G1 > Rondônia

    Sine de Porto Velho oferece 41 oportunidades de emprego nesta sexta-feira, 14

    Sine de Porto Velho oferece 41 oportunidades de emprego nesta sexta-feira, 14


    Há vagas para arquivista, cabeleireiro, engenheiro civil, manicure e vendedor. Atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). Entre as oportunidades, há vaga para engenharia civil. Pexels O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Porto Velho...


    Há vagas para arquivista, cabeleireiro, engenheiro civil, manicure e vendedor. Atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). Entre as oportunidades, há vaga para engenharia civil. Pexels O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Porto Velho oferta 41 vagas de emprego nesta sexta-feira (14). Entre as oportunidades, há vagas para arquivista, cabeleireiro, engenheiro civil, manicure e vendedor. O Sine alerta que as vagas de emprego estão sujeitas a alteração. Os interessados devem comparecer ao posto de atendimento do Sine Municipal, localizado na rua Brasília, 2512, no bairro São Cristóvão, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). O trabalhador também pode consultar vaga e fazer cadastro pela internet, através do site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Depois de acessar a página, basta clicar no ícone “trabalhador”, para ser direcionado a outra página onde o cadastro pode ser feito. Confira todas as vagas disponíveis nesta sexta-feira (14): Ajudante de tapeçaria 1 Arquivista 1 Auxiliar de departamento pessoal 1 Barbeiro 1 Cabeleireiro 1 Caseiro 1 Consultor comercial externo 1 Engenheiro civil 1 Esteticista 1 Forneiro 1 Gerente 2 Gerente de vendas 1 Manicure 10 Marceneiro 1 Mecânico de veículos 1 Oleiro 1 Operador de camara frio 1 Panfleteiro 1 Pedagoga 1 Serralheiro 1 Suporte técnico 1 Técnico de informática 1 Técnico em máquinas de lavar roupas 1 Vendedor de serviços 4 Vendedor externo 1 Vendedor interno 3
    Seis governadores devem começar mandato com situação fiscal confortável, aponta estudo

    Seis governadores devem começar mandato com situação fiscal confortável, aponta estudo


    Das 27 UFs, estão com folga nas contas públicas Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba. Dos 27 governadores que tomam posse ou permanecem no cargo a partir de janeiro do ano que vem, seis vão começar o mandato com uma...


    Das 27 UFs, estão com folga nas contas públicas Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba. Dos 27 governadores que tomam posse ou permanecem no cargo a partir de janeiro do ano que vem, seis vão começar o mandato com uma situação fiscal considerada muito boa ou boa. O tamanho do desafio dos governadores foi mensurado por um estudo realizado pela Tendências Consultorias Integrada. De acordo com o levantamento, apenas os governadores de Amapá, Espírito Santo, Amazonas, Rondônia, Tocantins e Paraíba receberão as contas públicas em boas condições. Servidores de Minas Gerais protestam contra salários atrasados Reprodução/TV Globo A crise fiscal dos governos estaduais tem um impacto perverso e direto na vida do cidadão. São os estados que fornecem boa parte dos serviços básicos para a sociedade como educação, saúde e segurança pública. Hoje, sem folga no orçamento, boa parte das políticas públicas está sendo comprometida e, em alguns estados, o salário de servidores está atrasado. Pagamento de 13º salário a servidores ainda está indefinido ou atrasado em 5 estados "A situação dos estados é muito complicada", diz o analista de contas públicas da Tendências, Fabio Klein, e coordenador do estudo. O levantamento teve a participação do economista Marcio Milan, também da Tendências. Para avaliar a situação fiscal dos estados, os analistas deram notas de 0 a 10 com base em dados do Tesouro Nacional para seis indicadores das contas públicas: endividamento; poupança corrente, liquidez, resultado primário, despesa com pessoal e encargos sociais e investimentos. Cada item recebeu um peso diferente e, em seguida, foi feita uma média para cada unidade da federação. Pelo levantamento, os estados com boa capacidade fiscal precisam ter nota média igual ou acima de 6. Com muito boa capacidade, a nota tem de ultrapassar 8 - o único a superar foi Amapá. "Mas a minha experiência mostra que os dados do Amapá variam muito. É preciso olhar com um certo cuidado", afirma Klein. No outro extremo, estão Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. Esses são os Estados mais frágeis. "O Rio vai mal em quase todos os indicadores. O mesmo ocorre com Minas Gerais", diz Klein. Estados com a corda no pescoço Infografia G1 Pessoal e investimento são travas Embora cada estado tenha características peculiares, o levantamento mostrou que as piores avaliações das administrações estaduais geralmente estão no gasto com pessoal e nos investimentos. A dificuldade com pessoal é explicada por sucessivos aumentos concedidos para servidores ao longo dos últimos anos e gastos elevados com trabalhadores inativos – em 12 meses, o gasto dos estados com inativos cresceu 8%. Já os investimentos são afetados e reduzidos diante da pouca margem de manobra dos governantes no controle do orçamento. Dessa forma, segundo especialistas, a solução das contas públicas estaduais passa inevitavelmente por mudanças envolvendo os servidores, com uma ampla reforma da previdência local e mudanças no plano e na estrutura de carreira. "Há medidas (de ajuste) que podem ser adotadas no plano local como aumento da contribuição previdenciária ou eventualmente com a criação de previdência complementares para os estados que não têm”, afirma a economista Ana Carla Abrão, ex-secretária de Fazenda de Goiás. "No campo dos servidores ativos, é preciso rever todas as leis de carreiras que foram incorporando, acumulando um conjunto de benefícios com progressões e promoções automáticas." No dia 5 de dezembro, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto que flexibiliza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) para permitir o estouro do limite de gastos com pessoal. A medida, no entanto, vale apenas para municípios – ou seja, não abrange os governos estaduais. Exemplo do Espírito Santo Considerado um exemplo positivo na condução das contas públicos, o governo do Espírito Santo não escapou dessa regra. O estado reduziu os gastos com servidores, mas teve de segurar boa parte dos investimentos para conseguir equilibrar as contas. "Em 2015, logo ao assumir, o novo governo assinou um decreto que determinava 20% na redução de custeio, suspensão dos concursos e diminuição de cargos comissionados", diz o secretário de Fazenda do Espírito Santo, Bruno Funchal. 14 estados superam limite da LRF para gastos com pessoal em 2017, diz Tesouro Nacional Com as mudanças, a administração do Espírito Santo inverteu uma tendência de crescimento das despesas de 10% ao ano para uma queda de 10% ao ano. "O investimento baixo é uma consequência da política de aumento de pessoal que vinha sendo tocada", diz Funchal. No ano passado, o estado investiu apenas R$ 200 milhões com recursos próprios. Neste ano, com a melhora das contas públicas, deve chegar a R$ 800 milhões. "Todo o ajuste fiscal foi feito com base na despesa, sem aumento de impostos", afirma o secretário. No último relatório do Tesouro Nacional, o Espírito Santo foi o único estado que recebeu nota A para a capacidade de pagamento. Roraima sob intervenção Apesar de o estado ter situação fiscal considerada média na comparação com outros estados, o governo Roraima alega crise financeira, deve salários de servidores, pagamentos a terceirizadas e fornecedores, duodécimo dos poderes, e tem contas bloqueadas por decisões judiciais. Os pagamentos de servidores de todas as secretarias, com exceção da Saúde e Educação, estão atrasados desde outubro e a Secretaria da Fazenda estima uma dívida de R$ 188 milhões só com folhas de pagamento. Não há previsão para o pagamento da 2ª parcela do 13º e os salários de novembro e dezembro podem ficar para 2019. Foi nesse cenário que, no dia 7 de dezembro, o presidente Michel Temer anunciou intervenção federal em Roraima até 31 de dezembro. O estado enfrenta uma crise migratória com a chegada de cidadãos venezuelanos e também uma crise no sistema penitenciário. Entenda a intervenção federal em Roraima
    Com alerta de surto de dengue, drones buscam focos do Aedes aegypti em Ariquemes, RO

    Com alerta de surto de dengue, drones buscam focos do Aedes aegypti em Ariquemes, RO


    Levantamento do Risco de Infestação Predial mostrou que o município apresenta risco de 3,6% da doença. Moradores flagrados com focos serão notificados. Mosquito Aedes aegypti é o tranmissor da zika, dengue e chikungunya. LM Otero/Arquivo/AP...


