G1 > Amazonas

    Dupla é presa suspeita de integrar quadrilha que aplicava golpes em venda de tijolos, em Manaus

    Dupla é presa suspeita de integrar quadrilha que aplicava golpes em venda de tijolos, em Manaus


    Grupo entregava quantidade de tijolos menor que a comprada por clientes. Caso foi descoberto nesta terça-feira (17), durante entrega de material a uma vítima. Dupla foi presa quando fazia entrega de tijolos no bairro Tancredo Neves; dois...


    Grupo entregava quantidade de tijolos menor que a comprada por clientes. Caso foi descoberto nesta terça-feira (17), durante entrega de material a uma vítima. Dupla foi presa quando fazia entrega de tijolos no bairro Tancredo Neves; dois fugiram Divulgação/Polícia Civil Dois homens, de 24 e 28 anos, foram presos suspeitos de estelionato, nesta terça-feira (17). A dupla faria parte de uma quadrilha especializada em golpes na venda de tijolos. Segundo a polícia, o grupo entregava uma quantidade menor do que a comprada pelos clientes. A prisão em flagrante ocorreu logo após uma entrega feita no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus. Na ocasião, as vítimas tinham negociado a venda de 5 mil tijolos pelo preço de R$ 1,4 mil. Durante contagem, foi verificado que apenas 2,4 mil tijolos foram entregues. Ao perceber o golpe, as vítimas acionaram a Polícia Civil, momento em que dois homens, que também participaram da entrega do material de construção, fugiram do local. Mensagens encontradas no celular de um dos presos indica envolvimento de quadrilha especializada Divulgação/Polícia Civil As vítimas contaram à polícia que esta não era a primeira vez que a quadrilha aplicava o golpe. Em outra ocasião, o grupo vendeu 9 mil tijolos a R$ 3,3 mil, mas entregou menos da metade, cerca de 3,6 mil tijolos. De acordo com a polícia, no momento em que descarregavam o material, a quadrilha fazia uma arrumação de modo que as vítimas não desconfiassem que a quantidade entregue não correspondia ao que havia sido comprado. No celular de um dos homens presos, a polícia encontrou diversas mensagens de texto que indicam a participação da dupla em uma quadrilha especializada no golpe. A dupla foi levada para o 14º DIP, que deve seguir as investigações do caso.
    Viatura pega fogo em frente a escola no Centro de Manaus

    Viatura pega fogo em frente a escola no Centro de Manaus


    Fato ocorreu na tarde desta terça-feira (17). Bombeiros tentam controlar fogo em viatura Roberta Bindá/Rede Amazônica Uma viatura da polícia militar pegou fogo na tarde desta terça-feira (17) em frente ao Instituto de Educação do Amazonas...


    Fato ocorreu na tarde desta terça-feira (17). Bombeiros tentam controlar fogo em viatura Roberta Bindá/Rede Amazônica Uma viatura da polícia militar pegou fogo na tarde desta terça-feira (17) em frente ao Instituto de Educação do Amazonas (IEA), localizado na Avenida Ramos Ferreira, Centro de Manaus. Segundo informações da PM, o carro passa pela área próxima à escola para fazer policiamento no horário de saída dos alunos. A viatura estava parada quando o incêndio começou. Viatura pegou fogo em frente a escola no Centro de Manaus Roberta Bindá/Rede Amazônica As causas do incêndio ainda serão apuradas. Dois policiais militares estavam dentro do carro, mas conseguiram sair e não ficaram feridos. O Corpo de Bombeiros auxiliou no combate às chamas. (*colaborou Roberta Bindá, da Rede Amazônica)
    Mais de 5 toneladas de carne são apreendidas em fábrica clandestina de charque, em Manaus

    Mais de 5 toneladas de carne são apreendidas em fábrica clandestina de charque, em Manaus


    Alimentos tinham larvas e moscas e outros estavam fora do prazo de validade. Proprietário e funcionários foram levados para esclarecer irregularidades em delegacia. Carne utilizada para preparo de charque foi encontrada em fábrica clandestina em...


    Alimentos tinham larvas e moscas e outros estavam fora do prazo de validade. Proprietário e funcionários foram levados para esclarecer irregularidades em delegacia. Carne utilizada para preparo de charque foi encontrada em fábrica clandestina em Manaus Divulgação/Polícia Civil Mais de cinco toneladas de carne impróprias para o consumo foram apreendidas em uma fábrica clandestina de charque no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. A operação "Carne do Terror" encabeçada pela Delegacia do Consumidor (DECON), ocorreu nesta terça-feira (17). Dois supostos funcionários e o proprietário foram levados para a delegacia para prestar esclarecimentos. As carnes foram encontradas dentro de uma espécie de galpão, localizado na rua Tocantins. As equipes da Decon investigavam o caso durante dois meses, após denúncias de moradores vizinhos sobre um forte odor de carne estragada nas proximidades do galpão. O delegado titular da especializada, Eduardo Paixão, conta que as carnes estavam armazenadas em caixas d'água, grades de cerveja de plástico e também em outras vasilhas de plástico, todas destampadas. Foram 5,3 toneladas de carne encontradas dentro de uma espécie de galpão no bairro Flores, em Manaus Divulgação/Polícia Civil O maquinário usado no local estava enferrujado, em péssimas condições de uso, assim como os refrigeradores, que, além de velhos, não atingiam a temperatura ideal para conservação do alimento. Os policiais encontraram ainda carnes contendo larvas e moscas, além de alimentos embalados com a data de validade vencida. O local possuía cinco salas, sendo três utilizadas para armazenamento e salgamento da proteína. Em outras duas salas era realizada a secagem em estufas. De acordo com o delegado Eduardo Paixão, o charque fabricado no galpão era vendido em mercadinhos nos bairros da cidade. "O estabelecimento tinha câmeras externas pra burlar a fiscalização e fachada sem identificação do trabalho com alimento", informou o delegado. Local da estufa onde as carnes eram colocadas em fábrica clandestina em Manaus Divulgação/Polícia Civil Para o preparo do charque, a polícia acredita que a fábrica clandestina misturava vários tipos de carne, como frango, porco, além da carne bovina. "Desconfia-se que aquela parte branca, que deveria ser a gordura da charque, eram pedaços de frango inseridos no preparo", contou. Parte do material foi encaminhado para a perícia, outra foi aprendida e descartada no lixão. Equipes da Delegacia do Consumidor e da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf) participaram da ação. Polícia investigou ação por dois meses, após denuncias de moradores da área Divulgação/Polícia Civil O estabelecimento foi autuado e multado. O proprietário será indiciado pelos crimes contra relação de consumo. "O proprietário está sendo indiciado, testemunhas estão sendo ouvidas pelos crimes contra relação de consumo. Ele vai responder em liberdade, porque dependemos de perícia para confirmar a qualidade do material", afirmou o delegado Paixão. A população pode denunciar irregularidades que ferem as relações de consumo pelos telefones (92) 99962-2731 e 3214-2264; pelos canais de disque-denúncia da Decon, ou pessoalmente, na Rua Lima Bacuri, 504, Centro, anexo ao 24 DIP. O maquinário estava enferrujado em péssimas condições de uso, apontou a polícia Divulgação/Polícia Civil Carne com data de validade vencida também foi encontrada dentro da fábrica, em Manaus Divulgação/Polícia Civil Equipes da Delegacia do Consumidor deflagraram operação em fábrica clandestina em Manaus Divulgação/Polícia Civil Parte do material foi encaminhado para a perícia, outra foi aprendida e descartada no lixão; Manaus Divulgação/Polícia Civil Estabelecimento clandestino foi autuado e multado em Manaus Divulgação/Polícia Civil
    Jovem é detido após invadir escola armado para defender namorada em briga, em Manaus

    Jovem é detido após invadir escola armado para defender namorada em briga, em Manaus


    Caso ocorreu em escola municipal situada na Comunidade Rio Piorini, na tarde desta terça-feira (17). Estudantes se envolveram em briga dentro de sala de aula. Escola fica situada na Comunidade Rio Piorini Larissa Santiago/Grupo Rede Amazônica Um...


    Caso ocorreu em escola municipal situada na Comunidade Rio Piorini, na tarde desta terça-feira (17). Estudantes se envolveram em briga dentro de sala de aula. Escola fica situada na Comunidade Rio Piorini Larissa Santiago/Grupo Rede Amazônica Um jovem - que não teve a idade informada - foi detido com uma pistola após invadir a Escola Municipal Professor Raimundo Almeida Lucio, na Zona Norte de Manaus, nesta terça-feira (17). O suspeito teria arrombado o portão de entrada para defender a namorada, que se envolveu em uma briga com uma colega de classe. O caso ocorreu por volta de 13h40, na escola situada na Comunidade Rio Piorini, bairro Colônia Terra Nova. O suspeito não era aluno da escola e, segundo a polícia, foi chamado ao local pela namorada, logo após a discussão com outra aluna da instituição. A série e a idade das envolvidas não foram informadas. Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a briga entre as alunas começou dentro de sala de aula, no momento da troca de professores. Uma das meninas teria ficado ferida no rosto. Ao perceber a situação, a direção da unidade levou as estudantes para a diretoria e acionou os pais, policiais militares da 18ª Companhia Interativa Comunitária (18ª Cicom) e a equipe do Centro de Operação e Segurança Escolar (Cose). Arma foi apreendida com namorado de aluna Divulgação/Polícia Militar Quando a diretora da escola conversava com as estudantes sobre o ocorrido, o namorado de uma delas invadiu a diretoria armado e ameaçou a aluna que havia brigado com a namorada dele. Nesse momento, os policiais chegaram e detiveram o suspeito. Segundo a polícia, o rapaz tinha uma pistola nove mílimetros, que é de uso registro, com 15 munições intactas. O jovem foi levado ao 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Por meio de nota, a Semed informou que a unidade de ensino possuiu agente de portaria, "mas o rapaz ameaçou o funcionário, arrombou o portão de entrada e a porta da sala da diretoria". "A Semed comunica, ainda, que a integridade e segurança dos demais alunos foi resguardada, que está tomando todas as medidas cabíveis e que além de acionar os pais das envolvidas, as mesmas serão transferidas da unidade de ensino", diz trecho de nota.
    Adolescente é apreendido suspeito de incendiar casa em Coari, no AM

    Adolescente é apreendido suspeito de incendiar casa em Coari, no AM


    Esta é a segunda residência que o adolescente é suspeito de atear fogo neste ano no município, segundo a polícia. Ninguém ficou ferido. residência foi completamente consumida pelas chamas, no interior do Amazonas Divulgação/PM Um adolescente...


