G1 > Rio Grande do Sul

    VÍDEOS: Jornal do Almoço deste sábado, 19 de janeiro

    VÍDEOS: Jornal do Almoço deste sábado, 19 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul.
    Chuva forte causa estragos na Região Sul do RS

    Chuva forte causa estragos na Região Sul do RS


    Pelotas e Rio Grande registraram transtornos com os temporais que atingiram os municípios na noite de sexta (18). Chuva forte que começou há 12 dias no estado traz prejuízos há 24 municípios. Temporal e ventania causam estragos em Pelotas Um...


    Pelotas e Rio Grande registraram transtornos com os temporais que atingiram os municípios na noite de sexta (18). Chuva forte que começou há 12 dias no estado traz prejuízos há 24 municípios. Temporal e ventania causam estragos em Pelotas Um temporal causou estragos em Pelotas, na Região Sul do estado, na noite de sexta-feira (18). Houve quedas de árvores em alguns pontos da cidade, sendo que uma delas atingiu uma casa localizada na Praia do Laranjal. No balneário, o vento derrubou também os banheiros químicos da orla e a chuva deixou muitas ruas alagadas. A Defesa Civil entregou lonas para uma família que não precisou deixar a casa. Não há desabrigados, desalojados e nem feridos na cidade. De acordo com o setor de navegação aérea do Aeroporto Internacional Simões Lopes Neto, as rajadas de vento chegaram a cerca de 70 km/h por volta das 23h. Árvore atingiu comércio na Praia do Laranjal, em Pelotas Defesa Civil/divulgação As fortes rajadas de vento também foram registradas na noite de sexta em Rio Grande. O temporal derrubou várias árvores e postes de energia elétrica. Funcionários da CEEE e da prefeitura trabalham neste sábado. Não houve registro de feridos. Os maiores estragos foram no Cassino, onde oito guaritas na beira da praia foram derrubadas. O vento também derrubou toda a estrutura da Festa do Peixe. As lonas do evento na Avenida Rio Grande foram ao chão. A feira havia sido fechada às 20h de sexta pela organização, por causa da previsão de temporal, que acabou acontecendo as 22h. Por isso, ninguém se feriu. A festa agora está cancelada. A Defesa Civil segue mobilizada para atender chamados de moradores. 24 municípios afetados As pancadas fortes de chuva, que começaram há 12 dias no Rio Grande do Sul, afetam mais de 7,3 mil pessoas, principalmente na Fronteira Oeste. Os prejuízos atingem 24 municípios, sendo que 16 decretaram situação de emergência, conforme boletim da Defesa Civil.
    Menino de 10 anos morre após ser esfaqueado dentro de casa em Santiago

    Menino de 10 anos morre após ser esfaqueado dentro de casa em Santiago


    João Vitor Mendonça Severo levou diversas facadas que atingiram os pulmões. Suspeito do crime é um adolescente de 17 anos. Ele foi encaminhado pelo MP para o Centro de Atendimento Socioeducativo. Menino de 10 anos foi esfaqueado e morreu. Suspeito...


    João Vitor Mendonça Severo levou diversas facadas que atingiram os pulmões. Suspeito do crime é um adolescente de 17 anos. Ele foi encaminhado pelo MP para o Centro de Atendimento Socioeducativo. Menino de 10 anos foi esfaqueado e morreu. Suspeito do crime é adolescente de 17 anos. Polícia Civil/divulgação Um menino de 10 anos morreu na manhã deste sábado (19) após ser esfaqueado dentro de casa em Santiago, na Região Central do Rio Grande do Sul. João Vitor Mendonça Severo levou diversas facadas que atingiram os pulmões. O suspeito do crime, segundo a polícia, é um adolescente de 17 anos. Conforme as autoridades, na madrugada de sexta-feira (18), o adolescente teria invadido a casa de João Vitor, imobilizado a vítima e realizado as agressões. O menino foi internado no Hospital São Vicente de Paula, em Passo Fundo, em estado grave, mas não resistiu. Na noite do crime, também estava na residência um compadre da família, que cuidava de João Vitor enquanto a mãe dele trabalhava. O homem foi acordado pelos pedidos de socorro da criança. Ao chegar no quarto, ele percebeu que o menino estava ferido, e saiu para a rua para pedir ajuda. Neste momento, conforme ele relatou para a polícia, viu que um adolescente estava fugindo da casa. "Foi uma espécie de vingança. A vítima era totalmente inocente. O que acontece é que esse infrator já havia furtado a mesma casa, e a mãe do menino havia dito para o infrator que sabia o que ele estava fazendo e que ia denunciá-lo", afirma o delegado Guilherme Milan Antunes. O delegado também acredita que, na noite anterior ao crime, o suspeito já tivesse entrado na mesma casa – por uma janela aberta – e quebrado as patas de um cachorro da família. "Nesse dia, nada foi furtado de dentro da residência. Até o ponto que chegamos das investigações, ele só entrou lá para fazer a retaliação mesmo", acrescenta Antunes. Em depoimento à polícia, o adolescente suspeito negou que tenha agredido a criança. No entanto, de acordo com o delegado, ele estava visivelmente sob efeitos de drogas e caiu várias vezes em contradição. O adolescente tem um longo histórico de violência doméstica e furtos na cidade. Ele foi encaminhado pelo Ministério Público para o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Santo Ângelo.
    Mais dois foragidos do presídio de Passo Fundo são recapturados

    Mais dois foragidos do presídio de Passo Fundo são recapturados


    Eles estavam em dois carros e tentaram escapar de uma barreira da Polícia Rodoviária Federal em Erval Seco. Na última semana, dois detentos foram encontrados. Faltam 13 fugitivos. Mais dois detentos que estavam foragidos do Presídio de Passo...


    Eles estavam em dois carros e tentaram escapar de uma barreira da Polícia Rodoviária Federal em Erval Seco. Na última semana, dois detentos foram encontrados. Faltam 13 fugitivos. Mais dois detentos que estavam foragidos do Presídio de Passo Fundo foram encontrados PRF/divulgação Mais dois detentos que haviam fugido na semana passada do Presídio Regional de Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul, durante uma fuga em massa, foram presos na manhã deste sábado (19). Eles estavam em dois carros e tentaram escapar de uma barreira da Polícia Rodoviária Federal em Erval Seco. Os presos recapturados são João Vítor Lenhardt Miri e Gabriel dos Santos Della Mea. Durante a perseguição, houve troca de tiros com a polícia. As equipes seguem as buscas, pois acreditam que mais cinco foragidos estão na região e se esconderam na mata. Foram recuperados também três carros roubados pelo grupo e um revólver calibre 38. A fuga de 17 presos ocorreu no sábado (12) da semana passada, após uma caminhonete derrubar o portão e invadir o pátio, durante a madrugada. Com as prisões deste sábado, quatro detentos que escaparam já foram localizados. Clederson dos Santos Ramos foi achado na terça-feira (15) e Gilson da Silva Anes na sexta-feira (18). 17 presos fugiram do Presídio Regional de Passo Fundo Câmera de Seguranca Direção afastada Na quinta-feira (17), o diretor, o sub-diretor e o chefe de segurança do presídio foram afastados pela Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), após gravações levantarem suspeitas de corrupção envolvendo agentes penitenciários. Uma sindicância apura se o fato tem relação com o conteúdo dos áudios obtidos pela RBS TV, apontando para uma suposta tabela de preços para venda de privilégios na cadeia. Para ocupar uma vaga no alojamento "A", considerado o mais confortável da casa, o detento precisaria pagar. Uma equipe de intervenção foi designada para ficar na administração do presídio, por tempo indeterminado.
    Passageiro é baleado dentro de táxi em Porto Alegre

    Passageiro é baleado dentro de táxi em Porto Alegre


    Segundo a polícia, táxi foi acertado por engano no meio de um tiroteio. Passageiro ferido estava voltando do trabalho. Três homens foram presos em flagrante e um adolescente apreendido. Passageiro foi baleado dentro de táxi em Porto...


    Segundo a polícia, táxi foi acertado por engano no meio de um tiroteio. Passageiro ferido estava voltando do trabalho. Três homens foram presos em flagrante e um adolescente apreendido. Passageiro foi baleado dentro de táxi em Porto Alegre Estêvão Pires/ RBS TV Em meio a um tiroteio, um passageiro de um táxi ficou ferido no início da madrugada deste sábado (19) na Zona Sul de Porto Alegre. O ataque ocorreu por volta de meia-noite e meia no bairro Serraria. Segundo a Polícia Civil, um grupo criminoso estava invadindo o local e disparando, justamente na hora em que o táxi passava pela região. O passageiro, de 25 anos, foi encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro. O taxista não se machucou. O jovem atingido trabalha em uma pizzaria e tinha pego o táxi para voltar para casa. Ele passa bem e já recebeu alta, segundo a polícia. "Ele tinha saído do trabalho, não tinha nada a vê com a história. Estavam na hora errada, no lugar errado", explica a delegada Roberta Bertoldo. Cerca de meia hora depois do ataque, a Brigada Militar apreendeu um adolescente e prendeu três homens suspeitos do crime. Eles foram flagrados com quatro pistolas em um carro clonado em uma abordagem no bairro Belém Novo. Segundo a delegada, eles foram autuados por tentativa de homicídio, quadrilha, porte ilegal de arma de fogo e recepção. O caso foi registrado no plantão da Delegacia de Homicídios e vai ser investigado. BM apreendeu armas e munição com os suspeitos Brigada Militar/divulgação
    Defesa Civil acolhe marroquino perdido em Morro Redondo

    Defesa Civil acolhe marroquino perdido em Morro Redondo


    Homem, que tem cerca de 40 anos, informa que veio tentar a vida no Brasil, mas teve os documentos extraviados. Órgão faz contato com embaixada marroquina, em Brasília, para receber orientações. Marroquino, identificado apenas como Taufic, diz...


    Homem, que tem cerca de 40 anos, informa que veio tentar a vida no Brasil, mas teve os documentos extraviados. Órgão faz contato com embaixada marroquina, em Brasília, para receber orientações. Marroquino, identificado apenas como Taufic, diz ter ido a pé de Pelotas até Morro Redondo Camila Faraco/RBS TV Um marroquino de cerca de 40 anos encontrado em Morro Redondo, na Região Sul do estado, alega estar perdido e sem os documentos. A Defesa Civil do município deu abrigo ao homem, identificado apenas pelo primeiro nome, Taufic, em uma casa de acolhimento para dependentes químicos. Ele chegou à cidade na terça-feira (15). O homem afirma ser chef de cozinha, com passagens pela Itália e França. "Ele veio tentar emprego no Brasil, mas se frustrou e agora quer voltar para o país de origem”, diz o coordenador municipal da Defesa Civil, Rodrigo Islabão. Ele desembarcou no Brasil em São Paulo, há dois meses. Viajou ao Rio Grande do Sul de ônibus. Chegou via Porto Alegre, foi até o Chuí, e depois, a Pelotas. "Ele chegou aqui dizendo que tinha vindo a pé de Pelotas. São 38 km. Ele tá só com a roupa do corpo, sem passaporte, assustado. Só o que fala é em ir até Brasília pedir ajuda pra embaixada", diz Ester Sias, coordenadora do Centro de Referência na Assistência Social (Cras) de Morro Redondo. A Defesa Civil faz contato com a embaixada marroquina do Brasil, que fica em Brasília. Segundo eles, ainda não foi informado como proceder para mandar o homem de volta para Marrocos.
    Pagamento de ajuda de custo a deputados provoca discussões na Assembleia Legislativa do RS

    Pagamento de ajuda de custo a deputados provoca discussões na Assembleia Legislativa do RS


    Benefício de R$ 25 mil é pago aos deputados que estão começando ou terminando o mandato. Caso ele tenha sido reeleito, o pagamento é em dobro. Quatro parlamentares abriram mão do valor. Benefícios fornecidos a parlamentares são motivos de...


