G1 > Amazonas

    VÍDEOS: JAM2 de quinta-feira, 24 de maio de 2018

    VÍDEOS: JAM2 de quinta-feira, 24 de maio de 2018


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do...


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
    Greve de caminhoneiros faz prefeitura de Manaus decretar ponto facultativo nesta sexta-feira (25)

    Greve de caminhoneiros faz prefeitura de Manaus decretar ponto facultativo nesta sexta-feira (25)


    Falta de combustível para abastecer coletivos foi uma das justificativas da prefeitura. Medida de contingência foi comunicada nesta quinta (24). A Prefeitura de Manaus decretou ponto facultativo nesta sexta-feira (25) por conta da greve de...


    Falta de combustível para abastecer coletivos foi uma das justificativas da prefeitura. Medida de contingência foi comunicada nesta quinta (24). A Prefeitura de Manaus decretou ponto facultativo nesta sexta-feira (25) por conta da greve de caminhoneiros, que iniciou nesta quinta (24) no Amazonas. Por conta da paralisação, os postos de combustíveis da capital pararam de ser abastecidos. Segundo a prefeitura, o ponto facultativo é uma medida de contingência, em virtude, principalmente, do pouco combustível disponível para as empresas de transporte coletivo. Sobre a situação, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que a frota de ônibus na capital deve ser parcialmente suspensa a partir desta sexta-feira (25), por conta da falta de combustível. Caso a greve dos caminhoneiros continue e o desabastecimento persista, o Sindicato informou que as empresas precisarão suspender o serviço de transporte no sábado (26). Ainda de acordo com o Sindicato, as empresas estão fazendo um levantamento no estoque de combustível e irão passar as informações para a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Atualmente o transporte coletivo opera em 229 linhas, com 1.258 carros. O G1 aguarda um posicionamento oficial sobre a paralisação de ônibus da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU). Caminhoneiros mantêm protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus Ruthiene Bindá/Rede Amazônica Greve no Amazonas Um grupo de caminhoneiros em Manaus segue paralisado em protesto contra aumentos no preço do diesel. O ato ocorre na principal via que dá acesso para as distribuidoras de combustíveis no Distrito Industrial de Manaus, desde as 5h desta quinta-feira (24). Os caminhoneiros estão concentraram na Estrada do Marapatá, via da Zona Sul que dá acesso terrestre de três distribuidoras de combustíveis privadas e da Base de Manaus da Petrobras Distribuidora. Por volta das 13h30, eles pemaneciam no local. Por conta da paralisação, alguns setores começaram a ser afetados, com a indústria e o comércio.
    Lojas no Centro de Manaus são autuadas por poluição sonora

    Lojas no Centro de Manaus são autuadas por poluição sonora


    Fiscalização se concentrou na Avenida Eduardo Ribeiro e ruas adjacentes. Estabelecimentos tiveram amplificadores de som apreendidos. Amplificadores de som foram apreendidos em alguns estabelecimentos Arlesson Sicsú/Semmas Cinco lojas situadas no...


    Fiscalização se concentrou na Avenida Eduardo Ribeiro e ruas adjacentes. Estabelecimentos tiveram amplificadores de som apreendidos. Amplificadores de som foram apreendidos em alguns estabelecimentos Arlesson Sicsú/Semmas Cinco lojas situadas no Centro de Manaus foram autuadas e tiveram equipamentos apreendidos durante uma fiscalização de combate à poluição sonora, nesta quinta-feira (24). A ação foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), na Avenida Eduardo Ribeiro e adjacências. O acúmulo de caixas amplificadoras colocadas nas portas das lojas e o grande número de denúncias recebidas motivou a vistoria na localidade. Cinco lojas receberam auto de interdição para uso de som e três delas, flagradas com as caixas amplificadoras ligadas em frente aos estabelecimentos, tiveram os equipamentos apreendidos, segundo o diretor de Fiscalização da Semmas, Éneas Gonçalves. “Embora sejam constantes, alguns lojistas insistem em manter caixas de som ligados em frente dos seus comércios, acreditando que essa prática atrairá clientes, o que não procede e acaba gerando penalidades”, afirmou ele ao enfatizar que os lojistas estão cientes de que a prática é irregular. Dois estabelecimentos estavam com os equipamentos desligados, recebendo apenas o auto de interdição. Entre eles, um centro de compras situado na avenida Eduardo Ribeiro. Foram vistoriadas também lojas situadas nas ruas Saldanha Marinho e Henrique Martins. Em dezembro do ano passado, representantes da Diretoria de Fiscalização da Semmas estiveram reunidos com os membros do Conselho Diretor da Associação Comercial do Amazonas (ACA) para tratar da questão da poluição sonora e pedir a colaboração dos lojistas. Na oportunidade, Éneas Gonçalves destacou a necessidade do disciplinamento e a parceria dos lojistas para dar uma solução ao problema.

    Mutirão de audiências de IPTU, Alvará e ISS é realizado nos dias 28 e 29, em Manaus


    Parcelamento de dívidas poderá ser feito em até 60 vezes. Um mutirão com 200 audiências nos dias 28 e 29 deste mês oferecerá à população a oportunidade de regularizar débitos relacionados a Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), Alvarás,...

    Parcelamento de dívidas poderá ser feito em até 60 vezes. Um mutirão com 200 audiências nos dias 28 e 29 deste mês oferecerá à população a oportunidade de regularizar débitos relacionados a Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU), Alvarás, Imposto sobre Serviços (ISS) e multas de órgãos municipais por infrações diversas, antes que essas ações sejam encaminhadas à Justiça. As audiências ocorrerão no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Fazenda Pública Municipal, ao lado do prédio da “Semef Atende”, localizado na avenida Japurá, 496, Centro de Manaus, zona Sul. Nessas audiências o contribuinte terá redução de honorários advocatícios em 5% e o parcelamento da dívida poderá ser feito em até 60 vezes, conforme a procuradora-chefe da Dívida Ativa do Município, Tracey Resende. Os trabalhos serão realizados das 8h às 18h. O local conta ainda com agência bancária, onde o cidadão poderá fechar o acordo e realizar o pagamento no mesmo local. A conciliação será intermediada por servidores do Município, com a coordenação de três procuradores da Dívida Ativa da Procuradoria Geral do Município (PGM), do juiz coordenador do Cejusc, dois secretários da PGM e do TJAM e dez conciliadores. No dia 28, serão realizadas as audiências das ações pautadas envolvendo Pessoas Jurídicas. No dia seguinte, será a vez das Pessoas Físicas. Segundo o magistrado, há um acervo superior a 812 mil ações de execuções fiscais que aguardam ajuizamento na Procuradoria Geral do Município. Essas execuções totalizam aproximadamente R$ 1,2 bilhão. Antes da existência do Cejusc da Fazenda Pública Municipal – inaugurado em dezembro de 2017 pelo presidente do TJAM, desembargador Flávio Pascarelli -, essas ações, a maioria dívida de IPTU, seguiam direto para a Vara da Dívida Ativa do Município.
    Sine Manaus seleciona para 18 vagas nesta sexta-feira (25)

    Sine Manaus seleciona para 18 vagas nesta sexta-feira (25)


    Vagas são para auxiliar de eletricista, auxiliar mecânico, supervisor de ponte de vendas e outros. Carteira de trabalho Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Os postos do Sine Manaus oferecem 18 vagas de emprego, nesta sexta-feira (25), a partir das...


    Vagas são para auxiliar de eletricista, auxiliar mecânico, supervisor de ponte de vendas e outros. Carteira de trabalho Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas Os postos do Sine Manaus oferecem 18 vagas de emprego, nesta sexta-feira (25), a partir das 8h. Entre as vagas disponíveis estão auxiliar de eletricista, auxiliar mecânico, supervisor de ponto de vendas, mecânico a diesel e rebobinador. Os interessados devem procurar os postos que ficam na Ouvidoria Municipal, no bairro Praça 14, e dentro do Shopping Phelippe Daou, em frente ao Terminal 4, no bairro Jorge Teixeira. Os candidatos devem observar onde a vaga está sendo oferecida, assim como também os requisitos exigidos. Os documentos básicos a serem entregues ao Sine Manaus são: RG; CPF; PIS; Carteira de Trabalho; Comprovante de escolaridade; Comprovante de residência; Certificado de reservista (para homens). Se a vaga exigir habilidades específicas é importante levar comprovação, como certificados, diplomas ou outros documentos. Para os trabalhadores com alguma deficiência, é obrigatório levar um laudo atualizado (2017/2018). A diretora do Sine Manaus, Margareth Cavalcante, também ressalta que todos os serviços do Sine Manaus são gratuitos. Caso alguém esteja vendendo vagas, denuncie para 3631-9274, das 8h às 14h. Confira as vagas abaixo e também no site da Semtrad. Ouvidoria Municipal, no bairro Praça 14 1 VAGA: AUXILIAR DE ALMOXARIFADO – VAGA EXCLUSIVA PCD ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovadas em CTPS. REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: Deficiências leves que não impeçam locomoção. Shopping Phelippe Daou, no bairro Jorge Teixeira 5 VAGAS: AUXILIAR DE ELETRICISTA – VAGA TEMPORÁRIA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: imprescindível ter curso de NR-10 atualizado e desejável ter cursos de NR-35 e NR-33 atualizados. Auxilia no planejamento dos serviços elétricos. Auxilia na instalação de distribuição de alta e baixa tensão. Auxilia na montagem e reparação de instalações elétricas e equipamentos auxiliares em residências, estabelecimentos industriais, comerciais e de serviços. Auxilia na instalação e reparação de equipamentos de iluminação. 3 VAGAS: AUXILIAR MECÂNICO – VAGA TEMPORÁRIA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: desejável comprovação de cursos específicos da área, curso de NR-35 e NR-33 atualizados. Auxilia na realização da manutenção de componentes, equipamentos e máquinas industriais. Auxilia na lubrificação das máquinas, componentes e ferramentas. 1 VAGA: SUPERVISOR DE PONTO DE VENDAS ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter disponibilidade para viagem. Acompanhar os pedidos dos clientes e identificar suas necessidades, para definir a melhor forma de atendimento. Acompanhar negociação de preços e prazos de entrega e estabelecer metas para cumprimento dos objetivos da área comercial. 2 VAGAS: MECÂNICO À DIESEL ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter experiência em Mercedes e Volkswagen e CNH “D”. 1 VAGA: REBOBINADOR ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: experiência em rebobinar motores elétricos. 1 VAGA: VENDEDOR EXTERNO ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: experiência em vendas de estivas. Ter carro ou moto própria. 1 VAGA: OPERADOR DE PÁ MECÂNICA ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter certificado atualizado de operador de pá mecânica. 1 VAGA: AUXILIAR DE ESTOQUE – VAGA EXCLUSIVA PCD ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter experiência na área de almoxarifado ou estoque. 1 VAGA: CONFERENTE – VAGA EXCLUSIVA PCD ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter experiência como conferente na área de almoxarifado, estoque ou depósito. 1 VAGA: OPERADOR DE CAIXA – VAGA EXCLUSIVA PCD ESCOLARIDADE: Ensino Médio Completo; EXPERIÊNCIA: mínima de 6 meses comprovada em CTPS; REQUISITOS OBRIGATÓRIOS: ter experiência como operador de caixa.
    Greve dos caminhoneiros começa a afetar setores da indústria e comércio do AM

    Greve dos caminhoneiros começa a afetar setores da indústria e comércio do AM


    Paralisação afeta 22 estados brasileiros e Distrito Federal. Zona Franca e comércio podem sentir impactos, afirma federação. Posto localizado na Ponta Negra paralisa atividades por falta de combustível Indiara Bessa/G1 AM A greve dos...


