G1 > Rio de Janeiro

    Corpo de gerente de banco que morreu após procedimento estético no RJ é velado em MT

    Corpo de gerente de banco que morreu após procedimento estético no RJ é velado em MT


    Lilian Calixto, de 46 anos, fez procedimento estético nos glúteos em apartamento no Rio de Janeiro, passou mal e foi levada para hospital. O corpo dela é velado em Cuiabá. Velório de Lilian Calixto é realizado na Capela Jardins, em...


    Lilian Calixto, de 46 anos, fez procedimento estético nos glúteos em apartamento no Rio de Janeiro, passou mal e foi levada para hospital. O corpo dela é velado em Cuiabá. Velório de Lilian Calixto é realizado na Capela Jardins, em Cuiabá André Souza/G1 O corpo da bancária Lilian Calixto, de 46 anos, que morreu no domingo (15), após um procedimento estético, no Rio de Janeiro, é velado na capela Jardins, em Cuiabá. Amigos e famíliares receberam o corpo, que chegou ao local por volta das 17 horas [horário de Mato Grosso]. De acordo com os familiares, a previsão é de que o corpo seja enterrado na quarta-feira (17) em Cuiabá. Os parentes da bancára contaram que ela saiu da capital de Mato Grosso, onde morava, para fazer um procedimento estético nos glúteos. Ela passou por complicações e foi socorrida no Hospital Barra D'Or em estado extremamente grave, segundo a unidade de saúde, e acabou morrendo. De acordo com o enteado da vítima, Alessandro Jaberce, que a acompanhou na viagem, o procedimento seria feito em Brasília. O médico, entretanto, teve alguns contratempos e transferiu a sessão estética para o Rio de Janeiro. Lá, o procedimento foi feito dentro de um apartamento. Lilian morava em Cuiabá e viajou ao Rio para realizar procedimento estético Reprodução/ Redes sociais A polícia está investigando o caso e já fez buscas no apartamento no local, na segunda-feira (16). No apartamento, policiais encontraram alguns produtos e cadernos com anotações. O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Dr. Bumbum, responsável pelo procedimento, teve a prisão decretada pela Justiça e é considerado foragido. A mãe de Denis também é considerada foragida, e a namorada dele está presa. Ambas participaram do procedimento, segundo a polícia. A advogada Naiara Baldanza, que defende Denis, emitiu nota sobre o pedido de prisão temporária contra ele. Ela diz que é cedo para culpá-lo pelo crime e que Lilian "não apresentou qualquer complicação" durante o procedimento. "Qualquer conclusão acerca da morte de Liliam Calixo (sic) e a eventual responsabilidade do meu cliente sobre essa fatalidade é precoce", diz trecho da nota. Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum Reprodução/Instagram Processos na Justiça O médico é réu em mais de 10 processos no Tribunal de Justiça do Rio. Num deles, junto com a mãe, por conta da venda de um apartamento. O comprador alega que pagou R$ 100 mil, além de ter pago dívidas de condomínio e IPTU, mas o imóvel teria sido invadido por Maria de Fátima, que teria se recusado a assinar a escritura. Ela alega que não invadiu o apartamento porque não sabia que tinha sido vendido e que a venda foi feita por uma intermediária que não tinha procuração para a negociação. Na polícia, constam as seguintes passagens: Homicídio (1997) Porte de arma (2003) Crime contra a ordem pública (2003) Resistência a prisão (2006 e 2007) Exercício arbitrário da própria razão (2007) - quando a pessoa excede no direito de reagir em legítima defesa Violação de domicílio (2007) Informações sobre o paradeiro de Denis e da mãe dele podem ser repassadas de forma anônima pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no telefone (21) 98849-6099; pela Central de Atendimento, no (21) 2253-1177; através do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.
    'Dr. Bumbum' tinha diploma, mas não podia trabalhar como cirurgião plástico: saiba contratar um médico com segurança

    'Dr. Bumbum' tinha diploma, mas não podia trabalhar como cirurgião plástico: saiba contratar um médico com segurança


    Cirurgia ilegal feita por médico sem especialização acabou em morte de paciente na Barra da Tijuca, no Rio. Ele é réu em mais de 10 ações. Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum Reprodução/Instagram Um procedimento feito pelo médico...


    Cirurgia ilegal feita por médico sem especialização acabou em morte de paciente na Barra da Tijuca, no Rio. Ele é réu em mais de 10 ações. Denis Cesar Barros Furtado, o Dr. Bumbum Reprodução/Instagram Um procedimento feito pelo médico Cesar Barros Furtado, conhecido como Dr. Bumbum, resultou na morte da paciente Lilian Calixto, de 46 anos. Com mais de 650 mil seguidores, ele não tinha CRM na cidade do Rio de Janeiro – a cirurgia foi feita em um apartamento na Barra da Tijuca – e é réu em mais de 10 ações. Mas, então, como descobrir que um médico é confiável? De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), o sinal mais claro e também problemático da história é o local onde a cirurgia foi feita. "Isso é bizarro. Isso vai contra qualquer princípio mínimo da medicina", disse o presidente da SBPC, Niveo Steffen. Segundo os médicos, um procedimento, mesmo que seja um preenchimento minimamente invasivo, precisa ser feito em um ambiente preparado, um hospital ou um centro cirúrgico com aparelhamento para qualquer problema que precise de atendimento profissional em uma emergência. "Não pode fazer em nenhuma estrutura que não seja um consultório equipado, uma clínica, ou um hospital. Não pode em apartamento, nem em cabeleireiro, nem em centro de estética", disse Francesco Mazzarone, diretor do Serviço de Cirurgia Plástica da Santa Casa. Antes de marcar a cirurgia e garantir se ela será feita em ambiente seguro, é importante ficar atento à formação do médico. "A formação do cirurgião plástico na verdade é de 11 anos. Nós temos 6 anos de faculdade de medicina, mais 2 anos de cirurgia geral e depois mais 3 anos de estudo da especialidade", disse Steffen. Lilian Calixto morreu após procedimento com 'Dr. Bumbum' Reprodução/TV Globo "Muito fácil uma pessoa fazer um curso de um fim de semana e sair por aí fazendo procedimento", explicou. "Um especialista que tem a formação de antemão sabe que a aplicação de um produto intramuscular tem chance de embolia muito alta, entre outras coisas importantes". A SBCP informou que disponibiliza em seu site, Facebook, e-mail ou telefone uma consulta para saber quando um médico é credenciado. Além disso, é possível pedir o CRM do profissional e checar no Conselho Regional de Medicina de cada estado para saber a situação do profissional. E as redes sociais? Mesmo com milhares de seguidores, Furtado não tinha especialização na área nem CRM para atuar no Rio de Janeiro. Como desconfiar? Médico tem 645 mil seguidores no Instagram Reprodução / Rede social "Antes de sermos cirurgiões plásticos, nós somos médicos. Como médicos, nós temos um código de ética que precisa ser respeitado, independente da especialidade", disse Steffen. "Acho que o médico pode ter redes sociais. O que não pode é ter um Instagram como uma maneira de comunicação para o profissional vender o seu produto, ou fazer sensacionalismo, ou mostrar pré e pós operatório de paciente". Como checar a conta de um médico nas redes sociais: Médicos não devem colocar propagandas de cirurgias e terapias, porque os procedimentos precisam de uma avaliação para ver se ele são recomendados para cada paciente Médicos não devem colocar fotos de “antes e depois”, já que estão proibidos de divulgar pré e pós operatório de pacientes pelo código de ética Médicos podem dar dicas de prevenção para doenças, se tiverem formação para tal, e que tenham comprovação científica O ideal é entrar em contato e pedir o CRM para checar o ‘status’ do profissional Os médicos não podem mostrar dicas de como fazer procedimentos
    Tanguá recebe Arraiá do Programão Carioca no sábado

    Tanguá recebe Arraiá do Programão Carioca no sábado


    Evento gratuito terá brincadeiras típicas e show de forró com o grupo Raiz do Sana. Banda Raiz do Sana é uma das atrações da festa Divulgação/Thakurani Albuquerque O município de Tanguá será palco do Arraiá do Programão Carioca, no...


    Evento gratuito terá brincadeiras típicas e show de forró com o grupo Raiz do Sana. Banda Raiz do Sana é uma das atrações da festa Divulgação/Thakurani Albuquerque O município de Tanguá será palco do Arraiá do Programão Carioca, no sábado (21), na Praça Robson Siqueira Nunes. O evento gratuito, promovido pela Globo, terá forró, quadrilha e brincadeiras típicas de festa junina e tem como objetivo estimular a produção cultural local e democratizar o acesso às artes. Aproveite as últimas semanas de arraiás no Rio; veja lista A festa começa às 13h, com brincadeiras como jogo de argolas, das latas e pescaria. A partir das 14h, o público poderá participar de oficinas de lanterna de São João, espantalho e figurino tradicional. A banda Raiz do Sana toca uma fusão de xotes, xaxados, maracatus e baiões com outros ritmos e elementos musicais a partir das 15h e, depois da apresentação, terá uma oficina de forró e show de Felipão do Forró – morador da região e músico – com apresentação da Quadrilha da terceira idade de Tanguá. Durante todo o evento, que tem parceria com o Sesc, as crianças poderão se divertir em brinquedos e o público adulto vai poder visitar a feira de artesanato de Tanguá, que reúne o trabalho em crochê, bordado, biscuit e pintura de trinta artesãs. Arraiá do Programão Carioca 21 de julho, sábado A partir das 13h Praça Robson Siqueira Nunes (observatório de talentos) - Centro Rua Maria Tomásia Macedo – Tanguá Entrada gratuita Classificação livre Veja mais em rio.globo.com
    Foragido, 'Dr. Bumbum' foi indiciado quatro vezes pela polícia do DF

    Foragido, 'Dr. Bumbum' foi indiciado quatro vezes pela polícia do DF


    Clínica clandestina no Lago Sul foi alvo de operação em novembro. Paciente morreu após cirurgia em cobertura na Barra da Tijuca, no Rio, neste domingo. Denis Cesar Barros Furtado, o "Dr. Bumbum", é considerado foragido pela...


    Clínica clandestina no Lago Sul foi alvo de operação em novembro. Paciente morreu após cirurgia em cobertura na Barra da Tijuca, no Rio, neste domingo. Denis Cesar Barros Furtado, o "Dr. Bumbum", é considerado foragido pela Justiça Reprodução/Instagram Conhecido como "Dr. Bumbum", o médico Denis Cesar Barros Furtado foi indiciado quatro vezes pela Polícia Civil do Distrito Federal por exercício ilegal de medicina e crime contra o consumidor. Ele foi alvo de uma operação realizada em novembro de 2017 em uma clínica clandestina mantida no Lago Sul, área nobre de Brasília. Ele ainda não foi denunciado à Justiça e, portanto, não é considerado réu. O médico está foragido desde que fez um procedimento estético na cobertura de um apartamento na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, que terminou com a morte de uma paciente, no domingo (15). A advogada dele diz que "muitas das informações" são falsas (leia mais no fim da reportagem). Após o caso, a namorada do médico, Renata Fernandes Cirne, de 20 anos, foi presa. A mãe dele, a médica Maria de Fátima Barros – que está com o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do DF cassado –, fugiu. Já o "Dr. Bumbum" ainda tem registro ativo no CRM do DF. A maioria dos processos sobre o médico relacionados à má prática do exercício corre em sigilo no Tribunal de Justiça do DF. Sistema do Conselho Regional de Medicina do DF diz que registros do médico estão regulares Reprodução Durante a operação em Brasília, foram apreendidos documentos, dinheiro, material hospitalar e três armas – duas pistolas .380 e uma espingarda calibre .12 – sem registro no Ministério da Justiça. Por causa das armas, chegou a ser detido em flagrante, mas foi liberado após pagar fiança. Operação no Lago Sul Segundo a polícia, o material apreendido em novembro comprovou que houve prática de medicina em local inapropriado. Além disso, só não houve abordagem prévia da Vigilância Sanitária e do CRM por causa do horário de funcionamento da clínica, sempre à noite – uma estratégia para evitar a fiscalização, segundo o delegado Paulo Márcio Meireles Rodrigues. As investigações começaram naquele mês, quando ao menos duas vítimas procuraram a delegacia do Lago Sul para denunciar o médico e reclamar de procedimentos que não deram certo. Renata Fernandes Cirne está presa e Denis Cesar, foragido da Justiça Divulgação "Para cada procedimento, as pacientes desembolsavam entre R$ 10 mil e R$ 20 mil", disse o delegado. “Eram tratamentos não reconhecidos, alguns até mesmo proibidos, como implantes hormonais para fins estéticos." Um dos casos que chamaram a atenção da polícia foi o de uma tetraplégica que procurou a clínica para diminuir as dores que sentia. Ele prometeu que ela voltaria a andar e fez um "implante hormonal". A cada espasmo que ela tinha, dizia que era a prova de que o tratamento estava funcionando. Porém, além de a paciente não melhorar, passou a sofrer de um problema pulmonar. Os investigadores afirmam ainda que o médico prometia terapia neural para curar depressão, mas aplicava apenas aminoácidos nas vítimas. Dr. Bumbum "Dr. Bumbum" tem 645 mil seguidores no Instagram Instagram/Reprodução Denis Furtado é popular nas redes sociais, onde ele mesmo se fez conhecer pelo apelido de Dr. Bumbum. No Instagram, ele conta com mais de 645 mil seguidores. Na rede sociais, ele dá dicas de saúde e exibe os resultados de antes e depois dos procedimentos estéticos que realiza. Estas são as mais populares e chegam a contar com 10 mil curtidas. Sindicância Ao G1, o Conselho Regional de Medicina do DF informou que é o conselho do Rio que está liderando as investigações sobre a morte da paciente, pois é onde ocorreu a morte do paciente. A cassação do registro mantido em Brasília só pode ocorrer após as investigações em território fluminense serem encaminhadas à capital. Bancária morre após procedimento estético com médico conhecido nas redes sociais Alegando sigilo, o órgão disse que não pode divulgar o número de sindicâncias das quais o "Dr. Bumbum" é alvo. O Conselho Federal de Medicina (CFM), por sua vez, informou que Denis Cesar Barros Furtado responde a "processo ético-profissional" no CRM-DF. Também segundo o órgão, ele foi alvo de uma "interdição cautelar para o exercício da profissão" em março de 2016, medida suspensa três meses depois pela Justiça. Defesa Em nota enviada ao G1, a advogada do médico, Naiara Baldanza, afirmou que "muitas das informações que estão circulando na internet e redes sociais acerca do médico são inverídicas". "Ninguém é considerado culpado antes da sentença penal condenatória e que qualquer conclusão acerca da morte de Lilian Calixto e a eventual responsabilidade do meu cliente sobre essa fatalidade é precoce", disse a advogada. Segundo Baldanza, a paciente que morreu no Rio de Janeiro não apresentou complicações no procedimento estético e foi acompanhada pelo "Dr. Bumbum" ao hospital. Questionada pelo G1 se a advogada sabe onde está o médico e se ele se entregará à Justiça, ela disse que "por enquanto, este é meu único pronunciamento". Veja mais notícias sobre a região no G1 DF.
    Polícia Federal faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados

    Polícia Federal faz operação contra roubos de carga em AL e mais cinco estados


    Segundo a PF, motoristas de caminhões simulavam sequestros para desviar mercadorias. Prejuízo estimado em roubo de carga é de R$ 8,6 milhões. PF prende 32 pessoas integrantes de uma quadrilha de roubo de cargas no Sudeste e Nordeste Uma operação...


