G1 > Pará

    Ação da Semob reordena o trânsito na av. Presidente Vargas, em Belém


    Objetivo é priorizar o uso do transporte coletivo com um trabalho de combate ao estacionamento irregular. Ação da Semob reordena o trânsito na av. Presidente Vargas, em Belém A Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) realiza nesta...

    Objetivo é priorizar o uso do transporte coletivo com um trabalho de combate ao estacionamento irregular. Ação da Semob reordena o trânsito na av. Presidente Vargas, em Belém A Superintendência de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) realiza nesta quinta-feira (17) mais uma operação de reordenamento do trânsito em uma das principais e mais movimentadas avenidas da capital, a Presidente Vargas. A ação, que iniciou na terça-feira (15), segue os moldes da fiscalização realizada no Ver-o-Peso na semana passada. De acordo com a Semob, o objetivo é priorizar o uso do transporte coletivo. Será feito um trabalho de combate ao estacionamento irregular em áreas proibidas, ao ponto de táxi não regulamentado, além de um trabalho de conscientização para que os usuários de ônibus aguardem os veículos nas calçadas.
    Operação combate o comércio de produtos ‘piratas’ em Belém

    Operação combate o comércio de produtos ‘piratas’ em Belém


    Segundo a Polícia Civil, ação foi realizada por solicitação das empresas detentoras exclusivas de direitos autorais de marcas. Operação apreendeu mais de 300 chapéus com marca falsificada. Polícia Civil A Delegacia do consumidor realizou...


    Segundo a Polícia Civil, ação foi realizada por solicitação das empresas detentoras exclusivas de direitos autorais de marcas. Operação apreendeu mais de 300 chapéus com marca falsificada. Polícia Civil A Delegacia do consumidor realizou uma operação de combate à venda de produtos “piratas” na quarta-feira (16) na área comercial de Belém. Durante a fiscalização, os policiais apreenderam 344 chapéus que utilizavam marcas falsificadas. Foram lavrados dois procedimentos policiais contra os donos das empresas e os responsáveis pela venda responderão por crime contra o consumidor e contra marcas e patentes. Segundo a Polícia Civil, a operação "Maltrapilho" ocorreu por solicitação das empresas detentoras exclusivas dos direitos autorais de marcas. Segundo o delegado Marcelo Mendes, empresas entraram em contato com a polícia e solicitaram a instauração de inquérito policial para responsabilização criminal de duas empresas que estavam comercializando os produtos ilegalmente. O delegado Marcelo Mendes explica que o mercado da pirataria afeta o funcionamento de fábricas, comércios varejistas e atacadistas, órgãos públicos e os consumidores finais. "Em função dos seus produtos de má qualidade e impostos sonegados, a pirataria é capaz de gerar consequências danosas, como a diminuição da arrecadação de impostos, o que reflete na precariedade dos serviços públicos; prejuízos incalculáveis às finanças das empresas legalizadas; o aumento de desemprego e o financiamento ao crime organizado", explica o delegado Mendes. As investigações continuarão para combater a venda ilegal de produtos "piratas" tanto na região metropolitana de Belém como no interior do estado.
    Suspeitos de envolvimento em morte de investigador são presos em Castanhal, nordeste do Pará

    Suspeitos de envolvimento em morte de investigador são presos em Castanhal, nordeste do Pará


    A dupla estava com uma quantidade de droga, segundo a Polícia. Suspeito de envolvimento em morte de investigador é preso em Castanhal, no Pará. Reprodução / PRF Dois homens foram presos na noite desta quarta-feira (16), suspeitos de envolvimento...


    A dupla estava com uma quantidade de droga, segundo a Polícia. Suspeito de envolvimento em morte de investigador é preso em Castanhal, no Pará. Reprodução / PRF Dois homens foram presos na noite desta quarta-feira (16), suspeitos de envolvimento na morte do investigador Cândido Félix Rodrigues Santana, em dezembro de 2018. Os suspeitos foram abordados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no posto em Castanhal, nordeste do estado, por volta das 19h30. Os dois viajavam em uma van e foram flagrados pela Polícia com uma quantidade de droga. Um outro suspeito de envolvimento na morte do investigador foi morto no dia 27 de dezembro de 2018, em confronto com a Polícia. Arley Adriano Pacheco Marinho teria reagido à voz de prisão e foi alvejado pela equipe. Entenda o caso O investigador da Polícia Civil, Cândido Félix Rodrigues Santana, 69, foi morto no dia 2 de dezembro de 2018, em frente à delegacia do Atalaia, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. A vítima estava de plantão e teria ido até um comércio nas proximidades, quando foi alvejado por homens que chegaram em dois carros, um prata e um preto. O investigador morreu no local do crime. A delegacia também foi atingida pelos disparos. A delegacia também foi alvo dos atiradores Reprodução/Tv LIberal
    Decreto que facilita posse de arma divide opiniões entre especialistas no Pará

    Decreto que facilita posse de arma divide opiniões entre especialistas no Pará


    Para quem é favor, o cidadão poderá fazer uso da arma para se defender. Quem é contra diz que o aumento de armas em circulação deve aumentar a violência. Posse de arma divide opiniões entre especialistas no Pará Reprodução O decreto do...


    Para quem é favor, o cidadão poderá fazer uso da arma para se defender. Quem é contra diz que o aumento de armas em circulação deve aumentar a violência. Posse de arma divide opiniões entre especialistas no Pará Reprodução O decreto do presidente Jair Bolsonaro, assinado na terça (15) para facilitar a posse de armas no Brasil, divide opiniões entre especialistas da área da segurança pública no Pará. Para quem é favor, o cidadão poderá fazer uso da arma para se defender. Quem é contra diz que o aumento de armas em circulação deve aumentar a violência. No Pará, 6,6 mil pessoas e empresas tem registro de posse de arma junto à Polícia Federal. Leia pontos a favor e contra o novo decreto, de acordo com políticos e especialistas Decreto que facilita posse de arma no Brasil divide opiniões entre especialistas paraenses De acordo com o decreto, o cidadão poderá possuir arma dentro de casa por cinco a dez anos, mediante autorização da Polícia Federal. Para ser autorizado, é preciso ter mais de 25 anos; ter ocupação lícita; realizar teste psicológico, curso de tiro; não responder a inquérito policial e não ter antecendentes criminais, segundo a PF. Outra obrigatoriedade é morar em estado com índice anual de dez homicídios por cem mil habitantes, índice que todos os estados ultrapassam no Brasil. No Pará, são 50 homicídios a cada cem mil habitantes. A procura por aulas de tiro já aumentou em uma empresa de Belém, onde Athos Treptow atua como instrutor. "São pessoas que estão pensando em ter uma segurança, em ter uma arma de fogo de forma segura e responsável", diz. Para o instrutor, a arma se usada com responsabilidade pode ser uma alternativa para mais segurança em casa. "Tem que ter responsabilidade e seguir as regras de segurança, que são mundiais. A arma é perigosa quando mal empregada", afirmou. O vice-presidente da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses, Jesus Antônio Velho, que é especialista em criminalística, disse que estudos nacionais e internacionais comprovam que o uso de arma gera mais violência. "A população fica, por exemplo, mais propícia a acidentes domésticos. Há estudos que mostram que populações mais armadas apresentam maiores taxas de suicídio", explicou. Para o defensor Bruno Braga, que atua há dez anos na área criminal, quanto maior o número de pessoas armadas, maior o número de crimes. "O uso de arma de fogo acaba gerando uma espiral de violência, que ao invés de reduzir acaba fomentando ainda mais a violência", afirmou. Segundo Braga, estatísticas revelam que quanto mais armas em circulação maior é o número de crimes violentos. "Estudos mostram que a cada aumento de 1% da população armada, cresce em 2% o número de homicídios", disse.
    Jovem é morto a tiros na av. Visconde de Inhaúma, bairro da Pedreira, em Belém

    Jovem é morto a tiros na av. Visconde de Inhaúma, bairro da Pedreira, em Belém


    Dois suspeitos se aproximaram e atiraram na vítima, que estava andando na rua, segundo a Polícia. Jovem é morto a tiros no bairro da Pedreira, em Belém. Reprodução / Polícia Civil O jovem Abel Rodrigo Oliveira de Souza, 18, conhecido como...