    Paralisação afeta 22 estados brasileiros e Distrito Federal. Zona Franca e comércio podem sentir impactos, afirma federação. Posto localizado na Ponta Negra paralisa atividades por falta de combustível Indiara Bessa/G1 AM A greve dos caminhoneiros que acontece no país ameaça impactar setores de indústria e comércio no estado. Nesta quinta-feira (24), os caminhoneiros protestaram pelo quarto dia seguido em rodoviais federais e estaduais. Em Manaus, a categoria realiza manifestações pela segunda vez na semana contra o aumento do Diesel. Combustíveis Em Manaus, postos de combustíveis começam a sofrer os impactos. Um posto localizado na Avenida Coronel Teixeira, Ponta Negra, parou as atividades às 17h desta quinta por falta de combustível. Outro, localizado na Avenida Djalma Batista, deve encerrar os trabalhos às 18h pelo mesmo motivo, assim como um posto localizado no Boulevard Álvaro Maia. Comércio O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), Ralph Assayag, disse que o comércio ainda não deve ser prejudicado nesta sexta-feira (25). No entanto, o bloqueio das rodovias federais preocupa. "Temos um problema muito grande, porque toda a carga que está vindo para Manaus está sendo bloqueada em todas as BRs. Vai atrapalhar muito", disse. Indústria Ao G1, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Amazonas, Nelson Azevedo afirmou que sindicatos e movimentos que estão em greve precisam “ter um pouco de sensibilidade para fazer uma avaliação do momento que estamos vivendo no nosso país”. “Não gera [impacto] só para a indústria, gera para toda a atividade econômica, para a indústria, para o comércio, para o serviço, porque os caminhões estão enquadrados na categoria de prestadores de serviços e carregam a economia do Brasil daqui pra lá e de lá pra cá. Então, logicamente, uma greve de caminhoneiros, de transporte de modo geral, isso impacta diretamente a atividade econômica e outras coisas mais, porque tanto a indústria quanto o comércio precisam transportar os seus produtos, tanto para entrada quanto para saída”, afirmou o vice-presidente da federação. Polo Industrial de Manaus Ariane Alcântara Azevedo afirmou que, apesar de ter legalidade e de a greve ser um direito do trabalhador, os sindicatos e movimentos que apoiam as paralisações precisam pensar na retomada da economia do país. "A gente sabe que a reivindicação, além de ser um direito deles, é um direito de todos nós, que usamos os derivados do petróleo e também somos afetados, então o que eles estão fazendo seja benéfico para nós, mas é que nós estamos preocupados também com não interromper um ciclo que tá começando a reanimar, que é a nossa economia, a economia do Amazonas e nós dependemos muito do mercado interno, e quando vem uma paralisação dessa realmente afeta os nossos negócios aqui da Zona Franca”, disse. Ainda segundo o vice-presidente, a paralisação afeta diretamente setores como o comércio e a indústria em todo o estado. “Primeiro porque vem mercadoria que até para abastecer para o Dia dos Namorados. Alguma coisa que vem de fora, abastecer o que precisa para exportar, e matérias-primas que vem para abastecer a linhas de produção das indústrias, isso tudo é possível e isso aí tem influência e compromete a produção diretamente”, afirmou. Saúde Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) disse que há um alerta para um possível atraso na entrega de insumos e medicamentos em hospitais ou na Central de Medicamentos do Amazonas (Cema). Quanto aos veículos que atendem à Saúde no Estado, incluindo ambulâncias, o abastecimento é realizado utilizando uma rede de cerca de 100 postos na capital que fornecem ao mercado local, não tendo estoque próprio. A situação está sob monitoramento.
    Bloqueio do porto fluvial de Porto Velho afeta abastecimento de combustível em quatro estados do Brasil

    Bloqueio do porto fluvial de Porto Velho afeta abastecimento de combustível em quatro estados do Brasil


    Gasolina, diesel e etanol que abastecem RO, AC, MT e AM passam pela Estrada do Belmont. Rondônia conta com mais de dez bloqueios ao longo da BR-364 em manifestação dos caminhoneiros. Fechamento do porto fluvial de Porto Velho e das rodovias...


    Gasolina, diesel e etanol que abastecem RO, AC, MT e AM passam pela Estrada do Belmont. Rondônia conta com mais de dez bloqueios ao longo da BR-364 em manifestação dos caminhoneiros. Fechamento do porto fluvial de Porto Velho e das rodovias federais afeta distribuição de combustível em quatro estados Eliete Marques/ G1 Os bloqueios na Estrada do Belmont, em Porto Velho, e em onze pontos da BR-364 implicam diretamente no abastecimento de combustível em quatro estados do Brasil, segundo o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo de Rondônia (Sindipetro). A greve dos caminhoneiros teve início no estado na terça-feira (22) e há postos sem combustível em quase todos os 52 municípios de Rondônia. A gasolina e o diesel consumidos em Rondônia, Acre e norte do Mato Grosso saem de Manaus (AM) e são transportados por meio fluvial até o porto de Porto Velho, para então ser distribuída por via terrestre para as demais localidades. Já o etanol que chega ao porto do Mato Grosso é levado, também pelo rio, à capital amazonense. O processo Tudo começa com a extração do petróleo pela estatal Petrobras na Província Petrolífera de Urucu, localizada no município de Coari, interior do Amazonas. Após a extração, o petróleo segue para a Refinaria Isaac Sabbá (Reman) no setor industrial de Manaus. O resultado do refinamento desse petróleo é a gasolina e o diesel, que seguem com destino ao porto fluvial de Porto Velho. “Os combustíveis que chegam à capital de Rondônia vão abastecer o interior do estado, todo o estado do Acre e norte do Mato Grosso”, afirma o secretário do Sindipetro. Se os três estados dependem do combustível refinado em Manaus, a maior cidade da Região Norte, por sua vez, depende do etanol produzido no Mato Grosso. No entanto, o trajeto desse combustível corta todo o estado de Rondônia, através da BR-364, até chegar ao porto fluvial em Porto Velho. De lá, o etanol segue pelo Rio Madeira até a capital do Amazonas. “Porto Velho é um importante ponto de distribuição de combustíveis. Com o bloqueio na Estrada do Belmont e na BR-364, todo esse combustível fica interditado”, comenta o secretário do Sindipetro. A greve dos caminhoneiros já dura três dias em Rondônia e conta com com mais de dez bloqueios nas rodovias federais, em nove municípios. Na Estrada do Belmont, em Porto Velho, a manifestação, organizada por motoristas de transporte por aplicativo, se concentra em frente a distribuidora de combustíveis da capital.
    VÍDEOS: JAM1 de quinta-feira, 24 de maio de 2018

    VÍDEOS: JAM1 de quinta-feira, 24 de maio de 2018


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do...


    Assista ao telejornal com notícias do Amazonas. Assista ao telejornal com notícias do Amazonas.
    Aeroporto de Manaus tem combustível para 4 dias, diz relatório da Infraero

    Aeroporto de Manaus tem combustível para 4 dias, diz relatório da Infraero


    Restrição está relacionada à greve de caminhoneiros. Na capital, caminhões estão parados na principal via de acesso para distribuidoras de combustíveis. Aeroporto Internacional Eduardo Gomes em Manaus Jamile Alves/G1 O Aeroporto Internacional...


    Restrição está relacionada à greve de caminhoneiros. Na capital, caminhões estão parados na principal via de acesso para distribuidoras de combustíveis. Aeroporto Internacional Eduardo Gomes em Manaus Jamile Alves/G1 O Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, tem autonomia para funcionar por quatro dias, em razão da falta de combustível. Os dados são do relatório da Infraero divulgado às 11h desta quinta-feira (24). O alerta foi dado pelo Núcleo de Acompanhamento e Gestão Operacional (Nago), no "relatório de monitoramento da mobilização dos caminhoneiros". A estatal disse estar monitorando o abastecimento nos aeroportos. Na capital do Amazonas há, ao todo, 2.450 litros de combustível, suficiente para quatro dias de operação, caso a greve de caminhoneiros persista e o abastecimento no terminal aéreo seja suspenso. A situação do Aeroporto de Manaus ainda é considerada positiva em relação a outros aeroportos. O relatório aponta situação crítica de falta de combustível em sete terminais administrados pela estatal no país, em razão da greve de caminhoneiros: Recife, Ilhéus, Goiânia, Palmas, Maceió, Carajás (PA), São José dos Campos (SP) e Uberlândia (MG). A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse recomendar aos passageiros "com voos marcados para os próximos dias que consultem as empresas aéreas antes de se deslocarem para os aeroportos até que a situação se normalize". As empresas adotaram planos de contingência e isentaram passageiros de taxa de remarcação de voos. Situação dos combustíveis nos aeroportos da Infraero Igor Estrella/G1 Protesto no Amazonas Um grupo de caminhoneiros em Manaus segue paralisado em protesto contra aumentos no preço do diesel. O ato ocorre na principal via que dá acesso para as distribuidoras de combustíveis no Distrito Industrial de Manaus, desde as 5h desta quinta-feira (24). Os caminhoneiros estão concentraram na Estrada do Marapatá, via da Zona Sul que dá acesso terrestre de três distribuidoras de combustíveis privadas e da Base de Manaus da Petrobras Distribuidora. Por volta das 13h30, eles pemaneciam no local. Até o momento, não há reflexos do movimento no abastecimento de comércio e indústria no estado.
    Criadouros de peixes abandonados podem ter contribuído para aumento de malária em cidade no interior do AM

    Criadouros de peixes abandonados podem ter contribuído para aumento de malária em cidade no interior do AM


    Mais de 6 mil casos foram confirmados em São Gabriel da Cachoeira, que decretou estado de emergência.  Tanques para criação de peixes podem contribuir para aumento de casos de Malária, apontam representantes do município Divulgação/...


