G1 > Alagoas

    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de quarta-feira, 16 de janeiro

    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de quarta-feira, 16 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    MPF-AL diz que analisa quebra de sigilo de investigação sobre rachaduras no Pinheiro

    MPF-AL diz que analisa quebra de sigilo de investigação sobre rachaduras no Pinheiro


    Bairro sofre com rachaduras em ruas e imóveis desde o início de 2018. Geotécnicos da UFRN durante inspeção nas rachaduras no Pinheiro, em Maceió Reprodução/TV Gazeta O Ministério Público Federal em Alagoas (MPF-AL) afirmou que analisa a...


    Bairro sofre com rachaduras em ruas e imóveis desde o início de 2018. Geotécnicos da UFRN durante inspeção nas rachaduras no Pinheiro, em Maceió Reprodução/TV Gazeta O Ministério Público Federal em Alagoas (MPF-AL) afirmou que analisa a quebra do sigilo da investigação que apura as causas das rachaduras que surgiram no bairro do Pinheiro, em Maceió. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (16). O relatório em questão foi divulgado em uma reportagem do Jornal Nacional no último dia 10 de janeiro. O documento foi elaborado pelo Serviço Geológico do Brasil e recomenda o treinamento de moradores para a necessidade de esvaziamento emergencial do bairro e a criação de rotas de fuga. Rachaduras têm surgido em ruas e imóveis desde o início de 2018, após um período de fortes chuvas, seguidas de um tremor de terra. Segundo o MPF, disse ainda que acompanha a situação das áreas atingidas desde maio de 2018 e que instaurou inquérito civil para apurar as causas do tremor de terra. Piso cedeu no Pinheiro e deixou moradores assustados Thamires Ribeiro/G1 Na terça-feira (15), o piso de um apartamento cedeu no Edifício Juá, localizado no Conjunto Jardim das Acácias, no bairro do Pinheiro, em Maceió. Na última sexta (10), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou que o Governo Federal adote ações necessárias para agilizar a identificação das causas das rachaduras. Um relatório do Serviço geológico Nacional alerta para a necessidade da criação de um plano de emergência para um eventual esvaziamento emergencial do bairro. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Suspeitas de furtar supermercados são presas em Bebedouro, em Maceió

    Suspeitas de furtar supermercados são presas em Bebedouro, em Maceió


    Segundo a polícia, Ariana Silva dos Santos, 35, e Fabiana Silva dos Santos, 37, são irmãs e agiam juntas. Elas foram levadas para sede da Deic e depois para o sistema prisional Carolina Sanches/G1 Duas irmãs suspeitas de furtar um supermercado...


    Segundo a polícia, Ariana Silva dos Santos, 35, e Fabiana Silva dos Santos, 37, são irmãs e agiam juntas. Elas foram levadas para sede da Deic e depois para o sistema prisional Carolina Sanches/G1 Duas irmãs suspeitas de furtar um supermercado foram presa na terça-feira (15) no bairro de Bebedouro, em Maceió. Segundo o a polícia, a prisão aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão condenatória expedido pela 3ª Vara Criminal da Capital pelo delito de furto. A prisão de Ariana Silva dos Santos, 35, e Fabiana Silva dos Santos, 37, foi feita por policiais civis da Gerência de Recursos especiais (GRE/DEIC) coordenados pelo delegado Fábio Costa. O crime ocorreu em 2011, em um grande supermercado da cidade, elas foram condenadas no ano de 2018. Durante esse período, elas também foram condenadas outras duas vezes por outros furtos a supermercados e por corrupção de menores. As irmãs são reincidentes no crime e sempre agiam juntas. De acordo com a polícia, elas pegavam várias mercadorias de valor mais elevado e as colocavam em diferentes sacolas, após selecionar os objetos que iam furtar colocavam os de menor valor nas cestas do supermercado e passavam no caixa para disfarçar o crime. Após a prisão, elas foram encaminhadas à sede da base da GRE/DEIC para os procedimentos legais e, em seguida, foram levadas ao presídio feminino onde ficarão à disposição da justiça. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Operação integrada prende suspeitos de tráfico de drogas em Maceió e Arapiraca

    Operação integrada prende suspeitos de tráfico de drogas em Maceió e Arapiraca


    Polícia apreendeu carro, drogas, arma, munições, balança de precisão, celulares e relógios. Anotações de tráfico, balança de precisão, celulares e drogas foram apreendidos na ação 3º Batalhão Oito pessoas suspeitas de homicídios e...


    Polícia apreendeu carro, drogas, arma, munições, balança de precisão, celulares e relógios. Anotações de tráfico, balança de precisão, celulares e drogas foram apreendidos na ação 3º Batalhão Oito pessoas suspeitas de homicídios e tráfico de drogas foram presas em uma operação integrada entre a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), Delegacia de Homicídio e 3º Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca, no Agreste de Alagoas. A informação foi divulgada na terça-feira (15). "Foi uma operação integrada para cumprir cinco mandados de prisão preventiva. No total foram presas oito pessoas, cinco dos mandados e três em flagrante", afirma o delegado Igor Diego. Segundo informação da polícia, as prisões ocorreram no fim de semana. Em Maceió, foi preso Matheus Henrique Cardoso Dias, 20, conhecido como “Bolinha”, que seria o chefe do grupo e também executor de vários homicídios, sendo pelo menos três no mês de janeiro deste ano. Já em Arapiraca, foram presos Carlos Alberto Tavares da Silva, “Tonico”, Guilherme Henrique Maximiniano da Silva “Guigão”. Com eles foram apreendidos uma arma, drogas, dinheiro e um carro, que era utilizado pelo grupo. Eles também confessaram a participação em três homicídios. Ainda em Arapiraca, foi preso Matheus Maciel da Silva, 20, ele também é suspeito de integrar o grupo e tinha função de guardar as armas, além de participar dos homicídios. Já no bairro Santa Esmeralda, foram presos Wellington dos Santos Souza, o “Porquinho”, Wellington Bruno Sousa Silva “Bruninho”, José Carleano dos Santos Bezerra “Ninho”. Eles estavam em um ponto de tráfico junto a “Tonico” e “Guilherme”, com eles foram apreendidos um veículo Ford Fiesta sedan de cor Prata e 75 “bombinhas” de maconha e quatro “saquinhos” de cocaína.. No conjunto Vale Perucaba, no bairro Olho D’água dos Cazuzinhas, foi preso Nallyson Sanderlan da Silva Souza, o“Papudinho”. Com ele foi apreendido 1,19kg de cocaína, 79 gramas de crack, 522 gramas de maconha, nove munições de pistola .40, uma munição de revólver cal. 38 e uma pistola. Foram apreendidos um carro, drogas, arma, munições, balança de precisão, celulares e relógios. O resultado da operação foi apresentado na sede do 3° Batalhão de Polícia Militar em Arapiraca (3ºBPM). Todos os suspeitos foram encaminhados para a Central de Polícia de Arapiraca. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Ministério do Turismo notifica suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos em Maceió

    Ministério do Turismo notifica suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos em Maceió


    Ele foi notificado para prestar esclarecimentos sobre as viagens pagas, mas que nunca foram realizadas. Suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos é notificado para esclarecimentos O Ministério do Turismo informou, nesta terça-feira, 15,...


    Ele foi notificado para prestar esclarecimentos sobre as viagens pagas, mas que nunca foram realizadas. Suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos é notificado para esclarecimentos O Ministério do Turismo informou, nesta terça-feira, 15, que o homem suspeito de aplicar golpes com a venda de passeios turísticos em Maceió foi notificado para prestar esclarecimentos. Pelo menos nove pessoas caíram no golpe. Elas denunciaram que Djeferson Paixão, da empresa Strella Radioza - Viagens e Turismo, veu pela internet pacotes de uma viagem para Xingó, que nunca foi realizada e sumiu com o dinheiro delas. A TV Gazeta tentou contato com Djefeson, mas nenhuma das ligações foi atendida. A polícia investiga o caso como estelionato. Ainda de acordo com o Ministério do Turismo, Djefeson Paixão poderá ser multado e ter o cadastro de prestador de serviço turístico cancelado. Empresa Strella Radiosa era a responsável por realizar viagens que não aconteceram. Reprodução/TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Distribuição de vacinas está suspensa em todos os municípios de Alagoas

    Distribuição de vacinas está suspensa em todos os municípios de Alagoas


    De acordo com a Sesau, problema em câmara de resfriamento causou a interrupção do fornecimento para os municípios. Distribuição de vacinas está suspensa em Alagoas A distribuição de vacinas está suspensa em todos os municípios de Alagoas....


