G1 > Amapá

    Vazamento de esgoto em habitacional de Macapá gera transtornos para moradores

    Vazamento de esgoto em habitacional de Macapá gera transtornos para moradores


    Problema no conjunto Macapaba, na Zona Norte, causa mau cheiro. Caesa informou que encaminhará equipe ao local para avaliar a situação e tomar as providências necessárias. Vazamento de esgoto no Macapaba Simone Loureiro/Arquivo Pessoal Um...


    Problema no conjunto Macapaba, na Zona Norte, causa mau cheiro. Caesa informou que encaminhará equipe ao local para avaliar a situação e tomar as providências necessárias. Vazamento de esgoto no Macapaba Simone Loureiro/Arquivo Pessoal Um vazamento na rede de esgoto num dos blocos do conjunto habitacional Macapaba, na Zona Norte de Macapá, tem gerado poluição e mau cheiro, incomodando os moradores. Eles reclamam do não escoamento dos detritos há, pelo menos, um mês. A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) informou que já está ciente da situação e que encaminhará uma equipe ao local para verificar a situação e tomar as devidas providências, mas não especificou uma data para a intervenção. Dezenas de famílias convivem com o problema todos os dias e reclamam do mau cheiro que começa a aparecer logo no início da manhã. Não aguentando mais o transtorno, a técnica em laboratório Simone Loureiro, de 43 anos, usou o Tô Na Rede para relatar como é conviver diariamente com essa situação. Moradores dizem que problema acontece há, pelo menos, um mês no conjunto habitacional Simone Loureiro/Arquivo Pessoal "A gente trabalha quase o dia todo, para chegar em casa e ficar nessa situação. Fora o mau cheiro, moram muitas famílias por aqui, com várias crianças. Ou seja, o acúmulo de água fétida no local pode gerar doenças por atrair animais peçonhentos e insetos", reclamou. Para quem vive mais tempo no habitacional, como a dona de casa Donizete Sena, de 34 anos, os transtornos são maiores. Ela também reforça que paga uma taxa mensal para usufruir o sistema de esgoto, mesmo assim, nenhum reparo foi feito para amenizar o problema. "Eles cobram um valor absurdo para um serviço que virou um problema. Eu não reclamo de pagar taxas, mas fico indignada quando o serviço não é feito", lamentou. Transbordamento da água atrai animais peçonhentos e insetos, diz moradora Simone Loureiro/Arquivo Pessoal Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 24 a 30 de maio

    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 24 a 30 de maio


    'Han Solo: Uma História Star Wars' é a principal estreia da semana. Veja os horários das sessões e os preços nas salas da capital. Joonas Suotamo e Alden Ehrenreitch em cena de 'Han Solo: Uma história Star Wars' Divulgação Assistir a filmes...


    'Han Solo: Uma História Star Wars' é a principal estreia da semana. Veja os horários das sessões e os preços nas salas da capital. Joonas Suotamo e Alden Ehrenreitch em cena de 'Han Solo: Uma história Star Wars' Divulgação Assistir a filmes pode ser uma boa opção de lazer para reunir a família e os amigos. Pensando nisso, o G1 fez uma agenda com as programações dos três cinemas de Macapá para esta semana. Confira quais são os filmes, os horários das sessões e os preços dos ingressos: Cine Teatro Imperator - Villa Nova Shopping Han Solo: Uma História Star Wars (estreia) Sessões: 15h40, 21h (2D dublado); 18h20 (3D dublado) Gênero: Aventura, Fantasia, Ficção Científica Classificação: 12 anos Deadpool 2 Sessões: 14h, 16h30, 19h, 21h30 (2D dublado) Gênero: Ação, Comédia Classificação: 16 anos Verdade ou Desafio Sessão: 13h30 (2D dublado) Gênero: Terror, Suspense Classificação: 14 anos Ingressos: De segunda-feira a quarta-feira: R$ 10 (meia para todos; exceto feriados) e R$ 15 (premium) De quinta-feira a domingo: R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia) e R$ 20 (premium) (A meia-entrada é válida para crianças de até 12 anos e idosos a partir dos 60 anos. Também é válida para estudantes, professores estaduais, municipais e federais, policiais Militar, Civil e Federal, agente penitenciário, guarda municipal, bombeiro militar e empresas conveniadas, que devem apresentar a devida identificação). Josh Brolin e Ryan Reynolds em cena de 'Deadpool 2' Divulgação Moviecom Cinemas, no Macapá Shopping Han Solo: Uma História Star Wars (estreia) Sessões: 13h30, 15h45, 18h50, 21h30 (2D dublado); 16h10 (3D dublado); 21h30 (3D legendado) Gênero: Aventura, Fantasia, Ficção Científica Classificação: 12 anos Deadpool 2 Sessões: 14h15, 16h45, 18h15, 19h15, 21h45 (2D dublado) Gênero: Ação, Comédia Classificação: 16 anos Vingadores: Guerra Infinita Sessões: 14h15, 17h15, 20h15 (3D dublado); 15h15, 18h30, 20h45 (2D dublado) Gênero: Ação, Ficção científica Classificação: 12 anos Ingressos: Para sessões em 2D Segundas, terças e quartas: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) Moviecom+ 2D Segundas e terças: R$ 14 Quartas-feiras: R$ 7 Quinta a domingo e feriados: R$ 16 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão Para sessões em 3D Segunda a quarta: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriado (matinê*): R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia) Quinta a domingo e feriado (noite): R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) (*matinê são sessões iniciadas até às 17h59) Moviecom+ 3D Segundas e terças: R$ 20 Quartas-feiras: R$ 10 Quinta a domingo e feriados: R$ 24 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão) Josh Brolin é o titã Thanos em 'Vingadores: Guerra Infinita' Divulgação Cinépolis, no Amapá Garden Shopping Han Solo: Uma História Star Wars (estreia) Sessões: 14h30, 17h30 (3D dublado - Sala VIP); 20h30 (3D legendado - Sala VIP); 13h, 14h15, 16h, 19h30 (3D dublado); 19h, 22h (3D dublado) Gênero: Aventura, Fantasia, Ficção Científica Classificação: 12 anos A Abelhinha Maya: O Filme Sessões: 13h15, 15h15 (2D dublado) Gênero: Animação, Comédia, Família Classificação: livre A Noite do Jogo Sessão: 20h15 (2D dublado) Gênero: Comédia, Crime Classificação: 14 anos Deadpool 2 Sessões: 15h30, 18h15 (2D dublado - Sala VIP); 21h (2D legendado - Sala VIP); 13h45, 16h15, 18h30, 21h15 (2D dublado); 17h, 22h15 (2D legendado) Gênero: Ação, Comédia Classificação: 16 anos Paulo, Apóstolo de Cristo Sessão: 17h45 (2D dublado) Gênero: Drama, Ficção Histórica Classificação: 12 anos Vingadores: Guerra Infinita Sessões: 14h, 14h45, 17h15, 18h, 21h30 (2D dublado); 20h45 (2D legendado) Gênero: Ação, Ficção científica Classificação: 12 anos Ingressos: Para sessões em 2D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira - matinê**), R$ 10 (meia - matinê); R$ 22 (inteira - noite), R$ 11 (meia-noite) (**matinê são sessões iniciadas até as 16h55, e noite, a partir de 17h) Para sessões em 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) Quinta à domingo e feriados: R$ 27 (inteira) e R$ 13,50 (meia) Para sessões em Sala VIP - 2D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 33 (inteira - matinê), R$ 16,50 (meia - matinê); R$ 36 (inteira - noite), R$ 18 (meia-noite) Para sessões em Sala VIP - 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 28 (inteira) e R$ 14 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) Veja o primeiro trailer de 'Han Solo: Uma história Star Wars' Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Justiça do AP solta PMs envolvidos em ação que provocou morte de suspeito de roubo

    Justiça do AP solta PMs envolvidos em ação que provocou morte de suspeito de roubo


    Quatro militares foram presos preventivamente seis dias após o caso, ocorrido em 22 de março. Polícia declarou que Willian Natividade reagiu à prisão; testemunhas contestam versão. Vídeo mostra suspeito de roubos ainda vivo sendo...


    Quatro militares foram presos preventivamente seis dias após o caso, ocorrido em 22 de março. Polícia declarou que Willian Natividade reagiu à prisão; testemunhas contestam versão. Vídeo mostra suspeito de roubos ainda vivo sendo detido Reprodução Foram liberados pela Justiça e devem ser soltos ainda nesta quinta-feira (24) os quatro policiais militares envolvidos na ação que terminou na morte do suspeito de assalto Willian Natividade Silveira, de 27 anos, no dia 22 de março, numa intervenção policial no bairro Congós, na Zona Sul de Macapá. A soltura foi confirmada pelo advogado de defesa Charles Bordalo. O grupo foi preso seis dias após o caso, a pedido do Ministério Público (MP-AP). Segundo a Polícia Militar (PM), Willian foi morto após ter reagido a abordagem dos militares dentro de uma casa em área de pontes. Na época, moradores cederam ao G1 um vídeo mostrando o suspeito ainda vivo, sendo levado para dentro da casa onde ocorreu a morte. De acordo com eles, não houve troca de tiros. Nas imagens, o homem aparece sendo detido pelos policiais e, em seguida, entra na residência. Bordalo detalhou que o habeas corpus foi apreciado na sessão da Câmara Única do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap). Mesmo com a liberação, os policiais militares serão ouvidos nesta sexta-feira (25) em audiência de instrução do caso onde serão ouvidas testemunhas e apresentadas provas em vídeo. Homem morre em suposta troca de tiros com a PM; Vídeo mostra suspeito ainda vivo Após a prisão, os quatro policiais foram apresentados no Centro de Custódia do bairro Zerão, destinados a servidores públicos. Quase um mês depois, foram transferidos para cela especial dentro do quartel do Comando-Geral da Polícia Militar. Os quatro são réus desde o dia 17 de abril, quando o Tjap aceitou denúncia do MP-AP. Eles respondem pelos crimes de homicídio duplamente qualificado, fraude processual e abuso de autoridade. "Eles estão todos acusados pelo mesmo crime e isso é um absurdo. Estamos trabalhando para reverter isso. Somente um atirou, somente um atirou no suspeito quando este puxou uma arma para ele. Os outros estavam vasculhando a casa e o outro estava do lado de fora fazendo o procedimento padrão. A prisão foi de forma genérica", detalhou o advogado Charles Bordalo. Charles Bordalo, advogado de defesa dos PMs Arquivo G1 Ação policial A ocorrência aconteceu no dia 22 de março, na Rua Carlos Drummond de Andrade. A polícia chegou no local após receber denúncia anônima de que William estava com uma arma de fogo na área de ponte. A corporação informou, no dia da morte do suspeito, que os militares entraram na residência por volta das 7h, em busca da arma, quando ele teria feito o movimento que causou a reação militar, que atingiu o peito e causou a morte. A PM afirma que William era suspeito de diversos roubos. Um vídeo mostra William ainda vivo, sendo levado para dentro da casa onde ocorreu a morte. Em outro vídeo, um dos policiais envolvidos na ação aparece manuseando uma arma, no momento que seria após a morte do suspeito. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Ação Global terá 225 parceiros e 1,5 mil voluntários no Amapá

    Ação Global terá 225 parceiros e 1,5 mil voluntários no Amapá


    Iniciativa ocorrerá no sábado (26) no bairro Jardim Felicidade 2, das 8h às 17h. Cerca de 28 mil pessoas são esperadas. Grupo de amigos, acadêmicos do curso de enfermagem serão voluntários na ação em Macapá Rita Torrinha/G1 Está tudo...


