibido ao vivo no estado. Gleici vem de uma família humilde que vive na periferia da capital. Ela tem dois irmãos, 15 tias e 50 primos, e é a única deles a ter concluído o ensino médio e a fazer curso superior. Ela também é militante dos direitos humanos e da juventude negra. Após descer do avião, Gleici se enrolou na a bandeira do estado do Acre Cassius Afonso/Rede Amazônica Acre Gleici chegou ao Acre junto de Wagner Cassius Afonso / Rede Amazônica Acre

    Adolescente é morto a facadas por amigo durante briga na Vila Caquetá, no interior do Acre


    Anderson Costa, de 17 anos, foi morto pelo amigo, de apenas 16, após um desentendimento. Motivação do crime, que ocorreu neste sábado (21), ainda vai ser investigada. Um adolescente identificado como Anderson Dias da Costa, de 17 anos, foi morto a...

    Anderson Costa, de 17 anos, foi morto pelo amigo, de apenas 16, após um desentendimento. Motivação do crime, que ocorreu neste sábado (21), ainda vai ser investigada. Um adolescente identificado como Anderson Dias da Costa, de 17 anos, foi morto a facadas por um amigo durante uma briga na tarde deste sábado (21). O caso, segundo a Polícia Militar (PM-AC), ocorreu no Ramal Linha 1, na Vila Caquetá, no município de Porto Acre. O autor do crime foi um outro menor de apenas 16 anos. Conforme a PM-AC, os adolescentes eram amigos e tiveram um desentendimento. Eles entraram em luta corporal e a vítima foi atingida com três facadas no peito e uma no braço direito. Costa morreu no local. O autor das facadas também se feriu, mas conseguiu fugir logo após o crime. As causas da briga ainda devem ser investigadas. O Instituto Médico Legal (IML) foi até o local para recolher o corpo e a área passou por perícia.
    Rio Branco fica entre as dez cidades do país com pior saneamento básico, aponta estudo

    Rio Branco fica entre as dez cidades do país com pior saneamento básico, aponta estudo


    A capital do Acre aparece em 90º no estudo do Instituto Trata Brasil, que considera os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). Rio Branco aparece entre as 10 cidades com piores índices no ranking de saneamento básico do...


    A capital do Acre aparece em 90º no estudo do Instituto Trata Brasil, que considera os dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). Rio Branco aparece entre as 10 cidades com piores índices no ranking de saneamento básico do Instituto Trata Brasil Reprodução/Rede Amazônica A capital acreana ficou entre as 10 piores cidades no ranking de saneamento básico de 2018 do Instituto Trata Brasil. Rio Branco aparece em 90º lugar no ranking dos 100 maiores municípios do país. O G1 entrou em contato com o diretor técnico do Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Anderson Mariano, mas não obteve resposta até esta publicação. O estudo, que considera os dados mais recentes do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), foi divulgado nesta semana. O levantamento mostra que Rio Branco caiu 16 posições no ranking em um ano, já que em 2017, ficou em 74º lugar. Conforme os dados, somente 23,9% da população na capital acreana recebe atendimento urbano de esgoto – coleta de esgoto - e 34,2% tem esgoto tratado. No Acre, apenas 12,2% da população tem acesso à coleta de esgoto e 19,4% ao tratamento de esgoto. O esgoto a céu aberto ou despejado direto nos rios é a realidade de grande parte dos nortistas que vivem em locais sem saneamento básico. O estudo mostrou que na região norte, apenas 10% do esgoto é coletado, o pior índice do país. A situação mais precária é em Rondônia, onde só 4% da população tem acesso à coleta de esgoto. Depois aparecem o Amapá (5,8%), Amazonas (7,3%), Pará (9%), Acre (12,2%), Tocantis (21,7%) e Roraima (38,3%). A precariedade nos serviços de coleta e tratamento de esgoto, também atinge o acesso à água potável, que só chega para 54% dos nortistas. Conforme o levantamento, a água potável chega para 47,99% dos acreanos. Das 10 piores posições no rankig do Trata Brasil, sete cidades são da região norte, sendo que cinco são capitais. Entre elas, Rio Branco, Macapá, Manaus, Belém e Porto Velho. Para o especialista Oscar de Moraes, professor de saneamento da Universidade de Brasília (UNB), saneamento básico tem que estar no topo das prioridades do governo já que investimentos nessa área, são fundamentais para garantir o desenvolvimento da população. “Os maiores impactos são na saúde pública, quer dizer, várias doenças têm origem na água, ou são por agentes vinculados na água, e isso tem um enorme custo para a sociedade. Então, se nós fôssemos colocar na ponta do lápis, todo prejuízo que a sociedade tem com a falta de saneamento, a gente chegaria na conclusão de que era muito importante que o saneamento fosse feito”, disse Moraes.
    Sindicato cobra reparos em ramal que dá acesso ao presídio de Tarauacá, de onde fugiram mais de 30 presos durante obras

    Sindicato cobra reparos em ramal que dá acesso ao presídio de Tarauacá, de onde fugiram mais de 30 presos durante obras


    ‘As viaturas estão atolando’, diz presidente do sindicato. Iapen diz que notificou empresa responsável por obras em presídio para fazer raspagem do ramal.  Viatura do Iapen-AC atolada em ramal que dá acesso ao presídio de...


    ‘As viaturas estão atolando’, diz presidente do sindicato. Iapen diz que notificou empresa responsável por obras em presídio para fazer raspagem do ramal.  Viatura do Iapen-AC atolada em ramal que dá acesso ao presídio de Taraucá Divulgação/Sindapen O ramal que dá acesso ao presídio Moacir Prado, em Tarauacá, no interior do Acre, está em péssimas condições devido ao trânsito de caminhões da empresa responsável pelas obras na unidade prisional. Os agentes penitenciários que trabalham no local cobram reparos e reclamam do atoleiro que se tornou o ramal. O diretor do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Aberson Carvalho, informou que a empresa responsável pelas obras foi notificada e que a orientação dada foi de que seja feita a raspagem do ramal após as chuvas. “Ali vai ser asfaltado, está dentro do processo de licitação. A empresa foi notificada, porque ela tem que fazer a raspagem do ramal periodicamente. Mas, como nós estamos em obras, infelizmente o transtorno é fato. Não tem como asfaltar agora e ficar passando com caminhão de barro e areia ou cimento em cima para afundar”, disse Carvalho. A situação do ramal fica ainda pior em dias de chuvas. O presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários do Acre (Sindapen), Lucas Bolzoni, disse que é comum as viaturas ficarem atoladas no local, inclusive, quando estão fazendo deslocamento de presos. “Isso representa um perigo para a segurança. Se precisar de uma intervenção no local ou alguma questão de saúde, em dias de chuva, principalmente, o acesso fica assim. Às vezes, presos de alta periculosidade são carregados nessas viaturas que acabam atolando no meio do caminho, e ninguém sabe o que fazer”, relatou o sindicalista. Bolzoni disse que, além das viaturas que atolam ao tentar trafegar no local, os servidores do presídio acabam tendo que deixar seus veículos na rodovia principal, com receio de também ficarem atolados. As obras de ampliação e revitalização no presídio foram iniciadas em novembro do ano passado. Segundo o diretor do Iapen-AC, a previsão é que seja concluída em quatro meses. “Como tivemos um período de fortes chuvas, as obras foram suspensas por cerca de um mês, mas a previsão é essa”, disse Carvalho. Agentes penitenciários cobram reparos em ramal que dá acesso ao presídio de Tarauacá Divulgação/Sindapen Fugas durante as obras Desde o início das obras no presídio, mais de 30 presos fugiram da unidade. A primeira fuga foi no dia 11 de dezembro do ano passado, ao menos 20 presos fugiram pela parte de trás do presídio onde o muro estava sendo reconstruído. Pouco mais de um mês depois, oito presos que cumpriam pena na penitenciária conseguiram fugir pelos fundos da unidade. Um vídeo gravado pelas câmeras de monitoramento flagrou a ação dos detentos. No último dia 6 de março, mais três presos fugiram do local. Desta vez, os detentos fizeram um buraco em uma das celas e fugiram.
    Iapen fiscaliza 155 presos do semiaberto que moram na região do Segundo Distrito de Rio Branco

    Iapen fiscaliza 155 presos do semiaberto que moram na região do Segundo Distrito de Rio Branco


    Operação ocorreu na sexta-feira (20) e contou com apoio do Bope. Dos presos que passaram pela fiscalização, somente um não estava em casa no horário determinado.  Iapen fiscaliza 155 presos do semiaberto que moram na região do Segundo Distrito...