    Segundo a PF, motoristas de caminhões simulavam sequestros para desviar mercadorias. Prejuízo estimado em roubo de carga é de R$ 8,6 milhões. PF prende 32 pessoas integrantes de uma quadrilha de roubo de cargas no Sudeste e Nordeste Uma operação da Polícia Federal contra suspeitos de roubos de carga em Alagoas e mais cinco estados prendeu 32 pessoas nesta terça-feira (17). A operação denominada Transbordo cumpre 176 mandados judiciais expedidos pela 17ª Vara Criminal de Maceió. Estima-se que a organização criminosa tenha causado um prejuízo superior a R$ 8,6 milhões, só em relação a roubo de cargas e caminhões. Inicialmente, a Polícia Federal havia informado que tinham sido expedidos 64 mandados de prisão e 106 de busca e apreensão. O número foi atualizado às 10h40. Uma nova atualização foi feita às 12h50, mudando os número para 66 mandados de prisão e 107 de busca e apreensão, além de 3 de interdição de empresas. A operação ocorreu em Maceió, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará e Pernambuco. Segundo a PF, 5 pessoas foram presas em Alagoas, mas a maioria dos mandados foi cumprida em São Paulo, onde houve 13 prisões. As outras aconteceram na Bahia (12), e no Rio de Janeiro (2). Ao todo, os mandados foram expedidos para: São Paulo - 48 de busca e apreensão e 25 de prisão; Bahia - 37 de busca e apreensão e 25 de prisão; Alagoas - 18 de busca e apreensão e 12 de prisão; Rio de Janeiro - 2 de busca e apreensão e 2 de prisão; Pernambuco - 1 de busca e apreensão e 1 de prisão; Ceará - 1 de busca e apreensão e 1 de prisão. Segundo a PF, as empresas que tiveram mandados de interdição expedidos estão envolvidas em receptação de mercadorias roubadas, na cidade de São Miguel dos Campos, Litoral Sul de Alagoas. Material apreendido durante a operação contra roubo de carga Divulgação Segundo a PF, a operação é para desarticular uma organização criminosa que atua em diversos estados do Nordeste e do Sudeste, valendo-se de falsas comunicações de crimes de roubo, além de adulteração de veículos, golpes em seguradoras e outros delitos. As investigações começaram há cerca de um ano, com um roubo de carga em Alagoas. “Houve o flagrante e com o aprofundamento das investigações se identificou que na verdade não foi um caso esporádico, mas sim havia uma quadrilha por trás atuando dessa forma”, afirmou o superintendente da PF em Alagoas, Rolando Alexandre de Souza. A organização criminosa contava com a participação dos motoristas dos caminhões, que simulavam terem sido sequestrados por assaltantes, enquanto outros integrantes realizavam a desativação dos dispositivos de segurança do caminhão e a subtração da carga. Depois disso, o motorista ia até a polícia para registrar a falsa comunicação do crime. Segundo as investigações, a organização criminosa não tinha um tipo de mercadoria preferencial como alvo. Eles atuavam em qualquer frente, desde que fosse mercadoria (têxtil, eletrônicos, alimentos etc). A investigação foi realizada pela Superintendência da Polícia Federal em Alagoas, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. Infografia: Karina Almeida/G1 Presos saíram da sede da PF em Alagoas para fazer exame no IML Material apreendido durante a operação da Polícia Federal contra roubo de carga Divulgação Caminhão apreendido é levado para a sede da PF Ascom/PF Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    The Voice Brasil: Ivete, Teló, Lulu e Brown contam curiosidades musicais em VÍDEO

    The Voice Brasil: Ivete, Teló, Lulu e Brown contam curiosidades musicais em VÍDEO


    Sétima edição estreia nesta terça-feira (17). Técnicos do programa dizem qual música cantam no chuveiro, listam canções para chorar e lembram a 1ª vez na música. The Voice Brasil: Veja curiosidades musicais sobre os técnicos Ivete, Teló,...


    Sétima edição estreia nesta terça-feira (17). Técnicos do programa dizem qual música cantam no chuveiro, listam canções para chorar e lembram a 1ª vez na música. The Voice Brasil: Veja curiosidades musicais sobre os técnicos Ivete, Teló, Lulu e Brown A sétima temporada do "The Voice Brasil" começa nessa terça-feira (17). A pedido do G1, os técnicos Michel Teló, Ivete Sangalo, Lulu Santos e Carlinhos Brown resolveram revelar curiosidades musicais (assista no vídeo acima). Eles elegem músicas para cada momento da vida: O que ouvir quando se está triste? Quais não podem faltar numa festa? Quais são boas para cantar no chuveiro? Qual foi a estreia na música? Ivete revelou que adora cantar músicas de Caetano no chuveiro. Michel Teló contou que se emociona toda vez que escuta a canção "Guri". Após o nascimento de seu filho, Teodoro, a letra passou a ter um valor ainda maior para ele. Lulu elegeu "Festa", da parceira Ivete, como a melhor opção para quem quer ferver na pista de dança. E Brown relembrou a primeira música que cantou: "Leva Eu Sodade". Brown relembrou a primeira música que cantou: "Leva Eu Sodade", dos Cantores de Ébano Jorge Soares/G1 Quando quer afogar as mágoas, Ivete dá um play nas músicas de Nana Caymmi e em "O Que Será", de Chico Buarque. "Esse choro meu que digo ele é meio datado, porque eu não tenho razões para chorar. Esse choro é muito relacionado com perdas, com a virada da infância pra adolescência. Mas eu choro muito pouco, eu tenho que ser forçada mesmo, alguém tem que me dar um beliscão e colocar uma música pra sair uma lágrimas", diverte-se a cantora. Os técnicos também revelaram para quem eles "virariam a cadeira" quando o assunto são os novos talentos da música. Ivete e Lulu escolheram o cantor Silva, capixaba que tem se destacado na MPB. Michel Teló foi só elogios para uma voz sertaneja: "O Brasil inteiro aposta nela, eu acredito no talento dela como cantora, compositora. É a Marília Mendonça. É bonito ver o trabalho que ela vem fazendo, ela tem uma inteligência, sabe escolher repertório, isso tudo conta muito. A cadeira está sempre virada para ela". 'The Voice Brasil' estreia botão de bloqueio Patricia Teixeira/G1 Você está bloqueado A nova edição ganhou uma apimentada a mais com o “botão de bloqueio”. A ferramenta vai permitir que os técnicos possam bloquear uns aos outros durante a fase audições às cegas. Mas o técnico só saberá que está impedido de participar da disputa se virar sua cadeira. Outra novidade é que o reality musical passa a ser exibido duas vezes na semana: toda terça e quinta-feira. Técnico Michel Teló, tricampeão no programa, aposta em uma nova vitória Jorge Soares/G1 Teló, tricampeão no programa, aposta em uma nova vitória: "Costumo dizer que não venho aqui pra brincar. Agora inventaram esse botão pra bloquear, estou doido pra usar. Sobre as vitórias, acho que foram as escolhas certeiras que fiz".
    Instrutor de voo livre salta de parapente com vira-lata para chamar a atenção sobre animais abandonados

    Instrutor de voo livre salta de parapente com vira-lata para chamar a atenção sobre animais abandonados


    Piloto possui ONG de proteção a bichinhos e abriga cães que estavam em situação de abandono. Cadela Dorinha já pulou quatro vezes. Instrutor salta de parapentes com vira-lata É um pássaro? É um avião? Não, não é o Super-Homem: é Dorinha,...


    Piloto possui ONG de proteção a bichinhos e abriga cães que estavam em situação de abandono. Cadela Dorinha já pulou quatro vezes. Instrutor salta de parapentes com vira-lata É um pássaro? É um avião? Não, não é o Super-Homem: é Dorinha, vira-lata que tem mais horas de voo que muita gente. A cadelinha é craque no parapente. Seu dono, o instrutor Luciano Miranda, já saltou com ela quatro vezes - e por um motivo nobre: proteger os animais. Dorinha contempla a paisagem durante voo de parapente em Niterói Bruno Albernaz / G1 Miranda ajuda a pilotar a Sociedade Niteroiense Protetora dos Animais (Sonipa), ONG que cuida de 28 cães e 12 gatos que estavam em situação de abandono. E o resgate está pesando nas costas. Os saltos servem para chamar a atenção sobre o tema. "A gente não recebe recursos de ninguém. Algumas pessoas se sensibilizam e perguntam se queremos dinheiro. Eu digo que não, não quero dinheiro. A gente precisa só de ração", explica. "Gastamos cerca de R$ 1.200 a cada 20 dias com alimentação para esses cães abandonados. Nós temos uma ajuda veterinária, que ajuda com vacinas, remédios e castrações", continua Miranda. Já levar Dorinha no colo durante os saltos não pesa nada, e, segundo ele, a cadelinha parece gostar. O G1 acompanhou um dos voos - a cadelinha passou também pela análise de uma veterinária no dia. "O voo da Dorinha foi perfeito. Ela ficou bem conectada sentada no meu colo, calmamente, contemplando serenamente com movimentos apenas da cabeça, de um lado para o outro. O pouso foi perfeito, com velocidade zero", diz o piloto. Preparação Dias antes da primeira decolagem da Dorinha, Luciano fez um teste no chão, durante o qual ajustou os equipamentos de segurança e fez uma análise do comportamento da cadela. "Fizemos curtos deslocamentos de moto, simulando decolagens, para testes de amarração e comportamento. O parapente pode ser pilotado apenas com o deslocamento do corpo. Assim as mãos ficam disponíveis para ajustar o animal no colo", explica. Dorinha faz voo teste no chão, antes do voo principal no Parque da Cidade. Bruno Albernaz / G1 Herdeira Dorinha não foi a única cadela voadora em Niterói. Em 2006, Belinha, que também foi resgatada na rua, foi a primeira a contemplar o voo do Parque da Cidade. Anos depois, a cadela faleceu de leptospirose, e Luciano ficou sem sua parceira de voo. "Após anos sem realizar voos com meus cães, uma nova sugestão natural apareceu: Dorinha. Ela não fica sossegada quando decolo ou passo voando próximo à rampa. O voo com a Dorinha é uma oportunidade emocionante que está sendo dada para uma homenagem honrosa e merecida à minha eterna, saudosa e verdadeira amiga Belinha", lembra. Belinha morreu de leptospirose em 2016 e Luciano ficou sem sua parceira de voo. Reprodução / Redes Sociais O que dizem os veterinários Especialistas em saúde animal falaram ao G1 sobre os cuidados que o dono deve ter ao levar o cãozinho para uma atividade radical. Médica veterinária e professora da Faculdade de Veterinária da UFF, Juliana Ferreira de Almeida destacou que a prática do esporte não é recomendada para todo e qualquer tipo de cão. “A gente não pode considerar que todos os cães estão aptos a praticar um voo de parapente. Animais também sentem medo, dor, desconforto e estresse. Por isso, seria importante a avaliação de um profissional, em relação à duração da atividade e ao esforço físico que será exigido. Animais com problemas articulares e cardiopatas ou que não estejam com as vacinas em dia não são indicados", explicou Juliana. A veterinária Bárbara Bianca acompanhou o voo da Dorinha e destacou que a cadela está saudável e apta a fazer atividades radicais. “A Dorinha está em boas condições de saúde. É um animal que já está acostumado a fazer esse tipo de atividade. Costuma andar de moto, então é um animal que não vai apresentar cinetose, um enjoo associado ao movimento.” A Sonipa Em casa, Luciano cuida de 28 cães e 12 gatos, todos resgatados na rua. Miguel Folco / G1 A ONG de Luciano recolhe e prepara o animal abandonado para adoção. Ao lado do instrutor, cuidam da Sonipa os sócios Renata Faria Alves, Ana Cristina e Daniel Marques. "Nós realizamos todo fim de mês uma feira de adoção em Itaipu, na Região Oceânica de Niterói. Muitos deles são adotados, mas outros acabam tendo que voltar para nossa ONG", revela. A próxima feira de adoção será realizada no dia 28 de julho, das 10h às 14h, na Estrada Francisco da Cruz Nunes 9.137, Itaipu, na calçada da Royal Rações. Pelo menos 15 animais, entre gatos e cachorros, estarão disponíveis para adoção. Já quem quiser doar ração para a ONG pode entrar em contato com os organizadores neste e-mail ou neste outro. Dorinha faz seu quarto voo de parapente Luciano Miranda / Arquivo Pessoal Dorinha contempla o visual da Lagoa de Piratininga, em Niterói Luciano Miranda / Arquivo Pessoal Cadela Dorinha contempla a paisagem de Niterói em voo de Parapente Luciano Miranda / Arquivo Pessoal Cadela Dorinha realiza mais um voo de parapente por Niterói Bruno Albernaz / G1 Dorinha contempla a paisagem durante voo de parapente em Niterói Bruno Albernaz / G1 Dorinha e Luciano posam para foto após o pouso Luciano Miranda / Arquivo Pessoal
    Juiz do DF determina bloqueio de bens de Marcelo Crivella e de mais 8 investigados

    Juiz do DF determina bloqueio de bens de Marcelo Crivella e de mais 8 investigados


    Ação por improbidade está relacionada a contrato do Ministério da Pesca com uma empresa no período em que Crivella era ministro. Procurado, prefeito do Rio disse que fiscalização não cabia a ele. Juiz do DF determina bloqueio de bens de...


    Ação por improbidade está relacionada a contrato do Ministério da Pesca com uma empresa no período em que Crivella era ministro. Procurado, prefeito do Rio disse que fiscalização não cabia a ele. Juiz do DF determina bloqueio de bens de Marcelo Crivella e de mais 8 investigados O juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal do Distrito Federal, decretou nesta segunda-feira (16) o bloqueio de bens do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), e de outros oitos investigados. O bloqueio foi determinado no âmbito de uma ação por improbidade administrativa relacionada a um contrato fechado pelo Ministério da Pesca com uma empresa quando Crivella era o ministro – leia detalhes mais abaixo. Procurado, Crivella divulgou a seguinte nota: "Em relação à decisão do juiz federal da 20ª Vara do Distrito Federal, vale ressaltar que foi determinada realização de sindicância no Ministério da Pesca e o contrato foi cancelado antes mesmo da manifestação da Controladoria Geral da União (CGU). Cabe esclarecer que não é da responsabilidade de um ministro de estado a fiscalização de contrato." Na decisão, a Justiça do Distrito Federal determina o bloqueio de até R$ 3.156.277,60 dos investigados. Ao pedir o bloqueio, o Ministério Público Federal (MPF) argumentou que a medida visa "garantir o pleno ressarcimento do erário" em caso de condenação. O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) Moreira Mariz/Agência Senado Entenda o caso A ação investiga a suspeita de sobrepreço na contratação da empresa Rota Nacional Comércio e Manutenção de Equipamentos Eletrônicos para o fornecimento e instalação de vidros e acessórios no prédio onde funcionava o Ministério da Pesca e Aquicultura. Segundo o MPF, a Controladoria-Geral da União (CGU) constatou a contratação de serviços "sem necessidade demonstrada" e com "superestimativa de quantidades". O sobrepreço, de acordo com a acusação, seria de R$ 411.595,00. "Todo o alto escalão tinha contato direto com o então ministro", diz o Ministério Público. Ao analisar o caso, o juiz de Brasília afirmou: "Percebo fortes indícios de irregularidades cometidas no âmbito do contrato." "São claros, portanto, os indícios da prática de atos de improbidade administrativa", acrescenta Borelli na decisão. O bloqueio abrange "todos os valores creditados em contas bancárias, cadernetas de poupança, fundos de investimento ou quaisquer outras aplicações financeiras" cujo titular seja um dos investigados. O juiz também determinou a notificação de todos os citados na ação para apresentarem defesa prévia na ação. Restrições a Crivella Mais cedo, nesta segunda, a Justiça do Rio de Janeiro determinou restrições à atuação de Crivella como prefeito. Isso porque foi revelada uma reunião secreta dele com pastores no Palácio da Cidade, na semana passada. O juiz Rafael Cavalcanti Cruz, da 7ª Vara de Fazenda Pública, determinou que Crivella está proibido, por exemplo, de usar a máquina pública em interesse de grupos religiosos, de privilegiar o uso de serviços públicos (como filas de hospitais) ou de realizar censos religiosos.
    Bloco Me Enterra na Quarta homenageia Hermeto e Dominguinhos em festa julina

    Bloco Me Enterra na Quarta homenageia Hermeto e Dominguinhos em festa julina


    Evento será na sede do Cordão da Bola Preta, na Lapa, no sábado (21). Banda que desfila tradicionalmente na Quarta-feira de Cinzas troca as músicas de carnaval por forró e quadrilha. Bloco Me Enterra na Quarta promove sua primeira festa de São...