    Dois suspeitos se aproximaram e atiraram na vítima, que estava andando na rua, segundo a Polícia. Jovem é morto a tiros no bairro da Pedreira, em Belém. Reprodução / Polícia Civil O jovem Abel Rodrigo Oliveira de Souza, 18, conhecido como Pezinho, foi morto a tiros na noite desta quarta-feira (16) na av. Visconde de Inhaúma, entre as travessas Vileta e Humaitá, no bairro da Pedreira, em Belém. Segundo a Polícia, por volta das 22h dois homens ainda não identificados se aproximaram e atiraram na vítima, que estava andando na rua. Abel morreu no local do crime. O local foi isolado pela Polícia Militar. Uma equipe da Polícia Civil foi acionada para iniciar as investigações. O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves deve fazer a remoção do corpo e iniciar a perícia. De acordo com o Centro Integrado de Operações (Ciop), a vítima era suspeita de cometer roubos na área.
    Polícia prende grupo suspeito de tráfico e apreende mais de 20 kg de drogas em Ananindeua, no PA

    Polícia prende grupo suspeito de tráfico e apreende mais de 20 kg de drogas em Ananindeua, no PA


    Cinco suspeitos e uma testemunha foram apresentados na noite desta quarta-feira, 16, na sede da Denarc. Polícia apreende 20 kg de maconha e 4 kg de cocaína com grupo suspeito de tráfico de drogas na Grande Belém. Reprodução / Polícia Civil A...


    Cinco suspeitos e uma testemunha foram apresentados na noite desta quarta-feira, 16, na sede da Denarc. Polícia apreende 20 kg de maconha e 4 kg de cocaína com grupo suspeito de tráfico de drogas na Grande Belém. Reprodução / Polícia Civil A Polícia prendeu nesta quarta-feira (16) um grupo de cinco pessoas suspeitas de tráfico e associação para o tráfico de drogas. Uma sexta pessoa, também foi levada para a delegacia, mas deve ser ouvida como testemunha e liberada. Foram apreendidos 20 kg de maconha e 4 kg de cocaína em endereços nos bairros do Guajará, Icuí, Cidade Nova e Distrito Industrial, em Ananindeua, na região metropolitana de Belém. Segundo as investigações, em um dos pontos de venda foi encontrado meio quilo de maconha. O morador, segundo a Polícia, confessou que aguardava nova remessa da droga, enviada por uma integrante do grupo crimonoso. A suspeita chegou no local, trazendo mais cerca de meio quilo de maconha e foi interrogada, conduzindo os policiais até outra residência, onde foi encontrado cerca de 40 kg de maconha. Em outro endereço, os policiais encontraram cerca de R$1500 com uma mulher, que confessou a participação no esquema; e em outro local, foi preso um foragido da Justiça, que estava armado e portava cerca de R$3500 e aproximadamente 4 kg de cocaína. Os presos e o material apreendido foram levados para a sede do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), em Belém. A ação foi uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, com apoio das Rondas Ostensitas Táticas Metropolitanas (Rotam) e do Denarc.

    Dono de rede de supermercados é assassinado na Cabanagem, em Belém


    Crime ocorreu na tv. Henrique Dias com av. Independência, segundo a Polícia Civil. O empresário dono de uma rede de supermercados, Walter Freitas Rodrigues, 55, foi morto a tiros nesta quarta-feira (16) no bairro da Cabanagem, em Belém. Bragantino,...

    Crime ocorreu na tv. Henrique Dias com av. Independência, segundo a Polícia Civil. O empresário dono de uma rede de supermercados, Walter Freitas Rodrigues, 55, foi morto a tiros nesta quarta-feira (16) no bairro da Cabanagem, em Belém. Bragantino, como a vítima era conhecida, chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O crime ocorreu na tv. Henrique Dias, com av. Independência, segundo a Polícia. De acordo com informações preliminares, a vítima estava em frente ao estabelecimento quando foi abordada por dois suspeitos que estavam em uma moto, trajando roupas de mototaxistas.
    Moradores do Jurunas, em Belém, lamentam morte de vice-presidente do Rancho Não Posso Me Amofiná

    Moradores do Jurunas, em Belém, lamentam morte de vice-presidente do Rancho Não Posso Me Amofiná


    Segundo a perícia, Félix Carlos Lopes, 50, foi atingido com tiros na cabeça e nas costas. Félix Carlos Lopes, 50 anos, vice presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, em Belém Reprodução/TV Liberal O assassinato de Félix...


    Segundo a perícia, Félix Carlos Lopes, 50, foi atingido com tiros na cabeça e nas costas. Félix Carlos Lopes, 50 anos, vice presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, em Belém Reprodução/TV Liberal O assassinato de Félix Carlos Lopes, 50, nesta quarta-feira (16), comoveu moradores do bairro do Jurunas, em Belém, onde ele foi morto a tiros. A vítima era conhecida pela atuação como vice-presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, uma das mais tradicionais da cidade, e por administrar a feira do bairro. "Ele era um rapaz muito bom, ajudava todo mundo. Eu pelo menos nunca tive que me queixar desse rapaz", disse a moradora Nelza Matias. Comunidade lamenta assassinato de vice-presidente da escola de samba Rancho, em Belém De acordo com as investigações da Divisão de Homicídios, o crime ocorreu por volta das 14h na tv. Bom Jardim, entre as ruas dos Timbiras e dos Caripunas, quando Félix estacionou e desceu do próprio carro conversando com um dos responsáveis pelas alegorias da escola de samba para o carnaval 2019. Dois homens encapuzados apareceram e atiraram, depois fugiram em um carro preto que deu apoio ao crime. Segundo a perícia, a vítima foi atingida com tiros na cabeça e nas costas. "Identificamos três entradas na vítima, sendo uma no rosto esquerdo, outra por trás da cabeça no lado esquerdo e uma nas costas. Encontramos também estojos de bala de calibre ponto 40, mas iremos analisar um projétil que está dentro do corpo da vítima para podermos confirmar se uma arma ponto 40 foi usada no caso", explicou o perito Ivanildo Rodrigues. O secretário de Economia, Rosivaldo Batista, também lamentou a morte e disse que contava com o apoio de Félix para reerguer o Complexo de Abastecimento do Jurunas, que corre risco de desabamento e está interditado desde o dia 7 de janeiro. "(Ele) era uma excelente pessoa, calma, tranquila, fiquei realmente muito abalado por ser uma pessoa tão boa ser assassinada dessa forma", disse.
    Moro diz que 'no momento' não é possível atender a pedido de envio da Força Nacional para o Pará

    Moro diz que 'no momento' não é possível atender a pedido de envio da Força Nacional para o Pará


    Governador Helder Barbalho se reuniu nesta quarta com ministro da Justiça. Segundo ministro, homens da Força Nacional estão no Ceará e é preciso manter contingente de reserva em Brasília. O ministro da Justiça, Sérgio Moro Valter Campanato /...


    Governador Helder Barbalho se reuniu nesta quarta com ministro da Justiça. Segundo ministro, homens da Força Nacional estão no Ceará e é preciso manter contingente de reserva em Brasília. O ministro da Justiça, Sérgio Moro Valter Campanato / Agência Brasil O Ministério da Justiça informou na noite desta quarta-feira (16) que "no momento" o ministro Sérgio Moro não poderá atender ao pedido do governador Helder Barbalho (MDB) de envio de homens da Força Nacional para atuar na segurança pública do Pará. Mais cedo, Barbalho se reuniu com Moro e reiterou o pedido de ajuda federal. A expectativa do governador é de que pelo menos 200 agentes sejam deslocados para o estado a partir de março. Mas o ministro não estabeleceu prazo. Moro informou que, como a Força Nacional está atuando na crise da segurança no Ceará e é necessário manter contingente de reserva em Brasília para eventuais urgências, "não seria possível no momento atender, infelizmente, a solicitação". Barbalho afirmou que os números relacionados à segurança pública colocam o estado entre os mais violentos do Brasil. De acordo com o Atlas da Violência 2018, com base em dados de 2016, o Pará tem quase 51 assassinatos anuais a cada 100 mil habitantes. Em todo o Brasil, a taxa é de 30 por 100 mil, segundo a publicação. “Belém chega a 77 (homicídios a cada 100 mil habitantes). E alguns bairros da capital, já identificados, ultrapassam 125 assassinatos por 100 mil habitantes”, afirmou.