    Esta é a segunda residência que o adolescente é suspeito de atear fogo neste ano no município, segundo a polícia. Ninguém ficou ferido. residência foi completamente consumida pelas chamas, no interior do Amazonas Divulgação/PM Um adolescente de 17 anos foi apreendido suspeito de atear fogo em uma residência no município de Coari, a 363 km de Manaus. O crime ocorreu no início da tarde desta terça-feira (17). Esta é a segunda residência que o jovem é suspeito de incendiar somente neste ano. De acordo com informações repassadas por populares para a polícia, o jovem é conhecido por ser usuário de drogas e já ter incendiado outra casa no município. Por volta das 13h30, ele teria ateado fogo em uma residência situada na rua A, no bairro União. "A dona da residência nos informou que a casa estava vazia. Ela foi reclamar que ele [adolescente] e seus comparsas estavam usando da casa como 'boca de fumo'. Então, segundo informações preliminares, em represália, ele ateou fogo no local", disse o comandante do 5° BPM de Coari, major Pedro Moreira. Vizinhos se reuniram para tentar controlar as chamas, em Coari no interior do AM Divulgação/PM O fogo destruiu toda a residência e se alastrou para a casa vizinha, que foi parcialmente atingida pelas chamas. A vizinhança se reuniu e, com baldes de água e mangueiras, conseguiu controlar as labaredas e evitar a propagação do fogo para outros imóveis. O jovem foi apreendido por policiais do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) do município. Para os policiais, o jovem negou o crime. "Mas pessoas viram ele saindo instante antes do local", finalizou o major. A polícia deve investigar.
    Audiência sobre massacre de 56 detentos em presídio no AM é adiada

    Audiência sobre massacre de 56 detentos em presídio no AM é adiada


    Rebelião ocorreu Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). A fase de audiências de processos criminais sobre o massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) ocorrido em janeiro de 2017 em Manaus, prevista para começar nesta...


    Rebelião ocorreu Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). A fase de audiências de processos criminais sobre o massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) ocorrido em janeiro de 2017 em Manaus, prevista para começar nesta terça-feira (17) foi adiada para setembro. A rebelião resultou na morte de 56 presos. As primeiras testemunhas de acusação convocadas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) estavam previstas para serem ser ouvidas nesta terça. A previsão era de que as primeiras dez fossem ouvidas. Os processos relativos ao caso estão tramitando sob segredo de Justiça e nos dias de audiências relacionadas a esses processos, o fórum terá esquema especial de segurança, com restrições de acesso ao Plenário e áreas próximas. Rebelião ocorreu Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) Jamile Alves/G1 AM O MPE-AM denunciou 213 pessoas acusadas de participar da chacina ocorrida no dia 1º de janeiro de 2017 no Compaj). Pesa contra os acusados, além da autoria de 56 homicídios qualificados, seis tentativas de homicídios, 46 vilipêndios de cadáveres, tortura em 26 vítimas e organização criminosa. Para facilitar o trabalho de instrução, o Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri, em comum acordo com o Ministério Público do Estado do Amazonas, promoveu o desmembramento do processo principal em 22 processos – sendo um processo com quatro acusados, um processo com sete acusados, dois processos com onze acusados e 18 processos com dez acusados. Haverá um revezamento entre três juízes para ouvir as 61 testemunhas requeridas pelo Ministério Público. A intenção dos magistrados é ouvir ao menos dez testemunhas por dia, com a conclusão das oitivas ainda neste mês de julho. Massacre O motim teve início na tarde de 1º de janeiro de 2017. De acordo com a Secretaria de Segurança, os corpos de seis pessoas foram jogados para fora do presídio, sem as cabeças. Ao menos 12 agentes carcerários foram mantidos reféns. Outros funcionários que estavam na unidade prisional conseguiram escapar. Presos também foram feitos reféns, mas o número não pôde ser confirmado. O motim no Compaj durou mais de 17 horas e, após negociações, os presos libertaram reféns e entregaram as armas por volta das 8h40 (Horário de Manaus) do dia seguinte ao início do massacre, dia 2 de janeiro. Ao todo, 17 armas foram apreendidas. Após o fim da rebelião, o então secretário Sérgio Fontes, durante coletiva de imprensa, classificou a rebelião como “o maior massacre do sistema prisional do Amazonas”. Com a carcerária no estado, a Força Nacional foi acionada e continua na barreira de acesso ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim, onde a maioria dos detentos foram assassinados.
    Candidatos fazem nova manifestação em Manaus para pedir que concurso da Seduc seja anulado

    Candidatos fazem nova manifestação em Manaus para pedir que concurso da Seduc seja anulado


    Grupo se reuniu na frente da sede do órgão na capital. Candidatos do concurso da Seduc fizeram manifestação em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Candidatos do concurso da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), realizado...


    Grupo se reuniu na frente da sede do órgão na capital. Candidatos do concurso da Seduc fizeram manifestação em Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Candidatos do concurso da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc), realizado no domingo (8), iniciaram uma manifestação em frente à sede do órgão na manhã desta terça-feira (17). O grupo quer a anulação total do certame. Outro ato foi realizado na semana anterior. Após candidatos denunciarem problemas na aplicação do exame, a prova para o cargo específico de professor de ensino regular foi anulada. Entre os problemas apontados por candidatos estão: atraso na chegada das provas, troca de provas entre municípios, transporte irregular de malotes, bem como malotes com lacres violados. Além da solicitação de cancelamento de todas as provas, os candidatos querem ainda que a empresa responsável pela organização do concurso seja trocada. A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (SEDUC) informou que "a pasta sempre mostrou transparência ao que tange o Concurso Público 2018. Tanto que ao identificar um erro humano no manuseio de um dos lotes em uma sala para o cargo específico de professor regular, Ciclo 20h, para Manaus, anulou as provas para esse cargo e marcou a reaplicação para o dia 22 de julho". A pasta informou ainda que recebeu notificações dos Ministérios Públicos de Contas e do Estado (MPC e MPE), na última sexta-feira (13), e vai responder a todos os questionamentos feitos pelos órgãos ministeriais no prazo estipulado por eles (cinco dias). Outro ato Outra manifestação pedindo a anulação do concurso doi realizada na frente da sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM), na Zona Oeste de Manaus, no dia 11 deste mês. (*Colaborou Eliana Nascimento, do G1 AM)

    Adolescente é encontrado morto dentro de centro socioeducativo em Manaus


    Ele foi encontrado com lençol em volta do pescoço. A causa da morte será investigada. Um adolescente de 15 anos morreu dentro do Centro Socioeducativo Raimundo Parente, localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte, na madrugada desta terça-feira...

    Ele foi encontrado com lençol em volta do pescoço. A causa da morte será investigada. Um adolescente de 15 anos morreu dentro do Centro Socioeducativo Raimundo Parente, localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte, na madrugada desta terça-feira (17). Ele foi encontrado com lençol em volta do pescoço. A causa da morte será investigada. De acordo com a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania ( Sejusc ), por volta de 3h15 da madrugada, um outro interno alertou a equipe de socioeducadores devido o adolescente estar caído no chão. "Imediatamente a equipe da Polícia Civil do 6º Departamento de Polícia (DIP) foi acionada, conforme orienta o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo ( Sinase ) nestes casos, para que as devidas providências fossem tomadas", informou. A motivação do fato, bem como a causa da morte, está sob investigação e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A família do adolescente, também já foi avisada. O jovem é natural do município Carauari (a 788 quilômetros de Manaus) e veio para Manaus cumprir medida pelo ato infracional latrocínio na unidade socioeducativa Raimundo Parente, onde estava internado desde o dia 15 de fevereiro deste ano.
    Testemunhas são ouvidas em audiência sobre morte de advogado em casa de shows de Manaus

    Testemunhas são ouvidas em audiência sobre morte de advogado em casa de shows de Manaus


    Delegado Gustavo de Castro Sotero é acusado de matar advogado dentro de uma casa de show em Manaus. O segundo dia de audiência do réu Gustavo de Castro Sotero, delegado da Polícia Civil acusado de atirar e matar um advogado dentro de uma casa de...


    Delegado Gustavo de Castro Sotero é acusado de matar advogado dentro de uma casa de show em Manaus. O segundo dia de audiência do réu Gustavo de Castro Sotero, delegado da Polícia Civil acusado de atirar e matar um advogado dentro de uma casa de shows de Manaus, em novembro de 2017, teve início na manhã desta terça-feira (17). A audiência iniciou por volta das 9h no Fórum Ministro Henoch Reis, Zona Centro Sul da capital. De acordo com informações do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), 10 testemunhas de acusação e defesa devem ser ouvidas durante a audiência de instrução. O juíz Celso Souza de Paula, da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, conduz a audiência. Nesta terça, foram ouvidos um Policial Militar que atendeu a ocorrência e um rapaz que socorreu uma das vítimas que foi baleada. Representante da OAB, do Sinpol, advogados de defesa e promotores também foram interrogados. A previsão é de que o delegado acusado seja ouvido na quarta-feira (18), caso todas as 10 testemunhas sejam ouvidas. Delegado Gustavo Sotero Arquivo Pessoal Primeira audiência O primeiro dia de audiência de instrução aconteceu no dia 14 de junho. Na ocasião, a oitiva teve interrogatório de testemunhas de acusação, de defesa e do Juízo, sendo oito delas requisitadas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), quatro testemunhas arroladas pelo Juízo e 13 pela defesa do réu. Vídeo mostra momento em que advogado é morto a tiros por delegado dentro do Porão As três vítimas de lesão corporal ocorrida no dia do crime, Fabíola Oliveira – esposa do advogado –, Maurício Rocha e Iuri Souza, compareceram na primeira audiência. Entenda o caso O advogado Wilson de Lima Justo Filho, de 35 anos, morreu depois ser baleado dentro do Porão do Alemão, na madrugrada do dia 25 de novembro de 2017. Outras três pessoas ficaram feridas, entre elas a esposa do advogado, Fabiola Rodrigues Pinto de Oliveira, de 31 anos, que foi atingida na perna esquerda. Wilson de Lima Justo Filho foi morto em casa de show Arquivo Pessoal Yuri Paiva, de 45 anos, foi baleado no abdômen e Maurício Rocha, 35, foi atingido no dorso esquerdo. Os três sobreviventes foram levados para Hospital Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto. Testemunhas disseram que o delegado teria começado a encarar a companheira da vítima, que foi “tirar satisfação” com o suspeito.
    Veja UBSs que têm horário ampliado para vacinação contra sarampo em Manaus

    Veja UBSs que têm horário ampliado para vacinação contra sarampo em Manaus


    Em razão da epidemia, Manaus decretou situação de emergência no começo do mês. UBS Sálvio Belota, localizada no bairro de Santa Etelvina Luis Henrique de Oliveira Diversas Unidades Básicas de Atendimento (UBSs) funcionam em horário ampliado,...