    Benefício de R$ 25 mil é pago aos deputados que estão começando ou terminando o mandato. Caso ele tenha sido reeleito, o pagamento é em dobro. Quatro parlamentares abriram mão do valor. Benefícios fornecidos a parlamentares são motivos de polêmica entre os eleitos O pagamento de ajuda de custo aos deputados estaduais provoca discussões na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. O benefício é concedido para cada parlamentar no início ou fim de mandatos, no valor de um salário, ou seja, R$ 25.322,25. No caso de reeleição, a ajuda é dobrada, e o político embolsa R$ 50.644,50. O pagamento está previsto na Lei Estadual 11.894/2003 e na Resolução 3.104/2013, que definem os valores recebidos. Dos 55 deputados, quatro não vão utilizar o benefício. Reeleito pelo PSB, Elton Weber afirmou que vai doar o dinheiro para uma entidade assistencial. Já Ruy Irrigaray, do PSL, Giuseppe Riesgo e Fabio Ostermann, ambos do Novo, abriraram mão da verba. "Eu considero injusto e considero inadequado frente aos desafios que nossa sociedade enfrenta hoje. Não é o simples fato de ser legal, de ser permitido, que torna moral. Acho que se a gente quer fazer nova política, temos de trazer novas práticas e novos conceitos de respeito ao dinheiro público", diz Ostermann. O advogado e professor da UFRGS Rafael Maffini, especialista em direito administrativo e público, entende que o pagamento do beneficio para quem emenda um novo mandato deve ser revisto. "Parece bastante questionável esse direito", diz. "O deputado reeleito ou mesmo o deputado cujo domicílio é em Porto Alegre não vai ter alteração de sede. Me parece despropositado que ele faça jus ao valor correspondente a uma ajuda de custo", diz. O presidente da Assembleia, Marlon Santos (PDT), defendeu o pagamento do subsídio. "É justo, é legal, não existe nada de ilegal numa situação em que o deputado que trabalha simplesmente pode e deve receber o recurso", diz Marlon Santos. Ele disse ainda que, no ano passado, a Assembleia economizou R$ 100 milhões. E criticou os parlamentares que vão devolver o dinheiro. "Sem dúvida, esse tipo de atitude é demagoga. A Assembleia é comedida. Aqui se faz exatamente aquilo que o parlamentar precisa para que ele faça um bom mandato. E aquele que não quer fazer um bom mandato não vai ser por causa do subsídio. E pode ter certeza que uma boa marca de não ser um bom deputado é ser demagogo", diz. Ajuda de custo é mais um entre os benefícios recebidos pelos deputados Reprodução/RBS TV Outros benefícios Além da ajuda de custo, os deputados têm outros benefícios. Cada gabinete pode ter até 17 funcionários. O parlamentar ainda ganha dinheiro para pagar as despesas com materiais de expediente, telefone, passagens aéreas, combustível e indenização por uso de veículo particular em serviço. Além de receberem pouco mais de R$ 500 toda vez que viaja e dorme fora de Porto Alegre. O presidente da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco, que monitora os gastos públicos, aponta que o cenário só vai mudar com pressão da sociedade. "Eles não costumam legislar contra a causa própria. Têm interesse na manutenção desses benefícios. Só irão contra com a pressão da sociedade e a partir do momento que eles tenham a certeza de que a manutenção desses benefícios vai prejudicá-los na próxima eleição", diz.
    VÍDEOS: RBS Notícias desta sexta-feira, 18 de janeiro

    VÍDEOS: RBS Notícias desta sexta-feira, 18 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul.
    Aumenta número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul

    Aumenta número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul


    Em uma semana, total de pontos que não são recomendados para banhos subiu de 16 para 25. Seis deles são em Pelotas, e não há nenhum no Litoral. Balneário Passo do Verde, no rio Vacacaí em Santa Maria, é um dos locais impróprios para banho...


    Em uma semana, total de pontos que não são recomendados para banhos subiu de 16 para 25. Seis deles são em Pelotas, e não há nenhum no Litoral. Balneário Passo do Verde, no rio Vacacaí em Santa Maria, é um dos locais impróprios para banho Sema O número de pontos impróprios para banho no Rio Grande do Sul subiu de 16 para 24 nesta semana, segundo boletim de balneabilidade da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), divulgado nesta sexta-feira (18). Nenhum dos locais está no Litoral. Confira a lista abaixo: Praia do Laranjal, Pelotas Santo Antônio - Rua Bagé Santo Antônio - Avenida Rio Grande do Sul Balneário dos Prazeres Colônia Z-3 Valverde - Pontal da Barra Valverde - Aki Pizza Alegrete Rio Ibirapuitã, balneário Caverá Barra do Ribeiro Praia Recando das Mulatas, Lago Guaíba Manoel Viana Balneário Rainha do Sol, rio Ibicuí Santa Maria Balneário Passo do Verde, rio Vacacaí São Francisco de Assis Balneário da Jacaquá, no rio Ibicuí Tapes Balneário Rebelo, na Lagoa dos Patos São Vicente do Sul Balneário Passo do Umbú, no rio Ibicuí São Lourenço do Sul Praia da Barrinha na Lagoa dos Patos Candelária Praia Carlos Larger, no rio Pardo Jaguari Balneário Fernando Schilling, no rio Jaguari Pedro Osório Balneário Pedro Osório, no rio Piratini Conforme a Fepam, em função das enchentes de alguns rios no estado durante a semana, não foi possível coletar amostras de água em sete pontos que costumam ser monitorados. Por isso, acabaram incluídos na lista de locais impróprios, por precaução. São eles: Dois pontos do rio Santa Maria: na praia das Areias Brancas, em Rosário do Sul e no Balneário São Simão, em Cacequi Dois pontos do rio Ibicuí: no Passo do Silvestre, em Itaqui e na praia Passo Real em Dom Pedrito Dois pontos do rio Jacuí: na Praia Nova em Cachoeira do Sul e no Balneário Santa Vitória em Rio Pardo Balneários das Tunas, no rio Vacacaí, em Restinga Seca São monitorados 94 pontos normalmente usados para banho pelos moradores, em 44 municípios, de acordo com a Fepam.
    MPF pede intervenção na reserva com maior concentração de indígenas do RS à Presidência

    MPF pede intervenção na reserva com maior concentração de indígenas do RS à Presidência


    Motivo alegado é o risco de possível conflito entre grupos rivais, após eleição para cacique causar desentendimento. Área de 23 mil hectares fica entre Tenente Portela, Erval Seco, Redentora e Miraguaí, e abriga 7 mil nativos. Reserva do...


    Motivo alegado é o risco de possível conflito entre grupos rivais, após eleição para cacique causar desentendimento. Área de 23 mil hectares fica entre Tenente Portela, Erval Seco, Redentora e Miraguaí, e abriga 7 mil nativos. Reserva do Guarita, no Noroeste do Rio Grande do Sul, tem a maior concentração de indígenas do estado Observador Regional/divulgação O Ministério Público Federal (MPF) encaminhou à Presidência da República um pedido de intervenção na reserva do Guarita, no Noroeste do Rio Grande do Sul, onde há a maior concentração de indígenas do estado. O motivo alegado é o risco de possível conflito entre grupos rivais. A área de 23 mil hectares fica entre as cidades de Tenente Portela, Erval Seco, Redentora e Miraguaí, e abriga 7 mil nativos. A desavença surgiu depois da eleição para cacique, realizada no ano passado. Em 2017, o cacique anterior havia sido preso, suspeito de envolvimento no assalto a duas agências bancárias de Miraguaí. Segundo o MPF, há registros de ameaças com tiros na reserva. "O grupo que perdeu a eleição se encontra chateado com o desdobramento e quer, através da força, eleger um novo cacique. Em razão disso, a gente vem observando uma série de fatos violentos que têm que ser coibidos", explicou o procurador da República Guilherme Van Hombeeck. Uma reunião foi realizada na tarde desta sexta-feira (18) na sede da Polícia Federal em Santo Ângelo, na mesma região, para tentar atenuar o desentendimento. Participaram representantes dos nativos, que são da tribo caingangue, da PF, do MPF, da Funai e da Polícia Civil. Reunião em Santo Ângelo teve como objetivo atenuar o impasse entre os indígenas Gabriel Garcia/RBS TV Hombeeck explica que o pedido de intervenção é previsto no Estatuto do Índio, como último recurso possível para solucionar um impasse. "O MPF reputou que, diante dessas circunstâncias graves, desse grave abalo à paz pública, era cabível um pedido formulado ao presidente da República", disse. O documento, de quarta-feira (6), enfatiza a preocupação de prefeituras da região, órgãos de segurança pública e da comunidade sobre a segurança na área. "Esse conflito acaba gerando o fechamento do comércio, faz com que as escolas e o serviço de saúde não funcionem de maneira adequada", declarou o procurador.
    UFRGS publica listão de aprovados no vestibular 2019

    UFRGS publica listão de aprovados no vestibular 2019


    Mais de 28 mil inscritos concorreram a 4.017 vagas em 90 cursos de graduação. Mais disputado é medicina, com 76,4 candidatos por vaga. Aprovados devem realizar primeira fase da matrícula entre 21 e 27 de janeiro. Candidatos do vestibular 2019 já...


    Mais de 28 mil inscritos concorreram a 4.017 vagas em 90 cursos de graduação. Mais disputado é medicina, com 76,4 candidatos por vaga. Aprovados devem realizar primeira fase da matrícula entre 21 e 27 de janeiro. Candidatos do vestibular 2019 já podem consultar a lista de aprovados UFRGS/Divulgação Os candidatos a uma vaga nos cursos de graduação da UFRGS já podem consultar se foram aprovados no vestibular 2019 da universidade. O listão foi publicado na tarde desta sexta-feira (18), no site do vestibular. Aprovados tanto para o 1º quanto para o 2º semestre devem realizar a primeira fase da matrícula entre os dias 21 e 27 de janeiro. Foram 28.503 inscritos na disputa pelas 4.017 vagas oferecidas em 90 cursos. O mais procurado é medicina, com 76,4 candidatos por vaga, contra 83,81 na última edição. No ranking dos cursos que mais despertaram interesse, aparece o de psicologia em segundo lugar, seguido por fisioterapia e medicina veterinária. A abstenção foi de 18,93%, de acordo com a UFRGS. Os gabaritos dos quatro dias de prova já estão disponíveis no site da instituição. Os candidatos classificados devem enviar à universidade os documentos exigidos para ocupação da vaga, conforme as orientações do Manual do Candidato.
    Adolescente suspeito de matar fotógrafo em Cachoeirinha é detido pela polícia

    Adolescente suspeito de matar fotógrafo em Cachoeirinha é detido pela polícia


    Polícia diz que o motivo foi cobrança de dívidas. Suspeito aguarda na delegacia decisão do MP sobre pedido de internação. Suspeito invadiu a produtora, no Centro de Cachoeirinha, perguntou pela vítima e abriu fogo Divulgação/Polícia Civil...


