G1 > Mato Grosso

    Jovem é preso no MT suspeito de matar entregador, sobrinha de 7 meses de vida e tia, em Goiás

    Jovem é preso no MT suspeito de matar entregador, sobrinha de 7 meses de vida e tia, em Goiás


    Homem e bebê estavam em carro quando foram baleados, em 2013. Já a mulher foi morta quatro meses depois, por denunciar o autor. Jhonan Ferreira Brandão é preso em Cuibá suspeito de matar três pessoas da mesma família em Goiás PJC-MT Quase...


    Homem e bebê estavam em carro quando foram baleados, em 2013. Já a mulher foi morta quatro meses depois, por denunciar o autor. Jhonan Ferreira Brandão é preso em Cuibá suspeito de matar três pessoas da mesma família em Goiás PJC-MT Quase cinco anos após a morte do entregador Edson Teixeira Aires, de 24 anos, e da sobrinha dele, de 7 meses de vida, em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, o suspeito de cometer o crime, Jhonan Ferreira Brandão, de 23 anos, foi preso em Cuiabá (MT), nesta terça-feira (17). Ele também é suspeito de matar uma tia do rapaz, quatro meses depois. Edson foi baleado enquanto dirigia o próprio carro, em 14 de dezembro de 2013, na Avenida Independência, no Setor Jardim Monte Cristo. A irmã dele, Angélica Teixeira Tavares, seguia no banco do passageiro e levava, no colo, a filha dela, Ana Clara Teixeira Tavares, de 7 meses. Ambas também foram baleadas. Atingida na cabeça, Ana Clara morreu onze dias depois do ataque, em 25 de dezembro, em um hospital de Goiânia. Já Angélica, foi baleada no braço e na mão, socorrida e liberada após o atendimento médico. No dia do crime, o criminoso emparelhou o carro dele ao lado do da vítima e atirou várias vezes. Edson estava no carro com a irmã e a sobrinha, de 7 meses de vida, em Aparecida de Goiânia Reprodução/TV Anhanguera Inicialmente, o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) acreditava que o motivo do crime era uma briga de trânsito, conforme o que Angélica havia relatado. “Segundo ela, tudo aconteceu depois de um pequeno acidente. O atirador e o irmão dela começaram a discutir, quando o suspeito passou a segui-los e acabou efetuando os disparos. Eles nem chegaram a descer dos carros”, afirmou ao G1, na época, o delegado Rogério Moreira Bicalho Filho, responsável pelo caso. No entanto, posteriormente, a corporação concluiu que Edson e Jhonan já tinham uma rixa. Segundo a Polícia Judiciária do Mato Grosso, a briga estava ligada ao tráfico de drogas. O delegado Klayter Camilo Resende Farinha, atual titular do GIH, explicou nesta terça-feira que Jhonan foi indiciado por duplo homicídio e por tentativa de homicídio em fevereiro de 2014. Na ocasião, a polícia também pediu a prisão preventiva do suspeito. O Poder Judiciário expediu o mandado em outubro daquele ano. Sequestro e morte da tia Além do duplo homicídio, Jhonan é suspeito de sequestrar e matar Edileusa Teixeira Tavares, tia de Edson. Segundo a Polícia Civil de Goiás, na madrugada de 6 de abril de 2014, a mulher de 32 anos estava no carro com o marido e, quando passavam pelo Jardim Alto Paraíso, em Aparecida de Goiânia, eles foram abordados por três homens armados que tomaram a chave do veículo e levaram Edileusa. No mesmo dia, encontraram o corpo de Edileusa em Hidrolândia, na Região Metropolitana da capital. O caso está a cargo da delegacia da cidade. A Polícia Civil de Goiás não conseguiu passar mais informações sobre a morte de Edileusa nesta quarta-feira. No entanto, conforme a Polícia Judiciária do MT, Jhonan matou a mulher porque ela havia procurado a delegacia para denunciá-lo como autor do duplo homicídio. Prisão Após um trabalho de investigação do GIH, a equipe constatou que Jhonan estava em Cuiabá e entrou em contato com a Polícia Civil local de Mato Grosso. Policiais da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso localizaram o foragido na madrugada desta terça-feira, no Bairro Tancredo Neves, na região da Grande Morada da Serra. De acordo com o órgão, a equipe vigiou o suspeito por oito horas até conseguir prendê-lo. Klayter informou que decidirá, até quarta-feira (18), como Jhonan será transferido para Aparecida de Goiânia. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
    Foragido, 'Dr. Bumbum' foi indiciado quatro vezes pela polícia do DF

    Foragido, 'Dr. Bumbum' foi indiciado quatro vezes pela polícia do DF


    Clínica clandestina no Lago Sul foi alvo de operação em novembro. Paciente morreu após cirurgia em cobertura na Barra da Tijuca, no Rio, neste domingo. Denis Cesar Barros Furtado, o "Dr. Bumbum", é considerado foragido pela...


    Clínica clandestina no Lago Sul foi alvo de operação em novembro. Paciente morreu após cirurgia em cobertura na Barra da Tijuca, no Rio, neste domingo. Denis Cesar Barros Furtado, o "Dr. Bumbum", é considerado foragido pela Justiça Reprodução/Instagram Conhecido como "Dr. Bumbum", o médico Denis Cesar Barros Furtado foi indiciado quatro vezes pela Polícia Civil do Distrito Federal por exercício ilegal de medicina e crime contra o consumidor. Ele foi alvo de uma operação realizada em novembro de 2017 em uma clínica clandestina mantida no Lago Sul, área nobre de Brasília. Ele ainda não foi denunciado à Justiça e, portanto, não é considerado réu. O médico está foragido desde que fez um procedimento estético na cobertura de um apartamento na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, que terminou com a morte de uma paciente, no domingo (15). A advogada dele diz que "muitas das informações" são falsas (leia mais no fim da reportagem). Após o caso, a namorada do médico, Renata Fernandes Cirne, de 20 anos, foi presa. A mãe dele, a médica Maria de Fátima Barros – que está com o registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do DF cassado –, fugiu. Já o "Dr. Bumbum" ainda tem registro ativo no CRM do DF. A maioria dos processos sobre o médico relacionados à má prática do exercício corre em sigilo no Tribunal de Justiça do DF. Sistema do Conselho Regional de Medicina do DF diz que registros do médico estão regulares Reprodução Durante a operação em Brasília, foram apreendidos documentos, dinheiro, material hospitalar e três armas – duas pistolas .380 e uma espingarda calibre .12 – sem registro no Ministério da Justiça. Por causa das armas, chegou a ser detido em flagrante, mas foi liberado após pagar fiança. Operação no Lago Sul Segundo a polícia, o material apreendido em novembro comprovou que houve prática de medicina em local inapropriado. Além disso, só não houve abordagem prévia da Vigilância Sanitária e do CRM por causa do horário de funcionamento da clínica, sempre à noite – uma estratégia para evitar a fiscalização, segundo o delegado Paulo Márcio Meireles Rodrigues. As investigações começaram naquele mês, quando ao menos duas vítimas procuraram a delegacia do Lago Sul para denunciar o médico e reclamar de procedimentos que não deram certo. Renata Fernandes Cirne está presa e Denis Cesar, foragido da Justiça Divulgação "Para cada procedimento, as pacientes desembolsavam entre R$ 10 mil e R$ 20 mil", disse o delegado. “Eram tratamentos não reconhecidos, alguns até mesmo proibidos, como implantes hormonais para fins estéticos." Um dos casos que chamaram a atenção da polícia foi o de uma tetraplégica que procurou a clínica para diminuir as dores que sentia. Ele prometeu que ela voltaria a andar e fez um "implante hormonal". A cada espasmo que ela tinha, dizia que era a prova de que o tratamento estava funcionando. Porém, além de a paciente não melhorar, passou a sofrer de um problema pulmonar. Os investigadores afirmam ainda que o médico prometia terapia neural para curar depressão, mas aplicava apenas aminoácidos nas vítimas. Dr. Bumbum "Dr. Bumbum" tem 645 mil seguidores no Instagram Instagram/Reprodução Denis Furtado é popular nas redes sociais, onde ele mesmo se fez conhecer pelo apelido de Dr. Bumbum. No Instagram, ele conta com mais de 645 mil seguidores. Na rede sociais, ele dá dicas de saúde e exibe os resultados de antes e depois dos procedimentos estéticos que realiza. Estas são as mais populares e chegam a contar com 10 mil curtidas. Sindicância Ao G1, o Conselho Regional de Medicina do DF informou que é o conselho do Rio que está liderando as investigações sobre a morte da paciente, pois é onde ocorreu a morte do paciente. A cassação do registro mantido em Brasília só pode ocorrer após as investigações em território fluminense serem encaminhadas à capital. Bancária morre após procedimento estético com médico conhecido nas redes sociais Alegando sigilo, o órgão disse que não pode divulgar o número de sindicâncias das quais o "Dr. Bumbum" é alvo. O Conselho Federal de Medicina (CFM), por sua vez, informou que Denis Cesar Barros Furtado responde a "processo ético-profissional" no CRM-DF. Também segundo o órgão, ele foi alvo de uma "interdição cautelar para o exercício da profissão" em março de 2016, medida suspensa três meses depois pela Justiça. Defesa Em nota enviada ao G1, a advogada do médico, Naiara Baldanza, afirmou que "muitas das informações que estão circulando na internet e redes sociais acerca do médico são inverídicas". "Ninguém é considerado culpado antes da sentença penal condenatória e que qualquer conclusão acerca da morte de Lilian Calixto e a eventual responsabilidade do meu cliente sobre essa fatalidade é precoce", disse a advogada. Segundo Baldanza, a paciente que morreu no Rio de Janeiro não apresentou complicações no procedimento estético e foi acompanhada pelo "Dr. Bumbum" ao hospital. Questionada pelo G1 se a advogada sabe onde está o médico e se ele se entregará à Justiça, ela disse que "por enquanto, este é meu único pronunciamento". Veja mais notícias sobre a região no G1 DF.
    Caminhões batem de frente em MS e uma pessoa fica presa às ferragens

    Caminhões batem de frente em MS e uma pessoa fica presa às ferragens


    Acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (17), em Ivinhema. Caminhões pararam em barranco em meio à vegetação Corpo de Bombeiros/Divulgação Dois caminhões bateram de frente na manhã desta terça-feira (17), na MS-276, entre Ivinhema e o...


    Acidente aconteceu na manhã desta terça-feira (17), em Ivinhema. Caminhões pararam em barranco em meio à vegetação Corpo de Bombeiros/Divulgação Dois caminhões bateram de frente na manhã desta terça-feira (17), na MS-276, entre Ivinhema e o distrito de Amandina. Uma pessoa ficou presa às ferragens e foi socorrida consciente e orientada. O Corpo de Bombeiros fez o socorro juntamente com um médico do hospital do município. O acidente aconteceu próximo à ponte do rio Ivinhema. Os dois caminhões pararam no barranco da rodovia, em meio à vegetação.
    Foragido, médico conhecido como Dr. Bumbum tem passagem pela polícia por homicídio, porte de arma e ameaça

    Foragido, médico conhecido como Dr. Bumbum tem passagem pela polícia por homicídio, porte de arma e ameaça


    Médico fez cirurgia estética ilegal que acabou em morte de paciente na Barra; ele teve a prisão decretada e está foragido. Dr. Bumbum tem 650 mil seguidores em rede social, e é réu em mais de dez processos. Médico responsável por cirurgia...