    De acordo com a Sesau, problema em câmara de resfriamento causou a interrupção do fornecimento para os municípios. Distribuição de vacinas está suspensa em Alagoas A distribuição de vacinas está suspensa em todos os municípios de Alagoas. Em algumas unidades de saúde, as doses já estão faltando. Em Matriz de Camaragibe, no Norte do estado, mães denunciam que não estão conseguindos vacinar as crianças. O motivo: não tem vacina. "Tava em falta. Aí mandou eu ir quinta-feira pra ver se ia chegar", disse uma das mães. "Ele tomou logo as primeiras, mas agora não tem", contou outra mãe. Na entrada da unidade de saúde Dr Luiz Moreira, há um aviso sobre que dois tipos de vacinas estão em falta, a Penta e D.T.P. O município de Matriz de Camaragibe disse que desde de dezembro o estado não envia mais vacinas. Ainda há algumas no estoque, mas estão perto de acabar. "Estamos trabalhando com a vacina de dezembro. Agora, no momento, estão faltando a Penta e D.T.P", explicou Edlane Olindina, coordenadora de epidemiologia de Matriz de Camaragibe. Ela disse que as vacinas Rotavírus e VIP estão prestes a acabar. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) enviou um comunicado para todas as unidades de saúde avisando que a distribuição de vacinas para os municípios estão suspensa. E justificou que o problema foi causado na câmara de resfriamento que fica na central do Programa Nacional de Imunização (PNI), em Maceió. "Entre o dia 3 e o dia 4 de janeiro, a câmara fria do PNI começou a oscilar a temperatura de forma muito inesperada. E no dia 4, foi constatado que tinha uma peça que se não trocada imediatamente iria parar de vez. E nós correríamos o risco de perder todas as vacinas. Desde o dia 4 nós comunicados aos municípios que nós deixaríamos de distribuir as vacinas que são possíveis de atrastamento, ou seja, aquelas que podem ser administranadas nesta semana, na próxima, sem prejuízo a população. E priorizamos a distribuição dos soros e das imunoglobulinas, que precisam ser administradas logo após uma exposição", explicou Mardjane Alves, superitendente de Vigilância em Saúde. O Estado diz que o problema já foi resolvido e que não houve perda de vacinas. "A câmara já está funcionando desde ontem. Hoje ela já está na temperatura adequada. A gente precisa aguardar mais 48 para que ela se estabilize. É um recipicente grande. A gente precisa de tempo para estabilizar. Não houve perdas, porque nós monitoramos com muito cuidado o processo de resfriamento e logo que percebemos que haveria risco, os imunobiológicos foram retirados e colocados numa câmara temporária. Ainda segundo a SESAU, a previsão é que a distribuição das vacinas vai ser retomada na próxima segunda-feira. Aviso sobre falta de vacinas em unidade de saúde de Matriz de Camaragibe, no interior de Alagoas Reprodução/TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: AL TV 2ª Edição de terça-feira, 15 de janeiro

    VÍDEOS: AL TV 2ª Edição de terça-feira, 15 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    Filhote de cachorro furtado de dentro de casa, em Maceió, é encontrado e devolvido aos donos

    Filhote de cachorro furtado de dentro de casa, em Maceió, é encontrado e devolvido aos donos


    Câmeras de segurança chegaram a flagrar a ação do suspeito, que aconteceu no bairro do Poço. Pipoca, como é conhecida a filhote da raça pug de casal em Maceió, foi encontrada por um amigo do casal Gabrielle Bonfim de Melo/Arquivo pessoal O...


    Câmeras de segurança chegaram a flagrar a ação do suspeito, que aconteceu no bairro do Poço. Pipoca, como é conhecida a filhote da raça pug de casal em Maceió, foi encontrada por um amigo do casal Gabrielle Bonfim de Melo/Arquivo pessoal O filhote de cachorro que havia sido furtado de dentro de uma residência no bairro do Poço, em Maceió, foi encontrado e devolvido aos donos na noite desta terça-feira (15). Câmeras de segurança flagraram a ação do suspeito, que ainda não foi identificado. A informação foi confirmada G1 pela dona do animal, Gabrielle Bonfim de Melo. Ela contou que a cadela, que é da raça pug, foi encontrada por um amigo na noite de segunda (14) em um campo próximo à residência onde ela mora. "Ele achou no campinho perto da casa da gente, disse que ela estava chorando muito, e na mesma hora que viu a matéria na TV veio trazer pra gente. Acho que o rapaz [o suspeito] que levou deixou ela lá", falou. A Pipoca, como é chamada, estava na casa do amigo do casal desde 18h30 de segunda. Segundo Gabrielle, ele não sabia que a cachorra tinha sido furtada e chegou até batizar a cadela com outro nome. "Ela [a Pipoca] está bem. Ele deu banho, deu comida, cuidou direitinho dela. Como ele já sabia onde eu morava, veio trazer e não pediu nenhuma recompensa", disse Gabrielle. O casal fez uma queixa à Polícia Civil sobre o furto do animal também nesta terça (15). Câmeras de segurança flagraram o momento em que o suspeito invade a propriedade, pulando o muro, e sai carregando a cadela dentro de uma bolsa no domingo (13). Durante a ação do suspeito, o casal não estava dentro da residência e quando chegou sentiu falta da cadela Pipoca. Suspeito, que ainda não foi identificado, carregou a cadela que furtou em Maceió dentro de uma bolsa Reprodução Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    União reconhece situação de emergência pela seca em Olho D'Água Grande, AL

    União reconhece situação de emergência pela seca em Olho D'Água Grande, AL


    Agora, 39 municípios do estado estão aptos a receber recursos federais para combate à estiagem. Olho D'Água Grande tem situação de emergência reconhecida pela União; agora, 39 cidades alagoanas estão nessa situação Yasmin Pontual/TV...


    Agora, 39 municípios do estado estão aptos a receber recursos federais para combate à estiagem. Olho D'Água Grande tem situação de emergência reconhecida pela União; agora, 39 cidades alagoanas estão nessa situação Yasmin Pontual/TV Gazeta O município de Olho D’Água Grande, no Agreste de Alagoas, teve a situação de emergência por conta da seca reconhecida pelo Governo Federal. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira (15). Agora, 39 cidades alagoanas estão aptas a receber recursos do Ministério do Desenvolvimento Regional, para diminuir os efeitos da estiagem prolongada (confira a lista ao fim do texto). A portaria não especifica o valor que será repassado ao município nem quantos dias deve durar esse reconhecimento. Além de Olho D’Água Grande, a portaria traz outras 34 cidades, a maioria no Ceará. Em agosto do ano passado, a União já havia reconhecido a emergência pela seca em 38 cidades de Alagoas, em decreto válido por 180 dias. Só entre janeiro e julho de 2018, o estado já havia recebido R$ 12,1 milhões em recursos para o combate à estiagem. Relação dos municípios alagoanos com situação de emergência reconhecida pelo Governo Federal: Água Branca; Arapiraca; Batalha; Belo Monte; Cacimbinhas; Canapi; Carneiros; Craíbas; Coité do Nóia; Delmiro Gouveia; Dois Riachos; Estrela de Alagoas; Girau do Ponciano; Inhapi; Igaci; Jacaré dos Homens; Jaramataia; Lagoa da Canoa; Major Izidoro; Maravilha; Mata Grande; Minador do Negrão; Monteirópolis; Olho D’Água das Flores; Olho D’Água do Casado; Olivença; Ouro Branco; Palestina; Palmeira dos Índios; Pão de Açúcar; Pariconha; Piranhas; Poço das Trincheiras; Quebrangulo; Santana do Ipanema; São José da Tapera; Senador Rui Palmeira; Traipu. Olho D’Água Grande Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    PM que deu tapa no rosto de mulher em Maceió vai responder por injúria real, diz delegada

    PM que deu tapa no rosto de mulher em Maceió vai responder por injúria real, diz delegada


    Delegada que investiga o caso avalia que crime não se enquadra em lesão corporal. Testemunha gravou com um celular momento em que o major da PM agride mulher com tpaa no rosto em Maceió Reprodução/TV Gazeta O major da Polícia Militar André...


    Delegada que investiga o caso avalia que crime não se enquadra em lesão corporal. Testemunha gravou com um celular momento em que o major da PM agride mulher com tpaa no rosto em Maceió Reprodução/TV Gazeta O major da Polícia Militar André Dias, flagrado em vídeo agredindo uma mulher com um tapa no rosto na Serraria, em Maceió, deve responder por crime de injúria real. Segundo informou nesta terça-feira (15) a delegada da Mulher, Cássia Mabel, o caso não se enquadra em lesão corporal. “No caso, a injúria real não deixa de ser agressão. Só que é um tipo de agressão que não fica marcas no corpo da vítima. Por isso, não é tipificado como lesão corporal”, explicou a delegada em entrevista à TV Gazeta nesta tarde. A agressão à jovem de 18 anos, que pediu para não ser identificada, aconteceu na manhã de 25 de dezembro de 2018, quando ela comemorava o seu noivado em um condomínio residencial. Nas imagens é possível ver o momento em que o PM se aproxima do grupo, discute com ele e bate no rosto da vítima (veja ao final do texto). O caso foi denunciado e a Polícia Civil abriu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). “Hoje o TCO vai ser concluído e enviado à Justiça, juntamente com o vídeo que foi gravado e que mostra a agressão. Nós aqui, como Polícia Civil, entendemos como um caso de injúria real. Agora, cabe ao promotor e ao juiz analisar o caso e se eles vão entender, durante o processo, o que eu entendi”, afirmou a delegada Cássia. A delegada ouviu os depoimentos do agressor e da vítima nesta terça, um pela manhã e o outro à tarde. Pela manhã, o suspeito da agressão não quis dar entevista, mas o advogado dele, no entanto, conversou com a imprensa e disse que seu cliente revidou um tapa que havia recebido. “Ele revidou na mesma proporção que ela desferiu contra ele. Ele poderia, no momento, inclusive, ter sacado uma arma de fogo ou ter usado objeto de metal, ferro, etc. Mas você vê pela imagem, que é bem concreta, que ele revidou com apenas um tapa no rosto dela também”, falou o advogado do major, Napoleão Júnior. O major está temporariamente afastado das funções, e também será investigado em um processo administrativo da Corregedoria da PM. A jovem e a família dela não quiseram dar entrevista. PM-AL determina afastamento de militar para investigar caso de agressão Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Homem que enterrou cachorro vivo na Barra de São Miguel, AL, é indiciado pela polícia

    Homem que enterrou cachorro vivo na Barra de São Miguel, AL, é indiciado pela polícia


    Segundo delegado, o autor é amigo do dono do animal e disse que pensava que o cachorro já estava morto quando o enterrou. Dogão, cachorro enterrado vivo na Barra de São Miguel, em Alagoas, tenta se recuperar de ferimentos Reprodução/Instagram A...