    Polícia diz que o motivo foi cobrança de dívidas. Suspeito aguarda na delegacia decisão do MP sobre pedido de internação. Suspeito invadiu a produtora, no Centro de Cachoeirinha, perguntou pela vítima e abriu fogo Divulgação/Polícia Civil Um adolescente, de 17 anos, foi detido pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (18), suspeito de matar um fotógrafo com um tiro na cabeça em Cachoeirinha, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Ele foi encaminhado à delegacia para aguardar decisão do Ministério Público sobre sua internação provisória, solicitada pela polícia, já que ele é menor de idade. O crime aconteceu na última terça-feira (15). A vítima foi identificada como Carlos Douglas Rodrigues da Cunha, de 31 anos. Ele foi morto em uma produtora de eventos, da qual era um dos proprietários, conforme a polícia. Segundo a polícia, o suspeito, localizado em Gravataí, é morador da Cachoeirinha e acumula registros policiais pela prática dos crimes de roubo e tráfico de drogas. Ele foi reconhecido por testemunhas e confessou a prática do crime. Conforme o delegado responsável pelo caso, Maurício Barison, as hipóteses de latrocínio e homicídio passional foram descartadas. "Foi homicídio. O motivo foi cobrança de dívidas", afirma. De acordo com o delegado, o adolescente agiu sozinho e foi ao local para ameaçar e obrigar a vítima a pagar suas dívidas. "No local, o infrator ordenou que a vítima se ajoelhasse e teria perguntado 'onde está o meu dinheiro?'", relata Barison. Depois, segundo a polícia, o suspeito teria fugido a pé pelas ruas da cidade e jogado a arma de fogo utilizada no crime no gramado de uma calçada em frente a uma casa. A arma ainda não foi encontrada.
    Preso segundo detento que fugiu de presídio de Passo Fundo

    Preso segundo detento que fugiu de presídio de Passo Fundo


    Gilson da Silva Anes estava na casa de familiares quando foi localizado e preso pela Polícia Civil. Na última terça-feira (15), outro detento já havia sido recapturado. Faltam 15 fugitivos. Segundo foragido do presídio de Passo Fundo foi...


    Gilson da Silva Anes estava na casa de familiares quando foi localizado e preso pela Polícia Civil. Na última terça-feira (15), outro detento já havia sido recapturado. Faltam 15 fugitivos. Segundo foragido do presídio de Passo Fundo foi encontrado na casa de familiares, nesta sexta-feira (18) Divulgação/Polícia Civil Segundo fugitivo do Presídio Regional de Passo Fundo, no Norte do estado, foi preso pela Polícia Civil nesta sexta-feira (18). Gilson da Silva Anes, de 22 anos, estava na casa de familiares, no bairro Victor Issler, em Passo Fundo. Ele cumpria pena por roubo. No sábado (12), 17 detentos fugiram do presídio, após uma caminhonete derrubar o portão e invadir o pátio, durante a madrugada. Na terça-feira (15), Clederson dos Santos Ramos, outro detento, já havia sido capturado. Restam 15 detentos foragidos. 17 presos fugiram do Presídio Regional de Passo Fundo Câmera de Seguranca Direção afastada Na quinta-feira (17), o diretor, o sub-diretor e o chefe de segurança do presídio foram afastados pela Superintendência de Serviços Penitenciários (Susepe), após gravações levantarem suspeitas de corrupção envolvendo agentes penitenciários. Uma sindicância apura se o fato tem relação com o conteúdo dos áudios obtidos pela RBS TV, apontando para uma suposta tabela de preços para venda de privilégios na cadeia. Para ocupar uma vaga no alojamento "A", considerado o mais confortável da casa, o detento precisaria pagar. Uma equipe de intervenção foi designada para ficar na administração do presídio, por tempo indeterminado.
    Após ser preso em flagrante por violência doméstica, lutador é encontrado morto em presídio de Porto Alegre

    Após ser preso em flagrante por violência doméstica, lutador é encontrado morto em presídio de Porto Alegre


    Leandro Frois Lopes, de 32 anos, havia sido preso em flagrante na noite de quarta (16), após uma briga com a esposa. Ele foi encaminhado para a Cadeia Pública, onde foi encontrado morto. Leandro Frois foi encontrado morto na Cadeia Pública de Porto...


    Leandro Frois Lopes, de 32 anos, havia sido preso em flagrante na noite de quarta (16), após uma briga com a esposa. Ele foi encaminhado para a Cadeia Pública, onde foi encontrado morto. Leandro Frois foi encontrado morto na Cadeia Pública de Porto Alegre após ser preso em flagrante por violência doméstica Reprodução/Facebook Um homem foi encontrado morto na Cadeia Pública de Porto Alegre na madrugada de quinta-feira (17). Segundo a Polícia Civil, o lutador de Artes Marciais Mistas (MMA) Leandro Frois Lopes, de 32 anos, havia sido preso em flagrante na noite de quarta (16) após uma briga com a esposa. Ele era suspeito de ter agredido a companheira. Conforme o boletim de ocorrência, a mulher relatou que havia sido agredida com tapas e esganadura, e que tinha marcas no pescoço. Ela informou aos policiais que queria representar criminalmente pela prisão do homem e fazer o pedido de Medida Protetiva de Urgência (MPU). Os envolvidos foram encaminhados pela Brigada Militar para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde o flagrante foi registrado e uma fiança de R$ 5 mil foi estipulada para Leandro ser solto. Ainda na delegacia, a polícia solicitou que o defensor público que estava de plantão no Palácio da Polícia atuasse na defesa de Leandro, por ele estar sem advogado. Ao G1, a Defensoria Pública informou que o defensor que atenteu o suspeito o questionou sobre o pagamento da fiança, e ele respondeu que não tinha o valor. Assim, o defensor fez um pedido de liberdade, que foi enviado ao Poder Judiciário. Como o valor não foi pago, Leandro foi encaminhado para o sistema prisional durante a madrugada, onde aguardaria a decisão do juiz plantonista. Segundo a polícia, horas depois, a Brigada Militar comunicou que Leandro havia se matado no presídio. O delegado Rodrigo Reis vai investigar o caso. "Vamos ouvir testemunhas e com laudo de necropsia saberemos [se ele se matou]". Uma advogada que conhece a família, e que prefere não ser identificada, contou ao G1 que um policial militar falou para a mãe de Leandro não pagar a fiança e ficar com defensor público em vez de contratar um advogado. Segundo ela, o policial havia dito que Leandro não ficaria preso por muito tempo. Ao G1, o 11° Batalhão da Polícia Militar (BPM) informou que dois agentes, um homem e uma mulher, atenderam a ocorrência e que em nenhum momento eles sugeriram que não era para pagar fiança. A BM acrescentou que os familiares de Leandro perguntaram quanto tempo ele ficaria preso e que o próprio Leandro disse que, por ser réu primário, não ficaria preso muito tempo. A mãe de Leandro publicou no Facebook que o enterro do filho ocorre na tarde desta sexta no Cemitério Parque Jardim da Paz. O G1 não conseguiu contato com familiares.
    VÍDEOS: Jornal do Almoço desta sexta-feira, 18 de janeiro

    VÍDEOS: Jornal do Almoço desta sexta-feira, 18 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Rio Grande do Sul.
    Equipe de intervenção fica no Presídio Regional de Passo Fundo por tempo indeterminado

    Equipe de intervenção fica no Presídio Regional de Passo Fundo por tempo indeterminado


    Conforme a Susepe, primeira missão é analisar rotina do local e enviar relatório até segunda-feira (21) para avaliar que medidas serão tomadas. Direção foi afastada por suspeitas de corrupção. Susepe afasta direção do Presídio Regional de...


    Conforme a Susepe, primeira missão é analisar rotina do local e enviar relatório até segunda-feira (21) para avaliar que medidas serão tomadas. Direção foi afastada por suspeitas de corrupção. Susepe afasta direção do Presídio Regional de Passo Fundo após suspeitas de corrupção A equipe de intervenção enviada ao presídio regional de Passo Fundo, na Região Norte do Rio Grande do Sul, não tem prazo para encerrar os trabalhos. A Superintendência de Serviços Penitenciários informou, nesta sexta-feira (18), que a permanência é por tempo indeterminado. A direção da casa prisional foi afastada por suspeitas de corrupção. A primeira missão da equipe é analisar a rotina do local e enviar um relatório até segunda-feira (21) para que a Susepe possa avaliar que medidas serão tomadas em relação à segurança do presídio. Segundo o superintendente Mário Santa Maria Júnior, os 12 novos agentes, que foram deslocados de Porto Alegre, poderão atuar em outros casos semelhantes, caso ocorram, já que serão preparados para isso. Diretor, sub-diretor e chefe da segurança do presídio foram transferidos para outras casas prisionais, sem assumir cargos de chefia. Essa condição permanece pelo menos até que as investigações sejam encerradas, o que pode levar até 30 dias. Se foram confirmados casos de corrupção e facilitação na fuga de 17 detentos, ocorrida no dia 12 de janeiro, eles serão cortados definitivamente do quadro da Susepe. Dos 17 fugitivos, um foi recapturado no dia 15, e outro foi recapturado nesta sexta-feira (18). 17 presos fugiram do Presídio Regional de Passo Fundo Câmera de Seguranca Gravações feitas no presídio, às quais o RBS Notícias teve acesso, levantaram suspeitas de corrupção envolvendo agentes penitenciários. Nos áudios, gravados por um dos agentes, que entregou o material à Susepe ainda no fim de 2018, presos descrevem supostos esquemas dentro da cadeia. Tem até tabela de preços. Para ocupar uma vaga no alojamento "A", considerado o mais confortável da cadeia, o detento precisa pagar. Uma sindicância apura se a fuga tem relação com o conteúdo dos áudios. "Nós estamos vendo se na fuga existe vínculo com a suspeita de corrupção lá dentro. Podem ser fatos distintos, ou não. Isso a corregedoria está apurando", diz o superintendente da Susepe. Segundo ele, o Instituto-Geral de Perícias está ajudando na identificação. Trechos dos áudios "Uma vaga, para chegar até o alojamento lá, custava em torno de R$ 2 mil, R$ 5 mil", diz um dos presos, sem saber que estava sendo gravado. Conforme o relato, a propina para deixar a triagem, que é o setor mais precário do presídio, chega a R$ 10 mil. "Os caras ganham R$ 5 mil, R$ 10 mil, para trazer o cara, tirar da triagem e largar no alojamento lá", diz o homem na gravação. Outro trecho inédito dos áudios aponta até para uma "caixinha" que os apenados recolheriam para entregar aos agentes, em troca dos privilégios. "Tem beco dele ali que é R$ 8 mil. E fora todo mês, né, temos que depositar na caixinha", afirma o presidiário. As gravações indicam ainda que a entrada de drogas é livre e que os presos estariam pagando a agentes até para deixar de responder a processos administrativos por irregularidades que cometem.
    A duas semanas do Planeta Atlântida 2019 restam poucos ingressos para camarote e arena

    A duas semanas do Planeta Atlântida 2019 restam poucos ingressos para camarote e arena


    Nesta edição, pulseiras inteligentes facilitam o acesso ao festival e permitem o pagamento de compras. O evento ocorre entre 1º e 2 de fevereiro, na Saba, em Xangri-Lá. Planeta Atlântida prevê sold out de ingressos. Agência Preview Faltam...