    Em razão da epidemia, Manaus decretou situação de emergência no começo do mês. UBS Sálvio Belota, localizada no bairro de Santa Etelvina Luis Henrique de Oliveira Diversas Unidades Básicas de Atendimento (UBSs) funcionam em horário ampliado, de segunda à sexta-feira, até às 21h e aos sábados, das 8h às 12h, para quem procura imunização contra o sarampo. Veja os endereços abaixo. O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. A capital tem uma morte confirma por conta da doença. Em razão da epidemia, Manaus decretou situação de emergência no começo do mês. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda Distrito Leste - UBS ALFREDO CAMPOS - Rua André Araújo, S/N - Zumbi II - 3644-2365 - UBS DR. JOSÉ AMAZONAS PALHANO - Rua Antonio Matias, S/N - São José II - 3644-9879 - UBS MARIA LEONOR BRILHANTE - Av. Autaz Mirim, S/N - Tancredo Neves - 3249-7080 Distrito Norte - UBS AUGIAS GADELHA - Rua A, nº 15 - Cidade Nova I - 3645-3908 - UBS BALBINA MESTRINHO - Rua 17, nº 170 - Cidade Nova - 3641-8751 - UBS MAJOR SÁLVIO BELOTA - Rua das Samambaias, nº 786 - Santa Etelvina - 3214-7723 Distrito Sul - UBS JOSÉ RAYOL DOS SANTOS - Av. Constantino Nery , S/N - Chapada - 3214-2084 (sala de vacina funcionando nas dependências do Hemoam por estrar em reforma a Unidade) - UBS MORRO DA LIBERDADE - Rua São Benedito, S/N - Morro da Liberdade - 3214-3602 Distrito Oeste - UBS DEODATO DE MIRANDA LEÃO - Av. Presidente Dutra, S/N - Glória - 3671-5722 - UBS LEONOR DE FREITAS - Av.Brasil, S/N - Compensa II - 3671-3759
    Atiradores invadem casa e matam homem a tiros na Zona Centro-Oeste de Manaus

    Atiradores invadem casa e matam homem a tiros na Zona Centro-Oeste de Manaus


    Vítima foi surpreendida em imóvel onde morava.  Crime ocorreu na rua Cordilheira dos Andes Patrick Marques/G1 AM Um homem de 27 anos foi morto a tiros dentro da casa onde morava, no Bairro da Paz, Zona Centro-Oeste de Manaus, na noite de...


    Vítima foi surpreendida em imóvel onde morava.  Crime ocorreu na rua Cordilheira dos Andes Patrick Marques/G1 AM Um homem de 27 anos foi morto a tiros dentro da casa onde morava, no Bairro da Paz, Zona Centro-Oeste de Manaus, na noite de segunda-feira (16). Dois homens não identificados entraram na casa e atiraram contra a vítima. Não há informações sobre a motivação do crime. De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem estava em uma casa na rua Cordilheira dos Andes. Por volta das 21h, dois homens chegaram em um carro, desceram do veículo e invadiram o local. A dupla foi na direção da vítima e atirou diversas vezes. O homem foi atingido nas costas e no ombro. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os atiradores fugiram no carro, sem serem identificados. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). A motivação do crime é desconhecida.

    Prefeitura no interior do AM oferta  142 vagas temporárias para cargos de professor, pedagogo e monitor


    Salários são de até R$ 2.779,65. Concurso realizado será em Novo Aripuanã. A Prefeitura de Novo Aripuanã, cidade a 227 km de Manaus, lançou um processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais na área da Educação....

    Salários são de até R$ 2.779,65. Concurso realizado será em Novo Aripuanã. A Prefeitura de Novo Aripuanã, cidade a 227 km de Manaus, lançou um processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais na área da Educação. O edital foi publicado nesta terça-feira (17), no Diário Oficial dos Municípios do Amazonas. São ofertadas 142 vagas para professor, pedagogo e monitor. Os salários são de até R$ 2.779,65. A inscrição neste processo seletivo é gratuita, e será realizada até quarta-feira (18) de julho, no horário das 08 às 12h e das 13h30 às 17h30. As inscrições serão recebidas na Escola Municipal Nossa Senhora de Lourdes, na Avenida 16 de fevereiro, s/n Centro. Será permitida a inscrição em apenas um cargo/disciplina por candidato. QUADRO DE VAGAS ZONA URBANA QUADRO DE VAGAS ZONA RURAL Serão reservadas vagas aos candidatos com deficiência, para o cargo cujas atribuições sejam compatíveis com a deficiência de que sejam portadores, sendo reservado o percentual de 5% das vagas previstas no edital, com exceção daquelas que ofereça apenas uma vaga. Os cargos são para professores da Educação Infantil, professores do Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano e de 6º ao 9º ano, além de pedagogo e monitores da Educação Infantil. A jornada de trabalho poderá ocorrer nos turnos diurnos (matutino e/ou vespertino) e/ou noturno, respeitando-se o regime de trabalho de 40 horas semanais para pedagogo e 20 horas semanais para professor e monitor de acordo com as necessidades da Secretaria de Educação. REMUNERAÇÃO Além da remuneração acima elencada serão concedidos aos candidatos contratados para a zona rural, o adicional de localidade. Os valores do auxílio localidade serão estabelecidos, conforme a lotação dos aprovados, regidos pelo Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos Trabalhadores em Educação do Município de Novo Aripuanã. O processo seletivo simplificado será composto por análise curricular e prova de títulos. A seleção terá validade de seis meses, contados a partir da publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado pelo mesmo período.
    Audiência sobre massacre em presídio no AM será realizada nesta terça-feira

    Audiência sobre massacre em presídio no AM será realizada nesta terça-feira


    Primeiras testemunhas de acusação serão ouvidas por juízes. Rebelião no Compaj resultou na morte de 56 presos, em 2017. Audiências serão realizadas com esquema especial de segurança no Tribunal de Justiça em Manaus Igor Braga | TJAM O...


    Primeiras testemunhas de acusação serão ouvidas por juízes. Rebelião no Compaj resultou na morte de 56 presos, em 2017. Audiências serão realizadas com esquema especial de segurança no Tribunal de Justiça em Manaus Igor Braga | TJAM O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) iniciará, nesta terça-feira (17), fase de audiências de processos criminais do massacre no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) ocorrido em janeiro de 2017, em Manaus. A rebelião resultou na morte de 56 presos. As primeiras testemunhas de acusação convocadas pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) devem ser ouvidas. As audiências serão realizadas na 2ª Vara do Tribunal do Júri, que funciona no Fórum Ministro Henoch Reis, no bairro de São Francisco. Segundo o TJAM, neste primeiro dia, a previsão é de que as primeiras dez sejam ouvidas. Os processos relativos ao caso estão tramitando sob segredo de Justiça e nos dias de audiências relacionadas a esses processos, o fórum terá esquema especial de segurança, com restrições de acesso ao Plenário e áreas próximas. Nestes espaços, delimitados pela equipe de segurança do fórum de acordo com as determinações do Juízo da 2ª Vara do Júri, não será permitido, inclusive, o registro de imagens. O objetivo das medidas é preservar a identidade e a segurança das testemunhas que participarão das audiências. “Por questões de segurança, ao Plenário do Júri terão acesso somente as pessoas diretamente envolvidas no trabalho de realização das audiências, como servidores, magistrados, advogados e representantes do Ministério Público”, informou o TJAM. O MPE-AM denunciou 213 pessoas acusadas de participar da chacina ocorrida no dia 1º de janeiro de 2017 no Compaj). Pesa contra os acusados, além da autoria de 56 homicídios qualificados, seis tentativas de homicídios, 46 vilipêndios de cadáveres, tortura em 26 vítimas e organização criminosa. Para facilitar o trabalho de instrução, o Juízo da 2ª Vara do Tribunal do Júri, em comum acordo com o Ministério Público do Estado do Amazonas, promoveu o desmembramento do processo principal em 22 processos – sendo um processo com quatro acusados, um processo com sete acusados, dois processos com onze acusados e 18 processos com dez acusados. Haverá um revezamento entre três juízes para ouvir as 61 testemunhas requeridas pelo Ministério Público. A intenção dos magistrados é ouvir ao menos dez testemunhas por dia, com a conclusão das oitivas ainda neste mês de julho. Polícia Civil conclui inquérito sobre massacre no Compaj, ocorrido no início do ano Massacre O motim teve início na tarde de 1º de janeiro de 2017. De acordo com a Secretaria de Segurança, os corpos de seis pessoas foram jogados para fora do presídio, sem as cabeças. Ao menos 12 agentes carcerários foram mantidos reféns. Outros funcionários que estavam na unidade prisional conseguiram escapar. Presos também foram feitos reféns, mas o número não pôde ser confirmado. O motim no Compaj durou mais de 17 horas e, após negociações, os presos libertaram reféns e entregaram as armas por volta das 8h40 (Horário de Manaus) do dia seguinte ao início do massacre, dia 2 de janeiro. Ao todo, 17 armas foram apreendidas. Após o fim da rebelião, o então secretário Sérgio Fontes, durante coletiva de imprensa, classificou a rebelião como “o maior massacre do sistema prisional do Amazonas”. Com a carcerária no estado, a Força Nacional foi acionada e continua na barreira de acesso ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim, onde a maioria dos detentos foram assassinados.
    Homem que teria paquerado mulher acompanhada é perseguido e morto em rua de Manaus

    Homem que teria paquerado mulher acompanhada é perseguido e morto em rua de Manaus


    Moradores do bairro Armando Mendes testemunharam o crime. Homem foi morto em rua na periferia de Manaus Patrick Marques/G1 AM Um homem de 35 anos foi morto com um tiro no pescoço, no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, na segunda-feira...