    Iniciativa ocorrerá no sábado (26) no bairro Jardim Felicidade 2, das 8h às 17h. Cerca de 28 mil pessoas são esperadas. Grupo de amigos, acadêmicos do curso de enfermagem serão voluntários na ação em Macapá Rita Torrinha/G1 Está tudo alinhado e pronto para a realização da 25ª Ação Global no Amapá. Um encontro com os 225 parceiros dessa edição acertou os últimos detalhes dos mais de 70 serviços que serão oferecidos à comunidade no sábado (26), no bairro jardim Felicidade 2, na Zona Norte de Macapá. Os atendimentos, nas áreas de saúde, cultura, assistência social, lazer, apoio jurídico, entre outros, acontecerão das 8h às 17h. Na reunião, realizada na quarta-feira (23), no Projeto Minha Gente, a coordenação geral do evento repassou aos envolvidos os materiais de trabalho e informações importantes para o dia da ação. “Alinhamos todo o projeto e foi dia de entregarmos os kits do uniforme, os tíquetes de alimentação e de água para nossos parceiros e os mais de 1,5 mil voluntários que integram a iniciativa este ano. Todos estão preparados para atender da melhor forma e com muita cidadania, as mais de 28 mil pessoas esperadas”, informou a coordenadora geral, Silmara dos Anjos. Entrega da blusa oficial do evento fez parte da reunião final de preparação da Ação Global 2018 Rita Torrinha/G1 Um grupo formado por 12 acadêmicos do curso de enfermagem está animado para o sábado. Eles participarão como voluntários e serão responsáveis em fazer o primeiro atendimento na área da saúde. São eles que vão a triagem dos pacientes, antes de eles serem encaminhados aos especialistas. “Faremos a verificação da pressão arterial, glicemia capilar, testes rápidos, medida da circunferência abdominal, toda a triagem antes de a pessoa ser encaminhada aos médicos. A Ação é uma forma de a gente aprimorar os nossos conhecimentos técnicos e, o fundamental, vamos prestar atendimento a quem necessita de verdade e que muitas vezes não tem acesso, falou Edicilene Marinho, de 32 anos, acadêmica do curso de enfermagem e técnica de enfermagem. Sesc desenvolverá atividades recreativas para crianças e adolescentes durante a ação, diz o coordenador Cleuson Feijó Rita Torrinha/G1 Na ação Global, as crianças e adolescentes também terão um espaço reservado. Com mais de 7 atividades, a coordenação de lazer do Serviço Social do Comércio (Sesc) realizará na quadra da Escola Maria do Carmo, jogos de trilha e de tabuleiro, pintura facial, jogos de mesa. Tudo foi preparado com zelo, explica o coordenador Cleuson Feijó. “É o terceiro ano que participo da ação. Pra gente é um momento de grande satisfação. A atividade recreativa vem como atrativo dentro da programação de lazer. A criança brinca, extravasa, socializa e traz alegria para a comunidade”, disse. A Ação Global vai acontecer em quatro espaços bem próximos e os atendimentos foram setorizados. Na Escola Maria Merian vão ser concentrados os atendimentos de saúde; no Projeto Minha Gente vão ser realizadas ações educativas e o casamento comunitário; na Escola Maria do Carmo os atendimentos vão ser voltados à cidadania e lazer; e na praça do bairro serão desenvolvidas mais atividades esportivas e de lazer. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Funcionário do Rurap é morto com facada em casa de amigo no interior do Amapá

    Funcionário do Rurap é morto com facada em casa de amigo no interior do Amapá


    PM prendeu a companheira de Richardson Pires Martins que confessou a autoria do crime na noite de quarta-feira (23), em Tartarugalzinho. Caso será investigado pela Delegacia de Tartarugalzinho Divulgação/Polícia Civil Richardson Pires Martins,...


    PM prendeu a companheira de Richardson Pires Martins que confessou a autoria do crime na noite de quarta-feira (23), em Tartarugalzinho. Caso será investigado pela Delegacia de Tartarugalzinho Divulgação/Polícia Civil Richardson Pires Martins, funcionário do Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rural), de 28 anos, foi morto com uma facada no peito na noite de quarta-feira (23), no município de Tartarugalzinho, a 203 quilômetros de Macapá. Uma jovem de 18 anos, que seria companheira da vítima, foi presa suspeita de ter desferido o golpe. De acordo com o 7º Batalhão da Polícia Militar, que atende o município, a equipe foi chamada para atender a ocorrência de lesão corporal na Avenida Presidente Dutra, que seria na casa de um amigo da vítima. A polícia apurou que Richardson estava consumindo bebida alcoólica quando, por volta de 21h, a suspeita chegou na casa e desferiu a facada no peito dele. O G1 tenta contato com a Polícia Civil para saber mais detalhes sobre o homicídio. Quando a polícia chegou ao local, Richardson ainda tinha sinais vitais. Ele foi levado para a Unidade Básica de Saúde do município, mas não resistiu ao ferimento e morreu. A suspeita foi encontrada na casa de familiares e, segundo a PM, confessou a autoria do crime assim que foi detida. De acordo com a polícia, o crime foi motivado por briga e ciúmes. O caso será investigado pela Delegacia de Tartarugalzinho. A Polícia Técnico-Científica (Politec) foi chamada para fazer a remoção do cadáver. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Risco da falta de diesel motiva redução de até 50% na frota de ônibus em Macapá

    Risco da falta de diesel motiva redução de até 50% na frota de ônibus em Macapá


    Medida vale a partir das 13h desta quinta-feira (24). CTMac e empresas definiram que 30% dos veículos não vão rodar nos horários de pico e metade da frota não circula nos demais horários. Veículos serão reduzidos em horários de maior...


    Medida vale a partir das 13h desta quinta-feira (24). CTMac e empresas definiram que 30% dos veículos não vão rodar nos horários de pico e metade da frota não circula nos demais horários. Veículos serão reduzidos em horários de maior movimento John Pacheco/G1 A greve dos caminhoneiros em todo o país e o risco de desabastecimento de combustível motivou nesta quinta-feira (24) o anúncio da limitação na circulação do transporte público em Macapá. Dos cerca de 190 ônibus da frota regular da capital, haverá a redução de 30% dos veículos nos horários de pico e 50% nos demais horários. A medida começa a ser praticada às 13h e segue de forma preventiva até a terça-feira (29), informou a Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac). O acordo foi acertado durante a manhã com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Amapá (Setap). Os horários de pico definidos pela CTMac para maior oferta serão de 6h às 8h, 12h às 14h e 18h às 20h. Ao todo 190 veículos circulam na capital e a redução dos carros vai atingir principalmente as linhas com maior quantidade, que atendem bairros das zonas Norte, Oeste e Sul. Em reunião, empresa e companhia apresentaram previsão de que se a frota continuasse circulando normalmente havia o risco de desabastecimento de diesel na próxima semana. "Queremos garantir que as pessoas tenham transporte público e não sabemos até quando essa greve vai durar. Sentamos com o Setap e agora monitoramos os ônibus e enquanto perdurar essa situação vamos reduzir a frota. Algumas linhas que têm poucos carros não serão afetadas", detalhou André Lima, diretor-presidente da CTMac. Greve dos caminhoneiros Os trabalhadores entraram no quarto dia de greve após o novo aumento no valor dos combustíveis nas refinarias de todo o país. Os protestos bloquearam rodovias, empresas e prejudicam o abastecimento de produtos e alimentos na maioria dos estados. O G1 acompanha em tempo real os reflexos da greve no país. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Com receio de faltar gasolina, motoristas fazem filas em postos de Macapá

    Com receio de faltar gasolina, motoristas fazem filas em postos de Macapá


    Preços de postos das zonas Sul e Central variam de R$ 4,08 a R$ 4,40. Gerentes dos postos dizem que os estoques não vão ficar zerados. Filas começam a crescer nos postos na Zona Central da capital Carlos Alberto Jr/G1 O medo de faltar gasolina nos...


    Preços de postos das zonas Sul e Central variam de R$ 4,08 a R$ 4,40. Gerentes dos postos dizem que os estoques não vão ficar zerados. Filas começam a crescer nos postos na Zona Central da capital Carlos Alberto Jr/G1 O medo de faltar gasolina nos próximos dias por causa dos protestos dos caminhoneiros em todo o Brasil, levou a uma corrida de motoristas aos postos de combustíveis de Macapá. Na manhã desta quinta-feira (24), postos na Zona Central da capital tinham filas com mais de 20 carros aguardando para abastecer. TEMPO REAL: Greve de caminhoneiros chega ao 4º dia; veja reflexos pelo país De acordo com gerentes de alguns estabelecimentos, não existe a possibilidade dos estoques ficarem zerados, mesmo assim, isso não diminui o medo dos motoristas em não conseguir mais abastecer seus veículos. Além do receio com a falta, outra preocupação é sobre o aumento no litro da gasolina, que, de acordo com os postos visitados pelo G1, localizados nas zonas Sul e Central, variam entre R$ 4,08 a R$ 4,40. Pensando em economizar, a professora Ane Fernandes, de 37 anos, enfrentou mais de uma hora de fila para abastecer o carro. Para ela, pagar R$4,08 no litro da gasolina vale a pena, apesar da demora. "Em relação a outros postos da cidade, esse é um preço mais em conta. Então o jeito é enfrentar essa fila, já pensando na possibilidade desses preços elevarem ainda mais ou até mesmo na falta dele", comentou. Além do consumo no dia a dia, o combustível é essencial para quem mora no interior, uma vez que em muitas localidades a energia elétrica é gerada pela gasolina. Manoel de Fátima da Silva, de 53 anos, trabalha com o transporte, compra e venda de açaí. Mesmo vivendo na capital, frequentemente ele passa dias no interior do estado por conta do trabalho. Manoel disse que, em menos de duas semanas, está pagando quase o dobro no combustível. Manoel de Fátima da Silva fez um estoque com receio da falta do combustível, essencial no interior do estado Carlos Alberto Jr/G1 "Quem vive no interior do estado está sofrendo bem mais, o pouco tempo que passo lá notei o quanto passei a gastar em menos de duas semanas, é quase o dobro. Agora, que podemos até ficar sem, me vejo obrigado a fazer um estoque", lamentou. Com o anuncio do aumento de 0,97% mais caro nas refinarias, caminhoneiros de todo país iniciaram na segunda-feira (21) uma greve pedindo a diminuição no preço do combustível. Caçambeiros do Amapá chegaram a iniciar uma manifestação na Rodovia Duca Serra, na Zona Oeste, em apoio a greve nacional, mas o protesto não seguiu aos demais dias. O agente de segurança Nilson Viana, de 49 anos, está na esperança que a pressão dos caminhoneiros seja efetiva e que diminua o preço do combustível. "Mesmo procurando o lugar mais em conta, ele já está com um preço mais elevado que o combustível nas últimas semanas. Estou torcendo que essa greve a faça com que eu pague menos nos próximos dias", disse. Agente de segurança Nilson Viana torce para que a greve dos caminhoneiros resulte na baixa no preço do combustível Carlos Alberto Jr/G1 Na manhã desta quinta-feira (24), a Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac), informou que haverá a redução de 30% dos veículos nos horários de pico e 50% nos demais horários, devido ao risco de desabastecimento de diesel. O vigilante Wild Trindade, de 30 anos, mesmo sabendo que está pagando mais caro, preferiu pegar uma fila menor para conseguir abastecer o seu carro. "Meu maior receio é não ter combustível, melhor pagar um pouco mais caro do que não ter outro dia", contou. Wild Trindade prefere pagar um pouco mais do que não ter combustível Carlos Alberto Jr/G1 Motoristas já fazem estoque com receio da falta do combustível Carlos Alberto Jr/G1 Fila num posto de combustível na Zona Central dobrou a esquina Carlos Alberto Jr/G1 Preços nos postos das zonas Sul e Central da capital variam entre R$ 4,08 a R$ 4,40 Carlos Alberto Jr/G1 Initial plugin text Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Operação da Polícia Civil busca produtos de furtos na Zona Sul de Macapá

    Operação da Polícia Civil busca produtos de furtos na Zona Sul de Macapá


    Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta quinta-feira (24). Furtos ocorreram em lojas e condomínios na Rodovia JK. É a segunda operação realizada nesta manhã. Durante operação da Polícia Civil em Macapá, homem foi preso com...


    Sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta quinta-feira (24). Furtos ocorreram em lojas e condomínios na Rodovia JK. É a segunda operação realizada nesta manhã. Durante operação da Polícia Civil em Macapá, homem foi preso com produtos de roubo Polícia Civil/Divulgação Uma operação planejada pela 9ª Delegacia de Polícia Civil do Amapá, do bairro Zerão, na Zona Sul de Macapá, cumpriu sete mandados de busca e apreensão, e também prendeu uma pessoa em flagrante na manhã desta quinta-feira (24). As ações foram realizadas em casas no bairro Pedrinhas e em embarcações ancoradas em portos da capital. De acordo com o delegado Nixon Kennedy, os trabalhos foram voltados para recolher objetos ligados a furtos em lojas e em casas de condomínios ao longo da Rodovia JK, na Zona Sul. “É uma investigação que já vinha sendo realizada há aproximadamente 3 meses. Essa investigação diz respeito a vários furtos ocorridos em condomínios da Rodovia JK. Durante essa investigação, nós identificamos pessoas que estariam praticando esses crimes, por isso solicitamos os mandados para recuperar os objetos furtados e nós fomos cumprir nessa manhã”, contou Kennedy. Objetos encontrados na casa de suspeito estavam embalados Polícia Civil/Divulgação Durante a operação, a polícia localizou um dos investigados, de 29 anos, na região conhecida como "Conjunto Barcelos", com objetos que seriam de um furto a uma loja. Ele foi preso em flagrante por receptação, porque a empresa confirmou o crime. “Na residência de um deles, nós identificamos objetos que estavam embalados, como caixas de martelo e de chaves de fenda; todos lacrados, típicos de subtração. A residência do investigado é muito simples, mas com muitos objetos que, a princípio, teriam sido furtados de uma loja. Nós identificamos a loja por uma etiqueta, falamos com a vítima, que confirmou o furto e nós, então, executamos a prisão pelo crime de receptação, porque ele nega a participação no furto, mas ele estava ocultando produto de crime”, descreveu. A investigação sobre os crimes que geraram a operação continua. Além dessa, a Polícia Civil também realizou outra operação nesta quinta-feira: foi a “Dura Lex Sed Lex”, que cumpriu 6 de 12 mandados de prisão na capital, contra suspeitos da prática de vários crimes no estado, como roubo, furto e estelionato. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Polícia Civil cumpre mais de 10 mandados de prisão em operação em Macapá

    Polícia Civil cumpre mais de 10 mandados de prisão em operação em Macapá


    Operação 'Dura Lex Sed Lex' está nas ruas da capital desde as primeiras horas desta quinta-feira (24). Suspeitos detidos estariam envolvidos em crimes de roubo e estelionato. Detidos pelos agentes estão sendo levados para o Ciosp do Pacoval Jorge...


    Operação 'Dura Lex Sed Lex' está nas ruas da capital desde as primeiras horas desta quinta-feira (24). Suspeitos detidos estariam envolvidos em crimes de roubo e estelionato. Detidos pelos agentes estão sendo levados para o Ciosp do Pacoval Jorge Abreu/G1 Agentes da Polícia Civil estão cumprindo mandados de prisão em Macapá desde as primeiras horas desta quinta-feira (24) referentes à operação "Dura Lex Sed Lex". A ação está buscando suspeitos da prática de vários crimes no estado, como homicídio, roubo, furto e estelionato. Ao todo 12 mandados de prisão foram expedidos, dos quais seis teriam sido cumpridos até às 8h30, segundo o Núcleo de Operações e Inteligência (NOI), que coordena as atividades. Os detidos não tiveram o nome revelado até o momento e estão sendo levados para o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), na Zona Norte da capital. O nome da operação é referência a uma expressão em latim, que traduzida para a língua portuguesa significa “a lei é dura, mas é a lei”. Alan Moutinho, titular do NOI, detalhou que a operação foi realizada por 12 agentes e dois delegados. "São diversos crimes e os mandados foram cumpridos em parceria com a Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio [DECCP]", frisou o titular do Núcleo. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Com frota dobrada em dez anos, Macapá tem 1 carro para cada 3 habitantes

    Com frota dobrada em dez anos, Macapá tem 1 carro para cada 3 habitantes


    Quantidade de veículos na capital saltou de 71 mil em 2008 para 148 mil até março deste ano. Companhia de Trânsito prevê aumento de vagas e sinalização em vias para reduzir gargalos. Automóveis e motos são a grande maioria da frota da...


    Quantidade de veículos na capital saltou de 71 mil em 2008 para 148 mil até março deste ano. Companhia de Trânsito prevê aumento de vagas e sinalização em vias para reduzir gargalos. Automóveis e motos são a grande maioria da frota da capital John Pacheco/G1 Os gargalos no trânsito já são perceptíveis em Macapá, onde a cidade ainda pequena em relação aos grandes centros, encara problemas de metrópoles, como a falta de estacionamento em locais de alta concentração, além dos engarrafamentos em vários trechos nos horários de pico. Uma das razões para os transtornos foi o aumento na frota de veículos na capital em relação ao crescimento e expansão de vias, além da implantação de métodos para concentrar o tráfego de carros, motos e ônibus. Nos últimos dez anos, a frota da capital saltou de 71 mil em 2008 para 148 mil até março deste ano, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Com uma população estimada de 474.706 habitantes no fim do ano passado, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Macapá tem média atual de 3,2 veículos para cada habitante. Os carros são a maioria, com 62.883 unidades, seguido 46.822 motos. Pontos de mototaxistas e taxistas serão organizados para abrir vagas Rede Amazônica/Reprodução Frota de veículos em Macapá (em unidades) Automóveis: 62.883 Motos: 46.822 Caminhonete: 17.512 Motoneta: 8.671 Camioneta: 3.508 Caminhão: 2.984 Reboque: 1.037 Ônibus: 392 Micro-ônibus: 345 Caminhão trator: 267 Para minimizar a situação do estacionamento, que tem carência de vagas em vários pontos do Centro, a Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac) prevê a otimização de espaços destinados às paradas obrigatórias, gerando novos locais para os motoristas. "O enxugamento dos pontos destinados a taxistas e mototaxistas. Tem alguns quarteirões onde tem dois, três pontos. Vamos enxugar para abrir vagas e futuramente implantar o sistema de estacionamento rotativo na nossa cidade", espera André Lima, diretor-presidente da CTMac. Além da abertura, a administração municipal anunciou um pacote de ações para dar celeridade ao fluxo de trânsito da capital, principalmente em pontos do Centro, da Zona Norte e da Zona Sul. "Licitamos ano passado o parque mobilidade e os primeiros projetos serão entregues agora em julho. São 42 quilômetros de vias onde terão um novo desenho de fluxo. Não só a questão de recapeamento, mas também de sinalização e do entorno dessas ruas", completou Lima. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Clima junino e Copa do Mundo dividem vitrines de lojas no comércio de Macapá

    Clima junino e Copa do Mundo dividem vitrines de lojas no comércio de Macapá


    Multicolorido de São João e as cores da bandeira brasileira dão o tom às apostas dos empresários para as vendas de junho. A procura ainda é tímida, mas a tendência é melhorar. Festa junina e Copa do Mundo são apostas de empresários em...


    Multicolorido de São João e as cores da bandeira brasileira dão o tom às apostas dos empresários para as vendas de junho. A procura ainda é tímida, mas a tendência é melhorar. Festa junina e Copa do Mundo são apostas de empresários em Macapá Jorge Abreu/G1 Faltando menos de um mês para a Copa do Mundo, o centro comercial de Macapá vai ganhando aos poucos as cores verde e amarela. Mas, o clima de futebol não é a única aposta dos empresários, a chegada da quadra junina divide espaço nas vitrines e calçadas das lojas, garantindo o colorido e a alegria típicos da época. Com 60 anos de experiência no comércio amapaense no ramo de adereços, vestuário e fantasias, a empresária Corina Lopes, de 85 anos, relata que o fluxo das vendas foi melhor em outras épocas. Porém, apesar da diminuição da procura, ela mantém a esperança de boas vendas. “Tem mais ou menos uns 15 anos que aposto de verdade na festa junina, carnaval e na Copa do Mundo. Eu tenho fé em Deus que tudo vai dar certo esse ano. Já sou acostumada a trabalhar com isso, então não estranho mais esse vai e vem do comércio”, disse. Empresária Corina Lopes atua há 60 anos no comércio amapense Jorge Abreu/G1 Para não sair no prejuízo, Corina fez pedidos em menor proporção de encomendas relacionados aos temas, comparados aos anos anteriores. Tem produtos que seguem a linha tanto da Copa, quanto da festa junina, tudo para chamar a atenção dos consumidores. “É assim, começa devagarzinho, mas a gente chega lá. Do dia 5 até o dia 12 [de junho] a gente espera que as vendas melhorem. Tenho meias, camisas, bandeiras, vários artigosem que dá certo”, continuou. Com a chegada do mês de junho, artigos relaciobnados a Copa do Mundo e festas juninas dominam as vitrines Jorge Abreu/G1 Os preços também fazem a diferença na hora da compra. Corina destaca que sempre opta por valores mai acessíveis, levando em conta a qualidade do produto e onde foi adquirido até chegar às prateleiras da loja. “Eu me organizo o ano inteiro para apostar no tema. Faço minhas compras aqui [Macapá], em Belém e Fortaleza. Faço as encomendas e, a partir da semana que vem estarei cheia de novidades de São João e também do Brasil”, finalizou a empresária. Lojas em Macapá expõem artigos com cores verde e amarelo Jorge Abreu/G1 Consumidores ainda pouco procuram produtos relacionados aos temas Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Empresário acusado de aplicar golpes milionários no AP e PA vira réu na Justiça Federal

    Empresário acusado de aplicar golpes milionários no AP e PA vira réu na Justiça Federal


    Elton Lira, a ex-companheira dele, Dayanne Lima e outras nove pessoas foram indiciadas. Grupo é acusado de desviar cerca de R$ 30 milhões de fundos da previdência. Empresário Elton Lira e outras 10 pessoas viram réus em processo que investiga...


    Elton Lira, a ex-companheira dele, Dayanne Lima e outras nove pessoas foram indiciadas. Grupo é acusado de desviar cerca de R$ 30 milhões de fundos da previdência. Empresário Elton Lira e outras 10 pessoas viram réus em processo que investiga fraudes em recursos de fundos de previdências Reprodução/Rede Amazônica O empresário Elton Félix GobiLira, a ex-companheira dele, Dayanne Lima, e outras nove pessoas viraram réus em processo que investiga desvio de mais de R$ 30 milhões em recursos de fundos de previdência de prefeituras dos estados do Pará, Tocantins, Santa Catarina e Amapá. A denúncia foi aceita pelo juiz Antônio Carlos Almeida Campelo, da 4ª Vara Federal de Belém. Na decisão, o juiz determinou que as polícias dos quatro estados, e mais as do Maranhão, Ceará, Rio de Janeiro, Paraná e São Paulo, compartilhem informações, uma medida que poderá facilitar as investigações e descobrir se existem outros casos de fraudes. De acordo com as investigações da Polícia Federal (PF), Elton Lira, que se apresentava como investidor, conseguiu arrecadar cerca de R$ 30 milhões das prefeituras, prometendo altos rendimentos no mercado financeiro, o dinheiro, no entanto, nunca retornou aos cofres públicos. Ele segue preso. Dayanne Lima está presa desde o dia 11 de abril no presídio do Amapá Reprodução/Rede Amazônica Dayanne Lima está presa desde o dia 11 de abril no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen). Segundo a PF, ela recebeu cerca de R$ 2 milhões de forma ilícita. O dinheiro teria sido depositado diretamente nas contas pessoal e da empresa dela, a DL Produções, que realizava grandes shows de música sertaneja em Macapá. Na mesma decisão, o juiz Antônio Campelo também mandou retirar o caráter sigiloso do processo. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Enfermaria do Hospital de Emergências de Macapá fica alagada após chuvas; VÍDEO

    Enfermaria do Hospital de Emergências de Macapá fica alagada após chuvas; VÍDEO


    Imagens mostram a água saindo pelo teto, laterais das paredes e luminárias. Pacientes idosos que estavam internados na ala foram removidos para outro espaço, informou a direção da unidade. Enfermaria do Hospital de Emergências de Macapá fica...