    Evento será na sede do Cordão da Bola Preta, na Lapa, no sábado (21). Banda que desfila tradicionalmente na Quarta-feira de Cinzas troca as músicas de carnaval por forró e quadrilha. Bloco Me Enterra na Quarta promove sua primeira festa de São João André Rola/Divulgação O bloco Me Enterra na Quarta desce as ladeiras de Santa Teresa, onde tradicionalmente encerra o carnaval do Rio na Quarta-feira de Cinzas, para estrear nas festas de São João. No sábado (21), a banda de 10 músicos promove um arraiá na sede do Cordão da Bola Preta, na Lapa, com homenagem a Hermeto Paschoal e Dominguinhos. O show terá também a apresentação dos cerca de 60 integrantes da oficina do bloco, realizada na Praça Paris, na Glória. Comidas e bebidas típicas serão vendidas em barraquinhas. O ingresso pode ser comprado antecipadamente pela internet, a R$ 15, e no dia do evento, na porta do clube, a R$ 20. Arraiá do Cordão da Bola Peta Quando: Sábado (21), às 22h30 Local: sede do Cordão da Bola Preta, na Rua da Relação, 3, Lapa Ingressos: R$ 15 (antecipado, pelo site) ou R$ 20 (na porta) Tel.: 2240- 8049 Me Enterra na Quarta fez ensaios para o arraiá na Praça Paris, na Glória André Rola/Divulgação
    Família de grávida morta quer guarda do bebê resgatado em favela no RJ

    Família de grávida morta quer guarda do bebê resgatado em favela no RJ


    Gestante foi morta e teve o filho tirado do útero em Paraibuna (SP). Casal suspeito do crime tinha fugido para Duque de Caxias. Eles foram localizados e presos no sábado (14). Criança está internada. Bebê roubado da barriga da mãe é resgatado...


    Gestante foi morta e teve o filho tirado do útero em Paraibuna (SP). Casal suspeito do crime tinha fugido para Duque de Caxias. Eles foram localizados e presos no sábado (14). Criança está internada. Bebê roubado da barriga da mãe é resgatado pela polícia no sábado (14) e está sob cuidados médicos Divulgação/ Polícia Civil O tio da grávida morta, que teve o bebê arrancado do útero e roubado em Paraibuna (SP), disse neste domingo (15) que quer a guarda da criança. O recém-nascido foi encontrado com o casal de suspeitos em uma favela no Rio de Janeiro. O bebê está internado na UTI neonatal de um hospital em Duque de Caxias (RJ), onde passa por exames. A dupla está presa temporariamente. Apesar do desejo da família, a decisão sobre o futuro do recém-nascido será da Justiça - não há prazo. O caso deve ser acompanhado por conselheiros tutelares nos próximos dias. O tio, que preferiu não ter a identidade divulgada, contou que a família já cria dois filhos dela, de 12 e 5 anos. O pai de uma criança está preso e o da outra morreu. A família da Leilah dos Santos, de 39 anos, é pequena e mora em São José dos Campos (SP). O tio contou que ela teve uma adolescência considerada normal e foi criada pela avó. Leilah começou a ter problemas após envolvimento com as drogas. Ela chegou a ser internada em clínicas para recuperação de dependentes químicos mais de uma vez. Oito meses atrás, segundo o tio, ela teve uma recaída e voltou a consumir drogas. Leilah dos Santos teve o bebê arrancado do útero Arquivo Pessoal Acordo A polícia investiga se o casal preso tinha um acordo com Leilah para a compra do bebê. Um dos depoimentos colhidos até agora sinaliza que havia um trato entre a suspeita e Leilah. Em troca do bebê, o casal cuidaria dela, sustentaria o vício e na entrega da criança pagaria R$ 500. O tio disse ainda que sabia que a sobrinha estava grávida, porque a encontrou em maio. Na ocasião, ela foi levada para a casa da família, tomou um banho e voltou para a rua. "Não conheço esse casal acusado pelo crime e nunca soube que ela esteve sob os cuidados deles", disse. Para o tio, Leila vivia em um abrigo da prefeitura. No entanto ela foi identificada como andarilha pela polícia. O parente disse que vai nesta segunda-feira (16) para Paraibuna para dar entrada oficialmente no pedido de guarda do bebê. A família não sabe a identidade do pai do recém-nascido. A suspeita foi descoberta pela polícia após tentar registrar o bebê e não conseguir comprovar a maternidade Reprodução/TV Globo Boletim médico A Secretaria Municipal de Saúde de Duque de Caxias informou que o recém-nascido resgatado está na UTI do hospital municipal Drº Moacyr do Carmo sob os cuidados de uma equipe pediátrica. O bebê tem 2,7 kg, quadro clínico estável, e passa por exames. Não há previsão de alta. Investigação O delegado Raian Brega Araújo esteve no Rio de Janeiro no sábado, onde ouviu os suspeitos. Ele não quis informar, por enquanto, o teor do depoimento. Os suspeitos foram trazidos para o Vale do Paraíba, onde estão presos. O delegado conseguiu chegar à identidade do casal depois que a mulher foi ao cartório com o bebê tentar obter o registro dele. Sem a comprovação da maternidade, ela não conseguiu a certidão de nascimento. A situação chamou a atenção dos funcionários do cartório e a polícia foi acionada. O namorado dela também é suspeito por ter contado à amigos do casal que tinha feito o parto da mulher, supostamente para encobrir o crime. Para polícia, ele foi cúmplice no homicídio.
    Quem são os 'influenciadores digitais do bem' que acompanharam Malala em sua viagem pelo Brasil

    Quem são os 'influenciadores digitais do bem' que acompanharam Malala em sua viagem pelo Brasil


    Pela primeira vez, a ativista paquistanesa convidou jovens que fizeram fama pelas redes sociais para viajar ao lado dela; conheça o trabalho de Elaine Welteroth, dos EUA, Juanpa Zurita, do México, e Jérôme Jarre, da França. Malala posa ao lado de...


    Pela primeira vez, a ativista paquistanesa convidou jovens que fizeram fama pelas redes sociais para viajar ao lado dela; conheça o trabalho de Elaine Welteroth, dos EUA, Juanpa Zurita, do México, e Jérôme Jarre, da França. Malala posa ao lado de Jérôme Jarre (esq.), Elaine Welteroth e Juanpa Zurita no Pelourinho, em Salvador Divulgação/Luisa Dörr/Malala Fund Nesta semana, a ativista paquistanesa Malala Yousafzai passou seis dias no Brasil visitando ativistas que lutam pela educação de meninas e comemorando seu aniversário de 21 anos. Além das três brasileiras selecionadas para integrar a rede de ativistas de Malala, da fotógrafa brasileira Luisa Dörr e da equipe que trabalha no Fundo Malala, a trupe que percorreu o Brasil também contou com a presença de três influenciadores digitais que, pela primeira vez, tiveram acesso irrestrito à mais jovem vencedora do Prêmio Nobel da Paz. Desconhecidos do grande público brasileiro, Elaine Welteroth, dos Estados Unidos, Juanpa Zurita, do México, e Jérôme Jarre, da França, arrastam milhões de seguidores pelas redes sociais. Eles foram escolhidos para a viagem, porém, pelo que decidiram fazer com a audiência que acumularam durante os anos: campanhas voluntárias de solidariedade e debates sobre direitos humanos e igualdade. Exclusivo: ensinar às meninas que elas têm direitos é 'crucial', diz Malala "Ela já havia conhecido todos os três em outras ocasições, queria conhecê-los melhor e também acreditou que eles poderiam amplificar sua mensagem em prol da educação e igualdade para meninas", afirmou a equipe de comunicação do Fundo Malala ao G1. Com acesso irrestrito à paquistanesa e hospedados nos mesmos hoteis, os três percorreram o Brasil ao lado dela e postaram detalhes em suas redes sociais. No Pelourinho, em Salvador, Malala amarrou uma fita do Senhor do Bonfim no pulso de Elaine e pediu que ela fizesse um pedido. Além disso, eles passaram dois dias no Rio, onde visitaram o Pão de Açúcar com bailarinas do projeto Na Ponta dos Pés, aprenderam sobre a história de Marielle Franco na sede da Rede Nami e cantaram "Parabéns a você" à ativista em um restaurante em Santa Tereza. Na sexta-feira (13), eles já estavam de volta a seus países. "Ela realmente adorou tê-los na viagem. Isso fez do período de Malala no Brasil ainda mais significativo: as meninas que conhecemos inspiraram Malala, mas também Elaine, Juanpa e Jerome – três pessoas a mais que podem ajudar a contar suas histórias", informou o Fundo Malala. Ao lado de Malala, Jérôme Jarre, Juanpa Zurita e Elaine Welteroth aplaudem apresentação do Olodum em Salvador Egi Santana/G1 Conheça o trabalho de cada um deles: Igualdade de gênero e racial Aos 31 anos, a californiana Elaine Welteroth já entrou para a história do jornalismo americano. Em 2016, ela foi incluída na lista de 100 afroamericanos mais influentes e, em 2017, foi promovida ao cargo de editora-chefe da revista Teen Vogue. Ela foi a segunda pessoa negra a receber um cargo desses na história centenária da editora Condé Nast, e a mais jovem. Durante o tempo que passou à frente da revista, Elaine foi responsável por ampliar a diversidade de temas discutidos e expandir o alcance digital da Teen Vogue, incluindo a cobertura das eleições presidenciais. Depois que a edição impressa da revista foi extinta, Elaine, que trabalhou na editora durante cerca desde 2011, decidiu, no início do ano, dedicar seu tempo a manter sua marca pessoal, principalmente seu perfil no Instagram, onde tem 270 mil seguidores. De entrevistadora, ela passou a entrevistada, palestrante e moderadora de eventos, além de ser convidada para viagens como a de Malala. Seu foco nos dias em que passou no Brasil foi destacar os aspectos da cultura brasileira influenciados pela negritude, e o desafio de colocar todas as brasileiras na escola. "Hoje, 1,5 milhão de meninas têm o direito à educação negado no Brasil. 1,5 milhão! Apesar de esse número ser chocante, infelizmente é só uma pequena parte das 130 milhões de meninas no mundo que enfrentam a mesma injustiça. A notícia positiva é que isso significa que nosso objetivo de superar essa crise no Brasil é alcançável, e enquanto estivermos vivos!" - Elaine Welteroth Initial plugin text Milhões arrecadados para a África e os refugiados Juanpa Zurita é mexicano, tem 22 anos e um canal no YouTube com oito milhões de inscritos, onde começou produzindo vídeos humorísticos caseiros. O mais jovem da turma de "influenciadores do bem" escolhidos para a viagem com Malala, ele foi eleito em 2015 o "ícone do ano" pela MTV Latinoamérica, e desde 2016 também virou modelo de marcas como Louis Vitton e Dolce & Gabbana. Já Jérôme Jarre, nascido na França, tem 28 anos e acabou virando uma sensação mundial depois que um de seus vídeos curtos de comédia na plataforma Vine viralizou. O jovem, que afirma ter largado a faculdade porque não queria uma vida monótona e sem riscos, criou uma empresa e passou a fazer uma série de parcerias com marcas que queriam seu estilo de comédia anunciando seus produtos. Mas, de acordo com Jérôme, quanto mais seguidores ele acumulava, mais seletivo ele se tornou, até que passou a dedicar seu tempo com campanhas de solidariedade pelo mundo. Juntos, Jérôme e Juanpa criaram o "Love Army" (Exército do Amor, em inglês), e uniram outras webcelebridades, além de celebridades da música e do cinema, para arrecadar fundos e doar recursos para diversos projetos. Só em 2017 eles juntaram 2,7 milhões de dólares (quase R$ 10 milhões) para levar água à Somália, outros 2,2 milhões de dólares (R$ 8,3 milhões) para os refugiados rohingya e 1,3 milhões de dólares (quase R$ 5 milhões) para ajudar às vítimas do terremoto no México. "Como eu e Jérôme somos homens, nós não necessariamente crescemos conscientes do que realmente significa ser uma mulher, ou do preconceito que vem com isso. Nós estamos honrados de agora ter a melhor professora do mundo para isso, e estamos ansiosos para aprender como também podemos fazer parte dessa luta pela educação de meninas", afirmou Juanpa em seu Instagram. Initial plugin text
    Para o final de semana: Péricles na Mangueira e Ludmilla com  Nego do Borel na final da Copa

    Para o final de semana: Péricles na Mangueira e Ludmilla com Nego do Borel na final da Copa


    Tem também ópera de Mozart, show do grupo Bom Gosto e a peça 'A Invenção do Nordeste'. Péricles anima a feijoada da Mangueira Péricles na Feijoada da Verde e Rosa Quadra da Mangueira - hoje, às 13h Rua Visconde de Niterói, 1072 ingresso ...


    Tem também ópera de Mozart, show do grupo Bom Gosto e a peça 'A Invenção do Nordeste'. Péricles anima a feijoada da Mangueira Péricles na Feijoada da Verde e Rosa Quadra da Mangueira - hoje, às 13h Rua Visconde de Niterói, 1072 ingresso R$40 / feijoada: R$ 25 (prato) classificação livre Nego do Borel faz show na Praça Mauá Ludmilla e Nego do Borel domingo, a partir das 11h Praça Mauá entrada grátis classificação livre Cidade das Artes, na Barra, recebe ópera Ópera "Bastien Und Bastienne" Cidade das Artes - Teatro de Câmara Av. das Américas, 5300 - Barra sábado às 20h e domingo, às 19h ingresso a partir de R$ 35 (meia) classificação livre Peça "A Invenção do Nordeste" está em cartaz em Copacabana A invenção do Nordeste Sesc Copacabana (Mezanino) Rua Domingos Ferreira, 160 ingresso a partir de R$15 (meia) quintas, sextas e sábados, às 21h domingos, às 20h classificação 12 anos Grupo Bom Gosto agita feijoada no Méier Bom Gosto - Barril 8000 do Méier domingo, a partir das 13h Rua Adolfo Bergamini, 371 - Méier) ingresso R$ 35 (com direito a feijoada) classificação 18 anos Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1

    Miguel Falabella, Daniele Winitz e Marco Luque apresentam 'Os Produtores' no Vivo Rio


    A comédia musical, que levou mais de 200 mil pessoas aos teatros em 2007, volta à cidade com uma super produção. O clássico filme americano de Mel Brooks e Thomas Meehan, lançado em 1968, e adptado para o teatro na Broadway em 2001, ganhou a...