    Operação ocorreu na sexta-feira (20) e contou com apoio do Bope. Dos presos que passaram pela fiscalização, somente um não estava em casa no horário determinado.  Iapen fiscaliza 155 presos do semiaberto que moram na região do Segundo Distrito de Rio Branco Divulgação/Iapen-AC Uma operação do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC) fiscalizou 155 presos do regime semiaberto que estão sendo monitorados eletronicamente. A ação ocorreu na noite de sexta-feira (20) na região do Segundo Distrito de Rio Branco. Dos detentos que foram fiscalizados, apenas um não estava em casa no momento da abordagem policial. Ele foi recolhido pelos agentes e deve ser apresentado ao juiz na audiência de custódia. O diretor-presidente do Iapen, Aberson Carvalho, disse que ao todo, são 355 presos que utilizam monitoramento eletrônico na região do Segundo Distrito. Segundo ele, a operação ocorre uma vez por mês para aferição de sinal, controle de horário, e verificar eventuais problemas em tornozeleiras eletrônicas. “Foi um sucesso a operação, verificamos instabilidades que poderiam estar ocorrendo no sistema e fomos também verificar também a questão dos cumprimentos das decisões. Essa operação especial realizamos uma vez ao mês. No entanto, a monitoração é feita 24 horas por dia”, afirmou Carvalho. No Acre, são 1,3 mil presos do regime semiaberto utilizando as tornozeleiras eletrônica, sendo que em Rio Branco são pelo menos 900 detentos.
    Acre fechou mais de 990 vagas formais de emprego nos três primeiros meses de 2018, aponta Caged

    Acre fechou mais de 990 vagas formais de emprego nos três primeiros meses de 2018, aponta Caged


    Ao todo, foram 1.872 admissões e 2.029 desligamentos no estado. Dados do Caged foram divulgados nesta sexta-feira (20). Ao todo, foram 1.872 admissões e 2.029 desligamentos no estado Gabriel Costa/G1 O Acre fechou 157 vagas de emprego no mês de...


    Ao todo, foram 1.872 admissões e 2.029 desligamentos no estado. Dados do Caged foram divulgados nesta sexta-feira (20). Ao todo, foram 1.872 admissões e 2.029 desligamentos no estado Gabriel Costa/G1 O Acre fechou 157 vagas de emprego no mês de março deste ano, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Cegad), do Ministério do Trabalho (MTE), divulgados nesta sexta-feira (20). Ao todo, foram 1.872 admissões e 2.029 desligamentos no estado. Apesar disso, esse resultado é melhor do que o de fevereiro, quando foram fechadas 428 vagas. O levantamento mostra que nos três primeiros meses de 2018 foram abertos 5.497 postos de trabalho e fechados 6.490, uma perda de 993 postos. Em comparação com outros estados do norte, o Acre ficou em terceiro lugar dos que mais perdeu postos de trabalho, ficando atrás somente do Pará (-787) e do Amapá (-182). O Amazonas foi o estado do Norte que apresentou melhor resultado, com um saldo de 548 postos de trabalho em março. O levantamento do Caged mostra que no Acre o setor que mais teve desligamentos em março foi o do comércio, onde foram demitidas 76 pessoas, seguido da construção civil, com 51 demissões e do setor de serviços com 44 pessoas demitidas. A agropecuária e a extrativa mineral fecharam 16 e 15 postos, respectivamente. Com relação aos municípios acreanos com os piores resultados para o mês de março, em primeiro lugar fica Rio Branco, onde 53 pessoas foram desligadas, depois Feijó com 22 demitidos e Cruzeiro do Sul com 20 desligamentos. Em Tarauacá, foram fechados 11 postos de trabalho e em Sena Madureira 10 postos. Em um ano, o total de admissões foi de 24.940 e de desligamentos 25.258, um saldo negativo de 318 postos.
    Ministério Público investiga prefeito de Marechal Thaumaturgo por improbidade administrativa

    Ministério Público investiga prefeito de Marechal Thaumaturgo por improbidade administrativa


    MP instaurou inquérito na quinta-feira (19) para apurar denúncia de irregularidades na gestão do prefeito.  Prefeito Isaac Piyãko é alvo de investigações do Ministério Público do Acre Arquivo pessoal O prefeito da cidade de Marechal...


    MP instaurou inquérito na quinta-feira (19) para apurar denúncia de irregularidades na gestão do prefeito.  Prefeito Isaac Piyãko é alvo de investigações do Ministério Público do Acre Arquivo pessoal O prefeito da cidade de Marechal Thaumaturgo, no interior do Acre, Isaac Piyãko, é alvo de investigações do Ministério Público do Acre. O órgão instaurou um inquérito civil para apurar uma denúncia de que o prefeito estaria praticando diversos atos de improbidade. A instauração do inquérito foi publicada na edição de quinta-feira (19) do Diário Oficial do MP-AC. O G1 entrou em contato com o prefeito Isaac Piyãko, que informou que vai se inteirar sobre o assunto para pode se posicionar. No texto, o órgão afirma que a denúncia partiu do presidente da Câmara dos Vereadores de Marechal Thaumaturgo. O presidente afirmou que diversos atos de improbidade vêm sendo praticados na gestão do prefeito Piyãko. Diante da denúncia, o MP determinou que a prefeitura do interior do estado seja oficializada e que envie uma série de informações para o órgão em um prazo de 20 dias. Entre os documentos solicitados está uma planilha de todos os servidores públicos, comissionados ou não e dos respectivos salários, com cópia do contracheque dos meses de janeiro a março de 2018. Além disso, informações quanto a atrasos do pagamento dos servidores. O MP quer saber também se a prefeitura não está atendendo aos ofícios da Câmara de Vereadores e pediu que a prefeitura encaminhe todos os contratos administrativos firmados no ano de 2017. A prefeitura tem que informar ainda sobre o financiamento feito na área da saúde no ano de 2017. Além disso, enviar ao MP uma planilha contendo as diárias recebidas por cada servidor público e os respectivos relatórios de viagem.
    Homem é preso com submetralhadora em cidade do interior do Acre

    Homem é preso com submetralhadora em cidade do interior do Acre


    Flagrante ocorreu nesta sexta-feira (20) na zona rural de Mâncio Lima. A polícia também apreendeu uma menor de 16 anos no local.  Homem é preso com submetralhadora em cidade do interior do Acre Divulgação/Polícia Civil Um homem identificado...


    Flagrante ocorreu nesta sexta-feira (20) na zona rural de Mâncio Lima. A polícia também apreendeu uma menor de 16 anos no local.  Homem é preso com submetralhadora em cidade do interior do Acre Divulgação/Polícia Civil Um homem identificado como Marbison da Silva Lima, de 28 anos, foi preso em flagrante nesta sexta-feira (20), por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas em Mâncio Lima. Com ele, a polícia apreendeu uma submetralhadora e 11 cartuchos. O flagrante ocorreu na Comunidade São Domingos, na zona rural do município. No local, a polícia aprendeu também uma menor de 16 anos. Ela também deve responder pelo crime de tráfico de drogas. O delegado responsável pelas investigações, Vinícius Almeida, disse que o local, que seria um ponto de venda de drogas, estava sendo investigado há cerca de três meses. Segundo ele, outros dois homens conseguiram fugir no momento da ação policial e estão sendo procurados. “Já vinhamos investigando ele e os demais membros. Ele foi indiciado por porte ilegal de armas, tráfico e associação para o tráfico e corrupção de menor, já que tinha uma menor lá com eles quando a polícia chegou”, informou Almeida. Além da arma e munições, a polícia apreendeu uma quantidade de drogas e um caderno com anotações referentes à venda de drogas. Conforme o delegado, a menor foi encaminhada ao Ministério Público para os procedimentos legais. “Essa não é a primeira vez que ela é apreendida. Em dezembro do ano passado, foi flagrada pelo mesmo crime de tráfico de drogas”, disse.
    Tempo segue abafado e previsão é de muito sol no Acre neste sábado (21)

    Tempo segue abafado e previsão é de muito sol no Acre neste sábado (21)


    Confira as temperaturas em todas as regiões. Chuvas podem ocorrer a qualquer hora do dia. Tempo deve ficar abafado em todo o Acre Anny Barbosa/G1 O tempo segue abafado e a previsão para este sábado (21) é de tempo abafado e sol entre muitas...