    Levantamento do Risco de Infestação Predial mostrou que o município apresenta risco de 3,6% da doença. Moradores flagrados com focos serão notificados. Mosquito Aedes aegypti é o tranmissor da zika, dengue e chikungunya. LM Otero/Arquivo/AP Photo Agentes de combate a endemias de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, passaram a usar drones nos trabalhos de monitoramento de focos de dengue em imóveis fechados ou locais de difícil acesso pela cidade. Os objetos foram adquiridos pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). No último mês, o Levantamento do Risco de Infestação Predial (Liraa) apontou que o município apresenta risco de 3,6% da doença. Conforme o Ministério da Saúde, 38 municípios de Rondônia estão em alerta por conta de um possível surto de dengue, zika e chikungunya. Em Ariquemes, o Liraa de novembro apresentou um risco de 3,6%, quando o ideal é igual ou inferior a 1%. O lixo doméstico aparece como principal "vilão". Fábio Gonçalves, coordenador de endemias na cidade, apontou a importância do uso da tecnologia a favor do combate as doenças. "É uma ferramenta que veio para somar. Não que ela esteja substituindo a ação dos agentes de saúde, muito pelo contrário. Ela está agregando valores às visitas e estão sendo utilizados nos imóveis fechados que não temos acesso. Nós fazemos a utilização das imagens colhidas pelo drone para avaliar a condição do imóvel", explicou o coordenador. A técnica em enfermagem Eva Ventura explicou que cultiva plantas em casa. Ao G1, disse que se preocupa em redobrar os cuidados e mantém a área o mais limpa possível. "Todo ano é a mesma luta. As vezes fico pensando quantos casos de malária já teve aqui e sempre pelos mesmo motivos. As pessoas não cuidavam dos quintais. Desde criança eu me previno com a limpeza do quintal. A noite passo um spray repelente dos mosquitos nos cantos dentro de casa", explicou. Os proprietários de imóveis flagrados com focos do mosquito Aedes aegypti serão notificados. Caso não atendam a recomendação, correm risco de serem multados. Veja mais notícias da região no G1 Ariquemes e Vale do Jamari.
    Comércio inicia horário especial de Natal em Ariquemes, RO

    Comércio inicia horário especial de Natal em Ariquemes, RO


    Mudança se estende até o dia 24 de dezembro e permite que as lojas fiquem abertas até às 22h. Decreto foi publicado dia 10 de dezembro. Período se estende até o dia 24 de dezembro em Ariquemes, véspera de Natal. Reprodução/Rede...


    Mudança se estende até o dia 24 de dezembro e permite que as lojas fiquem abertas até às 22h. Decreto foi publicado dia 10 de dezembro. Período se estende até o dia 24 de dezembro em Ariquemes, véspera de Natal. Reprodução/Rede Amazônica As mais de nove mil empresas de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, já podem estender o horário de funcionamento até às 22h. O período segue até o dia 24 de dezembro, véspera de Natal. A autorização de extensão de horário ocorreu por meio de um decreto assinado pelo prefeito do município, Thiago Flores, após um pedido da Associação Comercial e Industrial de Ariquemes (ACIA). O presidente da ACIA, Francisco Hidalgo Farina, lembrou que a associação vem trabalhando com a promoção "Natal da Sorte", que objetiva amenizar as perdas dos lojistas. Ele ressaltou ainda a importância do decreto para dar respaldo trabalhista e jurídico às atividades em horário estendido. “Ela é necessária. Nós precisamos fazer isso para dar legalidade aos processos trabalhistas e, ao mesmo tempo, propiciar a oportunidade diferenciada aos consumidores trabalhadores de outros seguimentos”, disse o presidente. O decreto, publicado dia 10 de dezembro, regulamentou os horários da seguinte forma: Do dia 10/12 a 24/12: até as 22h; Dia 16/12 (domingo): até as 18h; Dia 23/12 (domingo): até as 18h. Veja mais notícias da região no G1 Ariquemes e Vale do Jamari.

    Proprietário rural perde animais após cair em golpe de 3 estelionatários em RO


    Dono de sítio em Castanheiras perdeu duas vacas e um bezerro de nove meses. Suspeitos ainda não foram localizados. Um homem, de 50 anos, informou à Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (13) ter sido vítima de um golpe aplicado por um trio...

    Dono de sítio em Castanheiras perdeu duas vacas e um bezerro de nove meses. Suspeitos ainda não foram localizados. Um homem, de 50 anos, informou à Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (13) ter sido vítima de um golpe aplicado por um trio de estelionatários, resultando na perda de duas vacas e um bezerro de sua propriedade. Ele é dono de um sítio na zona rural de Castanheiras (RO), município a 490 quilômetros de Porto Velho. Até o momento, nenhum suspeito foi localizado. Segundo a esposa da vítima, três pessoas chegaram à propriedade na última segunda-feira (10) interessados na compra de gado. Após negociações, o homem concordou em vender duas vacas e um bezerro de nove meses por R$ 3 mil. Aos policiais, a mulher contou que os suspeitos foram à cidade realizar o depósito do valor da venda por meio de uma cooperativa de crédito. No dia seguinte, retornaram à propriedade para entregar o comprovante de depósito e realizar o embarque dos animais, enquanto a vítima emitia a Guia de Transporte Animal (GTA). Ao chegar na propriedade após emitir o GTA, o homem contou ter começado a suspeitar de que se tratava de um golpe, pois notou que os suspeitos já tinham partido do local com os animais. A confirmação só veio quando a vítima foi até a cooperativa com o comprovante de pagamento e concluiu que o depósito foi feito com o envelope vazio. Conforme o boletim, a gerência da cooperativa informou ter buscado imagens da câmera do caixa eletrônico e identificado os envolvidos, que ainda não foram localizados pela polícia. A ocorrência foi registrada como estelionato no quartel da Polícia Militar do município de Castanheiras, região central de Rondônia, para providências cabíveis. Veja mais notícias da região no G1 Ji-Paraná e Região Central.

    Assista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição aqui no G1


    Telejornal será apresentado a partir das 11h Assista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição aqui no G1 Telejornal será apresentado a partir das 11h O G1 transmite ao vivo, diariamente, os telejornais Jornal de Rondônia 1ª edição, às 11h, e Jornal de...

    Telejornal será apresentado a partir das 11h Assista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição aqui no G1 Telejornal será apresentado a partir das 11h O G1 transmite ao vivo, diariamente, os telejornais Jornal de Rondônia 1ª edição, às 11h, e Jornal de Rondônia 2ª edição a partir de 18h.
    MP de Rondônia abre canal de denúncias contra João de Deus

    MP de Rondônia abre canal de denúncias contra João de Deus


    Vítimas podem entrar em contato com órgão por telefone ou e-mail. Relatos serão feitos em sigilo e encaminhados ao MP de Goiás. O médium João de Deus, acusado por mulheres de abuso sexual Reprodução/TV Globo O Ministério Público de...


    Vítimas podem entrar em contato com órgão por telefone ou e-mail. Relatos serão feitos em sigilo e encaminhados ao MP de Goiás. O médium João de Deus, acusado por mulheres de abuso sexual Reprodução/TV Globo O Ministério Público de Rondônia (MP-RO) abriu um canal de denúncias nesta quinta-feira (13) para mulheres do estado que tenham sido vítimas do médium João de Deus. Ele é acusado de praticar abusos sexuais durante tratamentos espirituais, em Abadiânia, região central de Goiás. O MP goiano protocolou um pedido de prisão preventiva contra João na tarde da última quarta-feira (12). Ele nega as acusações e diz ser inocente. As possíveis vítimas podem entrar em contato com o Centro de Apoio Operacional Criminal (CAOP-Criminal) por meio do e-mail: caop-cri@mpro.mp.br. As denúncias também podem ser feitas pelos telefones: (69) 3216-3863 e (69) 3216-3952. Segundo o órgão, todos os relatos serão mantidos em sigilo. No interior do estado, o MP ressaltou que as denúncias podem ser feitas nas respectivas sedes das promotorias de Justiça instaladas em 22 municípios. Os relatos serão encaminhados ao MP-GO. Denúncias O jornal "O Globo", a TV Globo e o G1 têm publicado nos últimos dias relatos de dezenas de mulheres que se sentiram abusadas sexualmente pelo médium. A força-tarefa que investiga as denúncias contra João de Deus começou o trabalho de investigação na segunda-feira (10), depois que o programa Conversa com Bial divulgou o relato de 10 mulheres que disseram ter sido abusadas sexualmente pelo médium. O MP-GO que, assim como a Polícia Civil, investiga a suspeita de crimes sexuais durante tratamentos feitos pelo religioso, havia contabilizado, até o fim de terça-feira (11), mais de 200 denúncias contra o médium. Para atender às mulheres que não moram em Goiás, o MP-GO preparou uma sala de videoconferência. Nela, ficam os cinco promotores de Goiás que participam da força-tarefa, duas psicólogas e dois tradutores de línguas estrangeiras. Initial plugin text
    Fiscais e policiais são resgatados de floresta após destruição de pontes em RO

    Fiscais e policiais são resgatados de floresta após destruição de pontes em RO


    Informação foi confirmada pelo ICMBio na tarde desta quinta-feira (13). Servidores estão em Porto Velho. Equipe ficou isolada em uma área da Floresta Nacional de Jacundá após destruição de pontes de acesso. Google Maps/Reprodução Os fiscais...


    Informação foi confirmada pelo ICMBio na tarde desta quinta-feira (13). Servidores estão em Porto Velho. Equipe ficou isolada em uma área da Floresta Nacional de Jacundá após destruição de pontes de acesso. Google Maps/Reprodução Os fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além de policiais militares ambientais e civis que estavam isolados na Floresta Nacional do Jacundá, região de Candeias do Jamari (RO), foram resgatados. A informação foi confirmada ao G1 pela coordenadora regional do instituto, Simone Santos, na tarde desta quinta-feira (13). Segundo ela, os servidores já estão em Porto Velho. Sete fiscais do ICMBio, quatro policiais militares ambientais e dois civis foram alvos de um atentado nesta semana durante uma operação para coibir crimes ambientais na região. Conforme Simone, pontes que dão acesso à floresta foram destruídas, deixando-os sem rota alternativa para retornar. Uma delas foi a do Rio Miriti. Pontes que dão acesso à floresta foram destruídas. Uma delas foi a do Rio Miriti. ICMBio/Divulgação A suspeita do ICMBio é que de que o ato tenha sido criminoso. Uma guarnição com quatro policiais militares se deslocou à região na quarta-feira (12) para dar suporte. Eles trabalhavam na floresta desde o dia 9 de novembro para frear crimes ambientais, como extração ilegal de madeira. O local é conhecido como ponto de confronto entre madeireiros. Servidores estavam na região desde o dia 9 de novembro em operação contra crimes ambientais. ICMBio/Divulgação Na quarta-feira, Simone Santos informou que os servidores passavam bem, tinham comida, seguiam abrigados em uma base do órgão e fora de risco. A Floresta Nacional de Jacundá é uma unidade de conservação de uso sustentável e existe desde 2004. Ao todo, são mais de 220 mil hectares nos municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari.
    Homem é agredido por três suspeitos dentro de casa em Ji-Paraná, RO

    Homem é agredido por três suspeitos dentro de casa em Ji-Paraná, RO


    Vítima estava sozinha na residência quando foi surpreendida por três homens que invadiram o local e o agrediram. Polícia Civil está investigando o caso. Home foi encaminhado ao Hospital Municipal Claudionor Couto Roriz Pâmela Fernandes/G1 Um...