    Médico fez cirurgia estética ilegal que acabou em morte de paciente na Barra; ele teve a prisão decretada e está foragido. Dr. Bumbum tem 650 mil seguidores em rede social, e é réu em mais de dez processos. Médico responsável por cirurgia estética em paciente que passou mal e morreu está foragido O médico Denis Cesar Barros Furtado, que realizou procedimento estético na cobertura de um apartamento na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, resultando na morte de uma paciente, tem anotações criminais antigas por homicídio, porte ilegal de arma e ameaça; na Justiça, é reu em mais de dez ações. Denis teve a prisão temporária decretada pela Justiça do Rio, assim como a mãe, também médica. Ambos estão foragidos. A namorada de Denis, Renata Fernandes, que trabalhava como secretária da clínica, está presa. A polícia chegou a pedir a prisão temporária - que permitiria que Renata ficasse presa por 5 dias - mas ela foi negada pela Justiça. Na tarde desta terça-feira, ela seguia detida na 16ªDP (Barra da Tijuca). A advogada de Renata disse ao G1 que a cliente dela teve a prisão decretada e que ela estava indo ao Tribunal checar as informações. Dr. Bumbum foi indiciado quatro vezes no DF Segundo a delegada Adriana Belém, da 16ª DP (Barra da Tijuca), quatro pessoas participaram do procedimento que levou à morte de Lilian Calixto. Denis Furtado, o Dr. Bumbum: ele não poderia trabalhar no Rio, porque só tem registro ativo nos conselhos regionais de Goiás e Distrito Federal. Está foragido. Maria de Fátima Barros, médica: a mãe de Denis também não podia atuar no Rio; seu registro foi cassado. Está foragida. Renata Fernandes, a namorada: começou a cursar Técnica de Enfermagem, mas abandonou os estudos. Foi presa. Rosilane Pereira da Silva, empregada: segundo a polícia, emprestava o nome para a abertura da clínica, que na verdade é um salão de beleza. Foi indiciada. Renata está presa e Denis Cesar foragido da Justiça Divulgação Todos os quatro foram indiciados por homicídio doloso qualificado e associação criminosa. A Justiça entendeu que não era necessária a prisão de Rosilane, mas todos serão indiciados. "A mãe e o filho estão com prisão temporária pedida", disse a delegada. Versões dos indiciados A advogada Naiara Baldanza, que defende Denis, emitiu nota sobre o pedido de prisão temporária contra ele. A defensora diz que é cedo para culpá-lo pelo crime e que Lilian "não apresentou qualquer complicação" durante a cirurgia "Qualquer conclusão acerca da morte de Liliam Calixo (sic) e a eventual responsabilidade do meu cliente sobre essa fatalidade é precoce", escreveu. Na delegacia, Renata negou qualquer participação na cirurgia e afirmou que sua função era administrativa e que trabalhava como secretária. Segundo ela, o médico sempre disse que o procedimento era ambulatorial e que não era necessário usar sala cirúrgica. Dez processos na Justiça O médico é réu em mais de 10 processos no Tribunal de Justiça do Rio. Num deles, junto com a mãe, por conta da venda de um apartamento. O comprador alega que pagou R$ 100 mil, além de ter pago dívidas de condomínio e IPTU, mas o imóvel teria sido invadido por Maria de Fátima, que teria se recusado a assinar a escritura. Ela alega que não invadiu o apartamento porque não sabia que tinha sido vendido e que a venda foi feita por uma intermediária que não tinha procuração para a negociação. Na polícia, constam as seguintes passagens: Homicídio (1997) Porte de arma (2003) Crime contra a ordem pública (2003) Resistência a prisão (2006 e 2007) Exercício arbitrário da própria razão (2007) - quando a pessoa excede no direito de reagir em legítima defesa Violação de domicílio (2007) Polícia procura médico que fez procedimento estético em apartamento na Barra Como foi o procedimento Parentes contaram que Lilian saiu de Cuiabá, em Mato Grosso, onde morava, para fazer um procedimento estético nos glúteos. Ela passou por complicações e foi socorrida ao Hospital Barra D'Or em estado extremamente grave, segundo a unidade de saúde, e acabou morrendo na madrugada de domingo (15). A delegada conta que Lilian foi para a casa de Denis de táxi, no sábado à tarde, e pediu que o motorista a esperasse. Durante todo o tempo ela ligava pra o taxista para informar que estava tudo bem, mas que o procedimento estava atrasado. Por volta das 22h, o taxista, preocupado, ligou para Lilian. O médico então desceu, deu R$ 300 ao motorista e o dispensou, dizendo que Lilian ia demorar porque era um jantar. Médico fugiu de cerco e destruiu cancela "O taxista ficou desconfiado e viu quando o médico saiu de carro levando a paciente para o Barra D'Or. E ligou para uma amiga da Lilian, que tinha feito o procedimento tempos atrás e indicado o médico", contou a delegada. Adriana Belém falou que Lilian chegou acompanhada de Denis e Renata no hospital. Ele se apresentou como médico, mas não informou nada sobre o procedimento estético. Quando a paciente morreu, ele e a namorada foram embora. "A diretoria do hospital contou que Lilian, que ainda estava lúcida, descreveu o que havia acontecido", disse a delegada, que foi informada da morte pelo hospital. A causa do óbito de Lilian ainda não foi divulgada. "Conseguimos achar esse taxista, que acabou nos levando à suposta clínica, que é um salão de beleza. Depois que a paciente morreu, Renata ligou para o taxista para entregar os pertences de Lilian a ele. Eles marcaram no Downtown, onde fica o salão. Fomos atrás e prendemos a Renata. O Denis fugiu arrebentando cancela e tudo. A PM encontrou depois o carro dele abandonado", narra. “Quando a vítima contratou esse serviço, ela pensou que seria feito num consultório. Como já levantamos, ele faria isso com outra cliente, que acabou desistindo", disse a delegada Adriana Belém. Material apreendido pela polícia neste domingo (15) Divulgação Médico tem 645 mil seguidores em rede social Denis Furtado é popular nas redes sociais, onde ele mesmo se fez conhecer pelo apelido de Dr. Bumbum. Apenas no Instagram, ele conta com mais de 645 mil seguidores. Lá, ele dá dicas de saúde e exibe os resultados de antes e depois dos procedimentos estéticos que realiza. Estas são as mais populares e chegam a contar com dez mil curtidas. Médico tem 645 mil seguidores no Instagram Reprodução / Rede social Em um post do dia 14 de junho, ele oferece o procedimento de bioplastia peniana, onde seria possível aumentar o tamanho e espessura do órgão sexual masculino. No YouTube, onde possui um canal, ele tem 1,4 mil seguidores. O último vídeo postado é uma transmissão ao vivo, em 31 de março do ano passado, chamada “Tireoide e seus mistérios”. Os serviços do médico também são anunciados no Facebook, em uma página com mais de sete mil curtidas. Assim como no Instagram, o foco também é nas fotos de antes e depois de suas pacientes. Em seu site, Denis Furtado afirma oferecer uma visão “holística” de seus pacientes, focando em um tratamento completo que se refletiria na melhoria da aparência. Lá, ele afirma atender no Rio de Janeiro, em São Paulo, em Brasília e em Manaus. O Conselho Federal de Medicina informou que Denis responde a um processo ético-profissional no Distrito Federal, mas não disse por qual motivo. E que em 2017 ele foi alvo de uma interdição cautelar para o exercício da profissão -- medida suspensa pela Justiça. O Conselho Regional de Medicina do Rio não informou porque foi cassado o registro profissional de Maria de Fátima, mãe de Denis. Informações sobre o paradeiro de Denis e da mãe dele podem ser repassadas de forma anônima pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados, no telefone (21) 98849-6099; pela Central de Atendimento, no (21) 2253-1177; através do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

    PF deflagra operação para combater golpes por celular depois de clonagem de telefones de ministros


    Objetivo da ação é desarticular grupo que aplica golpes pelo WhatsApp. Em março, os ministros Eliseu Padilha (MDB-RS) e Carlos Marun (MDB-MS) tiveram celulares clonados. PF prende suspeitos de aplicarem golpe por aplicativo de mensagem A Polícia...

    Objetivo da ação é desarticular grupo que aplica golpes pelo WhatsApp. Em março, os ministros Eliseu Padilha (MDB-RS) e Carlos Marun (MDB-MS) tiveram celulares clonados. PF prende suspeitos de aplicarem golpe por aplicativo de mensagem A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (17) operação para desarticular grupo que clonava números de telefone para aplicar golpes por meio do aplicativo WhatsApp, de troca instantânea de mensagens. A ação é desdobramento de um pedido de investigação que partiu de ministros do governo Michel Temer depois de terem telefones celulares clonados. Em março deste ano, os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Carlos Marun (Secretaria de Governo) e o ex-ministro Osmar Terra (Desenvolvimento Social), todos do MDB, tiveram os telefones fraudados e pediram investigação policial sobre o caso. Segundo os relatos dos ministros, mensagens foram enviadas aos contatos deles por meio do aplicativo WhatsApp com pedidos de depósitos bancários. Na operação desta terça, batizada de Swindle, que significa "fraude" em inglês, policiais cumpriram cinco mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva no Maranhão e em Mato Grosso do Sul. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal em Brasília. De acordo com investigadores, com os números clonados, os agentes criminosos usavam contas de WhatsApp de autoridades públicas e solicitavam transferências bancárias das pessoas da lista de contatos do telefone alvo de fraude. A polícia investiga os crimes de estelionato e associação criminosa. Prisões Quatro suspeitos de integrar o grupo que aplicava golpes pelo WhatsApp foram presos durante a operação em São Luís, no Maranhão. Segundo o delegado do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), Odilardo Muniz, dentre os presos está Leonel Silva Pires Júnior que seria o chefe da organização. De acordo com o delegado, Leonel Silva Pires Júnior será interrogado e encaminhado ainda nesta terça para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital.
    Polícia do Rio investiga morte de bancária de Mato Grosso após procedimento estético na Barra

    Polícia do Rio investiga morte de bancária de Mato Grosso após procedimento estético na Barra


    Mulher passou por procedimento na casa de médico, na Barra da Tijuca, no sábado (14). Lilian Calixto, de 46 anos, foi levada para hospital Barra D'Or . Lilian vivia em Cuiabá e viajou ao Rio para realizar procedimento estético Reprodução/ Redes...