    Confira as temperaturas em todas as regiões. Chuvas podem ocorrer a qualquer hora do dia. Tempo deve ficar abafado em todo o Acre Anny Barbosa/G1 O tempo segue abafado e a previsão para este sábado (21) é de tempo abafado e sol entre muitas nuvens, de acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam). O dia deve ser de sol entre muitas nuvens e mormaço. Porém, chuvas devem ocorrer a qualquer hora do dia. Alto Acre Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 22°C e a máxima de 31°C. Baixo Acre Mínima de 22°C e máxima de 29°C são as temperaturas registradas em Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco. Vale do Juruá Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 23°C e 31°C. Vale do Purus Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 23°C e 31°C. Vale do Tarauacá/Envira Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 22°C e a máxima de 28°C.
    Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão pendentes; 60% são de procurados pela Justiça, diz CNJ

    Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão pendentes; 60% são de procurados pela Justiça, diz CNJ


    Outras 544 pessoas estão foragidas do sistema prisional. Os homens são maioria nas penitenciários do Acre, total de 6.239 enquanto há apenas 393 mulheres.  Dados do banco de monitoramento mostram que o Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão...


    Outras 544 pessoas estão foragidas do sistema prisional. Os homens são maioria nas penitenciários do Acre, total de 6.239 enquanto há apenas 393 mulheres.  Dados do banco de monitoramento mostram que o Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão pendentes Reprodução/CNJ O Acre tem mais de 1,4 mil mandados de prisão pendentes, conforme dados do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Desses, 874 criminosos nunca chegaram a cumprir pena e são procurados, o que representa 61,6% dos mandados pendentes. Outras 544 pessoas chegaram a ser presas, mas se evadiram do sistema prisional e são consideradas foragidas. Ao todo, 6.629 pessoas estão presas nas unidades penitenciárias do Acre, segundo o CNJ. Desses, 2.549 são provisórios o que representa 38,51% dos detentos. Os condenados somam 4.070, sendo 2.950 com execução definitiva de pena, total de 44,57%. Outros 1.120, número que corresponde a 16,92% dos detentos do sistema prisional do estado, cumprem pena em execução provisória. Os homens são maioria no sistema prisional e somam 6.239 enquanto há apenas 393 mulheres.
    Prefeita veta estatuto que exclui casais homoafetivos do conceito de família em Rio Branco

    Prefeita veta estatuto que exclui casais homoafetivos do conceito de família em Rio Branco


    Documento que vetou integralmente PL foi protocolado na Câmara de Vereadores na quinta-feira (19). Estatuto tinha sido aprovado na Câmara no último dia 5 de abril.  Lei foi vetada pela prefeita Socorro Neri nesta quinta-feira...


    Documento que vetou integralmente PL foi protocolado na Câmara de Vereadores na quinta-feira (19). Estatuto tinha sido aprovado na Câmara no último dia 5 de abril.  Lei foi vetada pela prefeita Socorro Neri nesta quinta-feira (19) Asscom/Prefeitura Rio Branco A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, vetou integralmente na quinta-feira (19), o projeto de Lei que estabelece o Estatuto da Vida e da Família. O PL foi aprovado na Câmara de Vereadores de Rio Branco, no último dia 5 de abril, por dez votos contra três. O projeto de lei tem gerado debates por descrever que família deve ser reconhecida a partir da união entre um homem e uma mulher, por meio de casamento ou de união estável, excluindo, assim, os casais homoafetivos do conceito de família. Foi protocolado um documento na Câmara de Vereadores em que a prefeitura anexou o parecer tanto da Procuradoria Geral do Município, como da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Ministério Público do Acre (MP-AC). Tanto o MP-AC como a OAB se manifestaram contra o estatuto e apresentaram recomendação à prefeitura para que o texto fosse vetado. A justificativa deles foi de que o projeto de lei apresenta diversas inconstitucionalidades. Entendimento do MP A procuradora Patrícia Rêgo informou que o trecho do projeto de lei onde ocorre maior inconstitucionalidade está justamente na definição dada à família. O MP-AC recomendou no último dia 10 de abril, o veto do estatuto. “Apesar do foco ter sido dado aos casais homoafetivos, o estatuto exclui qualquer outro tipo de família, mães solteiras que criam seus filhos sozinhas, avós que criam seus netos, irmãos. Isso exclui de políticas públicas uma grande parte da população”, destacou a procuradora. O órgão considerou que as famílias formadas por pessoas unidas ou não por laços de sangue, as chamadas famílias anaparentais, não foram contempladas no projeto de lei aprovado pelos vereadores. E, por isso, pede que a prefeitura não sancione o PL. Parecer da OAB O presidente da Comissão da Diversidade Sexual e de Assuntos Legislativos da OAB-AC, Charles Brasil, explicou que o PL foi considerado inconstitucional no aspecto informal e material. “No ponto de vista formal significa dizer que quem tem competência para legislar sobre direito civil é a União. No aspecto material, que está tratando da questão da família, sexual, religiosa e do direito à vida”, pontuou Brasil.
    Lei proíbe corte de energia elétrica e água de moradores durante o final de semana e feriados em Epitaciolândia

    Lei proíbe corte de energia elétrica e água de moradores durante o final de semana e feriados em Epitaciolândia


    PL foi aprovada no Câmara de Vereadores do município e sancionada nesta quinta (19) pelo prefeito Tião Flores. Empresas podem ser multadas, caso descumpram medidas. Lei proíbe corte de energia elétrica e água de moradores durante o final de...


    PL foi aprovada no Câmara de Vereadores do município e sancionada nesta quinta (19) pelo prefeito Tião Flores. Empresas podem ser multadas, caso descumpram medidas. Lei proíbe corte de energia elétrica e água de moradores durante o final de semana e feriados em Epitaciolândia Reprodução/Google Street View Uma lei sancionada nesta quinta-feira (19) proíbe as empresas prestadoras de serviço público que disponibilizam água e energia elétrica de cortarem o fornecimento aos moradores durante os finais de semana, vésperas de feriados e pontos facultativos em Epitaciolândia, interior do Acre. A lei nº 366 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) nesta quinta-feira (19) e assinada pelo prefeito João Sebastião Flores da Silva, conhecido como Tião Flores. O documento pode ser consultado a partir da página 61 do DOE. Ao G1, o gestor informou que o projeto foi criado e aprovado pela Câmara de Vereadores de Epitaciolândia após várias reclamações da comunidade. “Tinha várias reclamações de que esses cortes eram feitos principalmente aos sábados. Foi a Câmara que tomou a atitude, eu sancionei porque acho injusto a pessoa ficar sem água e luz no fim de semana. Além disso, a situação só ia poder ser resolvida na segunda-feira”, destaca. A empresas podem ser multadas e sofrer outras sanções caso cortem a energia elétrica ou água durante esses períodos que constam na lei. O valor da multa deve ser aplicado por decreto de competência exclusiva do prefeito. Os recursos arrecadados devem investidos em obras no município.
    ‘Lamento não ter feito nada para defendê-lo’, diz irmão de homem decapitado no interior do Acre

    ‘Lamento não ter feito nada para defendê-lo’, diz irmão de homem decapitado no interior do Acre


    Homem diz que nada justifica crueldade contra o irmão. Crime aconteceu na quarta-feira (18). Homem foi morto e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal A família de José Maria Lima, de 38 anos, diz não saber o que motivou a...


    Homem diz que nada justifica crueldade contra o irmão. Crime aconteceu na quarta-feira (18). Homem foi morto e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal A família de José Maria Lima, de 38 anos, diz não saber o que motivou a morte do homem, que foi morto com tiros e facadas e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul. O corpo dele foi achado dentro de casa, no bairro da Olivença, na quarta (18) à noite. Já a cabeça, foi colocada em cima de um padrão de energia de uma casa no bairro do Telégrafo, próximo a uma escola de ensino infantil. O irmão da vítima, Antônio Lima, diz que está assustado com a forma que a vítima foi morta. Ele, que morava perto da casa do irmão, conta que estava assistindo ao jogo e chegou a ouvir alguns gritos. “Uma pessoa me chamou na frente de minha casa e quando olhei não vi ninguém. Assisti o segundo tempo do jogo e fui dormir, acordei com o barulho na casa dele, eram gritos, disparos e golpes de terçado nas paredes. A casa dele fica ao lado da minha, ouvi gritos e palavrões. Os vizinhos disseram que eram cerca de dez pessoas. Depois eles saíram gritando que iam levar a cabeça dele para comer assada”, conta muito emocionado. Antônio conta ainda que o irmão não tinha falado nada sobre facção e nem de ameaças contra ele. “Ele tinha uns amigos, vivia a vida dele. Nossa mãe também mora ao lado e nem para ela ele relatou qualquer situação que pudesse levar a essa crueldade. Por pior pessoa que ele fosse, nada justifica essa barbaridade que fizeram com meu irmão. Era um ser humano e merecia uma morte digna. Os caras invadiram a casa e executaram ele. Eu escutei o barulho dos tiros e lamento não poder ter feito nada para defendê-lo”, lamenta. Souza diz que com ajuda de vizinhos acionou a polícia e foi até a casa onde encontrou somente o corpo do irmão. “Quando entrei na casa encontrei o corpo dele sem a cabeça. Foi um desespero muito grande, uma cena horrível, o corpo estava todo pipinado de cortes, tiros e sem a cabeça. Foi muito triste. Lamento não ter podido ajudar meu amigo”, desabafa. A Polícia Civil está investigando a morte do homem e acredita que cerca de oito pessoas estiveram envolvidas com o crime bárbaro e que a motivação está ligada à briga de facções rivais por território na cidade. Cabeça foi encontrada em cima do padrão de luz Adelcimar Carvalho/G1
    Terror ‘Exorcismos e Demônios’ entra em cartaz no cinema de Rio Branco, no Acre