    Moradores do bairro Armando Mendes testemunharam o crime. Homem foi morto em rua na periferia de Manaus Patrick Marques/G1 AM Um homem de 35 anos foi morto com um tiro no pescoço, no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, na segunda-feira (16). Segundo a polícia, ele foi perseguido e morto por outro homem após ter paquerado uma mulher comprometida. O atirador não foi identificado. De acordo com vizinhos do homem, ele morava na rua em que foi morto. “Ele mexeu com a mulher do cara. O homem não gostou e saiu perseguindo ele. Já aqui na rua Projetada, ele foi atingido por um tiro no pescoço. Ainda o levaram para um hospital, mas morreu”, disse um morador, que preferiu não se identificar. O corpo do homem foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). O caso deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).
    Manaus registra cinco casos de linchamentos em 2018, diz SSP-AM

    Manaus registra cinco casos de linchamentos em 2018, diz SSP-AM


    De acordo com Código Penal Brasileiro, quem participa de linchamento pode responder por homicídio qualificado. Linchamento ocorreu em Manaus na última semana Rickardo Marques/G1 AM Cinco linchamentos de supostos criminosos foram registrados em...


    De acordo com Código Penal Brasileiro, quem participa de linchamento pode responder por homicídio qualificado. Linchamento ocorreu em Manaus na última semana Rickardo Marques/G1 AM Cinco linchamentos de supostos criminosos foram registrados em Manaus pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O número é igual ao registrado no mesmo período do ano passado. Em todo o ano de 2017 foram 13 linchamentos na capital. Imagens divulgadas na internet ajudam na investigação dos casos e identificação de envolvidos. O último caso de linchamento ocorrido no Amazonas, que ganhou grande repercussão, foi no município de Borba, a 151 km de Manaus. Após ser agredido, um jovem de 18 anos foi jogado em uma fogueira. Ele era suspeito de matar uma adolescente de 14 anos, no dia 4 de julho. O jovem se entregou na sede da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no domingo (8). Populares invadiram o quartel da Polícia Militar (PM-AM) no município de Borba Internet Punição “Existe a tipificação do homicídio qualificado pelo recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Então, quando há um linchamento, logicamente que pela quantidade de pessoas, a vítima fica indefesa. Então o homicídio quando a vítima fica com impossibilidade de defesa é homicídio qualificado e, homicídio qualificado é um crime hediondo”, disse o Juiz Mauro Antony, que atua na área criminal. Ele apontou ainda que todos as pessoas que participam de linchamento podem ser punidas, de acordo com artigo 29 do Código Penal. “Todos aqueles que participaram do homicídio, seja batendo na vítima, dando cobertura, seja incitando, vão responder por homicídio qualificado”, afirmou o juiz. Imagens de linchamento veiculados em grupos de whatsapp, em redes sociais ou em programas na televisão podem ser utilizados como provas pela polícia. “Se a autoridade policial, na fase do inquérito, requerer as imagens e for juntado ao inquérito, com certeza, seja ela por grupo de whatsapp e pela TV podem servir de prova, sem dúvida nenhuma”, contou. Ele lembrou ainda que a pessoa que publica - sem autorização - fotos de outra pessoa na internet pode estar sujeito a um dano moral, na área cível. Ocomportamento das massas pode ser induzido por diversos fatores e atores - como lideranças populistas, processos eleitoreiros, presença midiática e o sentimento de vingança - afrontando o Direito e a Justiça enquanto fim, conforme explicou o coordenador do Núcleo de Cultura Política do Amazonas(NCPAM), órgão vinculado ao Departamento de Ciências Sociais da UFAM, Professor Ademir Ramos. “Estas formas de comportamentos se multiplicam onde o Estado e seus operadores estão ausentes, omissos ou fragilizados. Nesta conjuntura crescem as atitudes coletivas como ‘salvadores da pátria’ apostando na força da violência e, sobretudo, na impunidade achando que tudo pode ser resolvido no grito ou na força bem no estilo dos ‘Coronéis de Barrancos’ do passado”, disse Ramos. Ele defende que esta situação somente pode ser controlada com um melhor aparelhamento do Estado e qualificação dos agentes. “Para operar com a legitimidade da força fazendo a Justiça vingar, reparando os danos causados aos Direitos humanos e Fundamentais”, afirmou. E apontou ainda a necessidade do trabalho em conjunto da sociedade civil e das três esferas da administração pública. “É necessário trabalhar junto às organizações sociais desde a Igreja, Escola, Executivo, Legislativo e Judiciário, punindo exemplarmente seus mandantes para que o temor da Justiça faça conter os ânimos em prol do ordenamento do equilíbrio das relações sociais”, apontou o professor Ademir Ramos. Investigações da PC Seguem as investigações em busca da identificação nos envolvidos no linchamento do suspeito de matar uma adolescente de 14 anos a facadas. O crime ocorreu no município de Borba, a151km de Manaus. Nesta segunda-feira (10), uma equipe com 16 policias civis e militares foram transferidos para Borba, para reforçar a segurança do local. Em nota, a Polícia Civil informou que as oitivas estão sendo realizadas, para identificação dos envolvidos. E, o Inquérito Policial (IP) vai ser instaurado para apurar as circunstâncias do crime. Até agora, já foram identificadas 20 pessoas que participaram dos delitos tanto da depredação do prédio do 9ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e dos atos de violência que resultaram na morte de Gabriel Lima Cardoso, que tinha 18 anos. O diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), o delegado Mateus Moreira informou que o Inquérito Policial (IP) será concluído e deverá ser encaminhado à Justiça. Após isso, os infratores serão punidos pelos crimes cometidos. Linchamento em Manaus Na última terça-feira (10), um homem morreu após ser agredido por um grupo de pessoas no Centro de Manaus. Segundo a polícia, o homem é suspeito de praticar roubos na área. Segundo informações da polícia, a vítima estava junto com outro dois homens. O trio abordou uma mulher que, após ser assaltada, pediu ajuda a um grupo de pessos. Os populares perseguiram o trio, mas somente um dos homens foi localizado por eles na Rua Cândido Mariano. Ele foi agredido pelo grupo e não resistiu aos ferimentos. Após a agressão, o grupo se dispersou e a polícia ainda não localizou os autores do crime.

    Mais de 230 escolas estaduais em Manaus devem receber ação de combate ao sarampo


    Ao todo, 239 mil alunos devem ser imunizados. Nesta segunda-feira (16) foi iniciada uma ação de combate ao sarampo que deve atender as 234 escolas da rede estadual presentes em Manaus. A iniciativa visa inibir novos casos na faixa etária com maior...

    Ao todo, 239 mil alunos devem ser imunizados. Nesta segunda-feira (16) foi iniciada uma ação de combate ao sarampo que deve atender as 234 escolas da rede estadual presentes em Manaus. A iniciativa visa inibir novos casos na faixa etária com maior índice de notificações, que vai de 15 a 29 anos. Ao todo, 239 mil alunos devem ser imunizados. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (Susam), a prioridade é para aqueles que não puderem comprovar que já foram vacinados. As equipes iniciaram os trabalhos pela Zona Norte da capital, que concentra 37% dos casos de sarampo notificados somente em Manaus. O público alvo da ação são crianças de seis meses a menores de cinco anos. Porém, devido o surto da doença, a faixa etária se estendeu para o público de até 49 anos. A vacinação na rede estadual acontece nos três turnos escolares, com equipes indo de sala em sala. Agentes da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), das unidades de saúde do Estado e também universitários treinados da área de saúde serão os responsáveis pela aplicação da vacina. Em nota, o diretor presidente da FVS, Bernardino Albuquerque, afirma que a estratégia deve apresentar resultados a curto prazo. "Os estudantes tem sido a população acometida pelo sarampo na capital, e a ação dentro da escola é a mais indicada e rápida para conter o avanço da doença, que é extremamente contagiosa", disse. Notificações de sarampo em Manaus
    Carro derruba poste após perseguição policial na Zona Leste de Manaus

    Carro derruba poste após perseguição policial na Zona Leste de Manaus


    Trio foi preso após acidente na noite desta segunda (16). Carro ficou destruído após colisão Rickardo Marques/G1 AM Uma perseguição policial terminou em acidente na noite desta segunda-feira (16) no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus. O...


    Trio foi preso após acidente na noite desta segunda (16). Carro ficou destruído após colisão Rickardo Marques/G1 AM Uma perseguição policial terminou em acidente na noite desta segunda-feira (16) no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus. O carro utilizado pelos suspeitos colidiu com um poste, que caiu sobre o veículo. Três homens foram presos. A polícia informou que o carro modelo Polo foi roubado na área do bairro Cachoeirinha, por volta 20h30. Durante a fuga, policiais militares reconheceram o veículo e iniciaram a perseguição. Ao chegar na rotatória entre as avenidas Autaz Mirim e Oitis, os criminosos invadiram o canteiro central e atingiram um poste de iluminação, que caiu sobre o veículo. Três homens que estavam no carro foram presos. A polícia informou ainda que uma arma foi apreendida. Os suspeitos foram conduzidos ao 24º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Em nota, a Eletrobras Distribuição Amazonas informou que o fornecimento de energia na área não foi afetado e que o reparo no poste é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Poste caiu em cima de carro Rickardo Marques/G1 AM
    VÍDEOS: JAM2 de segunda-feira, 16 de julho de 2018

    VÍDEOS: JAM2 de segunda-feira, 16 de julho de 2018


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do...


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
    Homem é morto a tiros em banca de churrasco na Zona Oeste de Manaus

    Homem é morto a tiros em banca de churrasco na Zona Oeste de Manaus


    Vítima estava com um grupo de pessoas nesta segunda-feira (16) quando foi atingida. Crime ocorreu na Avenida Brasil, bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus Rickardo Marques/G1 AM Um homem de 20 anos foi morto a tiros na noite desta segunda-feira...