    Mulher passou por procedimento na casa de médico, na Barra da Tijuca, no sábado (14). Lilian Calixto, de 46 anos, foi levada para hospital Barra D'Or . Lilian vivia em Cuiabá e viajou ao Rio para realizar procedimento estético Reprodução/ Redes sociais Uma bancária, identificada como Lilian Calixto, de 46 anos, morreu após passar por um procedimento estético na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. A morte é investigada pela Polícia Civil e pelo Cremerj. Parentes contaram que ela saiu de Cuiabá, no Mato Grosso, onde mora, para um procedimento estético nos glúteos. O procedimento foi realizado no apartamento de um médico, na Barra. Lilian passou por complicações e foi socorrida ao Hospital Barra D'or em estado extremamente grave, segundo a unidade de saúde. O Barra D'or informou também que, mesmo após "manobras de recuperação", não foi possível reverter o quadro de saúde e Lilian acabou morrendo na madrugada de domingo (15). Ainda segundo parentes da vítima, que deixa dois filhos e marido, durante o procedimento foi usado polimetilmetacrilato. Houve registro do caso na 16ª Delegacia de Polícia Civil (Barra da Tijuca), mas a investigação é sigilosa. O Tribunal de Justiça confirmou na noite desta segunda-feira (16) que um pedido de prisão provisória para o médico Denis Cesar Barros Furtado chegou ao plantão judicial para ser analisado. O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) informou que vai investigar as denúncias da morte de Lilian, além de notificar a Polícia Federal sobre o caso. Nas redes sociais, uma parente de Lilian manifestou seu descontentamento com o trabalho do médico, que seria responsável pela morte da bancária, e que o suspeito teria bloqueado as redes sociais. "Aos meus amigos que a conheceram, eu a tinha como uma pessoa muito querida e sabem do que estou falando. Minha cunhada Lilian Calixto foi vítima desse ser desumano, hoje foragido da polícia, e o meu irmão e minha sobrinha sofrendo as dores dessa grande perda", escreveu.
    Suspeito preso em shopping é investigado por assaltos a instituições financeiras no PI, MA e MT

    Suspeito preso em shopping é investigado por assaltos a instituições financeiras no PI, MA e MT


    Segundo o Grupo de Repressão ao Crime Organizado, ele é investigado por roubos a instituições financeiras em três estados. Suspeito foi preso em um shopping depois de ter sido reconhecido. Segundo a polícia, suspeito participou do assalto a...


    Segundo o Grupo de Repressão ao Crime Organizado, ele é investigado por roubos a instituições financeiras em três estados. Suspeito foi preso em um shopping depois de ter sido reconhecido. Segundo a polícia, suspeito participou do assalto a agência do Banco do Brasil de Amarante em 2016. Denison Duarte/SomosNoticia.com Márcio Alencar Dutra, 31 anos, é investigado por uma série de assaltos a instituições financeiras no Piauí e em outros estados, afirmou nesta segunda-feira (16) o coordenador de Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Willame Moraes. O suspeito foi preso em um shopping de Teresina no sábado (14) quando foi reconhecido por um policial. “Ele participou do assalto do banco na cidade de Amarante, em 2016, e mais recentemente de outro assalto a instituição financeira em Presidente Dutra, no Maranhão. Também agia no Mato Grosso. As outras ações dele, em outras cidades do Piauí, não vamos citar agora porque temos mais investigados com pedido de prisão em aberto e para não atrapalhar as investigações não vamos citar no momento”, informou o delegado. Delegado Willame Moraes, coordenador do Greco Lucas Marreiros/G1 PI Segundo o coordenador do Greco, Márcio Dutra estava atuando com outros grupos criminosos, depois de ter perdido integrantes dele. “Depois do assalto em Amarante, três foram mortos em confronto com a polícia no Maranhão e dois foram presos. Ele passou a agir com outras quadrilhas aqui no Piauí, porque a dele já tinha quase todos os integrantes mortos”, afirmou Willame Moares. O suspeito possuía quatro mandados de prisão de quatro estados em aberto. Ele tinha sido preso em 2016 em Goiás e levado para o Mato Grosso, de onde conseguiu fugir e estava foragido desde então. Agora ele fica à disposição da Justiça e deverá responder pelos crimes de roubo, porte ilegal de arma de fogo, associação criminosa e uso de material explosivo.
    Prefeitura de Cuiabá prorroga inscrição de processo seletivo com 3,7 mil vagas

    Prefeitura de Cuiabá prorroga inscrição de processo seletivo com 3,7 mil vagas


    De acordo com o edital, a remuneração varia entre R$ 1.655,54 a R$ 3.206,03. As vagas são para contrato temporário e formação de cadastro reserva. Inscrições são feitas pela internet Jonathan Lins/G1 A Prefeitura de Cuiabá prorrogou as...


    De acordo com o edital, a remuneração varia entre R$ 1.655,54 a R$ 3.206,03. As vagas são para contrato temporário e formação de cadastro reserva. Inscrições são feitas pela internet Jonathan Lins/G1 A Prefeitura de Cuiabá prorrogou as inscrições do processo seletivo com 3.785 vagas para atender a rede municipal de educação. O prazo para se inscrever terminaria nesta segunda-feira (16) e foi prorrogado até o dia 22 deste mês. De acordo com o edital, a remuneração varia entre R$ 1.655,54 a R$ 3.206,03. As vagas são para contrato temporário e formação de cadastro reserva. Para ver o edital, clique aqui. As inscrições para o processo seletivo poderão ser feitas somente por meio do endereço eletrônico do Instituto Selecon, realizador do certame. O valor da taxa de inscrição para a função de nível médio é de R$ 60 enquanto para o nível superior é de R$ 70. As vagas são para os seguintes profissionais: professor pedagogo, professor das áreas de educação artística, letras-espanhol, ciências, física, matemática, história, geografia, ensino religioso, ciências sociais, filosofia, letras – língua portuguesa e literatura e técnico em desenvolvimento infantil (TDI). Provas As provas objetivas serão aplicadas, para todas as funções, no dia 29 de julho. Das 9h às 11h para as funções de nível superior e das 15h às 17h, para a função de TDI. Veja mais notícias sobre a região no G1 MT.

    Motociclista morre após invadir preferencial e bater em dois carros, diz polícia de MS


    Enteada da vítima disse que ela havia bebido cerveja durante todo o dia em casa. Um motociclista de 48 anos morreu em acidente na noite de domingo (15), em Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações do boletim de ocorrência,...

    Enteada da vítima disse que ela havia bebido cerveja durante todo o dia em casa. Um motociclista de 48 anos morreu em acidente na noite de domingo (15), em Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande. Segundo informações do boletim de ocorrência, João Batista de Souza Gonçalves invadiu a preferencial e bateu em dois carros. Conforme o boletim de ocorrência, o acidente aconteceu em cruzamento do Jardim América. A vítima primeiro bateu na lateral de um carro, depois na traseira de outro e morreu no local. A moto ficou destruída. A enteada de João disse aos policiais que havia falado com ele poucos minutos antes do acidente e ele parecia estar embriagado. Falou ainda que o padrasto havia bebido cerveja durante todo o dia em casa. O caso foi registrado como acidente com vítima fatal provocado pela própria vítima.
    Criança do ES que ficou órfã em acidente no MS segue internada no CTI

    Criança do ES que ficou órfã em acidente no MS segue internada no CTI


    Menina de quatro anos teve contusão pulmonar e várias fraturas. O estado de saúde é grave, segundo a Santa Casa de Campo Grande (MS). A filha de um casal do Espírito Santo morto em um acidente no Mato Grosso do Sul, onde a família passava...


    Menina de quatro anos teve contusão pulmonar e várias fraturas. O estado de saúde é grave, segundo a Santa Casa de Campo Grande (MS). A filha de um casal do Espírito Santo morto em um acidente no Mato Grosso do Sul, onde a família passava férias, continua internada em estado grave no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital Santa Casa de Campo Grande (MS). A menina de quatro anos passou por uma cirurgia neste sábado (14). O acidente aconteceu na tarde do de sexta-feira (13), na BR-060, a cerca de 30 quilômetros da capital Campo Grande. O carro onde a família estava bateu de frente com outro veículo, conduzido por uma médica. Segundo a polícia, Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, e a mulher, Mery Ângela Soares Brandão, de 43 anos, morreram no local. A filha deles e a médica ficaram feridas. Acidente entre dois carros na BR-060 próximo a Sidrolândia Michelle Machado/TV Morena A criança está entubada, sedada e sendo medicada com antibióticos, segundo o Hospital Santa Casa. Não há previsão de alta. A previsão é de que os corpos de Henrique e Mery Ângela cheguem ao Espírito Santo na madrugada desta segunda-feira (16). Eles serão levados para o Cemitério Parque da Paz, em Cariacica, onde serão sepultados à tarde. Henrique Brandão era superintendente do Banco do Espírito Santo (Banestes) na região Sul. Mery Ângela Brandão era professora da rede municipal de Vitória.

    Carro é abandonado após batida em barranco na BR-267 e PRF encontra 640 kg de maconha


    Segundo a polícia, condutor fugiu da fiscalização provocou acidente na frente de frigorífico em Bataguassu (MS) e fugiu por matagal. Um carro com placas falsas foi abandonado na BR-267, em frente de um frigorífico em Bataguassu, município na...

    Segundo a polícia, condutor fugiu da fiscalização provocou acidente na frente de frigorífico em Bataguassu (MS) e fugiu por matagal. Um carro com placas falsas foi abandonado na BR-267, em frente de um frigorífico em Bataguassu, município na região leste de Mato Grosso do Sul, na madrugada deste domingo (15), depois de o motorista fugir da fiscalização em alta velocidade e perder o controle da direção. Dentro, os policiais da Polícia Rodoviária Federal (PRF) encontraram 640 quilos de maconha. O condutor fugiu pelo matagal próximo a pé. As placas usadas eram falsas e as verdadeiras indicavam que o carro era de Cordeirópolis (SP). De acordo com o registro policial, o veículo não tinha ocorrência de furto ou roubo. Também foi encontrada outra placa falsa dentro do carro. O caso foi registrado como tráfico de drogas e adulteração de sinal automotor na Delegacia de Polícia de Bataguassu.
    Indígena é morto ao ser atropelado e ter corpo arremessado contra veículos na MS-156

    Indígena é morto ao ser atropelado e ter corpo arremessado contra veículos na MS-156


    Segundo a polícia, um dos carros envolvidos estava a serviço da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Camionete usada por empresa a serviço da Sesai em Paranhos Vilson Nascimento/A Gazetanews Um indígena de 24 anos foi morto na MS-156,...


    Segundo a polícia, um dos carros envolvidos estava a serviço da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai). Camionete usada por empresa a serviço da Sesai em Paranhos Vilson Nascimento/A Gazetanews Um indígena de 24 anos foi morto na MS-156, em Amambai, depois de ser atropelado por uma camionete a serviço da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e ter o corpo arremessado contra um veículo que estava no sentido contrário. O coordenador da Sesai Fernando Souza informou ao G1 que o motorista é funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviço à secretaria em Paranhos (MS) e havia ido à Amambai para abastecer e estava retornando. A Sesai aguarda as investigações da polícia e da empresa terceirizada. Segundo o registro policial, o acidente aconteceu no fim da tarde de sábado (14) e o Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas a vítima não resistiu aos ferimentos. O carro da Sesai era conduzido por um indígena de 36 anos. Outro veículo envolvido no acidente que morreu indígena de 24 anos Vilson Nascimento/A Gazetanews Por causa da morte do jovem, um grupo de indígenas se aglomerou e alguns com os ânimos alterados, bloquearam a rodovia e tentaram linchar os condutores dos veículos envolvidos. Para controlar a situação foi necessário a presença da Polícia Militar, Polícia Ambiental e do Departamento de Operações de Fronteira (DOF). As pistas foram desbloqueadas com ajuda do capitão da aldeia, Paulo Isidoro, e do vice-capitão, Adão Benites. O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veículo automotor na Delegacia de Polícia de Amambai.