    Terror ‘Exorcismos e Demônios’ entra em cartaz no cinema de Rio Branco, no Acre


    Trama conta história de padre condenado por morte de freira que praticou exorcismo. Sete filmes estão em cartaz no Cine Araújo. Cena de 'Exorcismos e Demônios' Reprodução O filme de terror ‘Exorcismos e Demônios’ é a estreia da semana no...


    Trama conta história de padre condenado por morte de freira que praticou exorcismo. Sete filmes estão em cartaz no Cine Araújo. Cena de 'Exorcismos e Demônios' Reprodução O filme de terror ‘Exorcismos e Demônios’ é a estreia da semana no Cine Araújo, em Rio Branco. A trama de ‘Exorcismos e Demônios’ apresenta a história de um padre condenado à prisão depois da morte de uma freira que praticou um exorcismo. Uma jornalista investiga se o padre assassinou uma pessoa mentalmente doente ou se ele perdeu a luta para um espírito demoníaco. Sete filmes estão em cartaz no Cine Araújo, que fica no Via Verde Shopping, na Estrada da Floresta, 2.320, no bairro Floresta. Confira a programação completa: Exorcismos e Demônios Sala 4 dublado 2D: quinta, sexta, segunda, terça e quarta-feira – 16h, 18h, 20h, 21h45 Sábado e domingo – 14h, 16h, 18h, 20h e 21h45; Sala 5 dublado 2D: 15 h, 17h, 19h; Sala 5 Legendado 2D: 21h. Rampage – Destruição Total Sala 2 Dublado 2D: 14h30, 16h45, 19h e 21h15; Um Lugar Silencioso Sala 3 Dublado 2D: 15h30, 17h30, 19h30 e 21h15; Jogador Nº 1 Sala 6 Dublado 2D: 20h30; Vingadores: Guerra Infinita Sala 1 Legendo 3D: quinta – 0h01 (de quarta para quinta) Sala 2 Dublado 3D: quinta – 0h01 (de quarta para quinta) Sala 4 Dublado 3D: quinta – 0:01 (de quarta para quinta) Círculo de Fogo: A Revolta Sala 6 Dublado 2D: 16h30; Nada a Perder – Contra Tudo. Por Todos Sala 1 Nacional 2D: 16h30 e 19h.
    Caixa vai liberar FGTS para mais de 3 mil famílias que foram atingidas por enxurrada em Rio Branco

    Caixa vai liberar FGTS para mais de 3 mil famílias que foram atingidas por enxurrada em Rio Branco


    Público alvo são as vítimas da forte chuva que ocorreu entre os dias 13 e 14 de fevereiro desse ano. Medida deve beneficiar mais de 3 mil famílias.  Vítimas de enxurrada em Rio Branco no mês de fevereiro vão poder sacar o FGTS Alan...


    Público alvo são as vítimas da forte chuva que ocorreu entre os dias 13 e 14 de fevereiro desse ano. Medida deve beneficiar mais de 3 mil famílias.  Vítimas de enxurrada em Rio Branco no mês de fevereiro vão poder sacar o FGTS Alan Dinarte/Arquivo pessoal A Caixa Econômica Federal vai fazer o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para as vítimas da enxurrada que ocorreu em Rio Branco entre os dias 13 e 14 de fevereiro desse ano. Para receber, o trabalhador precisa ter saldo nas contas do FGTS. Ao todo, a Caixa quer beneficiar mais de 3 mil famílias e injetar cerca de R$ 2 milhões na economia local. A medida vai ser realizada em parceria com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Comdec) e a Prefeitura de Rio Branco. Nesta sexta-feira (20), vai ser divulgado cronograma de atendimento e pagamento do benefício. 30 bairros foram atingidos e 50 localidades afetadas durante enxurrada em Rio Branco Alan Dinarte/Arquivo pessoal Enxurrada Ao todo, 30 bairros foram atingidos e 50 localidades afetadas. Foram diretamente atingidas 1,5 mil famílias, sendo ao menos seis mil pessoas, segundo a Secretaria das Cidades. Entre os bairros atingidos estavam o Recanto dos Buritis, Baixada da Sobral, Bairro da Paz, São Francisco, Nova Estação e Residencial Santa Inês. Em apenas 10 horas, choveu 277 milímetros, quase todo o esperado para o mês de fevereiro. A precipitação causou enchentes e transbordamentos em vários pontos da cidade e em diversos igarapés que cortam alguns bairros da capital. A prefeitura chegou a decretar situação de emergência no dia 15 de fevereiro. A maioria das ocorrências foi de casas alagadas, idosos e também animais que ficaram ilhados devido ao grande volume de água que tomou de conta das moradias. O Aeroporto de Rio Branco chegou a ser fechado.
    Aposentada aprende a ler aos 71 anos e sonha em fazer curso de direito: ‘ainda serei advogada’

    Aposentada aprende a ler aos 71 anos e sonha em fazer curso de direito: ‘ainda serei advogada’


    Nazaré Pereira, de 71 anos, foi alfabetizada pelo programa Quero Ler em Cruzeiro do Sul. Mais de mil alunos se formaram nesta sexta-feira (20). Aposentada diz que pretende fazer curso de direito: 'tenho fé' Adelcimar Carvalho/G1 Cabelos brancos,...


    Nazaré Pereira, de 71 anos, foi alfabetizada pelo programa Quero Ler em Cruzeiro do Sul. Mais de mil alunos se formaram nesta sexta-feira (20). Aposentada diz que pretende fazer curso de direito: 'tenho fé' Adelcimar Carvalho/G1 Cabelos brancos, unhas pintas e um discurso firme e cheio de orgulho. Assim foi a fala da aposentada Nazaré Pereira, de 71 anos, durante a formatura do Programa Quero Ler no Teatro dos Náuas, em Cruzeiro do Sul. Nazaré é uma das 1,2 mil pessoas alfabetizadas pelo programa do governo. Moradora de seringal, ela conta que nunca teve a oportunidade de ser alfabetizada. “Nasci e me criei no seringal e nunca tive a oportunidade de aprender a ler. Mas, agora tive através do Quero Ler e não vou parar. Eu tinha muita vontade de aprender a ler, meu sonho era aprender a ler para ser advogada. Tenho fé em deus que ainda serei uma advogada”, planeja. Orgulhosa, ela diz ainda que agora saber ler e escrever. “Aprendi a fazer o meu nome”, completa. Sensação de vitória e dever cumprido também do ex-seringueiro Nilo da Silva, de 75 anos. Ele começou a trabalhar aos oito anos de idade e ao invés dos livros, teve que manusear as ferramentas para a extração da borracha. “Fui criado no mato, não conheci meus pais. Passei a maior parte da vida cortando seringa e só agora depois de velho é que pude estudar. Já aprendi a fazer meu nome e outras coisas. Cheguei aqui na cidade há cerca de 15 anos, tive um derrame e ando com bengala, mas mesmo com toda a dificuldade aprendi muita coisa e já leio até a bíblia”, comemora. Nilo diz que nunca teve oportunidade de estudar e se sente orgulhoso Adelcimar Carvalho/G1 O programa Quero Ler tem o objetivo de alfabetizar 60 mil acreanos até o final de 2018 e erradicar o analfabetismo no estado. Em Cruzeiro do Sul, na manhã de sexta-feira (20), o governador Sebastião Viana participou da solenidade de formatura de uma turma de mais de 1,2 mil alunos. A intenção é, até o final de 2018, formar cerca de 8 mil alunos em mais de 700 turmas espalhadas pela cidade. “O coração da gente fica batendo mais forte, fica com esperança de um futuro melhor. Ouvimos depoimento como o de dona Nazaré, que comemora estar formada e promete seguir em frente e sonha ser advogada. Em Rodrigues Alves teve uma senhora que disse que ainda quer ser governadora do estado. Já são mais de 50 mil pessoas alfabetizadas e, se Deus quiser, vamos continuar levando os estudos deles a diante para que sonhem grande e ajudem a mudar a realidade do estado”, disse. O programa teve início em 2016. Nos meses de junho e setembro em Cruzeiro do Sul, outras duas etapas devem ser finalizadas. Foram 1,2 mil pessoas formadas nesta sexta-feira (20) em Cruzeiro do Sul Adelcimar Carvalho/G1
    Bandidos arrombam ótica pela 2ª vez em Rio Branco e empresária estima prejuízo de mais de R$ 30 mil