    Vítima estava com um grupo de pessoas nesta segunda-feira (16) quando foi atingida. Crime ocorreu na Avenida Brasil, bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus Rickardo Marques/G1 AM Um homem de 20 anos foi morto a tiros na noite desta segunda-feira (16) no bairro Santo Antônio, Zona Oeste de Manaus. A vítima estava com um grupo de pessoas quando foi atingida pelos disparos. Ninguém foi preso. O crime ocorreu em frente a uma oficina de motos no sentido bairro-Centro da Avenida Brasil, por volta das 19h. O homem vendia churrascos para um grupo de pessoas quando dois homens chegaram a pé. Um deles efetuou diversos disparos contra a vítima, que não resistiu aos ferimentos. Após o crime, a dupla fugiu e não foi localizada. Familiares que estiveram no local preferiram não comentar o crime. O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e a Polícia Civil investiga o caso.
    Grupo é preso com 15 Kg de maconha na Zona Leste de Manaus

    Grupo é preso com 15 Kg de maconha na Zona Leste de Manaus


    Prisões ocorreram durante operação 'Banzeiro'. Quarteto foi preso com drogas Divulgação/SSP-AM Quatro homens foram presos nesta segunda-feira (16) por suspeita de tráfico e associação para o tráfico no bairro Mauzinho, Zona Leste de Manaus....


    Prisões ocorreram durante operação 'Banzeiro'. Quarteto foi preso com drogas Divulgação/SSP-AM Quatro homens foram presos nesta segunda-feira (16) por suspeita de tráfico e associação para o tráfico no bairro Mauzinho, Zona Leste de Manaus. As prisões ocorreram durante a operação “Banzeiro” e com os suspeitos, a polícia apreendeu cerca de 15kg de maconha. Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informou que dois deles estavam utilizavam uma casa situada na Rua da Paz para armazenar a droga. Na manhã desta segunda, dois homens foram até a residência e receberam o material de outros dois suspeitos. “Eles trabalhavam em conjunto e não é a primeira vez que fazem esse tipo de serviço (...) O [suspeito] já usava o carro dele para transportal o material do Porto até o Mauazinho, na casa do [suspeito]”, disse em nota Ivo Martins, diretor da Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (SEAI). Ainda segundo Martins, um dos suspeitos transportou a droga do município de Coari até a capital de barco no domingo (15) e pretendia distribuir o entorpecente. O grupo deve responder por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

    Área de 30 Km em Tefé é tomada por explosivos prontos para serem detonados, diz grupo que atuava no local


    Trabalhadores denunciam ainda atraso de salários de empresa norte-americana. Trabalhadores denunciam atraso de salários e presença de explosivos em área de Tefé Uma área de pelo menos 30 quilômetros estaria tomada por explosivos prontos para...

    Trabalhadores denunciam ainda atraso de salários de empresa norte-americana. Trabalhadores denunciam atraso de salários e presença de explosivos em área de Tefé Uma área de pelo menos 30 quilômetros estaria tomada por explosivos prontos para serem detonados no município de Tefé, localizado a 522 Km de Manaus. A informação sobre a existência desse campo minado foi dada por funcionários de uma empresa de pesquisas de solo que atuavam na cidade. Nesta segunda-feira (16), esses trabalhadores se reuniram em frente ao Ministério Público do Trabalho (MPT), aqui em Manaus. É que a empresa norteamericana que contratou essas pessoas decretou falência no mês passado e, segundo os funcionários, além de não pagar salários e rescisões, teria deixado as toneladas de explosivos no solo de Tefé. Um vídeo feito no começo do ano mostra funcionários já enfrentando problemas por falta de recursos e alimentação. Em 26 de junho, chegou o comunicado de falência da empresa por e-mail. Um total de 1.007 trabalhadores estão sem respostas. Deles, 200 já haviam sido demitidos e ficaram sem receber os direitos trabalhistas. Os outros 800 não receberam os salários de junho e não sabem como vão ficar as rescisões. De acordo com os funcionários, a empresa Geokinetics desenvolve pesquisas de Geofísica do solo. A companhia prestava serviço para uma empresa russa que detém o direito de exploração de petróleo em Tefé, interior do Amazonas. Para fazer a pesquisa de solo, a Geokinetics utiliza explosivos. E, como não houve nenhum aviso prévio antes do fechamento da empresa, os funcionários continuaram trabalhando em três linhas, cada uma com cerca de 10 Km. Ninguém do MPT gravou entrevista com a Rede Amazônica, mas a assessoria do órgão informou que uma audiência foi marcada para 30 de julho. A reportagem tentou contato com a Geokinetics, mas não teve sucesso. Em nota, o Exército informou que será aberto um processo administrativo para apurar a situação dos explosivos. A empresa responsável deverá contratar outra, com certificado de registro válido para efetuar a detonação dos explosivos presentes no terreno. A detonação será acompanhada por militares. A nota diz ainda que os explosivos estão a 15 metros abaixo da superfície do solo, em uma área de difícil acesso, sendo possível chegar apenas de helicóptero. (*colaborou Ruthiene Bindá, da Rede Amazônica)
    Agentes vão de casa em casa vacinar contra sarampo após aumento de números da doença em Manaus

    Agentes vão de casa em casa vacinar contra sarampo após aumento de números da doença em Manaus


    Equipes visitam casas para verificar se moradores já foram vacinados contra doença. Equipes de vacinação estão precorrendo ruas dos bairros Jorge Teixeira, Novo Aleixo e Cidade Nova Adneison Severiano/G1 AM Manaus vive um surto epidemiológico de...


    Equipes visitam casas para verificar se moradores já foram vacinados contra doença. Equipes de vacinação estão precorrendo ruas dos bairros Jorge Teixeira, Novo Aleixo e Cidade Nova Adneison Severiano/G1 AM Manaus vive um surto epidemiológico de sarampo, após 18 anos sem registrar casos da doença. Com isso, equipes de vacinação iniciaram ação ofensiva, indo de casa em casa a partir desta segunda-feira (16). A meta é visitar mais 110 imóveis e verificar a situação vacinal de mais de 204 mil pessoas. Na nova etapa de vacinação, as equipes com técnicos de enfermagem e agentes de saúde irão de porta a porta nas ruas do bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste. Já na Zona Norte, Novo Aleixo e Cidade Nova serão as áreas que receberam reforço na vacinação do sarampo. A Comunidade do Pau Rosa, localizada na Zona Rural de Manaus, também terá vacinação em domicílios. Essas áreas da cidade foram definidas como prioritárias com base no número de casos notificados e confirmados da doença. A varredura e imunização será feira durante seis semanas. Aproximadamente 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, estarão nas ruas executando o plano de ação na tentativa de interromper a circulação do vírus causador da doença na capital. Ao todo, 110.198 imóveis serão visitados e 204.139 pessoas terão situação vacinal verificada e, caso necessário, a vacina Tríplice Viral será aplicada. O trabalho será feito das 15h às 20h, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, os vacinadores atuarão das 8h às 12h. "O sarampo é uma doença que deixa sequelas, mas que é vacinável. Selecionamos os três bairros chaves, pois que onde está maior incidência e será feito um trabalho de casa em casa, envolvendo diversas forças nossas e do governo do estado. Vamos de casa a casa olhando a carteira de vacina de cada cidadão”, afirmou o prefeito de Manaus, Arthur Neto. O Ministério da Saúde, a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), Secretaria de Estado da Saúde (Susam) e Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) são colaboradores técnicos e financeiros do Plano de Intensificação Contra o Sarampo em Manaus. Nas demais áreas da capital, os trabalhos de varredura serão feitos nas escolas, universidades e faculdades. Vacina tríplice viral imuniza contra o sarampo Adneison Severiano/G1 AM A baixa procura do grupo prioritário tem afetado o trabalho para conter o avanço da doença. Os especialistas alertam que crianças e adultos precisam se vacinar. “A meta é vacinar 95% de toda população da cidade de Manaus, da faixa etária de seis meses até 49 anos. Estamos intensificando nessa nova fase e entramos na vigésima semana de combate ao sarampo. Desde início contratamos 120 técnicos de enfermagem para auxiliar nas nossas salas de vacina 198 Unidades Básicas de Saúde. No dia 3 de julho, o prefeito decretou situação de emergência e contratamos mais 140 apoiadores para auxiliar nessa guerra contra sarampo”, disse o secretário da Semsa, Marcelo Magaldi. A dona de casa Iolanda Duarte, de 53 anos, mora ao lado do Distrito de Saúde Leste (Disa Leste), mas ainda não tinha se vacinado contra o sarampo. “Eu já tive essa doença, mas descobri que precisa tomar a vacina. É importante demais e melhor em casa, não ter que ir no posto enfrentar fila”, comentou a dona de casa. Sarampo avança no estado O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento de 40,1%, passando de 317 para 444. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. A capital tem uma morte confirma por conta da doença. Além de Manaus, outros 34 municípios do Amazonas notificaram casos suspeitos de sarampo. No total, o Amazonas apresenta 3.367 casos notificados, sendo 2.660 na capital e 561 no município de Manacapuru. “Existe a possibilidade de disseminação para outros estados do país e isso é extremamente preocupante. Os municípios do interior do estado já estão despontando com notificações de casos suspeitos de sarampo. Como é caso de Manacapuru que já está com esse surto epidêmico instalado também e em torno de 36 casos confirmados. A grande maioria dos municípios tem um ou dois casos notificados. Esse fato preocupa e sabemos que sarampo é uma doença não tão benigna”, avaliou o médico e diretor-presidente da FVS, Bernardino Albuquerque.
    Catador morre eletrocutado ao tocar em fios de alta tensão em rodovia do AM

    Catador morre eletrocutado ao tocar em fios de alta tensão em rodovia do AM


    Homem catava latinhas e tocou em fios caídos na AM-010. Fios estavam caídos e energizados no solo Divulgação/Bombeiros Um catador de latinhas morreu eletrocutado na manhã desta segunda-feira (16). O homem tocou em fios elétricos de alta tensão...


    Homem catava latinhas e tocou em fios caídos na AM-010. Fios estavam caídos e energizados no solo Divulgação/Bombeiros Um catador de latinhas morreu eletrocutado na manhã desta segunda-feira (16). O homem tocou em fios elétricos de alta tensão que estavam na margem da rodovia AM-010, que liga Manaus a Rio Preto da Eva. O catador teve corpo carbonizado. O acidente com rede de distribuição de energia ocorreu no km 52. Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 7h30, o catador foi visto juntando latinha na beira da estrada, quando tocou na fiação que estava caída e sofreu descargar elétrica. Os moradores relataram aos bombeiros que a fiação estava caída desde domingo (15). Uma equipe da concessionária Eletrobras Distribuição Amazonas e auxiliou no isolamento da rede elétrica. O Instituto Médico-Legal (IML) fez resgate do corpo da vítima, que não foi identificada. O corpo do catador foi levado para a sede do órgão na capital.