    Polícia investiga morte de mulher encontrada em estrada rural de MS com facada na nuca


    Segundo a polícia, a vítima era usuária de drogas e suspeita de vários pequenos furtos em Amambai (MS). A polícia investiga a morte de uma mulher de 43 anos em Amambai, região sul de Mato Grosso do Sul. O corpo foi encontrado por um ciclista que...

    Segundo a polícia, a vítima era usuária de drogas e suspeita de vários pequenos furtos em Amambai (MS). A polícia investiga a morte de uma mulher de 43 anos em Amambai, região sul de Mato Grosso do Sul. O corpo foi encontrado por um ciclista que passava pela "Estrada do Buracão", uma estrada na zona rural do município, no final da tarde de sábado (14). Segundo o registro policial, a vítima era usuária de drogas e suspeita de vários furtos na cidade. O corpo apresentava marcas de facada nos braços, nas costas e uma grande perfuração na nuca, que de acordo com a investigação, foi uma tentativa de decapitação. Ainda não há suspeitos do crime. O caso foi registrado como homicídio simples na Delegacia de Polícia de Amambai.
    Suspeito de lucrar R$ 100 mil por mês com contrabandos é preso com R$ 600 mil em eletrônicos ilícitos, em Goiânia

    Suspeito de lucrar R$ 100 mil por mês com contrabandos é preso com R$ 600 mil em eletrônicos ilícitos, em Goiânia


    Polícia Civil informou que produtos eram comprados no Paraguai e vendidos em Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná. Eletrônicos no valor de R$ 600 mil apreendidos com empresário preso por contrabando Reprodução/Polícia Civil A Polícia Civil...


    Polícia Civil informou que produtos eram comprados no Paraguai e vendidos em Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná. Eletrônicos no valor de R$ 600 mil apreendidos com empresário preso por contrabando Reprodução/Polícia Civil A Polícia Civil prendeu, neste sábado (14), um empresário suspeito de vender eletrônicos contrabandeados no setor Campinas, em Goiânia. A corporação apreendeu com ele mercadorias que, somadas, valem até R$ 600 mil e seriam vendidas em Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná, de acordo com as investigações. O G1 não conseguiu identificar a defesa do empresário para pedir um posicionamento sobre a prisão. Equipes da Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (Decar) ficaram observando a casa e o comércio do investigado desde sexta-feira (13) até localizarem e prenderem o homem. Segundo a corporação, a apuração teve apoio da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, que informou aos policiais de Goiás que o empresário contrabandeava os eletrônicos para vendas nos dois estados e ainda no Paraná. Eletrônicos contrabandeados do Paraguai que seriam vendidos em Goiânia Reprodução/Polícia Civil “Esse cara estava sendo monitorado pela polícia do MS porque ele comprava produtos no Paraguai, vendia um pouco lá, um pouco no Paraná e trazia maioria para cá, para vender em Goiânia. Essas mercadorias eram vendidas aqui de forma não tributada e a preços aquém do mercado”, explicou o delegado Alexandre Bruno, um dos responsáveis pela ação. Entre os produtos revendidos pelo empresário, segundo a Polícia Civil, estão televisores, celulares, entre outros. No momento da prisão, a corporação apreendeu com ele: 66 iPhones, 33 Apple Watches, 21 receptores digitais para aparelhos de TV, 7 iPads, 11 fones e 8 caixas acústicas. No mercado, os celulares têm preços que variam de R$ 1 mil até R$ 4 mil. Os relógios (Apple Watches), também podem custar até R$ 2 mil. No caso dos receptores, eles podem ser encontrados por até R$ 300, assim como os fones. As caixinhas de som, no entanto, podem custar até R$ 1 mil. Já os iPads valem cerca de R$ 2 mil cada. Veja outras notícias da região no G1 Goiás.

    Jovem viaja com filha de 8 meses para levar droga de MS para MT e acaba presa


    Ela foi flagrada com shank na bolsa de viagem e disse que foi contratada para levar o entorpecente para Rondonópolis, onde morava. Uma jovem de 24 anos foi presa na manhã deste sábado (14), em Mato Grosso do Sul, quando viajava com a filha de 8 meses...

    Ela foi flagrada com shank na bolsa de viagem e disse que foi contratada para levar o entorpecente para Rondonópolis, onde morava. Uma jovem de 24 anos foi presa na manhã deste sábado (14), em Mato Grosso do Sul, quando viajava com a filha de 8 meses para levar droga para o Mato Grosso. De acordo com informações do boletim de ocorrência, a suspeita era passageira de um ônibus intermunicipal. O veículo foi parado na MS-156 pelo Departamento de Operações da Fronteira (DOF) para fiscalização. Os policiais encontraram uma bolsa de viagem com shank, um tipo de droga com aparência semelhante à maconha, porém, mais forte. A responsável pelo entorpecente foi identificada e confessou o tráfico. A droga pesou seis quilos. Conforme o registro policial, a jovem contou que é moradora em Rondonópolis (MT) e lá foi contratada para pegar o entorpecente em Coronel Sapucaia e levar para Mato Grosso. A suspeita foi autuada por tráfico de drogas interestadual e ainda por ter colocado a filha em tal situação. A bebê ficou sob a responsabilidade do Conselho Tutelar.
    Garimpos ilegais em reservas indígenas de RO e MT são desativados

    Garimpos ilegais em reservas indígenas de RO e MT são desativados


    Ação foi feita com apoio de soldados da Força Nacional. Materiais usados na extração de minérios foram destruídos pelos agentes. Dragas foram destruídas pela PF e Ibama DPF/Divulgação A Polícia Federal (PF) e o Instituto Brasileiro do Meio...


    Ação foi feita com apoio de soldados da Força Nacional. Materiais usados na extração de minérios foram destruídos pelos agentes. Dragas foram destruídas pela PF e Ibama DPF/Divulgação A Polícia Federal (PF) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) desativaram, neste mês de julho, vários garimpos ilegais funcionando em três reservas indígenas de Rondônia e Mato Grosso. Dois helicópteros foram usados para sobrevoarem e transportarem os policiais até as terras indígena Sete de Setembro, Parque do Aripuanã e Terra Indígena Roosevelt. Segundo o Departamento da Polícia Federal (DPF) de Ji-Paraná (RO), que conduziu as investigações, 16 policiais federais, oito soldados da Força Nacional e oito agentes do Ibama percorreram as reservas na divisa entre os dois estados em busca de garimpos clandestinos. Dezenas de maquinários foram encontrados extraindo minérios nas áreas de reservas. Dois helicópteros foram usados na ação DPF/Divulgação Após o flagrante de extração ilegal, os agentes incendiaram pás-carregadeiras e dragas, além de inúmeros acampamentos montados na floresta, às margens das áreas de garimpo. Segundo a DPF, estes pontos serviam como base paras as atividades ilegais. Ninguém foi preso pela garimpagem. Ainda conforme a PF, o número e o valor dos materiais destruídos ainda estão sendo contabilizados. Na operação, o Ibama lavrou Termos de Apreensão e de Destruição/Inutilização dos materiais achados nos garimpos e a PF instaurou inquérito para apurar a autoria da atividade criminosa. Ninguém foi preso pelos garimpos ilegais nas reservas. Veja abaixo mais imagens da operação: Maquinário sendo destruído pelo fogo DPF/Divulgação Helicópetero usado na operação em reservas DPF/Divulgação Maquinário destruído pelo fogo DPF/Divulgação Agentes percorrem área de reserva em RO e MT DPF/Divulgação Área de garimpo é descoberta em floresta DPF/Divulgação Acampamentos também foram achados em reserva DPF/Divulgação Helicóptero usado na operação em reservas DPF/ Divulgação
    Casal capixaba que morreu na BR-060 passava férias no Mato Grosso do Sul

    Casal capixaba que morreu na BR-060 passava férias no Mato Grosso do Sul


    A filha do casal, de cinco anos, foi levada para um hospital da região em estado grave. Henrique Brandão era funcionário do Banestes, em Cachoeiro de Itapemirim. Dois carros bateram de frente na BR-060, em Cidrolândia, Mato Grosso do Sul. Michelle...


    A filha do casal, de cinco anos, foi levada para um hospital da região em estado grave. Henrique Brandão era funcionário do Banestes, em Cachoeiro de Itapemirim. Dois carros bateram de frente na BR-060, em Cidrolândia, Mato Grosso do Sul. Michelle Machado/TV Morena O superintendente do Banestes da região Sul do Espírito Santo morreu em um acidente em Mato Grosso do Sul, nesta sexta-feira (13). Henrique Brandão passava férias com a família. A esposa dele também morreu e a filha do casal ficou gravemente ferida. A menina de cinco anos sofreu um traumatismo craniâno e várias fraturas pelo corpo. Ela foi internada no setor de Ortopedia para o Centro de Terapia Intensiva (CTI), da Santa Casa de Campo Grande, e o estado de saúde é grave. O acidente envolveu dois carros e aconteceu na BR-060, em Sidrolândia, a cerca de 30 quilômetros da capital mato grossense Campo Grande. O carro do casal capixaba foi parar em um matagal após a batida. Henrique tinha 40 anos e Mary Angela Soares Brandão, 43. Eles morreram no local. Ele trabalhava no Banestes e havia se mudado para Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, no fim de 2017. A família havia chegado na sexta-feira em Mato Grosso do Sul e, provavelmente, alugou o carro para seguir viagem. No outro carro envolvido no acidente estava uma médica de Campo Grande, que voltava para casa. Ela sofreu ferimentos leves e foi socorrida em uma unidade de saúde. A suspeita é de que um dos carros tenha tentado fazer uma ultrapassagem. Os veículos bateram de frente. Ainda não há informações sobre quando os corpos da vítimas vão ser levadas para o Espírito Santo. O Banestes lamentou o falecimento do superintendente Henrique Brandão e da esposa. “O Banco manifesta o sentimento de solidariedade à dor da família e também dos amigos do trabalho, onde ele atuou por mais de 10 anos”, diz a nota.
    Armas, drogas e munições são apreendidas em operação da Polícia Civil em MS

    Armas, drogas e munições são apreendidas em operação da Polícia Civil em MS


    Três pessoas foram presas. Mandados judiciais foram cumpridos em Dourados e Douradina. Droga, armas, munições e dinheiro: tudo apreendido em operação Polícia Civil/Divulgação Diversas armas, dinheiro, drogas e munições foram apreendidas na...


    Três pessoas foram presas. Mandados judiciais foram cumpridos em Dourados e Douradina. Droga, armas, munições e dinheiro: tudo apreendido em operação Polícia Civil/Divulgação Diversas armas, dinheiro, drogas e munições foram apreendidas na operação Terra Prometida, realizada pelo Serviço de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, em Dourados e Douradina, nesta sexta-feira (13). Três pessoas foram presas. A ação teve apoio do canil da Polícia Militar. Entre os presos está uma mulher. Na casa dela, em Dourados, houve apreensão de dinheiro, munição e pasta base de cocaína. Lá funcionava um laboratório para refino de drogas. Na residência de um homem preso, também em Dourados, foi apreendida parte da droga produzida no laboratório. Em Douradina, foi preso o dono de uma pizzaria que funcionava na casa dele. Lá foram apreendidas três armas de fogo, munições calibre ponto 40, 9mm, .380, 38 e uma munição para fuzil calibre 7.62. Segundo a polícia, o comerciante preso vendia armas e munições em Dourados e Douradina. Em outra casa foi apreendido um revólver calibre 38 e munições calibre 45. E, no quarto imóvel, foi apreendida mais uma arma de fogo. Neste local foi encontrado uma espécie de estilingue de longo alcance, cuja suspeita é de que seja usado para jogar objetos para presídios.