    Nesta edição, pulseiras inteligentes facilitam o acesso ao festival e permitem o pagamento de compras. O evento ocorre entre 1º e 2 de fevereiro, na Saba, em Xangri-Lá. Planeta Atlântida prevê sold out de ingressos. Agência Preview Faltam apenas 14 dias para o Planeta Atlântida agitar o Litoral Norte gaúcho, na Saba, em Xangri-Lá. Quem ainda não garantiu a entrada é melhor se apressar, pois o festival – que ocorre entre 1º e 2 de fevereiro – está com os últimos ingressos à venda nas categorias arena e camarote. De acordo com a organização do evento, em caso de sold out, não haverá vendas extras. Nesta 24ª edição, o público pode optar pelo ingresso solidário. A categoria oferece 35% de desconto para ingressos de arena e 40% de desconto em ingressos de camarote por dia. A venda nessa modalidade é destinada a qualquer pessoa e parte do valor arrecadado será destinada a projetos sociais gaúchos: 'Ouvir a vida' e 'Educando com arte'. Quem optar pela entrada inteira deve acessar o site oficial do festival para consultar a disponibilidade de ingressos, que já estão no terceiro lote para arena e no quinto lote para camarote. Quanto ao espaço Premium, todas as entradas foram esgotadas. As compras de ingressos para o Planeta Atlântida podem ser parceladas em até seis vezes sem juros. Ingressos à venda Arena (3º Lote) Ingresso Solidário (passaporte): R$ 325,00 Ingresso Solidário (individual): R$ 221,00 Clube do Assinante (passaporte): R$ 325,00 Clube do Assinante (individual): R$ 221,00 Inteira (passaporte): R$ 500,00 Inteira (individual): R$ 340,00 Camarote (5º Lote) Ingresso Solidário (passaporte): R$ 660,00 Ingresso Solidário (individual): R$ 432,00 Clube do Assinante (passaporte): R$ 660,00 Clube do Assinante (individual): R$ 432,00 Inteira (passaporte): R$ 1.200,00 Inteira (individual): R$ 720,00 Pulseira inteligente garante acesso e compras no Planeta 2019 Divulgação Pulseira inteligente Os planetários que compraram as entradas pelo site do evento já poderão retirar as pulseiras de identificação por radiofrequência – uma das novidades desta edição – em qualquer Loja Renner credenciada. Após cadastrados e ativados, os braceletes dão acesso ao Parque Planeta nos dias 1º e 2 de fevereiro, e serão o meio de pagamento das compras realizadas durante o evento. A tecnologia, conhecida como cashless, permite carregar créditos previamente, dispensando o uso de dinheiro e cartões de crédito ou débito na praça de alimentação. Por isso, é recomendado retirar a pulseira o quanto antes e ativá-la pelo site do festival. Os pagamentos com o dispositivo são feitos por aproximação em máquinas espalhadas na Saba. Há a possibilidade de recarregar os créditos caso todos forem gastos antes do evento terminar. As dúvidas sobre o uso da pulseira e do sistema cashless devem ser esclarecidas na seção "dúvidas" do site ou pelo e-mail cashless@planetaatlantida.com.br. Veja a lista com as atrações de cada dia Sexta-feira , 1º de fevereiro Vintage Culture Anitta Wesley Safadão Slightly Stoopid Ferrugem CPM 22 Armandinho Vitor Kley 1Kilo Zeeba Braza Ponto de Equilíbrio Zullu D-Groov Sábado, 2 de fevereiro Clean Bandit Alok Henrique & Juliano Thiaguinho e Atitude 67 Capital Inicial Pitty Oriente Nenhum de Nós Chemical Surf Melim Filipe Ret Seu Cuca Zullu Lari Hi
    Homem atira contra mulher e depois se mata em Nicolau Vergueiro

    Homem atira contra mulher e depois se mata em Nicolau Vergueiro


    Conforme delegado, vítima dos disparos sobreviveu. Ela é secretária de Saúde do município e está internada no Hospital São Vicente de Paulo em estado estável. Segundo a polícia, não havia registro de agressões envolvendo o casal. ...


    Conforme delegado, vítima dos disparos sobreviveu. Ela é secretária de Saúde do município e está internada no Hospital São Vicente de Paulo em estado estável. Segundo a polícia, não havia registro de agressões envolvendo o casal. Secretária de Saúde de Nicolau Vergueiro foi baleada pelo companheiro, que cometeu suicídio Reprodução/RBS TV Um homem de 56 anos atirou contra a companheira na madrugada desta sexta-feira (18) e depois se matou, conforme informou a Polícia Civil. O caso aconteceu em Nicolau Vergueiro, pequeno município da Região Norte do Rio Grande do Sul, com cerca de 1,7 mil habitantes. A vítima dos disparos, Aline Fernanda Teran Muhl Uebel, 37 anos, é secretária de Saúde da cidade. Socorrida por um vizinho logo após sofrer os disparos, a mulher foi encaminhada ao Hospital São Vicente de Paulo, onde passou por cirurgia. O estado de saúde dela é estável, sem previsão de alta. O delegado responsável pelo caso, Norberto Rodrigues, diz que somente com o resultado dos exames poderá confirmar com quantos tiros ela foi atingida. "Ela tem sete perfurações no corpo, mas não se sabe o que é entrada e saída. [Foi atingida na] cabeça, cervical, coxa, tórax...", diz. O autor dos disparos, Ilírio Uedel, de 56 anos, baleou Aline com uma arma que não era legalizada, segundo o delegado. Ele acrescentou que o homem tinha posse, mas não da usada no crime, que será periciada. Depois de atirar na mulher, Ilírio foi para os fundos da casa onde os dois moravam e cometeu suicídio. A polícia diz que não havia registro de ocorrências envolvendo o casal. A investigação apontou crime passional.
    Mulher é presa após forjar sequestro em Viamão e pedir R$ 300 mil de resgate ao marido, diz polícia

    Mulher é presa após forjar sequestro em Viamão e pedir R$ 300 mil de resgate ao marido, diz polícia


    Investigação do caso começou por volta do meio-dia de quarta-feira (16) e se estendeu até a noite, quando a mulher foi presa em flagrante em Novo Hamburgo após 'teatral libertação de seu local de cativeiro', segundo delegado. Mulher é presa em...


    Investigação do caso começou por volta do meio-dia de quarta-feira (16) e se estendeu até a noite, quando a mulher foi presa em flagrante em Novo Hamburgo após 'teatral libertação de seu local de cativeiro', segundo delegado. Mulher é presa em flagrante por forjar sequestro e pedir resgate ao marido, diz polícia Polícia Civil/Divulgação Uma mulher foi presa em flagrante após a Polícia Civil descobrir que ela forjou um sequestro com pedido de resgate destinado ao marido, no valor de R$ 300 mil. Ela já teve a prisão preventiva decretada. A polícia ainda busca dois homens que teriam ajudado, um deles já foi identificado. A investigação começou por volta do meio-dia de quarta-feira (16) e se estendeu até a noite. "Ela foi localizada na cidade de Novo Hamburgo, após uma teatral libertação de seu local de cativeiro", diz o delegado João Paulo de Abreu. Segundo o delegado, assim que a polícia recebeu a informação sobre um sequestro em Águas Claras, em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre, foi iniciada a apuração sobre extorsão mediante sequestro. Uma negociação era feita por meio de mensagens de texto com o marido da mulher e, às 20h40, foi exigido o preço do resgate. Mensagens de celular ajudaram a polícia a desvendar a falsa comunicação se sequestro Polícia Civil/Divulgação Diligências começaram a ser realizadas após o pedido de R$ 300 mil. Durante o trabalho realizado por policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), ainda de acordo com o delegado, foi descoberto que a vítima de sequestro, na verdade, estava participando de associação criminosa. Em uma das mensagens havia a informação de que a mulher estaria grávida, o que não foi confirmado pela polícia. Quando a mulher saiu do local onde seria o cativeiro, em Novo Hamburgo, cidade que fica distante cerca de 54 km de Viamão, foi levada pelos policiais à delegacia do Deic, onde acabou presa em flagrante por estelionato, falsa comunicação de crime e organização criminosa. Depois do registro do flagrante, ela foi encaminhada ao Departamento Médico Legal para os exames de praxe. Depois, foi conduzida ao Presídio Madre Pelletier, em Porto Alegre. Até o momento, somente a mulher foi presa. Diretor do Deic, o delegado Sander Ribas Cajal salienta a importância de se atender de forma diferenciada os casos de extorsão mediante sequestro. "Ainda que não tenha se enfrentado o caso tradicional, o resultado obtido pela equipe foi extremamente positivo, uma vez que confirma que as metodologias de investigação empregadas estão sendo suficientes a descobrir autoria dos fatos e, no caso, o crime de estelionato".
    MP ajuíza ação contra vereador suspeito de exigir parte dos salários de assessora em Santa Vitória do Palmar

    MP ajuíza ação contra vereador suspeito de exigir parte dos salários de assessora em Santa Vitória do Palmar


    Promotoria de Justiça ajuizou uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o vereador da cidade, Ciro Morales Nunes. G1 tentou contato com ele, mas não obteve retorno. Vereador de Santa Vitória do Palmar é suspeito de...


    Promotoria de Justiça ajuizou uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o vereador da cidade, Ciro Morales Nunes. G1 tentou contato com ele, mas não obteve retorno. Vereador de Santa Vitória do Palmar é suspeito de exigir parte dos salários de uma assessora Reprodução/Câmara de Vereadores de Santa Vitória do Palmar A Promotoria de Justiça de Santa Vitória do Palmar, na Região Sul do estado, ajuizou uma ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o vereador da cidade, Ciro Morales Nunes (MDB). Ele é suspeito de exigir parte dos salários de uma assessora, que trabalhava em seu gabinete na Câmara de Vereadores. Conforme a ação, que foi ajuizada na quarta-feira (16), o vereador também exigiu o cartão de vale-refeições da assessora. O documento, assinado pelo promotor de Justiça Rogério Meirelles Caldas, informa que a conduta de Ciro “violou, sem sombra de dúvida, os deveres de honestidade, legalidade e lealdade às instituições, utilizando-se de subterfúgio legal para a tentativa de apropriação de verbas públicas que de outro modo não lhe seriam destinadas”. O vereador também responde à Justiça criminalmente por concussão, ameaça e coação no decurso do processo. Segundo o MP, ele é suspeito de ameaçar a assessora de morte, após ela divulgar nas redes sociais a prática ilícita. O Ministério Público acrescentou que Ciro confessou em depoimento que exigiu o salário e o vale-refeições, alegando que o dinheiro era repassado para familiares dele. A denúncia foi apresentada em 12 de novembro do ano passado. O G1 tentou contato com o vereador Ciro pelo celular, mas ele não atendeu as ligações da reportagem.
    Caminhão carregado de madeiras tomba na ERS-020, em Gravataí

    Caminhão carregado de madeiras tomba na ERS-020, em Gravataí


    Às 8h desta sexta (18), trânsito estava em meia pista, sendo monitorado pelos policiais do Comando Rodoviário da Brigada Militar. Carga de madeira ficou espalhada pelo acostamento e o bloqueio ocorre no sentido Gravataí-Taquara. Caminhão tombou...