    Jacaré flagrado nadando entre lanchas no rio Tocantins não será recolhido pelo Ibama


    Jacaré-açu é o maior da espécie e pode chegar até 4,5 metros e pesar 300 quilos. Ele causou susto aos banhistas, mas Ibama reforça que o espaço é o natural para aparição do animal. Imagens registram jacaré nadando entre os banhistas em rio de...

    Jacaré-açu é o maior da espécie e pode chegar até 4,5 metros e pesar 300 quilos. Ele causou susto aos banhistas, mas Ibama reforça que o espaço é o natural para aparição do animal. Imagens registram jacaré nadando entre os banhistas em rio de Marabá O jacaré-açu flagrando nadando entre lanchas no rio Tocantins, em Marabá, no sudeste do Pará, não será retirado do meio-ambiente. O informe foi divulgado nesta quarta-feira (16), pelo Ibama. De acordo com o instituto, o animal foi avistado em sua área de ocorrência natural, por esse motivo, não será recolhido. A orientação do Ibama é que, por segurança, a população evite a proximidade com o jacaré. O animal, que é o maior da espécie e pode chegar até 4,5 metros de comprimento e pesar mais de 300 quilos, foi filmando na segunda-feira (14) por pescadores e pessoas que passeavam em lanchas no rio. Ele estava nadando próximo à margem do rio Tocantins, área utilizada para banho pelos moradores da cidade. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Marabá informou que é para ter cuidado para quem tem costume de tomar banho nas águas dos rios Tocantins e Itacaiunas, principalmente no período chuvoso, porque há relatos recentes aparições de jacarés-açus nestes rios. A secretaria também informou que caçar e matar o animal é considerado crime ambiental com pena que varia de 6 meses a 1 anos de prisão, mais o pagamento de multa. O Ibama destaca que “matar, perseguir, caçar, apanhar e utilizar espécimes da fauna silvestre são crimes previstos na Lei de Crimes Ambientais (Lei nº 9.605/98) com pena de detenção de seis meses a um ano, e multa”.

    MPPA solicita bloqueio de R$ 260 mil das contas bancárias do prefeito de Tailândia


    Paulo Jasper é alvo de ação do MPPA, que exige a nomeação de candidatos aprovados em concurso público. O prefeito Paulo Jasper, de Tailândia, nordeste do estado, é alvo de ação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). De acordo com...

    Paulo Jasper é alvo de ação do MPPA, que exige a nomeação de candidatos aprovados em concurso público. O prefeito Paulo Jasper, de Tailândia, nordeste do estado, é alvo de ação do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). De acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira (16), a instituição requereu à Justiça o bloqueio de R$ 260 mil das contas bancárias do gestor. A medida busca garantir que a Prefeitura de Tailândia nomeie os candidatos aprovados em concurso público para trabalhar no executivo municipal. O G1 tenta contato com a Prefeitura de Tailândia. O requerimento de bloqueio das contas do prefeito foi feito à 1ª vara da comarca de Tailândia no último dia 9 de janeiro pela promotora de Justiça Ely Soraya Silva, titular da Promotoria de Justiça do município. Em dezembro de 2018, a Justiça acatou pedido do MPPA e determinou ao prefeito Paulo Jasper a convocação imediata dos candidatos aprovados em concurso público realizado em 2016 e a desvinculação dos servidores temporários contratados para as funções dos aprovados em concurso. Embora notificada sobre a decisão, a prefeitura não providenciou a nomeação dos aprovados em concurso. Como a Justiça estipulou à prefeitura o pagamento de multa de R$ 10 mil por cada dia de descumprimento da decisão judicial, o MPPA apresentou o pedido de bloqueio de R$ 260 mil das contas do prefeito. O valor corresponde aos 26 dias transcorridos desde o dia que Paulo Jasper foi notificado da decisão judicial. O MPPA tem mantido contato com os candidatos aprovados em concurso público para acompanhar se a prefeitura tem adotado providências sobre a substituição dos servidores temporários pelos concursados. Os relatos indicam que a prefeitura não apresentou medidas concretas para dar posse aos aprovados em concurso, mesmo com as decisões judiciais em vigência. Entenda o caso 2015 • A Prefeitura Municipal de Tailândia realiza o concurso público nº 01/2015 com oferta de 812 vagas em cargos de níveis médio, técnico e superior, entre imediatas e cadastro reserva. 2016 • O resultado final do concurso nº 01/2015 é homologado em 15 de fevereiro. • A prefeitura realiza novo concurso público, de número 01/2016, para admissão de 329 servidores em cargos de níveis fundamental e médio. • O resultado final do concurso nº 01/2016 é homologado em 21 de dezembro. • Também em 21 de dezembro, o então prefeito, Rosinei Pinto de Sousa, nomeia 191 candidatos aprovados em concurso público 01/2015. Todos são convocados a assumirem seus respectivos cargos. 2017 • Paulo Liberte Jasper assume a prefeitura municipal. Ele publica decreto suspendendo a convocação de posse, feita pelo ex-prefeito, dos aprovados no concurso público 01/2015. • O prefeito não nomeia os aprovados no concurso público 01/2015 e nem os aprovados no concurso 01/2016. Paulo Jasper contrata, sem concurso e sem justificativa, servidores temporários para desempenho das mesmas funções dos candidatos aprovados nos referidos concursos. • Diante da irregularidade, o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) ingressa com ação na Justiça para que o prefeito nomeie os candidatos aprovados no concurso público 01/2015. • A Justiça acata o pedido do MPPA e ordena que o prefeito nomeie os aprovados. A prefeitura dá posse a parte dos aprovados no concurso 01/2015. 2018 • Permanece a irregularidade: prefeitura não empossa todos aprovados e continua contratando temporários. Diante disso, o MPPA ingressa na Justiça com duas novas ações pedindo que a prefeitura deixe de contratar temporários, nomeie os candidatos aprovados no concurso público 01/2016, desvincule os servidores temporários e realize novo concurso público para preenchimento de cargos vagos. • Em dezembro, Justiça acata novamente os pedidos do MPPA e determina que a prefeitura cumpra as solicitações do Ministério Público. 2019 • MPPA propõe à Prefeitura de Tailândia a formalização de um Termo de Ajustamento de Conduta para que a desvinculação dos servidores temporários ocorra de forma gradativa, de modo a não comprometer os serviços públicos municipais, mas o prefeito não se manifesta sobre a questão. • Prefeitura inicia desvinculação dos temporários. Prefeito Paulo Jasper não apresenta planejamento ou cronograma para nomeação dos concursados e nem para realização de novo concurso público.
    Governador do Pará se reúne com Moro e reitera pedido de apoio da Força Nacional

    Governador do Pará se reúne com Moro e reitera pedido de apoio da Força Nacional


    Pedido inicial de Helder Barbalho era de 500 homens para atuação na segurança pública. Ele afirmou que não há confirmação do apoio federal, mas espera envio de ao menos 200 agentes. O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), em imagem de...


    Pedido inicial de Helder Barbalho era de 500 homens para atuação na segurança pública. Ele afirmou que não há confirmação do apoio federal, mas espera envio de ao menos 200 agentes. O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), em imagem de março de 2018 Valter Campanato / Agência Brasil O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), se reuniu nesta quarta-feira (16) em Brasília com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, para reiterar o pedido de apoio da Força Nacional na segurança do estado. O pedido inicial de Barbalho era o deslocamento de 500 homens para o estado. Segundo o governador, ainda não há confirmação do apoio federal. Mas a expectativa é de que pelo menos 200 agentes possam ser deslocados para a região a partir de março. (ATUALIZAÇÃO: após a publicação desta reportagem, a assessoria do Ministério da Justiça informou que "no momento" não é possível atender ao pedido do governador.) Segundo Barbalho, há possibilidade de que os cerca de 130 agentes da Força Nacional que atuam no território paraense em órgãos como Funai, ICMBio e Ibama possam ser deslocados para a região metropolitana do estado. “A expectativa é que o cenário no Ceará possa estar em melhor condição e que parte do efetivo que hoje está deslocado para o Ceará possa estar disponível", afirmou o governador. Março é também o mês em que os homens da Força Nacional que já atuam no Pará encerram suas atividades, de acordo com Barbalho. “A ideia é que esse efetivo, que hoje está cuidando de áreas rurais, possa vir para a atividade urbana para colaborar com a Polícia Militar, com os agentes de segurança do estado”, disse. Barbalho afirmou que os números relacionados à segurança pública colocam o estado entre os mais violentos do Brasil. De acordo com o Atlas da Violência 2018, com base em dados de 2016, o Pará tem quase 51 assassinatos anuais a cada 100 mil habitantes. Em todo o Brasil, a taxa é de 30 por 100 mil, segundo a publicação. “Belém chega a 77 (homicídios a cada 100 mil habitantes). E alguns bairros da capital, já identificados, ultrapassam 125 assassinatos por 100 mil habitantes”, afirmou. “A ideia é que nessas comunidades, já identificadas, nós possamos ampliar o efetivo com o apoio da Força Nacional”, afirmou.