    Morador do PA é preso em MS quando tentava levar maconha para Cuiabá


    Segundo a polícia, ele disse que foi contratado por um presidiário de Pedrinha para fazer o transporte da droga. Um morador do Pará, de 23 anos, foi preso na noite de quinta-feira (12), em Mato Grosso do Sul, quando tentava levar droga para Mato...

    Segundo a polícia, ele disse que foi contratado por um presidiário de Pedrinha para fazer o transporte da droga. Um morador do Pará, de 23 anos, foi preso na noite de quinta-feira (12), em Mato Grosso do Sul, quando tentava levar droga para Mato Grosso. De acordo com boletim de ocorrência, o suspeito era passageiro de um ônibus interestadual que foi parado pela Polícia Militar (PM), na avenida Cônsul Assaf Trad, em Campo Grande. A maconha estava em duas bolsas de viagem, uma no pé do rapaz e outra no bagageiro interno. Conforme o registro policial, o suspeito disse aos policiais que mora em Parauapebas (PA) e foi contratado por um detento do presídio de Pedrinhas (MA) para levar a droga de Campo Grande para Cuiabá. A maconha pesou 19,6 quilos. O suspeito foi autuado por tráfico de drogas.
    Polícia faz operação para prender quadrilha que traficava droga de MS para MT

    Polícia faz operação para prender quadrilha que traficava droga de MS para MT


    Três integrantes da quadrilha já estão presos e ordenavam os crimes de dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Operação Spot apreendeu droga em Cuiabá Polícia Civil de MT A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de...


    Três integrantes da quadrilha já estão presos e ordenavam os crimes de dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Operação Spot apreendeu droga em Cuiabá Polícia Civil de MT A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Mato Grosso realiza nesta sexta-feira (13) a Operação 'Spot'. Operação Spot deve cumprir 37 mandados em Mato Grosso Cristina Mayumi/TV Centro América No total são 37 mandados, entre eles 13 de prisão contra uma organização criminosa responsável por transportar droga de Mato Grosso do Sul para Mato Grosso e também distribuir o entorpecente pra bocas de fumo. Foram três meses de investigações que identificaram dois núcleos operacionais: um era responsável por organizar o transporte da droga e contratar veículos e caminhões. Operação 'Spot' O outro núcleo era responsável pela redistribuição da droga pra bocas de fumo e usuários. Três integrantes da quadrilha já estão presos e ordenavam os crimes de dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá. Operação Spot Ao longo das investigações foram apreendidas quase duas toneladas de maconha, que seriam distribuídas por essa quadrilha. Spot Na logística, as negociações de pagamento de frete normalmente são realizadas por meio de contratos em longo prazo com um ou mais fornecedores de transporte. Contudo, existe outra modalidade que também pode ser explorada pelos embarcadores, conhecida como logística Spot, que refere-se a ‘local’, outras vezes a ‘imediato’, em tradução livre do inglês para o português. Está relacionado a uma situação de mercado que envolve o pagamento à vista, com entrega imediata do produto ou serviço. Por isso, quando se fala em Spot para logística, entende-se que é preciso envolver outra transportadora no serviço de entrega rápida para atender a demanda. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.
    Aeronave que saiu da Bolívia com 300 kg de cocaína é apreendida no Tocantins

    Aeronave que saiu da Bolívia com 300 kg de cocaína é apreendida no Tocantins


    Apreensão ocorreu na zona rural de Formoso do Araguaia, na região sul do estado. Droga saiu da Bolívia e duas pessoas foram presas pela Polícia Federal. Aeronave foi encontrada em um pista de pouso CIOPAER-TO/Divulgação Uma aeronave com 300...


    Apreensão ocorreu na zona rural de Formoso do Araguaia, na região sul do estado. Droga saiu da Bolívia e duas pessoas foram presas pela Polícia Federal. Aeronave foi encontrada em um pista de pouso CIOPAER-TO/Divulgação Uma aeronave com 300 quilos de cocaína foi apreendida na tarde desta quinta-feira (12) na zona rural de Formoso do Araguaia, na região sul do Tocantins. No avião estavam Murillo Ribeiro de Souza Costa, 32 anos, e Lucas de Oliveira Penha, 32 anos. Eles foram presos em flagrante. Segundo a Polícia Federal, a suspeita é que a droga veio da fronteira da Bolívia com o Mato Grosso. A apreensão foi feita pela Polícia Federal, com apoio da Polícia Militar do Tocantins e do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer-TO). Além disso, as aeronaves da polícia de Mato Grosso (Ciopaer-MT) e de Goiás (GRAER) também ficaram de prontidão para agir caso o avião deslocasse para os estados vizinhos. Segundo a Polícia Federal, a investigação começou após uma denúncia anônima. Depois disso, os policiais de Tocantins, Goiás e Mato Grosso começaram a trocar informações e a aeronave foi interceptada em um campo de pouso na zona rural de Formoso do Araguaia. Droga foi apreendida em Formoso do Araguaia PM/Divulgação Os dois presos e a droga apreendida serão levados para sede da Polícia Federal, em Palmas, e devem responder por tráfico internacional de drogas. Esta é a segunda grande apreensão de cocaína feita em Formoso do Araguaia. Em 2017, foram encontrados 318 quilos da droga escondidos perto de uma pista de avião, onde havia uma aeronave. Na época, um homem foi preso por tráfico de drogas suspeito de ter alugado a fazenda para o embarque da droga. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a matrícula do avião apreendido não consta na base de dados do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) e que isso significa que ela não está regular. O setor da agência que fiscaliza as aeronaves foi informado para que tome as providências necessárias. Veja mais notícias da região no G1 Tocantins. Apreensão de drogas ocorreu na zona rural de Formoso do Araguaia CIOPAER-TO/Divulgação Droga foi apreendida em Formoso do Araguaia CIOPAER-TO/Divulgação
    Mãe biológica pega filha na casa dos pais adotivos em MS, foge para MT e é procurada pela polícia

    Mãe biológica pega filha na casa dos pais adotivos em MS, foge para MT e é procurada pela polícia


    Gleice Mara Dias pegou menina para visita autorizada pela Justiça e não a devolveu. Segundo a advogada, ela teria ido para Rondonópolis e a família não teve mais notícias. Família adotiva não tem notícias da criança desde 30 de junho Arquivo...


    Gleice Mara Dias pegou menina para visita autorizada pela Justiça e não a devolveu. Segundo a advogada, ela teria ido para Rondonópolis e a família não teve mais notícias. Família adotiva não tem notícias da criança desde 30 de junho Arquivo pessoal Gleice Mara Dias, mãe biológica de Maiza Valentina Matos Camargo, de 6 anos, é procurada pela polícia depois de ter pego a filha no dia 30 de junho, com a promessa de devolvê-la aos pais adotivos no dia seguinte. A mulher, entranto, teria fugido para Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, onde mora e não foi mais vista. De acordo com os pais adotivos, que moram am Boa Vista (MS), a suspeita é de que Gleice teria levado a menina para Rondonópolis. No entanto, a polícia foi acionada, esteve na casa da mulher, mas não a encontrou. Não há pistas de onde as mãe e filha possam estar. Ainda segundo a família adotiva, mãe biológica teria entregado espontaneamente a criança ao servidor público João Gomes Carvalho e à mulher dele, Jane Mary Garcia Mattos Carvalho, em 2014. Na época, a menina tinha 2 anos. A menina é filha do irmão de Jane, que foi casado com Gleice por quatro anos. Quando o casal se separou, nenhum dos dois queria ficar com a menina. Gleice, então, teria procurado Jane pedindo para que ela ficasse com a criança. De acordo com eles, a mãe biológica dizia que queria entregar a menina, porque tinha a intenção de se mudar para Portugal. Em outubro do ano passado, João e Jane conseguiram a guarda definitiva de Maiza. Mas, no início de 2018, Gleice procurou a Justiça para revogar a decisão e ter a filha de volta, o que foi negado em primeira instância. Após a derrota, la ingressou com processo para ter direito de visitar Maiza, o que foi concedido. A primeira visita autorizada foi no dia 30 junho, quando ela desapareceu levando a filha. A família adotiva registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil, que contatou a polícia de Mato Grosso para investigar o caso. Gleice havia contratado a advogada Ingrydys Hananda Mingoti para defendê-la no processo, que inclusive, esteve na casa dos pais adotivos no dia da visita. Nota divulgada pela ex advogada da mãe biológica Facebook Por meio de uma nota publicada em rede social, a advogada alega que deixou o caso e não atua mais na defesa de Gleice. Entretanto, ela afirmou que, assim que pegou a menina, a mãe biológica decidiu que não ia devolvê-la. Ainda segundo a nota, mesmo sendo orientada pela advogada a não tomar tal atitude, Gleice teria levado a menina para Rondonópolis, onde mora. João e Jane estiveram em Rondonópolis na tentativa de encontrar alguma pista. Eles conversaram com o atual marido de Gleice, que é suspeito de ter dado apoio na fuga, mas ele disse não saber do paradeiro das duas. Tanto o marido de Gleice, quanto a advogada foram ouvidos pela polícia, que continua investigando o caso.
    Resultado final do concurso do Conselho Regional de Odontologia de MT é divulgado

    Resultado final do concurso do Conselho Regional de Odontologia de MT é divulgado


    O processo de seleção visou o preenchimento de 12 vagas e mais formação de cadastro de reserva em carreiras de nível médio ou superior. Conselho Regional de Odontologia de MT Conselho Regional de Odontologia de MT O resultado oficial do...


    O processo de seleção visou o preenchimento de 12 vagas e mais formação de cadastro de reserva em carreiras de nível médio ou superior. Conselho Regional de Odontologia de MT Conselho Regional de Odontologia de MT O resultado oficial do concurso realizado pelo Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) foi divulgado nessa semana. O processo de seleção visou o preenchimento de 12 vagas e mais formação de cadastro de reserva em carreiras de nível médio ou superior. De acordo com a organização do concurso, foram 1.907 inscritos – destes, 1.158 compareceram aos locais de prova. A lista de classificação está disponível na internet. Realizada no dia 8 de abril, a prova foi aplicada nos municípios de Barra do Garças, Cuiabá, Rondonópolis e Sinop. O concurso terá validade de dois anos após o edital de homologação dos resultados, podendo ainda ser prorrogado por igual período, a critério do Conselho.
    Polícia prende 'estuprador em série' que atacou oito crianças em Cuiabá

    Polícia prende 'estuprador em série' que atacou oito crianças em Cuiabá


    Homem conhecido como 'maníaco da moto' confessou sete dos oito crimes. Vítimas, com idades entre 7 e 12 anos, foram atacadas a caminho da escola. Cid Mauro da Silva, de 45 anos, era conhecido como ‘maníaco da moto’ e classificado como...