    Às 8h desta sexta (18), trânsito estava em meia pista, sendo monitorado pelos policiais do Comando Rodoviário da Brigada Militar. Carga de madeira ficou espalhada pelo acostamento e o bloqueio ocorre no sentido Gravataí-Taquara. Caminhão tombou na RS-020 em Gravataí CRBM/divulgação Um caminhão carregado de madeiras tombou no início da manhã desta sexta-feira (18), na altura do km 17 da ERS-020 em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Às 8h, o trânsito estava em meia pista, sendo monitorado pelos policiais do Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM). A carga de madeira ficou espalhada pelo acostamento e o bloqueio ocorre no sentido Gravataí-Taquara. Houve apenas danos materiais. O CRBM ainda apura as causas do acidente. Trânsito está em meia pista no local CRBM/divulgação
    Ibama descarta relação entre obras de dragagem do Porto de Rio Grande e lama na Praia do Cassino

    Ibama descarta relação entre obras de dragagem do Porto de Rio Grande e lama na Praia do Cassino


    Segundo o parecer técnico, os dois fatos "não estão inter-relacionados". Instituto pede a retomada dos trabalhos no canal de navegação. Placas alertam para o perigo de tomar banho na Praia do Cassino Reprodução/RBS TV O Instituto Brasileiro do...


    Segundo o parecer técnico, os dois fatos "não estão inter-relacionados". Instituto pede a retomada dos trabalhos no canal de navegação. Placas alertam para o perigo de tomar banho na Praia do Cassino Reprodução/RBS TV O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) descartou a relação entre as obras no canal de navegação e o aparecimento de lama na Praia do Cassino, no Sul do Rio Grande do Sul, na quinta-feira (17). A dragagem do Porto de Rio Grande está paralisada há um mês devido às suspeitas de ser a responsável pela lama que apareceu na praia no início de dezembro. Segundo o parecer técnico do Ibama, os dois fatos "não estão inter-relacionados". No ofício enviado à Secretaria Nacional dos Portos (SNP), do Ministério da Infraestrutura, o presidente substituto do instituto Luiz Eduardo Leal de Castro Nunes pede a retomada as obras de dragagem. O juiz Adérito Martins Nogueira Junior, da 1ª Vara Federal de Rio Grande, pediu, na noite de quinta, mais dados ao Programa de Monitoramento SiMCosta, da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), para decidir se a dragagem do canal de navegação do porto de Rio Grande pode ou não ser retomada. A dragagem começou no fim de outubro. Dos 18 milhões de metros cúbicos de sedimentos do canal de navegação do Porto de Rio Grande, dois milhões foram removidos. As obras foram autorizadas pelo Ibama, em maio de 2018.
    Diretor de futebol do Guarani é morto a tiros em Mato Leitão

    Diretor de futebol do Guarani é morto a tiros em Mato Leitão


    Éder Silva foi morto a tiros, em casa, segundo a Polícia Civil. Suspeita inicial é de latrocínio. Silva era ex-atleta do Guarani e atualmente ocupava o cargo de diretor de futebol. Éder Silva foi morto a tiros, na própria casa. Filho ouviu os...


    Éder Silva foi morto a tiros, em casa, segundo a Polícia Civil. Suspeita inicial é de latrocínio. Silva era ex-atleta do Guarani e atualmente ocupava o cargo de diretor de futebol. Éder Silva foi morto a tiros, na própria casa. Filho ouviu os disparos, mas não presenciou crime, que aconteceu em Mato Leitão Reprodução/Facebook/Guarani O diretor de futebol do Esporte Clube Guarani de Venâncio Aires, Éder Silva, foi morto a tiros, na noite de quinta-feira (17), em Mato Leitão, a cerca de 100 km de Porto Alegre. Conforme o delegado do caso, Felipe Staub, a suspeita inicial é de que se trate de latrocínio. O crime ocorreu na casa da vítima. Conforme o delegado, objetos da residência estavam próximos da porta de saída. Dois suspeitos teriam participado da ação, e são procurados pelas equipes da polícia. Em nota, o time lamentou a morte de Éder, que havia sido jogador do time. Leia abaixo. Nota do Guarani de Venâncio Aires: "É com uma tristeza infinita no coração que comunicarmos o falecimento de nosso ex Atleta e atual Diretor de Futebol Éder Silva. Éder iniciou sua trajetória no EC Guarani nas categorias de Base em 96, teve passagem no futebol profissional, atualmente Éder atuava como Diretor de Futebol no Novo Projeto do EC Guarani. Um torcedor apaixonado pelo clube, que voluntariamente dedicava parte dos seus dias ao Clube. Ficaram as recordações de um homem dedicado que deu e ensinou muito a todos nós. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor." É com uma tristeza infinita no coração que comunicarmos o falecimento de nosso ex Atleta e atual Diretor de Futebol Éder Silva. Éder iniciou sua trajetória no EC Guarani nas categorias de Base em 96, teve passagem no futebol profissional, atualmente Éder atuava como Diretor de Futebol no Novo Projeto do EC Guarani. Um torcedor apaixonado pelo clube, que voluntariamente dedicava parte dos seus dias ao Clube. Ficaram as recordações de um homem dedicado que deu e ensinou muito a todos nós. Não temos palavras para expressar os nossos sentimentos. Pedimos a Deus que conforte o coração dos familiares e amigos neste momento de dor.

    Assaltante morre ao pular no Guaíba durante perseguição


    Segundo assaltante tentou se esconder mas foi preso. Dupla havia roubado um celular em Eldorado do Sul, e fugia da polícia quando bateu o carro. Assaltante morre ao pular no Guaíba durante perseguição Um assaltante morreu ao pular no Guaíba durante...

    Segundo assaltante tentou se esconder mas foi preso. Dupla havia roubado um celular em Eldorado do Sul, e fugia da polícia quando bateu o carro. Assaltante morre ao pular no Guaíba durante perseguição Um assaltante morreu ao pular no Guaíba durante uma fuga, nesta quinta-feira (17), segundo a Brigada Militar de Guaíba. Com um comparsa, ele havia roubado um celular e fugido, em um carro roubado. Eles foram flagrados por uma guarnição da Brigada, que iniciou uma perseguição. Ao passar pela ponte do Guaíba, a dupla bateu com o carro. Um dos suspeitos tentou se esconder, mas foi localizado pela polícia e preso. O outro se atirou nas águas do Guaíba, e foi encontrado morto. Os nomes dos assaltantes não foram divulgados pela Brigada Militar.
    Professores demitidos pela Ulbra aceitam proposta de acordo coletivo

    Professores demitidos pela Ulbra aceitam proposta de acordo coletivo


    Rescisões serão homologadas em fevereiro. Acordo prevê parcelamentos em até 20 vezes, com valor mínimo de R$ 2,5 mil. Primeiro pagamento deve ocorrer em março, segundo sindicato. Mantenedora da universidade alega crise no setor para realizar...


    Rescisões serão homologadas em fevereiro. Acordo prevê parcelamentos em até 20 vezes, com valor mínimo de R$ 2,5 mil. Primeiro pagamento deve ocorrer em março, segundo sindicato. Mantenedora da universidade alega crise no setor para realizar reajuste no quadro docente, mas não informa número de demissões Divulgação/Ulbra Os professores demitidos da Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) aprovaram, nesta quinta-feira (17), a proposta para acordo coletivo judicial, negociada pelo Sindicato dos Professores (Sinpro/RS) com a direção da mantenedora da instituição (Aelbra). Com o acordo, as rescisões deverão ser homologadas ao longo de fevereiro, com pagamento de verbas rescisórias parcelados, a serem depositadas a partir de 15 de março. O valor mínimo mensal é de R$ 2.5 mil, com teto de 80% do salário líquido que o professor vinha recebendo. O parcelamento máximo em 20 meses. Também ficou garantido o pagamento das multas pelos atrasos dos últimos meses, no valor de um salário de multa, além da manutenção da participação da Ulbra no custeio do plano de saúde e do desconto nas mensalidades para os dependentes dos professores. De acordo com o sindicato, a Ulbra demitiu 286 professores na última semana, em todos os campi da instituição no estado. Segundo a mantenedora da Universidade (Aelbra), a instituição não tem recursos para cumprir com os direitos rescisórias e nem integralizar o pagamento dos salários de dezembro. A universidade confirma as demissões, mas não informa o número.
    VÍDEOS: RBS Notícias de quinta-feira, 17 de janeiro

    VÍDEOS: RBS Notícias de quinta-feira, 17 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Rio Grande do...


    Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Rio Grande do Sul. Assista aos vídeos do telejornal com notícias do Rio Grande do Sul.
    Proibição de canudos plásticos em Rio Grande entra em vigor nesta sexta e comerciantes se adaptam

    Proibição de canudos plásticos em Rio Grande entra em vigor nesta sexta e comerciantes se adaptam


    Canudinhos de papel biodegradável ou copos são opções para comerciantes e ambulantes. Lei foi aprovada no ano passado e prevê multa de cerca de R$ 300 em caso de descumprimento. Imbé já tem legislação parecida em vigor desde dezembro. ...


    Canudinhos de papel biodegradável ou copos são opções para comerciantes e ambulantes. Lei foi aprovada no ano passado e prevê multa de cerca de R$ 300 em caso de descumprimento. Imbé já tem legislação parecida em vigor desde dezembro. Canudos de material biodegradável são a opção para os comerciantes e ambulantes de Rio Grande a partir desta sexta-feira (17) Reprodução/RBS TV A lei que proíbe a distribuição de canudos plásticos por bares, lanchonetes e ambulantes na beira da praia em Rio Grande, na Região Sul do estado, entra em vigor nessa sexta-feira (18). Os comerciantes, porém, já estão adotando as novas alternativas menos poluentes, como canudo biodegradável e copos. É o caso de Vitor Gonçalves, proprietário de uma sorveteria, que abriu em dezembro do ano passado e já investiu em canudos de papel. Custam entre R$ 0,25 e R$ 0,70, cerca de dez vezes mais caros do que os canudos de plástico. Mas, segundo ele, vale cada centavo. "Comprei os canudos e achei que todo mundo ia utilizar mas muitos clientes tu pergunta 'quer canudo', sem ele saber se é biodegradável ou não ele já diz 'não quero'. Quando a gente mostra que o nosso é biodegradável, com estampas bonitas, eles ficam brincando e acabam levando o canudo só porque é colorido e diferente, bem legal", descreve ele. O ambulante Rafael de Souza Gonçalves também prefere os canudos de papel. "Preserva o meio ambiente e é melhor porque não polui muito a praia", comenta ele. Jean Patrick Januário, que também trabalha como ambulante, concorda. "Ajuda a natureza também e com certeza não vai prejuicar o meio ambiente", diz. O projeto de lei é de autoria da vereadora Denise Marques e foi aprovado em setembro. "Nós somos uma cidade muito bonita, turística, temos aqui um ecossistema lindo e nós pensamos em trabalhar essa conscientização, porque mais importante do que punir é que a sociedade esteja consciente do seu papel, porque o lixo é responsabilidade de cada um", explica ela. Canudos de metal, vidro ou outros materiais duráveis também estão liberados, de acordo com a legislação de Rio Grande Reprodução/RBS TV Fiscalização da prefeitura A lei será fiscalizada pela prefeitura. A nova regra proíbe o uso e o fornecimento de canudos plásticos aos clientes de restaurantes, lanchonetes, bares e similares, trailers de praia e vendedores ambulantes. A lei não prevê, no entanto, a proibição da venda nos supermercados, por exemplo. Os consumidores ainda podem usar outras opções, como o canudo de vidro e o de metal. Em caso de descumprimento, é prevista multa de R$ 341. Se repetir a infração, vai pagar dobrado. A partir da terceira reincidência, o vendedor pode perder o alvará. A maiori preocupação é com a praia do Cassino. O canudo, de acordo com estudos da ONU, é o 7º item mais coletado entre o lixo jogado ao mar. Os animais também sofrem com os canudinhos que vão parar na natureza. Em cinco anos, o Centro de Recuperação de Animais Marinhos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) tratou de 218 tartarugas. Das que morreram, 75% tinham lixo no organismo. Por isso, o comerciante Alexandre Baldez é mais um que aprova o uso dos canudinhos biodegradáveis. "Tu chega na beira da praia é um caos. Por mais que tenha um esforço da prefeitura de manter limpo, o pessoal não tem a mania de juntar o lixo que está fazendo na beira da praia, não leva pra casa e fica ali, na natureza. Acho que a gente tem que ter esse bom exemplo, essa necessidade de carregar o seu lixo pra casa", diz ele. "Vou falar pros colegas meus, comerciantes, que façam isso. Que acabem com o uso do canudinho plástico e usem o biodegradável, que é bem melhor pra natureza", completa Alexandre. Além de Rio Grande, Imbé também já tem lei em vigor proibindo canudinhos plásticos. Opções de papel são utilizadas Reprodução/RBS TV Imbé já tem lei em vigor No Litoral Norte, Imbé já tem uma lei que proíbe a distribuição dos canudos plásticos em vigor desde o dia 1º de dezembro. Segundo o vice-prefeito, Luis Henrique Vedovato, a fiscalização das primeiras semanas desde a aplicação da lei mostra que os comerciantes, tanto fixos quanto os que abrem na temporada de verão, é satisfatória. "Mais de 80% do comércio já se adaptou", diz ele. Santa Maria também aprovou uma lei proibindo os canudinhos plásticos, que entra em vigor em março. Por fim, Porto Alegre tem uma legislação aprovada na Câmara de Vereadores com a mesma medida.