    Mais de 6 mil casos foram confirmados em São Gabriel da Cachoeira, que decretou estado de emergência.  Tanques para criação de peixes podem contribuir para aumento de casos de Malária, apontam representantes do município Divulgação/ Secretaria de Saúde de São Gabriel da Cachoeira Mais de mil tanques foram construídos para criação de peixes em São Gabriel da Cachoeira, a 851 km de Manaus, nos últimos anos. Alguns estão abandonados e podem ter contribuído para a proliferação do mosquito transmissor da malária no município. Segundo a Secretaria de Saúde do município, a cidade registra 6.506 casos da doença entre janeiro a maio deste ano. A situação deixou em alerta as autoridades públicas do município. A prefeitura da cidade decretou situação de emergência dia 2 de março, depois de registrar os mais de 6 mil casos neste ano. O alerta foi feito pelas comissões técnicas de Compras e Recursos Humanos e a de Análise de Dados Epidemológicos da Malária criadas para frear a infestação e controle da doença, após a análise de dados epidemiológicos e entomológicos no município. De janeiro a abril deste ano foram 5.053 casos, o que significa um aumento de 40% em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), somente São Gabriel é responsável por 24% de todos os casos de malária do estado. A Instituição Socio Ambiental (ISA), que construiu parte dos tanques, informou ao G1 que não é mais responsável pela gestão do projeto de criação de peixe na região desde 2008. O ISA disse ainda que constatou, na última visita, que às instalações dos tanques, criadouros de peixes e à Estação de Yauaretê - onde estão os tanques - estavam em bom estado e viveiros escoando água continuamente. A comunidade Yauaretê deveria seguir com a utilização dos tanques. Criadouros De acordo com a secretaria municipal de Saúde de São Gabriel, a gerência de endemias possui um cadastro de 1.169 criadouros de peixe, dentre eles naturais e artificiais. A administração do município não informou, no entanto, quantos destes estão abandonados e quantos estão na comunidade Yauretê. O suposto abandono dos tanques de criação de peixe artificiais, como tanques e açudes de psicultura, tem sido mais um do fator potencializador à proliferação do mosquito transmissor da malária, segundo denúncias feitas ao G1. “Há vários atores e fatos que contribuem para o foco. Alguns criadouros foram abandonados e etc. A maioria dos focos é dos criadores abandonados ou com falta de manutenção”, comentou um representante da secretaria de saúde de São Gabriel, que não quis ter o nome divulgado. Os criadouros de anofelinos (mosquito transmissor da malária) estão distribuídos tanto em áreas urbanas como em aldeias indígenas. No distrito de Yauaretê - localizado na fronteira da Colômbia, que fica a margem do rio Waupes - foram registradas 732 casos de malária em indígenas de mais de dez etnias, distribuídos em 12 vilas. No local, os criadouros foram abandonados ao longo do tempo. Representantes de vários setores da saúde, inclusive da FVS, se reuniram para articular ações contra o aumento de casos de malária Divulgação/ Secretaria de Saúde de São Gabriel da Cachoeira Foram 211 casos na Vila São José da comunidade Yauaretê, seguido de 124 casos na Vila São Miguel, 112 casos na Vila Aparecida 1.102 na Vila de Fátima, 94 casos na vila Dom Pedro Massa e 89 casos na Vial do Cruzeiro. Segundo a Secretaria de Saúde, alguns tanques foram constituídos por ONGs para o projeto de desenvolvimento sustentável, entre eles o Instituto Socioambiental (ISA), que promove projetos há mais de 20 anos em comunidades indígenas do Rio Negro. "A localidade de Yauaretê se tornou um problema devido ao abandono de alguns desses tanques - pois o mesmo é o principal foco de malária no distrito", contou o representante da secretaria de saúde. Ações articuladas pela administração municipal realizam serviços de drenagens de igarapés (com focos de mosquito) e realiza manejo ambiental nas demais localidades. Em nota, o ISA informou que não é proprietário dos viveiros, ou responsável pela gestão, desde o ano de 2008. Nota O Instituto informou que ajudou a construir, conseguir recursos e oferecer a assistência técnica - tanto na construção como na manutenção. Além disso, técnicos indígenas e piscicultores foram treinados pelo ISA. "Os donos dos viveiros são famílias, comunidades e escolas indígenas enquanto as Estações são das associações. Somente eles podem decidir o que fazer com os viveiros. O ISA não tem autoridade para mandar famílias, comunidades, limpar ou esvaziar os viveiros", diz trecho de nota enviada ao G1. O instituto disse, ainda, que pesquisadores estiveram em Yauaretê em 2015. Eles apontaram que as instalações da estação estavam em bom estado, com tubulações, barragens e viveiros escoando água continuamente. Eles apontaram, também, que os viveiros construídos com apoio do projeto contaram com um sistema de drenagem de água. No caso de não serem usados para piscicultura, eles poderiam ser esgotados, não acumulando água e nem servindo à reprodução de insetos. "A Estação de Yauaretê entrou em funcionamento com duas barragens, três viveiros de alevinagem, todos equipados com tanques e açudes necessários à reprodução de espécies nativas em cativeiro", informou a nota, que cita ainda que o projeto foi finalizado em 2008. O objetivo do projeto foi promover a segurança alimentar de comunidades indígenas em áreas críticas por meio da implantação de projeto de criação de peixes em três regiões do Rio Negro: Alto Tiquié, Alto Uaupés e Alto Içana. Segundo o Instituto, foi uma demanda das comunidades indígenas locais por conta da escassez de peixes que as afligia naquele momento. 6.506 casos de malária foram registrados de janeiro a maio em São Gabriel da Cachoeira Divulgação/Fapeam Dados da Malária De acordo com dados repassados pela secretaria de saúde da cidade, de janeiro a maio deste ano foram 6.506 casos, isso significa um aumento de 900% em relação ao mesmo período do ano passado. Em janeiro foram registrados 1.649 casos, em fevereiro foram 1.397, em março foram 1,558 casos, em abril 1.474 casos de malária e em maio 428, até a o fim da primeira quinzena. Duas comissões constituídas pelo município vão agir para organizar medidas de controle da doença.

    Empresário é preso por furto de água em posto de lavagem em Manaus, diz polícia


    Caso ocorreu no Conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez. Um empresário, de 46 anos, foi preso suspeito de por furto de água na manhã de quarta-feira (23), em um posto de lavagem de veículos de propriedade dele, no Conjunto Castelo Branco, bairro...

    Caso ocorreu no Conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez. Um empresário, de 46 anos, foi preso suspeito de por furto de água na manhã de quarta-feira (23), em um posto de lavagem de veículos de propriedade dele, no Conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez de Novembro, zona Centro-sul de Manaus, segundo a Polícia Civil. As investigações em torno do caso tiveram início após denúncia, informando uma ligação clandestina no fornecimento de água em um lava a jato naquela região. A polícia, acompanhada de funcionários da concessionária de água na capital Manaus Ambiental e de peritos do Instituto de Criminalística (IC), foi até o endereço indicado e localizou o posto de lavagem. Ao ser abordado, o homem argumentou que o estabelecimento tinha poço artesiano próprio. Ainda de acordo com a Polícia Civil, o local do suposto poço artesiano estava coberto por cimento, impossibilitando a verificação da informação dada. No lugar as equipes identificaram duas ligações para o abastecimento de água para uma caixa d’água de cinco mil litros, sendo uma vinda da parte interna do imóvel e a outra de uma ligação independente, originária da parte externa do local. “Percorrido o percurso da ligação, perto ao muro do estabelecimento, foi verificado o uso uma tubulação azul, conhecida como PAD, de uso restrito da Manaus Ambiental e de venda não autorizada, para ter condições de identificar as ligações feitas pela concessionária”, disse o delegado Thomaz Vasconcelos Dias, por meio da assessoria de imprensa. Fiscais se dirigiram para parte externa do imóvel e verificaram que no local por onde estava passando a ligação irregular direta da rede de abastecimento da concessionária havia um concreto de aproximadamente 25 centímetros de espessura, onde foram utilizadas ferramentas para conseguir quebrar o concreto e ter acesso à ligação irregular de água. “Após o rompimento do concreto e termos acesso ao fornecimento direto de água, constatamos que, de fato, tratava-se de furto de água, pois a ligação irregular era a responsável pelo abastecimento da caixa d’água usada no estabelecimento”, explicou o titular da DECFS. O homem foi conduzido ao prédio da especializada, onde foi autuado em flagrante por furto de água. A autoridade policial arbitrou fiança no valor de R$ 1 mil ao infrator que, após pagar a quantia estipulada, foi liberado para responder pelo crime em liberdade.
    Caminhoneiros mantêm protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus

    Caminhoneiros mantêm protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus


    Caminhoneiros fazem protestos em várias cidades do Brasil Caminhoneiros seguem fazendo protesto contra alta do combustível em Manaus Um grupo de caminhoneiros em Manaus segue paralisado em protesto contra aumentos no preço do diesel. O ato ocorre...


    Caminhoneiros fazem protestos em várias cidades do Brasil Caminhoneiros seguem fazendo protesto contra alta do combustível em Manaus Um grupo de caminhoneiros em Manaus segue paralisado em protesto contra aumentos no preço do diesel. O ato ocorre na principal via que dá acesso para as distribuidoras de combustíveis no Distrito Industrial de Manaus, desde as 5h da madrugada desta quinta-feira (24). Caminhoneiros fazem protestos em várias cidades do Brasil. Este é o segundo ato realizado pela categoria em Manaus, nesta semana. Os caminhoneiros estão concentraram na Estrada do Marapatá, via da Zona Sul que dá acesso terrestre de três distribuidoras de combustíveis privadas e da Base de Manaus da Petrobras Distribuidora. Por volta das 13h30, eles pemaneciam no local. Até o momento, não há reflexos do movimento no abastecimento de comércio e indústria no estado. Mais cedo, os manifestantes usaram carretas na pista e carros pequenos para bloquear parcialmente a pista, impedindo somente a passagem de caminhões. Equipes da Polícia Militar (PM) monitoram o protesto. Caminhoneiros mantêm protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus Ruthiene Bindá/Rede Amazônica Uma fila de caminhões que transportam madeira, cimento e combustíveis - incluindo alguns destinados ao abastecimento de aeronaves - se formou na estrada devido ao bloqueio. O protesto não é coordenado por nenhuma entidade sindical. O grupo afirma que o ato é autônomo. Segundo o caminhoneiro Edmilson Aguiar, 37 anos, que representa os manifestantes, a redução do preço do diesel anunciado na quarta-feira (23) é insignificante e não representa uma queda real no valor do combustível. "O litro do diesel que antes custava R$ 3,78 vai para R$ 3,50. Continua não valendo a pena. Hoje o diesel representa 60% do preço do frete, mas o caminhão tem outros itens que precisam de manutenção e o custo operacional é alto. Fomos até onde deu. O brasileiro não aguenta mais trabalhar para pagar impostos", afirmou Aguiar. Caminhões foram impedidos de trafegar na Estrada do Marapatá, em Manaus Adneison Severiano/G1 AM Mobilização Os protestos contra alta de combustíveis iniciaram no começo desta semana. Os caminhoneiros afirmam que aumentos inviabilizam o serviço de frete. Na segunda-feira (21), dezenas de motoristas que atuam por meio de aplicativos de transporte em Manaus fizeram um protesto na Avenida Djalma Batista. O ato também foi realizado para chamar atenção para o aumento do preço do litro da gasolina. A manifestação faz parte de uma mobilização nacional convocada pelas redes sociais. Na terça-feira (22), um grupo de caminhoneiros fez um protesto na BR-174 (Manaus/Boa Vista) contra a alta de impostos e combustíveis.

    Polícia investiga adolescente suspeito de violentar jovem e filmar crime em Manaus


    Estupro teria ocorrido na tarde de segunda-feira (21). Suspeito foi detido. A Polícia Civil investiga um adolescente de 16 anos suspeito de violentar uma garota da mesma idade, em Manaus. O rapaz teria cometido o crime e filmado a cena. De acordo com o...

    Estupro teria ocorrido na tarde de segunda-feira (21). Suspeito foi detido. A Polícia Civil investiga um adolescente de 16 anos suspeito de violentar uma garota da mesma idade, em Manaus. O rapaz teria cometido o crime e filmado a cena. De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado na Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), na noite de quarta-feira (23), o estupro ocorreu na tarde de segunda-feira (21), às 13h, no bairro Vila da Prata, Zona Oeste de Manaus. Um pedagogo da escola onde os adolescentes estudavam deteve o suspeito e chamou a polícia após ser informado do crime, segundo a polícia. Na ocasião, policiais militares lotados na 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), apreenderam o adolescente. A Polícia Civil informou que o adolescente deve responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável e pelo art. 240 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), lei 8.069/90 que trata de produzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar por meio cena pornográfica envolvendo criança ou adolescente.
    Dois suspeitos de roubar e matar taxista são presos em Manaus; comparsa é procurado

    Dois suspeitos de roubar e matar taxista são presos em Manaus; comparsa é procurado


    Um dos suspeitos já cumpria pena por roubo e outro foi localizado em uma casa abandonada. Diogo foi preso em Manaus Leandro Tapajós/G1 AM Dois homens suspeitos de roubar e matar um taxista em novembro de 2017 foram presos. O crime ocorreu no bairro...