    Imagens mostram a água saindo pelo teto, laterais das paredes e luminárias. Pacientes idosos que estavam internados na ala foram removidos para outro espaço, informou a direção da unidade. Enfermaria do Hospital de Emergências de Macapá fica alagada após chuvas; VÍDEO Uma enfermaria do Hospital de Emergências (HE) de Macapá ficou alagada durante as chuvas que ocorreram na cidade na terça-feira (22). Imagens feitas por pessoas que estavam no local, e compartilhadas nas redes sociais, mostram a água saindo pelo teto, laterais das paredes e pelas luminárias. A direção da unidade hospitalar informou que a reforma já está ocorrendo. Nas imagens, é possível ver que a enfermaria está cheia de pacientes, a maioria idosos. Há muitas goteiras. A água também escorre por trás de uma central de ar, em grande quantidade. De acordo com a direção do HE, os pacientes foram transferidos para outra ala. Em nota, o hospital informou que o transtorno foi causado por fortes ventanias, junto com as chuvas, que destelharam parte da unidade, resultando no vazamento de água na enfermaria. Disse ainda que os pacientes em nenhum momento ficaram desassistidos e que a empresa responsável pela manutenção do prédio já está fazendo os devidos reparos. Água saiu por goteiras, laterais das paredes e até pelas luminárias Rede Amazônica/Reprodução Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para 24 de maio

    Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para 24 de maio


    Há oportunidades para cuidador de idosos, confeiteiro, panfleteiro e mecânico de motocicleta. Número de vagas é de acordo com as empresas cadastradas. Sine oferta uma vaga para cuidador de idosos em Macapá Divulgação/Prefeitura de Arraial do...


    Há oportunidades para cuidador de idosos, confeiteiro, panfleteiro e mecânico de motocicleta. Número de vagas é de acordo com as empresas cadastradas. Sine oferta uma vaga para cuidador de idosos em Macapá Divulgação/Prefeitura de Arraial do Cabo O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Confeiteiro – 2 vagas Cuidador de idoso – 1 vaga Panfleteiro - 1 vaga Mecânico de motocicleta – 1 vaga
    Tiririca conta trajetória de vida no espetáculo 'Minha História' em Macapá

    Tiririca conta trajetória de vida no espetáculo 'Minha História' em Macapá


    Apresentação única acontece na sexta-feira (1º) em uma casa de eventos no Centro da capital. Show inclui piadas, músicas e brincadeiras interativas com o público. Cearense Tiririca faz show na sexta-feira (1º) em Macapá Divulgação A...


    Apresentação única acontece na sexta-feira (1º) em uma casa de eventos no Centro da capital. Show inclui piadas, músicas e brincadeiras interativas com o público. Cearense Tiririca faz show na sexta-feira (1º) em Macapá Divulgação A trajetória do cearense Francisco Everardo Oliveira Silva, mais conhecido como Tiririca, é o tema do espetáculo solo do humorista. Chamado "Minha História", o show, que é o primeiro do artista no Amapá, acontece na sexta-feira (1º), às 21h, em uma casa de eventos na Zona Central de Macapá. O show seria no dia 25 de maio, mas, devido aos cancelamentos de voos pelo Brasil, foi adiado para a sexta-feira seguinte, 1º de junho. Protagonizada pelo próprio humorista, a apresentação revive momentos marcantes e cômicos da trajetória de Tiririca, trazendo de volta músicas e piadas já conhecidas do público. O show conta a história atravessando a infância até os trabalhos no circo como palhaço, mágico e trapezista, o artista não poupa nas brincadeiras e também satiriza sobre a própria vida na política. Marlon Santos, produtor do espetáculo na capital, diz que trazer o humorista para o estado era um desejo antigo e o novo show é muito significativo para os fãs. "Nesse espetáculo, ele [Tiririca] relembra grandes momentos da carreira e conta sobre detalhes da infância dele, algo que vai deixar os fãs bem felizes", enfatizou. No espetáculo, ele faz ainda comentários sobre o cenário político no Brasil e fala sobre a carreira como deputado federal, eleito em 2010 e reeleito em 2014. Em 2017 Tiririca abandou a vida pública após viver anos se envergonhando com a vida política, segundo o próprio. Os ingressos estão sendo vendidos em um posto de vendas num shopping do Centro da capital aos preços de R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira). Serviço Espetáculo "Minha História", de Tiririca Data: 1º de maio (sexta-feira) Hora: 21h Local: Di Vetro (Avenida Antônio Coelho de Carvalho, Nº1227, Centro) Ingressos: R$ 40 (meia) e R$ 80 (inteira) Posto de venda: Loja Morana, no Macapá Shopping (4º Piso) Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    MP do Trabalho aponta irregularidades em hospitais do AP não resolvidas após 5 anos

    MP do Trabalho aponta irregularidades em hospitais do AP não resolvidas após 5 anos


    Funcionários estariam expostos à contaminação e atuando sem equipamentos de segurança necessários. MPT ingressou com ação contra o governo do estado exigindo 144 mudanças. Em 2014, grande quantidade de lixo foi acumulada dentro de área do...


    Funcionários estariam expostos à contaminação e atuando sem equipamentos de segurança necessários. MPT ingressou com ação contra o governo do estado exigindo 144 mudanças. Em 2014, grande quantidade de lixo foi acumulada dentro de área do Hospital das Clínicas Alberto Lima Abinoan Santiago/Arquivo G1 A exposição de funcionários ao risco de contaminação biológica e acidentes físicos, além da falta de orientação sobre como atuar em áreas de perigo, foram algumas das irregularidades identificadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em hospitais da rede pública estadual do Amapá. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), por meio de nota, informou que vai implantar Núcleos de Segurança do Trabalhador dentro da Sesa, e nas unidades assistenciais progressivamente. A pasta reforçou que os profissionais passam por capacitações frequentes. A ausência no cumprimento das normas de segurança é identificada pelo órgão desde 2013, quando foram realizadas inspeções nas unidades do estado: Hospital das Clínicas Alberto Lima (Hcal), Hospital de Emergência (HE), Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), Hospital da Criança e do Adolescente (HCA) e o Hospital Estadual de Santana. A reincidência e a não realização de recomendações expedidas desde o período motivou o MPT a ingressar com ação civil pública contra o Estado do Amapá, pedindo em caráter liminar que o Executivo corrija de forma imediata as condições impostas aos trabalhadores dos hospitais. Em 2016, usuários filmaram baratas em leitos da Maternidade Mãe Luzia Arquivo Pessoal Entre as situações encontradas, o Ministério detalhou a exposição dos trabalhadores a material contaminado perfurocortante como agulhas, seringas e lâminas de bisturi. Além disso, foi detectada a falta de material de proteção devido, salas com piso irregular e com climatização precária. Os servidores dos hospitais também foram ouvidos pelos inspetores e relataram o desconhecimento sobre como agir no caso de um suposto contato com materais de risco químico e biológico. Contaram ainda que não houve a capacitação adequada para higienização e proteão correta. Com relação a exposição dos servidores a agentes químicos, físicos e biológicos, a Sesa diz que "houve uma reformulação dos processos de trabalho, inclusive, sobre as boas práticas da biossegurança, para evitar ou controlar os riscos". Já sobre as salas de raios-x do HE e Hcal, a pasta ressaltou que elas foram readaptadas, obedecendo as normas técnicas. A Sesa reforçou que os hospitais passaram por um processo de dedetização e revitalização recentemente, faltando apenas o Hospital da Mulher Mãe Luzia (HMML), que necessita de uma ação mais cuidadosa devido a fragilidade de locomoção dos recém nascidos da Unidade de UTI Neonatal. A ação ajuizada pede a realização pelo governo do estado de 144 medidas para sanar as situações apontadas, entre elas, submeter os trabalhadores a avaliação médica periódica, elaborar programas de controle médico, extermínio de animais como ratos e baratas, fornecer materiais de proteção, sob pena de multa diária de R$ 50 mil. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Ex-servidor da Alap preso por desvio de recursos públicos poderá deixar a prisão para estudar e trabalhar


    Benefício foi autorizado pelo Tribunal de Justiça do Amapá. Desembargador acatou pedido da defesa, considerando que o réu não responde por outras condenações penais. O coronel reformado Lindemberg Abel do Nascimento, preso no quartel da Polícia...

    Benefício foi autorizado pelo Tribunal de Justiça do Amapá. Desembargador acatou pedido da defesa, considerando que o réu não responde por outras condenações penais. O coronel reformado Lindemberg Abel do Nascimento, preso no quartel da Polícia Militar (PM) desde o dia 13 de abril, foi autorizado pela Justiça do Amapá a sair para trabalhar durante o dia e estudar à noite. A decisão do desembargador Carlos Tork foi publicada na terça-feira (23). O militar foi condenado a sete anos e um mês de reclusão, em regime semi aberto, por participação em esquema que desviou R$ 5 milhões da Assembleia Legislativa do estado. O pedido da defesa foi feito em abril. No recurso, o advogado apresentou documentos que comprovam a matrícula de Lindemberg em uma faculdade particular, e a proposta de emprego como supervisor de segurança na mesma instituição. O desembargador atendeu ao pedido, considerando que na certidão de antecedentes criminais não há nenhuma outra condenação penal. O coronel foi autorizado a sair da prisão de segunda a sexta-feira, das 19h às 22h, devendo retornar ao cárcere até às 22h30. Ele também poderá sair para trabalhar, das 8h às 12h e das 14h às 18h. As liberações valem para os sábados também. De acordo com as investigações, os esquemas de desvios ocorriam através da simulação de compras de passagens aéreas, entre 2011 e 2012. Ele também foi condenado em um processo de improbidade administrativa que corre na 2ª Vara Cível e de Fazenda Pública de Macapá. Pela decisão, Abel e outros sete acusados tiveram os bens indisponibilizados até o limite de R$ 585 mil. Valor que teria sido desviado por meio de um contrato de informática. O dinheiro teria sido pago, sem que o serviço tivesse sido prestado. A defesa disse que vai recorrer dessa decisão e ressaltou que, nos dois casos, o militar agiu apenas estava cumprindo ordens que vinham da presidência da assembleia. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Inscrições abertas para 380 vagas em cursos voltados para empreendedores em Macapá

    Inscrições abertas para 380 vagas em cursos voltados para empreendedores em Macapá


    Podem participar ambulantes, feirante e donos de quiosques. Processo segue até sábado (26) e deve ser feito na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Capacitação é para feirantes e outros tipos de trabalhadores do ramo...


    Podem participar ambulantes, feirante e donos de quiosques. Processo segue até sábado (26) e deve ser feito na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico. Capacitação é para feirantes e outros tipos de trabalhadores do ramo alimentício Rita Torrinha/G1 Estão abertas inscrições para seleção de 380 empreendedores populares de Macapá que desejam participar de 15 cursos e cinco oficinas de capacitação. O processo segue até sábado (26) e deve ser feito na sede da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Semdec). São cursos de empreendedorismo aplicado em administração, informática básica, formação de preço, fluxo de caixa, atendimento ao cliente, panificação, confeitaria básica, bolos e biscoitos, salgados e lancheterias, massas folhadas, entre outros. A iniciativa da prefeitura da capital é voltada para trabalhadores, formais ou informais, atuantes no mercado. Podem participar ambulantes, feirante e donos de quiosques e outros estabelecimentos, desde que seja voltado para o ramo alimentício. Com declaração de disponibilidade de horário para a capacitação, o interessado deve preencher um formulário de dados, que pode ser encontrado no edital on-line ou solicitado na Semdec, localizada na Rua Manoel Eudóxio Pereira, nº 2438, no bairro Trem, Zona Central, entre 8h e 14h. Os empreendedores devem seguir o seguinte perfil: ser brasileiro; ter na data da inscrição a idade mínima de 18 anos completos; e ter cursado, pelo menos, a primeira fase do ensino fundamental, ou seja, até a 5ª série concluída. Entre os documentos necessários, entre cópia e original, estão carteira de identidade, CPF e comprovante de residência atualizado, além de uma foto 3x4 (recente) e declaração assinada por, no mínimo, duas testemunhas da condição de empreendedor no ramo de alimentos. O resultado preliminar dos selecionados será divulgado no dia 29 de maio, com data de interposição de recursos para o dia seguinte. Após esse processo, a lista final será lançada no dia 1º de junho. A previsão de início das aulas é para 11 de junho, mas o local ainda não foi definido. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Ouvidorias públicas vão receber denúncias de corrupção durante a Ação Global no AP

    Ouvidorias públicas vão receber denúncias de corrupção durante a Ação Global no AP


    População também pode fazer reclamações e pedir serviços públicos para as controladorias da União e do Estado. Evento acontece no sábado (26) na Zona Norte da capital. Estandes das ouvidorias públicas serão montados na Zona Norte de...