    Segundo delegado, o autor é amigo do dono do animal e disse que pensava que o cachorro já estava morto quando o enterrou. Dogão, cachorro enterrado vivo na Barra de São Miguel, em Alagoas, tenta se recuperar de ferimentos Reprodução/Instagram A Polícia Civil indiciou nesta terça-feira (15) o homem suspeito de enterrar vivo um cachorro da raça rottweiller na Barra de São Miguel, Litoral Sul de Alagoas. O inquérito foi concluído e remetido à Justiça e o autor deve responder por maus-tratos a animais. A informação foi confirmada ao G1 pelo delegado José Carlos Sales dos Santos, titular da delegacia da cidade. O nome do autor do crime não foi revelado pela polícia. "Nós já procedemos com as investigações. O autor é amigo do dono [do animal] e foi indiciado. Ele foi tipificado na Lei de Crimes Ambientais pelo crime de maus-tratos", afirmou o delegado. De acordo com as investigações, a pessoa que cometeu o crime alega que não sabia que o animal estava vivo. "Ele relatou que pensou que o cachorro tinha morrido e ligou para o dono, que falou para ele enterrar. Ele, então, enterrou o animal no dia 7 de janeiro", ressaltou Sales. O cachorro foi encontrado no dia 8 por moradores, que o ouviram chorar. Depois, ele foi resgatado por voluntários do Projeto Acolher, que o levaram a uma clínica veterinária. O animal foi apelidado de Dogão e seu estado de saúde é grave. A ONG pede ajuda para continuar os tratamentos (veja no post abaixo). Initial plugin text Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Prefeitura de Igreja Nova, AL, faz seleção para diversos cargos

    Prefeitura de Igreja Nova, AL, faz seleção para diversos cargos


    Processo seletivo oferece 146 vagas de níveis fundamental, médio e superior. Inscrições começam na quarta (16). Prefeitura de Igreja Nova abriu processo seletivo para vários cargos Reprodução/Google Maps A Prefeitura de Igreja Nova, região do...


    Processo seletivo oferece 146 vagas de níveis fundamental, médio e superior. Inscrições começam na quarta (16). Prefeitura de Igreja Nova abriu processo seletivo para vários cargos Reprodução/Google Maps A Prefeitura de Igreja Nova, região do Baixo São Francisco de Alagoas, abriu Processo Seletivo Simplificado (PSS) para contratação temporária e formação de cadastro de reserva nas áreas de assistência social, educação e saúde. O anúncio foi feito nesta terça-feira (15). Clique aqui para ter acesso ao edital Ao todo, são 146 vagas para níveis superior, médio/técnico e fundamental completo ou incompleto. As inscrições e entrega de documentos serão de 16 a 18 de janeiro pelo site da Fundação de Apoio, Ensino, Pesquisa e Extensão em Alagoas (Fepesa), que está organizando o PSS. Também é preciso pagar uma taxa, cujo preço varia para cada grau de escolaridade. Dentre os cargos oferecidos estão professor, nutricionista, monitor, merendeira, auxiliar de serviços gerais, fisioterapeuta, médico, motorista, agente comunitário de saúde, orientador social, advogado, entre outros. Nos dias das inscrições, a empresa organizadora do processo vai disponibilizar um técnico responsável para tirar dúvidas a respeito do edital. O atendimento será realizado das 8h às 17h, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Antony Moura, no Centro. O PSS vai acontecer em duas etapas, sendo análise do currículo e uma entrevista. O resultado final para os cargos da Educação sai no dia 31 de janeiro. Para os da Assistência Social, os selecionados serão conhecidos no dia 15 de fevereiro, e para a Saúde, os nomes dos aprovados serão divulgados em 28 de fevereiro. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    MP investiga irregularidades na contratação de guardas municipais de Capela, Alagoas

    MP investiga irregularidades na contratação de guardas municipais de Capela, Alagoas


    Objetivo é encontrar provas para responsabilizar responsáveis. Ministério Público Estadual de Alagoas Jonathan Lins/ G1 O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) abriu um inquérito para investigar irregularidades nas contratações de...


    Objetivo é encontrar provas para responsabilizar responsáveis. Ministério Público Estadual de Alagoas Jonathan Lins/ G1 O Ministério Público do Estado de Alagoas (MP-AL) abriu um inquérito para investigar irregularidades nas contratações de guardas municipais da prefeitura de Capela, município da Zona da Mata. A informção foi publicada nesta terça-feira (15), no Diário Oficial do Estado (DOE). A reportagem do G1 aguarda posicionamento do Município a respeito das investigações. Segundo o MP, um Procedimento Preparatório foi instaurado para apurar as contratações. Sendo que, como ele tem prazo de 90 dias para ser concluído ou é arquivado, o promotor Paulo Roberto de Melo Alves Filho decidiu instaurar o inquérito para continuar com as investigações. A publicação, porém, não dá mais detalhes de quais irregularidades estão sendo investigadas nas contratações. De acordo com o promotor, o próximo passo é, segundo trecho da publicação, realizar diligências para "encontrar as provas necessárias à responsabilização dos agentes públicos ou dos particulares envolvidos, a serem realizadas ao longo deste procedimento investigativo, como requisição de outros documentos, oitiva das pessoas interessadas". Veja mais notícias da região no G1 Alagoas

    14 cidades de Alagoas ficam sem a 1ª parcela do FPM, diz CNM


    Retenção feita pela Receita Federal é motivada por dívidas previdenciárias e de outros impostos. Dívidas previdenciárias e de outros impostos não recolhidos fizeram com que 27 municípios de Alagoas tivessem descontos na primeira parcela do Fundo...

    Retenção feita pela Receita Federal é motivada por dívidas previdenciárias e de outros impostos. Dívidas previdenciárias e de outros impostos não recolhidos fizeram com que 27 municípios de Alagoas tivessem descontos na primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2019. Em 14 deles, o desconto foi de 100%. O FPM é uma transferência do governo federal para os municípios com base na arrecadação do Imposto de Renda (IR) e no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), de acordo com o número de habitantes. Para muitas prefeituras, essa é a principal fonte de arrecação. O levantamento divulgado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) não traz os nomes dos municípios, apenas o percentual do desconto. Além dos que ficaram sem repasse, 13 tiveram descontos de 70% a 99,9% no repasse. Levando-se em conta o corte parcial dentre os 9 estados do Nordeste, Alagoas é o que menos teve esse tipo de desconto no FPM. Em primeiro na região está a Paraíba, com 61 cidades. Em seguida, vem o Piauí (42) e a Bahia (38). Em todo o país, 305 (5,47% das cidades brasileiras) municípios ficaram sem FPM, enquanto outras 546 (10%) sofreram esse desconto parcial de até 99,9%. A maioria (255) dos municípios que não receberam o repasse é de pequeno porte. Esses descontos, feitos pela Receita Federal, são devidos, além das dívidas previdenciárias, ao não pagamento de impostos como o FGTS, Medidas Provisórias e empréstimos do BNDES. As retenções em todo o país são equivalentes a R$ 573,43 milhões. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Colisão entre carro e moto deixa ferido em avenida de Penedo, AL

    Colisão entre carro e moto deixa ferido em avenida de Penedo, AL


    Vítima foi socorrida com escoriações e levada para a UPA do município. Homem ficou ferido após moto colidir contra carro em Penedo, Alagoas Divulgação/Corpo de Bombeiros Um motociclista ficou ferido após a moto dele colidir contra um carro na...


    Vítima foi socorrida com escoriações e levada para a UPA do município. Homem ficou ferido após moto colidir contra carro em Penedo, Alagoas Divulgação/Corpo de Bombeiros Um motociclista ficou ferido após a moto dele colidir contra um carro na tarde desta terça-feira (15) em Penedo, região do Baixo São Francisco de Alagoas. Ele foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região. O acidente foi registrado pelo Corpo de Bombeiros por volta das 14h30, na Avenida Engenheiro Joaquim Gonçalves. A frente do veículo envolvido no acidente ficou bastante danificada com a força da colisão. A vítima, que não teve o nome divulgado, foi socorrida consciente, com escoriações pelo corpo e suspeita de fratura no fêmur. O homem foi levado para a UPA pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Seu estado de saúde não foi informado. Frente do carro ficou bastante danificada após colisão contra moto em Penedo, Alagoas Divulgação/Corpo de Bombeiros Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Polícia Civil faz mudanças no comando de delegacias em AL

    Polícia Civil faz mudanças no comando de delegacias em AL


    Portarias assinadas pelo delegado-geral foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE). Os delegados Leonam Pinheiro (esq.), Gustavo Henrique e Vinícius ferrari estão entre aqueles que acumularam ou mudaram de delegacias Montagem: Arquivo...