    Trio é denunciado pelo MPPA por assassinato de líder quilombola em Tomé-Açu


    Nazildo Brito foi alvejado com cerca de 20 disparos em abril do ano passado. O trio suspeito de participar do assassinato do líder quilombola Nazildo dos Santos Brito, morto em abril de 2018 na zona rural de Tomé-Açu, nordeste do estado, foram...

    Nazildo Brito foi alvejado com cerca de 20 disparos em abril do ano passado. O trio suspeito de participar do assassinato do líder quilombola Nazildo dos Santos Brito, morto em abril de 2018 na zona rural de Tomé-Açu, nordeste do estado, foram denunciados pelo Ministério Público do Estado. Os denunciados responderá pelo crime de homicídio qualificado. Por meio de inquérito policial instaurado à época, foi apurado que Nazildo Brito trafegava de moto, no ramal Roda D'água, na estrada de acesso ao assentamento Turé III, quando foi surpreendido e alvejado nas costas com cerca de 20 disparos de armas de fogo. Nada foi roubado da vítima. Nazildo, líder e remanescente quilombola, ocupava o cargo de coordenador da comunidade quilombola Turé III, e já havia exercido o cargo de presidente da Associação de Moradores e Agricultores Remanescentes Quilombolas do Alto Acará/PA (Amarqualta), em gestões anteriores. Conflito agrário Segundo a Polícia Civil, o caso trata-se de crime de execução motivado por “conflito agrário” ou “disputa de terra”, praticado em concurso de agentes por parte dos acusados, sendo que Marcos Vieira e Raimundo dos Santos foram os executores e José Telmo Zani, foi o mandante. Os executores já se encontram com mandado de prisão preventiva decretada no curso do inquérito, tendo sido cumprido somente em relação a Marcos Vieira, já Raimundo dos Santos encontra-se foragido. O Ministério Público do Estado, além de oferecer a denúncia, já pediu também a decretação da prisão preventiva do denunciado como mandante José Zani. A denúncia foi recebida pelo juiz de Tomé-Açu no mesmo dia em que foi oferecida e já foi designada audiência de instrução para o dia 3 de abril de 2019, às 9h. “Em relação ao pedido de prisão do mandante, ainda está pendente de apreciação judicial, pois foi conferido prazo pelo juiz para apresentação de manifestação pela defesa do denunciado”, informou o promotor de Justiça Tiago Lopes.
    Programação gratuita promove atividades de relaxamento e yoga no 'Janeiro Branco'

    Programação gratuita promove atividades de relaxamento e yoga no 'Janeiro Branco'


    Ação contará ainda com atividades de alongamento, caminhada pela praça, danças circulares na praça da República neste domingo, 20. A saúde mental será tema da programação especial alusiva à campanha “Janeiro Branco” que será realizada...


    Ação contará ainda com atividades de alongamento, caminhada pela praça, danças circulares na praça da República neste domingo, 20. A saúde mental será tema da programação especial alusiva à campanha “Janeiro Branco” que será realizada neste domingo (20), na praça da República, das 8h às 12h, em Belém. O objetivo da campanha promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) é colocar em evidência a prevenção ao adoecimento emocional da humanidade. A ação contará com atividades de relaxamento e alongamento, caminhada pela praça, danças circulares, posturas de yoga para iniciantes, oficinas artísticas para crianças, fisiotaichi, mindfulness, rodas de conversas psicoeducativas, apresentação de teatro, atrações musicais e arteterapia. As atividades serão realizadas em parceria com representantes e voluntários de universidades, associações e espaços terapêuticos. Até o fim do mês, a programação do “Janeiro Branco” contará com atividades e palestras ministradas por profissionais da saúde nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e nas unidades básicas de saúde da capital.

    Agente de trânsito é assaltado durante o serviço em Belém


    Criminosos abordaram o servidor, que teve a moto roubada, na manhã desta quarta-feira, 16, no bairro de São Brás. Agente de transito é assaltado em avenida movimentada de Belém Um agente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém...

    Criminosos abordaram o servidor, que teve a moto roubada, na manhã desta quarta-feira, 16, no bairro de São Brás. Agente de transito é assaltado em avenida movimentada de Belém Um agente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) foi assaltado na manhã desta quarta-feira (16), na avenida Almirante Barroso, no bairro de São Brás. A ação dos criminosos foi gravada por uma câmera de segurança. De acordo com as imagens, o agente chegou ao local e começou a se preparar para iniciar o trabalho. Dois homens passaram por trás dele e seguiram caminhando. Depois de um tempo, eles voltaram com uma arma exposta e anunciaram o assalto. O servidor público levantou os braços e não reagiu. Os bandidos roubaram a moto e o capacete. Em nota, a Prefeitura de Belém informou que o agente da Semob registrou Boletim de Ocorrência na Seccional Urbana de São Brás. A Semob disse que quem tiver informações sobrea a localização da moto roubada ligar no número 190 do Centro Integrado de Operações (Ciop).
    Vice-presidente do Rancho Não Posso Me Amofiná é assassinado no Jurunas, em Belém

    Vice-presidente do Rancho Não Posso Me Amofiná é assassinado no Jurunas, em Belém


    Vítima estava dentro do carro conversando com responsável pelas alegorias do carnaval deste ano quando foi alvejado por criminosos que chegaram no local. Félix Carlos Lopes, 50 anos, vice presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná,...


    Vítima estava dentro do carro conversando com responsável pelas alegorias do carnaval deste ano quando foi alvejado por criminosos que chegaram no local. Félix Carlos Lopes, 50 anos, vice presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná, em Belém Reprodução/Facebook Félix Carlos Lopes, 50 anos, foi assassinado na tarde desta quarta-feira (16), no bairro do Jurunas, em Belém. A vítima era vice-presidente da escola de samba Rancho Não Posso Me Amofiná. O crime ocorreu na rua Bom Jardim, entre as ruas Timbiras e Caripunas, quando Félix estava dentro de seu carro conversando com um dos responsáveis pelas alegorias da escola de samba para o carnaval de 2019. Segundo testemunhas, um carro preto parou ao lado do veículo da vítima e efetuou os disparos. A Polícia Militar está no local. O Centro de Perícias Científica (CPC) Renato Chaves e a Divisão de Homicídios da Polícia Civil foram acionados. Em nota, o presidente do Grêmio Recreativo Jurunense Rancho Não Posso Me Amofiná, Fernando Guga Gomes, informou que a comunidade vai prestar homenagem à Félix Carlos Lopes, que se dedicou parte de sua vida à escola. O velório deve acontecer na quadra da escola de samba no bairro do Jurunas.
    PRF prende condutor que estava com moto roubada na BR-316, em Castanhal

    PRF prende condutor que estava com moto roubada na BR-316, em Castanhal


    Motoqueiro não apresentou habilitação e nem documento do veículo durante a abordagem. Moto apreendida durante ficalização na rodovia BR-316, em Castanhal, no Pará Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma...


    Motoqueiro não apresentou habilitação e nem documento do veículo durante a abordagem. Moto apreendida durante ficalização na rodovia BR-316, em Castanhal, no Pará Polícia Rodoviária Federal A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma moto com registro de roubo na terça-feira (15), na rodovia BR-316, no município de Castanhal, no nordeste do Pará. De acordo com a PRF, o condutor da moto realizou um retorno proibido no quilômetro 60 da BR-316 e recebeu ordem de parada. Durante a fiscalização, os agentes solicitaram a documentação de habilitação e do veículo para o motorista, mas ele alegou que tinha esquecida em casa. Durante a vistoria no veículo, os agentes constataram a placa da moto era de outro veículo e que o número do chassi tinha sido recortado. Ao analisar o motor, viram que a numeração original permanecia intacta. Consultando o sistema, a PRF descobriu que havia um registro de roubo para a moto. Com a informação apurada, o condutor foi preso e o veículo apreendido e levados para a Delegacia da Polícia Civil de Castanhal para as devidas providências.