    População também pode fazer reclamações e pedir serviços públicos para as controladorias da União e do Estado. Evento acontece no sábado (26) na Zona Norte da capital. Estandes das ouvidorias públicas serão montados na Zona Norte de Macapá, sede desta edição no Amapá John Pacheco/G1 A Controladoria-Geral da União (CGU) participa pela segunda vez, no sábado (26), da Ação Global, projeto que oferece gratuitamente serviços básicos à população. Estandes das ouvidorias públicas serão montados na Zona Norte de Macapá, sede desta edição no Amapá, com atendimentos das 8h às 17h. No estande, as pessoas poderão registrar denúncias de corrupção, fazer reclamações e solicitar serviços públicos. A iniciativa pretende estimular a participação social na melhoria da gestão pública e ampliar o conhecimento da população sobre mecanismos de transparência e prevenção à corrupção. De acordo com Eduardo Augusto, coordenador do setor de cidadania da Ação Global, além de receber denúncias, outro trabalho, tanto da CGU, quanto da Controladoria-Geral do Estado (CGE) na ação, é falar sobre a importância e papel das ouvidorias para os cidadãos. "Com auxílio de materiais educativos e cartilhas, os órgãos esclarecem as atividades das ouvidorias e como elas podem auxiliar as pessoas no exercício da cidadania", ressaltou. A CGU também fornecerá orientações sobre controle social e utilização de canais eletrônicos de interação entre a sociedade e o poder público, entre eles o Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-OUV) e o Sistema Eletrônico do Serviço de Informação ao Cidadão (e-SIC). Ação Global 2017 No ano passado, as ouvidorias públicas prestaram um total de 11,6 mil atendimentos a cidadãos em todo o Brasil, durante a primeira atuação na Ação Global. O balanço se refere ao número geral de orientações fornecidas, recolhimento de manifestações (denúncias, reclamações e solicitações sobre serviços públicos) e pedidos de acesso à informação, nas esferas federal, estatual, distrital e municipal. A Ação Global contou com estandes em 27 cidades selecionadas e no Distrito Federal. Na capital, além da CGU e da CGE, estarão presentes no estande o Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), a Receita Federal, o Instituto de Defesa do Consumidor (Procon), Ministério Público do Estado (MPE), entre outros. Criada há 25 anos, a Ação Global é uma iniciativa da Rede Globo, realizada em parceria com o Serviço Social da Indústria (Sesi). O programa oferece serviços gratuitos de cidadania, de lazer, de qualidade de vida e de prevenção à saúde. População também pode fazer reclamações e pedir serviços públicos aos servidores do órgão Cassio Albuquerque/Arquivo G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Concurso em escolas públicas do AP vai premiar melhor redação sobre o GTA

    Concurso em escolas públicas do AP vai premiar melhor redação sobre o GTA


    Cerca de 100 mil estudantes da rede estadual devem participar. Proposta é incentivar a prática de redação e, ao mesmo tempo, homenagear os 12 anos de serviços do GTA. GTA faz pouso para chamar atenção de alunos para o concurso de...


    Cerca de 100 mil estudantes da rede estadual devem participar. Proposta é incentivar a prática de redação e, ao mesmo tempo, homenagear os 12 anos de serviços do GTA. GTA faz pouso para chamar atenção de alunos para o concurso de redação Cerca de 100 mil estudantes da rede pública de ensino no Amapá devem participar de um concurso de redação. A proposta é homenagear os 12 anos de serviços prestados pelo Grupamento Tático Aéreo (GTA), que realiza resgates e trabalho de segurança pública. Com o tema “GTA salvando vidas e garantindo segurança”, o concurso é direcionado aos alunos regularmente matriculados na educação básica: fundamental II (6º ao 9º ano), ensino médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA) – fundamental e médio. Na manhã desta quarta-feira (23), o helicóptero águia do GTA fez um pouso na praça Nossa Senhora da Conceição, no bairro Trem, Zona Central de Macapá. O intuito foi chamar a atenção de estudantes da Escola Estadual Irmã Santina Rioli e incentivar a participarem do concurso. De acordo com a coordenadora de educação básica da Secretaria Estadual de Educação (Seed), Lucene Rodrigues, o objetivo é treinar os alunos na área da redação, principalmente por causa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “A importância é, justamente, para que o aluno foque na aprendizagem. Todo esse processo que estamos organizando com o GTA é para que o estudante possa ter opção de construir seu projeto de vida e tenha sucesso no Enem esse ano ou em anos futuros”, disse. Concurso de redação abrange cerca de 100 mil alunos da rede pública Jorge Abreu/G1 Em sala de aula, os estudantes deverão produzir redação no gênero textual dissertativo-argumentativo de, no mínimo, 20 linhas e máximo de 30, até o último dia útil de maio. Veja o regulamento do concurso. As escolas vão eleger os melhores textos por categoria e encaminhá-los para a comissão avaliadora até 13 de junho. O resultado final será divulgado no dia 25 de junho, também no site da Secretaria de Educação. A cerimônia de premiação será em 27 de junho, na Base do GTA. O autor da melhor redação, de cada categoria de ensino, será premiado com um tablet e visita à base do grupamento tático. Já os professores-orientadores receberão Certificado de Honra pelos serviços prestados e dedicação ao ensino. GTA fez um pouso na Praça Nossa Senhroa da Conceição, em Macapá Jorge Abreu/G1 Para comandante do GTA, Ajaje José Rachid Neto, o tema da redação é um presente de aniversário. Ele destaca que o grupo causou uma verta incredibilidade da sociedade amapaense, no início, mas mudou ao longo do tempo através dos serviços prestados de resgate e segurança pública. “Isso faz parte da nossa programação ao longo desse mês de junho, no qual o GTA completa 12 anos de fundação. O grupamento que começou com um pouco de desconfiança por parte de alguns segmentos, mas ao longo do tempo adquirimos credibilidade”, ressaltou o comandante. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Musical inspirado em dramaturgo da Disney e Broadway é apresentado no AP

    Musical inspirado em dramaturgo da Disney e Broadway é apresentado no AP


    ‘O gênio dos musicais: um tributo a Howard Ashman’ será interpretado por atores paraenses na quinta-feira (24) e na sexta-feira (25), no Teatro das Bacabeiras, em Macapá. Musical 'O Gênio dos Musicais: Um Tributo a Howard Ashman' será...


    ‘O gênio dos musicais: um tributo a Howard Ashman’ será interpretado por atores paraenses na quinta-feira (24) e na sexta-feira (25), no Teatro das Bacabeiras, em Macapá. Musical 'O Gênio dos Musicais: Um Tributo a Howard Ashman' será apresentado em duas sessões em Macapá Folhetim Art/Divulgação O dramaturgo e diretor de obras de sucesso da Disney e Broadway, Howard Ashman é o grande homenageado em um musical que estreou no dia 17 de maio em Belém, no Pará, e faz a primeira apresentação em Macapá. O tributo será apresentado na quinta-feira (24) e na sexta-feira (25), no Teatro das Bacabeiras. O espetáculo “O gênio dos musicais: um tributo a Howard Ashman”, produzido pela Folhetim Art e dirigido por Guál Dídimo, é composto por 6 atores-cantores que interpretam ao vivo no palco durante uma hora e meia. A ideia é cantar os trabalhos do artista e mostrar a história de vida dele. “Ele foi um grande compositor. A trilha dessa peça é de músicas que ele fez da Disney e Broadway. Cantamos todas essas músicas ao vivo, ao mesmo tempo que a gente conta a vida dele. Foi sucesso de público e crítica em Belém e agora queremos repetir em Macapá”, falou Vinícius Fleury, ator que interpreta Ashman no musical. Howard Ashman foi dramaturgo de sucessos como 'A Bela e a Fera' e produziu Cazuza Reprodução/Youtube O dramaturgo está por trás de sucessos como “A Bela e a Fera”, “Aladdin”, “A Pequena Sereia”. No Brasil ele produziu a icônica canção “Codinome Beija-Flor” e o álbum “Exagerado”, de Cazuza. Por esses e outros trabalhos, ele ganhou prêmios como o Oscar, Grammy, e Globo de Ouro e se tornou referência no teatro musical. De Baltimore, Howard Elliott Ashman foi dramaturgo, compositor, roteirista e letrista norte-americano. Ao longo da carreira, ele foi vencedor de 11 prêmios. Ele morreu aos 40 anos (em 1991), em decorrência de complicações do HIV, somente nove meses antes da estreia de “A Bela e a Fera”. Além da apresentação do musical, o grupo vai participar do 1º Encontro Norte de Teatro Musical, também na capital. A ideia é reunir artistas paraenses e amapaenses, para fomentarem e fortalecerem os espetáculos de teatro musical na região Norte. A programação será no domingo (27), também no Teatro das Bacabeiras. Serviço Musical “O gênio dos musicais: um tributo a Howard Ashman” Dias: 24 e 25 de maio (quinta-feira e sexta-feira) Local: Teatro das Bacabeiras (Rua Cândido Mendes, nº 1087, Centro) Sessões: às 20h Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) Classificação indicativa: 14 anos Pontos de venda: Centro de Artes Talentos (Av. Rio Maracá, 230, na Praça Floriano Peixoto, das 9h às 22h); e nos dias das apresentações na bilheteria do Teatro das Bacabeiras (das 17h às 20h30) Informações: (96) 99199-3891/(91) 98229-9300 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Copa e eleições podem adiar cronograma de desligamento do sinal analógico, diz Anatel


    De acordo com Juarez Quadros, presidente da agência, adiamento deve atingir cidades onde desligamento estiver programado para períodos próximos aos dois eventos.  O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros,...

    De acordo com Juarez Quadros, presidente da agência, adiamento deve atingir cidades onde desligamento estiver programado para períodos próximos aos dois eventos.  O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Juarez Quadros, afirmou nesta quarta-feira (23) que o desligamento do sinal analógico de TV pode ser adiado por causa da Copa e das eleições. Segundo Quadros, nos locais onde não for atingido o índice de 90% de residências aptas a receberem o sinal digital e o desligamento estiver programado para uma data muito próxima à Copa ou às eleições, o corte do sinal analógico deve ficar para depois desses eventos. "Se não deu 90% [de residências aptas a receber o sinal digital], não dá para desligar no meio da Copa. É meio arriscado", disse. Copa Na programação da agência, o desligamento nas cidades de Aracaju (SE), Belém (PA), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Manaus (AM), Natal (RN) e Teresina (PI) está programada para 30 de maio, sendo que a Copa começa no dia 14 de junho. Já o desligamento nas cidades de Boa Vista (RR), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Macapá (AP), Palmas (TO), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC) está programado para 14 de agosto, sendo que o horário eleitoral gratuito começa no dia 31 de agosto. O presidente da Anatel explicou que, normalmente, a agência pode estender em duas ou três semanas o prazo para o desligamento até que a cidade atinja o índice de 90%. Entretanto, para não não prejudicar a transmissão dos jogos da Copa e da propaganda eleitoral, esse prazo pode ser maior nessas cidades. "Se for passar por um período mais longo até atingir 90%, é preferível deixar pelo menos passar [a Copa ou as eleições]", explicou, o presidente da Anatel.
    Irmãos suspeitos de assalto morrem durante tiroteio em área de mata em Macapá

    Irmãos suspeitos de assalto morrem durante tiroteio em área de mata em Macapá


    Jovem e adolescente em moto abordaram mulheres na Praça Nossa Senhora de Fátima e roubaram celular; troca de tiros foi no bairro Nova Esperança. Ocorrência foi nesta quarta-feira (23). Suspeitos estavam em motocicleta quando foram perseguidos pela...


