G1 > Amapá

    Marcha para Jesus reúne milhares de fiéis pelas ruas da orla de Macapá

    Marcha para Jesus reúne milhares de fiéis pelas ruas da orla de Macapá


    Celebração evangélica percorreu vias da capital no fim da tarde deste sábado (22). Evento com shows busca conscientização para temas sociais e religiosos. Marcha para Jesus quer reunir cerca de 10 mil participantes, segundo a organização...


    Celebração evangélica percorreu vias da capital no fim da tarde deste sábado (22). Evento com shows busca conscientização para temas sociais e religiosos. Marcha para Jesus quer reunir cerca de 10 mil participantes, segundo a organização Carlos Alberto Jr/G1 Milhares de fiéis percorreram ruas da orla de Macapá, entre as zonas Sul e Centro de Macapá no fim da tarde deste sábado (22) em mais uma edição da Marcha para Jesus. A programação teve a tradicional caminhada, onde os participantes seguiram o trio elétrico ao som de canções de louvor. A expectativa dos organizadores é reunir cerca de 10 mil fiéis. A marcha partiu da Praça da Samaúma, percorrendo a orla até encerrar no complexo Beira Rio, onde durante a noite acontecem vários shows com nomes da música gospel local e nacional, entre eles o Trio Salvador, DD Junior (MG) e o cantor Jotta A (RO). Antes da caminhada iniciar, os fiéis pregaram a conversão e a salvação das famílias. De acordo com os organizadores, o tema "Que Entre o Rei da Glória" quer atrair Jesus para todas as denominações. "Olhar para essa multidão exaltando o nome de Deus, principalmente os jovens, é muito gratificante. Vamos as ruas para passar uma mensagem que nosso Rei quer dar para termos um mundo melhor", disse o pastor Elienay Bonaspetti. Pastor Elienay Bonaspetti Carlos Alberto Jr/G1 O evento reúne público de todas as idades, mas a maioria dele são de jovens, entre as congregações evangélicas convidadas os jovens se reuniram em maiores grupos. Isso se dá porque, de acordo com o cantor Jhamal Power, existem muitos coletivos, de diversos nichos, mas com algo em comum: o amor por Deus. "Faço parte de um grupo de jovens que trabalha em função de uma nova realidade para esse público. Depois da adolescência acontecem muitas mudanças e isso pode gerar em problemas como a entrada no mundo das drogas, por exemplo. Por isso estamos aqui para esses momentos, os mais difíceis, mas também para outros de reflexão e diversão. Só assim teremos um mundo mehor e mais unido", disse. Concentração foi na Praça da Samaúma Carlos Alberto Jr/G1 Marcha para Jesus A Macha para Jesus é fruto da união de diferentes igrejas evangélicas e faz parte do calendário de eventos de Salvador e de outras cidades do país e do mundo. No Brasil, o movimento foi iniciado pelos líderes da Igreja Renascer, Apóstolo Estevam Hernandes e Bispa Sônia Hernandes. O evento faz parte do calendário oficial do País desde setembro de 2009, quando o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou a Lei Federal n° 12.025, que estabelece a Marcha como uma celebração nacional. As edições da Marcha para Jesus seguem por várias capitais do país, sempre com o apoio de diversas igrejas evangélicas e denominações cristãs da Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil (CIEAB). Concentração teve shows regionais Carlos Alberto Jr/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Rede Sarah seleciona no AP jovens aprendizes para áreas de oficina ortopédica e tecnologia

    Rede Sarah seleciona no AP jovens aprendizes para áreas de oficina ortopédica e tecnologia


    São ofertadas duas vagas para Macapá. Inscrições acontecem de segunda-feira (24) até dia 3 de outubro. Aprendizes contratados recebem um salário-mínimo e ajuda com transporte. Rede Sarah de Hospital de Reabilitação tem processo seletivo...


    São ofertadas duas vagas para Macapá. Inscrições acontecem de segunda-feira (24) até dia 3 de outubro. Aprendizes contratados recebem um salário-mínimo e ajuda com transporte. Rede Sarah de Hospital de Reabilitação tem processo seletivo aberto em Macapá Divulgação/Ascom Rede Sarah AP A Rede Sarah de Hospital de Reabilitação abriu processo seletivo para o Programa de Educação Profissional, destinado a jovens aprendizes. Em Macapá são ofertadas duas vagas, uma para área de oficina ortopédica e outra para tecnologia da informação. As pré-inscrições inciam na segunda-feira (24) e seguem até o dia 3 outubro, pela internet. CONFIRA O EDITAL DE SELEÇÃO PARA O SARAH EM MACAPÁ Para se inscrever, é necessário estar matriculado e frequentando regularmente a escola, do 9º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio; e idade entre 18 e 20 anos. A rede também anunciou que é “desejável que os candidatos sejam oriundos da rede pública de ensino”. Os candidatos que não têm acesso à internet podem se inscrever no certame nos computadores da instituição, das 9h às 17h, exceto sábados, domingos e feriados. A unidade Sarah/Macapá funciona na Rodovia Juscelino Kubitschek, nº 2.011, bairro Universidade. O candidato precisa fazer a pré-inscrição e depois precisa confirmá-la presencialmente, na unidade Macapá, entre os dias 15 a 26 de outubro, também das 9h às 17h, portando original e cópia de documento de identidade e uma foto 3x4. A seleção terá uma prova objetiva, realizada no dia 25 de novembro, e uma prova situacional, no período de 14 de janeiro a 1º de fevereiro de 2019. Os aprendizes contratados terão direito, por mês, a um salário-mínimo, vale-transporte, alimentação no refeitório do hospital e também um uniforme. A jornada de trabalho é de 20 horas semanais, ou seja, 4 horas por dia, de segunda a sexta-feira, e no contraturno de aulas. Áreas de aprendizagem Oficina Ortopédica: Atividades de aprendizagem relacionadas à confecção de órteses, próteses e adaptações que favorecem a locomoção e a independência funcional de pacientes tratados na Rede SARAH. Tecnologia da Informação: Atividades de aprendizagem relacionadas a manutenção, operação e reparos de baixa complexidade em microcomputadores e redes locais na área hospitalar. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Professor aproveita ação social em Macapá para levar três filhos ao pediatra: 'atendido bem rápido'

    Professor aproveita ação social em Macapá para levar três filhos ao pediatra: 'atendido bem rápido'


    Cerca de 500 atendimentos gratuitos foram realizados em evento deste sábado (22). Programação gratuita foi realizada no Centro de Macapá, neste sábado (22) Victor Vidigal/G1 Cerca de 500 atendimentos gratuitos foram realizados na manhã deste...


    Cerca de 500 atendimentos gratuitos foram realizados em evento deste sábado (22). Programação gratuita foi realizada no Centro de Macapá, neste sábado (22) Victor Vidigal/G1 Cerca de 500 atendimentos gratuitos foram realizados na manhã deste sábado (22), no bairro Laguinho, Zona Central de Macapá, durante uma ação que comemorou o aniversário de uma clínica de saúde. A programação seguiu até às 13h. Foi nessa programação que o professor de matemática Marcelo Santos, de 36 anos, levou, junto com a esposa, os três filhos do casal para buscarem atendimento pediátrico. Ele descreveu que foi uma oportunidade de ser atendido mais rápido e com qualidade. "Com uma ação dessa a gente consegue ser atendido bem rápido. Além de ser graça, há um cuidado em atender todas as pessoas. Em um estado que tem problemas na área da saúde, isso é bem interessante de se ver", destacou o professor. O evento também contou com atendimentos ginecológicos, dermatológicos, de clínico geral, nutricional, fisioterapeuta, exames de ultrassonografia, próstata, sangue, preventivo, massagens e distribuição de 100 kits de higiene bucal. Crianças participaram de palestra sobre educação bucal Victor Vidigal/G1 Mounir Dagher, diretor executivo da clínica, falou que os atendimentos têm como proposta o social. "Como o objetivo do nosso consultório é fazer atendimento popular, de baixo custo, nós resolvemos comemorar esses três anos de aniversário dando consultas e exames de forma gratuita para a população", explicou. O servidor público Ginilson Mesquita, de 45 anos, aproveitou para relaxar um pouco com o atendimento de massagem. "Vim aproveitar os benefícios dessa massagem muito boa. Procuro sempre o melhor para saúde e essa ação aconteceu em um momento propício porque é nesses momentos de fim de semana que tenho para relaxar", explicou o servidor. Ginilson Mesquita aproveitou para relaxar com atendimento de massagem Victor Vidigal/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: JAP1 de sábado, 22 de setembro

    VÍDEOS: JAP1 de sábado, 22 de setembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    'Se trouxessem eles para vacinar, não haveria essa doença', diz dono de animal em ação antirrábica

    'Se trouxessem eles para vacinar, não haveria essa doença', diz dono de animal em ação antirrábica


    Cães e gatos precisam ser levados com coleiras e cartão de vacinação. Meta é vacinar 47,3 mil animais até o fim da campanha. Atendimentos do 'Dia D' vão até 17h deste sábado (22). Donos levam cães e gatos no 'Dia D' da vacinação...