    Imagens mostram mulher escapando de assalto ao bater carro em portão em São Leopoldo


    Suspeito fugiu a pé, mas já foi identificado, e polícia pediu a prisão dele por tentativa de assalto. Mulher e morador da casa atingida ainda não prestaram depoimento. Imagens mostram mulher fugindo de assalto em São Leopoldo Imagens de uma câmera...

    Suspeito fugiu a pé, mas já foi identificado, e polícia pediu a prisão dele por tentativa de assalto. Mulher e morador da casa atingida ainda não prestaram depoimento. Imagens mostram mulher fugindo de assalto em São Leopoldo Imagens de uma câmera de segurança cedidas pela Polícia Civil nesta quinta-feira (17) mostram o momento em que uma mulher, de carro, bate no portão de uma casa e escapa de um assalto, em São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O crime aconteceu na terça-feira (15). O assaltante, que fugiu a pé, já foi identificado, e a polícia pediu a prisão dele por tentativa de assalto. A Justiça ainda não retornou o pedido. Na gravação, é possível ver a mulher entrando na rua São Paulo, Centro de São Leopoldo, em alta velocidade. Após a curva, ela bate no portão de uma residência. Um homem que estava passando pelo local toma um susto. Logo em seguida, o suspeito é visto saindo do veículo e fugindo. A mulher também sai do carro. O delegado do caso, Joel Souza de Oliveira, diz que a ocorrência foi registrada por um familiar da vítima, que tem 24 anos. Ela, porém, ainda não foi ouvida, nem o próprietário da residência onde a mulher bateu. O familiar relatou à polícia que o assaltante anunciou o roubo e pediu pertences da vítima, além de entrar junto com ela no carro e obrigá-la a dirigir. Ainda não se sabe se ele estava armado. Somente após o depoimento será possível determinar se a mulher jogou o carro intencionalmente, como reação ao assalto, ou se a batida foi acidental, explica Joel. Ainda de acordo com o delegado, ela foi atendida no Hospital Centenário, com dores no corpo, mas já foi liberada.
    Idoso cai de bicicleta e é atropelado por caminhão em Dois Irmãos

    Idoso cai de bicicleta e é atropelado por caminhão em Dois Irmãos


    Vítima tinha 72 anos. Delegada viu nas imagens de câmeras de segurança que ele se desequilibrou e tentou se apoiar no caminhão, mas acabou caindo e sendo atropelado pela roda traseira. Motorista prestou depoimento. Para a polícia, não resta a...


    Vítima tinha 72 anos. Delegada viu nas imagens de câmeras de segurança que ele se desequilibrou e tentou se apoiar no caminhão, mas acabou caindo e sendo atropelado pela roda traseira. Motorista prestou depoimento. Para a polícia, não resta a dúvida de que o atropelamento não foi intencional. Acidente foi em Dois Irmãos Divulgação/Polícia Civil Um idoso de 72 anos morreu após cair de bicicleta e ser atropelado por um caminhão, na manhã desta quinta-feira, em Dois Irmãos, na Região Metropolitana de Porto Alegre. O caso é investigado como homicídio culposo no trânsito, conforme a delegada Ariadne Langanke. Ele foi identificado como Hilário Horth. A dleegada contou que as imagens de câmera de segurança da rua mostram que Horth andava pela via, ao lado do caminhão. Aparentemente, ele se desequilibrou, tentou se apoiar no próprio caminhão, mas não conseguiu, e acabou caindo. Ele foi atingido pela roda traseira do reboque do caminhão, e morreu na hora. O motorista do caminhão prestou socorro e fez o teste do etilômetro, que deu negativo. Segundo a delegada, há convicção de que ele não atropelou Hilário intencionalmente. O motorista prestou depoimento e foi liberado.

    Corpo encontrado em Porto Alegre é de menina de 12 anos, diz polícia


    Vítima foi morta a tiros na madrugada desta quinta-feira (17). Polícia Civil investiga o caso e não descarta nenhuma hipótese. Menina de 12 anos é encontrada morta em matagal em Porto Alegre Foi identificada pela polícia a vítima encontrada nesta...

    Vítima foi morta a tiros na madrugada desta quinta-feira (17). Polícia Civil investiga o caso e não descarta nenhuma hipótese. Menina de 12 anos é encontrada morta em matagal em Porto Alegre Foi identificada pela polícia a vítima encontrada nesta quinta-feira (17) no bairro Lomba do Pinheiro, em Porto Alegre. O corpo é de uma menina de 12 anos. Ela foi morta a tiros durante a madrugada, no Beco do David, perto da Estrada João de Oliveira Remião. O local é isolado, com poucas casas e rodeado por mato, segundo a polícia. Ainda não se sabe se ela estava no local ou foi levada pelos criminosos até lá. De acordo com o delegado Rodrigo Reis, que investiga o caso, a menina estava com os documentos e aparentemente nada foi roubado. Conforme o delegado, a mãe da vítima já morreu, e o pai e alguns irmãos dela moram em Santa Catarina. A polícia conseguiu ouvir alguns parentes mais afastados, que não têm muito contato com a menina, mas relataram que ela vivia com alguns irmãos em Porto Alegre. Eles ainda não foram localizados. O delegado diz que não descarta nenhuma hipótese. "Por enquanto, o que pode ter acontecido? Tudo. Tudo seria o quê? Crime passional, tráfico, morte por engano... A gente trabalha com todas as hipóteses possíveis", afirma. O corpo da vítima foi encaminhado ao Departamento Médico Legal de Porto Alegre para reconhecimento de familiares. O número de tiros que a menina levou será apontado pelo laudo da perícia.
    Susepe afasta direção do Presídio Regional de Passo Fundo após suspeitas de corrupção

    Susepe afasta direção do Presídio Regional de Passo Fundo após suspeitas de corrupção


    Diretor, sub-diretor e chefe da segurança da cadeia devem ser transferidos para outras casas prisionais. Na madrugada do último sábado (12), 17 presos fugiram depois que um portão foi derrubado por uma caminhonete. Um deles foi recapturado na...


    Diretor, sub-diretor e chefe da segurança da cadeia devem ser transferidos para outras casas prisionais. Na madrugada do último sábado (12), 17 presos fugiram depois que um portão foi derrubado por uma caminhonete. Um deles foi recapturado na terça-feira (15). Susepe afasta direção do Presídio Regional de Passo Fundo após suspeitas de corrupção O Superintendente de Serviços Penitenciários (Susepe) no Rio Grande do Sul, Mário Santa Maria Júnior, determinou o afastamento da direção do Presídio Regional de Passo Fundo. Diretor, sub-diretor e chefe da segurança da cadeia serão transferidos para outras casas prisionais, onde não assumirão cargos de chefia. Gravações feitas no presídio, às quais o RBS Notícias teve acesso, levantam suspeitas de corrupção envolvendo agentes penitenciários. Na madrugada do último sábado (12), 17 presos fugiram depois que um portão foi derrubado por uma caminhonete. Um deles foi recapturado na terça-feira (15). Na tarde desta quinta (17), uma equipe de 12 agentes deve assumir a penitenciária. Outros 12 integrantes da instituição farão rondas pela cidade na tentativa de capturar os demais fugitivos. "Nós estamos vendo se na fuga existe vínculo com a suspeita de corrupção lá dentro. Podem ser fatos distintos, ou não. Isso a corregedoria está apurando", comenta o superintendente da Susepe. Segundo ele, o Instituto-Geral de Perícias está ajudando na identificação dos áudios. Além da fuga em massa que ocorreu depois que uma caminhonete derrubou o portão da penitenciária, as denúncias também motivaram as transferências. De acordo com a Susepe, pode ter havido facilitação, já que na hora da fuga, os presos estavam fora das celas e havia um buraco na parede. fuga presidio passo fundo presos camera de seguranca Uma sindicância apura se o fato tem relação com o conteúdo dos áudios obtidos pela RBS TV, apontando para uma suposta tabela de preços para venda de privilégios na cadeia. Para ocupar uma vaga no alojamento "A", considerado o mais confortável da casa, o detento precisaria pagar. "Uma vaga, para chegar até o alojamento lá, custava em torno de R$ 2 mil, R$ 5 mil", diz um dos presos, sem saber que estava sendo gravado. Conforme o relato, a propina para deixar a triagem, que é o setor mais precário do presídio, chega a R$ 10 mil. "Os caras ganham R$ 5 mil, R$ 10 mil, para trazer o cara, tirar da triagem e largar no alojamento lá", diz o homem na gravação. Um trecho inédito dos áudios aponta até para uma "caixinha" que os apenados recolheriam para entregar aos agentes, em troca dos privilégios. "Tem beco dele ali que é R$ 8 mil. E fora todo mês, né, temos que depositar na caixinha", afirma o presidiário. Os áudios indicam ainda que a entrada de drogas é livre e que os presos estariam pagando a agentes até para deixar de responder a processos administrativos por irregularidades que cometem. Força-tarefa para administrar provisoriamente o presídio de Passo Fundo chegou na quinta-feira (17) Divulgação/Susepe
    Família de caminhoneiro de Cruzeiro do Sul morto em SC tenta entender motivação do crime: 'Não tinha inimigos'

    Família de caminhoneiro de Cruzeiro do Sul morto em SC tenta entender motivação do crime: 'Não tinha inimigos'


    Corpo de Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi encontrado em Ampére, no Paraná. Ele havia saído de Itumbiara, Goiás, no sábado (5) e iria em direção a Chapecó, em Santa Catarina. Corpo de Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi...