    Vítima estava sozinha na residência quando foi surpreendida por três homens que invadiram o local e o agrediram. Polícia Civil está investigando o caso. Home foi encaminhado ao Hospital Municipal Claudionor Couto Roriz Pâmela Fernandes/G1 Um homem, de 32 anos, foi agredido a coronhadas, chutes e socos dentro da sua própria casa na noite da quarta-feira (12), no bairro Jardim Capelasso em Ji-Paraná (RO), município distante aproximadamente 377 quilômetros de Porto Velho. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima foi surpreendida por três homens que invadiram a residência. Segundo a vítima, ele estava na sala da residência quando percebeu que três pessoas tinham invadido a residência e começaram a o agredir com chutes, socos e coronhadas. O homem foi socorrido as pressas e encaminhado pelo Corpo de Bombeiros ao hospital municipal Claudionor Couto Roriz, onde recebeu os primeiros atendimentos e em seguida recebeu alta hospitalar. A Polícia Civil investiga o caso.
    Pacientes do Caps voltam a ser atendidos após interrupção por falta de combustível, em RO

    Pacientes do Caps voltam a ser atendidos após interrupção por falta de combustível, em RO


    Eles são de Guajará-Mirim e já podem seguir para Porto Velho. Único médico que atuava em Guajará pediu demissão em junho deste ano. Pacientes do Caps de Guajará-Mirim estavam sem atendimento por falta de combustível. Júnior...


    Eles são de Guajará-Mirim e já podem seguir para Porto Velho. Único médico que atuava em Guajará pediu demissão em junho deste ano. Pacientes do Caps de Guajará-Mirim estavam sem atendimento por falta de combustível. Júnior Freitas/G1/Arquivo Pacientes do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) de Guajará-Mirim (RO), a cerca de 330 quilômetros de Porto Velho, já podem ir à capital para receberem atendimento psiquiátrico, sob apoio da Secretaria de Saúde e do Núcleo de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (Nuvepa). No mês passado, parte das consultas precisaram ser remarcadas por falta de combustível nos veículos do centro. Atualmente, eles precisam ir a Porto Velho para serem atendidos. O motivo é que o único médico que atuava no município pediu demissão em junho deste ano. Em novembro, o combustível dos veículos acabou e, como consequência, parte das consultas precisaram ser remarcadas. Na época, a Secretaria de Saúde informou ao G1 que a previsão era que o combustível durasse até o fim de dezembro. Porém, a demanda por atendimentos em Porto Velho aumentou, o que contribuiu com a falta de combustível. Duas empresas em Guajará-Mirim ganharam a licitação, realizada no dia 6 de dezembro. Mas, até o momento, os veículos do Caps ainda permanecem sem combustível. Para desafogar o número de atendimentos pendentes, carros da Secretaria de Saúde e da Nuvepa estão fazendo o transporte dos pacientes. De acordo com o atual coordenador do Caps, Sérgio Santiago, os veículos do centro serão reabastecidos na próxima terça-feira (18). Ainda não há previsão de contratação de psiquiatra ao município. Veja mais notícias da região no G1 Guajará-Mirim e Região.
    Filmes de ação, ficção e comédia estão em cartaz nas salas de cinema de Cacoal, RO

    Filmes de ação, ficção e comédia estão em cartaz nas salas de cinema de Cacoal, RO


    Sessões são das 17h às 22h30 apresentadas no Cacoal Shopping. Essa programação deve permanecer até a próxima quinta-feira (20). Robin Hood Divulgação Os filmes "Aquaman", "De repente uma família", e "Robin Hood – a Origem" estão em...


    Sessões são das 17h às 22h30 apresentadas no Cacoal Shopping. Essa programação deve permanecer até a próxima quinta-feira (20). Robin Hood Divulgação Os filmes "Aquaman", "De repente uma família", e "Robin Hood – a Origem" estão em cartaz nas salas de cinema de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho. As sessões são das 15h às 22h30 apresentadas no Cacoal Shopping. Essa programação deve permanecer até a próxima quinta-feira (20). Em "Aquaman", o personagem Arthur Curry, interpretado pelo ator Jason Momoa, segue sendo um homem solitário, mas quando começa uma jornada com Mera, em busca de algo importante para o futuro de Atlantis, ele aprende que não pode fazer tudo sozinho. Jason Momoa como o Aquaman Divulgação/DC Confira a programação Veja os preços das sessões em Cacoal. Veja mais notícias da região no G1 Cacoal e Zona da Mata.
    Cliente é ameaçada por vendedor após pedir prazo para pagar dívida de mais de R$ 700, em RO

    Cliente é ameaçada por vendedor após pedir prazo para pagar dívida de mais de R$ 700, em RO


    Caso aconteceu em Rolim de Moura. Até o momento, o suspeito não foi localizado. Caso foi registrado na Unisp de Rolim de Moura. Magda Oliveira/G1 Uma mulher de 40 anos acionou a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Rolim de Moura...


    Caso aconteceu em Rolim de Moura. Até o momento, o suspeito não foi localizado. Caso foi registrado na Unisp de Rolim de Moura. Magda Oliveira/G1 Uma mulher de 40 anos acionou a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Rolim de Moura (RO), município a pouco mais de 400 quilômetros de Porto Velho, alegando sofrer constantes ameaças de um vendedor de roupas por causa de uma dívida que ela tem com o suspeito de mais de R$ 700. As ameaças começaram na última terça-feira (11) e seguiram até quarta-feira (12), depois que ela pediu ao homem um prazo de 10 dias para quitar o que deve. Até o momento, o vendedor não foi localizado. Segundo o boletim de ocorrência, a vítima contou que, há cerca de 60 dias, comprou roupas do suspeito com outras três pessoas. A compra totalizou R$ 730. Para atestá-la, a mulher assinou uma promissória. Na última terça-feira, o vendedor ligou à mulher cobrando o valor da promissória. Durante a conversa, ela pediu a ele um prazo de 10 dias para quitar a dívida, pois não tinha o valor total naquele momento. Foi então que o suspeito passou a ameaçá-la a gritos, dizendo que "a acharia em qualquer lugar". Na noite do mesmo dia, o suspeito foi até a frente da casa da mulher acompanhado de uma outra pessoa. Na ocasião, passou a bater palmas, chutar o portão e gritar para que abrisse o portão. A vítima chamou a PM e, no local, os policiais combinaram com o suspeito que no dia seguinte fosse até o escritória da mulher para receber o valor da promissória. Na quarta, o vendedor passou a xingar a vítima novamente. A polícia foi chamada de novo e combinou com o homem que a mulher pagaria R$ 282. Logo que a PM se retirou, a mulher pediu que o vendedor assinasse uma promissória atestando o recebimento do valor. No entanto, ele disse que não assinaria e que queria receber os R$ 730. O suspeito saiu do local gritando e proferindo novas ameaças à mulher. Até o momento, ele não foi localizado, mas o caso é investigado. Veja mais notícias da região no G1 Cacoal e Zona da Mata.
    Polícia de RO procura jovem que matou cambista boliviano para roubar R$ 48 mil

    Polícia de RO procura jovem que matou cambista boliviano para roubar R$ 48 mil


    Cambista foi executado em Guayaramerín após assalto. Crime aconteceu no dia 11 de julho deste ano. Edmílson de Jesus, de 26 anos, é procurado por latrocínio Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil de Porto Velho divulgou nesta quinta-feira...