    Semec abre mais de 800 vagas para funcionários temporários


    As vagas são em funções de nível fundamental, médio e superior, professor e licenciatura plena. As inscrições encerram dia 20 de janeiro. A prefeitura de Belém está com inscrições abertas para contratação de funcionários temporários para...

    As vagas são em funções de nível fundamental, médio e superior, professor e licenciatura plena. As inscrições encerram dia 20 de janeiro. A prefeitura de Belém está com inscrições abertas para contratação de funcionários temporários para a Secretaria de Educação (Semec). São mais de 800 vagas. De acordo com o edital, as vagas são em funções de nível fundamental, médio, superior e professor. As inscrições encerram dia 20 de janeiro. De acordo com a Semec, os interessados podem acessar o edital no site da prefeitura. Segundo o edital, serão 585 para nível fundamental, 112 vagas pra nível médio, 75 para nível superior e 230 para professor. As demais vagas são destinadas ao cadastro de reserva. Funbosque De acordo com a Semec, também serão ofertadas 119 vagas temporárias na Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira (Funbosque). Segundo o edital, as vagas serão distribuídas entre as funções de agente de portaria, agente de serviços gerais, assistente administrativo, assistente social, auxiliar administrativo, auxiliar administrativo (trilheiro), eletricista, engenheiro agrônomo, merendeira, motorista, pedagogo, pedreiro, soldador e professores de educação física, educação especial, engenheiro de pesca, história, inglês, letras, matemática e séries iniciais.
    Parecer técnico da Semas assegura que Hydro já pode operar com 100% da capacidade

    Parecer técnico da Semas assegura que Hydro já pode operar com 100% da capacidade


    Segundo a nota, a empresa melhorou a capacidade de resolução de incidentes ambientais e, por isso, não justifica o embargo de 50% imposto anteriormente. O retorno das atividades ainda depende de autorização da Justiça. A Secretaria de Meio...


    Segundo a nota, a empresa melhorou a capacidade de resolução de incidentes ambientais e, por isso, não justifica o embargo de 50% imposto anteriormente. O retorno das atividades ainda depende de autorização da Justiça. A Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Pará (Semas) divulgou uma nota técnica que assegura que a Hydro Alunorte pode operear com 100% da capacidade no município de Barcarena, nordeste do estado. De acordo com o parecer divulgado nesta quarta-feira (16), a Semas entende que a empresa melhorou a capacidade de resolução de incidentes ambientais ao ponto de não existir mais riscos que justificassem o embargo de 50% da produção. Refinaria da Hydro em Barcarena, no Pará Tarso Sarraf / O Liberal A refinaria norueguesa está funcionando com 50% da produção desde fevereiro de 2018 por determinação da Justiça. A empresa tinha sido denunciada pelo despejo irregular de resíduos em rios e igarapés da região, causando danos ao meio ambiente e à população local. Ainda de acordo com a Semas, a nota técnica poderia liberar a produção da empresa se a mineradora tivesse apenas pendências de controle administrativo. Porém, como há uma ação judicial em curso, a Semas alerta que será necessária uma análise da Justiça para o retorno das atividades. hydro baracrena pará fábrica vazamento Tarso Sarraf / O Liberal Em nota, a Hydro Alunorte informou que a decisão da SEMAS é um reconhecimento importante de que as operações da Alunorte são seguras. A empresa ainda disse que deve continuar o diálogo com as autoridades para alcançar a plena retomada da produção. Entenda o caso Nos dias 16 e 17 de fevereiro deste ano, resíduos de bauxita contaminada vazaram da Hydro Alunorte para o meio ambiente após fortes chuvas em Barcarena. Após uma vistoria com a presença da procuradoria do Ministério Público, foi identificado uma tubulação clandestina que saída da refinaria e despejava rejeitos que contaminaram o solo da floresta e rios das localidades próximas. Ainda foram encontradas outras duas tubulações ilegais que tinham a mesma finalidade. O Instituto Evandro Chagas realizou coletas de solo e água nas comunidades que ficam ao redor da Hydro e após análise em laboratório foi constatado alteração nos elementos químicos presentes no solo, além da presença de metais pesados e cancerígenos como chumbo. A Hydro encomendou um estudo que refutou as análises do IEC e negou que houve contaminação. A empresa recebeu sanções da Justiça que determinaram a redução de sua produção em 50% até a solução dos problemas apontados pelas autoridades fossem sanados. A empresa também foi multada em R$ 150 milhões por danos ao meios ambientes. infográfico, hydro, barcarena Infográfico: Alexandre Mauro e Igos Estrella / G1

    Vídeo de alunos com arma dentro da sala de colégio classe média alta em Belém viraliza nas redes sociais


    Imagens foram gravadas no primeiro semestre de 2018. Colégio Marista informou que a arma era de brinquedo. Alunos do colégio brincam e acham graça ao perceberem uma arma dentro da mochila. Um vídeo gravado dentro de uma das salas de aula do Colégio...

    Imagens foram gravadas no primeiro semestre de 2018. Colégio Marista informou que a arma era de brinquedo. Alunos do colégio brincam e acham graça ao perceberem uma arma dentro da mochila. Um vídeo gravado dentro de uma das salas de aula do Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré em Belém, frequentado por alunos de classe média alta da capital paraense, viralizou nas redes sociais nesta terça-feira (16). As imagens mostram alunos com uma arma. De acordo com a administração do colégio, o vídeo refere-se a uma situação ocorrida no primeiro semestre de 2018 e a arma era de brinquedo. O vídeo, gravado pelos próprios alunos e publicado em uma rede social, mostra uma sala de aula cheia de adolescentes. Um dos estudantes aparece sentado, com uma bolsa ao seu lado onde a arma está escondida. Uma colega retira a arma de dentro da sacola e a exibe, rindo. Alguns alunos chegam a ficar assustados, mas dão gargalha da situação. As imagens mostram ainda o professor que estava na sala de aula indo até a menina e recolhendo o objeto. Segundo o Colégio Marista, na época, as providências necessárias de acordo com o regimento interno foram tomadas. A instituição ressalta, em nota, que não "endossa qualquer atitude ou comportamento de sua comunidade educativa que possa sugerir qualquer tipo de interpretação de apoio à violência". Esta não foi a primeira vez que um aluno do mesmo colégio foi flagrado com uma arma de brinquedo em sala de aula. Em fevereiro de 2015, um estudante foi flagrado com uma arma de pressão dentro da mochila. A Polícia ilitar foi chamada pela diretora do colégio para evitar uma briga contra alunos de outro colégio particular da capital.

    Acidente deixa duas pessoas feridas na BR-316 em Santa Izabel do Pará


    Caso foi na manhã desta quarta-feira (16). Segundo a PRF, as vítimas se acidentaram ao cair de um veículo em movimento. Duas pessoas ficaram feridas em uma grave acidente na manhã desta quarta-feira (16) na BR-316, no município de Santa Izabel do...

    Caso foi na manhã desta quarta-feira (16). Segundo a PRF, as vítimas se acidentaram ao cair de um veículo em movimento. Duas pessoas ficaram feridas em uma grave acidente na manhã desta quarta-feira (16) na BR-316, no município de Santa Izabel do Pará, na região metropolitana de Belém. As vítimas estavam em uma motocicleta. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu no km 47 da rodovia. O piloto teria perdido o controle do veículo e os ocupantes caíram na pista. Ainda de acordo com os agentes, a causa do acidente teria sido a falta de manutenção da motocicleta. Os pneus do veículo estavam excessivamente desgastados.
    Policial militar perde a perna durante perseguição a criminosos em Parauapebas

    Policial militar perde a perna durante perseguição a criminosos em Parauapebas


    Acidente aconteceu na noite de terça-feira (15). Militar estava de moto, colidiu contra um caminhão de lixo e teve a perna esquerda decepada. PM está internado no Hospital Geral de Parauapebas. José Neves/ TV Liberal Um policial militar teve a...