    A comédia musical, que levou mais de 200 mil pessoas aos teatros em 2007, volta à cidade com uma super produção. O clássico filme americano de Mel Brooks e Thomas Meehan, lançado em 1968, e adptado para o teatro na Broadway em 2001, ganhou a versão brasileira há dez anos feita por Miguel Falabella. Miguel se junta à Daniele Winitz, Marco Luque e grande elenco nessa história de um produtor de teatro que descobre que um fracasso pode dar muito mais dinheiro do que um sucesso. Comédia musical "Os produtores" está em cartaz 'Os Produtores' Vivo Rio - Parque do Flamengo sextas, às 17h / sábados, às 17h e 21h único domingo ( 22 de julho), às 17h30 ingresso a partir de R$37,50 (meia) classificação 18 anos
    Um Programão no Parque da Catacumba, na Lagoa

    Um Programão no Parque da Catacumba, na Lagoa


    O parque criado em 1979, tem obras de arte a céu aberto, oficinas gratuitas de arte para idosas, trilhas e esportes radicais. Parque da Catacumba é um programão Nem todo mundo que passa diariamente pela Lagoa, na altura do Corte de Cantagalo, sabe...


    O parque criado em 1979, tem obras de arte a céu aberto, oficinas gratuitas de arte para idosas, trilhas e esportes radicais. Parque da Catacumba é um programão Nem todo mundo que passa diariamente pela Lagoa, na altura do Corte de Cantagalo, sabe da existência desse esepço verde, muito bem cuidado , que pode oferecer muitas opções de lazer e diversão. Nessa área ficava a Favela da Catacumba, com cerca de dois mil barracos e mais de dez mil moradores. A remoção aconteceu em 1970 e o parque foi inaugurado nove anos depois. Hoje é um belo espaço com esculturas ao ar livre de Mazeredo, Evandro Carneiro, Edgar Duvivier e Edgard Duvivier Filho, entre outros O Parque da Catacumba oferece atividades gratuitas para todas as idades; desde a criançada, até ao pessoal da terceira idade. A Casa de Convivência Dercy Gonçalves tem cursos gratuitos durante toda a semana. Dona Edeuzira de Oliveira é frequentadora das oficinas e diz que a arte desse lugar mudou a sua vida: "Esse Parque aqui é onde a gente se descobre. Nós viajamos, chegamos à nossa adolescência, e aqui nós somos jovens, né...Eu sou jovem!" O parque tem também uma área de observação de pássaros, criada por um guarda municipal. O Gestor do Parque da Catacumba, Felipe Oliveira, explica: "A gente desenvolveu esse espaço para as aves virem tomar banho e beber água. Assim, as pessoas também vão poder apreciar as diversas especies que têm aqui." São tantas opções e informações que a gente obtém aqui no Parque da Catacumba, que vale muito a pena fazer uma visita guiada. Ainda mais, gratuita. A guia ambientel Beatriz Cavalcante é responsável por essas visitas, que acontecem de quarta a domingo. "Os horários são abertos de acordo com a demanda do público. A partir do momento que público liga pra gente ou chega aqui um grupo grande e fala : a gente quer conhecer o parque , a gente quer conhecer a história parque, fazemos a visita guiada. Porque é essencial a gente conhecer a história do lugar que a gente frequenta." O parque tem cinco praças, como a Praça do Acoplamento , a maior do Parque; ideal pra fazer piquenique. O nome veio da escultura chamada 'Acoplamento', feita por Mario Cravo, em 1979. O Parque da Catacumba também tem opções para quem gosta de esportes radicais. São as únicas atividades pagas desse espaço. Os preços variam entre vinte e cinco e trinta e cinco reais. Rafael Medeiros, gerente operacional , detalha: "A gente oferece um muro de escalada, arvorismo (que tem dois níveis , o alto e o baixo), tirolesa , e rapel. O arvorismo é ótimo pra gente exercitar a concentração e o equilíbrio. Já a tirolesa, é adrenalina pura! Dá pra passar o dia inteiro no Parque da Catacumba , com direito, inclusive, a uma trilha bem fácil de fazer. No máximo, em vinte e cinco minutos , dá para chegar a dois mirantes: O Mirante do Urubu e o Mirante do Sacopã. Um programão pra aquecer qualquer dia de inverno! Parque da Catacumba Av. Epitácio Pessoa, 3000 - Lagoa aberto de terça a domingo, de 8h às 17h: Esportes radicais: http://lagoaaventuras.com.br Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Dicas de casa bem sortidas: de musical sobre Gonzaguinha a show de Laira Garin

    Dicas de casa bem sortidas: de musical sobre Gonzaguinha a show de Laira Garin


    Tem também Festival dos Quadrilheiros e arraiàs no Flamengo e no Santa Marta Telespectadores dão dicas de arraiás e shows DICA DO JOGADOR ADÍLIO Arraiá da Gávea hoje, das 13h às 22h Clube de Regatas do Flamengo Av. Borges de Meideiros, 997 -...


    Tem também Festival dos Quadrilheiros e arraiàs no Flamengo e no Santa Marta Telespectadores dão dicas de arraiás e shows DICA DO JOGADOR ADÍLIO Arraiá da Gávea hoje, das 13h às 22h Clube de Regatas do Flamengo Av. Borges de Meideiros, 997 - Lagoa ENTRADA: 1KG DE ALIMENTO OU 1 AGASALHO CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DA ALAYNE NASCIMENTO Musical "Gonzaguinha | Saudade" sextas e sábados, às 19h. domingos, às18h - até 05 de agosto. Casa de Cultura Laura Alvim Av. Vieira Souto, 176 - Ipanema INGRESSO A PARTIR DE R$ 20 (meia) CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DO REINALDO DOS ANJOS Festa Julina hoje e amanhã, às 18h Praça Santa Marta Rua São Clemente 307 - Botafogo ENTRADA GRÁTIS CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DO VALCIR DE SÁ 5° Festival dos Quadrilheiros D'antiga hoje, às 19h Rua do Nuncio S/N - Posse Nova Iguaçu ENTRADA GRÁTIS CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DA HANNA BRASIL Laila Garin e a Roda 18/07 - quarta-feira, às 21h Teatro Bradesco Av. das Américas, 3900 Shopping VillageMall - Barra INGRESSO A PARTIR DE R$30 (meia) CLASSIFICAÇÃO LIVRE Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Unidos da Tijuca vai contar a história do pão no carnaval de 2019 no Rio

    Unidos da Tijuca vai contar a história do pão no carnaval de 2019 no Rio


    Enredo vai fazer uma relação do pão com a fome e a religiosidade. Comissão de carnaval este ano conta com Laíla e Fran-Sérgio. Azul e amarelo são as cores da Unidos da Tijuca, que em 2019 vai contar a história do alimento mais popular do...


    Enredo vai fazer uma relação do pão com a fome e a religiosidade. Comissão de carnaval este ano conta com Laíla e Fran-Sérgio. Azul e amarelo são as cores da Unidos da Tijuca, que em 2019 vai contar a história do alimento mais popular do planeta: o pão Alexandre Durão/G1 Este ano coube à Unidos da Tijuca o papel de última escola a divulgar o enredo para o carnaval de 2019. A sinopse de “Cada macaco no seu galho. Ó, meu Pai, me dê o pão que eu não morro de fome!”, da comissão de carnaval, foi entregue na noite de quarta-feira (11), aos compositores, num evento na quadra da escola. Para o próximo carnaval, a azul e amarelo da Tijuca vai falar sob história do alimento mais popular do planeta: o pão. Mas não somente do alimento do corpo, mas também do pão que alimenta a alma. O enredo fala desde a “descoberta” do pão pelos egípcios, que se transformou em moeda de troca e poder político. Mas não esquece o suor e a exploração dos trabalhadores na luta pelo pão de cada dia. Ou seja, a relação do pão com a fome e a religiosidade. Além dos carnavalescos Annik Salmon, Hélcio Paim e Marcus Paulo, para 2019, a comissão de carnaval conta também com o trabalho e o talento de Fran-Sérgio e Laíla. Veja o enredo das outras 13 escolas do Grupo Especial Unidos do Viradouro: “Viraviradouro”, de Paulo Barros Acadêmicos do Salgueiro: “Xangô”, de Alex de Souza Imperatriz Leopoldinense: “Me dá um dinheiro aí”, de Kaká e Mário Monteiro Império Serrano: “O que é, o que é?”, de Paulo Menezes São Clemente: “E o samba sambou”, reeditado por Jorge Silveira Unidos de Vila Isabel: “Em nome do pai, do filho e dos santos – a Vila canta a cidade de Pedro”, de Edson Pereira Mocidade Independente de Padre Miguel: “Eu sou o tempo. O tempo é vida”, de Alexandre Louzada Paraíso do Tuiuti: “O salvador da pátria”, de Jack Vasconcellos Portela: “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir uma Sabiá”, de Rosa Magalhães Estação Primeira de Mangueira: “História para ninar gente grande”, de Leandro Vieira Acadêmicos do Grande Rio: “Quem nunca...? Que atire a primeira pedra”, de Márcia e Renato Lage União da Ilha do Governador: “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, de Severo Luzardo Beija-Flor de Nilópolis: "'Quem não viu, vai ver... As fábulas do Beija-Flor'', de Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco
    Aproveite as últimas semanas de arraiás no Rio; veja lista

    Aproveite as últimas semanas de arraiás no Rio; veja lista


    Roteiro do G1 reúne shows e festas caipiras por toda a cidade até agosto. Fundição Progresso tem shows de Alceu Valença e Elba Ramalho. Bloco de carnaval promove arraiá no Centro. Arraiás tomam conta do Rio de Janeiro até agosto Divulgação/...


    Roteiro do G1 reúne shows e festas caipiras por toda a cidade até agosto. Fundição Progresso tem shows de Alceu Valença e Elba Ramalho. Bloco de carnaval promove arraiá no Centro. Arraiás tomam conta do Rio de Janeiro até agosto Divulgação/ Estevam Avellar Com a chegada do inverno, o Rio de Janeiro é invadido pelas tradicionais festividades juninas e, com elas, vêm também as comidas e bebidas típicas, quadrilhas, brincadeiras e adereços. As festividades começaram em junho e vão até agosto e para aproveitar o melhor da época mais caipira no ano, o G1 preparou uma lista com eventos juninos com diversas atrações. Veja abaixo o roteiro com as festas de São João celebradas na Cidade Maravilhosa. Arraiá Bem-Estar Cultural, no Recreio dos Bandeirantes Arraiá vai promever um domingo de brincadeiras julinas no Recreio dos Bandeirantes Divulgação A feira itinerante Bem-Estar Cultural será realizada no Museu Casa do Pontal, na Zona Oeste da idade, no dia 22 de julho, das 15h às 21h. Além de produtos artesanais, veganos e gastronomia saudável, haverá também comidas típicas, fogueira e brincadeiras. No dia do evento será cobrada meia-entrada (R$ 6) para visitas ao museu e uma visita musicada gratuita a exposição será realizada às 15h30. Às 17h o professor Leon da Costa dará uma aula de yoga e as apresentações musicais, a partir das 18h, ficam por conta do grupo de viola “Caipirando” e da cantora Luana Dias, com músicas autorais e clássicos do forró. Brincadeiras típicas de festa junina como pescaria, jogo de argolas, bola na lata e boca do palhaço, além de uma oficina de mandalas, também estão na programação. Estrada do Pontal, 3295 - Recreio dos Bandeirantes Arraiá do Iaiá, no Centro Arraiá promovido pelo Cordão do Bola Preta é na primeira semana de agosto Divulgação O Cordão do Bola Preta deciciu ir além do carnaval e homenageia as tradições populares brasileiras ao som de Los Hermanos. A festa, que será no Centro Cultural Cordão da Bola Preta, no Centro do Rio, terá cenografia caprichada, barraquinhas com comidas típicas, DJ Sinhô Thiago Burgos tocando forró, xote e xaxado e show a partir de 00h. Os ingressos saem a R$30 a meia e R$60 a entrada inteira e podem ser adquiridos no site e o evento começa às 22h de sábado, dia 4 de agosto. Rua da Relação, 03 – Lapa Arraiá da Areninha Gilberto Gil, em Realengo No sábado, dia 14 de julho, a Areninha Carioca Gilberto Gil, em Realengo, faz seu arraiá às 18h. O evento terá barraquinhas com comidas típicas e apresentação de dança. A entrada sai por R$ 20. Avenida Marechal Fontenele, 5.000 - Realengo. Arraiá da Fundição, na Lapa Os cantores Alceu Valença e Elba Ramalho são as atrações da noite julina na Fundição Progresso Reprodução/ Redes Sociais O arraiá da Fundição Progresso terá comidas típicas, brincadeiras e show de Elba Ramalho e Alceu Valença. A festa começa às 22h do sábado, dia 28 de julho, e vai até às 4h. Os ingressos custam R$120, a inteira; a meia sai por R$60 e os bilhetes podem ser adquiridos no site ou, em dinheiro, nas bilheterias da fundição de segunda a sexta, das 11h às 20h ou sábados - somente em dias de show - a partir das 12h, sem taxa de conveniência. A classificação etária é de 18 anos. Rua dos Arcos, 24 – Lapa São João da Feira de São Cristóvão São João da Feira estará na Feira de São Cristóvão entre 22 de Junho e 29 de Julho. Divulgação A Feira de São Cristóvão, na Zona Norte do Rio, já começou sua temporada de festas juninas. Os organizadores esperam mais de 1 milhão de pessoas nos eventos até agosto. Em três meses de festa, mais de 60 quadrilhas devem passar pelo maior São João do Rio. Entre elas Aiacá, Coração de Palha, Shok do Painho, Paz e Amor, Favo de Mel, Buraco Quente e muito mais. A festa acontece todas as sextas e sábados de junho, julho e agosto. A quadrilha convidada entra às 20h. Nos domingos, a quadrilha convidada entra às 16h. O ingresso sai a R$ 5. Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestina, s/nº - Feira de São Cristóvão Arraiá do Porto, no Centro Arraiá do Porto tem entrada gratuita Divulgação O Arraiá do Porto terá culinária típica e tradicional em barracas de diversos expositores. Além de shows ao vivo com Fabiano e Bonatto, Trio Pé de Serra, entre outros. O evento terá também uma área de lazer com playground, onde as crianças e adultos poderão se divertir. O arraiá é gratuito e ocorre nos dias 21,22 e 23 de julho, das 15h às 00h, na HUB RJ. Rua Professor Pereira Reis, 50 – Santo Cristo Arraiá da Mocidade, em Padre Miguel Quadra da Mocidade Independente de Padre Miguel vai receber festividades juninas Divulgação A Mocidade Independente de Padre Miguel organiza arraiás nos dias 13, 14 e 15 de julho. Todos os dias têm apresentação da bateria da escola, além de atrações como o cantor Duduzinho, na sexta-feira; o cantor Naldo, no sábado, djs e bandas. A entrada é gratuita até 22h e, após, custará R$10. A escola pede também que os convidados levem um quilo de alimento não perecível para doação à Ação Cristã Vicente Moretti. Av. Brasil, 31.146 - Padre Miguel Arraiá do ParkShoppingCampoGrande Festa no empreendimento vai de 20 a 29 de julho Divulgação Quadrilhas, fogueiras, trios e brincadeiras vão fazer parte dos festejos juninos no ParkShoppingCampoGrande, que começam no dia 20 de julho e terminam no dia 29, das 15h às 23h no estacionamento do empreendimento. O evento terá show de Geraldo Azevedono no dia 28 de julho, sábado e outras atrações como o trio Levanta Poeira, o Gonzagão do Pavilhão baião, Tâmara Terra entre outros. A festa terá barraquinhas vendendo delícias da roça, além de brincadeiras tradicionais como quadrilha e apresentações do Boi Bumbá e a Morte e Vida de Lampião . A entrada é gratuita. Haverá espaços dedicados ao entretenimento para toda a família, com pufes e sofás para leitura de cordel, o gênero literário popular da cultura de raiz nordestina. Mais informações pelo telefone: 2414-7417. Estrada do Monteiro, 1200 – Campo Grande Arraiá Cervejeiro, na Quinta da Boa Vista O parque da Quinta da Boa Vista, localizado em São Cristóvão, é a antiga residência da realeza. G1/Alexandre Durão O Arraiá Cervejeiro será nos dias 14 e 15 de Julho, na Quinta da Boa Vista, de 11h às 21h. Produzido pelo Circuito Carioca de Feiras e Eventos, a festa julina terá food trucks, food bikes e barracas com cervejas e chopps artesanais e gastronomia de rua. O evento terá também shows de forró com o Trio de Janeiro, rock com a Boca do Rio e samba com a banda Art do Acaso, além de feira de moda e dança, área infantil e brincadeiras. No domingo haverá telão com a final da Copa do Mundo. O evento é gratuito e mais detalhes da programação podem ser obtidos pelos telefones 21980160625 e 21987602638 ou pelo site. Parque Quinta da Boa Vista – Av Pedro II, nº 250 – São Cristovão Arraiá Lagoa Bier Fest, na Lagoa Festa junina na Lagoa terá brincadeiras e gastronomia Divulgação O Arraiá Lagoa Bier Fest vai trazer gastronomia, moda e cerveja no Parque das Figueiras, Zona Sul do Rio, entre os dias 20 e 22 de julho. A festa vai unir a tradição com apresentação de quadrilhas, trios de forró, djs e barraquinhas de comidas típicas, junto com food trucks, opções veganas e atividades para a família e mesmo para os bichinhos de estimação. A entrada é gratuita. Além dos quitutes juninos, com direito a milho, maçã do amor e quentão, o evento vai contar com os foodtrucks e cervejarias artesanais. A ala vegana e vegetariana conta com a curadoria do Circuito Rio Vegano e Orgânico, com mais de 20 opções de comidas sem origem animal. As crianças vão poder participar de oficinas de badminton, slackline, peteca e aproveitar as barraquinhas de jogos de festa junina, como pescaria, bola na lata e jogo da argola. O sábado (21), entre 14h e 18h, será dedicado aos bichinhos de estimação. No dia acontecerá o 'Arraiau', uma festa junina para os pets e os animais que estiverem com a melhor fantasia caipira vão ganhar prêmios. Também haverá animais disponíveis para adoção. O evento será de 18h as 22h na sexta e de 12h as 22h no sábado e domingo. Av. Borges de Medeiros, 1426 - Lagoa Sabores da Roça, no Shopping Downtown Produtos artesanais vão ser comercializados durante festa julina Divulgação O Sabores da Roça será entre os dias 19 e 22 de julho na Praça Central do Shopping Downtown e irá receber o expositores de produtos da gastronomia do interior do Brasil, artesanato, além de apresentações de música sertaneja e workshops gratuitos na área de gastronomia e bebidas artesanais. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail: [email protected] A criançada também poderá se divertir com brinquedos montados no evento, como o touro mecânico e oficinas gratuitas de hortas verticais e decoração de biscoitos, além da apresentação do Mágico Janjão. No dia 21, das 12h às 19h, vai acontecer a Feira de Adoção de Cães e Gatos da Ong Focinhos de Luz. Mais detalhes da programação na página do evento nas redes sociais. Avenida das Américas, 500 – Praça Central Arraiá do Shopping Metropolitano Barra Festa do Shopping Metropolitano é na área externa do empreendimento Divulgação/ Miguel Sá O Shopping Metropolitano Barra entra no clima dos “arraiás” e promove a sua festa julina nos dias 20, 21 e 22 deste mês. A edição deste ano será no estacionamento saída sul, a partir de 12h, e terá food trucks e barraquinhas com comidas típicas, touro mecânico, pula pula, pescaria e shows de forró. No dia 20, sexta-feira, a animação fica por conta do grupo Maria Filó, que tem como referências a cultura tradicional nordestina, resgatando obras de mestres como Luiz Gonzaga, Marinês, Dominguinhos e Sivuca. No dia 21, sábado, quem comanda a festa é Marcelo Mimoso, cantor que preserva as tradições do forró pé-de-serra. No repertório, além do Rei do Baião, Jackson do Pandeiro, Ary Lobo, Trio Nordestino, Os 3 do Nordeste. No dia 22, domingo que encerra a festa, o público vai aproveitar o show do Sotaque do Nordeste, formado por músicos que misturam forró com outros gêneros da MPB no repertório. Os shows começam a partir das 19h e o evento é gratuito. As brincadeiras têm bilheteria própria e a alimentação das barraquinhas e food trucks é comercializada. Av. Embaixador Abelardo Bueno, 1300 - Barra da Tijuca