    Cães e gatos precisam ser levados com coleiras e cartão de vacinação. Meta é vacinar 47,3 mil animais até o fim da campanha. Atendimentos do 'Dia D' vão até 17h deste sábado (22). Donos levam cães e gatos no 'Dia D' da vacinação antirrábica em Macapá Victor Vidigal/G1 Neste sábado (22) está ocorrendo o 'Dia D' da vacinação antirrábica em Macapá. Ao todo, 51 postos estão disponibilizando as vacinas para cães e gatos. A meta é que esse ano sejam vacinados 47,3 mil animais, entre cães e gatos, segundo a prefeitura da capital. Os atendimentos do Dia D seguem até 17h. Veja os postos que funcionam no Dia D de vacinação contra a raiva Na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Congós, por exemplo, a vacinação ocorre em frente ao prédio. Até 11h, cerca de 200 animais já tinham recebido a dose no local. Foi lá que o tecnólogo de sistemas Evilson Soares, de 34 anos, levou o cachorro Snoopy, de 6 anos, para se vacinar. Ele lembra a importância de estar em dia com o calendário vacial e o compromisso com a saúde do animal, tanto cães quanto gatos. "Se cada um se preocupasse um pouco com a saúde dos seus animais, trouxessem ele aqui para vacinar, não haveria essa doença que afeta muitos bichos", ressaltou. Criança levou pet para dia D da vacinação antirrábica, em Macapá Victor Vidigal/G1 Este sábado também foi dia de imunizar a cadela Duda. A dona de casa Elina Torres, de 59 anos, contou que todo ano imuniza os animais de casa e a Duda não poderia ficar de fora. "É muito importante para a saúde deles. Eu não deixo a minha cachorra sem a vacina dela. Todo tempo que tem a campanha eu trago ela para tomar vacinação. Ela é a criança da casa", conta Elina. Elina Torres levou a cadela Duda para a vacinação, em Macapá Victor Vidigal/G1 O vacinador Abimael Santos explicou quais recomendações os donos devem seguir ao irem fazer a prevenção. "O morador deve trazer o seu animal em uma coleira. Também deve estar com o cartão de vacinação do animal. Caso não tenha, ele pode vir e aqui será feito um cartão", explicou. Para receber a dose, os animais também devem ter idade mínima de dois meses e não podem estar com doenças. Aos que não puderem levar os animais neste sábado, a vacina antirrábica fica disponível no Canil Municipal, de segunda a sexta-feira, na Rodovia JK; e no Setor de Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), que fica na Avenida General Osório, no Laguinho, Zona Central de Macapá. Lá, o tutor do animal pode levar a dose para aplicar em casa. Para isso, é preciso levar um isopor com gelo para o armazenamento. Vacina Antirrábica É a forma mais eficaz de proteger os animais contra a raiva. Como toda medicação pode apresentar algumas reações, as principais causadas pelas vacinas são febre alta, falta de apetite, o animal fica muito quieto, aparenta tristeza e pode haver também queda de pelos no local onde a substância foi aplicada. O sintoma mais comum é dor no local da aplicação. Sintomas da raiva em cães e gatos Agressividade, com tentativas de morder pessoas, animais e objetos Tristeza, com busca de lugares escuros Alteração do latido Salivação excessiva, com a boca aberta constantemente Recusa de alimentos e de água por ter dificuldade de engolir, com engasgos Perda de coordenação motora Convulsões Paralisia nas patas traseiras Paralisia total Veja onde vacinar o seu pet (postos) UBS Marcelo Cândia, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Estadual Maria José S. da Silva, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Municipal Jardim Felicidade 1, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Municipal Josafá Aires, no Infraero 1 UBS Brasil Novo, no bairro Brasil Novo Escola Municipal Lúcia Neves Deniur, no Brasil Novo UBS Infraero 2, no bairro Infraero 2 A. M. Boné Azul, no bairro Boné Azul Escola Estadual Dom José Maritano, no bairro Novo Horizonte Escola Estadual Raimunda Santos dos Passos, no bairro Novo Horizonte Escola Municipal Raimunda da Silva Virgulino, no bairro Novo Horizonte Praça do Pantanal, no bairro Pantanal UBS Alvaro Corrêa, no bairro São Lázaro Igreja Nossa Senhora dos Remédios, no bairro Renascer Escola Municipal José Leoves, no bairro Renascer UBS Perétuo Socorro, no bairro Perpétuo Socorro Escola Estadual Mário Andreazza, no bairro Perpétuo Socorro UBS Cidade Nova, no bairro Cidade Nova UBS Rubim Brito Aronovicht, no bairro Santa Inês Igreja Jesus de Nazaré (quadra), no bairro Jesus de Nazaré Escola Estadual Azevedo Costa, no bairro Laguinho Escola Estadual Deusolina Sales Farias, bairro Pacoval Escola Municipal Eunice das Chagas, no bairro Pacoval Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, no Centro Estádio Glicério Marques, no bairro Trem UBS São Pedro, no bairro Beirol Polícia Interativa Araxá, no bairro Araxá UBS Rosa Moita, no bairro Nova Esperança Praça do Alvorada, no bairro Alvorada Escola Estadual Antônio João, no bairro Santa Rita Escola Estadual Predicanda Lopes, no bairro Santa Rita Escola Estadual Nilton Balieiro, no bairro Marabaixo DVA, no bairro Cabralzinho Escola Maria Raimunda Lima Guedes, no bairro Marabaixo Escola Municipal Roraima, no bairro Buritizal Escola Estadual Coelho Neto (Arena), no bairro Buritizal Local não definido, no bairro Cuba de Asfalto Escola Estadual Reinaldo Damasceno, no bairro Cuba de Asfalto Escola Estadual Raimundo de Oliveira Alencar, no bairro Laurindo Banha UBS Congós, no bairro Congós Escola Estadual Irineu da Gama Paes (Arena), no bairro Congós Escola Estadual Mãe Angélica, no bairro Congós UBS Raimundo Hozanan, no bairro Muca UBS Pedrinhas, no bairro Pedrinhas Escola Municipal Esforço Popular, no bairro Jardim Marco zero UBS Leozildo Fontoura, no bairro Zerão Escola Municipal Neusona, no bairro Zerão Escola Estadual Antonio Castro Monteiro, no bairro Zerão Escola Municipal Marinete da Silva Mira, no bairro Universidade Canil Municipal, no distrito de Fazendinha Semsa, no Laguinho Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Ação educativa leva simulador de acidentes para praça no Centro de Macapá

    Ação educativa leva simulador de acidentes para praça no Centro de Macapá


    Objetivo é conscientizar a população sobre os riscos da falta do cinto de segurança. G1 testou o instrumento da CTMac. Simulador de acidentes foi levado para a Praça Veiga Cabral Jorge Abreu/G1 Uma nova ferramenta educacional da Companhia de...


    Objetivo é conscientizar a população sobre os riscos da falta do cinto de segurança. G1 testou o instrumento da CTMac. Simulador de acidentes foi levado para a Praça Veiga Cabral Jorge Abreu/G1 Uma nova ferramenta educacional da Companhia de Trânsito e Transportes de Macapá (CTMac) quer conscientizar a população sobre os riscos da falta do uso do cinto de segurança. A primeira ação com o simulador de acidente aconteceu neste sábado (22), na Praça Veiga Cabral, no Centro. O diretor de trânsito da CTMac, Antônio Roberto Souza, explica que o impacto causado pelo simulador é de 5 a 10 quilômetros por hora. A proposta é dar noção ao público sobre a importância do cinto de segurança. “A gente percebeu, de acordo com nossos dados estatísticos, 80% das infrações são de pessoas que não usam o cinto de segurança. Então, nossa campanha educacional é para conscientizar nesse sentido durante a Semana Nacional de Trânsito”, explicou. A falta do uso do cinto de segurança é a infração mais flagrada por câmeras em Macapá, aponta CTMac. G1 testou o simulador de acidentes Patrícia Leal/CTMac O G1 testou o simulador. Sem o cinto do segurança, o impacto da colisão em um acidente real provocaria o arremesso do passageiro ou do condutor, e, dependendo da velocidade, os riscos à vida são inevitáveis. Para Souza, ações educativas são fundamentais para a diminuição dos índices de acidentes graves. Ele destaca que o simulador será levado, até o dia 30, para locais com grandes fluxos de pessoas, como shoppings, eventos sociais e praças. “O carro-chefe da CTMac sempre foi a educação. Nós fazemos as fiscalizações e outras ações por lei. Diante disso, a gente procura levar inovações para consciencizar ainda mais a população, com intuito de diminuir os índices de acidentes”, ressaltou o diretor de trânsito. Antônio Roberto Souza, diretor de trânsito da CTMac Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Escondidinho de jaca é opção para um prato vegano; aprenda

    Escondidinho de jaca é opção para um prato vegano; aprenda


    Receita é fácil e simples de fazer. Quem ensina é a chef Aldaleia Costa. Escondidinho de jaca é opção para pratos vegetarianos; aprenda Reprodução/Rede Amazônica A receita deste sábado (22) traz o tradicional escondidinho, mas com um...


    Receita é fácil e simples de fazer. Quem ensina é a chef Aldaleia Costa. Escondidinho de jaca é opção para pratos vegetarianos; aprenda Reprodução/Rede Amazônica A receita deste sábado (22) traz o tradicional escondidinho, mas com um ingrediente bem diferente, a "carne" da jaca. Essa é uma opção de prato vegano. A polpa tirada da fruta ainda verde é usada neste passo a passo, que não tem sabor adocicado. Quem ensina é a chef Aldaleia Costa. A iguaria pode ser servida com quiche de sobras de legumes reaproveitados e uma geleia de pimenta feita com casca de abacaxi. Chef Aldaleia Costa ensina a receita Reprodução/Rede Amazônica Aprenda a fazer um "escondidinho de carne de jaca": Ingredientes: 

500g de carne de jaca; 
2 colheres de cheiro-verde; 
2 colheres de chicória; 3 dentes de alho; 2 colheres de azeite; 1 pitada de cúrcuma;
 1 pitada de colorau; 
Sal a gosto. 

Modo de preparo:
 Refogue a carne de jaca com azeite, colorau, alho e sal, depois acrescente a cúrcuma, chicória e o cheiro verde.

 Purê de macaxeira Ingredientes: 300g de macaxeira;
 5 colheres de margarina;
 1 copo de leite; 200g de queijo;
 Sal a gosto. 

Modo de preparo:
 Ferva a macaxeira, tire os talos, amasse e acrescente o leite e a margarina, sal a gosto. Coloque em um refratário, a carne e o purê em cima. O queijo, gratine por uns 15 minutos.

 Quiche de talos e cascas é sugestão para acompanhar escondidinho de jaca Reprodução/Rede Amazônica Sugestão para acompanhamento Quiche de talos e cascas Ingredientes: 02 xícaras de talos de couve, casca de cenoura, batata, abobrinha, chucu; 


Modo de preparo:
 Afervente por 5 minutos e corte em pedacinhos. Massa do quiche Ingredientes: xícaras de trigo; 2 colheres de água; 1 ovo; 100g de margarina. 
Modo de preparo: Misture o trigo, a água e o ovo. Use a margarina para dar o ponto, amasse e deixe na geladeira por 10 minutos e modele os quiches e pré-asse.

 Recheio Ingredientes: 1/2 cebola picada; 1 colher de cheiro-verde; 
Chicória; 2 colheres de azeite; 

Modo de preparo: 
 Refogue os talos no azeite, cebola e alho. Depois de refogado coloque nas forminhas. 

Cobertura Ingredientes: 2 ovos; 1 xícara de queijo; 1 xícara de creme de leite. 

Modo de preparo:
 Mexa tudo e coloque para assar no forno a 180ºC por aproximadamente 20 minutos. Escondidinho de jaca é opção para pratos vegetarianos; aprenda Reprodução/Rede Amazônica Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Ônibus da rota Macapá-Santana é alvo de roubo à mão armada na Rodovia Duca Serra


    Crime aconteceu na noite de sexta-feira (21). Um dos assaltantes estava com arma de fogo. Ninguém foi preso. Um roubo a ônibus foi registrado na noite de sexta-feira (21), por volta das 20h, na Rodovia Duca Serra, Zona Oeste de Macapá. Segundo...

    Crime aconteceu na noite de sexta-feira (21). Um dos assaltantes estava com arma de fogo. Ninguém foi preso. Um roubo a ônibus foi registrado na noite de sexta-feira (21), por volta das 20h, na Rodovia Duca Serra, Zona Oeste de Macapá. Segundo informações da Polícia Militar (PM), dois assaltantes, um deles com arma de fogo, praticaram o crime em um coletivo da linha Macapá/Santana. De acordo com a PM, os assaltantes levaram vários objetos dos passageiros e toda a renda do dia. Os assaltantes desceram próximo a um posto no Trevão do Matapí, trecho que liga as rodovias AP-010 e AP-020. Uma equipe do 6º Batalhão da PM realizou buscas pela área, mas não conseguiu encontrar nenhum dos criminosos. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Dia D de vacinação contra raiva é neste sábado, 22, em Macapá; veja os postos

    Dia D de vacinação contra raiva é neste sábado, 22, em Macapá; veja os postos


    Meta é vacinar mais de 47,3 mil cães e gatos na capital. Um total de 51 postos de vacinação estão disponíveis, informou a Secretaria Municipal de Saúde. Dia D de vacinação antirrábica em Macapá pretende imunizar mais de 47 mil cães e...