    Acidente aconteceu na noite de terça-feira (15). Militar estava de moto, colidiu contra um caminhão de lixo e teve a perna esquerda decepada. PM está internado no Hospital Geral de Parauapebas. José Neves/ TV Liberal Um policial militar teve a perna decepada na noite de terça-feira (15) em um acidente de trânsito durante uma perseguição a criminosos em Parauapebas, sudeste do Pará. O militar foi encaminhado ao Hospital Geral de Parauapebas, onde passou por uma cirurgia na madrugada desta quarta-feira (16) e segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sem risco de morrer. O PM Paulo Maurício Cavalcante dos Santos, de 33 anos, estava de pilotando uma motocicleta em uma perseguição a criminosos quando acabou batendo contra um caminhão de lixo no cruzamento de duas ruas na periferia da cidade. Com o impacto da colisão, a perna esquerda do policial foi decepada. Os policiais que estavam na ação prestaram os primeiros atendimentos ao PM acidentado e conseguiram estancar o sangramento até a chegada do socorro médico. O policial integra a equipe de Ronda Ostensiva com Apoio de Motociclistas, a Rocam. Ele está há apenas quatro meses na corporação.
    Semec abre inscrições para vagas não preenchidas da educação infantil e ensino fundamental em Belém

    Semec abre inscrições para vagas não preenchidas da educação infantil e ensino fundamental em Belém


    Prefeitura oferta 11,6 mil vagas não preenchidas na primeira chamada da pré-matrícula. Pais devem fazer a reserva de vagas no ensino infantil e fundamental da rede municipal pela internet. Reprodução A Secretaria Municipal de Educação de...


    Prefeitura oferta 11,6 mil vagas não preenchidas na primeira chamada da pré-matrícula. Pais devem fazer a reserva de vagas no ensino infantil e fundamental da rede municipal pela internet. Reprodução A Secretaria Municipal de Educação de Belém (Semec) abre nesta quarta-feira (16) até o dia 25 de janeiro as inscrições para a segunda chamada da pré-matrícula da rede municipal. Serão disponibilizadas 6.148 vagas para educação infantil e 5.233 para o ensino fundamental, que não foram preenchidas na primeira chamada. A pré-matrícula será realizada pelo site da prefeitura. A confirmação da vaga e efetivação da matrícula segue até o dia 25 de janeiro, com a entrega da documentação exigida na escola em que a criança será matriculada. Ao todo, 19.041 vagas foram ofertadas, sendo a maioria para a educação infantil, somando 10 mil vagas para crianças de zero a cinco anos. Para o ensino fundamental, que corresponde do 1º ao 9º ano, foram disponibilizadas 5,6 mil vagas. Dos 11,8 mil novos alunos inscritos, nem todos confirmaram a matrícula, gerando um excedente de vagas. De acordo com a Semec, na Educação de Jovens e Adultos (EJA) já foram inscritos cerca de 830 novos alunos, com 3,3 mil vagas a serem preenchidas. Documentação para confirmação de matrícula Original e cópia do registro de nascimento ou da carteira de identidade; Original e cópia do comprovante de residência; Ressalva ou histórico escolar, exceto para os alunos da educação infantil e os que nunca frequentaram uma escola; Cartão com o Número de Identificação Social (NIS); Original e cópia do CPF para os alunos que já possuam o documento e os maiores de 18 anos; Cartão Nacional de Saúde (Cartão SUS); Carteira de vacinação para crianças da educação infantil; Laudo médico para alunos com deficiência; Para alunos inscritos no Programa Bolsa Família, o responsável deverá apresentar o cartão do responsável pelo aluno beneficiário e/ou a folha resumo do Cadastro Único (CadÚnico).

    População denuncia paralisação de obras de saneamento em Vigia, PA


    Imagens feitas pela população mostram a situação da rua do Tujal. Segundo os moradores, quando chove a via se transforma num lamaçal. Moradores de Vigia reclamam da pavimentação da rua Tujal Moradores denunciam a falta de saneamento no município...

    Imagens feitas pela população mostram a situação da rua do Tujal. Segundo os moradores, quando chove a via se transforma num lamaçal. Moradores de Vigia reclamam da pavimentação da rua Tujal Moradores denunciam a falta de saneamento no município de Vigia, no nordeste do Pará. Imagens feitas pela população mostram a situação da rua do Tujal, no bairro Tujal. De acordo com os moradores, a Prefeitura de Vigia chegou a iniciar serviços de pavimentação no local, mas os trabalhos foram paralisados. Na rua em questão, há inclusive uma placa que informa a conclusão para março de 2019. Porém, a prefeitura teria paralisado os trabalhos e os transtornos se agravaram. Os moradores afirmam que, quando chove, a via se transforma num completo lamaçal e o excesso de buracos vira um perigo para quem precisa trafegar pelo local. Nos dias de sol, o problema é a poeira. A administração municipal disse que a verba para a obra é federal e por isso o serviço não pode ser iniciado. Segundo a prefeitura, o período de chuvas fortes causou uma suspensão temporária e já estão sendo tomadas providências para prorrogar o prazo de execução das obras. A prefeitura não informou quanto tempo pretende prorrogar o prazo.

    Dois foragidos do presídio em Santa Izabel são achados mortos


    Corpos foram encontrados no entorno da Colônia Penal Agrícola na terça-feira (15). Corpos são entrados em colônia penitenciária de Americano Dois corpos foram encontrados na última terça-feira (15) no entorno da Colônia Penal Agrícola, no...

    Corpos foram encontrados no entorno da Colônia Penal Agrícola na terça-feira (15). Corpos são entrados em colônia penitenciária de Americano Dois corpos foram encontrados na última terça-feira (15) no entorno da Colônia Penal Agrícola, no Complexo de Santa Izabel, nordeste do Pará. Os corpos foram identificados e são de dois detentos que estavam desaparecidos e eram considerados foragidos desde o último domingo (13). A Superintendência do Sistema Penitenciário acionou a Polícia Civil para investigar o caso.
    Suspeitos de cometer assaltos são baleados em troca de tiros com a PM na Cidade Nova, em Ananindeua

    Suspeitos de cometer assaltos são baleados em troca de tiros com a PM na Cidade Nova, em Ananindeua


    A viatura da PM foi atingida. Os dois homens foram levados para o Hospital Metropolitano. Viatura da PM é atingida em tiroteio em Ananindeua. Reprodução Dois suspeitos foram baleados em troca de tiros com a Polícia Militar na noite desta...


    A viatura da PM foi atingida. Os dois homens foram levados para o Hospital Metropolitano. Viatura da PM é atingida em tiroteio em Ananindeua. Reprodução Dois suspeitos foram baleados em troca de tiros com a Polícia Militar na noite desta terça-feira (14), nas proximidades de um supermercado no conjunto Cidade Nova, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. A viatura foi atingida pelos disparos e os policiais não foram feridos. Segundo a PM, o caso aconteceu por volta das 20h. Os suspeitos estavam em uma moto e estariam cometendo assaltos. Uma arma, celulares e a moto foram apreendidos e levados para a delegacia da Cidade Nova. Os dois foram levados para o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência, em Ananindeua. O estade de saúde deles ainda não foi confirmado. PM apreende celulares, arma e a moto usada pelos suspeitos. Reprodução / PM

    Vendedor de churrascos é morto no conj. Guajará 2, em Ananindeua


    Crime aconteceu por volta das 19h30, quando dupla armada desceu de um carro prata e atirou, segundo a PM. Um homem identificado pela Polícia como Carlos Alberto Martins Lima, 41, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (15) na Sétima Rua do...

    Crime aconteceu por volta das 19h30, quando dupla armada desceu de um carro prata e atirou, segundo a PM. Um homem identificado pela Polícia como Carlos Alberto Martins Lima, 41, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (15) na Sétima Rua do conjunto Guajará 2, em Ananindeua, região metropolitana de Belém. Segundo a PM, a vítima vendia churrascos e, por volta das 19h30, dois homens desceram de um carro prata atirando. Carlos morreu no local do crime e os criminosos fugiram. O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves foi acionado para a perícia e a remoção do corpo.