    Portarias assinadas pelo delegado-geral foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE). Os delegados Leonam Pinheiro (esq.), Gustavo Henrique e Vinícius ferrari estão entre aqueles que acumularam ou mudaram de delegacias Montagem: Arquivo pessoal/Divulgação/PC-AL/Reprodução/TV Gazeta A direção-geral da Polícia Civil realizou alterações na titularidade de algumas delegacias em Alagoas. As portarias com as mudanças, assinadas pelo delegado-geral Paulo Cerqueira, foram publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (15). A partir de agora, o delegado Leonam Pinheiro, do 17º Distrito Policial (DP), em Marechal Deodoro, passa a responder também pelo 18º DP, na Barra de São Miguel. O titular do 18º era o delegado José Carlos Sales dos Santos, que deixa a unidade para assumir o 20º DP de Messias. O delegado Gustavo Henrique Pereira Barros assume a delegacia de Repressão ao Narcotráfico, deixando o comando do 116º DP de Murici e do 117º DP de Branquinha. Com a saída de Gustavo Henrique, o delegado Sidney Walston Tenorio de Araújo assume cumulativamente o 116º e o 117º DPs. Até então, ele respondia por outras duas delegacias, o 75º DP de Campo Alegre e o 77º DP de Anadia. Quem assume a titularidade do 75º e do 77º DPs é o delegado Rubens Cerqueira de Araújo Filho. Antes, ele comandava o 110º DP de Joaquim Gomes. Com a saída de Araújo Filho, o 110º DP passa a ser dirigido pelo delegado Vinícius Martins Ferrari, que deixa a Delegacia de Repressão ao Narcotráfico. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: AL TV 1ª Edição de terça-feira, 15 de janeiro

    VÍDEOS: AL TV 1ª Edição de terça-feira, 15 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    VÍDEO: Homem pula muro de casa e furta filhote de cão em Maceió

    VÍDEO: Homem pula muro de casa e furta filhote de cão em Maceió


    Animal da raça pug foi levado no último domingo (13). Crime foi registrado por câmeras de segurança. Homem invade casa e furta filhote de cachorro no bairro do Poço, em Maceió Um filhote de cachorro da raça pug foi furtado de dentro de uma...


    Animal da raça pug foi levado no último domingo (13). Crime foi registrado por câmeras de segurança. Homem invade casa e furta filhote de cachorro no bairro do Poço, em Maceió Um filhote de cachorro da raça pug foi furtado de dentro de uma residência no bairro do Poço, em Maceió. Câmeras de segurança flagraram o momento em que um homem pula o muro da casa e sai de lá carregando o animal dentro de uma bolsa (assista ao vídeo acima). A Pipoca, como era conhecida a cachorrinha, tem dois meses de vida e era criada pelo casal Gabrielle Bonfim de Melo e Emmanuel Victor. O crime ocorreu no último domingo (13), mas eles prestaram queixa à Polícia Civil nesta terça-feira (15). “Primeiro, o homem tentou arrombar a porta da nossa casa. A fechadura ficou bem danificada, mas ele não conseguiu. Depois de ver que não tinha ninguém na rua, ele resolveu pular o muro. A porta da nossa casa é gradeada, mas a cadelinha conseguia passar. O ladrão a atraiu para fora, colocou numa bolsa, pulou o muro novamente e saiu andando”, relata Gabrielle. Pipoca, como era conhecida a filhote da raça pug de casal em Maceió, foi furtada no último domingo (13) Gabrielle Bonfim de Melo/Arquivo pessoal A altura do muro não impediu a ação do criminoso. As imagens das câmeras de segurança cedidas ao casal por empresários da região mostram o criminoso, um jovem moreno com cabelos pretos, andando pela rua com o cachorro dentro da bolsa em direção à Ponta da Terra. A família não estava em casa quando ocorreu o furto. Assim que eles chegaram, notaram que a cadela havia sumido, e depois notaram as marcas de pés no muro. Em pet shops, um filhote de cachorro dessa mesma raça sai por, no mínimo, R$ 2 mil. Por conta disso, Gabrielle diz acreditar que o furto tenha sido uma encomenda. “Tinham outras coisas na área, mas ele levou só a cadela. Não levou nem 20 segundos entre entrar e sair da nossa casa. Pode ser encomenda. Temos um filho de dois anos, que era muito ligado à cachorrinha. Todo dia ele pergunta por ela, e a gente só pode responder que o 'homem mau levou'”, lamenta a dona do animal. A ocorrência foi registrada no 2º Distrito Policial, no bairro da Jatiúca. Quem tiver alguma informação que possa ajudar a localizar o animal, pode ligar para o telefone (82) 99197-5503. Suspeito carregou a cadela que furtou em Maceió em uma bolsa Reprodução Casal que teve cachorro furtado em Maceió registrou queixa na delegacia Derek gustavo/G1 Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Major da PM que agrediu mulher com tapa no rosto em Maceió depõe à Polícia Civil

    Major da PM que agrediu mulher com tapa no rosto em Maceió depõe à Polícia Civil


    Segundo o advogado do major, o militar revidou um tapa que a jovem deu antes nele. Major da PM que aparece em vídeo agredindo mulher presta depoimento à polícia O major André Dias, que aparece em um vídeo agredindo uma jovem de 18 anos com uma...


    Segundo o advogado do major, o militar revidou um tapa que a jovem deu antes nele. Major da PM que aparece em vídeo agredindo mulher presta depoimento à polícia O major André Dias, que aparece em um vídeo agredindo uma jovem de 18 anos com uma tapa no rosto em uma festa no bairro da Serraria, em Maceió, prestou depoimento à Polícia Civil nesta terça-feira (15). O advogado do major, Napoleão Júnior, afirma que a jovem bateu no rosto do major antes de ter sido agredida, e por isso, ele revidou. "Ele desceu e ficou conversando com determinado indivíduo para resolver essa situação para que enfim, ele cessasse aquele barulho de som alto, ele foi surpreendido por uma tapa no rosto dessa vítima. Nesse momento, ele revidou na mesma proporção que ela desferiu contra ele. Ele poderia no momento, inclusive, ter sacado uma arma de fogo ou ter usado objeto de metal, ferro, etc, mas você vê pela imagem, que é bem concreta, que ele revidou com apenas um tapa no rosto dela também", disse o advogado. A vítima foi ouvida nesta tarde na Delegacia da Mulher, no Salvador Lyra. A delegada Cássia Mabel informou que ele vai responder por crime de injúria real, e que o caso não se enquadra em lesão corporal. O major está afastado temporariamente das funções e também vai ser investigado em um processo administrativo. O caso aconteceu na manhã de 25 de dezembro, quando a jovem, que não quis ser identificada, estava comemorando o seu noivado em um condomínio. Um vídeo cedido ao G1 pelo pai da jovem mostra o momento em que o major André Dias chega ao local da festa e, durante a discussão, bate no rosto da jovem. A família da vítima informou que não quer mais dar entrevista. Na última semana, o pai dela, que também é um policial militar, disse à época que a moça está com medo até de sair de casa. "Minha filha está com o psicológico abalado. Inclusive, está com medo de sair de casa devido ao acontecido. Está tomando remédio controlado", contou o sargento Albert. Testemunha gravou com um celular momento em que o major da PM agride jovem com tpaa no rosto em Maceió Reprodução/TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Carro roubado é encontrado abandonado no Vale do Reginaldo, em Maceió

    Carro roubado é encontrado abandonado no Vale do Reginaldo, em Maceió


    Moradores afirmaram que veículo já estava no local há alguns dias. Carro com queixa de roubo é encontrado no Vale do Reginaldo Ascom Ronda no Bairro/Divulgação Um carro com registro de roubo foi encontrado abandonado em frente a uma escola...


    Moradores afirmaram que veículo já estava no local há alguns dias. Carro com queixa de roubo é encontrado no Vale do Reginaldo Ascom Ronda no Bairro/Divulgação Um carro com registro de roubo foi encontrado abandonado em frente a uma escola municipal no Vale do Reginaldo, em Maceió, na manhã desta terça-feira (15). De acordo com agentes do programa Ronda no Bairro, eles foram acionados por moradores da região, que afirmaram que o carro estava no local há alguns dias. O veículo é do modelo Ford Fusion de cor prata, com placa JVQ-3441. Após consulta no sistema da Segurança Pública, os agentes constataram que se tratava de um carro roubado. Segundos os agentes que estiveram no local, o carro estava em bom estado e com todos os acessórios. Uma equipe da Polícia Civil foi acionada para guinchar o veículo até a Delegacia de Roubos e Furtos, que fica no Jacintinho. Moradores do Vale do Reginaldo denunciam abandono de carro roubado em frente à escola municipal Ascom Ronda no Bairro/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Vitor Pirralho lança clipe com Ney Matogrosso em Maceió; assista

    Vitor Pirralho lança clipe com Ney Matogrosso em Maceió; assista


    Clipe de ‘Rumos e Rumores’ foi gravado na capital alagoana em 2017. Foi lançado nesta terça-feira (15) o videoclipe da música 'Rumos e Rumores', do músico alagoano Vitor Pirralho com a participação de Ney Matogrosso, gravado em Maceió em...