    Bandidos arrombam ótica pela 2ª vez em Rio Branco e empresária estima prejuízo de mais de R$ 30 mil


    Dupla entrou no local pela primeira vez no dia 12 de abril e retornou na madrugada desta sexta (20). Criminosos levaram óculos, armações e televisor.  Criminosos invadem ótica pela segunda vez e empresária estima prejuízo de R$ 30 mil Pela...


    Dupla entrou no local pela primeira vez no dia 12 de abril e retornou na madrugada desta sexta (20). Criminosos levaram óculos, armações e televisor.  Criminosos invadem ótica pela segunda vez e empresária estima prejuízo de R$ 30 mil Pela segunda vez em pouco mais de uma semana, uma empresária teve a ótica invadida por assaltantes na Avenida Getúlio Vargas, no bairro Bosque, em Rio Branco. Nas duas vezes, os ladrões atravessaram a cerca elétrica, arrombaram o forro e fugiram levando vários óculos de marca e um televisor. O prejuízo, segundo a proprietária, chega a R$ 30 mil. A primeira ação dos bandidos ocorreu no último dia 12 deste mês e nesse mesmo dia eles também roubaram uma loja de jalecos que fica ao lado da ótica. Os criminosos retornaram na madrugada desta sexta-feira (20) preparados com uma mochila e novamente fugiram levando vários óculos, armações e um televisor. “Na primeira vez eles atravessaram a barreira da cerca elétrica, abriram o forro e entraram. Reforcei, comprei uma cerca mais alta, mas uma semana depois eles arrombaram de novo. Eu simplesmente não sei mais o que fazer”, lamentou. Imagens flagraram criminosos invadido ótica em Rio Branco. Empresária diz que prejuízo é de ao menos R$ 30 mil Reprodução Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que um dos criminosos arranca pedaços de telhas da ótica com as próprias mãos e depois entra no local. “Eles entraram com a cara limpa, não tem nem medo de serem gravados. São duas pessoas. Estou sem chão, agora é recomeçar, mas nem sei o que fazer ainda. Já registrei boletim das duas vezes, mas até agora nada”, disse.
    Na web, empresária chama acreanos de preguiçosos e revolta internautas que sugerem boicote a restaurante

    Na web, empresária chama acreanos de preguiçosos e revolta internautas que sugerem boicote a restaurante


    Ana Borges escreveu em comentário que acreano é 'um povo preguiçoso'. Caso viralizou e empresária pediu perdão antes de desativar redes sociais. Empresária fez comentário chamando povo acreano de 'preguiçoso' em um comentário no...


    Ana Borges escreveu em comentário que acreano é 'um povo preguiçoso'. Caso viralizou e empresária pediu perdão antes de desativar redes sociais. Empresária fez comentário chamando povo acreano de 'preguiçoso' em um comentário no Instagram Reprodução/Instagram A proprietária de um restaurante em Rio Branco foi atacada nas redes sociais após fazer um comentário em que diz que o povo acreano é “preguiçoso”. Ana Cléia Borges fez o comentário em uma postagem no Instagram, mas logo o caso viralizou nas redes sociais. Muitas pessoas afirmaram que eram clientes da churrascaria mantida por Ana, mas que ficaram indignados com o comentário e sugeriram um boicote ao estabelecimento. A reportagem do G1 tentou contato por telefone com a empresária, mas não obteve sucesso até esta publicação. “Preguiça. Não sou acreana, mas moro aqui há muito tempo. Pensa num povo preguiçoso o tal do acreano”, escreveu Ana. Internautas sugeriram boicote ao restaurante de empresária que chamou povo acreano de 'preguiçoso' Reprodução/Facebook Após a repercussão do caso, Ana publicou uma retratação no perfil dela no Facebook e pediu que as pessoas não ficassem bravas com ela, pois não tinha se referido às pessoas que lutam todos os dias “pra garantir o ganha pão”. O perfil da empresária no Facebook e Instagram foram desativados. “Foi me referindo àquelas pessoas que realmente não gostam de trabalhar, e seria hipocrisia dizer que não existe. Errei quando generalizei. Peço perdão a todos vocês que conheço e aos que não conheço também”, escreveu. Após repercussão, empresária publicou pedido de perdão e pediu que as pessoas não ficassem bravas com ela Reprodução/Facebook Não demorou para que várias pessoas começassem a fazer comentários na web contra a empresária. Outros divulgaram o endereço do local e sugeriram que os clientes buscassem outra churrascaria. “Eu nunca mais irei almoçar lá, ela que volte para o seu estado. Vem para nosso estado e depois fala mal do povo acreano”, lamentou um internauta. Outros alegaram que a empresária fez um comentário infeliz e que perderia vários clientes. “Vai perder vários clientes por desmerecer o povo acreano, pois ela deve ter esquecido que é o povo acreano que mantém o restaurante dela”, alegou outro internauta no Facebook. A empresária encerrou a postagem do pedido de desculpas dizendo que admira as pessoas que não têm preguiça de ir à labuta todos os dias. “Nós que não recuamos a luta sabemos o quão difícil é viver de forma digna”, finalizou. Internautas criticaram comentário de empresária Reprodução/Facebook
    Campanha contra influenza deve imunizar mais de 20 mil pessoas em Cruzeiro do Sul

    Campanha contra influenza deve imunizar mais de 20 mil pessoas em Cruzeiro do Sul


    Pessoas com alergia a ovo ou que tenham tido algum tipo de reação adversa no ano anterior devem evitar tomar a vacina. Campanha contra influenza deve imunizar mais de 20 mil pessoas em Cruzeiro do Sul Adelcimar Carvalho/G1 A campanha nacional...


    Pessoas com alergia a ovo ou que tenham tido algum tipo de reação adversa no ano anterior devem evitar tomar a vacina. Campanha contra influenza deve imunizar mais de 20 mil pessoas em Cruzeiro do Sul Adelcimar Carvalho/G1 A campanha nacional contra a gripe influenza como na segunda-feira (23) em todo o país. E em Cruzeiro do Sul a meta é vacinar 20.291 pessoas, segundo a Coordenação Municipal de Imunização. “Recebemos 6 mil doses e nesse início de campanha vamos priorizar os grupos prioritários de gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, crianças até de 6 meses a 5 anos, acamados com doenças crônicas, professores e idosos. Nesse primeiro momento vamos vacinar os grupos prioritários e depois disponibilizaremos a toda a comunidade”, explica a coordenadora Thaiana Félix. Uma caminhada com cerca de 2 km vai marcar a abertura da campanha. “Este ano vamos fazer uma caminhada de abertura. A caminhada será em conjunto com a equipe de combate a malária e hipertensos. A campanha vai de 23 de abril e se estende até o dia 1º de junho e dia 12 de maio será o dia D”, explica. Pessoas com alergia a ovo ou que tenham tido algum tipo de reação adversa no ano anterior devem evitar tomar a vacina.
    TRE-AC vai abrir durante os finais de semana e quer atender 300 eleitores irregulares por dia em Rio Branco

    TRE-AC vai abrir durante os finais de semana e quer atender 300 eleitores irregulares por dia em Rio Branco


    Em todo o Acre, mais de 62 mil títulos foram cancelados e eleitores devem regularizar situação até 9 de maio.  TRE-AC vai abrir durante os finais de semana e quer atender 300 eleitores irregulares por dia em Rio Branco Reprodução/TV TEM O...