    Jovem e adolescente em moto abordaram mulheres na Praça Nossa Senhora de Fátima e roubaram celular; troca de tiros foi no bairro Nova Esperança. Ocorrência foi nesta quarta-feira (23). Suspeitos estavam em motocicleta quando foram perseguidos pela polícia John Pacheco/G1 Dois suspeitos de assalto foram mortos no fim da manhã desta quarta-feira (23) após trocarem tiros com policiais militares numa área de mata no bairro Nova Esperança, na Zona Sul de Macapá. A Polícia Militar confirmou posteriormente que os baleados são os irmãos David de Souza dos Santos, de 23 anos, e Antônio Gabriel Silva de Souza, de 16 anos. Eles teriam assaltado duas mulheres na Praça Nossa Senhora de Fátima, no bairro Santa Rita e foram perseguidos por viaturas do Batalhão Força Tática. Eles abandonaram a moto que usavam num terreno localizado atrás da sede da Eletronorte, onde ocorreu o tiroteio. Perseguição encerrou em área de mata no bairro Nova Esperança John Pacheco/G1 "Estávamos no supermercado. Quando a gente tava vindo [na praça] ele encostou a moto e saltou falando: 'passa o celular'. Pegaram o celular e se evadiram. Quando dobraram a esquina, pegamos a placa da moto. Um rapaz que estava parado lá na praça ele viu o que aconteceu e foi atrás de uma viatura", detalhou uma das vítimas que não quis se identificar. Na troca de tiros, os dois assaltantes foram atingidos, mas nenhum policial foi baleado. Uma ambulância do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) foi até o local, mas atestou a morte da dupla na área de mata. A Polícia Técnico-Científica foi chamada para fazer a perícia e posteriormente, a remoção dos corpos. Vítimas de assalto foram abordadas em praça ao voltar de supermercado John Pacheco/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Banco de leite ajuda a manter 30 recém-nascidos e prematuros no AP; campanha pede doações

    Banco de leite ajuda a manter 30 recém-nascidos e prematuros no AP; campanha pede doações


    Instituição está precisando de novas doadoras para que o estoque não sofra baixa. Frascos também podem ser cedidos em Macapá ou no Hospital Estadual de Santana. Campanha quer aumentar o número de doadoras externas do banco de leite Jorge...


    Instituição está precisando de novas doadoras para que o estoque não sofra baixa. Frascos também podem ser cedidos em Macapá ou no Hospital Estadual de Santana. Campanha quer aumentar o número de doadoras externas do banco de leite Jorge Abreu/G1 O Banco de Leite Humano (BLH) do Amapá intensificou a campanha de doações para aumentar o estoque do produto, assim como também a doação de potes de vidro que são usados para armazenar o leite materno doado nos centros de coleta. O leite arrecadado é destinado a bebês do Hospital da Mulher Mãe Luzia, em Macapá, prioritariamente os que estão na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Atualmente, o BLH conta com 160 doadoras internas, um número considerado bom, mas o foco da campanha são as doadoras externas, que são apenas 19. Esse quantitativo não é suficiente para abastecer o banco de leite, que sempre está no limite. O produto ajudar a manter vivos cerca de 30 recém-nascidos, além de crianças prematuras que precisam ganhar peso. Bárbara de Castro, coordenadora do BLH do Amapá Carlos Alberto Jr/G1 "Queremos captar essas doadoras, que são as de domicílio, na qual deslocamos um veículo com uma equipe para fazer a coleta", explicou a coordenadora do BLH, Bárbara de Castro. Além do leite das mães, Bárbara ressalta que a população geral pode colaborar de outro modo: com os potes de vidro para armazenamentos produto doado. "Os recipientes guardarão o leite de mulheres em fase de amamentação e que produzem um volume acima da necessidade de seu bebê. Os frascos devem ser de vidro, com tampa de plástico e bem vedados", finalizou. Entre os recipientes mais usados são os de café solúvel e os de maionese. Os frascos podem ser doados no Banco de Leite em Macapá ou no Hospital Estadual de Santana. Entre os recipientes mais usados são os de café solúvel e os de maionese Jorge Abreu/G1 Dia Nacional de Doação de Leite Humano Data foi celebrada no sábado (19) e a campanha tem o intuito de sensibilizar as mães que estão em fase de lactação. Na programação mais de 500 frascos de vidro foram doados. Atendimento O Banco de Leite oferece atendimento às mães no prédio localizado na Rua Jovino Dinoá, no Centro de Macapá, ou na casa da doadora. Também há postos de coleta de leite humano no Hospital São Camilo e no hospital público do município de Santana, a 17 quilômetros da capital. O Banco de Leite também atende a mães que têm dificuldade para amamentar, mas que já receberam alta do hospital. Os profissionais vão detectar o problema e dar a orientação. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Chuvas deixam alagados bairros de Pedra Branca do Amapari, no interior do AP

    Chuvas deixam alagados bairros de Pedra Branca do Amapari, no interior do AP


    Quase 20 famílias foram vítimas da inundação registrada no Centro e no Balneário. Chuvas iniciaram na tarde de terça-feira (22). Morador usou pequena embarcação para conseguir sair de casa em Pedra Branca do Amapari Franck Finatra/Arquivo...


    Quase 20 famílias foram vítimas da inundação registrada no Centro e no Balneário. Chuvas iniciaram na tarde de terça-feira (22). Morador usou pequena embarcação para conseguir sair de casa em Pedra Branca do Amapari Franck Finatra/Arquivo Pessoal Dois bairros de Pedra Branca do Amapari, município a 183 quilômetros de Macapá, amanheceram inundados nesta quarta-feira (23). De acordo com a Defesa Civil Municipal, chuvas fortes caíram na região desde o fim da tarde de terça-feira (22) e provocaram danos para cerca de 20 famílias. A maioria das vítimas quis continuar nas casas e algumas foram levadas para residências de familiares e amigos. O número exato de vítimas ainda está sendo mapeado pelo órgão, que informou que não houve chamados de comunidades rurais até a última atualização desta matéria. A Defesa Civil detalhou que o Centro foi o primeiro bairro a ficar inundado, porque o sistema de drenagem não comportou a quantidade de água da chuva que houve na cidade. Durante a madrugada, o bairro Balneário também sofreu alagamento devido o transbordamento do igarapé que tem no início da cidade. Ainda nesta quarta-feira a Defesa Civil deve enviar nova atualização sobre as condições das vítimas. Chuvas deixam alagados bairros de Pedra Branca do Amapari, no Amapá Franck Finatra/Arquivo Pessoal “Ontem houve uma chuva torrencial. Começou alagamento no Centro, devido ao sistema de drenagem do município ser antigo. Por volta de meia-noite, o bairro Balneário foi atingido com o transbordamento do igarapé, uma rua quase toda ficou alagada. O que nos surpreendeu é que o Rio Amapari não está em um nível tão alto”, disse o responsável pela Defesa Civil no município, Rafael Marinho. O Rio Amapari, que é o mais próximo da região, não chegou a transbordar, mas está em nível de alerta. De acordo com a Defesa Civil, a última medição foi feita na segunda-feira (21), e estava em 2,95 metros. Uma nova medição deve ser feita ainda nesta quarta-feira. Além da Defesa Civil, as secretarias municipais de Infraestrutura e de Assistência Social estão dando apoio no remanejamento e assistência às famílias das casas invadidas pela água. Balneário da cidade também foi afetado Franck Finatra/Arquivo Pessoal Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Pichação em galpão da Cidade do Samba no AP sugere o uso para projeto social

    Pichação em galpão da Cidade do Samba no AP sugere o uso para projeto social


    Mensagem ‘Projeto social já!’ foi deixada no barracão da escola Boêmios do Laguinho, que foi invadido. Prefeitura da Cidade do Samba diz que tem projeto de revitalização da área. Pichação pede utilização de barracões da Cidade do Samba...


    Mensagem ‘Projeto social já!’ foi deixada no barracão da escola Boêmios do Laguinho, que foi invadido. Prefeitura da Cidade do Samba diz que tem projeto de revitalização da área. Pichação pede utilização de barracões da Cidade do Samba para projetos sociais Jorge Abreu/G1 Uma pichação com a mensagem “Projeto social já!”, deixada próximo de um galpão invadido de uma agremiação da Cidade do Samba, em Macapá, pede uma nova utilização do espaço. O carnaval no Amapá não é realizado há três anos e nenhum evento é promovido no local, construído para fins culturais. A prefeitura da Cidade do Samba, responsável pelo espaço, informou que tem projeto de revitalização e construção de um parque de eventos. A entidade garante que os barracões, que custaram cerca de R$ 10 milhões aos cofres públicos, não estão abandonados. Os moradores do bairro Marco Zero, na Zona Sul de Macapá, não sabem dizer quando ocorreu a última invasão no galpão da escola de samba Boêmios do Laguinho, mas acreditam que tenha sido no fim de semana. Outro barracão chegou a ter a porta de vidro quebrada. Márcio Martins, empresário, diz que barracões só estão sendo usados para ações criminosas Jorge Abreu/G1 De acordo com o empresário Márcio Martins, de 44 anos, que tem empreendimento perto da Cidade do Samba, os barracões estão sendo utilizados para ações criminosas. Ele conta que dois caminhões da empresa dele foram alvos de furtos e tiveram as baterias levadas pelos bandidos. “Esse barracão está se tornando um descaso público. Com isso, está aumentando muito a criminalidade. Essa sujeira pode estar causando até doenças. À noite, a gente vê tráfico de drogas e prostituição no meio da escuridão que fica”, relatou. Galpão da escola Boêmios do Laguinho foi invadido por criminosos Jorge Abreu/G1 Para Martins, o espaço poderia ser usado para aumentar a segurança pública. Ele destaca que os postes de luz não funcionam, o que facilitou o aumento do número de assaltos e outros crimes na região, além da prostituição. “Minha indignação é que o poder público não faz nada. Esse espaço poderia ser um batalhão de polícia ou um grupamento do Corpo de Bombeiros, creche ou uma escola, qualquer coisa. Então, teria uma serventia melhor se fosse usado para outro fim”, disse o empresário. Joelson Machado, professor, teme andar na região por falta de segurança Jorge Abreu/G1 O professor Joelson Machado, de 30 anos, frequenta uma academia de musculação que fica próxima da Cidade do Samba. Ele teme andar pela região à noite devido a falta de segurança. Ele contou ainda que colegas da academia já chegaram a ter tênis, relógios e celulares assaltados. “O barracão, que tinha a finalidade de ajudar as escolas de samba, está sem uso. Mas, agora, já arrombaram algumas portas e outras foram forçadas. À noite a situação é ainda mais precária. A gente vê de tudo, usuários de drogas, assaltos e prostituição”, reforçou Machado. Barracões foram construídos para fins culturais Jorge Abreu/G1 Histórico Em 2014, os barracões chegaram a gerar 1,7 mil empregos temporários. Em 2015, o corre-corre não foi diferente. Já em 2016 houve o anúncio de que não seria realizado o carnaval. Naquele ano, as agremiações desmontaram os barracões, demitiram funcionários contratados para trabalhar na confecção do enredo e traçaram alternativas para sanar dívidas feitas para a festa. Em 2017, o quadro de crise permaneceu. O carnaval não contou mais uma vez com o investimento de verbas públicas e o desfile no Sambódromo foi suspenso. Apenas cinco escolas decidiram aproveitar a avenida Ivaldo Veras para a apresentação de ensaio técnico das alas. Para 2018, as discussões levaram um longo tempo. A Liga Independente das Escolas de Samba do Amapá (Liesap) chegou a confirmar para fevereiro o desfile. Com a incerteza da realização, diante da não confirmação de apoio do governo, duas escolas anunciaram que não iam participar do carnaval, e logo depois o investimento foi descartado pelo Estado. Para a população que passa por ali, a Cidade do Samba está abandonada Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Municípios do AP recebem R$ 2,3 milhões para questões emergenciais na educação

    Municípios do AP recebem R$ 2,3 milhões para questões emergenciais na educação


    Recursos do Governo Federal serão distribuídos para as 16 prefeituras. Valor poderá será usado exclusivamente para pagamento de professores, compra de material e manutenção de prédios. Verba poderá ser usada para reparos e reformas em...


    Recursos do Governo Federal serão distribuídos para as 16 prefeituras. Valor poderá será usado exclusivamente para pagamento de professores, compra de material e manutenção de prédios. Verba poderá ser usada para reparos e reformas em prédios Reprodução/Facebook Os 16 municípios do Amapá vão receber do Ministério da Educação (MEC) R$ 2.376.072,14 para investimentos e melhorias em questões emergenciais para benefício de escolas, alunos e professores. O anúncio do investimento foi feito na terça-feira (22) pelo presidente Michel Temer durante a abertura da 21ª Marcha dos Prefeitos em Brasília. As cidades vão receber os valores de acordo com as regras praticadas atualmente no Fundo de Participação dos Municípios (FPM), e essa verba terá destinação específica para a educação, podendo ser usada pagamento de professores, compra de material, manutenção predial, aquisição de itens didáticos e manutenção do transporte escolar. Atualmente as cidades do Amapá, sofrem com a falta de recursos para oferta da merenda escolar, além de valores para reforma de prédios e pagamento de professores com salários atrasados. Professores realizam protesto por salários em Pedra Branca do Amapari Sandra Ualla/Arquivo Pessoal No encontro, Michel Temer falou da integração entre cidades e o Governo Federal em prol da educação e defendeu parcerias. “Precisamos dos municípios para que a União seja forte como deve ser”, comentou. O valor integra o total de R$ 2 bilhões que serão investidos na saúde e na educação, segundo o previsto em Medida Provisória de dezembro de 2017. Os valores do FPM são definidos a partir de dados populacionais e de renda de cada estado e município do país. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Moradores dependem de vizinhos e da chuva para terem água em casa, em bairro de Macapá

    Moradores dependem de vizinhos e da chuva para terem água em casa, em bairro de Macapá


    Sem fornecimento há cerca de 5 anos, para conseguir água, os moradores de um trecho da Travessa D, no bairro Pedrinhas, precisam emendar mangueiras. Caesa diz que problema será solucionado. Moradores utilizam mangueiras para puxar água da casa de...