    Homem conhecido como 'maníaco da moto' confessou sete dos oito crimes. Vítimas, com idades entre 7 e 12 anos, foram atacadas a caminho da escola. Cid Mauro da Silva, de 45 anos, era conhecido como ‘maníaco da moto’ e classificado como estuprador em série Polícia Civil de MT/Assessoria Um homem investigado pela autoria de, pelo menos, oito estupros contra crianças foi preso pela Delegacia Especializada de Defesa da Criança e Adolescente (Deddica), em Cuiabá. Cid Mauro da Silva, de 45 anos, era conhecido como ‘maníaco da moto’ e classificado como estuprador em série. As vítimas, com idades entre 7 e 12 anos, foram atacadas a caminho da escola, entre 2014 e 2018. Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça e foi preso na segunda-feira (9) quando fazia uma visita no Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). A prisão dele foi divulgada nesta quarta-feira (11). Cid Mauro da Silva, de 45 anos, era conhecido como ‘maníaco da moto’ e classificado como estuprador em série em Cuiabá Polícia Civil de MT/Assessoria Segundo a Deddica, o suspeito foi interrogado na terça-feira (10). Ele confessou a autoria de sete estupros – dos oito a ele atribuídos – e apontou com riqueza de detalhes suas ações criminosas. Ele disse à polícia que as vítimas eram levadas para região da Ponte de Ferro, em Cuiabá, onde eram violentadas sexualmente e depois deixadas próximo às casas delas. Para o delegado Daniel Lemos Valente, ele é classificado como maníaco por ‘agir de maneira cirúrgica, em uma mesma região geográfica (Grande Morada da Serra: bairros Doutor Fábio, Novo Paraíso, região do Barreiro Branco, próximo ao Lixão). Ainda, ele escolhia vítimas crianças dos sete aos 12 anos de idade em situação de vulnerabilidade e desacompanhadas dos pais ou responsáveis. Ainda conforme a Deddica, em algumas oportunidades o suspeito oferecia para as crianças pequenas quantias em dinheiro ou presentes para que subissem na motocicleta dele. Em outras situações ele ameaçava e até agredia as vítimas para que seguissem com ele. Cid era procurado desde 2014, época que começou a fazer as vítimas em Cuiabá, prosseguindo nos anos seguintes. Em razão da idade precoce das vítimas, e a dificuldade delas de apontar detalhes que auxiliassem os trabalhos de investigação, a identificação do suspeito foi dificultada. Retrato falado do estuprador chegou a ser divulgado pela Polícia Civil o que auxiliou os trabalhos de identificação Polícia Civil de MT/Assessoria Um retrato falado do estuprador chegou a ser divulgado pela Polícia Civil o que auxiliou os trabalhos de identificação. Investigação Em 2018, Cid Mauro agiu novamente. Na ocasião, a vítima relatou que ele usava a camisa de uma empresa de turismo que fechou suas portas no ano passado. A equipe de investigadores da Deddica localizou a antiga proprietária que forneceu a lista dos funcionários do estabelecimento, possibilitando a qualificação do estuprador. Foram localizadas e apreendidas com ele a camiseta da empresa de turismo, a motocicleta utilizada por ele para abordar as vítimas. Cid Mauro foi encaminhado para audiência de custódia, onde a prisão temporária foi convertida em preventiva. O suspeito possuía outros dois mandados de prisão em aberto na cidade de Campo Grande (MS). Os dois mandados eram pelo crime de estupro, sendo um deles contra uma vítima criança. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.
    Prefeitura de Nobres (MT) abre processo seletivo com 53 vagas e salário de até R$ 5 mil

    Prefeitura de Nobres (MT) abre processo seletivo com 53 vagas e salário de até R$ 5 mil


    Os interessados devem acessar o site da organizadora do processo seletivo até o dia 25 de julho. As inscrições custam R$ 40 (nível fundamental), R$63 (nível médio e técnico) e R$ 83 (nível superior). Prefeitura de Nobres abriu processo...


    Os interessados devem acessar o site da organizadora do processo seletivo até o dia 25 de julho. As inscrições custam R$ 40 (nível fundamental), R$63 (nível médio e técnico) e R$ 83 (nível superior). Prefeitura de Nobres abriu processo seletivo Divulgação A Prefeitura de Nobres, a 151 km de Cuiabá, está com as inscrições abertas para um processo seletivo com 53 vagas para profissionais de todos os níveis. Segundo o edital, os salários vão de R$ 954,00 a R$ 5.086,16. A taxa de inscrição varia entre R$ 40 e R$ 83. O edital pode ser conferido no site da organizadora do processo seletivo. As inscrições são feitas pela internet. As vagas são para os seguintes cargos: agente comunitário de saúde e agente de combate às endemias, ajudante de serviços gerais, arquiteto, assistente social, auxiliar odontologia, auxiliar de fisioterapia, engenheiro civil, fiscal de tributos, fiscal de meio ambiente, farmacêutico, gari, motorista de ambulâncias, motorista de veículos pesados, motorista de veículos leves, nutricionista, operador de máquinas pesadas, operador de motoniveladora, pedreiro, psicólogo, professor educação física, recepcionista, técnico de higiene bucal e vigia. Os interessados devem acessar o site da organizadora do processo seletivo até o dia 25 de julho. As inscrições custam R$ 40 (nível fundamental), R$63 (nível médio e técnico) e R$ 83 (nível superior). O processo seletivo simplificado consistirá de duas etapas: prova objetiva e prova prática. A prova objetiva será realizada no dia 19 de agosto. A prova prática será aplicada no dia 02 de setembro. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.
    Prefeitura de Tapurah (MT) lança concurso com 93 vagas e salário de até R$ 15 mil

    Prefeitura de Tapurah (MT) lança concurso com 93 vagas e salário de até R$ 15 mil


    Inscrições serão feitas até o dia 9 de agosto.  A previsão é de que a prova objetiva seja aplicada no dia 9 setembro de 2018. Prefeitura de Tapurah (MT) lança concurso com 93 vagas e salário de até R$ 15 mil Prefeitura de Tapurah A...


    Inscrições serão feitas até o dia 9 de agosto.  A previsão é de que a prova objetiva seja aplicada no dia 9 setembro de 2018. Prefeitura de Tapurah (MT) lança concurso com 93 vagas e salário de até R$ 15 mil Prefeitura de Tapurah A Prefeitura de Tapurah, a 414 km de Cuiabá, está com as inscrições abertas para o concurso público de 93 vagas. De acordo com o edital, os cargos são para todos os níveis de ensino. O salário varia entre R$ 1.167,97 até R$ 15.606,85. As taxas variam entre R$ 25 e R$ 50. Para ver o edital, clique aqui. As inscrições serão feitas pela internet. Os cargos são para as seguintes áreas: 20 vagas para professores, 9 vagas para agente de serviços gerais, 9 vagas para recepcionista, 7 vagas para apoio administrativo de nutrição escolar, 4 vagas para técnico em enfermagem, 2 vagas para enfermeiro, 4 vaga para motorista de veículos leves, 2 vagas para motorista de veículos pesados, 2 vagas para leiturista, 2 vagas para auxiliar de saúde bucal, 2 vagas para cozinheiro e uma vaga para odontólogo, fonoaudiólogo, técnico de laboratório, coveiro, pedreiro, eletricista predial, fiscal de obras e posturas, operador de, máquinas pesadas, eletricista automotivo, psicopedagogo clínico e institucional, técnico esportivo, padeiro e lavador lubrificador. Ainda conta com 17 vagas para cadastro de reserva: vigia, técnico esportivo, técnico de desenvolvimento infantil, professor, psicólogo, nutricionista, motorista de veículos pesados, mecânico, fiscal de tributos, fonoaudiólogo, engenheiro sanitarista, operador de máquinas pesadas e médico clínico geral. As inscrições dos candidatos serão efetuadas via internet no site da organizadora do concurso até o dia 9 de agosto. A taxa de inscrição é de R$ 25 (nível alfabetizado), R$ 35 (nível médio) e R$ 50 (nível superior). Os aprovados devem trabalhar em jornadas semanais entre 20 a 40 horas, dependendo do cargo. A previsão é de que a prova objetiva seja aplicada no dia 9 setembro de 2018. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.

    'Morreu fazendo o que mais gosta', diz amigo de peão morto pisoteado durante rodeio em MS


    Jovem estava no auge da carreira e tinha 24 anos. Ele morreu em um rodeio na cidade de Paranaíba (MS) onde morava com a família. Peão morre pisoteado por boi durante rodeio em MS Amigo do peão pisoteado durante rodeio em Mato Grosso do Sul no...

    Jovem estava no auge da carreira e tinha 24 anos. Ele morreu em um rodeio na cidade de Paranaíba (MS) onde morava com a família. Peão morre pisoteado por boi durante rodeio em MS Amigo do peão pisoteado durante rodeio em Mato Grosso do Sul no domingo (8), Roberto Rivelino afirmou que Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, "morreu fazendo o que mais gosta". O torneio acontecia em Paranaíba, a 407 quilometros de Campo Grande. O peão tinha planos de conquitar títulos nacionais e participar de provas mundiais. De acordo com o tio de Uéliton, Rafael Ferreira Ramos, ele tinha o sonho de montar em arenas fora do país. “O sonho dele era monta e chegar nos Estados Unidos. A família está desesperada nesse momento, mas o pai e mãe dele não gostava que ele montava. Mas era o que ele queria”, explica. Uéliton é natural do interior do estado de São Paulo e foi morar em Paranaíba (MS) ainda quando criança, quando aprendeu a montar. Relembre o caso O peão foi pisoteado na cabeça por um touro durante o Rodeio de Paranaíba (MS) morreu por parada cardiorrespiratória, segundo um dos bombeiros civis que atuava no evento e prestou atendimento à vítima. Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, era de Santa Fé do Sul (SP), mas estava morando em Paranaíba e participava da semifinal do rodeio quando o acidente aconteceu. O profissional Diego Henrique conta que Uéliton desceu do touro depois dos oito segundos obrigatórios na competição e, em seguida, foi atingido na cabeça por uma das patas traseiras do animal. O peão estava usando capacete e colete, itens obrigatórios de segurança.

    Três suspeitos de roubos em Corumbá são mortos em troca de tiros com a PM


    Segundo a polícia, grupo atirou contra militares, que revidaram. Tudo aconteceu em morro de mata fechada. Três suspeitos de roubos de motocicletas foram mortos pela Polícia Militar (PM) na tarde de segunda-feira (9), em Corumbá, a 415 quilômetros de...