    Cambista foi executado em Guayaramerín após assalto. Crime aconteceu no dia 11 de julho deste ano. Edmílson de Jesus, de 26 anos, é procurado por latrocínio Polícia Civil/Divulgação A Polícia Civil de Porto Velho divulgou nesta quinta-feira (13) a foto de Edmílson de Jesus, 26 anos, suspeito de ter matado o cambista boliviano Lúcio Raudez Nunez, de 58 anos, para roubar R$ 48 mil. O latrocínio aconteceu no dia 11 de julho em Guayaramerín, fronteira com o Brasil. Segundo o delegado da Delegacia da Patrimônio, Leonardo Matos, o objetivo da divulgação da foto é localizar o suspeito, que está foragido. A vítima foi atingida por um disparo de arma de fogo após entrar em luta corporal com o assaltante. No assalto contra o boliviano foram roubados cerca de R$ 48 mil, além de uma quantia não especificada em moeda boliviana. Antes de cometer o crime, o suspeito já possuía três mandados de prisão por latrocínio e outros quatro roubos. As condenações pelos crimes cometidos já chegam a 57 anos no sistema prisional brasileiro. De acordo com o delegado José Marcos, o foragido chegou a ser preso três dias após cometer o crime, por porte ilegal de arma de fogo. Na abordagem ele apresentou documentação falsa aos agentes. Arma usada em roubo na Bolívia está apreendida Cássia Firmino/G1 A prisão aconteceu em Vilhena (RO), durante uma parada da Polícia Rodoviária Federal(PRF) a um ônibus. Segundo os investigadores, até então, nada ligava o suspeito ao crime. “O dinheiro que foi apreendido durante a abordagem foi de pouco mais de R$ 30 mil e 150 pesos bolivianos. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Vilhena, onde foi atuado em flagrante apenas por porte ilegal de arma. Posteriormente, por documentação falsa, pois não se sabia nada acerca do crime lá na Bolívia”, explica José Marcos. O delegado Leonardo de Matos ressalta que a conclusão das investigações se deu devido a uma interação entre as delegacias regionais de Porto Velho, Vilhena, Guajará-Mirim, e a polícia da Bolívia. Após a constatação da documentação falsa e dos mandados de prisão, a polícia realizou investigações que ligaram Edmílson ao crime, entre as provas anexadas, que foram divulgadas pela polícia está a comparação entre o projétil colhido no local do crime e as munições apreendidas na arma que estavam com o suspeito. Fuga Após ser constatado que o suspeito apresentava sete mandados em aberto no município de Ariquemes (RO), ele foi transferido para um presídio na cidade e chegou a ser interrogado e indiciado pela participação no crime. Edmílson de Jesus, de 26 anos, procurado pela polícia Polícia Civil/Divulgação A fuga aconteceu há alguns meses. Desde então, o suspeito permanece foragido do sistema prisional. Com os novos indiciamentos, já são somados nove mandos de prisão. Porque a investigação segue no Brasil? Segundo o delegado, a investigação é realizada pela Delegacia de Patrimônio de Porto Velho, pois o autor do crime foi capturado no Brasil, dentro do estado em que reside. Logo, a atribuição passou a ser da comarca da capital do estado, como estabelecido no artigo 88 do código de processo penal. Cooperação da população O delegado Leonardo Matos ressalta a pericordalidade do suspeito e pede para quem ter qualquer informação sobre o paradeiro do envolvido, que denuncie tanto à Polícia Civil, no número 197, ou Polícia Militar(PM) pelo número 190.
    Dois são presos em operação da Polícia Civil por venda de certificados falsos em RO

    Dois são presos em operação da Polícia Civil por venda de certificados falsos em RO


    Instrutores presos são suspeitos de venderem certificados de treinamentos em segurança e saúde no trabalho. Investigações foram iniciadas após série de mortes por acidente de trabalho. Operação Aprendiz, da PC e do Ministério do Trabalho,...


    Instrutores presos são suspeitos de venderem certificados de treinamentos em segurança e saúde no trabalho. Investigações foram iniciadas após série de mortes por acidente de trabalho. Operação Aprendiz, da PC e do Ministério do Trabalho, foi deflagrada nesta quinta-feira (13), em Porto Velho. Polícia Civil/Divulgação Duas pessoas foram presas em uma operação, deflagada na manhã desta quinta-feira (13) pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco) da Polícia Civil, suspeitos de venderem certificados falsos. A Operação Aprendiz é realizada em Rondônia com apoio de auditores fiscais do Ministério do Trabalho (MT). Segundo informações da Superintedência Regional do Trabalho, além das prisões, outros 16 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências, empresas e órgãos públicos, e ainda foram aplicadas seis medidas cautelares diversas da prisão. As investigações foram iniciadas após um grande número de acidentes de trabalho fatais envolvendo trabalhadores do setor elétrico, incluindo terceirizados da Centrais Elétricas de Rondônia, a Ceron. Os presos na operação são instrutores, sendo um técnico em segurança do trabalho da Ceron e um conselheiro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia (Crea-RO) e servidor do Departamentos de Estradas e Rodagens (DER), suspeitos de vender certificados de treinamentos em segurança e saúde no trabalho como: cursos de formação de eletricistas, de segurança em trabalho com instalações elétricas (NR-10) e segurança no trabalho em altura. Segundo o delegado responsável pela operação e os auditores-fiscais do MT, a investigação começou no final de 2017 após denúncias apontarem que duas empresas emitiam certificados do curso de segurança do trabalho sem o comparecimento de alunos às aulas. Uma das empresas citadas na operação ficava em uma casa residencial. Conforme os investigadores, não apresentava nenhum equipamento ou material para ministrar aulas, apenas um computador e impressora usados na emissão dos certificados. Ainda de acordo com a Polícia Civil, a apuração do caso aconteceu por meio de análise de áudios e ligações telefônicas que constataram as vendas dos certificados.
    Menina de 15 anos e namorado são mortos a tiros em Vilhena, RO

    Menina de 15 anos e namorado são mortos a tiros em Vilhena, RO


    Crime ocorreu em rua do bairro Bela Vista. Vítimas chegaram a correr, mas suspeito alcançou e matou casal. Crime ocorreu quando casal saía de casa Jean Carlos/Rede Amazônica Um casal de namorados foi morto a tiros, nesta quinta-feira (13), na Rua...


    Crime ocorreu em rua do bairro Bela Vista. Vítimas chegaram a correr, mas suspeito alcançou e matou casal. Crime ocorreu quando casal saía de casa Jean Carlos/Rede Amazônica Um casal de namorados foi morto a tiros, nesta quinta-feira (13), na Rua 11 do bairro Bela Vista em Vilhena (RO), a 700 quilômetros de Porto Velho. As vítimas foram identificadas como Abrão Fernandes, 29 anos, e Geovana de Assis da Costa, 15 anos. Segundo informações de testemunhas à Polícia Militar (PM), o suspeito do crime estava de carona dentro de um carro aguardando as vítimas saírem de casa. Quando o casal saiu do local em uma moto, o suspeito desceu usando um capacete e se aproximou do homem e da adolescente. Neste momento teria ocorrido uma discussão entre o trio, momento que o suspeito pegou uma arma e atirou várias vezes contra o casal. Suspeito esperou casal sair de casa para atirar Jean Carlos/Rede Amazônica A menina de 15 anos chegou a correr, mas caiu a poucos metros da casa. O companheiro dela também conseguiu correr e virar uma rua do bairro, porém o suspeito foi atrás dele e atirou. O casal morreu na hora. Os tiros atingiram a cabeça e o braço direito de Geovana. Já Abrão foi alvejado com dois tiros na cabeça e dois no pescoço. Nenhum suspeito foi identificado ou preso até a publicação da reportagem. Informações obtidas pela Rede Amazônica revelam que o casal morava na casa há apenas um mês.
    Jovem é presa suspeita de roubar mais de R$ 800 em motel em Rolim de Moura, RO

    Jovem é presa suspeita de roubar mais de R$ 800 em motel em Rolim de Moura, RO


    O segundo suspeito ainda não foi localizado pela PM. Casal armado roubou R$ 893 e um celular. Suspeita foi encaminhada à Unisp de Rolim de Moura. Magda Oliveira/G1 Uma jovem de 21 anos, foi presa na madrugada desta quinta-feira (13) suspeita de...


    O segundo suspeito ainda não foi localizado pela PM. Casal armado roubou R$ 893 e um celular. Suspeita foi encaminhada à Unisp de Rolim de Moura. Magda Oliveira/G1 Uma jovem de 21 anos, foi presa na madrugada desta quinta-feira (13) suspeita de roubar R$ 893 e um celular de um motel em Rolim de Moura (RO) município a pouco mais de 400 quilômetros de Porto Velho. Um homem suspeito de ajudar a jovem não foi localizado pela Polícia Militar (PM). Ele é acusado de abordar e ameaçar a atendente do estabelecimento com uma arma de fogo. Os policiais militares foram informados que um casal havia entrado em um motel e roubado R$ 893, sendo que deste valor R$ 11 eram de moedas. Os suspeitos também levaram um aparelho celular e ameaçaram a atendente. Quando os policiais estavam se deslocando para o motel, encontraram a suspeita no caminho. Com ela foi recuperado o aparelho celular e os R$ 11 em moedas. A vítima reconheceu a jovem como sendo uma das envolvidas no crime. Toda a ação criminosa do casal, foi registrada pela câmera de videomonitoramento do motel. O outro envolvido não foi localizado pela polícia. A jovem foi conduzida Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) local. Veja mais notícias da região no G1 Cacoal e Zona da Mata
    Estudante morre após bater cabeça no meio-fio durante briga sobre moto, em RO

    Estudante morre após bater cabeça no meio-fio durante briga sobre moto, em RO


    Crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (13) em Urupá. Luta corporal ocorreu por causa de moto. Crime ocorreu em rua de Urupá Cássia Firmino/G1 Um estudante de 30 anos morreu, na madrugada desta quinta-feira (13), depois de cair e bater a...