    Um dos suspeitos já cumpria pena por roubo e outro foi localizado em uma casa abandonada. Diogo foi preso em Manaus Leandro Tapajós/G1 AM Dois homens suspeitos de roubar e matar um taxista em novembro de 2017 foram presos. O crime ocorreu no bairro Cachoeirinha Zona Sul de Manaus durante uma corrida. Um terceiro suspeito é procurado pela polícia. As prisões ocorreram em cumprimento a mandados judiciais. Diogo Souza Nascimento de 28 anos foi preso na manhã da quarta-feira 23 em uma casa abandonada no Centro. Nascimento foi apresentado à imprensa nesta quinta-feira 24. Na delegacia, ele negou as acusações e disse ser inocente. O outro suspeito é Israel Ortiz da Silva, que já estava preso no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde cumpre pena ou roubo. Crime De acordo com a polícia, durante o crime a dupla armada anunciou assalto durante uma corrida. Silva e Nascimento teriam mandado o taxista conduzir o veículo até o Centro, onde um terceiro homem embarcou. O trio revistou o veículo e encontrou apenas R$ 60. Detalha do táxi após colidir contra árvore Ariane Alcântara/G1 AM Ainda segundo a polícia, os presos relataram que o taxista foi baleado por dois tiros após ter pulado do carro em movimento. “Verifica-se que ambos cometeram o latrocínio, juntamente com o nacional vulgo ‘Granada’, que está com prisão temporária em aberto”, disse o delegado Jeff David Mac Donald, titular da DEHS. Os presos foram indiciados por latrocínio. Nascimento será encaminhado ao CDPM.
    Hemoam divulga homologação de inscrições e errata do edital do PSS para vagas de estágio

    Hemoam divulga homologação de inscrições e errata do edital do PSS para vagas de estágio


    Ao todo, a instituição recebeu 2.089 inscrições para 70 vagas. Hemoam alerta que estoque de tipos sanguíneos negativos é crítico Adneison Severiano/G1 AM A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) divulga, nesta...


    Ao todo, a instituição recebeu 2.089 inscrições para 70 vagas. Hemoam alerta que estoque de tipos sanguíneos negativos é crítico Adneison Severiano/G1 AM A Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) divulga, nesta quarta-feira (23), a homologação das inscrições do processo seletivo destinado ao preenchimento de vagas e formação de cadastro reserva para o programa de estágio da instituição. A comissão do PSS divulga, ainda, Errata do Edital que altera, entre diversos itens, a data de realização das provas (redação e objetiva) que ocorrerão nos dias 1º e 2 de junho. Ao todo, a instituição recebeu 2.089 inscrições para 70 vagas. Os cursos mais concorridos foram: Enfermagem (634), Administração (265). Farmácia (247) e Psicologia (213). O restante das inscrições homologadas ficaram divididas entre os seguintes cursos: Biomedicina (186); Direito (151); Serviço Social (115); Jornalismo (77); Ciências Contábeis (53); Ciência da Computação (47); Design (36); Engenharia da Computação (27); Publicidade (24); Rede de Computadores (14). Provas Os horários e datas das provas para cada curso estão na lista de homologação das inscrições. Conforme previsto no Edital, o candidato deverá apresentar, no dia da realização do certame, os seguintes documentos: Documento oficial de Identificação com Foto; Declaração de Coeficiente de Rendimento Escolar; Declaração de Matrícula. Esses itens são eliminatórios e os candidatos não poderão realizar a prova na falta desses documentos, conforme o Edital. Recomenda-se o comparecimento ao local designado para realização das provas com 30 minutos de antecedência. As provas serão aplicadas no Hemoam, situado na Avenida Constantino Nery, 4397, Chapada. Bolsa O estágio terá duração de 30 horas semanais, distribuídas em seis horas diárias. O valor da bolsa será de R$ 512,00 com auxílio transporte de R$ 167,20 que serão pagos no valor total de R$ 679,20. O termo de contrato de estágio será celebrado por 12 meses, podendo ser prorrogado, apenas uma vez, por igual período desde que o selecionado permaneça devidamente matriculado na instituição de ensino e atenda satisfatoriamente as necessidades do Hemoam. Os candidatos serão chamados de acordo com a demanda da instituição.
    Jovens perdidos na Reserva Adolpho Ducke, em Manaus, são encontrados

    Jovens perdidos na Reserva Adolpho Ducke, em Manaus, são encontrados


    Jovens de 20 e 17 anos conseguiram escapar da Reserva Duque, após seguir uma tubulação de águas pluviais. Bombeiros foram acionados. Os dois jovens de 20 e 17 anos - que haviam se perdido na Reserva Adolpho Ducke, na Zona Rural de Manaus -...


    Jovens de 20 e 17 anos conseguiram escapar da Reserva Duque, após seguir uma tubulação de águas pluviais. Bombeiros foram acionados. Os dois jovens de 20 e 17 anos - que haviam se perdido na Reserva Adolpho Ducke, na Zona Rural de Manaus - conseguiram deixar a área de floresta na manhã desta quinta-feira (24). A informação foi repassada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) nesta manhã. Eles seguiram uma tubulação pluvial e chegaram em uma rua do bairro Cidade Nova, na Zona Norte de Manaus. Familiares das vítimas entraram em contato com as equipes do CBMAM na quarta-feira (23). Segundo eles, os jovens acessaram a reserva Duque pela rua Cameron NR 437, do bairro Aliança com Deus, Zona Leste de Manaus. Os bombeiros foram acionados somente as 19h de quarta (24). Nas primeiras horas desta quarta, os bombeiros deslocaram a equipe do Batalhão de Incêndio Florestal e Meio Ambiente (Bifma), que contou com cinco bombeiros e um cão de resgate. Contudo, ao chegar ao local, a dupla já havia conseguido deixar a floresta. “Eles saíram para tomar banho de igarapé com mais três amigos. Três foram na frente e dois (os que se perderam) foram atrás. Eles se desencontraram e se perderam. O celular deles estava com pouca carga, só deu para avisar que estavam perdidos na floresta”, disse o major Helcio Cavalcante. De acordo com o major, os jovens não dormiram à noite devido o frio intenso. Pela manhã encontraram uma tubulação de águas pluviais a seguiram até sair na avenida Margarita, no bairro Cidade Nova, Zona Norte. “Eles pediram carona e retornaram para casa”, disse o major. Outros casos de desaparecimento de pessoas já foram registrados na área: em 2016, um grupo se perdeu no local; no ano anterior, adolescentes ficaram dois dias na reserva; outro caso de repercussão ocorreu em 2015, quando uma família desapareceu na reserva. Orientações para futuras vítimas Quem pretende se aventurar em alguma área de floresta, deve seguir algumas indicações para evitar se perder e ou mesmo morrer dentro da mata, sem ser encontrado. De acordo com o major Helcio, a primeira indicação seria informar a família ou alguém para onde vai, na companhia de quem e a hora que pretende retornar para casa. “Se dentro da previsão não tiver o retorno, a pessoa que foi informada pode tomar algumas providências. Informar principalmente ao corpo de bombeiros sobre o desaparecimento”, disse o major. Reserva Adolfo Ducke divulgação/ Semcom Chico Batata Ainda de acordo com o major, em situação de estar perdido no meio da selva, principalmente à noite, não caminhar pela área até o dia amanhecer, é fundamental. "Evitar sentar em galhos e folhas secas. Se for tirar uma roupa, quando for vestir, sacudi-la para não ter o risco de ter algum animal peçonhento. Tentar procurar alimento e água, e não entrar em pânico”, disse. E, quando for necessário caminhar pela floresta, sempre marcar o caminho. “Sempre quebrar galhos para demarcar o local por onde passou, para facilitar as buscas. Se encontrar algum igarapé, a dica é seguir curso só igarapé, sendo que ele vai dar em um rio maior e fica mais fácil de ser encontrado. A dica é não andar por onde não se conhece”, afirmou o Major Helcio.

    Ex-presidiário é perseguido e morto por dupla com três tiros em Manaus


    Crime ocorreu no bairro Coroado, na Zona Leste da capital. Um ex-presidiário foi assassinado com tiros no início da madrugada desta quinta-feira (24), no bairro Coroado, na Zona Leste de Manaus. Alessandro Ferreira da Silva, de 26 anos, o "Bola", foi...

    Crime ocorreu no bairro Coroado, na Zona Leste da capital. Um ex-presidiário foi assassinado com tiros no início da madrugada desta quinta-feira (24), no bairro Coroado, na Zona Leste de Manaus. Alessandro Ferreira da Silva, de 26 anos, o "Bola", foi perseguido por uma dupla armada e morto com três tiros. O crime ocorreu na Rua Abrahim Sales, por volta de 0h37. Segundo relatos de testemunhas dados à Polícia Civil, o ex-presidiário caminhava pela calçada quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e o perseguiram. O passageiro teria sacado a arma e atirado três vezes no rosto do ex-presidiário. Alessandro Silva morreu no local e a dupla fugiu sem ser identificada antes da chegada dos policiais militares da 11ª Companhia Interativa de Polícia (DIP). As testemunhas não conseguiram anotar placa e relatar o modelo da moto. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investigará o assassinato. A polícia suspeita que a morte pode ter sido motivada por furtos e roubos supostamente cometidos pelo ex-presidiário. O G1 não conseguiu localizar familiares do ex-presidiário.

    Programa da Fapeam concede bolsas de mestrado e doutorado para fora do AM


    Até 25 bolsas para mestrado e 25 para doutorado serão concedidas. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe, até esta quinta-feira (24), propostas de estudantes para o Programa de Bolsas de Pós-Graduação em...

    Até 25 bolsas para mestrado e 25 para doutorado serão concedidas. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) recebe, até esta quinta-feira (24), propostas de estudantes para o Programa de Bolsas de Pós-Graduação em Instituições fora do Estado do Amazonas (PROPG-Capes/Fapeam). Ao todo, o programa irá conceder até 25 bolsas para mestrado e 25 para doutorado. Confira o edital. Segundo a Fundação, o objetivo do projeto é investir na formação de recursos humanos em áreas estratégicas nas quais o Amazonas ainda não possui programas de pós-graduação em nível de mestrado ou doutorado. Para participar é preciso residir no Amazonas, há no mínimo quatro anos, e estar matriculado em curso de pós-graduação Stricto Sensu, em Programa de Pós-Graduação recomendado pela Capes em outros Estados da Federação. Além de não ter recebido bolsa da Fapeam ou de outra agência de fomento para estudos no mesmo nível. A previsão é que o resultado seja divulgado no mês de junho e a implementação das bolsas no mês de agosto deste ano. A bolsa de mestrado corresponde ao valor de R$1,5 mil, com o prazo estipulado de, no máximo, 24 meses. Para doutorado o valor sobe para R$ 2,2 mil, com vigência por, no máximo, 48 meses. Submissão de Proposta As propostas deverão ser apresentadas em Formulário online específico e enviadas por meio eletrônico, via Sistema de Gestão da Informação da Fapeam (SIGFapeam).
    Caminhoneiros fazem protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus

    Caminhoneiros fazem protesto contra alta do diesel em estrada no Distrito Industrial de Manaus


    Este é o segundo ato realizado pela categoria nesta semana na capital amazonense. Caminhões foram impedidos de trafegar na Estrada do Marapatá, em Manaus Adneison Severiano/G1 AM Um grupo de caminhoneiros fechou parcialmente a via que dá acesso...