    Meta é vacinar mais de 47,3 mil cães e gatos na capital. Um total de 51 postos de vacinação estão disponíveis, informou a Secretaria Municipal de Saúde. Dia D de vacinação antirrábica em Macapá pretende imunizar mais de 47 mil cães e gatos Divulgação É neste sábado (22) o Dia D da vacinação antirrábica em Macapá. A meta é vacinar mais de 47,3 mil animais, entre cães e gatos, segundo a prefeitura da capital. Para alcançar o objetivo, um total de 51 postos de vacinação foram disponibilizados, entre unidades de saúde, escolas e órgãos públicos, com atendimento das 8h às 17h. A recomendação é que os donos conduzam os bichinhos de coleira e levem o cartão de vacinação, caso tenham. A vacina é específica para animais a partir de dois meses de idade. Cães e gatos que estejam doentes não podem receber a dose. A Secretaria Municipal de Saúde informou que, durante todo o ano, a meta é imunizar 38.056 cães e 9.313 gatos, e que a vacina fica disponível no Canil Municipal, de segunda a sexta-feira. Lá, o tutor do animal pode levar a dose para aplicar em casa. Para isso, é preciso levar um isopor com gelo para o armazenamento. De acordo com a Semsa, a raiva é uma doença controlada na capital. Apesar disso, a vacina é necessária por ser a única forma de prevenção. O vírus é 100% letal ao ser humano e tem como meio principal de transmissão a mordida de animais, especialmente de cães e gatos. Vacina é único meio de prevenir a raiva Reprodução/TV TEM Vacina antirrábica É a forma mais eficaz de proteger os animais contra a raiva. Como toda medicação pode apresentar algumas reações, as principais causadas pelas vacinas são febre alta, falta de apetite, o animal fica muito quieto, aparenta tristeza e pode haver também queda de pelos no local onde a substância foi aplicada. O sintoma mais comum é dor no local da aplicação. Sintomas da raiva em cães e gatos Agressividade, com tentativas de morder pessoas, animais e objetos Tristeza, com busca de lugares escuros Alteração do latido Salivação excessiva, com a boca aberta constantemente Recusa de alimentos e de água por ter dificuldade de engolir, com engasgos Perda de coordenação motora Convulsões Paralisia nas patas traseiras Paralisia total Veja onde vacinar o seu pet (postos) UBS Marcelo Cândia, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Estadual Maria José S. da Silva, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Municipal Jardim Felicidade 1, no bairro Jardim Felicidade 1 Escola Municipal Josafá Aires, no Infraero 1 UBS Brasil Novo, no bairro Brasil Novo Escola Municipal Lúcia Neves Deniur, no Brasil Novo UBS Infraero 2, no bairro Infraero 2 A. M. Boné Azul, no bairro Boné Azul Escola Estadual Dom José Maritano, no bairro Novo Horizonte Escola Estadual Raimunda Santos dos Passos, no bairro Novo Horizonte Escola Municipal Raimunda da Silva Virgulino, no bairro Novo Horizonte Praça do Pantanal, no bairro Pantanal UBS Alvaro Corrêa, no bairro São Lázaro Igreja Nossa Senhora dos Remédios, no bairro Renascer Escola Municipal José Leoves, no bairro Renascer UBS Perétuo Socorro, no bairro Perpétuo Socorro Escola Estadual Mário Andreazza, no bairro Perpétuo Socorro UBS Cidade Nova, no bairro Cidade Nova UBS Rubim Brito Aronovicht, no bairro Santa Inês Igreja Jesus de Nazaré (quadra), no bairro Jesus de Nazaré Escola Estadual Azevedo Costa, no bairro Laguinho Escola Estadual Deusolina Sales Farias, bairro Pacoval Escola Municipal Eunice das Chagas, no bairro Pacoval Escola Estadual Alexandre Vaz Tavares, no Centro Estádio Glicério Marques, no bairro Trem UBS São Pedro, no bairro Beirol Polícia Interativa Araxá, no bairro Araxá UBS Rosa Moita, no bairro Nova Esperança Praça do Alvorada, no bairro Alvorada Escola Estadual Antônio João, no bairro Santa Rita Escola Estadual Predicanda Lopes, no bairro Santa Rita Escola Estadual Nilton Balieiro, no bairro Marabaixo DVA, no bairro Cabralzinho Escola Maria Raimunda Lima Guedes, no bairro Marabaixo Escola Municipal Roraima, no bairro Buritizal Escola Estadual Coelho Neto (Arena), no bairro Buritizal Local não definido, no bairro Cuba de Asfalto Escola Estadual Reinaldo Damasceno, no bairro Cuba de Asfalto Escola Estadual Raimundo de Oliveira Alencar, no bairro Laurindo Banha UBS Congós, no bairro Congós Escola Estadual Irineu da Gama Paes (Arena), no bairro Congós Escola Estadual Mãe Angélica, no bairro Congós UBS Raimundo Hozanan, no bairro Muca UBS Pedrinhas, no bairro Pedrinhas Escola Municipal Esforço Popular, no bairro Jardim Marco zero UBS Leozildo Fontoura, no bairro Zerão Escola Municipal Neusona, no bairro Zerão Escola Estadual Antonio Castro Monteiro, no bairro Zerão Escola Municipal Marinete da Silva Mira, no bairro Universidade Canil Municipal, no distrito de Fazendinha Semsa, no Laguinho Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Agosto tem melhor saldo em três anos e AP soma 2,2 mil postos de trabalho criados em 2018

    Agosto tem melhor saldo em três anos e AP soma 2,2 mil postos de trabalho criados em 2018


    Oitavo mês do ano teve 549 contratações a mais que demissões por carteira assinada, segundo o MTE. Construção civil e setor de serviços puxaram maior quantidade de admissões no estado. Construção civil elevou índices de vagas no mês...


    Oitavo mês do ano teve 549 contratações a mais que demissões por carteira assinada, segundo o MTE. Construção civil e setor de serviços puxaram maior quantidade de admissões no estado. Construção civil elevou índices de vagas no mês passado John Pacheco/G1 Após três anos seguidos com dados negativos no mês de agosto, em 2018 o Amapá voltou a registrar alta e encerrou o oitavo mês do ano com 549 admissões com carteira de trabalho a mais que demissões. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho na sexta-feira (21). Com o bom desempenho, o estado já soma 2.201 novos postos de trabalho ano, impulsionado principalmente pelos setores de construção civil (1.157) e serviços (1.601). O comércio (-338) está com saldo negativo em 2018. Os números integram o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A tendência de abertura de novos postos de trabalho acontece pelo segundo mês consecutivo, onde em julho foram 542 novos empregos com carteira assinada. De janeiro a agosto desse ano, em todos os setores, foram 15.751 contratações contra 13.550 demissões. Em agosto, dos oito setores pesquisados pelo Caged, cinco tiveram alta, dois tiveram queda e um deles não registrou contratação no mês passado. Desde o início do ano, apenas em três meses o Amapá mais demitiu que contratou. Municípios O Caged também divulgou o saldo de vagas nas três maiores cidades do Amapá: em agosto duas delas tiveram saldo positivo, Macapá (406) e Santana (70). Laranjal do Jari demitiu mais que contratou, com três postos perdidos. Salário médio de admissão O Ministério do Trabalho também informou que o salário médio de admissão foi de R$ 1.541,53 em agosto, o que representa uma alta real, já considerando a inflação, de R$ 5,26 em relação ao patamar de julho. Em relação a agosto do ano passado, no entanto, o salário de admissão caiu, registrando uma perda real de R$ 1,50. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Drogas, aborto e feminicídio são temas de peças teatrais de alunos em Macapá

    Drogas, aborto e feminicídio são temas de peças teatrais de alunos em Macapá


    Proposta é incentivar estudantes na busca por pesquisa dentro da disciplina de língua portuguesa e também despertar o senso crítico em relação a política pública. Busca por solução de problemas sociais inspirou alunos Jorge Abreu/G1...


    Proposta é incentivar estudantes na busca por pesquisa dentro da disciplina de língua portuguesa e também despertar o senso crítico em relação a política pública. Busca por solução de problemas sociais inspirou alunos Jorge Abreu/G1 Aborto, drogas, alcoolismo e feminicídio foram os principais temas abordados pelos 185 alunos do 9º ano, que produziram e interpretaram dez peças teatrais, cada uma com dez minutos de duração. Internet e gramática também ganharam destaques. A busca por soluções de problemas sociais inspirou alunos da Escola Estadual Coaracy Nunes a produzirem encenações e coreografias de dança. Após quase cinco meses de ensaios, o trabalho foi apresentado nesta sexta-feira (21), no Teatro das Bacabeiras, em Macapá. Aborto, drogas, alcoolismo e feminicídio foram os principais temas abordados pelos 185 alunos do 9º ano, que produziram e interpretaram dez peças teatrais, cada uma com dez minutos de duração. Internet e gramática culta também ganharam destaques. Dulcinéia Marques, professora de língua portuguesa Jorge Abreu/G1 Para a professora de língua portuguesa Dulcinéia Marques Tomas, esse tipo de atividade foi a forma que ela encontrou para incentivar os estudantes a estudarem mais interpretação de texto e assuntos relacionados a política pública. “Há oito anos, quando eu comecei a trabalhar na escola, senti que os alunos tinham a mente parada. Eles não avançavam na leitura e na interpretação de texto, então pensei em fazer algo que despertasse a motivação deles”, enfatizou. Coreografias de dança também fizeram parte do evento em Macapá Jorge Abreu/G1 Cerca de 350 alunos do 7º e 8º ano foram convidados para compor a plateia. Após a implantação do teatro como instrumento de avaliação, a professora destaca que houve um interesse maior e avanço dos alunos na pesquisa e interpretação de texto, assim como melhora nas notas. “A atividade é excelente para desenvolver os processos mental e corporal dos alunos, além de despertar o interesse na leitura. A nossa outra proposta é preparar esses adolescentes para os ensinos médio e superior”, finalizou Dulcinéia. Cerca de 350 alunos foram a plateia do espétaculo no Teatro das Bacabeiras Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Procissões marcam festividades à Santa Terezinha no AP, veja programação

    Procissões marcam festividades à Santa Terezinha no AP, veja programação


    Festejos à padroeira universal das missões católicas serão comemorados em três paróquias da capital, com programação religiosa que se estende até o mês de outubro. Santa Terezinha é considerada a padroeira universal das missões católicas...


    Festejos à padroeira universal das missões católicas serão comemorados em três paróquias da capital, com programação religiosa que se estende até o mês de outubro. Santa Terezinha é considerada a padroeira universal das missões católicas Carlos Sobreira/Divulgação Novenas, oração do Terço das Rosas e celebrações eucarísticas fazem parte da programação em honra a Santa Terezinha, em Macapá. Festejos à padroeira universal das missões católicas serão comemorados em três paróquias da capital, com programação religiosa que se estende até outubro. No distrito de Fazendinha, as celebrações iniciam no sábado (22). Orações e celebrações eucarísticas fazem parte da agenda, que acontecerá na Igreja Matriz Paroquial, até dia 30. No dia 1º de outubro, às 18h, os fiéis saem em procissão pelas ruas do distrito e participam da missa dedicada à padroeira. No dia 11 de novembro tem a festa social, com início às 11h. No bairro Jesus de Nazaré, Zona Central de Macapá, a programação será de 22 a 30 deste mês. Com o tema “Serei tudo, serei amor!”, os encontros acontecem no Pequeno Carmelo de Santa Teresinha. A festividade organizada pelas Irmãs Carmelitas de Santa Teresa de Florença contará com a presença de padres convidados para as missas e, no dia 1º de outubro, dia de Santa Teresinha, a celebração solene será presidida pelo bispo de Macapá, dom Pedro José Conti, às 19h. Será realizada a tradicional bênção das rosas que no fim serão compartilhadas entre os participantes. Festejos em honra à Santa também ocorrem na Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus, no bairro Marabaixo, em Macapá Divulgação Pascom Santa Terezinha também será festejada no bairro Marabaixo. Lá, onde foi erguida a Igreja Santa Terezinha do Menino Jesus, as comemorações tiveram início no dia 8 de setembro. Até a terça-feira (25) acontece as visitas às famílias do bairro e a recitação do terço. Nos dias 29 e 30 de setembro, a programação será na igreja dedicada à santa, onde os devotos rezarão o terço, participarão da missa e adoração eucarística. Em 1º de outubro, às 18h30, acontece a procissão pelas ruas do bairro Marabaixo 1. Após a procissão, todos participam da missa solene. A festividade se encerra no dia 6, com um bingo beneficente após a missa. Santa Teresinha Entrou aos 15 anos no Mosteiro das Carmelitas em Lisieux (França), onde morreu aos 24 anos, no dia 30 de setembro de 1897. Sua beatificação aconteceu em 1923 e teve sua canonização em 1925. Foi declarada “Patrona Universal das Missões Católicas” em 1927, pelo Papa Pio XI. No dia 19 de outubro de 1997, o Papa João Paulo II proclamou Santa Teresa do Menino Jesus e da Sagrada Face doutora da Igreja. Serviço: Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus Data: 22 de setembro a 1 de outubro Local: Rua Caetano Dias Tomaz, n° 100, distrito de Fazendinha Pequeno Carmelo Data: 22 de setembro a 1º de outubro Local: Avenida Mãe Luzia, n° 1335, bairro Jesus de Nazaré Comunidade Santa Teresinha – Paróquia São João Piamarta Data: 10 de setembro a 6 de outubro Local: Igreja Santa Teresinha do Menino Jesus Endereço: Rua 7, nº 317, Marabaixo I Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Motoqueiro morre ao colidir com picape em rodovia na Zona Oeste de Macapá

    Motoqueiro morre ao colidir com picape em rodovia na Zona Oeste de Macapá


    Acidente de trânsito aconteceu na tarde desta sexta-feira (21), na entrada do bairro Marabaixo, na Rodovia Duca Serra, que liga a capital ao município de Santana. Acidente aconteceu na entrada do bairro Marabaixo, na Zona Oeste de Macapá Danilo...