    Crime ocorreu na madrugada desta quinta-feira (13) em Urupá. Luta corporal ocorreu por causa de moto. Crime ocorreu em rua de Urupá Cássia Firmino/G1 Um estudante de 30 anos morreu, na madrugada desta quinta-feira (13), depois de cair e bater a cabeça no meio-fio da Rua Roberto Carlos de Oliveira em Urupá (RO), Região Central. O incidente ocorreu durante uma briga entre a vítima e o suspeito por causa de uma moto. Segundo a Polícia Militar (PM), a patrulha foi acionada na Rua Roberto Carlos depois de uma denúncia informar sobre o corpo na via. No local, os agentes identificaram lesões na cabeça de Valdeci Pinow e acionaram a perícia. Quando registravam a ocorrência, os policiais receberam a ligação de um homem dizendo que a vítima morreu depois de uma briga com ele. Ao ir até o suspeito, o homem relatou ter desconfiado que o estudante havia furtado a moto dele e, por esse motivo, foi atrás de Valdeci. Na ocasião, vítima e suspeito iniciaram uma discussão e uma luta corporal. Durante a briga, Valdeci caiu e bateu a cabeça no meio-fio, onde morreu na hora. Aos policiais, o suspeito disse estar "muito abalado" e se declarava arrependido, pois não tinha intenção de matar o estudante. A Polícia Civil vai acompanhar o caso, registrado como homicídio consumado. O suspeito não foi preso.
    'Aquaman' e 'Detetives do prédio azul 2' estreiam nas salas de cinema de Porto Velho

    'Aquaman' e 'Detetives do prédio azul 2' estreiam nas salas de cinema de Porto Velho


    “Robin Hood: A origem” e “Bohemian Rhapsody” seguem em cartaz. Programação é confirmada até a próxima quarta-feira (19). 'Aquaman' ganha trailer final antes da estreia em dezembro Quem for a procura de aventura e fantasia terá boas...


    “Robin Hood: A origem” e “Bohemian Rhapsody” seguem em cartaz. Programação é confirmada até a próxima quarta-feira (19). 'Aquaman' ganha trailer final antes da estreia em dezembro Quem for a procura de aventura e fantasia terá boas opções nas salas de cinema de Porto Velho, com a estreia do longa “Aquaman”, que pretende mergulhar os amantes da sétima arte no mundo subaquático de Atlantis. A produção nacional “Detetives do prédio azul 2” também estreia na programação. Os gêneros de ação, biografia e drama estão garantidos com os filmes “Robin Hood: A origem” e “Bohemian Rhapsody”, que permanecem em cartaz na programação que segue até a próxima quarta-feira (19). Estreado por Jason Momoa e Amber Heard, o filme “ Aquaman” conta a história de Arthur Curry (Jason Momoa), mais conhecido como Aquaman, que aprende que não pode fazer tudo sozinho quando começa uma jornada com Mera em busca de um algo muito importante para o futuro de Atlantis. O G1 já viu e te conta o que achou do filme. Jason Mamoa será o Aquaman Divulgação Em “Detitives do prédio azul 2” durante a Expo-Bruxas, a maior feira de bruxos do mundo, Pippo (Pedro Henriques Motta), Bento (Anderson Lima) e Sol (Leticia Braga), viajam até a Itália para investigar o sumiço da feiticeira Berenice (Nicole Orsini), que foi sequestrada pelos bruxos Máximo e Mínima Buongusto. Com o trabalho em equipe e a ajuda da avó de Pipo, eles conseguirão desvendar esse mistério. Filme 'Detetives do Prédio Azul 2 - O Mistério Italiano' Reprodução Confira a programação: Cine Araújo

    Homem é preso após apresentar documento falso para liberação de veículo apreendido em RO


    Caminhão foi apreendido em julho de 2018. O documento do veículo havia sido roubado de uma Ciretran de Tocantins. Um homem de 63 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) esta semana em Ariquemes (RO) no Vale do Jamari ao apresentar um...

    Caminhão foi apreendido em julho de 2018. O documento do veículo havia sido roubado de uma Ciretran de Tocantins. Um homem de 63 anos, foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) esta semana em Ariquemes (RO) no Vale do Jamari ao apresentar um Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) falso para retirar um caminhão apreendido em julho de 2018 com impostos atrasados. Os policiais apuraram que o documento impresso fazia parte de um lote roubado na Circunscrição Regional de Trânsito (CIiretran) na cidade de Porto Nacional (TO). De acordo com a PRF, o caminhão foi apreendido em julho durante a Operação Expoari 2018, com o licenciamento atrasado. O homem de 63 anos procurou a Unidade Operacional em Ariquemes, apresentou os comprovantes de pagamento das despesas de diárias do veículo no pátio e o documento CRLV emitido pelo Departamento de Trânsito (Detran) de Goiás com o licenciamento de 2018 atualizado. Durante checagem dos documentos junto ao sistema, foi constatado que o CRLV fazia parte de um lote de roubado na Ciretran da cidade de Porto Nacional (TO), o homem recebeu voz de prisão por uso de documento falso e foi apresentado na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) em Ariquemes. Veja mais notícias da região no G1 Ariquemes e Vale do Jamari
    Idoso é encontrado morto em casa no Distrito de Tabajara em RO

    Idoso é encontrado morto em casa no Distrito de Tabajara em RO


    Vítima morava na casa há cerca de 60 dias. Dono do imóvel é suspeito no crime. Suspeito foi encaminhado a Unisp de Machadinho D'Oeste Polícia Civil/Divulgação Um idoso de 70 anos, foi encontrado morto na quarta-feira (12) em uma residência no...


    Vítima morava na casa há cerca de 60 dias. Dono do imóvel é suspeito no crime. Suspeito foi encaminhado a Unisp de Machadinho D'Oeste Polícia Civil/Divulgação Um idoso de 70 anos, foi encontrado morto na quarta-feira (12) em uma residência no Distrito de Tabajara na zona rural de Machadinho D'Oeste (RO) distante aproximadamente 350 quilômetros de Porto Velho. O dono da casa foi preso após ser visto na cena do crime. Consta na ocorrência registrada pela Polícia Militar (PM), que após encontrarem o corpo, os agentes foram informados que o proprietário da casa foi visto no local junto com um amigo. Esse amigo foi visto saíndo da residência sujo de sangue e com a carteira da vítima. O homem de 32 anos foi localizado em um bar. Ele disse aos policiais que conheceu a vítima há cerca de dois meses. Segundo o suspeito, ele foi até a casa do idoso com um amigo e quando chegaram lá a vítima já estava morta. A Polícia Militar prendeu o dono da residência e o apresentou na Unidade Integrada de Segurança Pública em Machadinho do Oeste (RO), a Polícia Civil está investigando o crime e realiza diligências para localizar o outro suspeito. Veja mais notícias da região no G1 Ariquemes e Vale do Jamari
    Caixa libera R$ 8,5 milhões para saque do PIS a 12 mil trabalhadores de Rondônia

    Caixa libera R$ 8,5 milhões para saque do PIS a 12 mil trabalhadores de Rondônia


    Veja como fazer o saque. Abono varia de R$ 80 a R$ 954 para cada trabalhador. Saque pasa PIS dos nascidos em dezembro pode ser feito a partir desta quinta-feira TV Globo A Caixa Econômica libero, nesta quinta-feira (13), o pagamento do Abono...


    Veja como fazer o saque. Abono varia de R$ 80 a R$ 954 para cada trabalhador. Saque pasa PIS dos nascidos em dezembro pode ser feito a partir desta quinta-feira TV Globo A Caixa Econômica libero, nesta quinta-feira (13), o pagamento do Abono Salarial do PIS correspondente ao calendário 2018/2019, com ano-base de 2017. O benefício é para os trabalhadores nascidos em dezembro. Em Rondônia, segundo a Caixa, 12.047 beneficiários têm direito ao saque do PIS a partir desta quinta-feira. Juntos, o montante liberado no estado chega a R$ 8.555.095,00. O valor do abono varia de R$ 80 a R$ 954, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente em 2017. Quem tem direito ao PIS? Conforme a Caixa, tem direito ao abono quem recebeu, em média, até 2 salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos 5 anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais). Veja como localizar o número do PIS na internet Como fazer o saque? Trabalhadores de empresas privadas retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É obrigatório apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep no momento do saque. Até quando o PIS precisa ser sacado? De acordo com o calendário, quem nasceu entre e julho a dezembro recebeu o benefício ainda no ano de 2018. Já quem nasceu entre janeiro e junho vai receber o PIS no primeiro trimestre de 2019. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento. Confira abaixo o calendário: Tabela PIS 2018-2019 Reprodução Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.
    12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos; veja os filmes em exibição nesta quinta-feira, 13

    12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos; veja os filmes em exibição nesta quinta-feira, 13


    Mostra acontece até a próxima sexta-feira (14). Programação conta com exibição de 40 filmes. 'Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia', filme de Hector Babenco, de 1977. Divulgação Acontece de 10 a 14 de dezembro a 12ª edição da Mostra...