    Segundo a polícia, grupo atirou contra militares, que revidaram. Tudo aconteceu em morro de mata fechada. Três suspeitos de roubos de motocicletas foram mortos pela Polícia Militar (PM) na tarde de segunda-feira (9), em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande, no Pantanal de Mato Grosso do Sul. De acordo com informações do boletim de ocorrência, um trabalhador que seguia para casa pela estrada da Bocaina, foi abordado por três suspeitos que saíram repentinamente do matagal. O homem de 42 anos acionou a PM e disse que os bandidos estavam armados com revólveres, faca tinham os rostos cobertos por panos. Os bandidos não conseguiram levar a moto da vítima, pois, no susto, ela acelerou a moto e conseguiu evitar o roubo. Os policiais já sabiam que estavam ocorrendo vários roubos de moto na região e seguiram para o local. Eles entraram no matagal em busca dos suspeitos e em um determinado momento viram que quatro rapazes armados e com rostos cobertos por panos se aproximaram. Conforme o registro policial, os militares deram ordem de prisão aos suspeitos, que reagiram com tiros. Os policiais revidaram e quando viram que os tiros tinham cessado se aproximaram e viram que os jovens estavam feridos e que um deles, um que portava arma longa, tinha fugido. Segundo o boletim de ocorrência, os policiais chamaram socorro e desceram com os feridos até o pé do morro para facilitar o atendimento, pois o local onde estavam era de mata fechada e com pedras soltas. Quando chegaram no pé do morro, foi verificado que os suspeitos estavam mortos. Eles foram reconhecidos pelos familiares como sendo: Fabiano Ronaldo Franco, de 19 anos; Renato de Pinho Ruiz, de 26 anos; e Thiago Júnior Valentin Tertuliano, de 22. Ainda de acordo com a polícia, com os suspeitos foram apreendidos um revólver calibre 38 com 5 munições deflagradas, um inox com 3 munições deflagradas e três picotadas, um calibre 22 com 6 deflagradas e ainda uma faca tipo açougueiro. O homem que havia avisado a polícia sobre a tentativa de roubo reconheceu as armas apreendidas e os panos usados para esconder o rosto como sendo dos rapazes que o abordaram. O caso foi registrado como tentativa de roubo e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial.

    Homem morre em hospital após bater moto em poste em município de MS


    Vítima conversou com a esposa enquanto estava hospitalizado, mas morreu horas depois. Caso foi em Rio Brilhante. Um homem de 50 anos morreu no Hospital da Vida na noite de segunda-feira (9), após bater a motocicleta que pilotava em um poste, em Rio...

    Vítima conversou com a esposa enquanto estava hospitalizado, mas morreu horas depois. Caso foi em Rio Brilhante. Um homem de 50 anos morreu no Hospital da Vida na noite de segunda-feira (9), após bater a motocicleta que pilotava em um poste, em Rio Brilhante, a 150 quilômetros de Campo Grande. De acordo com informações do boletim de ocorrência, o acidente aconteceu por volta das 9h30 (de MS), na Vila Nova Esperança. A vítima foi socorrida por funcionários de um hospital e no início da tarde foi transferida para o Hospital da Vida. A esposa de Lenir Vilhalva Pereira contou à polícia que conversou com o marido no hospital, que ele estava consciente e disse não saber como aconteceu o acidente, apenas afirmou que bateu em um poste. Por volta das 22h o homem morreu. A esposa dele falou aos policiais que ele não havia ingerido bebida alcoólica, não tomava medicamentos e estava com a saúde boa. O caso foi registrado como acidente como acidente com vítima fatal provocado pela própria vítima.
    Câmara de Confresa (MT) abre concurso público com salário de até R$ 4,8 mil

    Câmara de Confresa (MT) abre concurso público com salário de até R$ 4,8 mil


    Os salários variam entre R$ 1.818,46 e R$ 4.804,52. A taxa de inscrição vai de R$ 60 a R$ 100. Câmara de Vereadores de Confresa abriu concurso público FRÉDÉRIC CIROU / ALTOPRESS / PHOTOALTO A Câmara de Vereadores de Confresa, 1.160 km de...


    Os salários variam entre R$ 1.818,46 e R$ 4.804,52. A taxa de inscrição vai de R$ 60 a R$ 100. Câmara de Vereadores de Confresa abriu concurso público FRÉDÉRIC CIROU / ALTOPRESS / PHOTOALTO A Câmara de Vereadores de Confresa, 1.160 km de Cuiabá, está com as inscrições abertas para um concurso público com uma vaga e cadastro reserva no município. Os salários variam entre R$ 1.818,46 e R$ 4.804,52. A taxa de inscrição vai de R$ 60 a R$ 100. Para ver o edital, clique aqui. As inscrições podem ser feitas pela internet. De acordo com o edital, o concurso oferece vaga para auxiliar administrativo (cadastro reserva) e uma vaga para contador. Os interessados podem se inscrever no site da organizadora do concurso até o dia 30 de julho. A taxa de inscrição é de R$ 60 (nível médio) e R$ 100 (nível superior). Ainda conforme a prefeitura, os candidatos serão avaliados através de prova escrita, prática e avaliação de títulos.
    Peão pisoteado por touro em rodeio morreu após parada cardiorrespiratória, diz bombeiro

    Peão pisoteado por touro em rodeio morreu após parada cardiorrespiratória, diz bombeiro


    Jovem, de Santa Fé do Sul (SP), tinha 24 anos e participava de um rodeio em Paranaíba (MS) quando o acidente aconteceu. Peão pisoteado por touro em rodeio morreu após parada cardiorrespiratória O peão pisoteado na cabeça por um touro durante o...


    Jovem, de Santa Fé do Sul (SP), tinha 24 anos e participava de um rodeio em Paranaíba (MS) quando o acidente aconteceu. Peão pisoteado por touro em rodeio morreu após parada cardiorrespiratória O peão pisoteado na cabeça por um touro durante o Rodeio de Paranaíba (MS) morreu por parada cardiorrespiratória, segundo um dos bombeiros civis que atuava no evento e prestou atendimento à vítima. Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, era de Santa Fé do Sul (SP), mas estava morando em Paranaíba e participava da semifinal do rodeio, na noite de domingo (8), quando o acidente aconteceu. O profissional, Diego Henrique, conta que Uéliton desceu do touro depois dos oito segundos obrigatórios na competição e, em seguida, foi atingido na cabeça por uma das patas traseiras do animal. O peão estava usando capacete e colete, itens obrigatórios de segurança. (Veja o vídeo acima) "De imediato, a equipe dos bombeiros entrou na arena e, ao chegar ao local, constatamos que ele estava com sangramento na boca, ouvido, nariz e também com a face machucada por causa da tela do capacete", lembra Diego, em entrevista ao G1. Uéliton Flávio de Oliveira morreu pisoteado por um touro em Paranaíba (MS) Reprodução "Ele foi estabilizado na prancha ainda com vida, socorrido até a ambulância e levado ao pronto-socorro da cidade. Apesar do sangramento e traumatismo craniano encefálico avançado, foi no PS que ele teve uma parada cardiorrespiratória e foi constatada a morte." O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Paranaíba e é investigado pela Polícia Civil da cidade em sigilo. Caso grave Diego é designado para atuar em rodeios como socorrista e brigadista de incêndio com frequência. No entanto, o profissional afirma que, apesar da experiência em atendimento a peões, considera o acidente de Uéliton o mais grave até agora. "Eu já tinha socorrido outros peões em rodeios. Direto tem acidentes, mas em um rodeio foi a primeira vez que atendi um caso de tamanha gravidade", conta. Por telefone, a organização da Expopar Paranaíba lamentou o acidente e disse que está prestando auxílio aos familiares de Uéliton. Peão morreu após ser atingido por touro em rodeio Expopar Paranaíba/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Rio Preto e Araçatuba
    Peão do noroeste paulista morre pisoteado por touro em rodeio; vídeo

    Peão do noroeste paulista morre pisoteado por touro em rodeio; vídeo


    Jovem de Santa Fé do Sul (SP) participava de rodeio em Paranaíba (MS) quando ficou ferido. Peão acabou sendo atingido pelo touro durante a prova Reprodução/TV TEM Um peão do noroeste paulista morreu na noite deste domingo (8) durante uma prova...


    Jovem de Santa Fé do Sul (SP) participava de rodeio em Paranaíba (MS) quando ficou ferido. Peão acabou sendo atingido pelo touro durante a prova Reprodução/TV TEM Um peão do noroeste paulista morreu na noite deste domingo (8) durante uma prova na semifinal do rodeio de Paranaíba (MS). Uéliton Flávio de Oliveira, de 24 anos, era de Santa Fé do Sul (SP), mas estava morando em Paranaíba. Além de ter nascido na região, ele era conhecido pelo trabalho e tinha muitos amigos. No momento do acidente, Uéliton montava um touro. Logo após os oito segundos, quando saltou do animal, acabou pisoteado. (Assista ao vídeo abaixo) Peão da região noroeste paulista morre durante prova de rodeio no Mato Grosso do Sul O peão estava usando capacete e colete, itens obrigatórios de segurança. Apesar de seguir as orientações de segurança, ele não resistiu aos ferimentos e morreu. O corpo da vítima é velado em Paranaíba e será enterrado nesta segunda-feira (9). Uéliton Flávio de Oliveira morreu pisoteado por peão em rodeio em Paranaíba Reprodução Veja mais notícias da região em G1 Rio Preto e Araçatuba
    Prefeitura de Nova Guarita (MT) abre concurso com 39 vagas e salário de até R$ 10 mil

    Prefeitura de Nova Guarita (MT) abre concurso com 39 vagas e salário de até R$ 10 mil


    Os salários variam entre R$ 954 e R$ 10,4 mil. As taxas de inscrição vão de R$ 40 a R$ 130. Prefeitura de Nova Guarita (MT) abre concurso com 39 vagas e salário de até R$ 10 mil Prefeitura de Nova Guarita (MT) A Prefeitura de Nova Guarita, a...


    Os salários variam entre R$ 954 e R$ 10,4 mil. As taxas de inscrição vão de R$ 40 a R$ 130. Prefeitura de Nova Guarita (MT) abre concurso com 39 vagas e salário de até R$ 10 mil Prefeitura de Nova Guarita (MT) A Prefeitura de Nova Guarita, a 667 km de Cuiabá, abriu nesta segunda-feira (9) as inscrições de um concurso público com 39 vagas para profissionais de nível fundamental, médio e superior. Os salários variam entre R$ 954 e R$ 10,4 mil. As taxas de inscrição vão de R$ 40 a R$ 130. O edital foi publicado e pode ser conferido na internet. A inscrição é feita pelo site da organizadora do concurso. De acordo com a prefeitura, as vagas são para os seguintes cargos: analista de informação de contas, assistente administrativo, assistente social, auxiliar consultório dentário, auxiliar de serviços gerais, biblioteconomista, eletricista, engenheiro civil, farmacêutico, fiscal sanitário, mecânico, médico, monitor de creche, motorista, operador de máquinas, nutricionista, odontólogo, procurador municipal, professor, psicólogo, recepcionista, técnico em enfermagem e técnico em laboratório. Os interessados devem se inscrever a partir desta segunda-feira até o dia 9 de agosto. Os candidatos devem passar por provas escritas e objetivas. Os exames estão previstos para o dia 26 de agosto. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.
    Após início de inverno quente, frio chega a MS e semana começa com temperaturas abaixo de 10°C

    Após início de inverno quente, frio chega a MS e semana começa com temperaturas abaixo de 10°C


    Segundo o Inmet, previsão de possibilidade de chuva em áreas isoladas no oeste e sul do estado na segunda-feira (9). Final de tarde em Campo Grande com céu limpo e temperatura acima dos 30°C Juliene Katayama/G1 MS O inverno começou no dia 21 de...