    Corpo de Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi encontrado em Ampére, no Paraná. Ele havia saído de Itumbiara, Goiás, no sábado (5) e iria em direção a Chapecó, em Santa Catarina. Corpo de Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi encontrado em Ampére, no Paraná. Arquivo pessoal/Facebook A família do caminhoneiro de Cruzeiro do Sul, no Vale do Taquari, encontrado morto na noite de quarta-feira (16) em Ampére, no Paraná, aguarda informações da polícia para entender o que aconteceu. "A polícia nos fez várias perguntas. Se ele fumava, como era a letra dele. A gente só sabe o que lê na imprensa. A única coisa que nos dizem que é tudo sigiloso", diz a sobrinha Paula Schneider Schmidt. Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, era caminhoneiro há 20 anos. "Ele trabalhava há muito tempo com essa empresa. Ele era uma pessoa muito certinha, bondosa, não tinha inimigos". Na última sexta-feira (11), um homem de 29 anos foi preso em Chapecó suspeito de participação no desaparecimento de Ezequiel. Para o delegado Arthur de Oliveira Lopes, ele executou a vítima. "São duas linhas de investigação, uma delas é latrocínio. Mais algumas informações ainda não serão prestadas para não atrapalhar o andamento do caso", completou o delegado. O caso é investigado pela Polícia Civil de Pinhalzinho, no oeste catarinense. De acordo com o delegado, Ezequiel saiu de Itumbiara, em Goiás, e tinha Chapecó, Santa Catarina, como destino final para a entrega de uma carga de cereais. Mas, de acordo com as investigações, a rota foi alterada e o veículo foi abandonado no pátio de um posto às margens da BR-282, em Saudades, localizada a 67 km de Chapecó. "Se tu olhar no mapa, o caminho que ele fez até Santa Catarina foi o mais longo. Ele andou 100 km a mais. Eu questionei a polícia sobre isso, mas a única coisa que ouvi foi: 'vamos investigar, ponto'", disse Paula. O corpo foi achado 11 dias depois do desaparecimento da vítima, por volta das 19h, às margens da PR-182, em uma área de capim alto, segundo o delegado. A polícia utilizou um drone durante os trabalhos para mapear as áreas de busca no local. "O reconhecimento foi feito por familiares por meio das vestimentas e objeto encontrados. No entanto, o corpo da vítima estava em avançado estado de decomposição", disse o delegado. Policiais utilizaram um drone para encontrar o corpo às margens da rodovia Polícia Civil/ Divulgação Entenda o caso O último contato do caminhoneiro foi na noite do dia 5 de janeiro, quando ele parou para jantar em um posto no Paraná e ligou para a família. Na terça (8) pela manhã, a empresa que esperava a carga procurou pelos familiares, estranhando a demora na entrega. A família conseguiu ter acesso à localização do caminhão e descobriu que o veículo estava em um posto na cidade de Saudades, em Santa Catarina. A polícia foi até o local, encontrou o caminhão com as portas abertas, a carga intacta e a carteira e o celular de Ezequiel no veículo. Havia uma quantidade expressiva de sangue no local onde ele dormia no caminhão, informaram os policiais. Um vídeo em que o caminhoneiro aparece, em um dos postos por onde passou, provocou estranhamento na família. Ezequiel é visto se dirigindo para o caminho oposto ao que deveria tomar naquele ponto da viagem.

    Produtores de arroz devem ter prejuízo de R$ 440 milhões no RS por causa da chuva, estima Federarroz


    Produção deve baixar de 8,2 milhões de toneladas, em 2018, para 7,3 milhões de toneladas. Estado é responsável por produzir 70% do grão colhido no país. Defesa Civil informa que chuvas provocaram estragos em 18 municípios, prejudicando mais de 8...

    Produção deve baixar de 8,2 milhões de toneladas, em 2018, para 7,3 milhões de toneladas. Estado é responsável por produzir 70% do grão colhido no país. Defesa Civil informa que chuvas provocaram estragos em 18 municípios, prejudicando mais de 8 mil pessoas. Fronteira Oeste estima perdas na produção agrícola Os produtores gaúchos de arroz devem ter um prejuízo de R$ 440 milhões na próxima colheita por causa da chuva que atingiu o estado nos últimos dias. A estimativa é da Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), que levou em consideração a área inundada e a quebra de produtividade. As lavouras da metade Sul do Rio Grande do Sul foram as mais atingidas pela enchente, principalmente as da Fronteira Oeste e as da Região da Campanha. Segundo levantamento da Federarroz, a previsão de área colhida é inferior a 990 mil hectares. A produção deve baixar de 8,2 milhões de toneladas, em 2018, para 7,3 milhões de toneladas na próxima safra. O presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, observa que os números são parecidos com os apresentados na safra 2015/2016, quando enchentes também atingiram o estado. O prejuízo dos produtores vai refletir no aumento do preço do grão para o consumidor, adianta a Federarroz. De acordo com Dornelles, as cotações deverão ser superiores à safra 2015/2016. Ele reforça que, só a partir de valores mais altos, o produtor poderá compensar o aumento nos custos de produção. O Rio Grande do Sul é responsável por produzir 70% do grão colhido no país. Em todo o Brasil, a colheita ficará na casa de 10 milhões de toneladas. Cidades mais atingidas De acordo com o último boletim da Defesa Civil do estado, divulgado às 17h, 18 cidades gaúchas registraram estragos por conta da chuva. Mais de 6,6 mil pessoas ainda estão fora de casa. O número sobe para 8,5 mil considerando aqueles que tiveram danos parciais. Duas mortes foram contabilizadas em decorrência do mau tempo, uma em Alegrete e outra em Santana da Boa Vista. Os municípios mais atingidos pelas cheias, São Gabriel, Uruguaiana e Alegrete, já repassaram à Defesa Civil dados preliminares referentes a prejuízos em diversos setores. São Gabriel: Agricultura: R$ 172,389 milhões Pecuária: R$ 9,271 milhões Estradas: R$ 4 milhões Residências: R$ 180 mil Uruguaiana: Agricultura: R$ 60 milhões Comércio: R$ 5,3 milhões Infraestrutura pública: R$ 3,5 milhões Residências: R$ 2,4 milhões Serviços: R$ 1,5 milhão Pecuária: R$ 113 mil Alegrete: Agricultura: R$ 37,3 milhões Estradas: R$ 30,8 milhões Residências: R$ 1,84 milhão Saiba como ajudar O governo do Rio Grande do Sul orienta que as pessoas que quiserem ajudar famílias atingidas pelos temporais entrem em contato com as prefeituras de cada município. Também é possível ir até as sedes para entregar as doações. Quartéis do Corpo de Bombeiros também recebem mantimentos para encaminhar aos desabrigados. Quem mora em Porto Alegre ou na Região Metropolitana pode entregar as doações na Central de Doações da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, na capital gaúcha. O espaço aceita alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal e agasalhos, mas não recebe material de construção. O Centro Administrativo Fernando Ferrari fica na Avenida Borges de Medeiros, nº 1.501, que está funcionando de segunda-feira a domingo, das 8h às 18h. Os contatos são (51) 3288-6781 ou 3212-2675. Os atingidos precisam principalmente de água mineral, alimentos não perecíveis, material de higiene e limpeza, fraldas descartáveis (infantil e geriátrica), roupas e calçados em boas condições, colchões e cobertores (lençol, travesseiro etc). Tempo Tempo: chove no RS e há alerta para temporal em várias regiões A quinta-feira (17) começou com tempo instável no Rio Grande do Sul. A frente fria se afastou, amenizando o calor intenso sobre o estado, ainda que a sensação continue sendo de tempo abafado. Na Região Norte, segundo a Somar Meteorologia, há possibilidade de pancadas acompanhadas por trovoadas, descargas elétricas e até queda de granizo. O Oeste, a Região Central e a Região Metropolitana de Porto Alegre contam com bastante nebulosidade, sendo que a chuva pode chegar a qualquer hora desta quinta. A instabilidade sobre o estado deve aumentar na sexta-feira (18). Ao longo do dia, a expectativa é de chuva volumosa especialmente na metade Sul do Rio Grande do Sul. Os volumes podem atingir os 70mm nas áreas de fronteira com o Uruguai. No litoral, há chance de temporal com trovoadas, descargas elétricas e rajadas de vento superiores a 80km/h. A chance de chuva permanece no sábado (19), quando o avanço de uma massa de ar frio derruba as temperaturas e as mantêm mais amenas ao longo do dia em todo o estado.
    Após se conhecer pela internet, casal se muda para Porto Alegre à espera de um transplante de pulmão

    Após se conhecer pela internet, casal se muda para Porto Alegre à espera de um transplante de pulmão


    Lucas e Mariane começaram a dividir medos e angústias em conversas nas redes sociais. Ele é de Florianópolis e ela de Recife. A escolha pela capital gaúcha é por ser referência nesse tipo de transplante. Em dezembro de 2018, eram 81 pessoas na...


    Lucas e Mariane começaram a dividir medos e angústias em conversas nas redes sociais. Ele é de Florianópolis e ela de Recife. A escolha pela capital gaúcha é por ser referência nesse tipo de transplante. Em dezembro de 2018, eram 81 pessoas na fila. Após se conhecer pela internet, casal se muda para Porto Alegre à espera de um transplante Lucas Alves e Mariane da Silva se conheceram pela internet há quatro anos ao compartilhar medos e angústias sobre suas doenças e a necessidade de um transplante de pulmão. Ele é de Florianópolis e ela de Recife. Hoje, com 24 anos, os dois moram em Porto Alegre, cidade referência nesse tipo de cirurgia. Os namorados estão na fila por um transplante há quase um ano. Conforme dados da Secretaria Estadual da Saúde, em dezembro de 2018 eram 81 pessoas na lista de espera, segundo atualização do começo de janeiro de 2019. Antes da mudança para Porto Alegre, os dois viveram uma aventura. Lucas, que tem fibrose cística e usa um equipamento portátil de oxigênio para respirar, viajou de Florianópolis a Recife por seis horas para se encontrar com Mariane pela primeira vez. O equipamento dura quatro horas. "Se fosse pedir permissão para um médico, com certeza não aprovaria nada disso", diz Lucas. Lucas e Mariane aguardam por um transplante de pulmão em Porto Alegre Reprodução/RBS TV Depois dessa primeira visita, Mariane também quis viajar para se encontrar com Lucas novamente. Mas os pais dela não queriam que ela se arriscasse. Foi então que o casal bolou um plano para que a jovem saísse de casa durante a madrugada. "Mandei pedir a cópia da chave, mandei taxista no hotel, e mandei meu primo busca ela", lembra Lucas. Assim como o namorado, Mariane precisa do equipamento de oxigênio para respirar. Ela tem uma doença rara, genética, chamada de discinesia ciliar. Mas também deu tudo certo. E ela ficou em Florianópolis, com Lucas, por mais tempo. Até que chegou o dia da mudança para Porto Alegre. Hoje vivem juntos, dando apoio um ao outro. Lucas e Mariane se conheceram pela internet antes de começar a namorar Reprodução/RBS TV Depois de todos esses passos, Lucas quer encontrar um escritor que registre a história do casal em um livro. "Todo mundo quer ter seu parceiro, e eu sempre sonhei em casar com uma pessoa carinhosa, romântica, que me entendesse, me aceitasse assim do jeito que eu sou, explosiva. Eu achava impossível arrumar alguém assim, mas o Lucas é tudo isso", ressalta Mariane. Para manter a capacidade respiratória, Mariane faz tratamento no Hospital Santa Casa. Já Lucas precisa passar a maior parte do tempo em casa. Perguntado se prefere que Mariane ou ele seja chamado antes para a cirurgia, Lucas nem pensou: "Para ela, com certeza". A namorada já deseja o contrário. "Eu queria que fosse para ele, está precisando mais do que eu." "Ah, mas eu quero que ela tenha a liberdade primeiro. Como eu falei, ela é impaciente, e eu já estou há mais tempo do que ela usando oxigênio. Para mim, um ano a mais, um ano a menos...", completa Lucas. Enquanto o casal espera pelo livro, sonha com um final feliz, com o transplante de pulmão. Transplantes no RS Dados da Central de Transplantes do Rio Grande do Sul, divulgados no site da Secretaria Estadual de Saúde, mostram que, em 2018, foram realizados 63 transplantes de pulmão. A cirurgia mais realizada no estado é de rim. No ano passado, foram 486. Lucas e Mariane esperam ser chamados em uma lista de espera que tem 81 pessoas para receber um pulmão. No Brasil, é a família que autoriza a doação de órgãos. Por isso, é importante que esse assunto seja conversado em casa. A Central de Transplantes em Porto Alegre fica na Avenida Bento Gonçalves, 3722, no bairro Partenon, e atende no telefone 51 3353-3030.
    Motociclista morre em acidente com caminhão em Porto Alegre

    Motociclista morre em acidente com caminhão em Porto Alegre


    Ocorrência aconteceu na Avenida Bento Gonçalves com caminhão do Dmae. Identidade da vítima não foi divulgada. Acidente deixou uma pessoa morta em Porto Alegre EPTC/divulgação Um motociclista morreu na manhã desta quinta-feira (17) em um...