    Em todo o Acre, mais de 62 mil títulos foram cancelados e eleitores devem regularizar situação até 9 de maio.  TRE-AC vai abrir durante os finais de semana e quer atender 300 eleitores irregulares por dia em Rio Branco Reprodução/TV TEM O Fórum Eleitoral de Rio Branco quer atender 300 eleitores por dia durante o final de semana até o dia 9 de maio, que é o prazo final para regularização do título eleitoral. O fórum vai abrir durante os finais de semana de 8h às 13h nos dias 21, 22, 28 e 29 de abril. Ao todo, 62.280 títulos foram cancelados no Acre e 25.547 somente em Rio Branco. A informação foi confirmada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) nesta quinta-feira (19). Caso a situação não seja regularizada até 9 de maio, os eleitores não vão poder votar. O órgão afirma que a medida foi determinada devido ao aumento na demanda de eleitores que buscaram a unidade. Para o TRE-AC, a elevação no número de atendimentos ocorre por causa da aproximação do prazo final para regularização. Quem buscar o fórum no final de semana vai poder fazer a emissão do primeiro título de eleitor, regularização, transferência de domicílio e segunda via. Durante a semana o atendimento ocorre no Fórum Eleitoral de 8 às 17 horas, sem intervalo e de 7h30 às 13h30 na OCA, no Centro de Rio Branco. O G1 conversou com o chefe do cartório da 1ª Zona Eleitoral que falou sobre prazos e o reforço desses atendimentos. Bate-papo no G1: saiba quem deve fazer regularização eleitoral até maio

    No Acre, carros administrativos da Segurança devem ter diário de bordo para controle de gastos


    Portaria determinando medida foi publicada no DOE nesta quinta (19). Secretário diz que atendeu determinação do Tribunal de Contas do Acre. Uma portaria publicada nesta quinta-feira (19) determina que as viaturas administrativas da Secretaria de...

    Portaria determinando medida foi publicada no DOE nesta quinta (19). Secretário diz que atendeu determinação do Tribunal de Contas do Acre. Uma portaria publicada nesta quinta-feira (19) determina que as viaturas administrativas da Secretaria de Segurança Pública do Acre (Sesp-AC) mantenham um Diário de Bordo para controle de abastecimento, deslocamento e outras atividades. A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) e assinada pelo secretário de Segurança Pública, Vanderlei Scherer Thomas. A publicação pode ser consultada a partir da página 40. Ao G1, o secretário explicou que o órgão cumpre uma determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AC) que exige, na prestação de contas anual, a relação de controle das viaturas e isso deve ser feito por meio do diário de bordo. “Nós somos membros integrantes de uma administração maior, precisamos adotar medidas de controle. Isso é feito porque depois os órgãos de controle irão ver a nossa prestação de contas. Um exemplo é o combustível, eles precisam de um parâmetro para avaliar e esse parâmetro é justamente o Diário de Bordo”, explica Thomas. A publicação afirma que o Diário de Bordo dos veículos administrativos seja elaborado e fiscalizado pela Divisão de Transporte da secretaria. O documento deve se entregue ao chefe do setor até o 5º dia último do mês seguinte. “Estamos tomando uma atitude de controle atendendo uma determinação superior. Isso é uma medida de transparência também. Quando o auditor olhar as nossas contas ele vai ver que agimos de uma forma transparente no emprego do dinheiro público”, destaca. Caso a determinação não seja cumprida pelo setor responsável, o abastecimento no veículo que não entregou o Diário de Bordo vai ser totalmente suspenso. Thomas, no entanto, destaca que há situação de ações da inteligência em que o órgão vai tomar cuidado com as informações sobre o deslocamento dos veículos. “É claro, nós temos algumas situações excepcionais quando se trata de cunho de inteligência. Nesses casos, é evidente que vai ser tomado um cuidado maior em relação a isso, sempre preservando o sigilo que a atividade de segurança necessita", finaliza.
    Polícia cumpre 17 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão em nova fase da Operação Impactus em Rio Branco

    Polícia cumpre 17 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão em nova fase da Operação Impactus em Rio Branco


    Ao todo, 11 mandados de prisão foram cumpridos dentro de presídio na capital. Ação também ocorreu na Baixada da Sobral nesta sexta (20). Material foi apreendido durante operação em Rio Branco Quésia Melo/G1 A Polícia Civil cumpriu 17 mandados...


    Ao todo, 11 mandados de prisão foram cumpridos dentro de presídio na capital. Ação também ocorreu na Baixada da Sobral nesta sexta (20). Material foi apreendido durante operação em Rio Branco Quésia Melo/G1 A Polícia Civil cumpriu 17 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão em mais uma fase da Operação Impactus na manhã desta sexta-feira (20). Ao todo, 11 mandados de prisão foram cumpridos dentro do Presídio Francisco d'Oliveira Conde e seis na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco. A ação foi comandada pela Delegacia da 3 Regional da Polícia Civil. Na casa de um assaltante, no bairro Bela Vista, que fica na região da Baixada, a polícia apreendeu mais de R$ 3 mil em dinheiro e uma balança de precisão e celulares. “As buscas resultaram em uma prisão em flagrante e vai ser dada continuidade nas investigações. Os celulares vão ser submetidos à perícia e posteriormente até indiciar essas pessoas que estão sendo investigadas”, destaca o delegado Ricardo Casas. Os criminosos respondiam por vários crimes, segundo o delegado, entre eles tentativa de homicídio, tráfico de drogas, roubo e organização criminosa. “Os mandados cumpridos hoje tinham o objetivo justamente de combater essa criminalidade. Então, isso gera uma sensação de segurança que vê a polícia trabalhando e vamos continuar atuando”, finaliza.
    Polícia cumpre 68 mandados judiciais no presídio de Sena Madureira

    Polícia cumpre 68 mandados judiciais no presídio de Sena Madureira


    Operação da Polícia Civil, Bope e Iapen foi deflagrada nesta quinta-feira (19) no interior do Acre. Mandados de prisão são todos pelo crime de organização criminosa.  Durante cumprimento de mandados em presídio, polícia apreendeu vários...


    Operação da Polícia Civil, Bope e Iapen foi deflagrada nesta quinta-feira (19) no interior do Acre. Mandados de prisão são todos pelo crime de organização criminosa.  Durante cumprimento de mandados em presídio, polícia apreendeu vários estoques e celulares Divulgação/Polícia Civil Uma operação foi deflagrada nesta quinta-feira (19) no presídio Evaristo de Moraes, na cidade de Sena Madureira. Foram cumpridos 68 mandados judiciais pelo crime de organização criminosa. A ação, da Polícia Civil, Batalhão de Operações Especiais (Bope) e Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), resultou na apreensão de mais de estoques – tipo de arma branca artesanal, celulares e drogas dentro das celas. Um dos mandados foi cumprido fora do presídio. Um homem foi preso em flagrante, no Bairro Vitoria, com duas armas de fogo. Conforme a polícia, a investigação durou cerca de três meses. Foi feito um levantamento e se chegou aos nomes de pessoas envolvidas com o crime de organização criminosa. Com a operaçao, além dos crimes pelos quais eles estavam presos, os detentos devem responder também pelo de envolvimento com facções. Os mandados cumpridos foram de prisão preventiva.
    Sine oferta 18 vagas de emprego para Rio Branco sexta-feira (20); confira a lista

    Sine oferta 18 vagas de emprego para Rio Branco sexta-feira (20); confira a lista


    Há vagas para jardineiro e técnico em secretariado Candidatos interessados devem ir ao Sine, no Bosque, em Rio Branco. Há vagas para jardineiro em Rio Branco Terra da Gente O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 18 vagas para...


    Há vagas para jardineiro e técnico em secretariado Candidatos interessados devem ir ao Sine, no Bosque, em Rio Branco. Há vagas para jardineiro em Rio Branco Terra da Gente O Sistema Nacional de Emprego do Acre (Sine) disponibiliza 18 vagas para diversas áreas nesta sexta-feira (20) na capital acreana. Os candidatos interessados devem comparecer pessoalmente à instituição, localizada na Avenida Getúlio Vargas, n°1.670, em Rio Branco. O candidato à vaga deve atualizar o seu cadastro no Sine. Aqueles que não tiverem cadastro na instituição, devem levar os seguintes documentos: Carteira de Trabalho, Identidade/CPF, Título de Eleitor, comprovante de escolaridade e de endereço. As vagas são rotativas, ou seja, são disponibilizadas para o dia, podendo não estar mais disponíveis para o dia seguinte. O Sine se responsabiliza por encaminhar cinco pessoas, no perfil solicitado pelo empregador, para que ele possa escolher qual vai preencher a vaga. O cidadão pode verificar se a vaga ainda está disponível através do telefone 0800 647 8182. São 18 vagas para esta sexta-feira (20) em Rio Branco Dvulgação/Sine-AC
    Famílias de baixa renda já podem retirar os kits para receber sinal digital no Acre

    Famílias de baixa renda já podem retirar os kits para receber sinal digital no Acre


    Mais de 40 mil kits que fazem a conversão do sinal analógico para o digital vão ser distribuídos para famílias. Kits que fazem a conversão do sinal analógico para digital já podem ser retirados A TV analógica com a imagem de chuviscos e...