    Acidente de trânsito aconteceu na tarde desta sexta-feira (21), na entrada do bairro Marabaixo, na Rodovia Duca Serra, que liga a capital ao município de Santana. Acidente aconteceu na entrada do bairro Marabaixo, na Zona Oeste de Macapá Danilo Borralho/Rede Amazônica Um homem identificado como João da Conceição Queiroz, de 45 anos, morreu após a motocicleta que conduzia colidir com uma picape. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (21), na Rodovia Duca Serra, Zona Oeste de Macapá. De acordo com o tenente George Abreu, do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual (BPRE), o motoqueiro foi atingido quando saa do bairro Marabaixo. O condutor da picape trafegava no sentido Santana/Macapá quando aconteceu o acidente. “Foi por volta de 16h40. O acidente envolveu uma motocicleta e um veículo tipo picape. O motoqueiro saia do bairro Marabaixo. Ele fez a conversão para entrar na rodovia, momento em que foi surpreendido pelo automóvel”, explicou. Trânsito ficou lento na região após o ocorrido Danilo Borralho/Rede Amazônica O militar destacou que a rodovia liga a capital ao município de Santana, o que gera um alto fluxo diário de veículos em alta velocidade. Para Abreu, a falta de sinalização no cruzamento colaborou para o acidente. “A Rodovia Duca Serra é de passagem rápida, então, a velocidade no local é alta. Isso, somado com o cruzamento que não tem sinalização, resultou nesse acidente. O motorista do carro disse que a vítima avançou”, explicou George Abreu. O motorista não teve a identidade revelada. Segundo o BPRE, ele passou pelo teste do etilômetro, que testa o teor de álcool no sangue, e o resultado foi negativo. A documentação do carro estava em dia. Mesmo assim, o condutor foi apresentado na delegacia para prestar depoimento. Já o corpo da vítima foi removido pela Polícia Técnico-Científica (Politec) para passar por necrópsia. Familiares compareceram ao local, que ficou isolado. O trânsito na rodovia ficou lento. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    'Oportunidade de ganhar dinheiro extra', diz desempregada em feira do empreendedor em Macapá

    'Oportunidade de ganhar dinheiro extra', diz desempregada em feira do empreendedor em Macapá


    1ª Feira de Empreendedorismo aconteceu nesta sexta-feira (21) no habitacional Jardim Açucena, com venda de produtos da culinária, vestuário e artesanato. Moradores participam de 1ª Feira do Empreendedor no Açucena, em Macapá Victor...


    1ª Feira de Empreendedorismo aconteceu nesta sexta-feira (21) no habitacional Jardim Açucena, com venda de produtos da culinária, vestuário e artesanato. Moradores participam de 1ª Feira do Empreendedor no Açucena, em Macapá Victor Vidigal/G1 Os moradores do Conjunto Habitacional Jardim Açucena, na Zona Sul de Macapá, realizaram nesta sexta-feira (21) a 1ª Feira de Empreendedorismo da comunidade. Um total de 56 empreendedores comercializaram produtos da culinária, vestuário e artesanato. O projeto faz parte do Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial (PDST) da capital. Rozana Duarte, coordenadora do PDST, explicou que a ideia é incentivar o empreendedorismo na região periférica e fazer com que o local seja usado diariamente pelos comerciantes. "A ideia da feira é fazer com que os empreendedores participem do cotidiano do residencial, tomem conta desse espaço e comercializem os produtos com toda comunidade daqui do entorno, diariamente" explicou. A ex-vigilante Aline Moraes, de 39 anos, veio pela primeira vez vender seus produtos. Ela mora na comunidade há oito anos com as duas filhas e marido, e está desempregada há cinco anos. "O que me fez vir, primeiramente foi o desemprego, mas também a oportunidade de virar empreendedora. Para a gente ganhar um dinheirinho extra que pode ajudar em casa, ajudar comprar as coisas das crianças. É mais uma oportunidade e temos que aproveitar", disse a autônoma. Aline Moraes estava vendendo lanches na feira Victor Vidigal/G1 Segundo Flábio Sena, coordenador dos empreendedores nos habitacionais, a feira também é um jeito de fazer as pessoas ganharem um dinheiro que estavam acostumadas a ganhar quando moravam em áreas de ressaca. "Percebemos que, quando essas pessoas moravam em áreas de ressaca, as vezes elas tinham um empreendimento. E quando elas vêm para os habitacionais, muitas não conseguem vender. Essa ideia também é para gerar a oportunidade para que elas ganhem o dinheiro que ganhavam lá na ponte", ressaltou Sena. Os empreendedores irão passar por capacitações que visam aprimorar os conhecimentos de custo, preço de venda e boas práticas de fabricação de alimentos. Plano de Desenvolvimento Sócio Territorial O PDST é desenvolvido durante um ano, em conjunto com o Ministério das Cidades. Ele é feito após a mudança dos moradores para os residenciais do Programa "Minha Casa, Minha Vida", da Caixa Econômica Federal. O plano visa executar uma série de oficinas e capacitações para os moradores dos conjuntos habitacionais, buscando aumentar o bem-estar social nas regiões periféricas. Venda de roupas aconteceu na 1ª Feira de Empreendedorismo do Jardim Açucena, em Macapá Victor Vidigal/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Gilmar Mendes mantém afastamento de conselheiro do TCE-AP investigado por corrupção

    Gilmar Mendes mantém afastamento de conselheiro do TCE-AP investigado por corrupção


    Afastado desde março após acusação de lavagem de dinheiro, Júlio Miranda tem habeas corpus negado pelo ministro do STF. Membro do Tribunal de Contas chegou a ser preso pela PF. Conselheiro Júlio Miranda, do Tribunal de Contas do Amapá Abinoan...


    Afastado desde março após acusação de lavagem de dinheiro, Júlio Miranda tem habeas corpus negado pelo ministro do STF. Membro do Tribunal de Contas chegou a ser preso pela PF. Conselheiro Júlio Miranda, do Tribunal de Contas do Amapá Abinoan Santiago/Arquivo G1 O conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AP), Júlio Miranda, teve novo pedido de habeas corpus para retorno à corte negado pela Justiça. A nova solicitação para volta ao cargo foi indeferida pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Miranda está afastado do cargo desde março deste ano após ser alvo de nova denúncia pelo crime de lavagem de dinheiro e desvio de recursos do TCE, que somam R$ 100 milhões ao longo de nove anos. Ele é investigado a partir de provas coletadas na operação Mãos Limpas, em 2010, onde chegou a ser preso, e desde então foi alvo de outros afastamentos. O G1 tenta contato com a defesa do conselheiro. A ação penal de março foi aceita pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e investiga como Júlio Miranda teria tentado ocultar valores desviados do TCE. As investigações indicam que, para tentar ocultar o valor apontado como ilícito, o conselheiro teria comprado bens, como imóveis em diferentes estados, automóveis de luxo, embarcações, e até uma aeronave. A decisão ressalta ainda que ele fica proibido de entrar no prédio do TCE e até mesmo de manter contato com servidores. Os bens dele continuam bloqueados. Miranda havia retomado o cargo em dezembro de 2017, quando a 2ª turma do STF recebeu pedido de habeas corpus e revogou a suspensão do exercício da função pública dele, afastado desde 2015. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    'Quero ser um exemplo', diz deficiente visual concursada no Amapá

    'Quero ser um exemplo', diz deficiente visual concursada no Amapá


    Dados no MTE apontam que 48% das vagas destinadas aos deficientes não foram ocupadas em 2017. Nesta sexta-feira (21) é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Kérsia Celimory é servidora pública há quatro anos e atua como...


    Dados no MTE apontam que 48% das vagas destinadas aos deficientes não foram ocupadas em 2017. Nesta sexta-feira (21) é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Kérsia Celimory é servidora pública há quatro anos e atua como massoterapeuta desde maio deste ano Carlos Alberto Jr/G1 A deficiência visual deixou de ser há muito tempo um obstáculo para a socióloga Kérsia Celimory Ferreira. Há quatro anos ela passou em um concurso público e desde maio deste ano ela atua como massoterapeuta no Centro de Referência em Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (Cerpis), em Macapá. "Quero ser um exemplo no mercado a ser seguido e mostrar que podemos ser excelentes profissionais", disse a servidora pública. Nesta sexta-feira (21) é celebrada o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Kérsia faz parte dos 52% de pessoas com deficiência no Amapá que estão exercendo alguma atividade profissional. Os dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) são de 2017 e apontam que de 723 vagas destinadas a esse público, apenas 379 estão n. Kérsia diz que existe má vontade de empresas em contratarem deficientes Carlos Alberto Jr/G1 Para Kérsia, parte da dificuldade da inserção de deficientes no mercado de trabalho está ligada mais a má vontade das empresas do que a falta de qualidade do candidato à vaga. "Logo que completei 18 anos fui atrás de emprego em lojas de departamento, fiz entrevistas, mas nunca me chamaram. Notei que as empresas sempre procuram pessoas com deficiências 'menores', apenas para preencher as cotas obrigatórias. É muito mais má vontade, do que falta de qualidade dos candidatos deficientes. Elas [empresas] não pensam em adaptar o profissional da melhor forma, mas os vê como um peso", desabafou. O levantamento do MTE aponta que empresas privadas são as que mais contratam deficientes. São 373, o que representa 59% da totalidade de vagas a serem preenchidas. Dados apontam que pouco mais da metade das vagas para deficientes foram preenchidas em 2017 no Amapá Divulgação/MTE Formada em sociologia desde de 2012, Kérsia encontrou no concurso público uma alternativa para superar o obstáculo. De acordo com o MTE, ela é um dos servidores deficientes públicos com deficiência. Por ter superado o desemprego e sentir na pela que muitas vezes essa falta de oportunidade está associada ao preconceito, a servidora pública usa a sociologia para trabalhar e lutar pela inclusão no Amapá. "Mesmo depois de ter passado no concurso sofri para começar a trabalhar, uma vez que tive que lutar para aceitarem meus exames. Graças a Deus hoje não sofro mais com isso profissionalmente. Então hoje trabalho a sociologia diretamente com meu projeto Inclusão no Meio do Mundo", finalizou. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    TRE do AP cassa diploma de vereadora por parentesco com ex-prefeita, em Calçoene

    TRE do AP cassa diploma de vereadora por parentesco com ex-prefeita, em Calçoene


    Denúncia foi feita pelo MP eleitoral. Defesa de Ana Maria Machado Pinto, eleita para o cargo em 2016, informou que vai recorrer da decisão. Vereadora 'Aninha' teve diploma cassado pela justiça eleitoral do Amapá Cilene Ramos/Câmara de Vereadores...