    Vídeo de vereador comemorando retirada de radares em Canaã dos Carajás, no Pará, causa polêmica


    "Adeus pardais, eu estou muito feliz", ele diz no vídeo. Segundo a prefeitura, empresa que fazia manutenção dos aparelhos encerrou contrato. Vídeo de vereador comemorando retirada de radares causa polêmica no interior do Pará Um vídeo causou...

    "Adeus pardais, eu estou muito feliz", ele diz no vídeo. Segundo a prefeitura, empresa que fazia manutenção dos aparelhos encerrou contrato. Vídeo de vereador comemorando retirada de radares causa polêmica no interior do Pará Um vídeo causou polêmica nas redes sociais mostrando o vereador Gesiel Ribeiro (PHS) comemorando a retirada de cinco radares eletrônicos no município de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará. Nas imagens, o vereador mostra o local onde os radares funcionavam e solta fogos de artifício: "arrancaram os pardais, adeus pardais, eu estou muito feliz", ele diz. Moradores dizem que, apesar da cidade ser pequena, o número de acidentes é grande e que a colocação do vereador foi 'infeliz', já que ele devia dar exemplo por ser representante político na cidade. Segundo a prefeitura, os cinco radares foram instalados nas principais avenidas da cidade em 2017 para evitar acidentes de trânsito e a prática de rachas, já que algumas vias são largas. Nos últimos dois anos, foram registradas 36 mil infrações de excesso de velocidade. O número de acidentes, ainda de acordo com a prefeitura, diminuiu com a instalação dos aparelhos. Em 2016, foram registrados 1.714 acidentes, sendo que em 2017 foram 1.054 e em 2018, 774. O secretário de trânsito, Uescley de Amorim disse que os aparelhos foram retirados porque a empresa que fazia a manutenção encerrou o contrato com a prefeitura. "A gente já está trabalhando com a nova licitação e também para incluir o videomonitoramento o mais rápido possível", afirmou. Pelas redes sociais, Gesiel chegou a pedir desculpas. Em um vídeo publicado, ele diz que agiu sem pensar. "Eu quero ser bem claro e eu simplesmente joguei para fora o que estava dentro de mim, como cidadão", contou. Por telefone, o vereador disse que planejou a gravação do vídeo e não se arrepende. Para ele, a redução de acidentes nas áreas onde os radares estavam implantados é contestável, já que, segundo ele, os equipamentos 'não passam de fábricas de multas'.
    Polícia diz que fazenda Novo Mundo em Itupiranga, no PA, não está em processo de reforma agrária

    Polícia diz que fazenda Novo Mundo em Itupiranga, no PA, não está em processo de reforma agrária


    Segundo a Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá, a propriedade foi invadida por quinze homens armados e dez funcionários foram feitos reféns. Polícia diz que fazenda invadida no PA não está em processo de reforma agrária A Delegacia de...


    Segundo a Delegacia de Conflitos Agrários de Marabá, a propriedade foi invadida por quinze homens armados e dez funcionários foram feitos reféns. Polícia diz que fazenda invadida no PA não está em processo de reforma agrária A Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) da Polícia Civil em Marabá, sudeste do Pará, informou nesta terça-feira (15) que a fazenda Novo Mundo, em Itupiranga, não está em processo de reforma agrária. Segundo as investigações, a propriedade foi invadida na última sexta-feira (11) por quinze homens armados e encapuzados, que fizeram dez funcionários reféns por aproximadamente cinco horas. O delegado Alexandre Macedo disse que foi requisitado informações ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e que 'não há processo de obtenção da terra para fins de reforma agrária" no caso da fazenda Novo Mundo. A propriedade fica a 70 km de Marabá, com área de 1600 hectares destinada à criação de gado. Segundo a Polícia, desde a última sexta-feira (11) cerca de setenta integrantes da União Nacional Camponesa (UNC) estavam acampados na propriedade, após a invasão. Dezenas de camponeses ocupam fazenda no interior do PA. Reprodução / Polícia Civil Segundo funcionários, os homens armados disseram que queriam a terra. "Eles falaram que o patrão tinha que dar uma terra para eles, que a terra não era do patrão, era deles. Os que não estavam de capuz estavam de capacete e arma em cima da gente", disse um deles. A Polícia disse que apreendeu quatro armas e uma pessoa foi autuada em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Ainda de acordo com a Polícia, os camponeses liberaram a sede da fazenda após negociações e se deslocaram para uma área a 13 km de distância, ainda dentro da propriedade. O vice-presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa), Wilson Schubert, disse que as invasões provocam prejuízo econômico aos produtores. "A questão da segurança jurídica faz com que quem vai investir ou já investe aqui fique com medo de tecnificar a produção para ter maior produtividade e rendimento, e só tem medo de sofrer o esbúlio em uma invasão", afirmou. "Invasores devem ser punidos", diz secretário Nesta segunda-feira (14), o secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Nabhan Garcia, disse que invasores de terra serão punidos "no rigor da lei". É a primeira ocupação de terras registrada no mandato do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com o secretário, a fazenda é produtiva e a ocupação é ilegal. O secretário Nabhan Garcia deu entrevista coletiva no Ministério da Agricultura Luciana Albuquerque/TV Globo “Isso é reforma agrária? Isso é bagunça agrária, anarquia agrária", afirmou Garcia. “Reforma agrária, está na lei e vai continuar. Propriedade sem função social vai para reforma, mas propriedade produtiva, não”, completou. “Esses invasores serão identificados e punidos, com o rigor da lei. É assim que serão tratadas as invasões de propriedade. Os invasores não são fantasmas, eles estão lá, eles vão ser detidos, identificados e vão responder com o rigor da lei”, afirmou o secretário. Garcia ainda defendeu que se torne mais rígida a legislação para casos de ocupação de terra com uso de violência. Na campanha eleitoral, o agora presidente Bolsonaro disse que atos do Movimentos dos Trabalhadores Sem-Terra deveria ser tratados como "terrorismo".

    SeMOB inicia operação Volta às Aulas em escolas de Belém


    Ação começa nesta quarta-feira, 16, e busca organizar o trânsito nas principais vias da cidade que tenham embarque e desembarque de alunos. A partir desta quarta-feira (16), a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana Belém (SeMOB) retorna...

    Ação começa nesta quarta-feira, 16, e busca organizar o trânsito nas principais vias da cidade que tenham embarque e desembarque de alunos. A partir desta quarta-feira (16), a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana Belém (SeMOB) retorna com a operação educativa de Volta às Aulas. A ação busca reduzir a incidência de imprudências e desrespeito ao trânsito no entorno das escolas do município que apresentam problemas, como estacionamento irregular, formação de filas duplas, entre outros. A ação ocorrerá a partir das 7h, durante o horário de entrada dos alunos. Também será realizado o projeto Comando Educativo, programa lançado no ano passado onde agentes educadores selecionam vias que apresentam grandes índices de reclamações e denúncias de moradores, transeuntes e usuários das redes sociais e realizam autuações educativas – que não apresentam valor monetário – nos veículos flagrados em irregularidades. O projeto já percorreu vias como as ruas Antônio Barreto, Tiradentes, avenidas Visconde de Souza Franco, Generalíssimo Deodoro, entre outras. Dessa vez o Comando Educativo vai às ruas, atuar de forma presencial, assim espera-se que a interação entre o agente educador e o motorista infrator crie uma maior conscientização. Confira o caledário de ações: 16/01 – Centro de Estudos John Knox (Tv. Dr. Enéas Pinheiro, 1752 – Pedreira) 17/01 – Escola Sagrado Coração de Jesus (Tv. Humaitá, 700 – Pedreira) 18/01 – Escola Meu Pedacinho do Céu (Rua Boaventura da Silva, 1004 – Nazaré) 21/01 – Colégio São Paulo (Tv. Antônio Baena, 237 – Marco) 22/01 – Sistema de Ensino Universo e Equipe (Av. Gentil Bittencourt – Nazaré) 23/01 – Colégio Santa Rosa (Rua dos Tamoios, 1769 – Batista Campos) 24/01 – Colégio Nazaré (Av. Nazaré, 902 – Nazaré) 25/01 – Colégio Santa Catarina (Av. Braz de Aguiar – Nazaré)

    Homem é assassinado por atiradores no Outeiro


    Crime ocorreu no final da tarde desta terça-feira (15). Um homem foi morto a tiros por suspeitos que perseguiram a vítima em um carro branco, no distrito de Outeiro, no final da tarde desta terça-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, o crime...