    Mais de 40 mil kits que fazem a conversão do sinal analógico para o digital vão ser distribuídos para famílias. Kits que fazem a conversão do sinal analógico para digital já podem ser retirados A TV analógica com a imagem de chuviscos e ruídos no som está com os dias contados. No Acre, esse sinal vai ser desligado no dia 14 de agosto na capital acreana Rio Branco e duas cidades do interior do Acre, Bujari e Senador Guiomard. O kit, que faz a conversão do sinal analógico para o digital, vai ser distribuído gratuitamente para famílias de baixa renda. Ao todo, serão distribuídos 45 mil kits para famílias participantes de programas sociais do governo federal. O kit é formado por uma antena, cabo e conversor. Os beneficiados podem ligar no telefone 147 e saber qual o ponto de retirada mais próximo da residência deles. O diretor regional do Seja Digital, Carlos Gel, explicou a importância de instalar o equipamento. “Não adianta pegar o kit e não instalar. O sinal digital não chega e não pode usufruir dos benefícios da TV digital com som e imagem de cinema. Tem funcionalidade com partes de acessibilidade para pessoas que têm deficiência auditiva e visual”, complementou. Sinal analógico vai ser desligado em Rio Branco, Bujari e Senador Guiomard no dia 14 de agosto Reprodução Representantes dos três municípios, onde o sinal analógico vai ser desligado, assinaram um termo de compromisso com a empresa Seja Digital, responsável pela transmissão do sinal. Nas cidades vai haver uma equipe para orientar as famílias como fazer a instalação do aparelho. O gerente regional do Seja Digital, Felipe Guedes, garantiu que as equipes vão trabalhar intensamente para que a população esteja com o sinal digital "Durante 30 dias vai estar aparecendo, a partir do dia 14 de agosto, uma mensagem dizendo que o sinal analógico vai ser desligado. Depois desse período vai ficar só o chiado da TV de quem não fez a conversão”, falou. Rede Amazônica transmite desde 2012 Não é preciso esperar até agosto para ter o sinal digital em casa. Com um conversor, o telespectador tem acesso a todo material digital. Inclusive, a Rede Amazônica Acre já transmite com toda qualidade de imagem do sinal digital desde 2012. “Desde 2012 já está disponível para todos os telespectadores. Aqueles que já têm TV digital já está todo preparado para receber. Quem tiver a TV de turbo é só adquirir o kit”, ressaltou a engenheira da Rede Amazônica Juliana Anjos.
    Em Rio Branco, homem é abordado por dupla ao chegar em casa e levado como refém em carro

    Em Rio Branco, homem é abordado por dupla ao chegar em casa e levado como refém em carro


    Caso ocorreu na tarde de quinta (19), no bairro Bosque, em Rio Branco. Criminosos perderam controle do veículo ao chegar na BR-364 e vítima conseguiu fugir. Carro foi apreendido e encaminhado para a Delegacia Antiassalto junto com a...


    Caso ocorreu na tarde de quinta (19), no bairro Bosque, em Rio Branco. Criminosos perderam controle do veículo ao chegar na BR-364 e vítima conseguiu fugir. Carro foi apreendido e encaminhado para a Delegacia Antiassalto junto com a vítima Divulgação/PRF-AC Um homem foi abordado por uma dupla de criminosos e feito refém quando chegava de carro em casa no bairro Bosque, em Rio Branco. O caso ocorreu na tarde de quinta-feira (19), segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF-AC). Após renderem a vítima, os homens seguiram com o veículo batendo em vários outros carros e chegaram a disparar contra um motociclista na Avenida Ceará. Os criminosos seguiram para a BR-364, mas acabaram subindo no meio fio e perderam o controle do carro quando se aproximavam do Conjunto Habitacional Cidade do Povo, no Segundo Distrito da capital. O carro atolou e a vítima conseguiu fugir. A dupla efetuou vários disparos para cima e fugiram do local. O veículo e a vítima foram encaminhados para a Delegacia Antiassalto.
    Políticos indígenas do Acre dizem sofrer preconceito racial: ‘acham que índio é incapaz’

    Políticos indígenas do Acre dizem sofrer preconceito racial: ‘acham que índio é incapaz’


    Prefeito, vice-prefeito e vereador indígenas relataram trajetória na política e dificuldades de aceitação da população. 'Quando alguma coisa dá errado, a situação parece que dobra, só por eu ser índio', diz. No Dia do Índio, políticos...


    Prefeito, vice-prefeito e vereador indígenas relataram trajetória na política e dificuldades de aceitação da população. 'Quando alguma coisa dá errado, a situação parece que dobra, só por eu ser índio', diz. No Dia do Índio, políticos indígenas do Acre dizem que sofrem preconceito: ‘acham que índio é incapaz’ Arquivo pessoal O preconceito e a falta de confiança são uns dos maiores desafios encontrados por políticos indígenas do Acre. Na semana em que é celebrado o Dia do Índio, o G1 conversou com um prefeito, um vice-prefeito e um vereador indígenas e todos relataram dificuldades de aceitação da população. O primeiro prefeito indígena eleito no Acre, Issac Piyãko (PMDB) é da cidade de Marechal Thaumaturgo. No mandato há um ano e quatro meses, ele diz que ainda sofre as mesmas dificuldades da época em que fez campanha eleitoral. “Na época da campanha, foi muito forte o preconceito por ser indígena concorrendo uma eleição para representar o município. Achavam que não era capaz de conduzir uma pasta política. Hoje, sendo prefeito, continua e quando alguma coisa dá errado, a situação parece que dobra, só por eu ser índio. Mas, estou tranquilo e vou continuar”, contou Piyãko. A mesma dificuldade é relatada pelo vereador Manoel Kaxinawá, do município de Santa Rosa do Purus. Ele comentou que os indígenas que atuam na política são sempre julgados como incapazes de assumir tal responsabilidade. “A gente sempre sofre preconceito por parte dos não indígenas, de acreditarem na nossa competência. Dizem que somos irresponsáveis, incapazes, que não sabemos de nada. Principalmente nós como políticos, representantes de um povo branco. Esses são alguns dos desafios que a gente tem que passar”, disse o vereador. O vice-prefeito de Santa Rosa do Purus, Nego Kaxinawá, ressaltou que representa não só o povo indígena, mas também os não indígenas da cidade do interior do Acre. Segundo ele, as pessoas não conseguem acreditar no potencial gestor do índio. “O homem branco sempre acha que o índio é incapaz, que tem que viver sob tutela. Nunca querem que um índio seja um político. Querem comandar para que os índios obedeçam. A gente sofre isso. Diziam que eu não tinha capacidade de representar o povo”, relatou o indígena. Orgulho e desafio Apesar dos relatos de preconceito, os políticos afirmam que estão confiantes com o trabalho realizado nas cidades acreanas e se dizem orgulhosos. “É uma conquista para mim. Primeiro de tudo, por ser indígena e ter conseguido ser o primeiro índio a chegar na prefeitura no estado. É um aprendizado muito grande e, ao mesmo tempo, um desafio. Se eu conseguir fazer o mesmo ou melhor que os outros, vou mostrar que somos capazes de fazer parte da sociedade. Não somos só eleitores, podemos ser gestores também”, afirmou Piyãko. Seguindo o caminho do pai, o vereador Manoel disse que se orgulha de ser político. Ele contou que o pai sempre foi uma liderança na aldeia e que quis honrar com o que aprendeu. “Meu pai defendeu nossa identidade, nossa cultura. E eu estou seguindo os passos dele com esse trabalho. Para mim é um sonho realizado e me sinto muito feliz em poder representar meu povo”, disse o vereador.

    Após derrubada de veto, PL que propõe aplicação de provas de concursos em cidades isoladas do AC é sancionada


    Na sanção, governo determina que realização de provas nos municípios vai depender da quantidade mínima de inscritos. Após os deputados do Acre derrubarem o veto parcial ao projeto de Lei Complementar que trata sobre as regras para a realização...