    Sem fornecimento há cerca de 5 anos, para conseguir água, os moradores de um trecho da Travessa D, no bairro Pedrinhas, precisam emendar mangueiras. Caesa diz que problema será solucionado. Moradores utilizam mangueiras para puxar água da casa de vizinhos Rita Torrinha/G1 Sem fornecimento algum de água há cerca de cinco anos, os moradores de um trecho da Travessa D, no bairro Pedrinhas, Zona Sul de Macapá, dizem depender da solidariedade de vizinhos para realizar tarefas simples, como tomar banho e lavar roupas. A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) diz que a situação será resolvida. Isso acontece mesmo a região estando a poucos metros do Rio Amazonas. A situação, dizem os moradores, influencia na qualidade de vida. Para conseguir água, a assistente social Jaqueline Pereira, de 26 anos, conta que precisa emendar mangueiras para puxar da casa de vizinhos, a menos de 150 metros de onde ela mora, mas onde o produto chega, de madrugada. “São mais de 30 famílias sem água, isso sem falar nas pessoas que moram nas pontes para dentro. Na casa da vizinha onde eu pego, a água chega de madrugada, aí a gente fica, nós e outros vizinhos, a noite toda acordados para garantir encher os baldes e as caixas. É um desrespeito. E aqui ao lado passa o canal das Pedrinhas, que é água do Rio Amazonas”, falou. Mesmo sem serem beneficiadas com o serviço básico, as famílias dizem receber todo o mês o boleto de cobrança da Caesa. “A conta de água é sagrada, chega todo mês. Temos uma vizinha que chegou uma conta altíssima, mesmo sem cair uma gota de água na torneira dela. A minha chega de R$ 20, R$ 30, mas chega. Um absurdo”, reclamou a dona de casa Creuzete de Souza, de 30 anos. Creuzete de Souza armazena o produto em garrafas pets para o consumo Rita Torrinha/G1 Para Creuzete, a condição ainda é mais delicada. Ela tem uma filha de 11 anos com necessidades especiais, e a falta de água deixa tudo mais difícil para cuidar da criança. “Minha filha usa frauda descartável 24 horas e não tenho água em casa durante 24h. Ela toma banho pelo menos 5 vezes ao dia. Sem água é muito difícil, tem que banhar, beber, lavar as roupas dela. Também pego água da vizinha e separo em garrafas pets para o consumo e na caixa d’água para outros usos, mesmo assim não é suficiente”, relata. Sem água encanada, todo produto precisa ser estocado. O período de fortes chuvas na capital é alívio e também transtorno para quem vive na Travessa D, explica Jaqueline Pereira, de 26 anos. “Quando chove, a gente consegue armazenar e diminuir os pedidos aos vizinhos. No entanto, a chuva também traz problemas para a nossa rua, que as vezes alaga. E também, nem sempre a gente tem coragem de pedir para o vizinho doar, então a gente acaba pagando ou tendo que comprar água mineral”, disse Jaqueline. Enilson Barbosa abastece os vasilhames na casa da sogra Rita Torrinha/G1 Para não apelar para a vizinhança, o autônomo Enilson Barbosa, de 42 anos, conta que abastece os carotes e baldes na casa da sogra. “É todo o dia essa maratona. Toda a minha família [ele, esposa e dois filhos] toma banho na casa da minha sogra e a maior parte da roupa é lavada também lá. A água que trago é para o consumo, jogar no banheiro e outras necessidades. Mas aqui a conta chega mensalmente”, reforçou o morador. Cerca de 30 famílias dependem dos vizinhos e das chuvas para terem água em casa Rita Torrinha/G1 Em nota, a Caesa informou que parte dos problemas relacionados à água fraca em algumas áreas dos bairros da Zona Sul serão solucionadas a partir da entrega da obra de ampliação da Estação de Tratamento de Água Metropolitana, do bairro do Trem. A estrutura nova, segundo a companhia, vai aumentar a capacidade de armazenamento de água, que atualmente é de 6 milhões para 26 milhões de litros. A obra da estação está programada para ser entregue em junho. A empresa também citou que, para reduzir o número de ligações clandestinas, está programando a instalação de 35 mil hidrômetros em diversas áreas da cidade. A instalação acontecerá em no máximo em 60 dias. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para 23 de maio

    Confira as vagas de emprego do Sine Macapá para 23 de maio


    Há oportunidades para atendente balconista, confeiteiro, garçom, operador de caixa e vendedor interno. Número de vagas é de acordo com as empresas cadastradas. Sine oferta uma vaga para garçom em Macapá Ariane Viana/G1 O Sistema Nacional de...


    Há oportunidades para atendente balconista, confeiteiro, garçom, operador de caixa e vendedor interno. Número de vagas é de acordo com as empresas cadastradas. Sine oferta uma vaga para garçom em Macapá Ariane Viana/G1 O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Atendente balconista – 2 vagas Confeiteiro – 2 vagas Garçom – 1 vaga Operador de caixa - 1 vaga Vendedor interno – 2 vagas
    Processo vai selecionar 456 monitores para o Amapá Jovem; bolsa-auxílio é de R$ 400

    Processo vai selecionar 456 monitores para o Amapá Jovem; bolsa-auxílio é de R$ 400


    Vagas são para os 16 municípios do estado e seleção será por meio de preenchimento de formulário e apresentação de documentação. Atuação é de um ano, podendo ser prorrogado. Monitores vão atuar na orientação de atividades, como as...


    Vagas são para os 16 municípios do estado e seleção será por meio de preenchimento de formulário e apresentação de documentação. Atuação é de um ano, podendo ser prorrogado. Monitores vão atuar na orientação de atividades, como as esportivas Rafael Moreira/GE-AP Abrem às 9h de quarta-feira (23) as inscrições para o processo seletivo simplificado (PSS) que oferece 456 vagas de monitor para o programa Amapá Jovem, do governo do estado. Todos os 16 municípios serão contemplados e os selecionados recebem bolsa mensal de R$ 400 por um ano, período que pode ser prorrogado. A função dos selecionados será a de Monitor Nível I e podem se inscrever candidados entre 18 e 29 anos que estejam cursando no mínino o ensino médio e que não tenham vínculo empregatício. A inscrição e o edital estão disponíveis no endereço processoseletivo.ap.gov.br. A seleção será em duas etapas. Na primeira, os candidatos devem preencher um formulário socioeconômico on-line que será de caráter classificatório e eliminatório. Na etapa final, os aprovados devem fazer a entrega de documentos para comprovação das informações. As inscrições seguem até 23h59 de 30 de maio. Os monitores poderão atuar nas áreas de qualificação complementar, comunicação social, esporte e lazer e agente social. "São atribuições do monitor participar do planejamento das atividades juntamente com a coordenação do programa; acompanhar o desempenho dos estudantes [...] ministrar conteúdos previamente preparados, utilizando metodologia adequada à faixa etária, conforme orientação do coordenador; e demais atividades relacionadas", detalhou o governo do estado. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Estrutura de desembarque danificada na Rampa do Açaí em Macapá preocupa usuários

    Estrutura de desembarque danificada na Rampa do Açaí em Macapá preocupa usuários


    Cerca de 50 embarcações atracam diariamente no local, trazendo peixe, camarão e o fruto do açaí. A maioria é proveniente das ilhas do Pará, que vendem no mercado local. Estrutura de ferro e madeira na Rampa do Santa Inês, em Macapá, está...


    Cerca de 50 embarcações atracam diariamente no local, trazendo peixe, camarão e o fruto do açaí. A maioria é proveniente das ilhas do Pará, que vendem no mercado local. Estrutura de ferro e madeira na Rampa do Santa Inês, em Macapá, está quebrada Rede Amazônica/Reprodução A população que utiliza a Rampa do Açaí, no bairro Santa Inês, na Zona Sul de Macapá, reclama de uma estrutura quebrada que apresenta perigo para os ribeirinhos que fazem o desembarque de mercadorias no local. Governo diz que existe um projeto de revitalização para o local. A rampa é considerada um dos pontos mais tradicionais de desembarque de açaí, peixe e camarão na capital. Os produtos chegam em sua maioria das ilhas do Pará, sempre nas primeiras horas do dia. A movimentação é grande, e é por conta da quantidade de gente que usa o cais, que a preocupação com a estrutura danificada aumenta. Aproximadamente 50 embarcações chegam na Rampa do Santa Inês todos os dias. Como o local para desembarcar a mercadoria é pequeno, os veículos acabam tendo que usar o espaço quebrado para desabastecer. Aproximadamente 50 embarcações atracam na rampa todos os dias Rede Amazônica/Reprodução O aposentado Raimundo Peroba é frequentador assíduo do local, e ele diz que observa o perigo faz tempo. “As autoridades têm que mandar olhar esse buraco, para que não venha causar um prejuízo maior ao ser humano. De repente uma pessoa joga uma saca de açaí e a pessoa vai para baixo. Se a água tiver seca ele vai quebrar uma perna ou braço, e se tiver grande é arriscado até morrer afogada. Pode cair e acontecer um acidente, o ferro tá todo podre”, descreveu. Seinf informou que existe um projeto de revitalização, mas não há data para início das obras Rede Amazônica/Reprodução A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinf) informou que contratou uma empresa para elaborar um projeto de revitalização do espaço. O mesmo deve ficar pronto em 60 dias, mas ainda não há prazo para o início das obras. “Estamos praticamente com o projeto pronto, é só uma questão de licitar e providenciar o início das obras”, disse o secretário adjunto da Seinf, Pedro Batista. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Segundo shopping em Macapá anuncia dia sem impostos sobre produtos em 50 lojas

    Segundo shopping em Macapá anuncia dia sem impostos sobre produtos em 50 lojas


    Empreendimento na Zona Sul realizará na quinta-feira (4), das 10h às 23h, o ‘Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte’, quando as mercadorias terão queda no valor, com a retirada de tributos. 50 lojas de shopping na Zona Sul de Macapá vão...


    Empreendimento na Zona Sul realizará na quinta-feira (4), das 10h às 23h, o ‘Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte’, quando as mercadorias terão queda no valor, com a retirada de tributos. 50 lojas de shopping na Zona Sul de Macapá vão retirar impostos de produtos para conscientizar consumidores Jorge Abreu/G1 Será a segunda vez que o shopping realiza o evento, o primeiro ocorreu no ano passado e, segundo a coordenação, recebeu mais de 20 mil pessoas circulando e comprando. A novidade deste ano é que os taxistas credenciados também aderiram à campanha e darão desconto de 20% nas corridas. No Amapá, os consumidores terão mais uma opção de espaço para adquirir produtos livres de impostos ou com redução nos tributos. Outro shopping, também na Zona Sul de Macapá, anunciou que na quinta-feira (24) mais de 50 lojas vão baixar os preços em alusão ao “Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte”. Lojistas amapaenses que aderiram à proposta, cuja campanha é nacional, vão organizar os itens à venda de forma que o cliente tenha conhecimento do quanto desembolsa só para pagar impostos. O horário de funcionamento será das 10h às 23h. Será a segunda vez que o shopping realiza o evento, o primeiro ocorreu no ano passado e, segundo a coordenação, recebeu mais de 20 mil pessoas circulando e comprando. A novidade deste ano é que os taxistas credenciados ao empreendimento também aderiram à campanha e darão desconto de 20% nas corridas. A gestora de varejo do shopping, Andreciane Palheta, explica que o público vai poder encontrar produtos de diversos setores. Roupa, alimentação, tecnologia, calçado, cosméticos, entre outros. A exceção é para os eletrodomésticos, que não terão redução de valores. “Alguns produtos, como refrigerante em lata, por exemplo, terá desconto de 38%, passando de R$ 5 para R$ 3; suco de laranja com 27,5% de redução, de R$ 9,00 para R$ 6,50. Vai ter tênis com 38,03% de desconto, de R$ 299,99 por R$ 185,90, entre outros”, especificou Andreciane. Além desse, outro shopping na Zona Sul fará o “Dia da Liberdade de Impostos”, este em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas Jovem de Macapá e Santana (CDLJ). Mais de 10 mil produtos estarão à disposição dos consumidores. Serviço Meu dia sem imposto Data: 24 de maio (quinta-feira) Horário: das 10h às 23h Local: Amapá Garden Shopping (na Rodovia Juscelino Kubitschek, nº 2141, bairro Universidade) Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Ação Global no AP vai oferecer qualificação profissional para o mercado de trabalho

    Ação Global no AP vai oferecer qualificação profissional para o mercado de trabalho


    Cerca de 40 atividades na área da educação vão estar na programação do evento. Mutirão da cidadania acontece no sábado (26) na Zona Norte da capital. Jogos pedagógicos serão algumas das atividades da área de educação da Ação...