    Denúncia foi feita pelo MP eleitoral. Defesa de Ana Maria Machado Pinto, eleita para o cargo em 2016, informou que vai recorrer da decisão. Vereadora 'Aninha' teve diploma cassado pela justiça eleitoral do Amapá Cilene Ramos/Câmara de Vereadores de Calçoene O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Amapá cassou o diploma da vereadora Ana Maria Machado Pinto (MDB), a “Aninha”, de Calçoene, por ter grau de parentesco com a ex-prefeita do município, que fica a 374 quilômetros de Macapá. A defesa da vereadora informou que vai recorrer da decisão ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A cassação ocorreu durante sessão na quarta-feira (19) e atendeu um pedido feito pelo Ministério Público (MP) Eleitoral, quanto à inelegibilidade. Segundo o MP, a Constituição Federal considera inelegíveis o cônjuge e os parentes até segundo grau dos chefes do Executivo. No caso de Ana Maria, a denúncia descreve que ela é cunhada da ex-prefeita do município, Maria Lucimar Lima. Maria Lucimar é casada com o irmão de Ana Maria. Câmara de Vereadores do município de Calçoene Cilene Ramos/Câmara de Vereadores de Calçoene Ana Maria, de 51 anos e pedagoga, foi eleita vereadora do município nas eleições de 2016. Maria Lucimar governou o município entre 2012 e 2016, e deixou o cargo após perder o pleito eleitoral de 2016. Para comprovar a acusação, o MP anexou documentos que mostram a existência do parentesco, como a mesma filiação entre os irmãos e a certidão de casamento do irmão e cunhada da vereadora. Na decisão, o juiz relator citou que “o cunhado é parente por afinidade em segundo grau e por isso incide a inelegibilidade prevista na Constituição Federal”. Além disso, ele descreveu ainda que “nas eleições municipais de 2012, no município de Calçoene, a recorrida teve o registro de candidatura indeferido sob o mesmo fundamento – inelegibilidade em razão de parentesco por afinidade até o segundo grau com a ex-prefeita”. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: JAP1 de sexta-feira, 21 de setembro

    VÍDEOS: JAP1 de sexta-feira, 21 de setembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    Em Macapá, Vera Lúcia defende a estatização do agronegócio e redução da importação de alimentos

    Em Macapá, Vera Lúcia defende a estatização do agronegócio e redução da importação de alimentos


    Candidata do PSTU à Presidência faz campanha nesta sexta-feira (21) no Amapá. Se vencer a eleição, promete apropriar grandes latifúndios sem indenização aos proprietários. Vera Lúcia em coletiva na sede do PSTU em Macapá John Pacheco/G1 Em...


    Candidata do PSTU à Presidência faz campanha nesta sexta-feira (21) no Amapá. Se vencer a eleição, promete apropriar grandes latifúndios sem indenização aos proprietários. Vera Lúcia em coletiva na sede do PSTU em Macapá John Pacheco/G1 Em visita à Macapá nesta sexta-feira (21), a candidata do PSTU à Presidência da República, Vera Lúcia, defendeu a estatização do agronegócio brasileiro na produção de alimentos para subsistência da população. Disse ainda que o domínio sobre as atividades no campo será da classe trabalhadora com a apropriação de terras sem indenização aos latifundiários. "Estatizamos o agronegócio e colocamos sob o domínio dos trabalhadores e com isso se acaba o conflito no campo que é feito hoje. As mortes que são causadas hoje são pelos latifundiários que roubaram essa terra há mais de 500 anos. Então, quando fizermos a reforma agrária, esse problema se resolve. O índio terá a sua terra, os quilombolas terão as suas terras, os povos tradicionais terão as suas terras. Nós teremos alimentos e não vamos precisar importar feijão preto da China", disse. A proposta da candidata foi apresentada a correligionários no fim da manhã durante entrevista na sede do PSTU no Centro de Macapá. No início da tarde a candidata participou de uma panfletagem num terminal de ônibus na Zona Norte. Ainda na capital, está prevista na agenda da candidata uma caminhada na área comercial e reunião com sindicatos. Vera Lúcia concorre à Presidência da República pela 1ª vez John Pacheco/G1 Para garantir a proposta de estatização do agronegócio, Vera Lúcia apontou a necessidade da criação de conselhos populares formados pela classe trabalhadora, que teriam autonomia igual ou superior ao Congresso Nacional. "Se somos capazes de produzir, não somos capazes de administrar?", questionou a presidenciável. Ainda nessa área, para manter o agronegócio, o projeto do partido é reestatizar empresas públicas privatizadas, além de trazer para controle do governo as 100 maiores empresas do país. "Vamos fazer a reforma agrária, sem indenização ao latifúndio, para que nós possamos ter salário e trabalho tanto na cidade quanto no campo, e não vamos indenizar o latifúndio porque essa terra é nossa e nos foi roubada no passado, quando se exterminou os índios e nos escravizaram por 350 anos e concentraram toda essa renda em 31 famílias bilionárias em todo o Brasil", completou. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Estudantes com deficiência no AP disputam 'Olimpíada' com mais de dez modalidades

    Estudantes com deficiência no AP disputam 'Olimpíada' com mais de dez modalidades


    Centro Raimundo Nonato Dias Rodrigues realizou a 16º edição dos Jogos Adaptados nesta sexta-feira (21). Evento com 469 alunos faz parte da Semana de Luta da Pessoa com Deficiência. Estudantes na abertura do evento na quadra da instituição Victor...


    Centro Raimundo Nonato Dias Rodrigues realizou a 16º edição dos Jogos Adaptados nesta sexta-feira (21). Evento com 469 alunos faz parte da Semana de Luta da Pessoa com Deficiência. Estudantes na abertura do evento na quadra da instituição Victor Vidigal/G1 Estudantes com deficiência atendidos pelo Centro Educacional Raimundo Nonato Dias Rodrigues, em Macapá, tiveram nesta sexta-feira (21), um contato mais próximo com diversas modalidades esportivas adaptadas. Os 469 alunos participaram da 16ª edição dos Jogos Adaptados, que aconteceram na quadra da instituição, localizada no bairro Buritizal, na Zona Sul. A prática de esportes como boliche, tênis de mesa, vôlei adaptado, corrida, futsal adaptado, badminton, bocha, tacobol, nado assistido, mergulho e pólo aquático foi a oportunidade dos alunos com deficiência física e motora mostrarem do que são capazes. A programação iniciou às 8h e encerrou às 11h. O evento faz parte da programação da Semana de Luta da Pessoa com Deficiência, que nos últimos dias proporcionou diversas atividades. Nilzete Mendes, diretora do Centro, diz que o evento representa a batalha diária enfrentada por pessoas com deficiência na sociedade. "Muitos direitos já estão garantidos na Constituição Federal, mas a gente precisa ainda trabalhar a consciência e o preconceito. As pessoas com deficiência precisam ser vistas com valor e potencial para desenvolver um papel na sociedade", disse a diretora. Estudantes fazem aquecimento com danças circulares Victor Vidigal/G1 Repetindo o ritual dos Jogos Olímpicos, as atividades no Centro Raimundo Nonato também tiveram a sua tocha. O responsável por acender a pira foi o estudante Ian Braga, de 17 anos, que tem deficiência intelectual. Edson Moraes, pai de Ian e também professor no local, lembrou das dificuldades enfrentadas. "A gente trava batalhas diárias. Quem tem deficiente na família sabe a dificuldade que é você estar em locais públicos e ser descriminado. As pessoas olharem com jeito de pena, como se fosse uma aberração. Não é isso que queremos. Nós só queremos respeito", destacou o professor. Professor Edson Moraes e seu Filho Ian Braga acendento a pira olímpica dos Jogos Adaptados Victor Vidigal/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!

    Corpo não identificado é encontrado em comunidade rural no interior do AP


    Morador de Porto Grande acionou a polícia e o registro do Ciodes foi feito nesta sexta-feira (21). Não foi informado se o cadáver teria ferimentos ou perfurações. O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado jogado em via pública no...

    Morador de Porto Grande acionou a polícia e o registro do Ciodes foi feito nesta sexta-feira (21). Não foi informado se o cadáver teria ferimentos ou perfurações. O corpo de um homem, ainda não identificado, foi encontrado jogado em via pública no município de Porto Grande, a 102 quilômetros de Macapá. O cadáver foi achado por um morador da comunidade rural Colônia do Matapi, que acionou a polícia. O registro do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes) foi feito na manhã desta sexta-feira (21). Não há informações se o corpo teria ferimentos ou perfurações, nem quanto tempo ele estava jogado na via. A Polícia Técnico-Científica (Politec) do Amapá foi acionada para se deslocar ao local para realizar perícia e fazer a remoção do corpo. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: Bom Dia Amazônia de sexta-feira, 21 de setembro

    VÍDEOS: Bom Dia Amazônia de sexta-feira, 21 de setembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    Mais de 1,5 mil empresas do AP podem ser excluídas de regime simplificado de impostos

    Mais de 1,5 mil empresas do AP podem ser excluídas de regime simplificado de impostos


    Receita Federal notificou mais de 716 mil devedores do Simples Nacional em todo o país. Empresários têm 30 dias para regularizarem débitos, senão terão empresas excluídas em 2019. Simples Nacional permite que empresas menores façam pagamento...


    Receita Federal notificou mais de 716 mil devedores do Simples Nacional em todo o país. Empresários têm 30 dias para regularizarem débitos, senão terão empresas excluídas em 2019. Simples Nacional permite que empresas menores façam pagamento simplificado de tributos ACSP/Divulgação A Secretaria da Receita Federal informou que está notificando 1.515 empresas do Amapá inscritas no Simples Nacional (regime simplificado de pagamento de tributos) para cobrar o pagamento de dívidas. Em todo o país são mais de 716 mil devedores, cujos débitos somam R$ 19,5 bilhões. A Receita não divulgou o valor do passivo total dos empreendimentos que atuam no estado. As microempresas e empresas de pequeno porte beneficiadas com o regime inadimplentes que não regularizarem a situação serão excluídas do Simples Nacional a partir de janeiro de 2019, informou a Receita. Entenda o que é o Simples Nacional e quais vantagens para as empresas Ainda de acordo com o órgão, as notificações estão sendo feitas por meio de Atos Declaratórios Executivos (ADEs) e envolvem débitos com a própria Receita Federal e também com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Ao ser notificado, o contribuinte terá prazo de 30 dias para a regularização dos débitos, à vista, em parcelas ou por compensação. Receita Federal no Amapá notifica 1,5 mil empresas inadimplentes do Simples Nacional Jorge Abreu/G1 O teor dos ADEs de exclusão pode ser acessado pelo Portal do Simples Nacional ou pelo Atendimento Virtual (e-CAC), no site da Receita Federal, mediante certificado digital ou código de acesso. A Receita Federal informou que as empresas que regularizarem todos os débitos no prazo terão a exclusão do Simples Nacional “automaticamente tornada sem efeito, ou seja, o contribuinte continuará no Simples Nacional não havendo necessidade de comparecer às unidades da Receita Federal para adotar qualquer procedimento adicional”. Os que não regularizarem no prazo de 30 dias a partir da data em que tomaram ciência serão excluídos do Simples Nacional a partir de 1º de janeiro de 2019. Caso o contribuinte não concorde com os débitos, o empresário pode apresentar contestação à exclusão na unidade da Receita com uma petição por escrito, em duas vias, dirigida à Delegacia da Receita Federal do Brasil de Julgamento (DRJ) do Amapá. A Receita informou ainda que as empresas não optantes pelo Simples Nacional não poderão usufruir dos benefícios tributários da Lei Complementar nº 123, de 2006, como por exemplo o recolhimento unificado de tributos. A exclusão do Simples Nacional “por motivo de débitos não impede que a pessoa jurídica solicite nova opção em janeiro de 2019, ocasião em que serão realizadas novas verificações de pendências”. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Crimes na internet lideram denúncias feitas ao MP Eleitoral do Amapá

    Crimes na internet lideram denúncias feitas ao MP Eleitoral do Amapá


    Instituição acumula mais de 300 denúncias após lançamento de um contato oficial de WhatsApp, criado para colaborar com o combate de irregularidades nas Eleições 2018. Crimes praticados na internet lideram denúncias ao PM Eleitoral no...