    Bancas de revistas da Eduardo Ribeiro são credenciadas para venda de créditos do Zona Azul


    Além da compra presencial, os usuários também podem adquirir crédito por meio do aplicativo “Zona Azul Manaus”. A Consórcio Amazônia, concessionária do serviço de estacionamento rotativo Zonas Azul, informou nesta segunda-feira (16) que...

    Além da compra presencial, os usuários também podem adquirir crédito por meio do aplicativo “Zona Azul Manaus”. A Consórcio Amazônia, concessionária do serviço de estacionamento rotativo Zonas Azul, informou nesta segunda-feira (16) que credenciou oito bancas de revistas da avenida Eduardo Ribeiro, Centro de Manaus, que estarão autorizadas a vender créditos para uso das vagas do sistema, já nesta semana. 115 lojas do centro da cidade também estão sendo credenciadas para fazer a comercialização dos créditos, em breve. O sistema Azul está atuando com 50 monitores e mais 30 vendedores. Além da compra presencial, os usuários também podem adquirir crédito por meio do aplicativo “Zona Azul Manaus” e pelo portal www.zamanaus.com.br. Segundo o diretor Operacional do Consórcio, Guilherme Ruiz, um terço dos usuários do sistema tem utilizado as plataformas digitais – aplicativo e site, para fazer a compra dos créditos. Até o momento, pelas plataformas digitais, a empresa já registrou 7.700 placas que fizeram uso das vagas – podendo ser uma ou mais vezes. A vantagem para o motorista que utiliza as plataformas digitais é que, se já tiver comprado crédito antecipado, no momento de estacionar em uma das vagas do Zona Azul, não necessita mais efetuar nenhum procedimento. Caso contrário, vai precisar comprar os créditos com os monitores, vendedores cadastrados ou bancas de revistas. Outra vantagem é que, se o motorista comprou crédito para apenas uma hora e vai precisar demorar mais que isso, por exemplo, ele poderá adquirir esse tempo extra pelo próprio aplicativo ou site. Para utilizar o estacionamento rotativo pelo aplicativo, o primeiro passo é fazer o download nas lojas Google Play ou Apple Store. Em seguida, o usuário deve cadastrar algumas informações pessoais, como e-mail, senha, CPF e placa do veículo. Os usuários que não quiserem utilizar o aplicativo podem optar por fazer o seu cadastro no site.
    VÍDEOS: JAM 1 desta segunda-feira, 16 de julho

    VÍDEOS: JAM 1 desta segunda-feira, 16 de julho


    Telejornal destaca as principais notícias do estado. Telejornal destaca as principais notícias do...


    Telejornal destaca as principais notícias do estado. Telejornal destaca as principais notícias do estado.

    Detran-AM vai fazer leilão com mais de 800 veículos em Manaus


    Evento vai ocorrer no Pavilhão de Exposição do Studio 5. Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) vai realizar nos dias 27 e 28 de julho o primeiro leilão de veículos de 2018. O evento vai ocorrer, a partir das 9h, no Pavilhão de...

    Evento vai ocorrer no Pavilhão de Exposição do Studio 5. Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) vai realizar nos dias 27 e 28 de julho o primeiro leilão de veículos de 2018. O evento vai ocorrer, a partir das 9h, no Pavilhão de Exposição do Studio 5, no distrito industrial, Zona Sul da capital. A maioria dos veículos que vão a leilão é motocicletas. São 898 motos e 13 automóveis de passeio, que estarão expostos a visitação pública entre 24 e 26 de julho, no horário das 13h às 15h, na chácara Paraíso Tropical, localizada na Rua Beija Flor Vermelho, nº 6 quadra 6, lote 6, bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus.
    Mulheres ficam feridas em briga  dentro de ônibus após disputa por espaço, em Manaus

    Mulheres ficam feridas em briga dentro de ônibus após disputa por espaço, em Manaus


    Elas se envolverem em discussão dentro do veículo. Dupla caiu do ônibus após motorista abrir a porta Eliana Nascimento/G1 AM Duas mulheres ficaram feridas após caírem de um ônibus da linha 351, em Manaus, durante uma briga. O caso aconteceu...


    Elas se envolverem em discussão dentro do veículo. Dupla caiu do ônibus após motorista abrir a porta Eliana Nascimento/G1 AM Duas mulheres ficaram feridas após caírem de um ônibus da linha 351, em Manaus, durante uma briga. O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (16), na Avenida Tancredo Neves, bairro Parque Dez, Zona Centro-Sul da capital. De acordo com testemunhas, elas se agrediram depois de iniciar discussão por espaço dentro do coletivo. De acordo com informações do motorista do ônibus, Osvaldo Alves, de 57 anos, as duas mulheres iniciaram a briga no terminal 3, no bairro Cidade Nova, Zona Norte da cidade. “Elas estavam brigando por espaço. O ônibus veio lotado e uma brigava com a outra pois estavam se encostando. Então, gritaram que elas estavam brigando, eu parei o ônibus e abri a porta, foi quando as duas caíram e bateram a cabeça na calçada”, explicou Alves. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado. As vítimas foram encaminhadas para o Hospital e Pronto-Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado. Não há informações sobre o estado de saúde delas.
    Casos de Sarampo em Manaus têm novo aumento; mais de 2 mil estão sob investigação

    Casos de Sarampo em Manaus têm novo aumento; mais de 2 mil estão sob investigação


    Foram 127 novos casos no período de uma semana. O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde desta segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de...


    Foram 127 novos casos no período de uma semana. O número de casos confirmados de sarampo em Manaus teve novo aumento, passando de 317 para 444, segundo boletim epidemiológico divulgado na tarde desta segunda-feira (16) pela Secretaria Municipal de Saúde. Foram 127 novos casos no período de uma semana. A maioria é em crianças com idade entre um e cinco anos. Ao todo, 2.097 casos estão sob investigação. A capital tem uma morte confirma por conta da doença. Em razão da epidemia, Manaus decretou situação de emergência no começo do mês. Nesta semana, a cobertura de vacinação será ampliada na capital. Além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para alunos e comunidade. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda Os dados apontam que a Zona Norte segue como a região com o maior número de casos. São 157 confirmados e 773 em investigação. A Leste tem 140 confirmações de caso de sarampo e 699 sob análise. Vacinas Segundo a secretaria, a vacina de rotina é aplicada em pessoas de 1 até 49 anos. Mediante o avanço da doença em Manaus, a faixa etária foi alterada para crianças a partir de 6 meses. A população pode se dirigir às unidades básicas de saúde para imunização. A listagem com os endereços está disponível no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O Cartão de Vacinação deve ser levado no dia da vacina, principalmente no caso de crianças. Quem não possuir o documento poderá ganhar um novo cartão, com registro da dose aplicada. As doses que são aplicadas já estavam na capital. Mais vacinas foram solicitadas ao Ministério da Saúde na semana anterior, segundo a Prefeitura. De acordo com o infectologista Antônio Magela, a vacina era recomendada para crianças a partir de 1 ano e adultos até 49 anos. “Mas, diante desta situação específica aqui em Manaus, se adiantou (a imunização). Hoje as crianças em Manaus são vacinadas a partir dos 6 meses de vida. Tem que se fazer 3 doses”, disse Magela. Ele explicou que adolescentes e adultos jovens têm que tomar duas doses da vacina. Já pessoas acima de 29 anos tomam apenas uma dose. Quem não pode vacinar? Gestantes, casos suspeitos de sarampo, crianças menores de seis meses de idade e pessoas imunocomprometidas (com doenças que abalam fortemente o sistema imune). Números Além de Manaus, outros 34 municípios do Amazonas notificaram casos suspeitos de sarampo. No total, o Amazonas apresenta 3.367 casos notificados, sendo que 2.660 foram notificados na capital e 561 no município de Manacapuru. Infografia: Karina Almeida/G1
    MPF pede bloqueio de mais de R$ 46 mi de envolvidos em fraudes na saúde do AM

    MPF pede bloqueio de mais de R$ 46 mi de envolvidos em fraudes na saúde do AM


    Médico e empresário Mouhamad Moustafa é suspeito de comandar esquema. Médico Mouhamad Moustafa é apontado como chefe de uma esquema de desvio de verbas na saúde pública no Amazonas Reprodução/Rede Amazônica O Ministério Público Federal...