    AGU recorre de decisão que suspendeu leilão de distribuidoras de energia


    Informação foi divulgada pelo órgão nesta sexta (13). Leilão de seis distribuidoras controladas pela Eletrobras foi suspenso por decisão da 19ª Vara Federal do Rio de Janeiro. A Advocacia Geral da União (AGU) informou nesta sexta-feira (13) ter...

    Informação foi divulgada pelo órgão nesta sexta (13). Leilão de seis distribuidoras controladas pela Eletrobras foi suspenso por decisão da 19ª Vara Federal do Rio de Janeiro. A Advocacia Geral da União (AGU) informou nesta sexta-feira (13) ter recorrido da decisão que suspendeu o leilão de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras. O leilão das distribuidoras foi suspenso pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) por determinação da 19ª Vara Federal do Rio de Janeiro. O recurso da AGU foi apresentado ao Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2). Em nota, a Advocacia Geral da União informou ter argumentado que a autorização para o leilão "já foi dada por diversos dispositivos legais", acrescentando que o Tribunal de Contas da União (TCU) deu aval ao leilão. Saiba abaixo as distribuidoras que a Eletrobras quer leiloar: Amazonas Energia; Centrais Elétricas de Rondônia (Ceron); Companhia de Eletricidade do Acre (Eletroacre); Companhia Energética de Alagoas (Ceal); Companhia de Energia do Piauí (Cepisa); Boa Vista Energia. Segundo a AGU, as seis distribuidoras acumularam prejuízo de R$ 4,5 bilhões no ano passado, de modo que as operações têm sido mantidas com ajuda da Reserva Global de Reversão (RGR). "Como são recursos que deverão ser posteriormente devolvidos ao sistema elétrico por meio de ajustes tarifários, o atraso na venda das subsidiárias representará, no futuro, um custo maior para os consumidores atendidos por elas." - AGU Energia: Câmara aprova venda de distribuidoras e isenção para famílias de baixa renda Discussão no Congresso Atualmente tramita no Congresso Nacional uma medida provisória (MP) editada pelo presidente Michel Temer para viabilizar a venda das seis distribuidoras de energia (veja no vídeo acima). A MP já foi aprovada pela Câmara dos Deputados, mas ainda precisa ser analisada pelo Senado, o que só acontecerá no segundo semestre deste ano. Por se tratar de MP, a medida já está em vigor desde a publicação, mas, para se tornar uma lei em definitivo, ainda precisa ser aprovada pelo Senado e sancionada por Temer. Durante a tramitação da MP na Câmara, os deputados incluíram a isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda.
    Nego do Borel chega à DP para depor sobre roubo e recuperação de carro

    Nego do Borel chega à DP para depor sobre roubo e recuperação de carro


    Cantor relatou que teve BMW roubado na Praça Saens Peña e que veículo foi posteriormente recuperado. Nego do Borel chega para depor na 19ª DP Carlos Brito/G1 O cantor Nego do Borel prestava depoimento na tarde desta sexta-feira (13) sobre o roubo...


    Cantor relatou que teve BMW roubado na Praça Saens Peña e que veículo foi posteriormente recuperado. Nego do Borel chega para depor na 19ª DP Carlos Brito/G1 O cantor Nego do Borel prestava depoimento na tarde desta sexta-feira (13) sobre o roubo de seu BMW, ocorrido na Praça Saens Peña, na Tijuca, no último domingo (8). O crime não foi registrado em nenhuma delegacia. Mesmo com a recuperação do veículo, a 19ª DP (Tijuca) intimou o cantor a comparecer à delegacia nesta sexta-feira (13). No dia do roubo, o cantor chegou a publicar um vídeo em redes sociais pedindo ajuda para recuperar o carro, uma BMW X6 avaliada em R$ 500 mil. Porém, o vídeo foi apagado logo depois. Na segunda-feira (9), o artista agradeceu em redes sociais e afirmou que o carro foi recuperado. Nego do Borel publicou em redes sociais que recuperou o carro um dia após ser roubado; delegacia agora investiga o crime. Policiais da 19 DP informaram que, em depoimento, Nego do Borel afirmou que voltava de São Paulo quando soube que seu pai, que dirigia o carro e estava a caminho do aeroporto para buscá-lo, foi assaltado por bandidos armados. Assim que soube, ele gravou um vídeo avisando sobre o roubo do veículo - logo depois, esse conteúdo foi apagado. O carro, que enquanto esteve em poder dos bandidos foi usado para cometer um roubo, foi encontrado na mesma noite, no Morro do Pinto. A delegada titular, Cristiana Bento, explicou que a intimação teve como objetivo entender a dinâmica do roubo, e, principalmente, quem pode estar roubando carros na área da Tijuca. Entre janeiro e maio de 2018, de acordo com o Instituto de Segurança Pública (ISP), foram registrados 140 roubos de carro na região da delegacia. "Queremos saber exatamente onde foi o roubo, quantos criminosos praticaram esse roubo, se estavam armados, se ele consegue identificar, e queremos saber como houve a recuperação deste veículo. Em que comunidade o veículo estava?", explicou a delegada. Clipe No mesmo dia em que recuperou o carro, o artista divulgou na internet o clipe da música "Me Solta". No vídeo, no qual o cantor se veste com roupas femininas e encarna a personagem Nega da Borelli, ele beija um ator com quem dançava. O clipe foi gravado em junho no Morro do Borel, na Tijuca, onde o cantor foi criado.
    Theatro Municipal comemora 109 anos com muitas atrações

    Theatro Municipal comemora 109 anos com muitas atrações


    E Sandra de Sá leva o 'Baculejo da de Sá' para o Teatro Rival, na Cinelândia. Fábio Júdice dá dicas culturais para o final de semana. Aniversário do Theatro Municipal Cinelândia hoje às 19h30 - Nona Sinfonia - ingresso a partir de R$5...


    E Sandra de Sá leva o 'Baculejo da de Sá' para o Teatro Rival, na Cinelândia. Fábio Júdice dá dicas culturais para o final de semana. Aniversário do Theatro Municipal Cinelândia hoje às 19h30 - Nona Sinfonia - ingresso a partir de R$5 (meia) amanhã, a partir das 14h - entrada grátis classificação livre http://www.theatromunicipal.rj.gov.br/programacao/theatro-municipal-comemora-109-anos-com-programacao-variada-e-entrada-franca/ Sandra de Sá hoje, às 19h30 Teatro Rival - Cinelândia Rua Álvaro Alvim, 33/37 ingresso a partir de R$30 (meia) classificação 18 anos Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Bárbara Paz e Everaldo Pontes estreiam comédia dramática no Teatro Poeira, em Botafogo

    Bárbara Paz e Everaldo Pontes estreiam comédia dramática no Teatro Poeira, em Botafogo


    A montagem inédita de "Heisenberg - A Teoria da Incerteza", do inglês Simon Stephens, tem direção de Guilherme Piva. Bárbara Paz e Everaldo Pontes estreiam peça de teatro no Rio Essa peça, que está sendo montada em várias cidades do mundo,...


    A montagem inédita de "Heisenberg - A Teoria da Incerteza", do inglês Simon Stephens, tem direção de Guilherme Piva. Bárbara Paz e Everaldo Pontes estreiam peça de teatro no Rio Essa peça, que está sendo montada em várias cidades do mundo, usa conceitos da fisica quântica para falar do encontro amoroso de um homem maduro com uma mulher mais nova. Bárbara Paz completa: -"São duas pessoas solitárias, na verdade, procurando alguma coisa pra sentir" Com tradução e adaptação da saudosa Solange Badim, o espetáculo mergulha na 'Teoria da Incerteza', do alemão Werner Heisenberg, para falar sobre os encontros afetivos improváveis . Nessa teoria, o físico afirma que é possível medir a velocidade ou a posição das partículas subatômicas, mas nunca ao mesmo tempo, "Politicamente, o mundo está muito louco. Então, é preciso o humano se sobrepor a tudo isso.", diz o ator Everaldo Pontes. O diretor Guilherme Piva fala sobre a montagem: "São seis momentos de uma história e eu optei por fragmentar esses seis momentos. Porque eu acho que a vida é um pouco assim, fragmentada." 'Heisenberg - A Teoria da Incerteza' Teatro Poeira Rua São João Batista, 104 - Botafogo quinta a sábado, às 21h / domingo, às 19h temporada até 02 de setembro ingresso a partir de R$35 (meia) classificação 16 anos Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Imperator recebe o Pagode do Arlindinho

    Imperator recebe o Pagode do Arlindinho


    O filho de Arlindo Cruz recebe Thaís Macedo, Juliana Diniz e Débora Cruz nessa grande festa do samba no Méier. Pagode do Arlindinho recebe as cantoras Juliana Diniz e Débora Cruz no Rio Arlindinho preparou um evento dedicado à final da Copa. A...


    O filho de Arlindo Cruz recebe Thaís Macedo, Juliana Diniz e Débora Cruz nessa grande festa do samba no Méier. Pagode do Arlindinho recebe as cantoras Juliana Diniz e Débora Cruz no Rio Arlindinho preparou um evento dedicado à final da Copa. A seleção brasileira não chegou lá, mas ele afirma que o show tem que contunuar: "É verdade, e vai continuar com muito pagode, com muito samba, como todo brasileiro gosta, né." Arlindinho vai dividir o palco com Thaís Macedo e mais duas vozes que também têm o DNA do samba. Débora Cruz é filha de Acyr Marques e sobrinha de Arlindo Cruz: "Agora é a nova geração: eu, Arlindinho, futuramente a filha dele, Maria Helena, que já é uma cantora. Por sinal, um primor!", diz ela. Já Juliana Diniz , que é neta do grande Monarco e filha de Mauro Diniz, afirma: " A gente nasceu nesse berço do samba. E isso é muito verdadeiro, é muito genuíno. Eu não sei fazer outra coisa!" Arlindinho vai tocar sucessos, músicas autorais e a canção que ele fez com todo amor do mundo para o pai, Arlindo Cruz."Toda vez que eu me sinto um pouco fraco, eu lembro dele falando e sigo cantando com muita alegria, com muita força, muito feliz!," completa. Pagode do Arlindinho sábado, às 21h Imperator - Centro Cultural João Nogueira Rua Dias da Cruz, 170 - Méier INGRESSO A PARTIR DE R$30 (meia) CLASSIFICAÇÃO 16 ANOS Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Dicas de casa: show de Marysa Alfaia e espetáculo sobre a Tia Maria do Jongo

    Dicas de casa: show de Marysa Alfaia e espetáculo sobre a Tia Maria do Jongo


    Marysa canta no Beco das Garrafas e o musical está em cartaz só hoje e na próxima sexta no Centro Cultural da Justiça Federal. Dica de casa: show e teatro Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA...