    Na sanção, governo determina que realização de provas nos municípios vai depender da quantidade mínima de inscritos. Após os deputados do Acre derrubarem o veto parcial ao projeto de Lei Complementar que trata sobre as regras para a realização de concursos públicos no estado, o governador Tião Viana sancionou o PL. A sanção foi publicada nesta quarta-feira (18) no Diário Oficial do Estado. O texto trata sobre a aplicação das provas de concursos públicos também nos municípios do Acre considerados isolados. Na sanção, o governo determina que a realização das provas nos municípios isolados vai depender de regulamentação do chefe do poder executivo. Conforme o texto, dentre outros aspectos de viabilização da medida, vai ser levado em consideração a quantidade mínima de inscritos nas localidades. Conforme o texto original, as provas são aplicadas somente nas cidades polos que são Brasileia, Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Feijó. E com a emenda, os certames também seriam realizados nos locais que não tem acesso via terrestre como Santa Rosa do Purus, Porto Walter, Marechal Thaumaturgo e Jordão. O projeto de lei tinha sido vetado pelo governo do estado, no dia 4 de janeiro, sob a justificativa de que a emenda poderia trazer custos não previstos ou programados para realização de certame. Mas, ao voltar para a Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), os deputados derrubaram o veto por unanimidade, durante sessão no dia 13 de março. Na época, o governo informou que a decisão era de autonomia e responsabilidade do parlamento.
    Com horário de atendimento reduzido, secretária pede que população procure a OCA no final da manhã

    Com horário de atendimento reduzido, secretária pede que população procure a OCA no final da manhã


    Horário da OCA foi reduzido de 8h para 6h de funcionamento desde segunda-feira (16). Secretária afirma que ajustes ainda estão sendo feitos.  Bate-papo no G1: governo diz precisava reduzir gastos e defende mudança de horários na OCA A mudança...


    Horário da OCA foi reduzido de 8h para 6h de funcionamento desde segunda-feira (16). Secretária afirma que ajustes ainda estão sendo feitos.  Bate-papo no G1: governo diz precisava reduzir gastos e defende mudança de horários na OCA A mudança no horário de atendimento da Central de Atendimentos OCA foi tema do bate-papo no G1, nesta quarta-feira (18). A secretária de Gestão Administrativa do Acre (SGA), Sawana Carvalho, pediu que as pessoas que procuram atendimento na central cheguem no final da manhã. Conforme a secretária, nesse horário, a central já não tem mais tantas pessoas para serem atendidas. Ela falou ainda que alguns ajustes estão sendo feitos para garantir que o atendimento não seja prejudicado com a redução do horário de funcionamento. “Peço aqui à população, se puder, dividir seu tempo e ir mais no final da manhã. Assim, vai conseguir ser atendido da mesma forma. Estamos ainda na primeira semana e estamos fazendo os ajustes”, disse a secretária. Desde a segunda-feira (16), a Central, que atendia o público de 8h às 16h, passou a funcionar das 7h30 às 13h30 na capital e interior do estado. Secretária de Gestão Administrativa pede que população procure a OCA no final da manhã, após redução de horário Reprodução/Rede Amazônica Acre Uma enquete feita pelo G1 contou com a participação de mais de 7 mil internautas. O resultado foi que 53,11% internautas não aprovam a redução do horário de atendimento da OCA e outros 46,89% aprovam. Para a secretária, a enquete não mostra uma grande insatisfação da população. “A diferença que eu vejo é mínima. Toda mudança gera um impacto. Era um horário há três anos. A gente só vem mostrando a eficiência e aprovação da política de atendimento”, relatou. Sawana informou que a medida foi tomada após um levantamento que mostrou que as pessoas não procuravam tanto a OCA no final da tarde. Segundo ela, isso gerava um custo para o estado. “Quando pensamos na redução, foi para a gente otimizar tempo, atendimento e custos. O custo na administração não é só com salários, existe um custo de manutenção. Então, como tínhamos uma ociosidade em certos períodos no final do atendimento, estávamos tendo custos muito altos com energia”, explicou Sawana.
    Polícia acredita que ao menos oito pessoas tenham envolvimento na decapitação de homem: ‘crueldade sem limites’

    Polícia acredita que ao menos oito pessoas tenham envolvimento na decapitação de homem: ‘crueldade sem limites’


    Homem foi morto e teve a cabeça arrancada. Vizinhos encontraram corpo da vítima dentro de casa. Homem foi morto e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal A Polícia Civil de Cruzeiro do Sul acredita que ao menos oito pessoas...


    Homem foi morto e teve a cabeça arrancada. Vizinhos encontraram corpo da vítima dentro de casa. Homem foi morto e teve a cabeça arrancada em Cruzeiro do Sul Arquivo pessoal A Polícia Civil de Cruzeiro do Sul acredita que ao menos oito pessoas tenham envolvimento direto com a bárbara morte de José Maria de Souza Lima, de 38 anos. Ele foi morto a facadas e tiros e teve a cabeça arrancada. O corpo foi achado na casa dele, no bairro Olivença ainda na noite de quarta-feira (18), já a cabeça foi achada somente na manhã desta quinta (19) no bairro do Telégrafo próximo a uma escola. O delegado que investiga o caso, Alexnaldo Batista, disse que a morte está ligada à briga de facções. “Para mostrar o grau de violência, deceparam a cabeça e colocaram em outro bairro. Deixaram em frente a uma escola. Eles não tem preocupação com as crianças e a sociedade e expuseram a cabeça em frente a uma escola do ensino fundamental. A crueldade desses elementos não tem limite. A cada dia inovam e causam impactos na sociedade”, diz. Logo após o crime, segundo o delegado, uma equipe foi designada para iniciar as investigações. “A vítima tinha ligação com elementos que não são do bem. Não podemos afirmar que ele seja de facção, mas tinha relação com esse tipo de pessoa. Nossa linha de investigação é de execução. Foram mais de 8 elementos que praticaram o crime com muita brutalidade. Se trata de guerra entre facções, execução clara por domínio de ponto de tráfico de drogas e para mostrar o poder da facção rival”, destaca. Após os trâmites no Instituto Médico Legal, o Corpo da vítima foi liberado para a família velar e será sepultado às 17 h na tarde de quinta-feira (19) no cemitério Jardim da Paz. Cabeça foi encontrada em cima do padrão de luz Adelcimar Carvalho/G1
    Dono de cão que atacou menino de 6 anos no AC é indiciado por lesão corporal grave e doa animal

    Dono de cão que atacou menino de 6 anos no AC é indiciado por lesão corporal grave e doa animal


    Garoto recebeu alta e se recupera em casa em Cruzeiro do Sul. Criança deve ficar com sequelas estéticas, diz médico. Lucas Henrique já está em casa se recuperando Arquivo pessoal O pequeno Lucas Henrique, de 6 anos, que foi atacado por um...


    Garoto recebeu alta e se recupera em casa em Cruzeiro do Sul. Criança deve ficar com sequelas estéticas, diz médico. Lucas Henrique já está em casa se recuperando Arquivo pessoal O pequeno Lucas Henrique, de 6 anos, que foi atacado por um cachorro da boxer albino no dia 23 de março em Cruzeiro do Sul já recebeu alta médica e se recupera em casa. O garoto teve parte do rosto e a orelha dilacerados no ataque. A Polícia Civil informou nesta quinta-feira (19) que o dono do animal vai ser indiciado por lesão corporal culposa – ou seja, sem intenção. “O procedimento está quase todo concluído. A lesão no olho da criança foi grave, recebemos a perícia e estamos fechando o inquérito para encaminhar à Justiça. O dono do animal vai responder por lesão corporal grave. Os danos causados à criança e as sequelas que venha ter no decorrer da vida é de natureza civil e deve ser requerida na esfera civil”, explica o delegado Luis Tonini. O G1 tentou ouvir o dono do animal, que não quer se identificar, mas ele informou que não vai falar nada sobre o assunto e que, inclusive, já deu o cachorro para outra pessoa. O médico oftalmologista Laurence Huamany, que fez a cirurgia do garoto, disse será preciso aguardar cerca de 90 dias para avaliar quais as sequelas que o menino pode sofrer. “Vamos avaliar se é necessário alguma cirurgia plástica. A parte oftalmológica está boa. Só que caiu a parte da pálpebra. Temos que ver como vai ficar a fisionomia dele. O rosto foi muito afetado, deve ficar com alguma sequela na parte estética, mas a parte oftalmológica está fora de perigo”, garante. A criança recebeu 14 doses da vacina antirrábica, saiu do hospital no sábado (14) e vai se recuperar em casa.