    Médico e empresário Mouhamad Moustafa é suspeito de comandar esquema. Médico Mouhamad Moustafa é apontado como chefe de uma esquema de desvio de verbas na saúde pública no Amazonas Reprodução/Rede Amazônica O Ministério Público Federal (MPF) no Amazonas ingressou com dez novas ações de improbidade administrativa na Justiça Federal contra o médico e empresário Mouhamad Moustafa, outras nove pessoas e também seis empresas ligadas a ele, entre elas a Instituto Novos Caminhos (INC), por desvios milionários de recursos da saúde no estado do Amazonas, em esquema revelado pela operação Maus Caminhos. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (16). "Temos ciência das ações, e estamos atuando na defesa de Mouhamad afim de demonstrarmos a total ausência de responsabilidade nesse sentido", disse a advogada Simone Guerra, que faz a defesa do empresário. O MPF pede, nas ações, a indisponibilidade de bens dos réus no valor total de R$ 46.676.274,15, para garantir eventual reparação dos prejuízos causados ao patrimônio público caso venham a ser condenados. A Justiça já determinou o bloqueio de mais de R$ 5,7 milhões, em sete processos. O Ministério pede, ainda, a condenação do grupo à devolução integral dos recursos desviados, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, multa civil de até duas vezes o valor do recurso desviado, perda dos direitos políticos, suspensão dos direitos políticos de cinco a oito anos e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais por prazo de cinco anos. Investigação conjunta envolvendo o MPF, a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Polícia Federal (PF) constatou que o grupo se uniu para desviar recursos públicos federais destinados à saúde no Amazonas. Para isso, atuaram como agentes para a contratação das empresas Salvare Serviços Médicos, Total Saúde Serviços Médicos e Enfermagem, Sociedade Integrada Médica do Amazonas (Simea), D' Flores, Ita Serviços e Medimagem, por meio do INC. "Nas ações, o MPF ressalta que, embora a contratação das empresas para o fornecimento de serviços e materiais não fosse proibida, o grupo realizou contratações diretas, sem prévio procedimento de seleção, desobedecendo aos critérios previstos pela Lei de Licitações de forma consciente, a fim de viabilizar que membros da organização criminosa se passassem por legítimos fornecedores e obtivessem para si parte dos valores superfaturados provenientes de pagamentos do estado", diz o MPF. Organização criminosa A denúncia criminal que acusa os envolvidos de integrarem organização criminosa foi apresentada pelo MPF em novembro de 2016. O processo principal foi desmembrado pela Justiça, isolando a cúpula da organização em um procedimento à parte, que tramita na 4ª Vara Federal do Amazonas, sob o número 0004109.20.17.401320-0, em fase de recurso. Na ação, os réus Mouhamad Moustafa, Priscila Marcolino Coutinho, Jennifer Naiyara Yochabel Rufino Correa da Silva e Alessandro Viriato Pacheco foram condenados a penas de prisão que, somadas, ultrapassam 36 anos. Os mesmos acusados também foram alvo – junto a outros participantes do esquema – de dezenas de outras ações penais pelos crimes de contratação direta e peculato e de ações de improbidade administrativa, que tramitam individualmente na Justiça Federal. Operação Maus Caminhos A operação Maus Caminhos foi deflagrada em setembro de 2016 e desarticulou um grupo que possuía contratos firmados com o Governo do estado para a gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Campos Sales, em Manaus; da Maternidade Enfermeira Celina Villacrez Ruiz, em Tabatinga; e do Centro de Reabilitação em Dependência Química (CRDQ) do estado do Amazonas, em Rio Preto da Eva. A gestão dessas unidades de saúde era feita pelo INC. Dos quase R$ 900 milhões repassados, entre 2014 e 2015, pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS) ao Fundo Estadual de Saúde (FES), mais de 250 milhões de reais teriam sido destinados unicamente ao Instituto Novos Caminhos. As irregularidades foram comprovadas por meio de informações bancárias e fiscais e conversas telefônicas, obtidas mediante ordem judicial, relatórios de órgãos de fiscalização como o Ministério da Transparência, Controladoria-Geral da União e Receita Federal, bem como documentos obtidos nas buscas e apreensões, inquéritos policiais e outros documentos encontrados em fontes abertas. Os órgãos de fiscalização apuraram que os maiores fornecedores do INC eram apenas três empresas: Salvare Serviços Médicos, Total Saúde Serviços Médicos e Enfermagem e Sociedade Integrada Médica do Amazonas (Simea), que faziam parte, na verdade, de um mesmo grupo econômico, comandado por Mouhamad Moustafa. A investigação mostrou ainda a existência de um forte braço político do esquema, também denunciado pelo MPF, envolvendo o ex-governador do Amazonas José Melo de Oliveira e cinco ex-secretários. "Os gestores públicos denunciados eram diretamente beneficiados por meio de distribuição de propina e outras vantagens provenientes dos desvios de verbas públicas coordenados pelo médico Mouhamad Moustafa. O processo em que os agentes políticos são acusados de integrar a organização criminosa está em fase de audiências de interrogatório de testemunhas de acusação e de defesa, e oitiva dos réus".
    PF apreende 550 peixes ornamentais e prende duas pessoas em Manaus

    PF apreende 550 peixes ornamentais e prende duas pessoas em Manaus


    Peixes estavam armazenados em sacos plásticos. Peixes estavam armazenados em sacos plásticos Polícia Federal/Divulgação A Polícia Federal no Estado do Amazonas apreendeu, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, 550 peixes...


    Peixes estavam armazenados em sacos plásticos. Peixes estavam armazenados em sacos plásticos Polícia Federal/Divulgação A Polícia Federal no Estado do Amazonas apreendeu, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, 550 peixes ornamentais, alguns em processo de extinção. Duas pessoas foram presas e serão indiciadas por crime ambiental. A apreensão ocorreu na tarde de sábado (14) e foi divulgada nesta segunda-feira (16). Em abordagem rotineira, uma equipe de Policiais Federais apreendeu cardumes de 3 espécies raras, Tigre, Bordô e Zebra, muito valorizadas no Brasil e no exterior. Os peixes estavam armazenados em sacos plásticos, dentro de duas malas, com destino a Tabatinga, cidade fronteiriça com a Colômbia. Os presos foram conduzidos até a Superintendência da Polícia Federal para os devidos procedimentos legais e de lá levados para exame do corpo de delito e após para o presídio, ficando à disposição da Justiça Federal.
    Homem morre e dois ficam feridos após carro cair em barranco na Zona Rural de Tefé, no AM

    Homem morre e dois ficam feridos após carro cair em barranco na Zona Rural de Tefé, no AM


    Caminhão e um guincho plataforma foram enviados para retirar o carro do local. Acidente ocorreu em Tefé Divulgação/ BPM-PMAM Um homem, 35 anos, morreu e dois ficaram feridos após um carro modelo Ranger cair em um barranco de 13m de profundidade,...


    Caminhão e um guincho plataforma foram enviados para retirar o carro do local. Acidente ocorreu em Tefé Divulgação/ BPM-PMAM Um homem, 35 anos, morreu e dois ficaram feridos após um carro modelo Ranger cair em um barranco de 13m de profundidade, no km 23 da Estrada da Emade, na zona rural de Tefé, no interior do Amazonas. O acidente ocorreu na noite de domingo (16). Os dois homens feridos, de 35 e 36 anos, foram internados em um hospital do município e seguem sem perigo de morte. O corpo ficou preso nas ferragens do veículo e foi removido somente na manhã desta segunda-feira (17). Um caminhão e um guincho plataforma foram enviados para retirar o carro do local.
    Sistema de pesagem é instalado na BR 174, no AM, para coibir excesso de peso em veículos de carga

    Sistema de pesagem é instalado na BR 174, no AM, para coibir excesso de peso em veículos de carga


    Equipamento começou a ser operado em fase experimental no Km 8 da rodovia. Balança é homolada pelo INMETRO para pesagens em movimento até 12km/h Eliana Nascimento/G1 Amazonas Um Sistema Portátil de Pesagem Dinâmica, para controle de veículos...


    Equipamento começou a ser operado em fase experimental no Km 8 da rodovia. Balança é homolada pelo INMETRO para pesagens em movimento até 12km/h Eliana Nascimento/G1 Amazonas Um Sistema Portátil de Pesagem Dinâmica, para controle de veículos de carga e de passageiros que trafegam com excesso de peso, foi instalado na manhã desta segunda-feira (16), no Km 8 da rodovia BR 174 (Manaus/Boa Vista). De acordo com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), o excesso de peso em veículos de carga é o principal responsável pelos danos na pavimentação em rodovias, além disso compromete a segurança, prejudica a frenagem e a estabilidade em curvas. A operação, em fase experimental, é realizada pelo DNIT, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante o balanço, é realizada a orientação a motoristas e proprietários de ônibus e caminhões que trafegam na rodovia. A balança fica posicionada e os veículos devem passar sobre o objeto para pesagem, por meio de uma tecnologia de placas de pesagem deformáveis "bending plate. Nesta segunda-feira (16), 15 veículos que foram pesados pela manhã. Destes, três foram autuados com sobrepeso de carga. De acordo com o superintendente regional do DNIT, Fábio Galvão, a operação dever ser realizada de uma forma educativa nos primeiros 60 dias. “Vale salientar, com muita importância, que nesses primeiros 60 dias, iremos fazer uma campanha educativa. Os veículos serão pesados, mas não serão autuados. No entanto, a partir desses dois meses irá passar a valer a legislação vigente, ou seja, os veículos que trafegam com sobrepeso na rodovia serão autuados e consequentemente multados”, explicou Galvão. Polícia Rodoviária Federal realiza apoio durante balanço Eliana Nascimento/G1 AM O DNIT conta com o apoio da PRF para realizar o balanço da operação no local. Afonso Benjamin, superintendente regional da Polícia Rodoviária Federal explicou a importância da parceria. “Estamos dando todo apoio durante esses 60 dias de orientação, nesta fase educativa. É muito bom para o trânsito, para segurança no trânsito para todos os condutores e veículos”, conta Benjamin.
    Dupla suspeita de assalto a loja de conveniência é morta em Manaus

    Dupla suspeita de assalto a loja de conveniência é morta em Manaus


    Crime ocorreu após tentativa de assalto no estabelecimento Crime ocorreu em um estabelecimento na Avenida Max Teixeira Eliana Nascimento/G1 AM Dois homens não identificados foram baleados e mortos na noite deste domingo (15), na Avenida Max...


    Crime ocorreu após tentativa de assalto no estabelecimento Crime ocorreu em um estabelecimento na Avenida Max Teixeira Eliana Nascimento/G1 AM Dois homens não identificados foram baleados e mortos na noite deste domingo (15), na Avenida Max Teixeira, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. O crime ocorreu quando a dupla anunciou um assalto em uma loja de conveniência. De acordo com a Polícia Civil, a dupla estava com uma faca. Um cliente que estava no estabelecimento percebeu a ação e efetuou disparos contra os dois suspeitos. Durante o ocorrido, um homem morreu no local, o outro foi levado para o Hospital e Pronto- Socorro Dr. Platão Araújo, no entanto não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade hospitalar. O homem que teria efetuado os disparos contra a dupla não foi identificado. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.
    Atualização cadastral de beneficiários do Bolsa Família é prorrogada em Manaus

    Atualização cadastral de beneficiários do Bolsa Família é prorrogada em Manaus


    Famílias beneficiadas que não atualizarem seus dados no CadÚnico terão os benefícios cancelados. Casdastro do benefício do Bolsa Família Rede Amazônica/Reprodução A verificação cadastral de beneficiários do Programa Bolsa Família e...