    Marysa canta no Beco das Garrafas e o musical está em cartaz só hoje e na próxima sexta no Centro Cultural da Justiça Federal. Dica de casa: show e teatro Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA DO JONAS FRANÇA Show de Marysa Alfaia "Feito Um Vendaval" hoje, às 22h30 Beco das Garrafas Rua Duvivier, 37 - Copacabana INGRESSO: R$ 40 CLASSIFICAÇÃO 18 ANOS DICA DA ANA CÊ Musical 'Tia Maria, Rainha do Jongo!' 13 e 20 de julho, às 19h Centro Cultural da Justiça Federal Av. Rio Branco, 241 - Centro INGRESSO A PARTIR DE R$ 20 (meia) CLASSIFICAÇÃO LIVRE Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Programe-se: comédia com Patrycia Travassos, poesia com Bial, Quinteto Violado e tributo ao ABBA

    Programe-se: comédia com Patrycia Travassos, poesia com Bial, Quinteto Violado e tributo ao ABBA


    O Duo a Zero - formado por Alexandre Gismonti e Jean Charnaux - e Zé Paulo Becker ocupam a Casa do Choro. Fábio Júdice dá dicas culturais para hoje Casa do Choro Rua da Carioca, 38 - Centro Duo a Zero - quinta, às 19h Zé Paulo Backer - sexta,...


    O Duo a Zero - formado por Alexandre Gismonti e Jean Charnaux - e Zé Paulo Becker ocupam a Casa do Choro. Fábio Júdice dá dicas culturais para hoje Casa do Choro Rua da Carioca, 38 - Centro Duo a Zero - quinta, às 19h Zé Paulo Backer - sexta, às 19h ingresso a partir de R$20 (meia) classificação livre Quinteto Violado - Free Nordestino CAIXA Cultural - hoje e amanhã, às 19h Av. Almirante Barroso, 25 - Centro ingresso a partir de R$10 (meia) classificação livre Acesso para pessoas com deficiência Monólogo 'Aérea' Teatro dos Quatro Shopping da Gávea Rua Marquês de São Vicente, 52 somente às quintas, às 21h ingresso a partir de R$ 30 (meia) classificação 12 anos Os Camaleões hoje, às 20h Mezanino do Sesc Copacabana Rua Domingos Ferreira, 160 entrada grátis classificação livre Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Dica do telespectador: espetáculo 'Impromédia' no Theatro Bangu Shopping

    Dica do telespectador: espetáculo 'Impromédia' no Theatro Bangu Shopping


    É um projeto de humor que mistura técnicas do teatro de improviso, stand-up comedy, paródias e vídeos. Telespectador dá dica de teatro Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA DO BETO RODRIGUES...


    É um projeto de humor que mistura técnicas do teatro de improviso, stand-up comedy, paródias e vídeos. Telespectador dá dica de teatro Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA DO BETO RODRIGUES Espetáculo 'Impromédia' sexta e sábado, às 21h Theatro Bangu Shopping ingresso a partir de R$30 classificação 12 anos Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Tigres escaparam do RioZoo? Não é verdade!

    Tigres escaparam do RioZoo? Não é verdade!


    Mensagens circularam em redes sociais desde a noite de quarta-feira. Nesta manhã, o RioZoo desmentiu o boato e mostrou vídeo dos tigres em jaula. Dois tigres escaparam do RioZoo, localizado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do...


    Mensagens circularam em redes sociais desde a noite de quarta-feira. Nesta manhã, o RioZoo desmentiu o boato e mostrou vídeo dos tigres em jaula. Dois tigres escaparam do RioZoo, localizado na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio? Não é verdade. O boato circulou em redes sociais desde a noite de quarta (11) e deixou muitos moradores assustados. RioZoo diz que tigres não fugiramm G1 Na manhã desta quinta-feira (12) o zoológico desmentiu a informação. A organização também publicou um vídeo em sua página oficial no Facebook mostrando um dos tigres em segurança para assegurar que os animais estão bem e que o RioZoo está funcionando normalmente. Post do RioZoo desmente que os tigres tenham fugido Reprodução/ Facebook As mensagens compartilhadas em páginas de bairro informaram que helicópteros sobrevoaram o local e agentes de segurança fizeram um cerco para tentar resgatar os animais. Algumas postagens destacaram que a informação não havia sido confirmada, mas compartilharam o boato mesmo assim. Repercussão do boato sobre tigres no Twitter nesta quinta Reprodução/ Twitter É ou não é?’, seção de fact-checking (checagem de fatos) do G1, tem como objetivo conferir os discursos de políticos e outras personalidades públicas e atestar a veracidade de notícias e informações espalhadas pelas redes sociais e pela web. Sugestões podem ser enviadas pelo VC no G1, pelo Fale Conosco ou pelo Whatsapp/Viber, no telefone (11) 94200-4444, com a hashtag #eounaoe.
    Parque Nacional do Itatiaia, no Sul do Rio, registra temperatura negativa nesta quinta-feira

    Parque Nacional do Itatiaia, no Sul do Rio, registra temperatura negativa nesta quinta-feira


    Segundo Inmet, termômetros marcaram -1.3ºC, por volta das 5h. Mínima mais baixa foi de -2.5ºC, pela manhã, às 7h. Itatiaia registrou temperatura abaixo de zero O Parque Nacional do Itatiaia, no Sul do Rio de Janeiro, registrou temperatura...


    Segundo Inmet, termômetros marcaram -1.3ºC, por volta das 5h. Mínima mais baixa foi de -2.5ºC, pela manhã, às 7h. Itatiaia registrou temperatura abaixo de zero O Parque Nacional do Itatiaia, no Sul do Rio de Janeiro, registrou temperatura negativa na madrugada desta quinta-feira (12). Segundo a estação do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que fica dentro da reserva, a 2.452 metros de altitude, os termômetros marcaram -1.3ºC, por volta das 5h. A mínima mais baixa foi de -2.5ºC, pela manhã, às 7h. A região de Visconde de Mauá, em Resende, registrou 5ºC nesta manhã. A meteorologia previa uma madrugada mais gelada e com ventos, depois da passagem de uma frente fria — quando uma massa de ar frio deixa a mínima mais baixa. O recorde deste ano na reserva foi marcado no outono : - 4.6 ºC. Com a chegada do inverno, o turismo comemora a alta temporada, atingindo 70% de ocupação na região de Visconde de Mauá e Itatiaia. Segundo a secretaria do parque, nos finais de semana, o número de visitantes chega a 800 por dia, em períodos de tempo frio. Quinta-feira registrou temperaturas baixas em Visconde de Mauá Reprodução/TV Rio Sul
    Senado aprova MP que liberou R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio de Janeiro

    Senado aprova MP que liberou R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio de Janeiro


    Medida provisória foi editada por Temer em 27 de março e precisava ser aprovada pelo Congresso para virar lei em definitivo. Texto segue sanção presidencial. Senadores reunidos no plenário durante a sessão desta quarta-feira (11) Waldemir...


    Medida provisória foi editada por Temer em 27 de março e precisava ser aprovada pelo Congresso para virar lei em definitivo. Texto segue sanção presidencial. Senadores reunidos no plenário durante a sessão desta quarta-feira (11) Waldemir Barreto/Agência Senado O Senado aprovou nesta quarta-feira (11) a medida provisória (MP) que liberou R$ 1,2 bilhão para as ações relacionadas à intervenção federal na área de segurança pública do Rio de Janeiro. Como o texto já foi aprovado pela Câmara dos Deputados, seguirá para sanção do presidente Michel Temer. Editada por Temer em 27 de março, a MP já está em vigor desde a publicação, mas precisava ser aprovada pelo Congresso Nacional para virar uma lei em definitivo. A intervenção na segurança do Rio de Janeiro foi decretada pelo governo federal em fevereiro deste ano e deverá durar até o fim de dezembro. Na ocasião em que a intervenção foi decretada, o governo federal argumentou que o estado enfrenta uma situação "dramática" e, por isso, a presença dos militares nas ações de segurança foi necessária. Críticas à intervenção Durante a votação da medida provisória, o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), declarou voto a favor da MP, mas criticou a intervenção. "O senhor sabe quanto foi gasto desses R$ 1,2 bi? R$ 30 mil. É uma desmoralização. Intervenção que não foi levada a sério não existe. (...) Essa intervenção não passa de jogada que foi feita naquele momento", afirmou Lindbergh. Não houve, durante a sessão, discursos a favor da intervenção. Militares e policiais fazem maior operação desde que a intervenção foi decretada no Rio Cargos da intervenção Os senadores também aprovaram nesta quarta uma outra medida provisória, a que criou o cargo de interventor federal no Rio e mais 66 cargos em comissão e funções comissionadas para o gabinete de intervenção. A MP definiu que os cargos e funções serão extintos em 30 de abril e em 30 de junho de 2019. Os ocupantes ficarão automaticamente exonerados ou dispensados nessas datas. O texto segue para sanção do presidente Michel Temer.
    Festival comemora Dia Nacional do Peru no Rio

    Festival comemora Dia Nacional do Peru no Rio


    Evento promovido pelo consulado do Peru terá pintura facial, aulas de culinária, venda de artesanato, exibição de filmes, fotografia e apresentações de músicas populares do país. Jovem exibe pintura facial com a bandeira do Peru Divulgação/...


    Evento promovido pelo consulado do Peru terá pintura facial, aulas de culinária, venda de artesanato, exibição de filmes, fotografia e apresentações de músicas populares do país. Jovem exibe pintura facial com a bandeira do Peru Divulgação/ Guillermo Leon A cultura peruana desembarca no Rio de Janeiro no sábado (28) trazendo exemplos da gastronomia, cinema, música, fotografia e artesanato dos nossos vizinhos da América do Sul. O festival em comemoração ao Dia Nacional do Peru (28 de julho) será no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas das 10h às 18h e contará com a presença de chefs peruanos que vão preparar pratos típicos, doces e coquetéis, como o famoso Pisco Sour. A programação também inclui a exibição de filmes e documentários sobre o Peru, aulas de pisco sour e ceviche, demonstração para tocar o cajón peruano, dJs, um conjunto de músicas peruanas e exposições fotográficas temáticas sobre aspectos marcantes da cultura e história do país. A festa é uma realização do Consulado Geral do Peru no Rio de Janeiro em parceria com a Prefeitura do Rio e a Secretaria Municipal de Cultura. O Ceviche é um prato típico no Peru Divulgação Festival Peruano Local: Centro Cultural Municipal Parque Ruínas / Rua Murtinho Nobre, 169 - Santa Teresa Data: 28 de julho, das 10h às 18h Entrada franca Artesanato peruano será vendido no evento Divulgação
    Carnaval 2019: União da Ilha vai mostrar o Ceará na visão de poetas; Beija-Flor quer aproximar a cultura e educação

    Carnaval 2019: União da Ilha vai mostrar o Ceará na visão de poetas; Beija-Flor quer aproximar a cultura e educação


    Com enredo lúdico, Severo Luzardo quer aproximar a cultura popular e educação. Beija-Flor vai celebrar seus 70 anos. Unidos da Tijuca apresenta seu enredo nesta quarta-feira. União da Ilha vai mostrar o Ceará na visão dos escritores José de...


    Com enredo lúdico, Severo Luzardo quer aproximar a cultura popular e educação. Beija-Flor vai celebrar seus 70 anos. Unidos da Tijuca apresenta seu enredo nesta quarta-feira. União da Ilha vai mostrar o Ceará na visão dos escritores José de Alencar e Rachel de Queiroz, no carnaval de 2019 União da Ilha do Governador/Divulgação A União da Ilha do Governador vai reunir dois expoentes da literatura brasileira na Sapucaí, no carnaval de 2019. Com o enredo “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, o carnavalesco Severo Luzardo vai mostrar o Ceará retratado por Rachel de Queiroz e José de Alencar em suas obras. Com a leveza que marca o seu trabalho, Luzardo vai levar para a avenida uma proposta lúdica e prazerosa, que aproxima cultura popular e educação. “Bordaremos com palavras, versos e memórias, a celebração do encontro entre dois expoentes da literatura brasileira”, diz o carnavalesco na sinopse que foi entregue aos compositores da União da Ilha. Nas obras desses dois autores sempre há uma visão do povo, da história e da cultura do Ceará, desde os saberes passados de pai para filho e assombrações que povoam o imaginário popular da terra cercada de mar, mas com o chão emoldurado pela seca do sertão. E as demonstrações de fé embalada em oração e festejada ao som da sanfona e do cordel. Beija-Flor vai contar seus 70 anos de carnaval A Beija-Flor de Nilópolis também divulgou seu enredo nesta terça-feira (10) para 2019. A atual campeã do carnaval carioca vai exaltar os seus grandes desfiles na busca pelo de mais um título. O enredo ''Quem não viu, vai ver... As fábulas do Beija-Flor'', está sendo desenvolvido pelo comissão de carnaval formada por Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco. O enredo, entre outras coisas vai celebrar os 70 anos que a Beija-Flor completa no dia 25 de dezembro. A ideia inicial partiu do presidente de honra da escola Anísio Abraão David. Mas a comissão faz questão de frisar que não se trata de uma simples reedição de enredo, mas de uma nova leitura dos carnavais memoráveis da azul e branco de Nilópolis. A Unidos da Tijuca programou divulgar seu enredo na noite desta quarta-feira (11), na quadra da escola. Até lá, compositores e componentes ficarão na expectativa. Todo o trabalho está cercado de segredo, ainda mais com a integração de Fran-Sérgio e Laíla à comissão de carnaval formada por Annik Salmon, Hélcio Paim e Marcus Paulo. Vejas os enredos das outras escolas do Grupo Especial Unidos do Viradouro: “Viraviradouro”, de Paulo Barros Acadêmicos do Salgueiro: “Xangô”, de Alex de Souza Imperatriz Leopoldinense: “Me dá um dinheiro aí”, de Kaká e Mário Monteiro Império Serrano: “O que é, o que é?”, de Paulo Menezes São Clemente: “E o samba sambou”, reeditado por Jorge Silveira Unidos de Vila Isabel: “Em nome do pai, do filho e dos santos – a Vila canta a cidade de Pedro”, de Edson Pereira Mocidade Independente de Padre Miguel: “Eu sou o tempo. O tempo é vida”, de Alexandre Louzada Paraíso do Tuiuti: “O salvador da pátria”, de Jack Vasconcellos Portela: “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir uma Sabiá”, de Rosa Magalhães Estação Primeira de Mangueira: “História para ninar gente grande”, de Leandro Vieira Acadêmicos do Grande Rio: “Quem nunca...? Que atire a primeira pedra”, de Márcia e Renato Lage União da Ilha do Governador: “A peleja poética entre Rachel e Alencar no avarandado do céu”, de Severo Luzardo Beija-Flor de Nilópolis: "'Quem não viu, vai ver... As fábulas do Beija-Flor'', de Cid Carvalho, Bianca Behrands, Victor Santos, Léo Mídia e Rodrigo Pacheco

    Bandas que tocaram no carnaval esperam cachê da Prefeitura do Rio há cinco meses


    Músico que há 20 anos se apresenta no carnaval carioca diz que isso nunca aconteceu. Pelo contrato, bandas receberiam R$ 10 mil pelos quatro dias de trabalho. Músicos contratados pela Prefeitura do Rio para tocar no carnaval 2018 não foram...