    Ocorrência aconteceu na Avenida Bento Gonçalves com caminhão do Dmae. Identidade da vítima não foi divulgada. Acidente deixou uma pessoa morta em Porto Alegre EPTC/divulgação Um motociclista morreu na manhã desta quinta-feira (17) em um acidente com um caminhão na Avenida Bento Gonçalves, no bairro São José, em Porto Alegre. A ocorrência aconteceu no sentido bairro-Centro, próximo a Rua Albion. Segundo a Brigada Militar, a batida ocorreu entre o motociclista e um caminhão do Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae). A vítima, um homem que não teve a identidade divulgada, morreu no local. A Empresa Pública de Transporte e Circulação e a Brigada Militar estão na ocorrência. O trânsito é lento no trecho. Conforme a EPTC, os desvios no sentido bairro-Centro ocorrem pelas vias: Bento Gonçalves, Osvaldo Pereira de Freitas, Frei Antônio de Caxias e Albion. Initial plugin text Initial plugin text
    Agricultor colhe melancia de 30 kg em Coronel Barros: 'É adubação e um segredinho'

    Agricultor colhe melancia de 30 kg em Coronel Barros: 'É adubação e um segredinho'


    De acordo com a Emater, fruta é três vezes mais pesada do que a comum que pesa, em média, entre 5 kg e 10 kg. Melancia pesa quatro vezes mais que o normal. Prefeitura de Coronel Barros/Divulgação Um agricultor de Coronel Barros, no Noroeste do...


    De acordo com a Emater, fruta é três vezes mais pesada do que a comum que pesa, em média, entre 5 kg e 10 kg. Melancia pesa quatro vezes mais que o normal. Prefeitura de Coronel Barros/Divulgação Um agricultor de Coronel Barros, no Noroeste do Rio Grande do Sul, colheu uma melancia de 30 kg. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater Fábio Pasqualoto, a melancia cultivada por Célio Treter, de 66 anos, é três vezes mais pesada do que a comum que pesa, em média, entre 5 kg e 10 kg. "A fruta é mais pesada do que o normal porque as condições de solo da propriedade são favoráveis para o desenvolvimento da melancia e também porque ela recebeu um manejo diferenciado", explica o técnico. Seu Célio confirma que toma cuidados no cultivo da fruta, como fertilização do solo com adubo orgânico, e ainda faz um trabalho diário de retirar parte dos frutos para que a planta possa produzir melancias maiores e mais bonitas, mas não entrega o jogo. "O motivo é adubação e um segredinho. Não posso contar porque senão o pessoal faz igual." De acordo com o agricultor, das 300 melancias que foram colhidas nesta safra, a metade delas foram colhidas com cerca de 20 kg. "Eu vendo tudo em casa. O pessoal sabe que temos produto bem bom e doce. Não precisa nem sair para oferecer". Célio conta que a melancia de 30 kg foi comprada pelo prefeito da cidade por R$ 40 reais e foi servida aos funcionários da prefeitura.
    Thiaguinho e Atitude 67 levam mistura de pagode e samba ao Planeta Atlântida 2019

    Thiaguinho e Atitude 67 levam mistura de pagode e samba ao Planeta Atlântida 2019


    Sexteto sul-mato-grossense se apresenta ao lado do músico no festival, cantando hits produzidos entre eles, como "Saideira", e sucessos das carreiras. Thiaguinho se apresenta no segundo dia de Planeta, sábado (2), com Atitude 67. reprodução/RBS...


    Sexteto sul-mato-grossense se apresenta ao lado do músico no festival, cantando hits produzidos entre eles, como "Saideira", e sucessos das carreiras. Thiaguinho se apresenta no segundo dia de Planeta, sábado (2), com Atitude 67. reprodução/RBS TV Um encontro repleto de pagode romântico, malandragem do samba e descontração do reggae está marcado com os planetários para o primeiro sábado de fevereiro (2), no complexo da Saba, em Xangri-Lá. Caraca, muleke! O que é isso? Essa é a mistura que define a essência ousada do show de Thiaguinho com o grupo Atitude 67. Embora Thiaguinho seja veterano de Planeta – participou com o Exaltasamba, do qual era vocalista, nas edições 2009, 2010, 2011 e, em carreira solo, nos anos 2013 e 2016 –, esta é a primeira vez que ele canta ao lado do grupo sul-mato-grossense no festival. Show de Thiaguinho no Planeta 2016 Relembre o hit "Caraca Muleke" no Planeta 2016 “Tenho certeza que será um grande show. É incrível poder voltar ao Planeta Atlântida! Esse é um festival que eu adoro e acompanho há muitos anos”, destaca animado o pagodeiro. Os músicos e o cantor se conheceram a partir de um amigo em comum, Dudu Borges, atual produtor do Atitude 67. A sintonia foi tamanha e levou Thiaguinho a gerenciar a carreira do grupo. “Para mim, a principal qualidade deles é a singularidade do som. Eles tocam uma mistura de ritmos que é sensacional”, comenta Thiaguinho. Atitude 67 estreia no Planeta Atlântida em show com Thiaguinho Claudio Zaia/Divulgação Em meio às mesclas rítmicas, o romantismo do cantor – presente em “Buquê de Flores” e na recente canção “Acredito no Amor” – soma ao estilo despojado do sexteto, estreante no festival, que tem colocado o público para dançar com o refrão de “Cerveja de Garrafa”. Ouça o hit "Cerveja de Garrafa" Aos que estão curiosos em relação ao nome do grupo, eles respondem sem fazer mistério. “Atitude 67 surgiu por conta do lugar de onde vivemos. Somos de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, e o DDD de lá é 67”, explica Pedrinho, vocalista do grupo, que destaca a emoção de integrar o line-up do evento. “Tocar no Planeta Atlântida é a realização de um sonho. Passamos a vida inteira assistindo pela TV aos shows de artistas que a gente mais admirava. Nunca passou pela nossa cabeça que poderíamos ser uma das atrações. Estamos ansiosos para sentir a energia da galera e ver o pessoal cantando e curtindo junto com a gente. Temos certeza que vai ser um momento que vamos lembrar para sempre”, comemora Pedrinho. Para os planetários que não veem a hora de entrar no embalo desse encontro, Thiaguinho já adianta que o repertório para o show de sábado não deixa a desejar. Entre no embalo de "Saideira" “Vamos levar um setlist incrível para o público. Não pode faltar as duas músicas que temos em parceria, 'Saideira’ e ‘Modo Avião’”, promete o padogeiro.
    Corpo de caminhoneiro gaúcho desaparecido em SC é encontrado no PR

    Corpo de caminhoneiro gaúcho desaparecido em SC é encontrado no PR


    Vítima foi localizada na quarta-feira às margens da PR-182. Desaparecimento foi em 6 de janeiro. Corpo de caminhoneiro gaúcho desaparecido em SC é encontrado no PR O corpo do caminhoneiro gaúcho Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi...


    Vítima foi localizada na quarta-feira às margens da PR-182. Desaparecimento foi em 6 de janeiro. Corpo de caminhoneiro gaúcho desaparecido em SC é encontrado no PR O corpo do caminhoneiro gaúcho Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, foi encontrado na noite de quarta-feira (16) em Ampére (PR), segundo a Polícia Civil de Pinhalzinho, no Oeste catarinense. O homem estava desaparecido desde 6 de janeiro. Um suspeito foi preso pelo crime na sexta-feira (11), em Chapecó. Segundo a Polícia Civil, Ezequiel saiu com o veículo de Goiás (GO) e tinha Chapecó como destino final para a entrega da carga de cereais. Mas, de acordo com as investigações, a rota foi alterada e o veículo foi abandonado no pátio de um posto às margens da BR-282, em Saudades, localizada a 67 quilômetros de Chapecó. Policiais utilizaram um drone para encontrar o corpo às margens da rodovia Polícia Civil/ Divulgação Buscas O corpo foi achado após 11 dias do desaparecimento da vítima, por volta das 19h, às margens da PR-182, em uma área de capim alto, segundo o delegado Arthur de Oliveira Lopes. A polícia utilizou um drone durante os trabalhos para mapear as áreas de busca no local. Ezequiel era natural de Cruzeiro do Sul (RS). "O reconhecimento foi feito por familiares por meio das vestimentas e objeto encontrados. No entanto, o corpo da vítima estava em avançado estado de decomposição", disse o delegado. A equipe de agentes da delegacia de Pinhalzinho se deslocou até o Paraná para verificar o corpo. Na manhã desta quinta-feira, a Polícia Civil do município ainda prestará mais informações do caso em uma coletiva. "São duas linhas de investigação, uma delas latrocínio. Mais algumas informações ainda não serão prestadas para não atrapalhar o andamento do caso", completou o delegado. Polícia do Oeste catarinense encontra corpo de gaúcho que desapareceu Polícia Civil/ Divulgação Preso Na última sexta-feira, um homem de 29 anos foi preso em Chapecó suspeito de participação no desaparecimento do caminhoneiro. Para o delegado Lopes, ele executou a vítima. O suspeito foi detido em cumprimento a um mandado de prisão temporária. De acordo com a polícia, ele tinha o paradeiro desconhecido desde o fim de semana do desaparecimento da vítima. O suspeito prestou depoimento na Polícia Civil e segue preso temporariamente na Unidade Prisional Avançada de Maravilha. Ezequiel Fernando Schneider, de 41 anos, está desaparecido em SC desde o dia 6 de dezembro. Reprodução/NSC TV Desaparecimento O último contato com a família, que mora no Rio Grande do Sul, foi na noite de sábado (5). O caminhão dele foi encontrado com as peças trocadas e com manchas de sangue. A família dele encontrou o veículo por meio do GPS. O caminhão passou por perícia e foi levado para a Delegacia de Pinhalzinho. A carga de cereais não foi roubada e o celular de Ezequiel ainda estava dentro da cabine. A única alteração, segundo a polícia, estava nos pneus, que eram novos e foram trocados por velhos. Veja mais notícias do estado no G1 SC