    Este é o segundo ato realizado pela categoria nesta semana na capital amazonense. Caminhões foram impedidos de trafegar na Estrada do Marapatá, em Manaus Adneison Severiano/G1 AM Um grupo de caminhoneiros fechou parcialmente a via que dá acesso para as distribuidoras de combustíveis no Distrito Industrial de Manaus, no início da manhã desta quinta-feira (24). A manifestação foi motivada pelos constantes aumentos do preço do diesel. Caminhoneiros fazem protestos em várias cidades do Brasil. Este é o segundo ato realizado pela categoria em Manaus, nesta semana. Na capital amazonense, os caminhoneiros se concentraram na Estrada do Marapatá, por volta das 5h. A via da Zona Sul é o único acesso terrestre de três distribuidoras de combustíveis privadas e da Base de Manaus da Petrobras Distribuidora. Por volta das 5h45, os caminhoneiros estacionaram as carretas na estrada e passaram a bloquear tráfego de veículos de grande porte. Os manifestantes usam três carretas na pista e outros seis carros pequenos para bloquear parcialmente a pista, impedindo somente a passagem de caminhões. Uma fila de caminhões que transportam madeira, cimento e combustíveis - incluindo alguns destinados ao abastecimento de aeronaves - se formou na estrada devido ao bloqueio. O protesto não é coordenado por nenhuma entidade sindical. O grupo afirma que o ato é autônomo. Grupo de caminhoneiros fechou acesso para distribuidoras de combustíveis em Manaus Adneison Severiano/G1 AM Segundo o caminhoneiro Edmilson Aguiar, 37 anos, que representa os manifestantes, a redução do preço do diesel anunciado na quarta-feira (23) é insignificante e não representa uma queda real no valor do combustível. "O litro do diesel que antes custava R$ 3,78 vai para R$ 3,50. Continua não valendo a pena. Hoje o diesel representa 60% do preço do frete, mas o caminhão tem outros itens que precisam de manutenção e o custo operacional é alto. Fomos até onde deu. O brasileiro não aguenta mais trabalhar para pagar impostos", afirmou Aguiar. Equipes da Polícia Militar (PM) monitoram o protesto. Caminhões estão estacionados na estrada Luciano Abreu/Rede Amazônica Mobilização Os protestos contra alta de combustíveis iniciaram no começo desta semana. Os caminhoneiros afirmam que aumentos inviabilizam o serviço de frete. Na segunda-feira (21), dezenas de motoristas que atuam por meio de aplicativos de transporte em Manaus fizeram um protesto na Avenida Djalma Batista. O ato também foi realizado para chamar atenção para o aumento do preço do litro da gasolina. A manifestação faz parte de uma mobilização nacional convocada pelas redes sociais. Na terça-feira (22), um grupo de caminhoneiros fez um protesto na BR-174 (Manaus/Boa Vista) contra a alta de impostos e combustíveis. Initial plugin text
    Jovem é morto a tiros perto de escola na Zona Norte de Manaus

    Jovem é morto a tiros perto de escola na Zona Norte de Manaus


    Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (23), em avenida no bairro Novo Aleixo. Ninguém foi preso. Vítima morreu após dar entrada em unidade de saúde Rickardo Marques/G1 Um jovem de 21 anos morreu após ser baleado no bairro Novo Aleixo, Zona...


    Crime ocorreu na noite desta quarta-feira (23), em avenida no bairro Novo Aleixo. Ninguém foi preso. Vítima morreu após dar entrada em unidade de saúde Rickardo Marques/G1 Um jovem de 21 anos morreu após ser baleado no bairro Novo Aleixo, Zona Norte de Manaus. A vitima foi alvejada na noite desta quarta-feira (23) por um criminoso não identificado. De acordo com a 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o crime ocorreu na Avenida Coronel Sávio Belota, por volta das 20h, próximo à Escola Estadual Professor José Bernardino Lindoso. Os militares informaram que, após ser alvejado por cinco disparos, a maioria na cabeça, o homem foi socorrido por populares. Ele foi levado para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Danilo Correia, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na unidade. No local, familiares preferiram não comentar o caso. Até as 22h desta quarta, o autor dos disparos ainda não tinha sido localizado. O corpo da vítima foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deve investigar o caso.
    Cinco primeiros meses de 2018 já têm mais mortes em acidentes com aviões de pequeno porte no AM que 2017

    Cinco primeiros meses de 2018 já têm mais mortes em acidentes com aviões de pequeno porte no AM que 2017


    Seis pessoas morreram em 2018, enquanto ano passado teve registro de duas mortes. Aeronave de pequeno porte caiu em Manaus Adneison Severiano/G1 AM O número de mortes em acidentes aéreos no Amazonas, entre os meses de janeiro e maio já é maior...


    Seis pessoas morreram em 2018, enquanto ano passado teve registro de duas mortes. Aeronave de pequeno porte caiu em Manaus Adneison Severiano/G1 AM O número de mortes em acidentes aéreos no Amazonas, entre os meses de janeiro e maio já é maior que o registrado durante o todo o ano de 2017. Segundo dados apurados pela Rede Amazônica junto ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), somente no início deste ano, foram registrados cinco acidentes e um incidente com aviões de pequeno porte no estado. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (23). Nas ocorrências deste ano, seis mortes foram contabilizadas. Em todo o ano de 2017, foram registradas duas mortes em acidentes aéreos. O primeiro acidente fatal envolvendo aviões em 2018 ocorreu no dia 22 de fevereiro. De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a aeronave de matrícula PT- VKR decolou do aeródromo de Flores, Zona Centro-Sul de Manaus, com destino ao município de Borba, no interior do estado. Após a decolagem, por volta de 9h30 (local), a aeronave caiu próxima ao aeroporto. Quatro pessoas morreram e uma ficou ferida. Já no dia 16 de maio, uma aeronave que saiu de Itaituba (PA) com destino a Manaus desapareceu ao sobrevoar o município de Itacoatiara, no interior do Amazonas. O avião foi encontrado no início da noite do dia 17. Duas pessoas morreram. Os relatórios gerados a partir da investigação destes acidentes não possuem prazo para serem entregues, pois sua finalidade é apenas a prevenção aeronáutica, segundo o Cenipa. Ocorrências Na terça-feira (22), a aeronave de pequeno porte PT-FLW caiu nas proximidades do Aeródromo de Flores, situado na Zona Centro-Sul de Manaus, por volta das 9h30. O piloto ficou ferido. A aeronave saiu de São Gabriel da Cachoeira, no interior do estado, depois de fazer um frete. Pousou no aeroporto Eduardo Gomes, na capital, e seguia voo de translado para o aeródromo. Um hidroavião caiu em uma área de floresta perto da comunidade Cristo Rei, no município de Nova Olinda do Norte, a 135 km de Manaus, no dia 30 de abril. Duas pessoas que estavam na aeronave sobreviveram. O piloto do hidroavião teria tentado pousar no rio, mas precisou arremeter após perceber que no local havia embarcações. Chovia no momento do acidente. Também em abril, no dia 17, um avião teria saído da pista durante a decolagem. O piloto não se feriu. No dia 24 de fevereiro, um avião que seguia de Tabatinga para Manaus teve problemas com o trem de pouso na chegada ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. O piloto e os cinco passageiros saíram ilesos. Esse é o único caso de 2018 com investigação finalizada pelo Cenipa.
    Homem é morto com seis tiros em beco na Zona Leste de Manaus

    Homem é morto com seis tiros em beco na Zona Leste de Manaus


    Populares relataram que vítima foi alvo de emboscada. Crime ocorreu em beco Rickardo Marques/G1 AM Um homem ainda não identificado foi morto a tiros em um beco no bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus. O crime ocorreu na noite desta...


    Populares relataram que vítima foi alvo de emboscada. Crime ocorreu em beco Rickardo Marques/G1 AM Um homem ainda não identificado foi morto a tiros em um beco no bairro Grande Vitória, Zona Leste de Manaus. O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (23). Populares relataram à polícia que o homem foi vítima de uma emboscada. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar (PM-AM), o crime ocorreu por volta das 20h15, em um beco na Rua Iraque. A vítima chegou no local em uma motocicleta, junto com outro homem. Ao entrar no beco, ela foi atingida por seis disparos, efetuados por um criminoso que aguardva a chegada da dupla. A polícia informou que o homem que atirou fugiu do local juntamente com o companheiro da vítima, a pé. A motocicleta usada pela vítima não foi localizada pelos militares. O corpo foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) e o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.
    Processo Seletivo da Seminf tem 3,8 mil inscritos para 308 vagas; inscrições encerram sexta (25)

    Processo Seletivo da Seminf tem 3,8 mil inscritos para 308 vagas; inscrições encerram sexta (25)


    Vagas são para pedreiros e serventes. Órgão também seleciona candidatos para cadastro reserva. Candidatos fazem fila para tentar vaga na Seminf Dioego Caja/Semcom Em três dias de inscrições, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Secretaria...


    Vagas são para pedreiros e serventes. Órgão também seleciona candidatos para cadastro reserva. Candidatos fazem fila para tentar vaga na Seminf Dioego Caja/Semcom Em três dias de inscrições, o Processo Seletivo Simplificado (PSS) da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) ​já tem mais de 3,8 mil candidatos inscritos. O órgão oferece 308 vagas para pedreiros e serventes, além de outras 300 vagas para o banco de reservas. As inscrições ocorrem até sexta-feira (25), na sede da secretaria, localizada na Av. Gabriel Gonçalves, 351, Aleixo, Zona Centro-Sul de Manaus. Ao contrário do primeiro dia das inscrições, quando houve uma procura muito além das expectativas da coordenação do PSS, nos dois últimos dias, a procura pelas vagas está dentro da estimativa prevista. Foto mostra pilha de documentos para seleção de candidatos Dioego Caja/Semcom Conforme o secretário municipal de Infraestrutura, Kelton Aguiar, o contingente de candidatos tem sido atendido ainda pela manhã. "A situação está dentro da previsão feita pela comissão e, nesta quarta-feira, às 10h30, não tínhamos mais fila. A procura foi intensa, mas equacionada dentro do horário de atendimento. Ressaltamos que não há necessidade de dormir na fila, pelo contrário, nossa orientação é que venham após às 10h, que está mais tranquilo", informa Aguiar. Inscrições para processo seletivo da Seminf acabam na sexta (25) Dioego Caja/Semcom Vagas As vagas são para os cargos de pedreiro e servente de pedreiro, com remuneração de R$ 969,79 e R$ 954,00, respectivamente, além de vale-transporte e auxílio-alimentação. O edital 001/2018 foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 15. Além das 308 vagas para início imediato, a secretaria também irá dispor mais 300 vagas para o cadastro reserva. A classificação será mediante a análise de currículos e com prazo de contrato determinado por 10 meses. Documentos ​No ato da inscrição, o candidato deverá comparecer à sede da Seminf, com: Curriculum vitae atualizado; Carteira de Identidade; CPF; Título de Eleitor; Comprovante de escolaridade; Duas fotos 3x4; Comprovante de residência (água, luz ou telefone); Certidão de Antecedentes Criminais; Comprovante de quitação eleitoral. Todos os documentos deverão apresentar original e cópia. Ainda mediante a entrega da documentação, o candidato deverá preencher um formulário de inscrição, que será disposto pelo órgão. Não será cobrado nenhum tipo de taxa para a inscrição. Cada candidato só poderá se inscrever em uma única opção. Havendo mais de uma inscrição do mesmo candidato, será considerada válida a mais recente. Para a inscrição em qualquer um dos cargos, o candidato deverá possuir idade mínima de 18 anos completos, ter nacionalidade brasileira ou portuguesa - sendo que no caso da portuguesa, ele precisa estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses. É preciso estar quite com as obrigações eleitorais. Candidatos do sexo masculino devem, ainda, possuir documento que comprove estar em dia com as obrigações militares. Aos candidatos é exigido também gozar de boa saúde física e mental. PCDs O edital também possui vagas para Pessoas Com Deficiências (PCDs). Na ficha de inscrição, o candidato com deficiência deverá fazer a opção pelas vagas reservadas. Para a função de pedreiro serão disponibilizadas 3 vagas. Já a de servente serão 10 vagas disponíveis. O candidato aprovado no Processo Seletivo será submetido a uma avaliação na Junta Médico-Pericial do município.
    Bombeiros são acionados para busca por jovens perdidos na Reserva Adolpho Ducke, em Manaus

    Bombeiros são acionados para busca por jovens perdidos na Reserva Adolpho Ducke, em Manaus


    Contato foi feito por tio das vítimas na noite desta quarta-feira (23). Reserva Florestal Adolpho Ducke Chico Batata O Corpo de Bombeiros foi acionado para auxiliar dois jovens que estão perdidos na Reserva Adolpho Ducke, na Zona Rural de Manaus. O...