    Músico que há 20 anos se apresenta no carnaval carioca diz que isso nunca aconteceu. Pelo contrato, bandas receberiam R$ 10 mil pelos quatro dias de trabalho. Músicos contratados pela Prefeitura do Rio para tocar no carnaval 2018 não foram pagos Mais de cem músicos contratados pela Prefeitura do Rio para tocar no carnaval desse ano estão sem receber até hoje. Dezesseis bandas foram selecionadas para tocar durante os quatro dias de folia e o combinado com a prefeitura era que cada uma receberia R$ 10 mil pelos quatro dias de trabalho. Mas cinco meses depois do evento ninguém viu a cor desse dinheiro. O músico Lassaval Farias diz que a Riotur informa toda semana que o pagamento vai sair, mas até agora, nenhuma das bandas recebeu. “Agora, estou sabendo que nem previsão para efetuar o pagamento eles têm. Alguns estão mais necessitados. Eu, por exemplo, fiz um empréstimo para pagar alguns músicos que estavam precisando. A gente, infelizmente, depende desse dinheiro”, disse Farias. Ele contou que já toca no carnaval carioca há 20 anos e nunca passou por situação semelhante. Antigamente, 45 dias antes do carnaval eles pagavam 50% do cachê às bandas selecionadas. E, no máximo, 45 dias depois do evento quitavam o pagamento. “Cinco meses sem receber, nunca tinha acontecido. Primeira vez que acontece isso e os músicos estão muito tristes, muito chateados com isso”, afirmou Farias. A Riotur informou, através de nota, que vem mantendo diálogo constante com a Secretaria Municipal de Fazenda para buscar esse dinheiro e que espera, apesar dos entraves burocráticos da crise financeira, a previsão de pagamento aconteça o quanto antes. Mas não precisou uma data para cumprir o que foi acordado em contrato com as bandas.
    Câmara aprova MP que liberou R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio de Janeiro

    Câmara aprova MP que liberou R$ 1,2 bilhão para intervenção no Rio de Janeiro


    Medida provisória foi editada por Temer em 27 de março e precisa ser aprovada pelo Congresso para virar lei em definitivo. Texto segue para análise do Senado. Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a sessão desta terça-feira (10) Luis...


    Medida provisória foi editada por Temer em 27 de março e precisa ser aprovada pelo Congresso para virar lei em definitivo. Texto segue para análise do Senado. Deputados reunidos no plenário da Câmara durante a sessão desta terça-feira (10) Luis Macedo/Câmara dos Deputados A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (10) a medida provisória (MP) que liberou R$ 1,2 bilhão para as ações relacionadas à intervenção federal na área de segurança pública do Rio de Janeiro. O texto segue para análise do Senado. Editada pelo presidente Michel Temer em 27 de março, a MP já está em vigor desde a publicação, mas precisa ser aprovada pelo Congresso Nacional para virar uma lei em definitivo. A intervenção foi decretada por Temer em fevereiro deste ano e deve durar até dezembro. A MP não detalha como os recursos deverão ser usados. Durante a sessão, deputados aliados ao governo afirmaram que o dinheiro servirá para custear: compra de veículos; armamento; munição; contratação de serviços e pessoal. Diante da falta de detalhamento no texto da MP, deputados da oposição fizeram discursos para criticar o governo. "Nós queremos acompanhar e cobrar cada centavo desse dinheiro para formação policial, proteção de testemunha e investigações", afirmou Chico Alencar (PSOL-RJ), por exemplo. "Vai se comprovando na vida real que essa intervenção foi uma decisão improvisada de marketing político, não deu soluções ao problemas de segurança no Rio de Janeiro, porque as marcas foram mais mortes e nenhuma solução. Vamos votar a favor para contribuir com soluções que ainda não vieram", declarou Jandira Faghali (PCdoB-RJ), também presente à sessão. Militares e policiais fazem maior operação desde que a intervenção foi decretada no Rio arC Cargos para a intervenção Os deputados ainda aprovaram, já no início da madrugada nesta quarta (11), a MP que criou o cargo de interventor federal do Rio de Janeiro, além de outros 66 cargos em comissão e funções comissionadas para o gabinete. Pelo texto, os cargos e as funções de confiança serão extintos em 30 de abril e em 30 de julho de 2019, ficando os ocupantes automaticamente exonerados e dispensados. A MP recebeu crítica de deputados da base e da oposição. Na avaliação de alguns parlamentares, não é o momento de criar cargos. Isso porque o governo vem enfrentando uma série de ajustes fiscais. O deputado Pedro Paulo (DEM-RJ), por exemplo, afirmou que o custo será de R$ 7 milhões por ano, valor que poderia ser melhor investido em munição, infraestrutura ou equipamentos. A relatora da MP, Laura Carneiro (DEM-RJ), rebateu. "Essa MP é simples, são cargos do interventor e sua cúpula. Não são cargos que vão durar para sempre, é apenas a organização da intervenção no Rio de Janeiro", afirmou.
    Empresária presa na Operação Ressonância da PF em Juiz de Fora é libertada

    Empresária presa na Operação Ressonância da PF em Juiz de Fora é libertada


    Defesa de empresária preferiu não se manifestar. Polícia Federal e Ministério Público investigam fraudes na Saúde envolvendo grandes empresas. Empresária de Juiz de Fora foi presa durante ação da Operação Ressonância da Polícia Federal no...


    Defesa de empresária preferiu não se manifestar. Polícia Federal e Ministério Público investigam fraudes na Saúde envolvendo grandes empresas. Empresária de Juiz de Fora foi presa durante ação da Operação Ressonância da Polícia Federal no dia 4 de julho Reprodução/TV Integração A empresária Daniele Cristine Fazza da Veiga, presa durante cumprimento de mandados da Operação Ressonância, deixou a Penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires na tarde de sexta-feira (6), em Juiz de Fora. Nesta ação, Polícia Federal e Ministério Público investigam fraudes na Saúde envolvendo grandes empresas. No dia 4 de julho, foram cumpridos 22 mandados de prisão e 43 de busca e apreensão em diferentes cidades do país. A empresária foi beneficiada por um alvará de soltura, segundo a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap). Procurada pela reportagem, a defesa da empresária preferiu não se manifestar no momento. O G1 entrou em contato com a Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde a operação foi deflagrada, solicitando informações e aguarda retorno. Prisão A empresária foi presa no dia 4 de julho, durante cumprimento de mandado de prisão temporária e outro de busca e apreensão dentro da Operação "Ressonância" em Juiz de Fora. De acordo com as informações divulgadas pela PF, ela seria suspeita de lavagem de dinheiro. Pesquisas na internet apontam duas empresas no nome da empresária. Uma delas é a Moriah Comércio de Alimentos Eireli – Epp, que foi aberta em 2015 e teria como endereço uma loja em um shopping da cidade. De acordo com uma empresa de contabilidade, a firma encerrou atividades recentemente. A assessoria do Shopping Jardim Norte confirmou que a loja fechou há alguns meses e não faz mais parte do local. Operação Ressonância De acordo com as informações divulgadas pela PF, delatores dão conta de que havia um "clube do pregão internacional" e que as fraudes prosperaram entre 1996 e 2007. O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, expediu 22 mandados de prisão no Rio, SP, MG, além de outros três estados e no Distrito Federal (DF). De acordo com a PF, em São Paulo sete dos oito mandados de prisão foram cumpridos durante a manhã. Um procurado estaria em Miami. Resumo São 13 mandados de prisão preventiva e 9 de temporária expedidos pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. Há 43 mandados de busca e apreensão Cerca de 180 policiais federais participaram da operação dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Paraíba, Minas Gerais e no Distrito Federal Soltos por Gilmar Mendes, os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita têm contra si novos mandados de prisão Sérgio Côrtes, secretário de Saúde de Sérgio Cabral preso com Iskin e Estellita, é intimado a depor Os conglomerados atraíram empresas fornecedoras e formaram cartel para direcionar as compras de equipamentos médicos. Para tal, agiam para manter a direção no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) O esquema duraria até dia 4 e não foi interrompido nem com a prisão do trio Nesta ação, são investigadas 37 empresas e os crimes de formação de cartel, corrupção, fraude em licitações, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Segundo a PF, havia interesse de multinacionais em manter a direção do Into, em volta do qual criou-se o cartel para direcionar os vencedores e os valores a serem pagos nos contratos de fornecimento do Instituto. O nome da operação é uma referência ao tipo de exame médico utilizado para diagnosticar a existência de doenças e a sua extensão. A Operação Ressonância mobiliza o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro, o Conselho de Defesa Administrativa, o Tribunal de Contas da União, a Controladoria-Geral da União, a Receita Federal e a Polícia Federal.
    Goiânia tem 605,3 mil carros e possui a 6ª maior frota do país, aponta estudo

    Goiânia tem 605,3 mil carros e possui a 6ª maior frota do país, aponta estudo


    Pesquisa da CNM concluiu que capital goiana tem 1 carro para cada 2,42 habitantes; No número de motos, a cidade fica em 4º no ranking, com 291.613 veículos. Pesquisa aponta que Goiânia tem a 6ª maior frota de carros do Brasil Um estudo da...


    Pesquisa da CNM concluiu que capital goiana tem 1 carro para cada 2,42 habitantes; No número de motos, a cidade fica em 4º no ranking, com 291.613 veículos. Pesquisa aponta que Goiânia tem a 6ª maior frota de carros do Brasil Um estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM) concluiu que Goiânia, apesar de ter a 11ª maior população do país, já é a cidade com a 6ª maior frota de carros do Brasil, com 605,3 mil veículos circulando. Já em relação às motos são 291,6 mil, ocupando o 4ª lugar no ranking. Enquanto a média nacional é de 1 carro para 3,89 habitantes, na capital goiana a proporção é de 1 para 2,42 habitantes. Segundo Marcos Rotten, especialista em trânsito, o aumento de veículos ocasiona a queda no índice de qualidade de vida e pode gerar vários problemas urbanos. “Isso vai trazendo uma supertolatação da cidade, das ruas. Quando você vai morar em um lugar, você tem que pensar na sua mobilidade. Como é que eu vou me locomover? E a cidades têm que se planejar também. Ou seja, uma política urbana para incentivar o adensamento, para as pessoas morarem mais próximas para evitar o grande deslocamento”, disse. A pesquisa da CNB foi divulgada em junho pela instituição. O estudo cruzou dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Conforme o Denatran, a frota de carros do país aumentou 3,30% em relação ao ano passado. Já a de motos subiu 3,44%. Com relação ao número de carros, Goiânia fica atrás das cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Curitiba. Já em relação às motos, a capital goiana só perde para a capital paulista, Rio de Janeiro e Fortaleza. A pesquisa também revelou que em 48, dos 246 municípios goianos há mais motos do que carros. O profissional autônomo Nelito Soares da Silva afirma que tem medo de que a frota aumente ainda mais e o trânsito de Goiânia fique ainda mais complicado. Ele afirma que utiliza o carro porque tem que percorrer grandes distâncias e o transporte público não demonstra eficiência. “É péssimo, se todo mundo for ter dois, três [carros], o trânsito congestiona”, desabafou. Goiânia tem mais de 605 mil carros circulando no trânsito TV Anhanguera/Reprodução E os ônibus? A frota de ônibus de Goiânia não segue a mesma proporção e ocupa, segundo o levantamento da CNM, o 8º lugar no ranking das cidades do país, com 6,7 mil veículos. A população, volta e meia, reclama que o número de ônibus e circulando no sistema de transporte coletivo da cidade é insuficiente. As empresas, por sua vez, afirmam que cumprem o que rege o contrato. O estudo afirma que o transporte coletivo, por meio de ônibus, permite a utilização eficiente do espaço urbano, já que os ônibus ocupam espaço menor na malha viária e são responsáveis por transportar 70% da população. A frota brasileira de ônibus coletivos totaliza 616 mil veículos. São Paulo é a cidade com a maior frota de ônibus, com 44,7 mil veículos, 25,6% do total do país. A cidade é seguida por Rio de Janeiro, com 17,4 mil, Brasília, com 12,4 mil, Salvador e Belo Horizonte, ambas com 8,7 mil, Manaus, 7,6 mil, Belo Horizonte, 7,1 mil e em 8º lugar Goiânia, com 6,7 mil. População que tem carro não usa ônibus por conta de superlotação, em Goiânia TV Anhanguera/Reprodução Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
    Um Programão na Biblioteca Nacional

    Um Programão na Biblioteca Nacional


    Depois de quatro anos em obras, a Biblioteca Nacional volta a exibir a sua imponente fachada e oferece visitas guiadas de graça. Um Programão na Biblioteca Nacional Uma boa forma para conhecer a Biblioteca Nacional é participar da visita guiada...


    Depois de quatro anos em obras, a Biblioteca Nacional volta a exibir a sua imponente fachada e oferece visitas guiadas de graça. Um Programão na Biblioteca Nacional Uma boa forma para conhecer a Biblioteca Nacional é participar da visita guiada gratuita, que acontece de segunda a sábado. O passeio começa no saguão principal do prédio, que foi inaugurado em 1910. As portas vieram da Inglaterra , o corrimão - banhado a ouro - da Alemanha, e os vitrais, da França. O edifício foi um dos primeiros do Rio a ter energia elétrica. A guia Natália Dietrich detalha: "As nossas visitas orientadas duram aproximadamente uma hora. Nós atendemos o público em inglês, espanhol e português e recebemos uma média de vinte pessoas a cada horário. Quem participa dessa visita guiada não tem acesso à nenhuma sala pesquisa, nem de leitura. Todas as informações são passadas em ambientes protegidos por vidros, mas dá pra ver muito bem o que tem dentro. Para conhecer as salas, é necessário estar fazendo algum tipo de pesquisa e se credenciar na Biblioteca. Também é de graça! Na visita guiada , o grupo conhece o Setor dos Atlas, Dicionários, Enciclopédias, Guias e Manuais; com mais de dois mil dicionários e três milhões de jornais. A próxima parada é no Setor de Iconografia, com aquarelas, gravuras e projetos arquitetônicos. Lá estão guardadas, por exemplo, as fotos feitas em 1888 de Dom Pedro II e Dona Teresa Cristina Maria, na Itália; e uma das primeiras obras impressas no mundo, em 1493. Todo mobiliário dessa sala é original de 1910 , feito com ferro e aço. No Salão de Obras Gerais, encontramos milhares de livros de português, matemática, idiomas e publicações para concursos. Já no terceiro andar, as pessoas vão conhecer o Setor de Manuscritos , que são armazenados em dezessete quilômetros de estantes. Neste lugar está guardado um evangeliário grego, do século 11, com os evangelhos de Matheus, Marcos Lucas e João. É o único no mundo e o mais antigo da América Latina E, pra fechar a visita, a Sala de Obras Raras. A Coordenadora de Promoção e Difusão Cultural , Suely Dias , explica: "A Divisão de Obras Raras é onde nós temos armazenados os tesouros da Biblioteca Nacional. Um tesouro guardado em cofres." Mas o tesouro maior, é a própria Biblioteca Nacional! Maria Eduarda Marques, diretora da Biblioteca Nacional, arremata: "Essa é oitava maior biblioteca do mundo, considerada pela UNESCO. Essa é a casa da memória, é a casa dos livros, é a casa do conhecimento." Um Programão!!! Biblioteca Nacional Av. Rio Branco, 219 - Cinelândia Visitas guiadas: de segunda a sexta, das 10h às 17h sábados, das 10h30 às 14h30 entrada grátis classificação livre Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Programe o seu final de semana: Ludmilla, Sorriso Maroto, Dorina, Silva e teatro de graça

    Programe o seu final de semana: Ludmilla, Sorriso Maroto, Dorina, Silva e teatro de graça


    Tem mais: espetáculo infantil gratuito na Arena Chacrinha, em Guaratiba, com os palhaços Espoleta e Zureba Fábio Júdice dá muitas dicas para o final de semana Ludmilla e Sorriso Maroto Tradição Show - hoje, às 23h Estrada Intendente...