    Clipe de ‘Rumos e Rumores’ foi gravado na capital alagoana em 2017. Foi lançado nesta terça-feira (15) o videoclipe da música 'Rumos e Rumores', do músico alagoano Vitor Pirralho com a participação de Ney Matogrosso, gravado em Maceió em 2017 (assista ao vídeo acima). A música é o primeiro single do 3º álbum de Pirralho, 'A invenção é a mãe das necessidades'. O projeto é feito pela produtora Panan Filmes e os recursos vieram do edital do Prêmio Eris Maximiano, da Fundação Municipal de Ação Cultural de Maceió. Em uma produção toda realizada por produtores e artistas alagoanos. Em um bate-papo com G1 à época da gravação do clipe, Ney Matogrosso classificou a parceria com o alagoano como fruto da convergência de ideias entre os dois artistas, e citou outros projetos com artistas locais, como o cantor e compositor Júnior Almeida. “Não há mistério nesta parceria artística com os alagoanos. As coisas foram acontecendo naturalmente. Eu me interessei pelas músicas deles [Júnior Almeida, com quem já tinha gravado antes, e Pirralho] e os trabalhos foram surgindo. Quanto a essa produção mais recente, com o Vitor Pirralho, o que me interessou nele foi o assunto da música, a forma de falar sobre as coisas que também acredito”, disse Ney. Ney Matogrosso interpreta uma espécie de pajé no clipe de "Rumos e Rumores" Pol/Divulgação Rumos e Rumores O videoclipe da canção ‘Rumos e Rumores’ relata a história de um drama enfrentado pela sociedade em um período pós-colonização, envolvendo no enredo contextos primitivos e futuristas, o próprio conceito da música forneceu a base para a estrutura do clipe. Na canção, Vitor Pirralho interpreta um homem que vive no futuro e Ney Matogrosso uma espécie de pajé, que vive no Brasil pré-colonizado. Ele é uma espécie de sacerdote espiritual que recebe uma mensagem sobre os rumos e rumores da sociedade em que vive. O mensageiro do futuro que coloca em uma garrafa um pen drive com todas essas informações também é visto como um subversivo e sofre as consequências de seu ato quando descoberto. Para contar a história, o diretor conta ainda com atores figurantes e faz uso de recursos cênicos e alegóricos para mostrar o futuro e o passado. “O que eu quis trazer com esta música são velhas discussões de meu interesse. O processo de colonização do Brasil, de formação étnica, do desenvolvimento e do sincretismo de certos hábitos, enfim, esse processo de construção da civilização tupiniquim. Só que dessa vez eu tentei dar um tom mais futurista à discussão, trazendo para ela discussões sobre tecnologia, que será a temática geral do disco, a dependência tecnológica em que o mundo se encontra”, explica Vitor Pirralho. Videoclipe de 'Rumos e Rumores' conta com alta produção Pol/Divulgação Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEO: Piso de apartamento cede no bairro do Pinheiro, em Maceió

    VÍDEO: Piso de apartamento cede no bairro do Pinheiro, em Maceió


    Caso aconteceu no conjunto Jardim das Acácias, nesta terça. Bairro sofre com rachaduras em ruas e imóveis desde o início de 2018. Moradores relatam que parte de piso de apartamento no Pinheiro cedeu O piso de um apartamento cedeu na manhã desta...


    Caso aconteceu no conjunto Jardim das Acácias, nesta terça. Bairro sofre com rachaduras em ruas e imóveis desde o início de 2018. Moradores relatam que parte de piso de apartamento no Pinheiro cedeu O piso de um apartamento cedeu na manhã desta terça-feira (15) no Edifício Juá, localizado no Conjunto Jardim das Acácias, no bairro do Pinheiro, em Maceió. Rachaduras têm surgido em ruas e imóveis desde o início de 2018, após um período de fortes chuvas, seguidas de um tremor de terra. Apesar de o piso de apenas um apartamento ter rachado nesta manhã, a situação preocupa moradores de todo o prédio. "É preocupante para todos nós. Eles não nos dão explicação, não falam o que devemos fazer ou como devemos proceder. Precisamos saber como devemos agir. Se continuamos em nossas casas ou se devemos sair", disse Alexandre Bezerra, um dos moradores. De acordo com Jadsia Buarque, proprietária do apartamento, o afundamento foi visto nesta manhã, durante uma inspeção da Defesa Civil, que já estava agendada. "Minha irmã mora aqui, nós sabíamos que o piso estava rachado desde o final de semana, mas quando abrimos hoje, o piso já tinha afundado", contou a proprietária. À reportagem do G1 a Defesa Civil de Maceió informou que uma equipe foi ao local no início da manhã para avaliar a situação e tentar descobrir o que causou essa rachadura no imóvel. Na última sexta (10), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou que o Governo Federal adote ações necessárias para agilizar a identificação das causas das rachaduras. Um relatório do Serviço geológico Nacional alerta para a necessidade da criação de um plano de emergência para um eventual esvaziamento emergencial do bairro. Piso cedeu no Pinheiro e deixou moradores assustados Thamires Ribeiro/G1 Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas assume cargo

    Novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas assume cargo


    Solenidade marcou transmissão de cargo do coronel Adriano Silva para o coronel André Oliveira, que vai comandar a corporação por 4 anos. Coronel André Alessandro Madeiro de Oliveira assume comandando do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas Derek...


    Solenidade marcou transmissão de cargo do coronel Adriano Silva para o coronel André Oliveira, que vai comandar a corporação por 4 anos. Coronel André Alessandro Madeiro de Oliveira assume comandando do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas Derek Gustavo/G1 O coronel André Alessandro Madeiro de Oliveira assumiu nesta terça-feira (15) o comando-geral do Corpo de Bombeiros de Alagoas. A solenidade de transmissão do cargo, que contou com a presença do governador Renan Filho (MDB) e diversas autoridades, foi realizada no quartel-sede da corporação, no bairro do Trapiche, em Maceió. Em seu discurso de posse, o coronel André disse que conta com o trabalho de todos para "alcançar voos maiores". "O futuro não se constrói sozinho. Recebi a missão de comandar essa nobre corporação, cujo sentimento do dever do cumprimento de suas ações tem lugar de destaque entre a sociedade alagoana. Minha formação me força a dizer que, juntos aos senhores, alcançaremos voos maiores. Vamos superar obstáculos. Nenhuma dificuldade vencerá nossa missão de salvar", afirmou o coronel André. O novo comandante-geral dos bombeiros tem 25 anos de serviços prestados, e possui cursos nas áreas de resgate e emergências médicas, defesa civil, entre outros, mas focou sua carreira na área de operações aéreas, iniciando sua especialização nesta atividade em 2001. Desde então, ele participou de cursos em vários estados e também nos Estados Unidos. Até então, exercia o cargo de chefe especial aéreo da segurança pública de Alagoas. Ele vai subtituir o também coronel Adriano Amaral da Silva, que comandou a corporação por 4 anos. Em seu discurso de despedida, ele se emocionou e agradeceu a todos pelo apoio. "Sabia que poderia contar com a admiração de Deus, da minha família e com plena consciência dos desafios que enfrentaria. Foram 4 anos de compromisso e muito trabalho, buscando a excelência e baseando minha conduta nos valores cristãos, na ética e na moral. Agradeço a minha família, a todos os bombeiros militares, que caminharam a meu lado. Nunca me abandonaram e sempre me foram fiéis. Sem o esforço dos senhores, não seria possível", disse o coronel. Entre os presentes à solenidade de transmissão de cargo estavam o secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior; o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça; o comandante-geral da Polícia Militar em exercício, coronel Wilson da Silva; e o presidente do Conselho Estadual de Segurança (Conseg), Antônio Carlos Gouveia. Coronel Adriano Amaral da Silva deixa cargo de comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas Derek Gustavo/G1 Rachaduras no Pinheiro Antes do início da solenidade, o governador falou à imprensa sobre a situação do bairro do Pinheiro, onde rachaduras ameaçam a integridade dos moradores. Segundo ele, o apoio federal é muito importante. "Precisamos buscar uma solução definitiva e ideal, para que as pessoas possam continuar onde estão, com segurança. Um plano de contigência será apresentado, uma matriz de responsabilidades, que impõe responsabilidades para todos os envolvidos, Governo Federal, Estadual, Prefeitura, Exército, pra que possamos agir de maneira rápida, ideal, e que sigamos avaliando os riscos efeitvos que o bairro passa", disse Renan Filho. O governador ressaltou que está "acompanhando muito de perto a situação". "O presidente colocou à disposição toda a sua estrutura, para que a gente se prepare de forma digna para qualquer coisa que venha a ocorrer. Amanhã, o comandante do Exercito no Nordeste estará aqui, e poderemos conversar sobre esse assunto". Autoridades políticas e militares participaram da solenidade na sede do Corpo de Bombeiros, em Maceió Derek Gustavo/G1 Solenidade de transmissão de cargo do comando-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Alagoas Derek Gustavo/G1 Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de terça-feira, 15 de janeiro

    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de terça-feira, 15 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    Jovem é baleado por motoqueiro no bairro do Farol, em Maceió

    Jovem é baleado por motoqueiro no bairro do Farol, em Maceió


    Erlânio Lucas da Silva, 26 também estava em uma motocicleta e desobedeceu ordem de parada de atirador. Samu HGE Jonathan Lins/G1 Um jovem foi baleado ao descumprir ordem de parada de um motoqueiro no fim da tarde de segunda-feira (14), no bairro do...