    Cerca de 40 atividades na área da educação vão estar na programação do evento. Mutirão da cidadania acontece no sábado (26) na Zona Norte da capital. Jogos pedagógicos serão algumas das atividades da área de educação da Ação Global Jorge Abreu/G1 Macapá recebe no sábado (26) a 25ª edição da Ação Global, evento nacional que oferece para a população um mutirão de cidadania. Nas áreas de cultura e educação, serão ofertadas mais de 70 ações, entre oficinas de capacitação profissional, atividades recreativas e apresentações de dança e música. Para a programação de educação, haverão mais de 40 atividades, envolvendo desde o público infantil até aqueles que querem se qualificar no mercado de trabalho. Serão ofertadas oficinas e jogos pedagógicos para crianças, exposição de trabalhos no campo tecnológico, que inclui robótica através de uma demonstração de impressora 3D. "Queremos abranger o maior número de pessoas que estejam interessados em qualificação acadêmica e no mercado de trabalho", ressaltou Sandra Duarte, coordenadora do setor de educação da Ação Global no Amapá. Uma das atividades que mais chamam a atenção dos visitantes anualmente são as oficinas de capacitação profissional. As aulas acontecem nas unidades móveis do Serviço Social da Indústria (Sesi) e são gratuitas. Francisco Oliveira é instrutor do curso de panificação, um dos mais populares da ação. Nesta edição os alunos da oficina aprenderão a fazer massa de pizza. Francisco Oliveira, instrutor do curso de panificação do Senai Carlos Alberto Jr/G1 "Geralmente fazemos massas de biscoitos, dessa vez vamos fazer pizza, uma das mais populares. A escolhe se deu por ser uma receita simples, que qualquer um pode fazer em casa. Além disso, os que se interessarem na área já terão profissionais que possam auxiliá-lo", comentou. Para as atividades culturais, serão 30. Entre elas haverão intervenções artísticas de contações de histórias, apresentações de grupos musicais, de dança e voz de violão. Para quem quer aprender novos passos, também terá aulão de zumba e oficinas de jazz e danças urbanas. As novidades será a inclusão de batalhas de B.Boys e competição de K-pop. As atividades vão das 8h às 17h, no bairro Jardim Felicidade 2, Zona Norte de Macapá. A iniciativa é do Sesi, em parceria com a Rede Globo. Com expectativa de receber 28 mil pessoas, a programação acontecerá na Escola Estadual Maria do Carmo, na Escola Municipal Maria Merian, no Centro de Mobilização Social Projeto Minha Gente e na praça do bairro. Público poderá participar de aulão de zumba Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Homem é preso com uma tonelada de tantalita dentro de navio no Amapá

    Homem é preso com uma tonelada de tantalita dentro de navio no Amapá


    Polícia chegou ao suspeito após denúncia. Prisão por transporte ilegal de minério foi feita na segunda-feira (21), em porto de Santana. Homem é preso com uma tonelada de tantalita dentro de navio no Amapá Batalhão Ambiental/Divulgação Um...


    Polícia chegou ao suspeito após denúncia. Prisão por transporte ilegal de minério foi feita na segunda-feira (21), em porto de Santana. Homem é preso com uma tonelada de tantalita dentro de navio no Amapá Batalhão Ambiental/Divulgação Um homem, de 31 anos, foi flagrado transportando ilegalmente mais de uma tonelada de tantalita no Amapá, informou a Polícia Militar (PM). O flagrante, ocorrido na segunda-feira (21), foi feito dentro de uma embarcação em um porto de Santana, a 17 quilômetros de Macapá. O Batalhão Ambiental informou que chegou ao homem após denúncia anônima. O minério transportado ilegalmente estava dentro de um navio destinado ao transporte de passageiros. Aos policiais, o preso afirmou que os 1.338 quilos de minério eram dele. O homem foi conduzido pelo Batalhão Onça até a Superintendência da Polícia Federal (PF), para prestar depoimento, acerca de crime ambiental de poluição que resultaram ou resultem em danos. Não há informações se ele ficou preso da PF. PM lavrou auto de infração ambiental e termo de apreensão após flagrar homem com minério Batalhão Ambiental/Divulgação A polícia informou ainda que lavrou um auto de infração ambiental e o termo de apreensão, para encaminhar o minério ao Instituto do Meio Ambiente e de Ordenamento Territorial do Amapá (Imap). A tantalita é um minério considerado de alto valor comercial, bastante usado no mercado de eletrônicos devido à resistência ao calor. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Deputado do AP preso desde 2016 pede licença da cadeia para doar rim a amigo

    Deputado do AP preso desde 2016 pede licença da cadeia para doar rim a amigo


    Moisés Souza cumpre pena de 13 anos e 4 meses pelos crimes de desvio de dinheiro e peculato. Em regime fechado, defesa do parlamentar solicitou viagem à Brasília para transplante do órgão. Moisés Souza está preso desde novembro de 2016 Abinoan...


    Moisés Souza cumpre pena de 13 anos e 4 meses pelos crimes de desvio de dinheiro e peculato. Em regime fechado, defesa do parlamentar solicitou viagem à Brasília para transplante do órgão. Moisés Souza está preso desde novembro de 2016 Abinoan Santiago/Arquivo G1 A defesa do deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap), Moisés Souza (PSC), ingressou na Justiça com uma petição para que ele seja autorizado a deixar a cadeia – onde cumpre pena de 13 anos e 4 meses por crimes de corrupção – para doar um rim. O destinatário seria um amigo do parlamentar que mora em Brasília e sofre de insuficiência renal. A defesa de Moisés foi procurada pelo G1, mas preferiu não comentar o assunto no momento. O deputado está no Cadeião do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), em Macapá. No documento, destinado ao presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), desembargador Carlos Tork, o advogado de Moisés alega que o amigo está necessitado do transplante e que ele se prontificou a fazer a doação, que deve ocorrer na capital federal. O laudo da situação do paciente renal foi anexado à petição, e a defesa de Moisés argumenta que irá, no caso de liberação, custear as despesas com estadia, diárias, alimentação e viagem, incluindo as dos agentes que deverão ser designados para fazer a escolta durante o período. "[...] Esta será uma tentativa de prolongar os dias de vida do amigo do requerente; mais uma vez, insisto, caso Vossa Excelência defira o presente pleito, todas as despesas com os agentes responsáveis pela escolta do requerente, serão custeadas por este, sem nenhum custo para o Estado", diz trecho da petição. Problemas cardíacos Moisés Souza pretende fazer a doação ao amigo mesmo tendo apresentado à Justiça em abril do ano passado, um laudo apontando que sofria várias complicações cardíacas. O diagnóstico baseou um pedido para mudança do regime fechado para prisão domiciliar, que foi concedido na época, mas revogado em novembro após o parlamentar descumprir as regras impostas. Os laudos médicos de Moisés assinados pelo médico e ex-deputado estadual Manoel Brasil apontaram que o preso é portador de hipertensão arterial grave e arritmia cardíaca, além de ter adquirido distúrbio do sono. Condenação Moisés Souza foi condenado e teve a prisão decretada em novembro de 2016 pela Justiça estadual em regime inicialmente fechado. A condenação pelos crimes de peculato e desvio de dinheiro é referente a um suposto contrato fraudulento dentro da Casa de Leis. Uma empresa foi contratada sem licitação em março de 2011 no valor de R$ 397.430,00, sob a alegação de caráter emergencial. No entanto, segundo o Ministério Público do Amapá (MP-AP), o serviço foi pago integralmente, mas nunca realizado. O processo é oriundo da operação Eclésia. No curso das investigações foram identificados dois cheques em favor da empresa, cujos valores foram sacados em espécie pelos donos, também condenados. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Amigos brigam e ficam feridos com golpes de faca e terçado em Macapá, diz PM


    Dupla consumiu bebida durante a noite toda e o desentendimento ocorreu na manhã desta terça-feira (22), no bairro Ilha Mirim, na Zona Norte. Ambos deram entrada no pronto-socorro. Um desentendimento entre dois amigos resultou em caso de polícia. Ambos...

    Dupla consumiu bebida durante a noite toda e o desentendimento ocorreu na manhã desta terça-feira (22), no bairro Ilha Mirim, na Zona Norte. Ambos deram entrada no pronto-socorro. Um desentendimento entre dois amigos resultou em caso de polícia. Ambos ficaram feridos após se agredirem com golpes de faca e terçado. O caso ocorreu na manhã desta terça-feira (22), no bairro Ilha Mirim, Zona Norte de Macapá. De acordo com o tenente Jonatas Marques, do 2º Batalhão da Polícia Militar (PM), a dupla consumiu bebida alcoólica durante a noite toda. O motivo que levou a briga ainda é desconhecido. Os homens, de idades não divulgadas, foram levados para o Hospital de Emergência (HE). “Eles estavam bebendo juntos e se desentenderam. Ambos deram entrada no HE. Um deles foi por meios próprios e outro chegou a ser levado pela ambulância do Samu. Os dois estão vivos, só essa informação que temos ainda”, disse. Após atendimento médico, a dupla deve prestar depoimento à polícia. Não foi informado o estado de saúde deles até a publicação desta reportagem. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Campanha incentiva a solidariedade com abraço grátis em escola pública do AP

    Campanha incentiva a solidariedade com abraço grátis em escola pública do AP


    Alunos da Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares foram recebidos carinhosamente nesta terça-feira (22), no Dia Internacional do Abraço. Campanha de Dia do Abraço é realizada na Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares Jorge Abreu/G1 O horário de...


    Alunos da Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares foram recebidos carinhosamente nesta terça-feira (22), no Dia Internacional do Abraço. Campanha de Dia do Abraço é realizada na Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares Jorge Abreu/G1 O horário de entrada dos alunos na Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, no Centro de Macapá, teve uma recepção calorosa nesta terça-feira (22), data em que é celebrado o Dia Internacional do Abraço. Em cada chegada, alguém era recepcionado carinhosamente com os braços abertos. A iniciativa é do professor Marcelo Gurjão e ganhou o apoio dos estudantes. Ele conta que a campanha foi realizada para levar valores humanitários aos jovens. “As escolas propõem muito a inteligência racional e a parte afetiva é pouco trabalhada. Desde o ano passado, a nossa escola vem desenvolvendo esse projeto de inteligência emocional. O movimento começou aqui após a morte de um querido professor nosso”, disse Gurjão. A ação é inspirada no movimento “Free Hugs” (abraços grátis), movimento social que envolve pessoas oferencendo abraços para estranhos em locais públicos e que foi criado em 2004, na Austrália. Iniciativa na escola é do professor Marcelo Gurjão Jorge Abreu/G1 Para o professor, o contato afetivo pode melhorar o dia das pessoas e até evitar problemas como depressão, principalmente em adolescentes. Gurjão destaca que a campanha segue na recepção da escola, nos três turno de aulas. “Então, o objetivo é esse, levar um pouco de carga afetiva, amor e tranquilidade para as pessoas, assim se sentirem mais especiais. Nós fazemos esse tipo de recepção nos três turnos, praticando a solidariedade. É um ato simples, mas extremamente significativo”, explicou o professor. Proposta é levar solidariedade e afeto através do abraço Jorge Abreu/G1 Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares promove recepção calorosa dos alunos Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!