    Famílias beneficiadas que não atualizarem seus dados no CadÚnico terão os benefícios cancelados. Casdastro do benefício do Bolsa Família Rede Amazônica/Reprodução A verificação cadastral de beneficiários do Programa Bolsa Família e Tarifa Social de Energia Elétrica, pertencentes ao Grupo 3, foi prorrogada até 17 de agosto, em Manaus. A informação foi divulgada pela Prefeitura nesta segunda-feira (16). Os usuários devem procurar a Central do Cadastro Único (CadÚnico) na Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), localizada na Avenida Ayrão, bairro Centro, para efetuar a atualização no sistema. Outra opção é ir até a Subcentral do Cadastro Único, no Shopping Phelippe Daou, no bairro Jorge Teixeira, Zona Leste. As famílias beneficiadas que não atualizarem seus dados no CadÚnico terão os benefícios cancelados. De acordo com a Semmasdh, o prazo venceria na última sexta-feira, 13/7, mas foi adiado para nova data devido à instabilidade apresentada pela recém implantada versão do sistema do CadÚnico.

    Encontro vai reunir estudantes de línguas para intercâmbio sem sair de Manaus


    Meet Up será realizado no dia 24 de julho. Evento é gratuito e aberto ao público. A primeira edição do Meet Up Manaus promete reunir estudantes de idiomas para que eles possam colocar em prática o que é ensinado nas salas de aula. O encontro...

    Meet Up será realizado no dia 24 de julho. Evento é gratuito e aberto ao público. A primeira edição do Meet Up Manaus promete reunir estudantes de idiomas para que eles possam colocar em prática o que é ensinado nas salas de aula. O encontro gratuito vai proporcionar a experiência de conversação em um verdadeiro intercâmbio sem sair da capital. O evento será no restaurante Red Neck, na Rua Dr. Thomas, N. Senhora das Graças, a partir das 18h do dia 24 de julho. “Esse é um evento inovador, que promete uma experiência diferente e única para todos os estudantes de idiomas da nossa capital. É uma oportunidade para socializar, se divertir e praticar as línguas estrangeiras”, explica o professor e embaixador do evento, Samuel Calôba Aguiar. Ainda de acordo com Samuel, um dos diferenciais do evento é a variedade dos idiomas que os participantes poderão encontrar, além é claro do aumento em suas redes de contatos, facilitando assim futuras interações profissionais. “Nosso objetivo é que todos os idiomas ensinados na escola (inglês, alemão, espanhol e francês) tenham espaço durante o nosso encontro, dando ao participante a experiência de um verdadeiro intercâmbio”, finalizou. Mais informações sobre o evento podem ser adquiridas por meio das redes sociais da escola escola Hashtag Idiomas.
    Homem é morto a tiros após sair de casa para comprar cerveja no Parque Dez, em Manaus

    Homem é morto a tiros após sair de casa para comprar cerveja no Parque Dez, em Manaus


    Polícia informou que o rapaz é ex-presidiário. Conjunto Shangrilá, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-sul de Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um homem, de 28 anos, morreu na noite deste domingo (15), depois de ser baleado por vários tiros...


    Polícia informou que o rapaz é ex-presidiário. Conjunto Shangrilá, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-sul de Manaus Eliana Nascimento/G1 AM Um homem, de 28 anos, morreu na noite deste domingo (15), depois de ser baleado por vários tiros no Conjunto Shangrilá, bairro Parque Dez de Novembro, Zona Centro-sul de Manaus. O homem possuía passagem pela polícia pelo crime de tráfico de drogas. De acordo testemunhas que preferiram não se identificar, o crime aconteceu no momento em que a vítima foi comprar cerveja em um bar na Rua Nikita Kruschev, quando um carro, de cor preta, chegou no local e suspeitos dispararam cerca de oito tiros contra o jovem, que morreu dentro do bar. O corpo foi levado pelo Instituto Médico Legal (IML). A polícia informou que o rapaz é ex-presidiário e possui passagem criminal por tráfico de drogas. Até a manhã desta segunda-feira (16), nenhum suspeito do crime havia sido preso. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.
    Terceirizados da saúde cobram quatro meses de salários atrasados no AM

    Terceirizados da saúde cobram quatro meses de salários atrasados no AM


    Manifestantes se concentraram na frente da Fundação de Medicina Tropical, em Manaus. Manifestantes cobram salários ebenefícios que não foram repassados por empresa que presta serviço à Fundação de Medicina Tropical em Manaus Paulo...


    Manifestantes se concentraram na frente da Fundação de Medicina Tropical, em Manaus. Manifestantes cobram salários ebenefícios que não foram repassados por empresa que presta serviço à Fundação de Medicina Tropical em Manaus Paulo Paixão Funcionários terceirizados que prestam serviço na Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT) fizeram um protesto manhã desta segunda-feira (16). Os colaboradores da empresa Conservação e Limpeza Construções e Comércio de Fardamento Ltda (RCA) reclamaram que estão há quatro meses com salários atrasados. Faixas com mensagens “Chega de escravidão” ou “Queremos nosso dinheiro” foram estendidas em frente a unidade de saúde. As reivindicações iniciaram por volta das 7h da manhã. A auxiliar de serviços gerais Maria Gorete Dourado Figueiredo, de 53, disse que ao longo destes quatro meses os colaboradores só recebem por dia, dois vales transportes e uma marmita. "A gente não come só aqui no trabalho não, precisamos levar algo para a nossa casa, para a nossa família. A RCA está desrespeitando os direitos dos trabalhadores e continua com contrato com o governo", desabafou. A funcionária terceirizada do setor de serviços gerais Maria Iranildes, de 34 anos, disse que ao questionar sobre seus direitos, ouviu de representantes da empresa que o repasse de pagamentos esta suspenso. "Só não estou passando fome porque o meu esposo ainda está empregado. Já estou com duas férias vencidas e quando fui ao RH requerer os meus direitos me disseram que tudo está suspenso", reclama a funcionária. O que diz a empresa O supervisor operacional da empresa RCA, Francisco das Chagas, informou que o Governo do Amazonas ainda não repassou o montante referente aos meses de março, abril e maio e, que assim que as parcelas sejam liberadas a situação será normalizada. Atualmente a empresa mantém na ativa 100 funcionários em contratos de prestação de serviços de conservação e limpeza na maternidade Ana Braga e Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado. O que diz o Governo Em nota, a direção da Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Machado (FMT-HVD) informou que vem cumprindo com o pagamento das empresas terceirizadas, e que pendências, quando ocorrem, são provocadas por atraso na entrega de documentação pelas mesmas. "A empresa RCA não apresentou certidões, o que impede que seja realizado o pagamento. Já foi reforçado que a empresa regularize a situação, e priorize o pagamento dos trabalhadores e de outras obrigações trabalhistas, que são de responsabilidade do contratante". (*Colaborou Paulo Paixão, da Rede Amazônica)
    Bairros de Manaus recebem varredura vacinal contra sarampo a partir desta segunda-feira

    Bairros de Manaus recebem varredura vacinal contra sarampo a partir desta segunda-feira


    Ação faz parte de planejamento para conter avanço da doença. Capital tem 317 casos confirmados. Os bairros Jorge Teixeira, na Zona Leste, Cidade Nova e Novo Aleixo, na Zona Norte, serão os primeiros de Manaus a receber o trabalho de agentes de...


    Ação faz parte de planejamento para conter avanço da doença. Capital tem 317 casos confirmados. Os bairros Jorge Teixeira, na Zona Leste, Cidade Nova e Novo Aleixo, na Zona Norte, serão os primeiros de Manaus a receber o trabalho de agentes de saúde durante uma ação emergencial de vacinação contra sarampo, que inicia a partir desta segunda-feira (16). Os locais têm alto índice de notificações da doença. A medida faz parte de plano montado para conter o avanço da epidemia de sarampo. Com 317 casos confirmados desde março deste ano, a capital decretou emergência no início de julho. A morte de uma criança de sete meses em decorrência da doença também foi confirmada. VACINA contra sarampo pode ser aplicada em adultos e crianças; entenda De acordo com a Prefeitura de Manaus, 900 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divididos em equipes, estarão nas ruas para operacionalizar uma varredura vacinal. O trabalho será realizado diariamente durante seis semanas, das 15h às 20h. Entenda o que é sarampo, quais os sintomas, como é o tratamento e quem deve se vacinar Infografia: Karina Almeida/G1 Os primeiros bairros a serem atendidos foram definidos como prioritários com base nos critérios de notificações e/ou confirmações de casos da doença. Além dos bairros da zona urbana, também serão realizadas ações nas comunidades do Ramal do Pau Rosa, na BR-174, Distrito Rural de Manaus. Concentração de casos De acordo com os dados da Semsa, a Zona Norte da capital segue com a maior concentração de casos notificados. Foram 969, o que representa 36,4% do total de registros. A Zona Leste aparece em seguida, com 876 (32,9%). A Zona Sul tem 424 (15,9%); Oeste 370 (13,9%) e Rural 21 (0,8 %) concentram outros registros. Campanha nas ruas Após o decreto de emergência, no início de julho, a Prefeitura de Manaus anunciou a intensificação da vacinação na capital. Casas, estabelecimentos comerciais e escolas devem receber visitas de agentes de saúde. Detalhes sobre o cronograma de ação serão divulgados na tarde desta segunda-feira. Além do reforço nas ruas, as doses continuam disponíveis para a população em 185 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde. Após ser decretada situação de emergência devido à epidemia de sarampo em Manaus, a cobertura de vacinação será ampliada na capital. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical, (FMT), até agora 85% da população já foi vacinada, mas a meta é chegar a 95%, o que corresponde a 27 mil pessoas. Por isso, a partir desta segunda-feira (16), além das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), as escolas estaduais começam a oferecer a vacina para os alunos e comunidade. Vacinas Segundo a secretaria, a vacina de rotina é aplicada em pessoas de 1 até 49 anos. Mediante o avanço da doença em Manaus, a faixa etária foi alterada para crianças a partir de 6 meses. A população pode se dirigir às unidades básicas de saúde para imunização. A listagem com os endereços está disponível no site da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa). O Cartão de Vacinação deve ser levado no dia da vacina, principalmente no caso de crianças. Quem não possuir o documento poderá ganhar um novo cartão, com registro da dose aplicada. As doses que são aplicadas já estavam na capital. Mais vacinas foram solicitadas ao Ministério da Saúde na semana anterior, segundo a Prefeitura. Quem não pode vacinar? Gestantes, casos suspeitos de sarampo, crianças menores de seis meses de idade e pessoas imunocomprometidas (com doenças que abalam fortemente o sistema imune). Números Em uma semana, passou de 271 para 317 o número de casos confirmados de sarampo em Manaus, desde março deste ano. O total de 2.225 casos suspeitos está sob investigação. O número faz parte do balanço semanal divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na terça-feira (10).