    Contato foi feito por tio das vítimas na noite desta quarta-feira (23). Reserva Florestal Adolpho Ducke Chico Batata O Corpo de Bombeiros foi acionado para auxiliar dois jovens que estão perdidos na Reserva Adolpho Ducke, na Zona Rural de Manaus. O contato foi feito pelo tio das vítimas, por volta das 19h desta quarta-feira (23). Segundo a corporação, uma equipe de buscas será mandada na quinta-feira (24). A área da Reserva Florestal Adolpho Ducke é de mata fechada. O local tem cerca de 10 mil hectares. Outros casos de desaparecimento de pessoas já foram registrados na área: em 2016, um grupo se perdeu no local; no ano anterior, adolescentes ficaram dois dias na reserva; outro caso de repercussão ocorreu em 2015, quando uma família desapareceu na reserva.
    Vídeo que circula na internet pode ser de recepcionista momentos antes de ser morta, em Manaus

    Vídeo que circula na internet pode ser de recepcionista momentos antes de ser morta, em Manaus


    Corpo de Bruna Rodrigues, de 23 anos, foi encontrado em rua da Colônia Japonesa, no Parque 10, na manhã de segunda-feira (21). Vídeo mostra estudante de enfermagem pouco tempo antes de ser encontrada morta, em Manaus Foi divulgado nas redes sociais...


    Corpo de Bruna Rodrigues, de 23 anos, foi encontrado em rua da Colônia Japonesa, no Parque 10, na manhã de segunda-feira (21). Vídeo mostra estudante de enfermagem pouco tempo antes de ser encontrada morta, em Manaus Foi divulgado nas redes sociais um vídeo que pode ser dos últimos momentos da recepcionista Bruna Freitas Rodrigues, de 23 anos. Ela foi encontrada morta a tiros na segunda-feira (21), no bairro Parque 10, Zona Centro-Sul de Manaus. Na gravação, uma mulher que aparenta ser Bruna corre ao perceber uma troca de tiros no bairro Alvorada, na Zona Centro-Oeste da capital. O vídeo foi gravado na segunda-feira por volta das 4h20, pouco antes da jovem ser encontrada morta. Entre as pessoas que aparecem está uma mulher de salto alto e com uma roupa que aparenta ser uma blusa de alças na cor da vestimenta que Bruna usava quando foi encontrada morta. Nas imagens, a mulher e outras pessoas correm ao perceberem uma movimentação. Em seguida, um homem de blusa vermelha atira na direção de outro homem. A mulher corre para o sentido contrário ao suposto alvo e há uma troca de tiros. Bruna Freitas fazia curso técnico de enfermagem Reprodução/Facebook A gravação que circula na internet aponta a rua Abílio Alencar, no bairro Alvorada 1. No local, uma equipe da Rede Amazônica conversou com os moradores, que afirmaram não saber do ocorrido. A Polícia Civil não confirma que as imagens são dos últimos momentos de Bruna ainda viva. De acordo com o boletim de ocorrência registrado em delegacia, a vítima teria sido sequestrada no bairro São Jorge e não faz referência ao bairro Alvorada. A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga o caso. Eles começaram a ouvir familiares e conhecidos da vítima na terça-feira (22). Em nota, a Polícia Civil informou que as investigações estão em andamento e que mais informações não podem ser repassadas para não comprometer as diligências do caso.
    Feira da FAS tem inscrições abertas para expositores, em Manaus

    Feira da FAS tem inscrições abertas para expositores, em Manaus


    Evento acontece no dia 17 de junho, com transmissão de jogo do Brasil. Feira da Fas tem venda de artesanato e gastronomia Dirce Quintino/FAS Estão abertas até a próxima sexta-feira (25) as inscrições para expositores de variedades e de...


    Evento acontece no dia 17 de junho, com transmissão de jogo do Brasil. Feira da Fas tem venda de artesanato e gastronomia Dirce Quintino/FAS Estão abertas até a próxima sexta-feira (25) as inscrições para expositores de variedades e de gastronomia da 3ª edição da Feira da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), que acontecerá o próximo dia 17 de junho. O evento terá transmissão ao vivo da estreia do Brasil na Copa do Mundo, e acontecerá na sede da organização, na Rua Álvaro Braga, 351, Parque 10 de Novembro. As inscrições podem ser feitas por meio do site da FAS, e os resultados serão divulgados na segunda-feira (28). No dia 2 de junho, será realizada uma reunião obrigatória com os expositores, onde serão repassadas informações e orientações gerais sobre o evento. Além da transmissão ao vivo do jogo do Brasil, a terceira edição contará com atrações culturais, musicais, e entretenimento para crianças.

    Testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite são disponibilizados gratuitamente em unidades de saúde de Manaus


    Resultados são liberados uma hora após realização de teste. A população de Manaus pode fazer testes gratuitos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) como HIV, sífilis e hepatites em 147 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Maternidade...

    Resultados são liberados uma hora após realização de teste. A população de Manaus pode fazer testes gratuitos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) como HIV, sífilis e hepatites em 147 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e na Maternidade Moura Tapajóz, neste caso, especificamente para o público interno, mulheres e mães. Os resultados são liberados, em média, uma hora após a realização do teste. Os endereços das unidades estão disponíveis on-line. Os testes são ofertados para todos os públicos. Menores de 18 anos devem ser acompanhados pelos pais ou responsáveis. Para a realização da testagem nas UBSs, é necessário agendar o atendimento. No caso das unidades de horário ampliado, o critério é a ordem de chegada. Além da transmissão através do contato sexual com a pessoa infectada sem o uso do preservativo, no caso do HIV existem outras formas de contágio: contato direto com sangue contaminado por meio de seringas, agulhas e transfusões sanguíneas ou da mãe infectada com o vírus para o filho durante a gravidez, o parto e aleitamento. Nos casos positivos, pacientes diagnosticados com HIV são encaminhados para um dos Serviços de Atenção Especializada (SAE); os pacientes com hepatite são encaminhados para a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado e, os pacientes com sífilis podem ser tratados diretamente na UBSs.
    Casal de namorados é preso com 5 kg de drogas na Zona Leste de Manaus

    Casal de namorados é preso com 5 kg de drogas na Zona Leste de Manaus


    Prisões ocorreram durante operação da SSP, deflagrada após morte de adolescente durante troca de tiros entre grupos traficantes rivais. Casal foi preso na mesma rua onde adolescente morto a tiros no sábado (19) morava Divulgação/Seaop Um casal...


    Prisões ocorreram durante operação da SSP, deflagrada após morte de adolescente durante troca de tiros entre grupos traficantes rivais. Casal foi preso na mesma rua onde adolescente morto a tiros no sábado (19) morava Divulgação/Seaop Um casal de namorados foi preso, nesta quarta-feira (23), suspeitos de tráfico de drogas, no bairro Tancredo Neves, na Zona Leste de Manaus. Com eles, a polícia disse que encontrou cerca de 5 quilos de drogas, além de uma motocicleta com chassi adulterado. As prisões fazem parte de uma operação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) no bairro, deflagrada após trocas de tiros entre grupos de traficantes rivais, no sábado (19). Na ocasião, um adolescente de 15 anos foi atingido e morreu no local. Segundo a SSP, o casal - um homem de 21 anos e uma jovem, de 18 - seria ligado a um traficante responsável pelo comércio de drogas na área. Os dois não estão envolvidos na morte do adolescente. Os dois foram presos na rua Dalva de Oliveira, mesma via onde a vítima foi morava. Durante a ação da Seaop, a polícia encontrou aproximadamente cinco quilos de drogas, entre pasta-base de cocaína e oxi. O casal foi encaminhando ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado na avenida Autaz Mirim, bairro Jorge Teixeira, também Zona Leste da capital. A Secretaria Executiva-Adjunta de Operações (Seaop) disponibiliza o 181 ou Whatsapp da pasta, (92) 99345-2848, para recebimento de denúncias.
    Acusado de estuprar, matar e enterrar criança em Manaus é condenado a 42 anos de prisão

    Acusado de estuprar, matar e enterrar criança em Manaus é condenado a 42 anos de prisão


    Corpo de Jhuliany Silva, de 7 anos, foi encontrado enterrado no quintal da casa do homem, em 2016. Ele foi condenado em sessão nesta quarta-feira (23). Jhuliany Souza da Silva tinha 7 anos quando foi morta Divulgação/Polícia Civil Francinaldo...


    Corpo de Jhuliany Silva, de 7 anos, foi encontrado enterrado no quintal da casa do homem, em 2016. Ele foi condenado em sessão nesta quarta-feira (23). Jhuliany Souza da Silva tinha 7 anos quando foi morta Divulgação/Polícia Civil Francinaldo Marialva Pereira, acusado de estuprar, mater e enterrar o corpo de Jhuliany Souza da Silva, de 7 anos, foi condenado a 42 anos, seis meses e 20 dias de prisão em regime fechado. Os crimes ocorreram em junho de 2016, no bairro Novo Aleixo, zona Leste de Manaus. A condenação foi dada pelo Conselho de Sentença da 3ª Vara do Tribunal do Júri, em sessão realizada nesta quarta-feira (23). Pereira vai responder pelos crimes de estupro, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Da pena aplicada pelo magistrado presidente do júri, juiz Adonaid Abrantes de Souza Tavares, será descontado o tempo em que o réu esteve preso: um ano e 11 meses. O crime Segundo consta no inquérito policial, Jhuliany foi atraída por Francinaldo Pereira para dentro da casa dele, situada na rua Bicuíba, beco Jeri, no bairro Novo Aleixo, no dia 10 de junho de 2016. Conforme os autos, a vítima estava em frente à vila de quartos onde morava, quando Francinaldo, que estava sozinho em casa, a viu e a chamou. Para atrair a criança, ele teria oferecido R$ 20 a ela. Após asfixiar a menina, Francinaldo Pereira enterrou corpo no quintal de casa Ive Rylo/G1 AM Ao entrar na residência, a vítima teria sido levada ao quarto da mãe do acusado e, ao ser assediada, reagiu gritando. O acusado, então, teria tapado a boca da criança e passou a enforcá-la, fazendo com que a menina perdesse os sentidos. Em depoimento dado na fase do inquérito policial, Francinaldo Pereira disse que consumou a violência sexual e, em seguida, percebendo que a vítima estava morta, resolveu ocultar o cadáver. O homem cavou um buraco no quintal da casa e enterrou o corpo da criança. O cadáver de Jhuliany foi encontrado dois dias depois, pela própria mãe do acusado, que acionou a polícia. A sessão de julgamento popular foi presidida pelo juiz Adonaid Abrantes de Souza Tavares, com o promotor de justiça Rogério Marques Santos trabalhando na acusação. A defensora pública Ana Karoline dos Santos Pinto atuou na defesa do réu.