    Erlânio Lucas da Silva, 26 também estava em uma motocicleta e desobedeceu ordem de parada de atirador. Samu HGE Jonathan Lins/G1 Um jovem foi baleado ao descumprir ordem de parada de um motoqueiro no fim da tarde de segunda-feira (14), no bairro do Farol, em Maceió. Segundo informações do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), militares do Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) estiveram no local onde Erlânio Lucas da Silva, 26, foi alvo de três disparos de arma de fogo, que atingiram o braço e a perna esquerda da vítima. O atirador não foi identificafo e fugiu após o crime. As motivações do crime são desconhecidas. Silva foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e socorrido ao Hospital Geral do Estado (HGE), no Trapiche. Segundo o HGE, ele está hemodinamicamente estável na recuperação pós-Anestésica (RPA), após ser submetido à cirurgia na coxa esquerda. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Polícia apreende mais de 8 kg de maconha dentro de uma casa no Jacintinho, em Maceió

    Polícia apreende mais de 8 kg de maconha dentro de uma casa no Jacintinho, em Maceió


    Além da maconha, policiais encontraram também uma pequena quantidade de cocaína e crack. Ninguém foi preso durante a ação. Drogas foram levadas a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, em Maceió Matheus Tenório/G1 Militares do Batalhão...


    Além da maconha, policiais encontraram também uma pequena quantidade de cocaína e crack. Ninguém foi preso durante a ação. Drogas foram levadas a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, em Maceió Matheus Tenório/G1 Militares do Batalhão de Polícia de Eventos apreenderam na noite de segunda-feira mais de 8 kg de drogas em uma casa no bairro do Jacintinho, em Maceió. Ninguém foi preso durante a ação. Segundo os militares do Batalhão de Polícia de Eventos (BPE), quando os militares chegaram ao local, alguns indivíduos perceberam e fugiram. No local, os policiais encontraram 8,860 kg de maconha, 94 gramas de cocaína e 27 gramas de crack. A droga foi levada para a Central de Flagrantes I, no bairro do Farol, onde foi registrada a apreensão. Veja mais notícia da região no G1 Alagoas
    Suspeito de chefiar tráfico de drogas é morto em troca de tiros com o BPGd na Levada, em Maceió

    Suspeito de chefiar tráfico de drogas é morto em troca de tiros com o BPGd na Levada, em Maceió


    Suspeito foi identificado apenas como 'Tio' ou 'Carioca'. Segundo a polícia, ele queria implantar um esquema de milícia na região. Suspeito de tráfico é morto em Maceió; com ele, foi apreendido um revólver Divulgação/PM-AL Um homem suspeito...


    Suspeito foi identificado apenas como 'Tio' ou 'Carioca'. Segundo a polícia, ele queria implantar um esquema de milícia na região. Suspeito de tráfico é morto em Maceió; com ele, foi apreendido um revólver Divulgação/PM-AL Um homem suspeito chefiar tráfico e querer implantar um sistema de milícia na região da Levada morreu em uma troca de tiros com a polícia durante uma operação na madrugada desta terça-feira (15), em Maceió. Segundo militares do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd), o suspeito foi preso após denúncia anônima. De acordo com o relatório de ocorrências do Centro Integrado de Operações da Segurança Pública (Ciosp), quando os militares chegaram ao local da denúncia, foram recebidos a tiros pelo suspeito conhecido apenas como “Tio” ou “Carioca”. Ainda segundo a polícia, "Carioca" havia recám-chegado do Rio de Janeiro, e queria implantar um sistema de milícia e cobranças indevidas, extorsão, ameaça e homicídios no Conjunto Maceió 1e regiões vizinhas. O suspeito vestia uma bermuda bege, tinha aproximadamente 1,70 de altura, pele morena e cabelo preto. Ele ficou ferido no tórax e foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade de saúde. Com o suspeito, foi apreendido um revólver calibre 38 com munições. A arma foi entregue na Delegacia de Homicídios da capital. Veja mais notícia da região no G1 Alagoas
    Vazamento de água preocupa moradores do bairro do Pinheiro, em Maceió

    Vazamento de água preocupa moradores do bairro do Pinheiro, em Maceió


    Moradores dizem que vazamento começou na madrugada Vazamento de água é registrado no bairro do Pinheiro, em Maceió Um vazamento de água na Rua Cônego Cavalcante, no bairro do Pinheiro, em Maceió, preocupa os moradores do bairro. Com o grande...


    Moradores dizem que vazamento começou na madrugada Vazamento de água é registrado no bairro do Pinheiro, em Maceió Um vazamento de água na Rua Cônego Cavalcante, no bairro do Pinheiro, em Maceió, preocupa os moradores do bairro. Com o grande volume de água que sai da tubulação, parte do asfalto e algumas calçadas foram danificadas. À reportagem da TV Gazeta os moradores disseram que o vazamento ocorreu durante a madrugada e que dias antes houve um problema na tubulação da região. Motoristas que trafegam na região precisam ter atenção e pegar parte da contramão por causa do vazamento. A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informou à reportagem do G1 que técnicos já estão no local e que interromperam o fornecimento de água para evitar desperdício. Disse ainda que trabalham agora para consertar a adutora rompida. Vazamento de água preocupa moradores do Pinheiro Vazamento de água danificou o afasto da Rua Conego Cavalcante Nildo Lopez/TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Polícia investiga homem suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos em Maceió

    Polícia investiga homem suspeito de aplicar golpe de passeios turísticos em Maceió


    O caso está sendo tratado como estelionato. O homem sumiu com o dinheiro das vítimas. Polícia investiga suspeito de praticar golpe em Maceió A polícia está investigando um homem que é suspeito de aplicar um golpe em Maceió. Ele estaria...


    O caso está sendo tratado como estelionato. O homem sumiu com o dinheiro das vítimas. Polícia investiga suspeito de praticar golpe em Maceió A polícia está investigando um homem que é suspeito de aplicar um golpe em Maceió. Ele estaria vendendo pacotes de turismo e depois de receber o dinheiro, nada de viagem. Pelo menos nove pessoas foram vítimas. O homem se identificou para as vítimas como Djefeson Paixão, da empresa Strella Radioza - Viagens e Turismo. De acordo com a polícia, o caso já está sendo investigado como estelionato. A oferta das viagens turísticas é feita pela internet. São vários destinos a disposição dos clientes. O sonho de passar um dia de lazer virou pesadelo para um grupo que foi à delegacia denunciar o golpe. A viagem, que seria para Xingó e Piranhas nos dias 5 e 6 de janeiro, custa R$ 340 por pessoa. A cabeleireira Andrea Silva comprou a viagem para ela, o marido e os dois filhos. Ela pagou R$ 1.360 pelo serviço, mas dois antes da viagem veio a surpresa desagradável. "Dois dias antes esse homem sumiu. Ele fez um grupo no whatsapp para ficar em contato com a gente, como seria a viagem, horário. E dois dias antes esse homem sumiu desse grupo. Ligávamos para ele direto e ele não atendia mais ninguém. A gente que trabalha tanto, tanto, pra ter um momento de lazer com a família e ser passada para trás dessa forma", disse a cabeleireira. Em conversas de whatsapp mostradas pelas vítimas, o suspeito de aplicar o golpe, Djefeson Paixão, aparece com o nome Excursão Milagres. Ele acertou os detalhes com os clientes, orientou sobre as formas de pagamento e falou o horário e o local da saída dos ônibus. Em outro grupo, Djefeson enviou uma mensagem explicando que entraria em contato com os participantes no privado e depois exclui um por um sem dar mais explicações. "Daí pra frente a gente começou a perceber que se tratava de um caloteiro e que a gente tinha levado um golpe imenso dele", disse a vendedora Rosalina Alves. Uma equipe da TV Gazeta foi ao local em que deveria funcionar a sede da empresa Strella Radioza. Mas o local é uma casa com moradores. Um parente do suspeito recebeu a equipe. Ele disse que a empresa não funciona no local e que não tem notícias de Djefeson Paixão. No site da Cadastur, que é o sistema de cadastro de empresas que atuam no setor de turismo, há o registro da empresa Strella Radioza, que tem validade até outubro deste ano. A vendedora Rosalina Alves denunciou a fraude na Cadastur. "O que me disse em relação a isso é que lá tem vários boletins de ocorrência contra ele. E que não pode tomar nenhuma providência agora, porque está esperando autorização de um juíz, a assinatura de um juíz", contou Rosalina. A equipe da TV Gazeta tentou entrar em contato com Djefeson Paixão por meio de três telefones que ele disponibiliza nos contratos que foram assinados pelos clientes, mas nenhuma das ligações foi atendida. "O que eu quero agora no momento é não só tá mostrando a população que cuidado, que esse homem tá aí enganando vocês, e eu quero ver esse homem preso. É isso que a gente quer. Ou preso ou que ele pague a cada um da gente o que a gente gastou. Nosso dinheiro", disse Andrea Silva. A TV Gazeta ligou para a Cadastur para saber o que pode ser feito nessa situação, mas ninguém atendeu e nem retornou as ligações. Empresa Strella Radiosa era a responsável por realizar viagens que não aconteceram. Reprodução/TV Gazeta Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: AL TV 2ª Edição de segunda-feira, 14 de janeiro