    Mostra acontece até a próxima sexta-feira (14). Programação conta com exibição de 40 filmes. 'Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia', filme de Hector Babenco, de 1977. Divulgação Acontece de 10 a 14 de dezembro a 12ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos em Porto Velho. As apresentações, que são gratuitas, comemoram o aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos. O evento é realizado no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). A programação conta com exibições de 40 filmes. Realizado em todo o Brasil pelo Ministério dos Direitos Humanos (MDH), em parceria com o Instituto Cultura em Movimento (Icem), a mostra apresenta filmes que levantam debates sobre imigração, direito da mulher, diversidade religiosa, população indígena e LGBT, dentre outros. Este ano, o evento celebra a carreira do ator e diretor Milton Gonçalves. A produtora cultural Tatiana Maciel ressalta a importância da abordagem e em como o cinema se tornou uma ferramenta para tratar das temáticas. “A gente acredita muito no cinema como uma ferramenta de educação. Eu costumo dizer que o cinema é mágico, ele te transporta para aquela história e depois você consegue trazer aquela história para a nossa realidade. Então, usar o cinema para essa educação de direitos humanos, é fundamental”, disse. A 12ª edição garantirá acessibilidade com transmissão de legendas e áudio descrição e libras. O público infanto juvenil também ganha espaço com a categoria mostrinha, dedicada exclusivamente a eles. Documentário 'Nunca Me Sonharam' Divulgação/Maria Farinha Filmes Confira os filmes em exibição nesta quinta-feira (13) 9h30 – Mostra Homenagem – Filme: Lúcio Flávio, o passageiro da agonia – Closed Caption Enfoca as ligações entre ladrões e policiais. Lúcio Flávio é um bandido famoso que empreende fugas e ações espetaculares. Seu bando é trazido por um detetive que acobertava suas ações, que acaba sendo denunciado por Lúcio numa reunião com a imprensa. É oferecido um passaporte para fugir do país e não denunciar o policial; entretanto ao saber que seu irmão foi morto, ele recusa. Ao voltar para sua cela, é executado a facadas. 13h30 – Mostra Panorama – Filme: Outro olhar – Closed Caption A história da estudante gaúcha Renata Basso, que tem síndrome de Down e acaba de concluir o ensino médio, é o fio condutor de um retrato impressionante sobre a educação inclusiva no Brasil. Por meio de entrevistas com professores, colegas de classe, familiares e a própria Renata, o filme mostra que o esforço coletivo torna possível oferecer uma aprendizagem de qualidade a estudantes especiais. 13h30 – Filme: Monocultura da fé Como no resto do país, também entre os Guarani Kaiowáa, a igreja evangélica vêm ganhando espaço. O mini-documentário percorre aldeias do Mato Grosso do Sul para mostrar denúncias das cada vez mais frequentes violências cometidas por grupos evangélicos contra a população indígena. 13H30 – Filme: Waapa O documentário propõe um mergulho inédito na infância Yudja (Parque Indígena do Xingu/MT) e os cuidados que acompanham seu crescimento. O brincar, a vida comunitária e as influências de uma relação espiritual com a natureza. 15h – Mostra Panorama – Filme: Narrativas de um crime – Closed Caption Constantin, um investigador da Polícia Civil e aspirante a escritor, está em busca de uma boa história. Paulo, um Policial Militar, acaba de voltar de um período de suspensão da corporação em que trabalha. Os diferentes pontos de vista de Constantin e Paulo colidem quando eles se cruzam numa cena de um crime: uma jovem dragqueen foi brutalmente assassinada. O conflito entre eles desconstrói preconceitos e flerta com a tragédia, revelando uma dura realidade repleta de ironias, lágrimas e sangue. 15h – Filme: Um café e quatro segundos Dois torturadores se encontram para tomar um café depois de mais de trinta anos sem se verem, para acertarem contas daquela época. 15h – Filme: Lacerda, o corvo da Guanabara O filme reconstitui a trajetória de Carlos Lacerda, ex-governador da Guanabara e líder radical da UDN em formato cine-jornal, visando iluminar sua participação direta em conspirações e tentativas de golpe em momentos chave da história do Brasil. 16h30 – Mostra Temática – Filme: Café com canela – Closed Caption/Audiodescrição/Libras Após perder o filho, Margarida (Valdinéia Soriano) vive isolada da sociedade. Ela se separa do marido Paulo e perde o contato com os amigos e pessoas próprias. Um dia, Violeta (Aline Brunne) bate à sua porta. Trata-se de uma ex-aluna de Margarida, que assume a missão de devolver um pouco de luz àquela pessoa que havia sido importante pra ela na juventude. 19h – Mostra Panorama – Filme: Era um garoto que como eu, amava o Beatles e os Rolling Stones História da criação da Banda “Os Goiabeiras” da qual fazem parte três pessoas com deficiência: um paralisado cerebral e dois autistas. 19h – Nunca me sonharam Os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do Brasil. Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas “Nunca me sonharam” reflete sobre o valor da educação.
    Sine de Porto Velho oferece 40 oportunidades de emprego nesta quinta-feira, 13

    Sine de Porto Velho oferece 40 oportunidades de emprego nesta quinta-feira, 13


    Há vagas para caseiro, barbeiro, forneiro, gerente, marceneiro e pedagoga. Atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). Entre as oportunidades, há vagas para manicure. Antônio Márcio/Prefeitura de Itaquaquecetuba O Sistema Nacional de...


    Há vagas para caseiro, barbeiro, forneiro, gerente, marceneiro e pedagoga. Atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). Entre as oportunidades, há vagas para manicure. Antônio Márcio/Prefeitura de Itaquaquecetuba O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Porto Velho oferta 40 vagas de emprego nesta quinta-feira (13). Entre as oportunidades, há vagas para caseiro, barbeiro, forneiro, gerente, marceneiro e pedagoga. O Sine alerta que as vagas de emprego estão sujeitas a alteração. Os interessados devem comparecer ao posto de atendimento do Sine Municipal, localizado na rua Brasília, 2512, no bairro São Cristóvão, com Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS), cédula de identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. O atendimento é das 7h30 às 13h30 (horário local). O trabalhador também pode consultar vaga e fazer cadastro pela internet, através do site do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Depois de acessar a página, basta clicar no ícone “trabalhador”, para ser direcionado a outra página onde o cadastro pode ser feito. Confira todas as vagas disponíveis nesta quinta-feira (13): Ajudante de tapeçaria 1 Arquivista 1 Auxiliar de departamento pessoal 1 Barbeiro 1 Cabeleireiro 1 Caseiro 1 Consultor comercial externo 1 Engenheiro civil 1 Esteticista 1 Forneiro 1 Gerente 2 Gerente de vendas 1 Manicure 10 Marceneiro 1 Oleiro 1 Operador de câmara frio 1 Panfleteiro 1 Pedagoga 1 Serralheiro 1 Suporte técnico 1 Técnico de informática 1 Técnico em máquinas de lavar roupas 1 Vendedor de serviços 4 Vendedor externo 1 Vendedor interno 3
    Remédios e documentos são apreendidos durante operação em prefeitura de RO

    Remédios e documentos são apreendidos durante operação em prefeitura de RO


    Ação conjunta entre o Ministério Público e as polícias Civil e Militar ocorreu na manhã desta quarta-feira (12) em Colorado do Oeste. Materiais estavam irregulares. Remédios e documentos foram recolhidos da Secretaria de Saúde e da Prefeitura...


    Ação conjunta entre o Ministério Público e as polícias Civil e Militar ocorreu na manhã desta quarta-feira (12) em Colorado do Oeste. Materiais estavam irregulares. Remédios e documentos foram recolhidos da Secretaria de Saúde e da Prefeitura de Colorado do Oeste. Tiago Vieira/Arquivo pessoal Uma operação conjunta entre o Ministério Público e as polícias Civil e Militar foi deflagrada por volta das 8h desta quarta-feira (12), em Colorado do Oeste (RO), região a pouco mais de 760 quilômetros de Porto Velho. O objetivo foi apreender documentos e remédios irregulares da Secretaria de Saúde da cidade, que fica concentrada na prefeitura. MP, PC e PM realizam operação em Colorado do Oeste À Rede Amazônica, o prefeito do município, Ribamar de Oliveira, informou por telefone que no momento da ação não estava na cidade e confirmou que tanto o ministério quanto as corporações policiais estiveram na prefeitura para o cumprimento da operação. Materiais recolhidos estavam irregulares. Tiago Vieira/Arquivo pessoal A ação terminou por volta das 12h. Além do gabinete da Secretaria de Saúde, as demais salas da prefeitura também passaram pelo pente fino. Foram apreendidos documentos e medicamentos que deveriam estar sob responsabilidade de um farmacêutico na unidade hospitalar do município. O quantitativo de materiais coletados na operação não foi divulgado. Veja mais notícias da região no G1 Vilhena e Cone Sul.
    Fiscais do ICMBio e policiais ficam isolados após destruição de pontes em RO

    Fiscais do ICMBio e policiais ficam isolados após destruição de pontes em RO


    Servidores trabalhavam em uma área da Floresta Nacional do Jacundá desde 9 de novembro para frear crimes ambientais. Previsão de resgate é na manhã de quinta-feira (13). Equipe ficou isolada em uma área da Floresta Nacional de Jacundá após...


    Servidores trabalhavam em uma área da Floresta Nacional do Jacundá desde 9 de novembro para frear crimes ambientais. Previsão de resgate é na manhã de quinta-feira (13). Equipe ficou isolada em uma área da Floresta Nacional de Jacundá após destruição de pontes de acesso. Google Maps/Reprodução Fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), além de policiais militares ambientais e civis, foram alvos de um atentado nesta semana. Segundo o instituto, pontes que dão acesso à Floresta Nacional do Jacundá, região de Candeias do Jamari (RO), teriam sido destruídas de forma criminosa, o que impediu a saída dos servidores do local e os deixou isolados. Uma delas passa pelo Rio Miriti. O resgate deve ocorrer na manhã de quinta-feira (13). Uma guarnição com quatro policiais militares se deslocou à região nesta quarta-feira (12) para dar suporte. Ao todo, há sete fiscais do ICMBio, quatro policiais militares ambientais e outros dois civis aguardando o resgate. Eles trabalham na floresta desde o dia 9 de novembro para frear crimes ambientais. O local é conhecido como ponto de confronto entre madeireiros. Fiscais ambientais estão isolados na Flona Jacundá Conforme informações repassadas à Rede Amazônica e ao G1 pela coordenadora regional do ICMBio, Simone Santos, todos passam bem, têm comida, estão abrigados em uma base do órgão e fora de risco. Ainda conforme a coordenadora, os fiscais e os policiais conseguiram detectar a presença de crimes ambientais pela região durante o período de operação, que seguiria até a próxima sexta-feira (14). Eles estariam na região desde o dia 9 de novembro para combater crimes ambientais, quando foram surpreendidos pela destruição dos acessos. O ICMBio, agora, trabalha em uma logística para resgatar os servidores. A previsão é de que o resgate aconteça na manhã de quinta-feira (13). A Floresta Nacional de Jacundá é uma unidade de conservação de uso sustentável e existe desde 2004. Ao todo, são mais de 220 mil hectares nos municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari.
    USP aprova orçamento de R$ 5,7 bilhões para 2019

    USP aprova orçamento de R$ 5,7 bilhões para 2019


    Universidade prevê superávit de R$ 206 mil e contratação de 250 novos professores. Praça do Relógio, na Cidade Universitária da USP, em São Paulo Divulgação/USP O Conselho Universitário (Co) da Universidade de São Paulo (USP) aprovou...