    Moradores do Viver Melhor, em Manaus, criticam alagamentos


    Residencial abriga famílias que conseguiram imóveis por meio do programa 'Minha Casa Minha Vida', do Governo Federal. Moradores reclamam de infraestrutura em conjunto habitacional Viver Melhor, em Manaus Moradores da 1ª etapa do Conjunto Viver Melhor,...

    Residencial abriga famílias que conseguiram imóveis por meio do programa 'Minha Casa Minha Vida', do Governo Federal. Moradores reclamam de infraestrutura em conjunto habitacional Viver Melhor, em Manaus Moradores da 1ª etapa do Conjunto Viver Melhor, na Zona Norte, relatam problemas de infraestrutura nos apartamentos construídos com recursos do Governo Federal. De acordo com os relatos, apartamentos alagam quando chove. O problema ocorre na quadra 36, da 1ª etapa do Conjunto Viver Melhor, que fica perto da barreira da cidade, na Zona Norte de Manaus. O residencial abriga famílias que conseguiram os imóveis por meio do programa "Minha Casa Minha Vida", do Governo Federal. A doméstica Maria Cristina de Oliveira critica a situação, classificada por ela como um pesadelo. Desde que se mudaram para o local, há cerca de cinco anos, os moradores convivem com problemas de infraestrutura. Ray Jardim, dona de casa, também afirma que enfrenta problemas. Ela relata que tem a casa alagada em dias de chuva. A reportagem da Rede Amazônica constatou marcas de água nas paredes dos blocos e a sujeira deixada na vizinhança quando ela seca. Desde a semana passada, a empresa Manaus Ambiental trabalha para corrigir defeitos na rede de esgoto da rua que passa em frente aos blocos, mas os funcionários, que não quiseram gravar entrevistas, disseram à Rede Amazônica que é apenas uma obra para amenizar a situação e que o real problema é a falta de um sistema de drenagem no local. A Superintendência de Habitação do Amazonas (Suhab) informou que não é responsável pela estrutura dos residenciais. Já a Construtora Direcional, disse que fez uma análise recentemente no local e que não foram encontrados problemas estruturais. Caberia aos moradores a preservação dos imóveis e que qualquer necessidade de assistência técnica deve ser informada à Caixa Econômica, que repassa à construtora para avaliação. Com relação às demandas apontadas na reportagem, uma equipe que presta atendimento diário ao empreendimento vai fazer uma análise para saber o que precisa passar por manutenção.

    Ministério da Saúde aprova projeto para plano de prevenção a suicídio no AM


    Após recebimento do recurso por meio do FES, Estado terá 12 meses para executar plano. Previsão é que plano esteja pronto até setembro. O Amazonas conseguiu aprovação de um projeto que deve garantir R$ 220 mil do Ministério da Saúde (MS) para...

    Após recebimento do recurso por meio do FES, Estado terá 12 meses para executar plano. Previsão é que plano esteja pronto até setembro. O Amazonas conseguiu aprovação de um projeto que deve garantir R$ 220 mil do Ministério da Saúde (MS) para execução de um Plano de Prevenção ao Suicídio, em Manaus e nos municípios de São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga. A portaria Nº 1.315, de 11 de maio de 2018, que trata do incentivo financeiro aos estados, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), do dia 16 de maio. O projeto aprovado foi construído pela Rede de Atenção Psicossocial (Raps) do Amazonas, coordenada pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), com a participação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Instituto Federal do Amazonas (Ifam) e os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) de São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga. Após o recebimento do recurso por meio do Fundo Estadual de Saúde (FES), o Amazonas terá 12 meses para executar o plano. No primeiro momento, serão definidas as ações, estratégias e parcerias em cada município. A meta, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, é estar com o plano em execução até setembro, mês de mobilização da campanha de prevenção ao suicídio. Além do Amazonas, outros cinco estados também receberão apoio financeiro do Ministério da Saúde para políticas de prevenção ao suicídio. São eles: Mato Grosso do Sul, Roraima, Piauí, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Segundo o MS, estas localidades são consideradas prioritárias para as ações do Plano Estratégico, devido ao alto índice de suicídio. Números no AM Em 2017, o Ministério da Saúde divulgou dados que constam em um diagnóstico sobre casos de suicídio no país. A alta taxa de suicídio entre idosos com mais de 70 anos, por exemplo, é preocupante. Nessa faixa etária, foi registrada média de 8,9 mortes por 100 mil habitantes, nos últimos seis anos. A média nacional é 5,5 por 100 mil. Também chamou a atenção do Ministério o alto índice entre jovens, principalmente homens, e indígenas. Em São Gabriel da Cachoeira, segundo dados divulgados pelo MS, a taxa de suicídio na população adulta chegou a 22,7 por grupo de 100 mil habitantes. O número é referente aos anos de 2010 a 2015. Segundo o Ministério da Saúde, 11 mil pessoas tiram a própria vida por ano no Brasil. A meta é, até 2020, reduzir esse índice em, no mínimo, 10%.
    Mais da metade do público-alvo da campanha contra gripe não se imunizou contra doença em Manaus

    Mais da metade do público-alvo da campanha contra gripe não se imunizou contra doença em Manaus


    Foram aplicadas 184.074 doses da vacina, o equivalente a 43,87% da população que precisa se imunizar. Pessoas são vacinadas contra o vírus Influenza na UBS do Bosque, em São José dos Campos, nesta sexta-feira (11). A unidade não estará aberta...


    Foram aplicadas 184.074 doses da vacina, o equivalente a 43,87% da população que precisa se imunizar. Pessoas são vacinadas contra o vírus Influenza na UBS do Bosque, em São José dos Campos, nesta sexta-feira (11). A unidade não estará aberta amanhã (12), Dia D da vacinação contra gripe. Lucas Lacaz Ruiz/Estadão Conteúdo A menos de duas semanas, menos da metade da população considerada público-alvo da campanha de vacinação contra gripe se imunizou contra a doença em Manaus. Até o momento, foram aplicadas 184.074 doses da vacina, o equivalente a 43,87% do público-alvo. Veja os endereços das salas de vacina A campanha de vacinação contra o vírus Influenza, em Manaus, será encerrada no dia 8 de junho. Quem ainda não foi imunizado deve procurar qualquer uma das 183 salas de vacina da rede pública para receber a vacina gratuitamente. Após esse prazo, apenas as clínicas particulares oferecerão a dose que custa, em média, R$ 120. Este ano, em razão das ações para conter o avanço do sarampo na cidade, o calendário de vacinação contra a gripe na capital amazonense foi diferenciado, tendo iniciado no dia 12 de maio. A dose anual é necessária porque a cada ano esta gripe pode se apresentar de forma diferente, assim como a infecção pode afetar de formas diversas as pessoas. A transmissão do vírus influenza ocorre por meio do contato com secreções das vias respiratórias eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar (transmissão direta) ou através das mãos ou objetos contaminados (transmissão indireta), quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). Público-alvo A campanha é voltada para indivíduos com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores de saúde, povos indígenas (aldeados e assistidos pela Secretaria Especial de Saúde Indígena), crianças na faixa etária de seis meses a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos cumprindo medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das escolas públicas e privadas. Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar o laudo médico, receita, carteirinha dos programas de saúde, prescrição médica ou outro documento que comprove a sua condição clínica para receber o imunobiológico, assim como, os professores também deverão apresentar documentos (crachá, contracheque ou outro documento) que comprovem a profissão. Quem foi vacinado contra o sarampo recentemente pode receber a dose contra a gripe. Inclusive as crianças que não estiverem com o registro da Tríplice Viral atualizado, receberão o imunobiológico simultaneamente. O agendamento da vacinação do grupo prioritário impossibilitado de locomoção acontecerá pelo telefone 0800-280-8280 até o dia 30 de maio. O atendimento de vacinação dos acamados acontecerá no período de 4 a 8 de junho.

    Seduc convoca 231 professores aprovados em Processo Seletivo Simplificado no AM


    Professores devem comparecer na sede da Seduc, de quinta (24) a sexta-feira (25), para entrega de documentos. A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) convoca 231 professores aprovados em Processo Seletivo Simplificado (PSS). ...

    Professores devem comparecer na sede da Seduc, de quinta (24) a sexta-feira (25), para entrega de documentos. A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) convoca 231 professores aprovados em Processo Seletivo Simplificado (PSS). Para acessar a relação com os nomes dos profissionais convocados e a respectiva ordem de classificação clique aqui ou acesse o site da Seduc. Os docentes convocados atuarão nas áreas de Educação Especial, Artes, Educação Física, Física, Geografia, Língua Espanhola, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Séries Iniciais (1º ao 5º ano), Sociologia e Mediação Tecnológica. De acordo com a Secretaria, os professores convocados deverão comparecer na sede da Seduc - localizada na Avenida Waldomiro Lustoza, nº 250, bairro Japiim 2, Zona Sul de Manaus - nesta quinta (24) e sexta-feira (25), das 8h às 12h. O atendimento respeitará a ordem classificatória dos candidatos. No interior, o atendimento será nas Coordenadorias Regionais de Educacionais de cada município. O horário de atendimento será das 8h às 17h. Documentação exigida Os candidatos convocados deverão se dirigir ao local especificado, munidos de três cópias legíveis dos seguintes documentos: Carteira de Identidade (RG); CPF; PIS/PASEP (comprovante/extrato); Título de Eleitor; Comprovante de Quitação Eleitoral; Certificado Militar (para homens); Comprovante de Residência (Água ou Telefone); Extrato de Conta Corrente (somente Bradesco); Comprovante de Habilitação (Diploma e Histórico de Graduação); Duas fotos 3×4. Professores da Educação Especial precisam apresentar Certificado com, no mínimo, 80h de curso de Educação Especial nas áreas de deficiência auditiva, visual ou intelectual, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) ou pela Seduc.
    Liceu Claudio Santoro oferta 396 vagas para cursos artísticos em Manaus

    Liceu Claudio Santoro oferta 396 vagas para cursos artísticos em Manaus


    Inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 30 de maio. Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro Divulgação/SEC O Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro vai abrir, na segunda-feira (28), as inscrições para os cursos...


    Inscrições são gratuitas e podem ser feitas até 30 de maio. Coral Infantil do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro Divulgação/SEC O Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro vai abrir, na segunda-feira (28), as inscrições para os cursos de livres de Música Erudita e Popular, Dança, Artes Visuais e Artes Cênicas, em Manaus. As inscrições gratuitas serão realizadas até 30 de maio. Ao todo serão ofertadas 396 vagas. Os interessados deverão se dirigir à Sala de Multimídia, situada no Bloco F do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro – Unidade Sambódromo, no horário das 8h às 17h. Vagas 53 para Artes Visuais 142 para Dança 149 para Música Popular 34 para Música Erudita 18 para Artes Cênicas Documentos Menores de 18 anos só poderão realizar a inscrição com a presença do responsável, portando cópia do RG ou certidão de nascimento do aluno; cópia do RG e CPF do responsável; cópia do comprovante de residência atualizado; declaração escolar atualizada ou cópia do certificado de conclusão e foto 3x4. Já os adultos que queiram se inscrever nos cursos deverão apresentar cópia do RG e CPF, cópia do comprovante de residência atualizado, declaração escolar atualizada ou cópia do certificado de conclusão e foto 3x4. Cursos ofertados “Caricatura para Iniciantes” e “Iniciação ao Desenho e Pintura” (a partir de 13 anos) “Iniciação ao Desenho e Pintura” (7 a 12 anos) “Pintura em Aquarela” (a partir dos 12 anos) “Dança Moderna” (13 a 25 anos, matutino) “Dança para Criança – Iniciação 1” (5 e 6 anos, vespertino) “Dança para Criança – Iniciação 2” (7 a 8 anos, matutino e vespertino) “Dança para Criança -Preparatório I” (9 a 10 anos, matutino e vespertino) “Dança para Criança - Preparatório II” (11 a 12 anos, matutino e vespertino) “Dança Urbana para Criança” (9 a 12 anos, vespertino) “Dança Urbana” (13 a 25 anos, vespertino) Música Popular - “Contrabaixo Elétrico” (14 a 40 anos, matutino) Música Popular - “Violão Formação” (13 a 29 anos, matutino) Música Popular - “Violão Infantil” (8 a 12 anos, matutino) Música Erudita - “Clarineta”, “Contrabaixo Acústico”, “Fagote”“Flauta Transversal”, “Percussão”, “Tuba / Euphonium” e “Oboé” (para alunos de 12 a 25 anos) Música Erudita - Violoncello (10 a 14 anos) “Teatro para Criança” (7 a 12 anos, nos turnos matutino e vespertino).
    Mais de R$ 9 milhões são liberados pelo MEC para AM investir em educação

    Mais de R$ 9 milhões são liberados pelo MEC para AM investir em educação


    Repasse de R$ 9.712.333,52, tem o objetivo de superar as dificuldades financeiras auxiliar nas despesas de custeio no exercício de 2018. Mais de 9 milhões liberador pelo MEC para AM investir em educação Neto Talmeli/PMU Mais de 9 milhões foram...