    VÍDEOS: AL TV 2ª Edição de segunda-feira, 14 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    Usina Guaxuma, em AL, e bens da Massa Falida da Laginha vão a leilão em fevereiro

    Usina Guaxuma, em AL, e bens da Massa Falida da Laginha vão a leilão em fevereiro


    Lance inicial é de R$ 401.372.328,00. Usina Guaxuma pertencente ao Grupo JL; autorização para arrendamento partiu dos juízes que atuam no processo de falência da Laginha Agroindustrial Divulgação/Ascom TJ A Usina Guaxuma S/A em Alagoas e outros...


    Lance inicial é de R$ 401.372.328,00. Usina Guaxuma pertencente ao Grupo JL; autorização para arrendamento partiu dos juízes que atuam no processo de falência da Laginha Agroindustrial Divulgação/Ascom TJ A Usina Guaxuma S/A em Alagoas e outros bens da Massa Falida da Laginha Agro Industrial S/A vão a leilão no dia 20 de fevereiro deste ano. O lance inicial é de R$ 401.372.328,00. Em abril de 2018, a Justiça determinou que a Usina Guaxuma fosse arrendada pela Usina Coruripe e pela Impacto Energia por um período de 11 anos. Porém, as empresas não acataram os termos impostos no contrato e o arrendamento não se concretizou. Diante disso, a Vara do 1º Ofício da Comarca de Coruripe determinou que a usina fosse colocada a leilão. Este é o segundo leilão dos outros bens. Ao todo são 65 imóveis rurais e de equipamentos industriais. Eles foram a leilão em outubro, mas não apareceram compradores. O leilão judicial vai ser feito de forma on-line (clique aqui para ter acesso). O 1º pregão começa no dia 20, às 14h, e termina no dia 28 de fevereiro, no mesmo horário. O valor corresponde a 49% do valor da avaliação judicial. Segundo o edital, caso o lance não atinja o valor mínimo no 1º pregão, o leilão só vai terminar em 12 de março. A lista de itens com descrições estará diponível no portal a partir da próxima semana. Os interessados em visitar os imóveis devem agendar pelo e-mail visitacao@superbidjudicial.com.br. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Motoristas da Usina Utinga Leão fazem protesto em Rio Largo, Alagoas

    Motoristas da Usina Utinga Leão fazem protesto em Rio Largo, Alagoas


    Eles queimaram pneus na porta da indústria, cobrando salários atrasados. Motoristas da Usina Utinga Leão em Rio Largo, AL, protestam por salários atrasados Mayara Silva/Arquivo pessoal Motoristas da Usina Utinga Leão, em Rio Largo, região...


    Eles queimaram pneus na porta da indústria, cobrando salários atrasados. Motoristas da Usina Utinga Leão em Rio Largo, AL, protestam por salários atrasados Mayara Silva/Arquivo pessoal Motoristas da Usina Utinga Leão, em Rio Largo, região Metropolitana de Maceió, bloquearam a entrada da indústria nesta segunda-feira (14), em protesto contra o atraso de salários. A reportagem tentou contato com a direção da usina por telefone por mais de uma vez para comentar o motivo da mobilização dos trabalhadores, mas não conseguiu. Um funcionário informou que seria preciso entrar em contato com a sede do grupo, que fica em Pernambuco, mas não passou um número e nem foi possível localizar o telefone na internet. Uma testemunha ouvida pelo G1 contou que o protesto foi motivado pelo fato de que no último dia 5 de janeiro, previsto para o pagamento do salário, os funcionários receberam apenas 25% do dinheiro devido. Eles reclamam que a direção da usina postergou o pagamento e disse que o faria até esta segunda, o que também não ocorreu. Por conta disso, os motoristas foram para a porta da usina e bloquearam a entrada queimando pneus. Os caminhões permaneceram estacionados do lado de dentro da indústria. Caminhões permaneceram estacionados dentro da indústria em Rio Largo, Alagoas Mayara Silva/Arquivo pessoal Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Mulher é atropelada por ônibus na Av. Menino Marcelo, em Maceió

    Mulher é atropelada por ônibus na Av. Menino Marcelo, em Maceió


    Vítima foi encaminhada pelos bombeiros ao HGE, com muitas dores de cabeça. Mulher foi atropelada por ônibus em Maceió; ela foi levada para o HGE Carla Cleto/Sesau Uma mulher foi atropelada por um ônibus na tarde desta segunda-feira (14), na...


    Vítima foi encaminhada pelos bombeiros ao HGE, com muitas dores de cabeça. Mulher foi atropelada por ônibus em Maceió; ela foi levada para o HGE Carla Cleto/Sesau Uma mulher foi atropelada por um ônibus na tarde desta segunda-feira (14), na Avenida Menino Marcelo, a antiga Via Expressa, em Maceió. A vítima foi identificada como Genianne Terto Batista, 27. O socorro foi feito por uma equipe do Corpo de Bombeiros que seguia para uma outra ocorrência mas que, no caminho, se deparou com o acidente de trânsito, em frente à uma empresa de telemarketing da região. Aos bombeiros, Genianne contou que passou na frente do ônibus quando o sinal abriu. Sendo que ele não freou a tempo e bateu nela. Ela foi levada ao Hospital Geral do Estado (HGE), no bairro do Trapiche, por uma ambulância dos bombeiros. Ela estava consciente, mas reclamava de muitas dores na cabeça. A assessoria de comunicação do hospital informou que Genianne foi submetida a uma tomografia computadorizada de crânio e cervical, e seu estado de saúde é considerado estável. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: AL TV 1ª Edição de segunda-feira, 14 de janeiro

    VÍDEOS: AL TV 1ª Edição de segunda-feira, 14 de janeiro


    Veja os vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Veja os vídeos do telejornal com as notícias de...


    Veja os vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Veja os vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.
    Justiça condena Estado de Alagoas a indenizar homem que foi preso por engano

    Justiça condena Estado de Alagoas a indenizar homem que foi preso por engano


    Nome e o número da carteira de identidade contidos no mandado não eram os mesmos do suspeito. Homem preso por engano havia sido levado para a Central de Flagrantes de Arapiraca Ascom/Polícia Civil A Justiça condenou o Estado de Alagoas a pagar...


    Nome e o número da carteira de identidade contidos no mandado não eram os mesmos do suspeito. Homem preso por engano havia sido levado para a Central de Flagrantes de Arapiraca Ascom/Polícia Civil A Justiça condenou o Estado de Alagoas a pagar uma indenização por danos morais no valor de R$ 50 mil a um homem que foi preso por engano. A decisão foi publicada nesta segunda-feira (14) pelo juiz Giovanni Alfredo de Oliveira Jatubá, da 4ª Vara de Arapiraca. Segundo o processo, o homem foi preso pela Polícia Militar em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Estado do Pará, e ficou 22 dias detido na Delegacia Regional de Arapiraca. A reportagem do G1 entrou em contato com a assessoria de comunicação da PM, que informou que como se trata de uma decisão judicial contra o Estado, cabe o Gabinete Civil se manifestar sobre o assunto. O G1 aguarda o posicionamento do Gabinete. O homem disse que não era a pessoa citada no mandado, e que sua prisão foi ilegal. Por causa disso, ingressou com a ação na Justiça. O nome e o número da carteira de identidade contidos no mandado não eram os mesmos do suspeito de ter cometido o crime. “A análise do contexto probatório leva à conclusão de que não havia razões para que o autor fosse preso, deixando evidente a caracterização da ilegalidade no cumprimento do mandado, ao passo que prendeu pessoa diversa, extrapolando os limites do exercício regular do direito”, disse o juiz. O magistrado avalia como extrema a gravidade da prisão. “O mínimo a ser feito no momento do cumprimento de um mandado de prisão é a devida observância se há compatibilidade entre o indivíduo que será preso e aquele discriminado no mandado, a fim de evitar a privação da liberdade, prática de extrema gravidade, de pessoa diversa estranha ao caso”. Ainda na decisão, o juiz afirmou que o Estado do Pará não deve ser responsabilizado pelo ocorrido, visto que sua função era determinar e expedir o mandado, que tratava da pessoa certa a ser presa. “Evidencia-se a comprovação da culpa exclusiva do Estado [de Alagoas] por ato ilegal praticado por seus agentes, o que irrefutavelmente ocasionou abalo à moral do requerente, vítima de ação arbitrária dos policiais militares, tendo atingido direito próprio, integrante de sua personalidade, o que lhe causou grande sofrimento, dor e angústia, bem como atingiu fatalmente sua honra”, ressaltou o juiz. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Preso homem suspeito de avisar em grupos do WhatsApp onde havia blitz em Maceió

    Preso homem suspeito de avisar em grupos do WhatsApp onde havia blitz em Maceió


    Investigação aponta que suspeito recebia dinheiro para fazer isso. Ele foi autuado por atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública. Homem que avisava sobre blitze em grupos do Whatsapp é preso em Maceió Divulgação/Deic Um...