    Crime ocorreu no final da tarde desta terça-feira (15). Um homem foi morto a tiros por suspeitos que perseguiram a vítima em um carro branco, no distrito de Outeiro, no final da tarde desta terça-feira (15). De acordo com a Polícia Militar, o crime ocorreu por volta de 17h30, na Av. Franklin de Menezes esquina com rua Manoel Siqueira. Elionan dos Anjos Gomes, de 24 anos, foi baleado nas costas e na cabeça pela dupla armada. Após o ataque, ele foi socorrido pela equipe do Samu, mas não resistiu.
    UEPA oferta 17 minicursos gratuitos de diversas áreas do conhecimento

    UEPA oferta 17 minicursos gratuitos de diversas áreas do conhecimento


    5ª edição da Escola de Inverno da UEPA é aberta a toda comunidade. Saiba como participar. Fachada do prédio da reitoria da Universidade do Estado do Pará (Uepa) em Belém Nailana Thiely/Secom A 5ª edição da Escola de Inverno da Universidade...


    5ª edição da Escola de Inverno da UEPA é aberta a toda comunidade. Saiba como participar. Fachada do prédio da reitoria da Universidade do Estado do Pará (Uepa) em Belém Nailana Thiely/Secom A 5ª edição da Escola de Inverno da Universidade do Estado do Pará (Uepa) oferta minicursos de diversas áreas do conhecimento. A programação é aberta à comunidade e será realizada de 21 a 25 de janeiro. As inscrições estão abertas e são gratuitas, porém as vagas são limitadas. São 17 minicursos e uma oficina, entre eles: Valoração e monitoramento de serviços ecossistêmicos: conceitos e abordagens de pesquisa; Sistema de inventário florestal (sif): uma ferramenta para inventário em florestas nativas e plantadas; O estudo do ciclo das plantas: monitoramento de espécies vegetais amazônicas; Identificação e tratamento de material botânico: briófitas e angiospermas; Reordenamento territorial urbano; A logística reversa como ferramenta da economia circular; O ensino de ciências e a educação ambiental voltados para a produção científica; Uso de insetos no ensino básico; Organização do currículo lattes e seus documentos comprobatórios; Oratória; Trabalhos acadêmicos: do word ao power point; entre outros. Os minicursos e a oficina possuem carga horária variada e serão realizados em diferentes horários. Mesmo assim, cada interessado pode se inscrever em até dois minicursos/oficina. O candidato que tiver sua inscrição homologada e não comparecer sem justificativa devidamente comprovada, não poderá participar da próxima edição do evento. Para toda a programação as inscrições são gratuitas e os participantes receberão certificado para comprovação curricular, caso obtenham 100% de frequência. Serviço Os interessados deverão fazer suas inscrições na Secretaria do Mestrado em Ciências Ambientais, localizada no Centro de Ciências Naturais e Tecnologia (CCNT) da Uepa, na Tv. Enéas Pinheiro, 2626, bairro do Marco, em Belém, no horário das 9h às 17h. Mais informações: (91) 3131-1914.

    Homem é assassinado dentro de depósito de mercado no bairro Mangueirão, em Belém


    Criminoso chegou de moto e efetuou os disparos contra a vítima. Um mototaxista foi assassinado na manhã desta terça-feira (15) em um depósito de um mercadinho na avenida Major Aviador Seda, no bairro Mangueirão, em Belém. De acordo com relatos de...

    Criminoso chegou de moto e efetuou os disparos contra a vítima. Um mototaxista foi assassinado na manhã desta terça-feira (15) em um depósito de um mercadinho na avenida Major Aviador Seda, no bairro Mangueirão, em Belém. De acordo com relatos de testemunhas à Polícia Militar, Marcelo Augusto Brito Duarte, 38 anos, estava sentado na carroceria de uma caminhonete estacionada no depósito do Mercadinho Vitória quando um homem em uma motocicleta chegou ao local e efetuou os disparos. Familiares de Marcelo Duarte informaram ele atualmente trabalhava de mototaxista, mas que também vigiava o mercadinho, onde havia trabalhado de carteira assinada. O aparelho celular da vítima foi levado pelo criminoso.
    Feira de Adoção de cães e gatos será realizada neste sábado, em Belém

    Feira de Adoção de cães e gatos será realizada neste sábado, em Belém


    Centro de Zoonoses oferta ainda vacina antirrábica e orientação médica para os pets. Cerca de 30 animais do Centro de Controle de Zoonoses estarão disponíveis na Feira de Adoção de Cães e Gatos, que será realizada este sábado (19), na...


    Centro de Zoonoses oferta ainda vacina antirrábica e orientação médica para os pets. Cerca de 30 animais do Centro de Controle de Zoonoses estarão disponíveis na Feira de Adoção de Cães e Gatos, que será realizada este sábado (19), na Augusto Montenegro, em Belém. A feira promovida pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) ocorre de 9h às 13h. Os interessados em adotar devem apresentar RG, CPF e comprovante de residência. Haverá ainda vacinação antirrábica aberto à comunidade. Basta levar o animal de estimação para ser imunizado. A Sesma também vai dar orientações sobre animais peçonhentos e doenças endêmicas. A ação será realizada no estacionamento coberto do shopping, ao lado da entrada da Alameda de Serviços. Serviço Feira de Adoção de Cães e Gatos, neste sábado, 19, de 9h às 13h, no Parque Shopping, localizado na rodovia Augusto Montenegro.

    Polícia Militar descobre plano de fuga em carceragem em Parauapebas


    Detentos retiraram o reboco da parede de uma das celas. Atualmente, o local abriga 91 presos, sendo que a capacidade máxima é para 60. Polícia Militar descobre plano de fuga em carceragem em Parauapebas A Polícia Militar descobriu na madrugada desta...

    Detentos retiraram o reboco da parede de uma das celas. Atualmente, o local abriga 91 presos, sendo que a capacidade máxima é para 60. Polícia Militar descobre plano de fuga em carceragem em Parauapebas A Polícia Militar descobriu na madrugada desta terça-feira (15) uma tentativa de fuga de detentos na carceragem da Polícia Civil, em Parauapebas, no sudeste do Pará. De acordo com a Polícia, agentes penitenciários perceberam uma movimentação anormal em uma das celas e acionaram a Polícia Militar. Durante a revista, os policiais encontraram a tentativa de fazer um buraco na parede da cela. Os detentos tinham tirado do reboco da parede, faltando perfurar os tijolos. Segundo o major da PM Gledson dos Santos, mesmo se os detentos tivessem conseguido quebrar a parede, eles não conseguiriam fugir porque existem outros obstáculos que evitam a fuga. “Mesmo que tivesse conseguido quebrar a parede, eles cairiam também na parte interna da cadeia e teriam outros obstáculos para passar", disse. Segundo a Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), atualmente 91 presos estão divididos em quatro celas na carceragem da Polícia Civil de Parauapebas. A capacidade do local é para 60 presos.

    Balsas operam de forma emergencial no porto do Camará, em Salvaterra


    Píer flutuante para embarque e desembarque naufragou no domingo (13). Empresas que trabalham no local assumiram o compromisso de realizar a manutenção do flutuante até quinta-feira (17). Duas balsas de emergência serão levadas para o porto de...

    Píer flutuante para embarque e desembarque naufragou no domingo (13). Empresas que trabalham no local assumiram o compromisso de realizar a manutenção do flutuante até quinta-feira (17). Duas balsas de emergência serão levadas para o porto de Camará Duas balsas foram enviadas para o Porto do Camará, em Salvaterra, na Ilha do Marajó, para operarem de forma emergencial até a recuperação do píer flutuante que naufragou no domingo (13). Uma das balsas está funcionando como flutuantes de embarque e desembarque improvisadamente. A segunda balsa é utilizada para ajudar a içar a o flutuante que naufragou, facilitando a retirada da água acumulada e no início do trabalho de soldagem. De acordo com a empresa Arapari, responsável pelo transporte de passageiros no porto de Camará, o fundo do píer está comprometido e por isso deverá ser trocado. Segundo a Banav, empresa que também trabalha no porto, após reunião com a Arcon, ela e a Arapari assumiram o compromisso de normalizar o atendimento no local. A previsão é de que o flutuante do porto do Camará esteja pronto até quinta-feira (17) à tarde.