    Segundo o Inmet, previsão de possibilidade de chuva em áreas isoladas no oeste e sul do estado na segunda-feira (9). Final de tarde em Campo Grande com céu limpo e temperatura acima dos 30°C Juliene Katayama/G1 MS O inverno começou no dia 21 de junho, mas o frio em Mato Grosso do Sul só deve chegar na próxima semana com temperaturas abaixo de 10°C. A previsão do tempo para segunda-feira (9) ainda é de possibilidade de chuva em áreas isoladas no oeste e sul do estado. Nas demais áreas, o tempo deve ficar parcialmente nublado. Apesar disso, a umidade relativa do ar pode atingir 40%, abaixo do índice recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Ponta Porã, município no sul do estado, a temperatura mínima prevista para segunda é de 10°C e a máxima não deve passar dos 14°C. Já na terça-feira (10), o frio ficará mais intenso com os termômetros variando entre 7°C e 18°C. Na região oeste, em Porto Murtinho, o tempo encoberto vai manter as temperaturas entre 13°C e 17°C no início da semana. A mínima cai para 11°C, mas a máxima sobe para 20°C na terça-feira. Ao leste e norte, a queda de temperatura não será tão brusca. Em Três Lagoas, a oscilação será de 16°C a 26°C no início da semana. Em Coxim, na segunda-feira, os termômetros marcarão mínima de 14°C e máxima de 20°C e, no dia seguinte, a varriação deverá ficar entre 15°C e 21°C. Na capital sul-mato-grossense, o dia nublado vai derrubar a máxima em 10°C e deve chegar a 20°C. A mínima vai chegar a 14°C na segunda e 12°C na terça.
    Motorista do RJ é preso em MS com 1.721 kg de maconha em meio a fardos de salgadinhos

    Motorista do RJ é preso em MS com 1.721 kg de maconha em meio a fardos de salgadinhos


    Segundo a polícia, suspeito seguia de Nova Andradina para Batayporã pela MS-134. Carga do furgão usada para esconder o entorpecente PMR/Divulgação Um motorista de furgão com placas de Angra dos Reis (RJ) foi preso com 1.721 quilos de maconha em...


    Segundo a polícia, suspeito seguia de Nova Andradina para Batayporã pela MS-134. Carga do furgão usada para esconder o entorpecente PMR/Divulgação Um motorista de furgão com placas de Angra dos Reis (RJ) foi preso com 1.721 quilos de maconha em meio a uma carga de 90 fardos de salgadinhos na MS-134, em Nova Andradina, no início da tarde deste sábado (7). Segundo a polícia, o homem de 38 anos, se deslocava de Nova Andradina para Batayporã, região sul de Mato Grosso do Sul, quando foi abordado para fiscalização de rotina. Mas o cheiro do entorpecente chamou a atenção dos policiais que também desconfiaram da autenticidade do veículo. A droga estava embalada em 34 caixas de papelão. O condutor foi algemado para ser levado para delegacia com o veículo e o entorpecente. O caso foi registrado como tráfico de drogas e adulteração de sinal de veículo automotor. Caixas onde estavam a maconha PMR/Divulgação
    Com investimentos de R$ 675 milhões fábrica de MDF, em Água Clara, chega para 'brigar' com gigantes do setor

    Com investimentos de R$ 675 milhões fábrica de MDF, em Água Clara, chega para 'brigar' com gigantes do setor


    Greenplac foi inaugurada essa semana. Em fase inicial indústria deve produzir 250 mil metros cúbicos de MDF por ano. Grupo investiu R$ 600 milhões na construção do complexo, em Água Clara. Edevaldo Nascimento O complexo industrial construído...


    Greenplac foi inaugurada essa semana. Em fase inicial indústria deve produzir 250 mil metros cúbicos de MDF por ano. Grupo investiu R$ 600 milhões na construção do complexo, em Água Clara. Edevaldo Nascimento O complexo industrial construído às margens da BR 262, chama a atenção pelo tamanho. São 510 mil metros quadrados e uma linha de produção automatizada de meio quilômetro de extensão. Projetada para ser uma das mais modernas do país, é a primeira do Centro-Oeste nesse segmento. A fábrica, que fica em Água Clara, região leste de MS, contratou 290 trabalhadores e vai funcionar 24 horas por dia. O processo de produção é complexo e combina várias tecnologias. Assim que chegam do campo, as toras de eucalipto são descascadas e trituradas em pequenos pedaços. A madeira passa por cozimento a vapor para a separação das fibras. Assim é o preparo da massa que vai dar origem ao mdf. A mistura é espalhada sobre uma esteira móvel, formando uma espécie de colchão. “Essa etapa é bastante importante para que eu tenha uma distribuição muito uniforme, o produto final com uma densidade muito boa”, explica Edson Engel, gerente de produção da Greenplac. Madeira é transformada em colchão de fibras Edevaldo Nascimento O colchão de fibras é transportado por esteiras até uma máquina que prensa o material a alta temperatura. São várias etapas até o eucalipto ser transformado em chapas de mdf. Segundo o supervisor de produção, Márcio Grosskopf, tudo é controlado por computadores. “Nós temos armazenados no controlador mais de 2.400 itens, que vão acionar a qualquer momento, se der um alarme ou uma falha na máquina”, diz. O grupo, dono da fábrica, investiu de R$ 600 milhões na construção do complexo. O gerente de marketing diz que a empresa aposta na tecnologia alemã. “Temos o equipamento mais moderno do Brasil pra fabricação do MDF. Isso vai resultar, não só na qualidade, mas também nos custos. Isso nos permite ter uma otimização de todo o processo", garante Marcelo Temóteo. Painéis de MDF são resfriados em sistema giratório antes do corte. Edevaldo Nascimento No início das operações devem ser processados 250 mil metros cúbicos de painéis. Futuramente a empresa deve aumentar essa capacidade com a ampliação da fábrica. Por enquanto toda a produção será destinada ao mercado interno. Mário Gavinho, diretor industrial, conta que o foco será a indústria de móveis. “Nos atraíram as facilidades da região, em termos de transportes para conseguirmos nosso mercado no interior de São Paulo. É um polo moveleiro bastante importante, assim como no interior do Paraná”, explica. Madeira de eucalipto no pátio da fábrica. Grupo investiu R$ 75 milhões no plantio de árvores. Edevaldo Nascimento Para atender a demanda de madeira a empresa investiu, também, R$ 75 milhões no plantio de 12 mil hectares de árvores.
    Detentos reutilizam madeiras apreendidas e confeccionam móveis para instituições sociais em MS

    Detentos reutilizam madeiras apreendidas e confeccionam móveis para instituições sociais em MS


    Móveis foram doados para instituições que atendem idosos e crianças com deficiência. Tudo foi produzido no presídio. Sociedade Pestalozzi recebe mobília confeccionada por detentos em MS Keila Oliveira/Divulgação Detentos do estabelecimento...


    Móveis foram doados para instituições que atendem idosos e crianças com deficiência. Tudo foi produzido no presídio. Sociedade Pestalozzi recebe mobília confeccionada por detentos em MS Keila Oliveira/Divulgação Detentos do estabelecimento penal de Aquidauana (EPA), município a 131 quilômetros de Campo Grande, reutilizaram madeiras apreendidas em crimes ambientais para confeccionar móveis. A mobília foi destinada para instituições sociais da cidade que atendem idosos e crianças com deficiência. Além de beneficiar essas pessoas, a iniciativa, criada em parceria entre Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e o Poder Judiciário, dá oportunidade, conforme as instituições, aos detentos de desenvolverem um trabalho produtivo de cunho social, criativo e profissional. Ao todo, foram produzidas seis camas para o asilo São Francisco. Já para a Sociedade Pastelozzi, uma mesa, cadeira e dois bancos foram doados. Tudo foi produzido na marcenaria do próprio presídio. A doação das madeiras foi autorizada pelo juiz Luciano Pedro Beladelli. Se não ganhasse uma destinação o material seria simplesmente descartado. Camas foram doadas ao asilo São João, em Aquidauana, MS Keila Oliveira/Divulgação
    Motorista é preso por tráfico ao transportar mais de 300 tabletes de maconha de MS para MT

    Motorista é preso por tráfico ao transportar mais de 300 tabletes de maconha de MS para MT


    Droga abasteceria pontos de drogas da região metropolitana. O carro era conduzido pelo suspeito Diego Henrique Aragão, de 30 anos. Motorista é preso em Cuiabá por tráfico ao transportar mais de 300 tabletes Polícia Civil de MT/Assessoria Um...


    Droga abasteceria pontos de drogas da região metropolitana. O carro era conduzido pelo suspeito Diego Henrique Aragão, de 30 anos. Motorista é preso em Cuiabá por tráfico ao transportar mais de 300 tabletes Polícia Civil de MT/Assessoria Um motorista foi preso na manhã desta sexta-feira (6) com 332 tabletes de maconha dentro de um carro, que foi abordado por policiais civis na BR-163, próximo ao Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na entrada de Cuiabá. O carro era conduzido pelo suspeito Diego Henrique Aragão, de 30 anos. Segundo Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), os 332 tabletes de droga vieram de Mato Grosso do Sul e abasteceriam pontos de drogas da região metropolitana de Cuiabá. Durante a investigação foi apreendida ainda grande quantidade de munições: 150 cartuchos de munição calibre 22, além de um veículo Sandero. O automóvel tem queixa de roubo na cidade de São José, Santa Catarina. Encaminhado à delegacia, o investigado foi autuado pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de munições e receptação. Veja mais informações sobre a região no G1 MT.
    Traficante é preso após trocar revólver por cocaína em município de MS

    Traficante é preso após trocar revólver por cocaína em município de MS


    Ele disse à polícia que estimava lucrar R$ 7 mil com a venda de papelotes do entorpecente. Cocaína e dinheiro que estavam com traficante em MS PM/Divulgação Um traficante de 29 anos foi preso na noite de quarta-feira (4), em Dourados, a 214...


    Ele disse à polícia que estimava lucrar R$ 7 mil com a venda de papelotes do entorpecente. Cocaína e dinheiro que estavam com traficante em MS PM/Divulgação Um traficante de 29 anos foi preso na noite de quarta-feira (4), em Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande, com 330g de cocaína. Segundo a Polícia Militar (PM), ele disse que havia trocado um revólver pela droga, com a expectativa de vender papelotes do entorpecente e lucrar R$ 7 mil. O suspeito estava em uma motocicleta e foi abordado pela PM na Vila Cachoeirinha. Ele tentou fugir, mas foi contido pelos policiais. Com ele foram apreendidos também R$ 510. O preso tem diversas passagens pela polícia, como porte ilegal de armas de fogo e tentativa de homicídio.

    Jovem sem habilitação fica ferido ao capotar carro em rodovia de MS


    Acidente aconteceu na madrugada de quarta-feira (4), em Nova Andradina. Um rapaz de 23 anos, sem habilitação e foragido, ficou ferido ao capotar o carro que ele dirigia, na MS-473, entre Nova Andradina e Taquarussu. Ele foi socorrido pelo Corpo de...

    Acidente aconteceu na madrugada de quarta-feira (4), em Nova Andradina. Um rapaz de 23 anos, sem habilitação e foragido, ficou ferido ao capotar o carro que ele dirigia, na MS-473, entre Nova Andradina e Taquarussu. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros para o hospital de Nova Andradina. O passageiro do veículo não teve ferimentos. A Polícia Militar Rodoviária esteve no local.