    Universidade prevê superávit de R$ 206 mil e contratação de 250 novos professores. Praça do Relógio, na Cidade Universitária da USP, em São Paulo Divulgação/USP O Conselho Universitário (Co) da Universidade de São Paulo (USP) aprovou nesta terça-feira (11) o orçamento de R$ 5,7 bilhões para a instituição em 2019. Segundo a assessoria de imprensa da Reitoria, R$ 5,5 bilhões referem-se aos repasses do governo estadual, R$ 80,5 milhões de recursos próprios, e R$ 115,4 milhões são recursos federais. Do total do orçamento, R$ 4,8 bilhões são reservados para a folha de pagamento dos funcionários e professores. Nesse montante, também estão as despesas previstas com a contratação de 250 docentes no ano. Prevê-se também que, para 2019, a USP tenha um orçamento superavitário em R$ 206 mil. Na sessão do conselho, também foram aprovadas mudanças em sete artigos do Estatuto Docente, documento que rege a atividade dos professores da universidade. De acordo com a assessoria, um dos artigos que sofreu alterações diz respeito à carga de aula do professor. “A mudança aprovada possibilitará às unidades e aos departamentos, com base em seus projetos acadêmicos, terem maior flexibilidade para compor a dedicação do docente ao ensino, respeitada a dedicação didática mínima de oito horas semanais. As prioridades das aulas estão mantidas, com preferência a disciplinas obrigatórias nos cursos de graduação na unidade e de outras unidades”, diz a nota.
    Homem é atacado a golpes de facão por foragido da Justiça em Porto Velho

    Homem é atacado a golpes de facão por foragido da Justiça em Porto Velho


    Crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (12) e acusado foi recapturado. Vítima de 55 anos sofreu vários cortes na cabeça, no tórax e o braço esquerdo. Suspeito foi levado à Central de Polícia de Porto Velho Pedro Bentes/G1 Um homem de 55...


    Crime aconteceu na manhã desta quarta-feira (12) e acusado foi recapturado. Vítima de 55 anos sofreu vários cortes na cabeça, no tórax e o braço esquerdo. Suspeito foi levado à Central de Polícia de Porto Velho Pedro Bentes/G1 Um homem de 55 anos foi atacado a golpes de facão por outro homem, de 29 anos, na manhã desta quarta-feira (12). O caso aconteceu na rua Suriname, bairro Embratel, Zona Norte de Porto Velho. De acordo com a ocorrência da Polícia Militar (PM) local, o suspeito pelo crime é foragido da Justiça e foi encontrado pela PM dentro de um banheiro em uma vila de apartamentos. A vítima sofreu cinco cortes na cabeça, um no lábio, outros cinco no tórax e mais dois no braço esquerdo. Conforme o registro policial, a vítima contou que, ao acordar, notou que havia parte de um facão e um par de botas dentro do quintal da casa. Ao verificar se tinha alguém nos cômodos da residência, foi surpreendida pelo foragido a golpes de facão. Após o ataque, o homem fugiu pulando os muros de outros quintais do bairro. Mesmo ferido, o dono da casa conseguiu pedir socorro com a ajuda de vizinhos. Uma equipe da PM se deslocou ao local e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Vítima foi encaminhada com cortes na cabeç, no tórax e no braço esquerdo ao Hospital de Pronto Socorro João Paulo II. Toni Francis/G1 A vítima foi levada ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II, Zona Sul da cidade, onde permanece internada. Ainda de acordo com o registro policial, o médico de plantão da unidade hospitalar contabilizou que o proprietário da casa sofreu cinco cortes na cabeça, um no lábio, outros cinco no tórax e mais dois no braço esquerdo. Em paralelo ao socorro, os policiais militares que seguiram até o local do crime fizeram patrulhamento pelas proximidades. Eles conseguiram encontrar o responsável pelo crime na rua Buenos Aires, no mesmo bairro. No momento da recaptura, o foragido estava dentro de um banheiro em uma vila de apartamentos. Após a abordagem, ele foi levado à Central de Polícia da capital, onde permanece à disposição da Justiça. A PM conseguiu detectar que ele tem um mandado de prisão em aberto, que foi expedido pela 2ª Vara Cível de Ariquemes (RO) em julho deste ano.
    Pesquisador do Ibope é assaltado por entrevistado no Centro de Porto Velho

    Pesquisador do Ibope é assaltado por entrevistado no Centro de Porto Velho


    Trabalhador teve tablet da pesquisa e celular levados. Ninguém foi preso. Crime ocorreu na Avenida Sete de Setembro nesta quarta-feira Pedro Bentes/G1 Um homem de 32 anos, que trabalha fazendo pesquisas para o Instituto Brasileiro de Opinião e...


    Trabalhador teve tablet da pesquisa e celular levados. Ninguém foi preso. Crime ocorreu na Avenida Sete de Setembro nesta quarta-feira Pedro Bentes/G1 Um homem de 32 anos, que trabalha fazendo pesquisas para o Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (Ibope), foi assaltado depois de abordar um pedestre para ser entrevistado em um questionário. O crime ocorreu na tarde desta quarta-feira (12), no Centro de Porto Velho. De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima fazia uma pesquisa para o Ibope na Avenida Sete de Setembro, quando decidiu abordar o pedestre na Praça Marechal Rondon (Praça do Baú), na Avenida Sete de Setembro. Ao se aproximar do entrevistado para fazer as perguntas, o pesquisador foi surpreendido pelo homem, que estava armado com um revólver. Logo depois o suspeito pegou o tablet da pesquisa e o celular do trabalhador, fugindo a pé pela região central da capital. A PM foi chamada ao endereço, fez patrulhas, mas o suspeito não foi localizado. O pesquisador do Ibope relatou aos policiais que o assaltante vestia camiseta azul e bermuda amarela. O G1 entrou em contato com o Ibope para falar sobre o roubo contra o prestador de serviço e, até a publicação da reportagem, aguardava retorno da assessoria.
    Começa interrogatório de dona de empresa educacional investigada na Operação Apate em RO

    Começa interrogatório de dona de empresa educacional investigada na Operação Apate em RO


    Interrogatório teve início na manhã desta quarta-feira (12). Ciperon/Norte Educacional oferecia cursos de graduação e pós-graduação sem certificação. Interregatório de investigada na Operação Apate Fabiano do Carmo/G1 Teve início na...


    Interrogatório teve início na manhã desta quarta-feira (12). Ciperon/Norte Educacional oferecia cursos de graduação e pós-graduação sem certificação. Interregatório de investigada na Operação Apate Fabiano do Carmo/G1 Teve início na manhã desta quarta-feira (12) o interrogatório de Doralinda Alves da Silva, proprietária do Ciperon/Norte Educacional, entidade suspeita de fraude na emissão de diplomas de curso de graduação e pós-graduação em Guajará-Mirim (RO), município distante a pouco mais de 330 quilômetros de Porto Velho. Segundo investigações, a organização oferecia cursos de graduação e pós-graduação falsos e sem a autorização do Ministério da Educação (MEC). A Operação Apate foi deflagrada em novembro de 2017 pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Promotoria de Justiça de Guajará-Mirim. Cerca de 1,3 mil alunos estavam matriculados na instituição, que tinha várias unidades em diversas cidades de Rondônia, como Costa Marques, Guajará-Mirim, Porto Velho, Nova Mamoré, Cujubim, entre outras. A organização criminosa responderá pelas práticas de estelionato, falsidade ideológica, crimes contra as relações de consumo e possível prática de lavagem de dinheiro. A Rede Amazônica não conseguiu contato com a defesa da acusada até a publicação desta matéria.
    Suspeito é preso por esfaquear homem no pescoço após briga em bar de Ariquemes, RO

    Suspeito é preso por esfaquear homem no pescoço após briga em bar de Ariquemes, RO


    Crime aconteceu em julho deste ano e a vítima ficou paraplégica. Homem de 34 anos nega o crime. Caso foi registrado na Unisp de Ariquemes. Jeferson Carlos/G1 Um homem, de 34 anos, foi preso por supostamente ter esfaqueado uma pessoa, de 38 anos,...