    Repasse de R$ 9.712.333,52, tem o objetivo de superar as dificuldades financeiras auxiliar nas despesas de custeio no exercício de 2018. Mais de 9 milhões liberador pelo MEC para AM investir em educação Neto Talmeli/PMU Mais de 9 milhões foram liberados pelo Ministério da Educação para atender dificuldades emergenciais para a capital e todos os 61 municípios do Amazonas. A transferência de recursos foi aprovada pelo Conselho deliberativo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação e publicada no diário Oficial do dia 18 de maio deste ano. O repasse de R$ 9.712.333,52 tem o objetivo de superar as dificuldades financeiras auxiliar nas despesas de custeio no exercício de 2018, aos entes federativos que recebem o Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Segundo a resolução, verba será depositada nas contas correntes abertas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) em cada município. Os valores serão mantidos e devem ser destinados para cobertura de despesas de custeio, consideradas como manutenção e desenvolvimento do ensino, seguindo Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Cada município recebera um montante calculado nas mesmas proporções aplicáveis ao FPM para o ano de 2018. A análise leva em consideração a população de cada município e a renda per capita de cada estado, a partir de dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Prioridades A verba é para ser utilizada prioritariamente à iniciativa como o Programa Novo Mais Educação, para a melhoria da aprendizagem em língua portuguesa e matemática para alunos do ensino fundamental. Além do fechamento da folha de pagamento dos professores manutenção e desenvolvimento do ensino; remuneração e aperfeiçoamento do pessoal; aquisição, manutenção, construção e conservação de instalações e equipamentos; aquisição de material didático-escolar e manutenção do transporte escolar, coforme artigo 70 da Lei 9394/96. O uso dos recursos também deverá obedecer ao disposto no artigo 70 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) - Lei 9394/96, que prevê aplicação na manutenção e desenvolvimento do ensino; remuneração e aperfeiçoamento do pessoal; fechamento da folha de pagamento dos professores; aquisição, manutenção, construção e conservação de instalações e equipamentos; aquisição de material didático-escolar e manutenção do transporte escolar. Valores repassados Os seguintes municípios receberão R$ 170.996,46 Tabatinga Tefé Os municípios receberão R$ 85.498,23 Tapaua Tonantins Urucurituba Urucara Anori Apuí Atalaia do Norte Beruri Boa Vista do Ramos Envira Fonte Boa Maués Nhamundá Maraã Novo Airão Pauini Os municípios receberão R$ 71.248,39 Uarini Alvarães Canutama Guajará Juruá Jutaí Os municípios receberão R$ 56.988,82 Amaturá Anamã Caapiranga São Sebastião do Uatumã Os municípios receberão R$ 128.247,35 Autazes Benjamin Constant Borba Careiro São Pulo de Olivença Os municípios receberão R$ 99.747.94 Barcelos Carauari Careiro da Várzea Codajás Ipixuna Novo Aripuanã Os municípios receberão R$ 113.997,65 Barrerinha Boca do Acre Eirunepé Manaquiri Nova olinda do Norte Presidente figeuiredo Rio Preto da Eva Os municípios receberão R$ 199.495,89 Coari Os municípios receberão R$ 156.746,77 Humaitá Os municípios receberão R$ 142.497,06 Iranduba Lábrea Os municípios receberão R$ 213.745,59 Itacoatiara Manacapuru Os municípios receberão R$ 42.749,11 Itamarati Itapiranga Japurá Silves Capital, Manaus irá receber R$3.257.216,85 Os municípios receberão R$ 142.497,06 São Gabriel da Cachoeira Os municípios receberão R$ 227.995,30 Parintins Os municípios receberão R$ 99.747,06 Santa Isabel do rio Negro Santo Antônio do Içá
    Suspeito de matar amigo com facada após briga por drogas é preso em Manaus

    Suspeito de matar amigo com facada após briga por drogas é preso em Manaus


    Rayjan de Oliveira teria atraído amigo de infância para emboscada.  Rayjan de Oliveira era procurado pela polícia desde ano passado Adneison Severiano/G1 AM A Polícia Civil prendeu, nessa terça-feira (22), Rayjan de Oliveira Chaves, de 27 anos,...


    Rayjan de Oliveira teria atraído amigo de infância para emboscada.  Rayjan de Oliveira era procurado pela polícia desde ano passado Adneison Severiano/G1 AM A Polícia Civil prendeu, nessa terça-feira (22), Rayjan de Oliveira Chaves, de 27 anos, suspeito de matar Carlos Natanael Batista Pereira Junior, de 31 anos. Ele era amigo de infância da vítima e teria esfaqueado o colega após discussão por drogas. O crime ocorreu em 14 de junho de 2017, na Zona Norte de Manaus. Durante coletiva de imprensa, na manhã desta quarta-feira (23), o suspeito não quis comentar a acusação da polícia. Desde julho do ano passado, havia um mandado de prisão preventiva contra Chaves. Quase um ano depois do assassinato, o suspeito foi localizado na Avenida Duque de Caxias, bairro Praça 14 na Zona Sul da capital. "Chegaram algumas denúncias da possível localidade dele. Depois do homicídio ele ficou um tempo no interior e retornou para Manaus, ficando em várias casas de parentes e chegando a ficar debaixo da ponte ser um usuário de drogas contumaz", disse o delegado Jeff David Mac Donald, titular da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O suspeito foi indiciado por homicídio qualificado e será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde aguardará pelo julgamento. Crime A vítima e o amigo eram usuários de drogas, de acordo com a polícia. Os dois consumiam entorpecentes juntos. Uma briga pela divisão de porções de entorpecentes teriam motivado Rayjan de Oliveira a planejar uma emboscada contra o amigo. Segundo a DEHS, o assassinato ocorreu no dia 14 de junho de 2017, nas proximidades de uma distribuidora no Conjunto Boas Novas, bairro Cidade Nova. "Anteriormente ao atentado houve uma briga por drogas. Ambos são usuários de drogas e no momento da divisão Rayjan queria toda a droga para ele. Isso não aconteceu e Rayjan disse que iria matá-lo. Durante a madrugada eles se encontraram Rayjan convidou a vítima para consumir drogas juntos e deixar a confusão para lá. Quando vítima se posiciona para consumir drogas leva um golpe de faca na região abdominal e Rayjan foge", detalhou o delegado. Carlos Natanael morreu após ser esfaqueado no abdômen com uma faca. Antes de morrer a vítima correu para avenida das Torres e pediu ajuda de um irmão. Ele ainda revelou quem o tinha esfaqueado e a motivação. A família da vítima procurou polícia para denunciar o amigo.

    Copa e eleições podem adiar cronograma de desligamento do sinal analógico, diz Anatel


    De acordo com Juarez Quadros, presidente da agência, adiamento deve atingir cidades onde desligamento estiver programado para períodos próximos aos dois eventos.  O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros,...

    De acordo com Juarez Quadros, presidente da agência, adiamento deve atingir cidades onde desligamento estiver programado para períodos próximos aos dois eventos.  O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, afirmou nesta quarta-feira (23) que o desligamento do sinal analógico de TV pode ser adiado por causa da Copa e das eleições. Segundo Quadros, nos locais onde não for atingido o índice de 90% de residências aptas a receberem o sinal digital e o desligamento estiver programado para uma data muito próxima à Copa ou às eleições, o corte do sinal analógico deve ficar para depois desses eventos. "Se não deu 90% [de residências aptas a receber o sinal digital], não dá para desligar no meio da Copa. É meio arriscado", disse. Copa Na programação da agência, o desligamento nas cidades de Aracaju (SE), Belém (PA), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN) e Teresina (PI) está programada para 30 de maio, sendo que a Copa começa no dia 14 de junho. Já o desligamento nas cidades de Boa Vista (RR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC) está programado para 14 de agosto, sendo que o horário eleitoral gratuito começa no dia 31 de agosto. O presidente da Anatel explicou que, normalmente, a agência pode estender em duas ou três semanas o prazo para o desligamento até que a cidade atinja o índice de 90%. Entretanto, para não não prejudicar a transmissão dos jogos da Copa e da propaganda eleitoral, esse prazo pode ser maior nessas cidades. "Se for passar por um período mais longo até atingir 90%, é preferível deixar pelo menos passar [a Copa ou as eleições]", explicou, o presidente da Anatel.
    Em Manaus, Teatro da Instalação é palco de espetáculo que aborda sobre inclusão de pessoas com deficiência

    Em Manaus, Teatro da Instalação é palco de espetáculo que aborda sobre inclusão de pessoas com deficiência


    Apresentações de "Menino TK" serão nesta quarta e quinta-feira. Espetáculo teatral 'Menino TK' Divulgação O Teatro da Instalação, localizado no Centro de Manaus, recebe o espetáculo teatral "Menino TK", nesta quarta-feira (23) e quinta-feira...


    Apresentações de "Menino TK" serão nesta quarta e quinta-feira. Espetáculo teatral 'Menino TK' Divulgação O Teatro da Instalação, localizado no Centro de Manaus, recebe o espetáculo teatral "Menino TK", nesta quarta-feira (23) e quinta-feira (24). As apresentações abordam sobre a inclusão de pessoas com deficiência por meio da história de um pássaro que nasceu sem asas. Na história encenada, o protagonista é o pássaro TK, que passa a ver a vida a partir de suas limitações, procurando sempre quebrar barreiras do convencional. "Buscamos dentro deste processo entender quais limitações todos temos e de que forma poderíamos ressignificá-las e criar, a partir disso, um ponto de vista diferente", disse por meio de assessoria Felipe Maya Jatobá, que assina a direção, a dramaturgia e os figurinos do espetáculo. Teatro da instalação, em Manaus Divulgação/SEC O espetáculo será apresentado por artistas do Grupo Jurubebas de Teatro. Os atores André Angeli, Caio Muniz, Herberth Virgínio, Victoria Muller e Ton Brasil fazem parte do elenco. O espetáculo foi contemplado pelo Programa Espaço Aberto, da Secretaria de Estado de Cultura do Amazonas (SEC). Serviço O que é: Espetáculo "Menino TK", do Grupo Jurubebas de Teatro Onde: Teatro da Instalação, rua Frei José dos Inocentes, Centro de Manaus Quando: Dias 23 e 24 de maio, às 19h Quanto: R$ 10 (meia-entrada) e R$ 20 (inteira) Classificação: 10 anos