    Instituição acumula mais de 300 denúncias após lançamento de um contato oficial de WhatsApp, criado para colaborar com o combate de irregularidades nas Eleições 2018. Crimes praticados na internet lideram denúncias ao PM Eleitoral no Amapá Jorge Abreu/G1 As redes sociais têm sido alvo de fiscalização do Ministério Público Eleitoral no Amapá. Após o lançamento do “WhatsApp Denúncia”, no dia 16 de agosto, a instituição acumula mais de 300 informações que chegaram a se tornar ações judiciais. Entre as infrações mais detectadas estão a criação de grupos políticos no WhatApp com a inclusão de pessoas de forma não voluntárias e o envio de informações de candidatos também sem autorização, sendo alguns casos feitos por sistemas, chamados “robôs”. Nathália Mariel, procuradora regional eleitoral Jorge Abreu/G1 O número destinado a denúncias é o (96) 98134-5151. Segundo a procuradora regional eleitoral Nathália Mariel, o internauta pode enviar mensagens, documentos e arquivos de imagem, áudio e vídeo, além de detalhes como local da ocorrência e o nome do candidato, para auxiliar a investigação. “O que mais chamam atenção são as propagandas irregulares e eventuais crimes que estão sendo praticados pela internet. O disque denúncia é uma novidade nessas eleições e a gente está conseguindo ter êxito nas ações e fiscalizações, graças a esse canal”, enfatizou. Outras denúncias feitas são relacionadas ao uso de carro som, favores em troca de apoio político, “venda” de contatos telefônicos, uso de perfis e páginas nas redes sociais mediante cobrança, enquetes não autorizadas, divulgação de pesquisa sem registro ou "fake news", e a ausência de tradutor de libras nas campanhas em vídeos. Próximo das eleições, que será no dia 7 de outubro (primeiro turno), a procuradora destaca que o “WhatsApp Denúncia” chega a receber mensagens de 20 a 40 pessoas diferentes. Ela destaca que as infrações podem resultar em cassação de mandato, multa e até prisão, em casos de divulgação de pesquisas falsas. “Então, tem uma série de problemas que são ocasionados por situações que parecem inofensivas. Nós pedimos que a população continue no envio de informações para termos conhecimento e apurarmos da melhor maneira possível”, finalizou Nathália. Denúncias feitas chegaram a virar ações judiciais Jorge Abreu/G1 Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 21 de setembro

    Confira as vagas de emprego do Sine em Macapá para o dia 21 de setembro


    Há oportunidades para chapeiro, bibliotecário, cuidador de idoso, cobrador de transportes coletivos e operador de caixa. Número de vagas é de acordo com empresas cadastradas. Sine Amapá oferta 1 vaga de operador de caixa para pessoa com...


    Há oportunidades para chapeiro, bibliotecário, cuidador de idoso, cobrador de transportes coletivos e operador de caixa. Número de vagas é de acordo com empresas cadastradas. Sine Amapá oferta 1 vaga de operador de caixa para pessoa com deficiência Reprodução/Rede Amazônica Acre O Sistema Nacional de Empregos no Amapá (Sine/AP) oferece vagas de empregos para Macapá. O número de vagas está disponível de acordo com as empresas cadastradas no Sine e são para todos os níveis de escolaridade e experiência. Os interessados podem procurar o Sine/AP, localizado n Rua General Rondon, nº 2350, na praça Floriano Peixoto. Em toda a rede Super Fácil tem guichês do Sine e neles é possível obter informações sobre vagas em Macapá e Santana. Outras informações e oferta de vagas são pelo número (96) 4009-9702. Para se cadastrar e atualizar os dados, o trabalhador deverá apresentar Carteira de Trabalho, RG, CPF e comprovante de residência (atualizado). Veja as vagas disponíveis de acordo com as solicitações das empresas: Bibliotecário – 2 vagas Chapeiro – 1 vaga Consultor de relacionamentos – 2 vagas Coordenador de curso – 1 vaga Cuidador de idoso – 1 vaga Mecânico de automóvel – 1 vaga Mecânico eletricista – 1 vaga Supervisor de pintura e funilaria – 1 vaga Auxiliar de depósito – 1 vaga para pessoa com deficiência Cobrador de transportes coletivos – 6 vagas para pessoas com deficiência Operador de caixa – 1 vaga para pessoa com deficiência

    Corpo em avançado estado de decomposição é encontrado com os pulsos amarrados, em Macapá


    Populares acionaram a polícia na tarde desta quinta-feira (20). Um RG foi encontrado ao lado do cadáver, mas somente a perícia vai confirmar a identidade da vítima. Um cadáver em avançado estado de decomposição e com os punhos amarrados, foi...

    Populares acionaram a polícia na tarde desta quinta-feira (20). Um RG foi encontrado ao lado do cadáver, mas somente a perícia vai confirmar a identidade da vítima. Um cadáver em avançado estado de decomposição e com os punhos amarrados, foi encontrado por volta das 17h40 desta quinta-feira (20) na Linha B do quilômetro 9, na Zona Oeste de Macapá. O corpo foi achado por populares, que acionaram a polícia. De acordo com o 6º Batalhão da Polícia Militar, um carteira de identidade, de um jovem de 27 anos, estava ao lado do cadáver. Porém, somente a perícia vai confirmar o sexo e se o RG é da vítima. A Polícia Técnico-Científica (Politec) do Amapá esteve no local para realizar perícia e fazer a remoção do corpo. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Processo seletivo abre vagas para funcionários e estágios no Sesi e Senai no AP

    Processo seletivo abre vagas para funcionários e estágios no Sesi e Senai no AP


    Vagas são para as áreas de administração, contabilidade e para estudantes do curso de pedagogia. Inscrições vão até sábado (22), por e-mail. Sesi e Senai Amapá abrem vagas para contratação de funcionários e estágiários Érica...


    Vagas são para as áreas de administração, contabilidade e para estudantes do curso de pedagogia. Inscrições vão até sábado (22), por e-mail. Sesi e Senai Amapá abrem vagas para contratação de funcionários e estágiários Érica Favacho/Divulgação Sesi O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Amapá abre dois processo seletivo para funcionários e estagiários nível superior. As inscrições estão abertas até sabádo (22) pelos e-mails: [email protected] e [email protected] EDITAL PARA FUNCIONÁRIOS EDITAL PARA ESTAGIÁRIOS As vagas para o processo seletivo dos funcionários são para os cargos de administração e contabilidade. Será uma vaga para cada cargo e mais um cadastro reserva. Para poder concorrer a vaga, o candidato deve ter experiência mínima de, pelo menos, seis meses. Para o processo seletivo de estágio são três vagas destinadas para estudantes que estejam cursando a partir do 3º semestre de pedagogia. A seleção será dividida em quatro etapas: análise curricular, análise documental, dinâmica e entrevista. A carga horária é de 20 horas semanais e o contrato é válido por 12 meses, podendo ser renovado por mais um ano. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    'Marcha para Jesus' no AP tem shows de Jotta A, Trio Salvador e DD Júnior

    'Marcha para Jesus' no AP tem shows de Jotta A, Trio Salvador e DD Júnior


    Caminhada acontece no sábado (22) na orla de Macapá. Atrações locais e nacionais fazem parte do evento. Mais de 10 mil fiéis são esperados. Cantor Jotta A é atração principal da Marcha para Jesus 2018, em Macapá Divulgação A comunidade...


    Caminhada acontece no sábado (22) na orla de Macapá. Atrações locais e nacionais fazem parte do evento. Mais de 10 mil fiéis são esperados. Cantor Jotta A é atração principal da Marcha para Jesus 2018, em Macapá Divulgação A comunidade evangélica do Amapá realiza no sábado (22), às 15h, a 26ª Marcha para Jesus no estado. O evento busca reunir fiéis de diferentes congregações evangélicas para um dia de celebração da fé. Shows dos artistas DD Júnior e Trio Salvador serão atrações no decorrer da caminhada. Jotta A encerra a programação no palco principal. A expectativa da coordenação é de que mais de 10 mil pessoas compareçam na Marcha. Os devotos irão percorrer boa parte da orla de Macapá ao som de músicas e atos proféticos. A caminhada inicia no Araxá, Zona Sul da capital, e segue até o complexo Beira Rio, Zona Leste. Esse ano o evento tem a temática "Que Entre o Rei da Glória", que segundo a organização é um tema que atrai Jesus para todas as denominações. São esperadas 10 mil pessoas no evento em 2018 Divulgação/ Marcha pra Jesus Amapá Estão confirmados shows dos artistas locais Oráculo Santo, Martta Britto, Companhia Kadosh, Guerreiros de Cristo, Dunamai Power, Trindade, Cetru's, Ministério Oásis e Banda New Way. Trio Salvador (BA), DD Junior (MG) serão as atrações nacionais no decorrer da caminhada. Show de Encerramento Um palco estará montado em frente a um hotel que fica no complexo Beira Rio, onde irá acontecer o show da principal atração do evento, o cantor Jotta A (RO), que apresentará sucessos dos oito anos de carreira. O cantor ficou famoso após participar de um programa de calouros na televisão. O artista já tem cinco discos lançados. Em 2014, o álbum Geração Jesus foi indicado ao Grammy Latino, na categoria melhor álbum de música cristã em língua portuguesa. Doze atrações musicais fazem parte da programação, em Macapá Divulgação/Breno Ruan Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Vídeo mostra homens jogando carroça de lixo às margens de canal em Macapá

    Vídeo mostra homens jogando carroça de lixo às margens de canal em Macapá


    Caso foi flagrado na tarde desta quinta-feira (20), no canal do Beirol, na Zona Sul. Prefeitura disponibiliza ‘disk denúncia’ e destaca que responsável pode pagar até R$ 2 mil em multa. Homens são flagrados jogando lixo às margens do canal...


    Caso foi flagrado na tarde desta quinta-feira (20), no canal do Beirol, na Zona Sul. Prefeitura disponibiliza ‘disk denúncia’ e destaca que responsável pode pagar até R$ 2 mil em multa. Homens são flagrados jogando lixo às margens do canal do Beirol, em Macapá Dois homens, ainda não identificados, foram flagrados despejando lixo trazido em uma espécie de carroça às margens do canal do bairro Beirol, Zona Sul de Macapá. O caso aconteceu na tarde desta quinta-feira (20) e foi gravado em vídeo por um morador da região. (Veja acima) Segundo o professor Juan Lamarão, de 25 anos, responsável pela gravação, a dupla fez o despejo de materiais como ferragem, tampa de vaso sanitário, resto de ventilador, entre outros. Ele destaca que a ação pode causar problemas para os moradores e para o meio ambiente. “O homem chegou no carro com a minicaçamba e um outro rapaz. Eles começaram a descarregar lixo no local que foi capinado recentementepela prefeitura. É complicado essa situação porque a limpeza do canal é para evitar que transborde quando chove”, disse. Ação foi flagrada por morador na tarde desta quinta-feira (20) Juan Lamarão/Arquivo Pessoal O morador destaca que é frequente o despejo de lixo no entorno do canal, mesmo após campanhas de conscientização e serviços de limpeza. Ele ressalta que até as calçadas de residências são alvos desse tipo de despejo irregular de resíduos sólidos. “É comum ver lixo ao redor do canal quando ocorre este tipo de serviço de capina ou quando tem limpeza. Quando são obras, e tem resto de material na frente das casas, de uma noite para outra aparece mais lixo do que o deixado de madrugada”, explicou Lamarão. Em agosto, outro despejo irregular de lixo provocou a indignação dos moradores do bairro Beirol. Dois homens támbém foram flagrados em um vídeo jogando entulho, carregado da carroceria de uma picape, nas margens do canal que corta a região. Nesse caso, os homens jogaram materiais que parecem ser restos de madeira, PVC, terra e mato. Apesar de o lixo ter sido despejado nas margens, os riscos de cair para dentro do canal são grandes, com a chuva e aumento do nível de água. Em agosto, dois homens também jogaram lixo às margens do canal do Beirol Denúncias Para fazer denúncias, a prefeitura disponibiliza o número de telefone (96) 99147-1050. O contato também é WhatsApp, para que a população colabore com o envio de fotos e vídeos sobre descarte irregular de lixo e colabore para a preservação da limpeza de espaços públicos. A punição para quem é flagrado jogando lixo em via pública pode variar de R$ 500 a R$ 2 mil e aumentar conforme a gravidade da infração cometida. Em ambos os casos do canal do Beirol, os proprietários podem ter os veículos apreendidos e responder por crime ambiental. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 20 a 26 de setembro

    Confira a programação dos cinemas de Macapá de 20 a 26 de setembro


    'O Mistério do Relógio na Parede' e '22 Milhas' são as estreias da semana. Veja os horários das sessões e os preços nas salas da capital. Jack Black em cena do filme 'O Mistério do Relógio na Parede' Divulgação Assistir a filmes pode ser uma...