    Investigação aponta que suspeito recebia dinheiro para fazer isso. Ele foi autuado por atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública. Homem que avisava sobre blitze em grupos do Whatsapp é preso em Maceió Divulgação/Deic Um homem suspeito de avisar em grupo de WhatsApp sobre locais onde acontecia blitz de trânsito foi preso nesta segunda-feira (14), no bairro de Santa Amélia, em Maceió. Segundo a polícia, José Marcelo Rodrigues da Silva, 36, era pago para monitorar a movimentação das viaturas e das equipes e avisar a outros motoristas, para que escapassem das fiscalizações. O delegado Thiago Prado, da Seção Antissequestro e Crimes Cibernéticos da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), informou que o suspeito fazia fotos de operações realizadas pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) e pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) na capital desde o ano passado. Nesta segunda, ele enviou para um grupo de transportadores clandestinos fotos de uma operação na parte alta, que tinha como objetivo combater essa modalidade de transporte. Foi através dessas postagens que os policiais chegaram até o suspeito e o prenderam. Ainda segundo o delegado, Silva recebia para monitorar a saída dos agentes e policiais das bases e também chegou a fotografar a casa de um agente de segurança pública. Além de fotos, ele também enviava áudios, informando aos outros motoristas para onde seguiam as viaturas. Silva foi levado para a sede da Deic, onde foi autuado pelo crime de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública, que prevê pena de até cinco anos de prisão e multa. A polícia continua investigando a participação de outras pessoas no crime, pois o suspeito preso participava de vários grupos no aplicativo de mensagens. O delegado alerta ainda que esses avisos sobre a localização das blitze em grupos de troca de mensagens podem ser usados também por ladrões de veículos, por exemplo, para fugirem da polícia. Ele recomenda às pessoas que não participem desses grupos. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Cavalo é resgatado após cair em fossa em Maceió; veja vídeo

    Cavalo é resgatado após cair em fossa em Maceió; veja vídeo


    Segundo os bombeiros, ele foi socorrido sem ferimentos. Bombeiros resgatam cavalo que caiu em fossa em Maceió Os bombeiros resgataram um cavalo que caiu em uma fossa no São Jorge, parte alta de Maceió, nesta segunda-feira (14). O animal foi...


    Segundo os bombeiros, ele foi socorrido sem ferimentos. Bombeiros resgatam cavalo que caiu em fossa em Maceió Os bombeiros resgataram um cavalo que caiu em uma fossa no São Jorge, parte alta de Maceió, nesta segunda-feira (14). O animal foi retirado do buraco sem ferimentos. Um vídeo divulgado pela assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros mostra parte da ação de resgate do animal. Cordas foram amarradas nele, para facilitar a retirada do buraco (assista ao vídeo acima). Nas imagens, o animal parece estar tranquilo. Ele foi tirado do buraco ileso, e foi entregue ao dono. Não se sabe como o cavalo foi parar no buraco, e os bombeiros não informaram a profundidade da fossa. A corporação informou que esse é o 5º caso de animal resgatado de fossa nas últimas duas semanas. Cavalo que caiu em fosse em Maceió foi resgatado sem ferimentos Reprodução Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    Defesa Civil de Maceió desmente boatos sobre problema das rachaduras no Pinheiro

    Defesa Civil de Maceió desmente boatos sobre problema das rachaduras no Pinheiro


    É falsa mensagem compartilhada no WhatsApp que pede para que as pessoas não andem mais pelo bairro. Especialistas ainda não concluíram estudos na região. Defesa Civil de Maceió desmente boatos sobre problema das rachaduras no...


    É falsa mensagem compartilhada no WhatsApp que pede para que as pessoas não andem mais pelo bairro. Especialistas ainda não concluíram estudos na região. Defesa Civil de Maceió desmente boatos sobre problema das rachaduras no Pinheiro Reprodução/TV Gazeta A Defesa Civil Municipal de Maceió emitiu uma nota nesta segunda-feira (14) desmentindo boatos que circulam nas redes sociais apontando os problemas que causaram as rachaduras no bairro do Pinheiro e alertando as pessoas para que evitem circular pela região. O órgão diz que especialistas ainda estudam o fenômeno, e ainda não chegaram a nenhuma conclusão. O autor das mensagens que estão sendo espalhadas pelo WhatsApp diz que seu amigo, que seria coordenador da Defesa Civil em Alagoas, o alertou para o que seria a “maior tragédia da América Latina”. Isso porque haveria um buraco “de quilômetros por baixo do bairro”, e que a qualquer hora poderia engolir tudo. A mensagem alarmante inclui uma montagem do que seria o tal buraco, marcado no mapa das áreas de risco na região, e um pedido para que as pessoas evitem circular no raio de 1 km de distância do bairro. Na nota emitida nesta manhã, a Defesa Civil Municipal afirma, em parceria com o Serviço Geológico do Brasil, que não há relatório conclusivo que aponte a causa do surgimento de fissuras no bairro, e que “é inverídica qualquer informação que aborde uma suposta situação de colapso no bairro [do Pinheiro]” (leia a íntegra da nota ao fim do texto). Também em nota, o Ministério de Minas e Energia disse que o ministro Bento Albuquerque assinou Portaria Ministerial determinando que o Serviço Geológico e a Agência Nacional de Mineração (ANM) intensifiquem as ações de diagnóstico e monitoramento de instabilidades geológicas no Pinheiro. A medida, segue a nota, pretende reforçar o auxílio às instituições, conforme determinação do Presidente da República, que já desenvolvem ações no local e aos técnicos que estão trabalhando na área desde o início do ano passado em busca das causas estruturais que estão provocando rachaduras e trincas nas residências e ruas do bairro. No último sábado (11), especialistas começaram um mapeamento na Lagoa Mundaú, para tentar identificar alterações no solo que possam levar às causas das rachaduras no Pinheiro. Os primeiros resultados devem ser apresentados até o mês de março. A lagoa fica próximo ao bairro. As rachaduras surgiram no Pinheiro no início de 2018, após um período de fortes chuvas, seguidas de um tremor de terra. Ruas e imóveis foram danificados, e famílias precisaram deixar suas casas. Na última sexta (10), o presidente Jair Bolsonaro (PSL) determinou que o Governo Federal adote ações necessárias para agilizar a identificação das causas das rachaduras. Um relatório do Serviço geológico Nacional alerta para a necessidade da criação de um plano de emergência para um eventual esvaziamento emergencial do bairro. Confira a íntegra da nota da Defesa Civil de Maceió: A Defesa Civil de Maceió e o Serviço Geológico do Brasil informam que não há qualquer relatório conclusivo que aponte a causa do surgimento de fissuras no bairro Pinheiro. Os estudos na região estão em andamento com especialistas de diversas áreas designados pelo Governo Federal, ainda sem previsão de encerramento, e são complexos devido à raridade do fenômeno. Sendo assim, é inverídica qualquer informação que aborde uma suposta situação de colapso no bairro. A Defesa Civil de Maceió orienta que, para qualquer esclarecimento, o cidadão busque canais oficiais de informação, seja no site da Prefeitura de Maceió ou pelo número 0800 030 6205. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas

    Corpo de homem é encontrado em praia de Maragogi, Alagoas


    Moradores acionaram a polícia. Causa da morte é desconhecida. Um cadáver de um homem foi encontrado na manhã desta segunda-feira (14) em Maragogi, Litoral Norte de Alagoas. As causas da morte são desconhecidas mas, segundo a polícia, a vítima...

    Moradores acionaram a polícia. Causa da morte é desconhecida. Um cadáver de um homem foi encontrado na manhã desta segunda-feira (14) em Maragogi, Litoral Norte de Alagoas. As causas da morte são desconhecidas mas, segundo a polícia, a vítima tinha um ferimento na cabeça. O homem foi identificado por familiares como Douglas Gonçalves da Silva. De acordo com o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o corpo foi achado por moradores por volta das 6h30, na Praia do Peroba, que fica no povoado de mesmo nome. Não se sabe o que causou o ferimento na cabeça de Silva, nem se isso tem relação com a morte dele. O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para levantar informações sobre o crime e recolher o corpo, respectivamente. A Polícia Civil vai investigar o crime. Veja mais notícias da região no G1 Alagoas
    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de segunda-feira, 14 de janeiro

    VÍDEOS: Bom Dia Alagoas de segunda-feira, 14 de janeiro


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de...


    Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas. Assista aos vídeos do telejornal com as notícias de Alagoas.