    Crime aconteceu em julho deste ano e a vítima ficou paraplégica. Homem de 34 anos nega o crime. Caso foi registrado na Unisp de Ariquemes. Jeferson Carlos/G1 Um homem, de 34 anos, foi preso por supostamente ter esfaqueado uma pessoa, de 38 anos, em julho deste ano. O crime aconteceu em um bar do bairro Marechal Rondon, em Ariquemes, no Vale do Jamari. A vítima ficou paraplégica e o suspeito nega ser o responsável pelo caso. A prisão ocorreu na tarde da última terça-feira (11). Durante coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (12), o delegado responsável pelas investigações, Rodrigo Camargo, da Polícia Civil, informou sobre a prisão e deu detalhes do dia do crime. Segundo ele, o proprietário do bar contou que os dois começaram a discutir dentro do estabelecimento e seguiram para a rua. Em seguida, disse ter visto o suspeito correndo e a vítima caída. O delegado disse ainda que o crime foi por motivo fútil. O suspeito pediu ao dono do bar que lhe vendesse uma bebida em fiado, o que foi negado pelo comerciante. Depois, o homem se sentou em uma mesa do local onde estava a vítima do caso. Ela argumentou ao suspeito que o proprietário tinha razão em negar vender uma bebida sem pagar. Ainda de acordo com a apuração policial, o homem seguiu chateado até a casa de um conhecido, pediu uma faca, retornou ao bar e esfaqueou a vítima. Ela apresentava perfurações no pescoço e nas costas. "Ele ficou estressado e foi até a residência de um amigo pedir uma faca. O dono do imóvel não sabia a intenção do suspeito", explicou o delegado. O suspeito preso negou ter praticado o crime. Porém, mediante as provas apresentadas durante as investigações, a prisão preventiva dele foi decretada. Ele foi encaminhado ao presídio da cidade, onde permanece à disposição da Justiça. Veja mais notícias da região no G1 Ariquemes e Vale do Jamari.
    Mais de meio milhão de tartarugas serão soltas neste final de semana no Rio Guaporé, em RO

    Mais de meio milhão de tartarugas serão soltas neste final de semana no Rio Guaporé, em RO


    A expectativa em 2018 era soltar mais de 5 milhões de tartarugas. O número será menor que o esperado devido a cheia do rio. O trabalho deste ano ocorreu numa área de mais de12,500 mil metros quadrados. Zeca Lula/ Arquivo pessoal Mais de meio...


    A expectativa em 2018 era soltar mais de 5 milhões de tartarugas. O número será menor que o esperado devido a cheia do rio. O trabalho deste ano ocorreu numa área de mais de12,500 mil metros quadrados. Zeca Lula/ Arquivo pessoal Mais de meio milhão de tartarugas serão soltas no próximo domingo (16) no rio Guaporé em São Francisco do Guaporé (RO), município distante aproximadamente 630 quilômetros de Porto Velho. De acordo com a Associação Comunitária Quilombola e Ecológica do Vale do Guaporé (Ecovale), para este ano a expectativa era soltar mais de 5 milhões de tartarugas, mas devido a cheia do Rio Guaporé mais de 90% das tartarugas morreram. O trabalho é realizado no Rio Guaporé pela Ecovale há mais de 20 anos, o grupo cuida para que além dos predadores naturais, como jacaré-açu e piranhas, as tartarugas escapem da captura humana. “Eles [humanos] pegam muitas para vender mesmo. São 20, 30, 40”, afirma Zeca Lula, presidente da Ecovale. Mais de meio milhão de Tartarugas serão soltas no Rio Guaporé neste domingo As tartarugas enterram os ovos na areia e após aproximadamente 60 dias, dependendo do calor do sol, acontece a eclosão. Esse processo está diretamente ligado a condição climática da região. Depois desse período os filhotes emergem da areia e seguem diretamente para a água. O trabalho de 2018 ocorreu numa área de 12.500 mil metros quadrados. Tartarugas serão soltas durante este fim de semana Zeca Lula/ Arquivo pessoal De cada mil tartarugas que retornam para o rio apenas uma sobrevive. Segundo a Ecovale, para aumentar a chance de repovoamento algumas tartarugas serão levadas em bacias até o leito dos rios da região. Veja mais notícias no G1 Ji-Paraná e Região Central
    Vendedora de combustível contrabandeado denuncia cliente após receber dinheiro falso em RO

    Vendedora de combustível contrabandeado denuncia cliente após receber dinheiro falso em RO


    Jovem pagou combustível com cédula falsa de R$ 100. Polícia Militar conduziu as duas mulheres à Delegacia de Polícia Federal. Mulheres foram conduzidas à Delegacia da Polícia Federal em Guajará-Mirim Arquivo/ Júnior Freitas/G1 Uma mulher de...


    Jovem pagou combustível com cédula falsa de R$ 100. Polícia Militar conduziu as duas mulheres à Delegacia de Polícia Federal. Mulheres foram conduzidas à Delegacia da Polícia Federal em Guajará-Mirim Arquivo/ Júnior Freitas/G1 Uma mulher de 60 anos, de nacionalidade boliviana, vendia gasolina contrabandeada da Bolívia em Guajará-Mirim (RO) e acusou uma jovem, de 18 anos, de ter pago o combustível com uma cédula falsa de R$ 100. As duas mulheres foram conduzidas à Delegacia de Polícia Federal. De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher de 60 anos comercializava o combustível no bairro Triângulo e na última sexta-feira (7) vendeu 10 litros de gasolina à uma jovem, que pagou com uma cédula de R$ 100. A vendedora entrou em sua residência para trocar o dinheiro, ao retornar notou que a cliente havia saído do local. Percebendo o dinheiro falso, na tarde da última terça feira (11) o filho da vendedora foi à casa da jovem cobrar o débito. Foi então que a suspeita de usar dinheiro falso deslocou-se até a casa da mulher, como consequência as duas começaram a discutir e a Polícia Militar (PM) foi acionada. Em depoimento, a boliviana disse que vendeu combustível contrabandeado da Bolívia e recebeu o dinheiro falso da jovem. As mulheres foram conduzidas à Delegacia de Polícia Federal e estão à disposição da Justiça. Veja mais notícias no G1 Guajará-Mirim e Região

    Garimpeiro morre soterrado no garimpo Massangana em Monte Negro, RO


    Corpo foi retirado da terra por colegas. Vítima trabalhava como maraqueiro e foi atingida por um barranco de desmoronou. Um garimpeiro de 55 anos morreu depois de ser soterrado no Garimpo Massangana, na tarde de terça-feira (11), na zona rural de Monte...

    Corpo foi retirado da terra por colegas. Vítima trabalhava como maraqueiro e foi atingida por um barranco de desmoronou. Um garimpeiro de 55 anos morreu depois de ser soterrado no Garimpo Massangana, na tarde de terça-feira (11), na zona rural de Monte Negro (RO), Vale do Jamari. Segundo a Polícia Militar (PM), três pessoas trabalhavam no garimpo quando ouviram alguém gritar que a barragem estava desabando. Dois dos trabalhadores conseguiram se afastar, mas o garimpeiro de 55 anos acabou soterrado. Os trabalhadores começaram a escavar a terra e localizaram o homem já sem vida. Os trabalhadores então começaram a retirar a terra e localizaram o corpo da vítima. Depois, retiraram o corpo da terra e colocaram no barranco. Por causa da dificuldade de comunicação no garimpo, a polícia só foi informada horas depois do ocorrido. De acordo com a polícia, a vítima trabalhava como maraqueiro e recebia uma porcentagem sobre o mineiro extraído. O corpo foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) em Ariquemes.
    Prefeito eleito de Pimenta Bueno, RO, deve ser diplomado em janeiro

    Prefeito eleito de Pimenta Bueno, RO, deve ser diplomado em janeiro


    Para definirem o dia para a diplomação, é preciso que a prestação de contas da campanha do candidato sejam aprovadas pelo juiz eleitoral. Prazo para análise termina dia 21 de janeiro. Prefeitura de Pimenta Bueno. Magda Oliveira/G1 O prefeito...


    Para definirem o dia para a diplomação, é preciso que a prestação de contas da campanha do candidato sejam aprovadas pelo juiz eleitoral. Prazo para análise termina dia 21 de janeiro. Prefeitura de Pimenta Bueno. Magda Oliveira/G1 O prefeito escolhido durante a eleição suplementar realizada no último domingo (9) em Pimenta Bueno (RO), município a 520 quilômetros de Porto Velho, delegado Arismar Araújo (PSL), será diplomado pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO) no mês de janeiro de 2019. De acordo com a chefe de cartório da 9ª Zona Eleitoral de Pimenta Bueno, Ticiana Lippi, para definirem o dia para a diplomação, é preciso que a prestação de contas de campanha do candidato sejam aprovadas pelo juiz eleitoral. Lippi afirma que essa prestação de contas ainda não foi apresentada por Araújo e nem pelos partidos envolvidos na campanha. Segundo a resolução do TRE para as eleições suplementares de Pimenta, o candidato tem até sexta-feira (14) para fazer a prestação de contas em campanha. “Nesse documento tem que constar todas as movimentações de campanha, como gastos, doações, utilização de recursos próprios, entre outros. Essa prestação será analisada pelo juiz eleitoral e só depois de aprovada conseguiremos definir a data para a diplomação”, explicou. Após o recebimento da prestação de contas do candidato e partidos envolvidos na campanha, o juiz eleitoral tem até o dia 21 de janeiro de 2019 para analisar e fazer a diplomação do candidato. A posse ao novo prefeito é feita pela Câmara de Vereadores, mas para que a data da posse seja marcada, depende da diplomação. Eleições Suplementares O delegado Arismar Araújo foi eleito, no domingo (9), o novo prefeito de Pimenta Bueno, através de uma eleição suplementar. Por volta de 18h (local) o sistema eleitoral apontou a vitória de Araújo com 83,26% da votação válida, obtendo um total de 13.711 votos. A cidade tem 26 mil eleitores aptos a votarem. A eleição suplementar foi marcada pelo TRE após a ex-prefeita Juliana Roque (PSB) e o vice, Luiz Henrique Sanches Lima (PSB), serem cassados por supostamente terem contratado quatro ‘formiguinhas’ e não prestarem contas desse serviço, além disso teriam recebido uma doação ilegal no valor de R$ 6 mil. Veja mais notícias da região no G1 Cacoal e Zona da Mata.