    'O Mistério do Relógio na Parede' e '22 Milhas' são as estreias da semana. Veja os horários das sessões e os preços nas salas da capital. Jack Black em cena do filme 'O Mistério do Relógio na Parede' Divulgação Assistir a filmes pode ser uma boa opção de lazer para reunir a família e os amigos. Pensando nisso, o G1 fez uma agenda com as programações dos três cinemas de Macapá para esta semana. Confira quais são os filmes, os horários das sessões e os preços dos ingressos: Cine Teatro Imperator - Villa Nova Shopping Programação ainda não foi atualizada. Ingressos: De segunda-feira a quarta-feira: R$ 10 (meia para todos; exceto feriados) e R$ 15 (premium) De quinta-feira a domingo: R$ 20 (inteira); R$ 10 (meia) e R$ 20 (premium (A meia-entrada é válida para crianças de até 12 anos e idosos a partir dos 60 anos. Também é válida para estudantes, professores estaduais, municipais e federais, policiais Militar, Civil e Federal, agente penitenciário, guarda municipal, bombeiro militar e empresas conveniadas, que devem apresentar a devida identificação). Mark Wahlberg em cena de '22 milhas' Divulgação Moviecom Cinemas, no Macapá Shopping O Mistério do Relógio na Parede (estreia) Sessões: 14h40, 16h50, 19h, 21h10 (2D dublado) Gênero: Aventura, Fantasia Classificação: 10 anos A Freira Sessões: 15h, 17h10, 19h20, 21h30 (2D dublado) Gênero: Terror Classificação: 14 anos Alfa Sessão: 20h (2D dublado) Gênero: Aventura Classificação: 10 anos Crô em Família Sessões: 18h10, 20h10 (2D nacional) Gênero: Comédia Classificação: 12 anos O Candidato Honesto 2 - O Impeachment Sessão: 17h40 (2D nacional) Gênero: Comédia Classificação: 14 anos O Predador Sessões: 17h20, 22h (2D dublado); 19h40 (3D dublado) Gênero: Ação, Ficção científica Classificação: 16 anos Os Jovens Titãs em Ação! Nos Cinemas Sessão: 15h30 (2D dublado) Gênero: Animação, Ação, Comédia Classificação: Livre Ingressos: Para sessões em 2D Segundas, terças e quartas: R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) Moviecom+ 2D Segundas e terças: R$ 14 Quartas-feiras: R$ 7 Quinta a domingo e feriados: R$ 16 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão) Para sessões em 3D Segunda a quarta: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriado (matinê*): R$ 24 (inteira) e R$ 12 (meia) Quinta a domingo e feriado (noite): R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) (*matinê são sessões iniciadas até às 17h59) Moviecom+ 3D Segundas e terças: R$ 20 Quartas-feiras: R$ 10 Quinta a domingo e feriados: R$ 24 (Limitado a 1 ingresso por sessão por cartão) Cena do filme 'O Predador' Divulgação/Fox Cinépolis, no Amapá Garden Shopping 22 Milhas (estreia) Sessões: 15h, 17h15, 19h45, 22h15 (2D legendado - Sala VIP) Gênero: Ação Classificação: 14 anos O Mistério do Relógio na Parede (estreia) Sessões: 15h15, 17h45, 20h (2D dublado) 22h30 (2D legendado) Gênero: Aventura, Fantasia Classificação: 10 anos A Freira Sessões: 14h, 15h45, 16h15, 18h, 18h30, 20h15, 20h45, 22h45 (2D dublado); 22h20 (2D legendado); 15h45 (2D dublado - Sala VIP) Gênero: Terror Classificação: 14 anos Crô em Família Sessões: 14h30, 16h30, 18h45, 21h (2D nacional); 15h30, 19h45 (2D nacional - Sala VIP) Gênero: Comédia Classificação: 12 anos O Candidato Honesto 2 - O Impeachment Sessões: 14h45, 19h15 (2D nacional); 14h45, 17h30, 21h45 (2D nacional - Sala VIP) Gênero: Comédia Classificação: 14 anos O Predador (estreia) Sessões: 14h15, 16h45, 21h30 (3D dublado); 19h (3D legendado) Gênero: Ação, Aventura, Terror Classificação: 18 anos Ingressos: Para sessões em 2D Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 15 (inteira) e R$ 7,50 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 20 (inteira - matinê**), R$ 10 (meia - matinê); R$ 22 (inteira - noite), R$ 11 (meia-noite) (**matinê são sessões iniciadas até as 16h55, e noite, a partir de 17h) Para sessões em 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) Quinta à domingo e feriados: R$ 27 (inteira) e R$ 13,50 (meia) Para sessões em Sala VIP 2D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 26 (inteira) e R$ 13 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 33 (inteira - matinê), R$ 16,50 (meia - matinê); R$ 36 (inteira - noite), R$ 18 (meia-noite) Para sessões em Sala VIP 3D: Segundas, terças e quartas-feiras, exceto feriados: R$ 28 (inteira) e R$ 14 (meia) Quinta a domingo e feriados: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia) Taissa Farmiga em cena de 'A freira' Divulgação Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Infratores de trânsito cumprem penas em ações educativas nas escolas de Macapá

    Infratores de trânsito cumprem penas em ações educativas nas escolas de Macapá


    Apenados participam de palestras, entregam panfletos e ajudam crianças a atravessarem a faixa de pedestre. Segundo o MP, 2 mil processos de crimes de trânsito estão em andamento. Infratores de crimes de trânsito cumprem penas em ações...


    Apenados participam de palestras, entregam panfletos e ajudam crianças a atravessarem a faixa de pedestre. Segundo o MP, 2 mil processos de crimes de trânsito estão em andamento. Infratores de crimes de trânsito cumprem penas em ações educativas da Ctmac, em Macapá Victor Vidigal/G1 Pessoas que cometeram infração grave no trânsito de Macapá estão cumprindo penas alternativas participando de ações educativas. A idéia faz parte do projeto "Penas Alternativas", que visa converter pagamento de dinheiro em trabalhos voluntários. Os infratores acompanham a equipe de arte educadores da Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac) em palestras para estudantes e realizam serviços que vão desde a entrega de panfletos de campanhas educativas, até a ajuda a crianças para atravessarem na faixa de pedestre. Cerca de três pessoas por mês cumprem penas nas atividades da companhia. Segundo Antônio Roberto, Diretor de Trânsito da Ctmac, a tendência é que esse número aumente. Infratores vão participar das ações educativas da Ctmac, em Macapá Jorge Abreu/G1 A partir de 2016, o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabeleceu que, em vez pagamento em dinheiro, o infrator deve cumprir pena alternativa com serviços à comunidade. Em maio de 2018, após reuniões entre CTMac e Promotoria de Trânsito do Ministério Público Estadual (MP-AP), foi firmada parceria para que as penas alternativas sejam pagas nas ações educativas promovidas pelo orgão municipal. Segundo Antônio Roberto, o que levou a definição das penas em ações educativas foi a observação de que seria importante o apenado vivenciar esses ensinamentos, ao invés de apenas pagar uma taxa em dinheiro. Antônio Roberto, diretor de trânsito da Ctmac Jéssica Alves/G1 Arquivo "Antes só existia a questão pecuniária, a pessoa pagava a multa e estava liberada. Quando a pessoa já tem uma vida financeira estabelecida, isso acaba não tendo o cunho educativo. Vivenciando as palestras, participando das ações, o infrator consegue se ver do outro lado e o quanto ele botou em risco a vida de outras pessoas" disse o diretor. Atualmente, existem 2 mil processos de crimes de trânsito em andamento, no Amapá, segundo o MP-AP. A maioria desses crimes podem ser revertidos em penas alternativas. Em situações em que o crime é considerado doloso o infrator não tem o direito de reverter a pena. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: JAP1 de quinta-feira, 20 de setembro

    VÍDEOS: JAP1 de quinta-feira, 20 de setembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    Empresa acusada de biopirataria do açaí é alvo de ação por danos a ribeirinhos e ao meio ambiente

    Empresa acusada de biopirataria do açaí é alvo de ação por danos a ribeirinhos e ao meio ambiente


    Após 12 anos de investigação, MPF pede na Justiça que Sambazon pague R$ 70 milhões pelos prejuízos. Em nota, empresa negou que acessa ilegalmente o patrimônio genético do açaí. Empresa dos EUA comercializa derivados do açaí do...


    Após 12 anos de investigação, MPF pede na Justiça que Sambazon pague R$ 70 milhões pelos prejuízos. Em nota, empresa negou que acessa ilegalmente o patrimônio genético do açaí. Empresa dos EUA comercializa derivados do açaí do Brasil Reprodução/Rede Globo O Ministério Público Federal (MPF) do Amapá pediu à Justiça Federal que a empresa Sambazon pague mais de R$ 70 milhões por danos morais coletivos e danos materiais ao meio ambiente. O MPF já havia acusado a empresa americana em junho por biopirataria e agora fez o pedido formal à Justiça por indenizações. A ação é direcionada à empresa e também ao diretor-presidente, por exploração do patrimônio genético do açaí sem autorização do Conselho de Gestão do Patrimônio Genético (CGEN), do Ministério do Meio Ambiente. Em nota, a Sambazon alegou que não acessa o patrimônio genético do açaí e declarou que vem trabalhando junto às autoridades reguladoras para alinhar os entendimentos. A empresa ressaltou ainda que segue com o compromisso de trabalhar no desenvolvimento da floresta amazônica. MPF acusou Sambazon de praticar biopirataria com o açaí Reprodução/Rede Globo O MPF, que investiga a Sambazon há 12 anos, quer que a empresa deixe de usar o açaí brasileiro em seus produtos até que obtenha o cadastro regular no conselho. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) também avaliou a conduta da empresa americana por 5 anos e concluiu que ocorreu, ilegalmente, acesso ao material genético. Na época foi aplicada multa no valor de aproximadamente R$ 75 mil. Acusação Em junho, o MPF acusou a Sambazon de biopirataria com base em relatório do Ibama, que apontou acesso ilegal ao material genético da fruta na Califórnia. Na época, a empresa declarou que acusação é “infundada”. Em nota, Ryan Black, CEO da Sambazon Açaí, lembrou que a acusação já havia sido feita anteriormente, mas que, segundo ele, a empresa foi absolvida judicialmente em 2013. Sobre a absolvição que a empresa alega, o MPF detalhou que o Ibama julgou improcedente e decidiu anular o auto de infração em 2015, mas que o órgão reformou a decisão em janeiro de 2017, com base em parecer da Advocacia Geral da União, de que não havia dúvidas sobre a conduta ilícita. Com isso, a decisão administrativa de 1ª instância foi reformada e o auto de infração foi homologado, tendo sido aplicada multa de R$ 75 mil. Ação foi protocolada pelo MPF do Amapá à Justiça Federal Rita Torrinha/G1 Além do acesso ilegal, o MPF destaca prejuízo a ribeirinhos. O MPF foi acionado pela Associação de Desenvolvimento Intercomunitário de Rio Baiano (Adiscorb) através da Procuradoria da República no Pará, em 2008, quando a empresa procurou ribeirinhos com a proposta de comercialização “socialmente justa e ambientalmente sustentável”, o que não teria acontecido na prática, sem cooperação e sem beneficiamento da comunidade. Do Pará, o Ministério apurou que uma das empresas do Grupo Sambazon tinha sede no Amapá e celebrou contratos com produtores rurais em Macapá e em Tartarugalzinho, a 230 quilômetros da capital. O MPF informou que, em maio, apresentou proposta de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) visando a reparação cível dos danos causados à comunidade e ao meio ambiente, mas a empresa não teria respondido e, por isso, a consequência foi responsabilizá-la judicialmente. Açaí é fruto típico da Amazônia brasileira, principalmente do Amapá e Pará Maksuel Martins Açaí é um fruto nativo da região amazônica, sendo um dos mais ricos e nutritivos e até mesmo com propriedades medicinais. Ele foi levado para outros estados e países como um produto e passou a ser consumido de um modo diferente. O Amapá tem o único açaizal com certificado internacionalmente devido à produção sustentável. A biopirataria é proibida pela lei brasileira e também por tratados internacionais. Para o MPF, a empresa é responsável pela biopirataria, por adquirir o fruto de comunidades do Amapá, exportar, acessar o material genético sem autorização e, em seguida, comercializar produtos no exterior. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    VÍDEOS: Bom Dia Amazônia de quinta-feira, 20 de setembro