    Tem mais: espetáculo infantil gratuito na Arena Chacrinha, em Guaratiba, com os palhaços Espoleta e Zureba Fábio Júdice dá muitas dicas para o final de semana Ludmilla e Sorriso Maroto Tradição Show - hoje, às 23h Estrada Intendente Magalhães, 160 Vila Valqueire ingresso a partir de R$15 classificação 18 anos Silva Theatro Net Rio - Copacabana hoje, às 19h e 21h / domingo, às 19h Rua Siqueira Campos, 143 ingresso a partir de R$40 (meia) classificação 12 anos Dorina hoje , às 20h Teatro Ziembinski Av. Heitor Beltrão, s/n - Tijuca ingresso a partir de R$20 (meia) classificação 16 anos "O Enxoval" Espaço Furnas Cultural sábado a domingo, às 19h até 15 de julho entrada grátis classificação 12 anos Espoleta & Zureba domingo, às 16h Arena Chacrinha - Guaratiba Rua Soldado Elizeu Hipólito, 138 entrada grátis classificação livre Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Paula Burlamaqui e Yuri Ribeiro estão no espetáculo  'Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste?'

    Paula Burlamaqui e Yuri Ribeiro estão no espetáculo 'Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste?'


    A comédia romântica, que brinca com as idas e vindas de um casal de idades e experiências diferentes, está no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea. Paula Burlamaqui e Yuri Ribeiro: "Vou deixar de ser feliz por medo ficar triste? 'Vou deixar de...


    A comédia romântica, que brinca com as idas e vindas de um casal de idades e experiências diferentes, está no Teatro das Artes, no Shopping da Gávea. Paula Burlamaqui e Yuri Ribeiro: "Vou deixar de ser feliz por medo ficar triste? 'Vou deixar de ser feliz por medo de ficar triste?' Teatro das Artes - Shopping da Gávea Rua Marquês de São Vicente, 52 sextas e sábados, às 21h domingos, às 20h ingresso a partir de R$ 40 (meia) classificação 12 anos Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Dicas de casa variadas: maratona de samba, concerto no Theatro Municipal e muitos arraiás na cidade

    Dicas de casa variadas: maratona de samba, concerto no Theatro Municipal e muitos arraiás na cidade


    Tem também os 50 anos do Bar Bip Bip, em Copacabana, com homenagem a Wilson Batista. Telespectadores dão dicas para o final de semana Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA DO CARLOS LEANDRO...


    Tem também os 50 anos do Bar Bip Bip, em Copacabana, com homenagem a Wilson Batista. Telespectadores dão dicas para o final de semana Mande suas dicas para o whatsapp 994242523, ou pelas redes sociais no @judicefabio DICA DO CARLOS LEANDRO 'JABÁ' Maratona do Samba hoje e amanhã, das 18h às 23h Pracinha de Nova Iguaçu Rua Anápolis, 54 - Bairro Nova América Nova Iguaçu ENTRADA GRÁTIS CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DA EMILY AMARAL Arraiá Arteiros hoje, a partir das 19h Espaço Arteiros Rua Daniel, 84 - Apês Cidade de Deus ENTRADA GRÁTIS CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DA JULIANA GOMES 50 Anos do Bip Bip Homenagem a Wilson Batista hoje, às 20h Sala Baden Powell Av. N. Sra. de Copacabana. 360 INGRESSO A PARTIR DE R$15 CLASSIFICAÇÃO 16 ANOS DICA DO AROLDO TIMÓTEO JR. Arraiá do Revelação Participação Trio Balanço Bom e Samba em Questão domingo, a partir das 15h Renascença Clube Rua Barão de São Francisco, 54 Andaraí INGRESSO R$ 25,00 (até às 17h) / R$ 30 (após às 17h) CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DA TALI MIGUEL Pequena Missa Solene Música de Gioachino Rossini domingo, às 17h Theatro Municipal - Cinelândia PREÇO ÚNICO: R$ 10 CLASSIFICAÇÃO LIVRE DICA DO PEDRO HENRIQUE GUIMARÃES Arraiá do Mundo Bita domingo, a partir das 14h Jeunesse Arena Av. Embaixador Abelardo Bueno, 3401 Barra da Tijuca INGRESSO A PARTIR DE R$40 (meia) CLASSIFICAÇÃO LIVRE Dicas do Fábio Júdice Editoria de Arte/G1
    Brasil eliminado da Copa: como ajudar crianças a superar a frustração

    Brasil eliminado da Copa: como ajudar crianças a superar a frustração


    É triste para todos, mas a eliminação do Brasil pode ser uma oportunidade para ensinar crianças a lidar com o sentimento. Confira como orientar os torcedores mirins. Criança brinca antes da transmissão do jogo Brasil contra a Costa Rica, no...


    É triste para todos, mas a eliminação do Brasil pode ser uma oportunidade para ensinar crianças a lidar com o sentimento. Confira como orientar os torcedores mirins. Criança brinca antes da transmissão do jogo Brasil contra a Costa Rica, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, no dia 22 de junho Fábio Tito/G1 Nunca é fácil lidar com frustração: a sensação de aperto no peito, aquela alegria "extra" da idealização da vitória que desapareceu. Ver o Brasil ser eliminado da Copa, então... Mas não adianta fingir que nada aconteceu, dizem especialistas. Para quem viu o jogo e colocou expectativa na vitória, a decepção certamente virá. Adultos têm mais facilidade para seguir adiante: a rotina volta ao normal e há maior entendimento sobre como funciona a natureza do esporte. Sabemos que há uma alternância natural entre ganhar e perder. Crianças, no entanto, podem levar mais tempo para chegar a esse entendimento e precisam de ajuda. Uma boa orientação nessa hora pode ser a diferença tanto para lidar com a frustração momentânea quanto para aprender a superar possíveis decepções futuras, dizem especialistas. "Algumas crianças não têm ferramentas para lidar com frustração. Será um momento propício para conversar sobre tolerância, sobre expectativas, sobre a natureza da vida e do esporte", explica Rodolfo Rasmusen, psicólogo especialista em esporte em São Paulo. O psicólogo explica que nem todos os pequenos vão agir da mesma forma. O nível de frustração vai depender de cada torcedor mirim -- e dificilmente vai estar atrelado ao momento da partida somente. A criança entende a natureza do esporte? Tem bons exemplos em casa? Aprendeu a lidar com frustrações em outras situações? Ela teve muita expectativa? Cristiano Oliveira, de 10 anos, . Ele comemora todos os aniversários com o tema futebol. Ele conta que ficou depressivo na eliminação do Brasil em 2014, mas conseguiu se distrair e esquecer Arquivo Pessoal "A frustração é proporcional à expectativa. O ambiente familiar influencia muito a expectativa da criança. Mas ela também tem sua esperança individual, como sujeito. Sua reação vai depender de como ela lidou com experiências prévias de frustração", diz Rasmusen. O ambiente familiar e a expectativa podem ter contribuído para a frustração de Caio Oliveira Mello Miranda, 14, na eliminação do Brasil durante a Copa de 2014 no fatídico 7x1 contra a Alemanha. Ele tinha 9 anos na época e viu o jogo com toda a família em Petrolina (PE). "Todos falavam que o Brasil ia ganhar porque tinha um bom time. Também diziam que o Brasil teria mais garra porque o Neymar se machucou. Quando o jogo começou, e eu vi o Brasil levando uma surra, chorei muito. Não achava que aquilo ia acontecer. Quis parar de torcer para o Brasil" -- Caio Oliveira Mello (14). O torcedor mirim atribuiu sua frustração em 2014 ao seu baixo entendimento de futebol. "Todo mundo falava que o time era o melhor, então, eu acreditava", diz. "Hoje em dia olhando melhor, aquele time que nós tínhamos era muito ruim. Não tínhamos a menor chance de ganhar a Copa. Estavamos iludidos", continua Caio. Caio demonstra que conseguiu lidar com a frustração e compreender como funciona o futebol com o passar do tempo, a exemplo da orientação de psicólogos. De fato, algumas crianças podem inclusive lidar melhor que adultos: sabem que perder o jogo faz parte e conseguem até "apostar" numa possível derrota do Brasil. O estudante capixaba Felipe José Nader Ribeiro, de 14 anos, por exemplo, chegou a ganhar um bolão na Copa de 2014 ao acertar que a Alemanha venceria o Brasil por 7 x1. "Eu não torci contra o Brasil de jeito nenhum, mas achei que o time da Alemanha era muito melhor naquele momento", justifica. "Foi um susto muito grande. Só foi bom porque ganhei o dinheiro, mas não torcia para a Alemanha. Só vi que o Brasil não estava bem" - Felipe José Nader (14). Há também os que ficam tristes, mas têm a habilidade de lidar com o que aconteceu, nomeando o sentimento, conseguindo conversar sobre. O pequeno Pedro Rodrigues, "de quase sete anos", como ele mesmo pontua, diz que o que sentiu durante o 7 x1 contra a Alemanha ficou guardado. “Estava na casa dos meus avós, em Teresópolis, próximo à Granja Comary. Lembro de como aquele jogo deixou todos muito tristes. Aquilo ficou guardado. Era tristeza mesmo, sabe? -- Pedro Rodrigues (7 anos), sobre a derrota do Brasil contra a Alemanha. Cristiano Oliveira, de 10 anos, de Teresina (PI) apesar da pouca idade, também lembra do 7x1 da Copa de 2014 e se utilizou da distração para vencer a frustração. "Foi uma sensação de tristeza. Fiquei meio depressivo. Eu jogava bola com os meus amigos. Tentava esquecer", conta. Apesar da diferença entre adultos e crianças, entretanto, um ponto importante é que torcedores mirins comumente vão lidar com a frustração de maneira muito semelhante aos pais. "Elas tendem a seguir e ser o espelho dos pais", diz Alberto Santos, psicólogo do esporte em São Paulo. "Se a criança tem modelos consistentes de como lidar bem com a frustração, se tem familiares que costumam lidar bem com isso, ela vai passar por isso sem maiores problemas", afirma Santos. O pequeno Kaio Vitor, 11, do Rio de Janeiro, diz que ficou 'tentando esquecer' a derrota do Brasil contra a Alemanha. 'Consegui mais ou menos', diz. Arquivo Pessoal Como ajudar a criança a superar a frustração: A frustração é normal. Ela ajuda a criança a se tornar mais forte, mais resiliente. Caso a criança chore, promova acolhimento: abrace, explique, converse sobre o assunto. Não mascare o ocorrido, desviando a atenção da criança para doces ou outros assuntos. Aproveite a oportunidade para explicar o que aconteceu. O desvio pode acontecer depois da conversa. Converse sobre o que aconteceu, explicando a natureza do esporte e da vida. Exemplos de superação e histórias são boas maneiras de explicar o ciclo do esporte e da vida, dizem especialistas. Há uma alternância natural entre ganhar e perder. Na Copa do Mundo, uma maneira de ajudar na superação é explicar toda a preparação para um campeonato como esse e discorrer sobre as dificuldades. Trata-se de um ciclo de quatro anos, com ótimas seleções, e muita preparação. Especialistas também sugerem valorizar os ganhos do processo e relembrar os bons momentos do Mundial. Cabe controlar um pouco a frustração da própria família. Segundo especialistas, claro que todo mundo tem o direito e vai ficar triste, mas a criança absorve o sentimento do entorno. Observe como a criança lidou com a eliminação. A dificuldade de frustração ocorreu em outros momentos e as conversas não têm sido eficazes? Se sim, talvez seja o caso de procurar ajuda. De modo geral, a frustração é um processo natural, mas níveis muito altos de frustrações, dizem especialistas, indicam que há questões para além do jogo. Há que considerar a experiência da criança em outras situações; e, se for o caso, buscar ajuda. "Dependendo do grau dessa frustração e de outras circunstâncias em que ela se apresente, pode ser necessária uma investigação mais profunda", diz Alberto Santos. "Um caso isolado como um jogo nunca vai ser indicativo de uma patologia ou de algo mais grave. É necessário investigar o conjunto" -- Rodolfo Rasmusen, psicólogo especialista em esporte em São Paulo. O pequeno Guilherme Pinto Soares, 11 anos, aprendeu a comemorar as pequenas vitórias e acreditar na 'volta por cima' Arquivo Pessoal Oportunidade para aprender a lidar com a frustração A eliminação do Brasil, contudo, pode dar espaço para oportunidades importantes na experiência emocional da criança, como o desenvolvimento da tolerância. O esporte é uma circunstância propícia para ajudar no desenvolvimento de uma maior resistência à frustração, dizem psicólogos,. "É um bom momento para todos os pais de trabalhar a questão da derrota. E não só no esporte. É possível demonstrar que a vida em geral tem de seguir, independente das frustrações pontuais", afirma Rodolfo Rasmusen. Especialistas explicam que a frustração, se mal gerenciada, pode acarretar em baixa tolerância a momentos negativos ao longo da vida. "Uma orientação é conversar sobre o assunto. Não esconder o que aconteceu. Não superproteger", diz Santos. Felipe José Nader apostou em bolão que Brasil perderia da Alemanha por 7 a 1 Arquivo Pessoal Alberto Santos explica que a Copa do Mundo pode servir para explicar a importância do planejamento, da preparação e da valorização dos pequenos ganhos ao longo do processo, mesmo que o resultado final não tenha sido o esperado. O Mundial também pode ensinar que algumas situações não podem ser controladas, independente do esforço empreendido. "A Copa é um ciclo de quatro anos, que envolve outros campeonatos, outras partidas. Dá para mostrar para a criança como valorizar os pequenos ganhos. Com isso, a frustração sobre a derrota final será menor", diz Alberto Santos. "Também é um momento para mostrar para crianças que existem os pontos na vida em que se pode controlar e aqueles que escapam ao nosso controle. Exemplos e histórias são boas maneiras de introduzir o tema", conclui o especialista. A valorização das pequenas vitórias foi o que ajudou o pequeno brasiliense João Guilherme Pinto Soares, de 11 anos, a superar a frustração do 7x1. Mesmo com tudo o que aconteceu, ele conta que comemorou o único gol feito pelo Brasil -- do Oscar, no minuto 90, pouco antes do fim da partida: o chamado "gol de honra". “Chorei em todos os gols da Alemanha. Estava todo pintado, com a bandeira do Brasil, acreditando na vitória. Mas, mesmo assim, comemorei quando o Oscar meteu o gol" -- João Guilherme Pinto Soares (11 anos). "Sou daquele tipo de torcedor que tem fé no coração. Tive força e coloquei na minha cabeça que o Brasil vai dar a volta por cima.” *Participaram da reportagem os repórteres, Bruno Albernaz e Carlos Brito, do G1 RJ, Mariana Perim, do G1 Espírito Santo, Letícia Carvalho, do G1 DF, Maria Romero, do G1 PI, e Beatriz Braga, do G1 Petrolina.