    VÍDEOS: Bom Dia Amazônia de quinta-feira, 20 de setembro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias do Amapá.
    PF cumpre três mandados de prisão em operação para combater esquema de grilagem no AP

    PF cumpre três mandados de prisão em operação para combater esquema de grilagem no AP


    Operação 'Terras Caídas' também cumpre cinco mandados de busca e apreensão em Macapá e Porto Velho. Grupo atuava no estado desde 2015. Operação 'Terras Caídas' foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (20) em Macapá e Porto Velho Polícia...


    Operação 'Terras Caídas' também cumpre cinco mandados de busca e apreensão em Macapá e Porto Velho. Grupo atuava no estado desde 2015. Operação 'Terras Caídas' foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (20) em Macapá e Porto Velho Polícia Federal/Divulgação A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quinta-feira (20) a operação "Terras Caídas", para combater uma organização criminosa e um esquema que manipula a regularização de terras da União. Ao todo, três pessoas são procuradas pelos policiais. Os agentes cumprem em Macapá e Porto Velho, dois mandados de prisão temporária e uma preventiva, além de cinco mandados de busca e apreensão. Até a última atualização desta reportagem, as buscas ainda não haviam sido encerradas. A ação da PF é resultado de trabalho em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com a investigação, os criminosos inseriram dados falsos de imóveis rurais pertencentes à União no Sistema de Gestão Fundiária (Sigef), atribuindo a posse desses lugares a diferentes pessoas e iniciando o procedimento de regularização fundiária junto ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). A PF estima que cerca de dois mil hectares de terras foram demarcados como propriedades de grileiros que nunca exerceram a atividade rural, o que demonstra a intenção da especulação dos imóveis. O grupo atuava desde 2015 no Amapá. Se condenados, os investigados poderão responder pelos crimes de inserção de dados falsos no sistema de informações, falsidade ideológica, organização criminosa e invasão de terras públicas da União e poderão cumprir até 28 anos de reclusão. Três mandados de prisão e cinco de busca e apreensão estão sendo cumpridos por agentes da PF Polícia Federal/Divulgação Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Atingido por quatro tiros, suspeito de homicídio morre em hospital no Amapá

    Atingido por quatro tiros, suspeito de homicídio morre em hospital no Amapá


    Galozarde Figueredo de Brito sofreu ataque enquanto andava de motocicleta com a companheira. Ele estava internado no pronto-socorro desde terça-feira (18), em Santana. Vítima morreu nesta quinta-feira (20), no Pronto Socorro de Santana, no...


    Galozarde Figueredo de Brito sofreu ataque enquanto andava de motocicleta com a companheira. Ele estava internado no pronto-socorro desde terça-feira (18), em Santana. Vítima morreu nesta quinta-feira (20), no Pronto Socorro de Santana, no Amapá Jorge Abreu/G1 Morreu na madrugada desta quinta-feira (20), por volta das 4h, Galozarde Figueredo de Brito, de 36 anos. Ele estava internado no Pronto Socorro de Santana, a 17 quilômetros de Macapá, desde terça-feira (18), após ser atingido por quatro disparos de arma de fogo. O crime ocorreu enquanto ele andava de motocicleta junto com a companheira, que também foi atingida por um disparo. Brito era suspeito de tentativa de homicídio e já tinha passagens pelo Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) por tráfico de drogas. O ataque contra o casal aconteceu por volta de 20h30 de terça-feira (18). De acordo com o Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), o casal trafegava em via pública em uma motocicleta, no bairro Paraíso, quando foram surpreendidos por disparos vindo de um carro de cor prata. O homem foi atingido com três disparos no toráx e um na perna, e a mulher foi baleada com um tiro na coxa. Não há informações sobre o atual estado de saúde dela. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    De cada 10 habitantes, 9 não têm rede de esgoto em Macapá, aponta pesquisa

    De cada 10 habitantes, 9 não têm rede de esgoto em Macapá, aponta pesquisa


    Para garantir atendimento para todo o estado do Amapá, governo calcula que seria necessário investir R$ 1,5 bilhão em obras que levariam 30 anos para serem concluídas. Em Macapá, um total de 110 mil pessoas vivem em regiões alagadas sem...


    Para garantir atendimento para todo o estado do Amapá, governo calcula que seria necessário investir R$ 1,5 bilhão em obras que levariam 30 anos para serem concluídas. Em Macapá, um total de 110 mil pessoas vivem em regiões alagadas sem infraestrutura John Pacheco/G1 Na capital do Amapá, Macapá, um total de 110 mil pessoas (¼ da população) vivem em regiões alagadas, e de cada 10 habitantes, 9 não têm rede de esgoto. As análises foram divulgadas este mês pelo Instituto Trata Brasil, com dados consultados de 2016, os últimos publicados pelo Ministério das Cidades. No Ranking do Saneamento Básico, que avalia as 100 maiores cidades do Brasil, Macapá aparece em 95º lugar entre as com os piores índices de saneamento. O cenário preocupante, segundo o estudo, se mantém por toda a Região Norte. Difícil entender como no Norte do Brasil, lugar com tantos rios, os moradores possam sofrer com a falta de água tratada. Mas na região, pouco mais da metade da população (55,37%) tem água encanada. Esse é o pior índice do país. Em relação a rede de esgoto, apenas 10,05% da população tem coleta e tratamento. No Amapá, a cobertura de saneamento básico apresentou leve aumento de 3,8% para 5,9% nos últimos anos. Em relação a rede de esgoto, apenas 10,05% da população de Macapá tem coleta e tratamento Rede Globo/Reprodução Na capital, em áreas alagadas que foram ocupadas há mais de 30 anos, os moradores vivem em cima do esgoto que escorre de vários bairros. As casas são sustentadas por estacas fincadas no fundo de um lago, as chamadas palafitas. “Antigamente não existia essa água podre do jeito que você tá vendo”, lembrou a doméstica Maria Luiza Costa. Lucilene Soares Rede Globo/Reprodução Por falta de saneamento, dois filhos de Lucilene já foram parar no hospital. “Eles já tiveram diarreia por causa da água contaminada”, contou. Até quem recebe água encanada reclama. É o caso do vigilante Pedro Gomes. “É inacreditável, porque a gente é vizinho do rio e tem que conviver com uma água dessa suja”. Para garantir o atendimento para todo o estado, o governo calcula que seria necessário investir R$ 1,5 bilhão em obras que levariam 30 anos para serem concluídas. Para piorar, 60% dos moradores não têm água tratada e dependem de poços para beber, lavar e cozinhar. Em Macapá, 110 mil pessoas vivem em regiões alagadas Rede Globo/Reprodução De cada 10 habitantes, 9 não têm rede de esgoto Rede Globo/Reprodução Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!
    Amapá perdeu R$ 110 milhões com violência no trânsito no 1º semestre de 2018

    Amapá perdeu R$ 110 milhões com violência no trânsito no 1º semestre de 2018


    Estado calculou 23% menos prejuízo em relação ao mesmo período de 2017. Estudo identificou 37 mortes e 34 pessoas com invalidez no Amapá após acidentes de trânsito esse ano. Quando não matam, acidentes de trânsito deixam pessoas debilitadas e...


    Estado calculou 23% menos prejuízo em relação ao mesmo período de 2017. Estudo identificou 37 mortes e 34 pessoas com invalidez no Amapá após acidentes de trânsito esse ano. Quando não matam, acidentes de trânsito deixam pessoas debilitadas e causam prejuízos John Pacheco/G1 Um estudo apontou que, devido a acidentes de trânsito, o Amapá deixou de movimentar cerca de R$ 110 milhões nos primeiros seis meses deste ano. O prejuízo foi 23% a menos em relação às perdas calculadas para o mesmo período em 2017. As informações compõem um levantamento feito pelo Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES), órgão da Escola Nacional de Seguros. Segundo a pesquisa, de janeiro a junho, 37 mortes foram registradas no trânsito e 34 pessoas ficaram feridas e, em seguida, debilitadas por consequência dos acidentes. No estudo essas pessoas foram caracterizadas como “inválidas permanentemente”. O prejuízo apontado na pesquisa corresponde ao que seria gerado pelo trabalho das vítimas caso não tivessem se acidentado. O cálculo em 2018 chega a R$ 110 milhões no período, contra cerca de R$ 150 milhões no primeiro semestre de 2017. Danillo Chermont foi vítima de acidente de trânsito em 2015 e tem fraturas até hoje Danillo Chermont/Arquivo Pessoal O motorista de caçamba Danillo Chermont, de 32 anos, é um dos amapaenses vítimas de acidente de trânsito e que ainda têm sequelas físicas. Ele sofreu acidente em 2015, em Olinda, município de Pernambuco, estado onde ele foi iniciar um novo trabalho. Após quebrar a bacia e o fêmur, ficar com fraturas no lado direito do corpo e passar dois dias em coma e por 4 cirurgias, ele detalha que ainda não conseguiu retornar ao mercado de trabalho. “Mudou toda a minha vida. Eu era motorista de caçamba, hoje em dia não posso mais dirigir. A vida se tornou limitada e deixei de fazer muitas coisas. Se eu vou no mercado comprar algo, não posso ir sozinho porque não tenho como trazer e ainda ando de muletas”, contou Chermont, que recebe auxílio-doença do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) há quase 3 anos. O Amapá foi um dos três estados do país com as maiores reduções no cálculo das perdas, ficando atrás somente de Rio Grande do Sul (-26%), Acre (-24%) e Santa Catarina (-23%), com o mesmo percentual. O levantamento também identificou ampliação das perdas em alguns estados, com destaque para Amazonas (+27%), Roraima (+25%) e Mato Grosso (+22%). Observando os dados nacionais, o estudo identificou que os acidentes graves causaram um impacto econômico de R$ 96,5 bilhões ao Brasil no 1º semestre do ano. O total é equivale à perda da capacidade produtiva decorrente de 19,3 mil mortes e 20 mil casos de invalidez permanente. A maioria dos acidentados brasileiros está na idade economicamente ativa, com idades entre 18 e 65 anos, é motociclista e é do sexo masculino, segundo o estudo. Os dados divulgados pelo CPES, na Semana Nacional de Trânsito, foram analisados com base nos indicadores do seguro DPVAT (obrigatório contra acidentes de trânsito) e propõe a discussão sobre a segurança no trânsito, principalmente no segundo semestre do ano, quando ocorrem feriados mais prolongados e as festas de ano que, segundo o CPES, aumentam os números de acidentes. Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!